Você está na página 1de 28

Livro Eletrônico

Estratégica TJ-CE (Técnico Judiciária - Área Administrativa) Pós-Edita

Trilha Estratégica para TJ-CE (Técnico Judiciária - Área Judiciária) -


Pós-Edital
Luis Eduardo, Bruno Cesar

57240867005 - Sergio Mouro


Luis Eduardo, Bruno Cesar
Trilha Estratégica TJ-CE (Técnico Judiciária - Área Administrativa) Pós-Edital. 00

TRILHA ESTRATÉGICA – TÉCNICO JUDICIÁRIO- ÁREA JUDICIÁRIA TJ-CE


(PÓS-EDITAL)
Olá, futuros aprovados (as)!
Sejam bem-vindos à Trilha Estratégica de Pós-Edital para o concurso TJ-CE - Técnico Judiciário -
Área Judiciária.
Meu nome é Bruno Cesar, tenho 28 anos e sou natural do Rio de Janeiro. Atualmente, vivo em São
Paulo em virtude do exercício do cargo de Auditor de Controle Externo no Tribunal de Contas do
Estado (TCE-SP), tendo sido aprovado no último certame, realizado em dezembro de 2017. Sou
formado em Administração e Ciências Navais pela Escola Naval (2015) e trabalhei durante vários
1308993
anos como Oficial do Corpo de Intendentes da Marinha do Brasil.
Meu contato com os concursos públicos começou cedo: aos 15 anos, em 2006, fui aprovado nos
principais certames militares de nível médio existentes no Brasil (Colégio Naval, EPCAr e Colégio
Militar). Após quase 10 anos de vida na caserna, decidi buscar novos horizontes de vida e voltei a
estudar para concursos públicos, tendo tido a felicidade de ser aprovado em alguns concursos,
inclusive da área judiciária, e optei por tornar-me Auditor de Controle Externo do Tribunal de
Contas de São Paulo (TCE-SP). Como podem perceber, há pouco tempo, eu estava justamente aí
onde você, concurseiro(a), está. Logo, tentarei utilizar da minha experiência para auxiliá-lo na
preparação deste concorrido certame que é o do TJ-CE.
Serei o coach organizador dessa trilha e, com ela, pretendo tirá-los do zero nos estudos e deixá-los
preparadíssimos para encarar o dia da prova.
Caso desejem maiores informações sobre a atual situação do TJ-CE, recomendo a leitura do artigo
abaixo, elaborado pela nossa equipe de Coordenação da área:
https://www.estrategiaconcursos.com.br/blog/concurso-tj-ce/
Vou programar os seus estudos através da nossa Área do Aluno, com o melhor custo x benefício
possível, focados nas disciplinas presentes nos concursos pretéritos para o cargo de Técnico
Judiciário –Área Judiciária do TJ-CE.
Como há bastante conteúdo a ser estudado, não vou me alongar por aqui. Vou falar um pouco
sobre a situação das Trilhas Estratégicas e, a partir daí, entramos nas tarefas a serem executadas
inicialmente por vocês, ok?
Tendo em vista a publicação do nosso edital (09/07/2019), já estamos elaborando Trilhas Pós-
Edital para o concurso do TJ-CE.
Os alunos que adquiriam o curso Pré-Edital automaticamente terão a atualização para o pacote
Pós-Edital. Isso também vale para aqueles que adquiriram a assinatura.
Outrossim, com o intuito de elucidar possíveis dúvidas, vou explicar como será nossa linha de ação
para o período da publicação do edital até a data da nossa prova.

Trilha Estratégica para TJ-CE (Técnico Judiciária - Área Judiciária) - Pós-Edital


www.estrategiaconcursos.com.br 1
57240867005 - Sergio Mouro
Luis Eduardo, Bruno Cesar
Trilha Estratégica TJ-CE (Técnico Judiciária - Área Administrativa) Pós-Edital. 00
1308993

Começando pelas trilhas, existem 3 tipos de trilhas no Estratégia Concursos.


a) Trilha Pré-Edital: é uma trilha regular, sem data para término ou então até a data da prova. Pode
acontecer do aluno ficar relaxado, por isso achamos melhor montarmos a trilha Sprint;
b) Trilha Sprint: Ela também é utilizada no período Pré-Edital. Para alunos preocupados em ter um
ganho de desempenho, performance nos exercícios e na assimilação do conteúdo em pouco
tempo e com data – término, geralmente quatro meses de duração. O intuito dessa trilha é criar
uma urgência, comprometimento no aluno.
c) Trilha Pós-Edital: Para período após o anúncio do edital, ela obviamente possui data-término.
Nós utilizamos somente o material Pós-Edital. Não faz sentido falarmos em um percentual 0-70 ou
então 70-90. Por esse motivo, a trilha Pós-Edital é única, cujo objetivo é fazer o aluno conseguir a
tão sonhada aprovação. Essa trilha visa também auxiliar o maior número de alunos possíveis,
independentemente da carga horária de estudos ou até mesmo do nível de conhecimento. Logo
ela terá diversas possibilidades dentro da própria tarefa onde o aluno, de acordo com seu nível de
conhecimento ou situação fará uma interpretação se vale a pena estudar aquela tarefa ou não.
E como fica a situação das nossas trilhas?
1) Trilha Sprint Pré-Edital 00-70 e 70-90:
Pessoal, a partir de hoje, a nossa Trilha 00-70 será encerrada. Os alunos que acompanhavam essa
trilha podem continuar seu estudo através da nova trilha pós-edital que será explicada logo abaixo.
Outra possibilidade é continuar seus estudos através da Trilha 70-90.
Com relação a Trilha 70-90, por se tratar de uma trilha para alunos intermediários/avançados, não
seria viável interromper a trilha neste momento, fazendo o aluno voltar a estudar tudo
novamente. Portanto daremos continuidade à Trilha 70-90, abordando tanto aulas do pacote Pré-
Edital e Pós-Edital. As tarefas serão claras e expressas ao indicar o material correto a ser utilizado.
2) Nova Trilha pós-edital:
Tendo em vista o lançamento do material focado nas disciplinas e assuntos cobrados no pós-edital,
daremos início à Trilha Pós Edital. Ela terá aulas do zero, abordando conteúdos já vistos nas trilhas
Pré-Edital, e obviamente, utilizando o material Pós-Edital. O objetivo dessa Trilha é ajudar o maior
número de pessoas possíveis: tanto aquelas que só iniciarão os estudos pela Trilha no período pós-
edital, como alunos iniciantes que estavam fazendo o acompanhamento pela trilha 00-70. Ela
servirá indiretamente como uma trilha de revisão já que os conteúdos serão revistos.

Espero ter ajudado a todos e dirimido suas dúvidas. A reta final de nossa batalha começa agora.
Edital é prêmio para o concurseiro!
Isso posto, vamos destruir mais uma Trilha! A cada Trilha destruída, estamos cada vez mais perto
dos nossos sonhos! Vamos que vamos! Rumo à aprovação!

A ação faz o Campeão!

Trilha Estratégica para TJ-CE (Técnico Judiciária - Área Judiciária) - Pós-Edital


www.estrategiaconcursos.com.br 2

57240867005 - Sergio Mouro


Luis Eduardo, Bruno Cesar
Trilha Estratégica TJ-CE (Técnico Judiciária - Área Administrativa) Pós-Edital. 00
1308993

Trilha Estratégica Pós-Edital para o concurso TJ-CE - Técnico Judiciário - Área Judiciária.
Trata-se de mais uma inovação que o Estratégia Concursos preparou para você!
No início deste ano de 2019, iniciamos o projeto das Trilhas Estratégicas. Se você ainda não
conhece, as Trilhas Estratégicas são um guia de estudos: toda semana, um PDF com orientações de
estudos é liberado na área do aluno assinante.
Temos Trilhas para diversas áreas de concursos e também para diversos cargos e concursos
específicos.
O objetivo é que o aluno tente estudar o que é proposto em cada PDF da Trilha em 1 semana,
conforme a periodicidade de liberação. Mas, como cada um possui a sua própria carga horária de
estudos e nível diferente de preparação, o aluno pode fazer pequenas adaptações.
Hoje, quando fazemos Trilha para um cargo específico de um concurso, também liberamos essa
Trilha não só para os assinantes (pois as Trilhas foram feitas originalmente para eles), mas
também para os alunos do pacote completo do cargo.
Logo, esta Trilha estará inclusa na área do aluno assinante e também na área do aluno do pacote
completo de Técnico judiciário - Área Judiciária do TJ-CE.

1 – COMO FUNCIONAM

As Trilhas funcionarão da seguinte forma:


 indicação de estudo por Ciclos de Estudo
 sugestão das disciplinas a serem estudadas em cada ciclo e momento da preparação
 apontamento da sequência de estudo em cada disciplina
 foco no custo x benefício considerando o conteúdo e o tempo de preparação
 apontamento de estudo de teoria, exercícios, revisão, legislação e simulados

2 – MONITORIA

Além das Trilhas Estratégicas, teremos a Monitoria para o TJ-CE, cujo cronograma e horários das
transmissões estarão disponíveis na sua área do aluno.
As transmissões da Monitoria abordarão:
 dicas de estudo progressivas, do básico ao avançado
 transmissões frequentes, de acompanhamento dos alunos que se preparam para o
concurso
 tira-dúvidas com base em perguntas enviadas pelos alunos
As transmissões da Monitoria serão feitas através da própria Área do Aluno.
Mais informações sobre a Monitoria constam no arquivo de Perguntas & Respostas da Monitoria,
já disponível também na sua Área do Aluno.

Trilha Estratégica para TJ-CE (Técnico Judiciária - Área Judiciária) - Pós-Edital


www.estrategiaconcursos.com.br 3

57240867005 - Sergio Mouro


Luis Eduardo, Bruno Cesar
Trilha Estratégica TJ-CE (Técnico Judiciária - Área Administrativa) Pós-Edital. 00
1308993

3 – COMUNIDADE DE ALUNOS

Para que os alunos possam receber dicas constantes e rápidas dos coaches, temos a Comunidade
de Alunos do TJ-CE.
Consiste em um canal no Telegram no qual você pode fazer a inscrição clicando no link azul logo
abaixo:

Baixe o aplicativo para o seu celular, cadastre-se no Telegram e então, aí sim, clique no
link abaixo para se juntar na Comunidade de Alunos:

https://t.me/joinchat/AAAAAFDeL-DdYuEFXSRudA

Escolhemos o aplicativo do Telegram em virtude de diversos recursos que não temos no


Whatsapp, de ser a única plataforma que preserva a intimidade dos assinantes e que, além disso,
tem recursos tecnológicos compatíveis com os objetivos da nossa Comunidade de Alunos.
Você pode usar o Telegram seguramente pelo aplicativo no seu celular ou direto pelo computador.
Basta fazer o download do aplicativo no seu aparelho ou então acessar no computador através do
link a seguir:

https://web.telegram.org/
Mas é importante fazer o cadastro no Telegram antes de clicar no link para se juntar à Comunidade
de Alunos para que não dê erro nesse procedimento, ok?

Trilha Estratégica para TJ-CE (Técnico Judiciária - Área Judiciária) - Pós-Edital


www.estrategiaconcursos.com.br 4

57240867005 - Sergio Mouro


Luis Eduardo, Bruno Cesar
Trilha Estratégica TJ-CE (Técnico Judiciária - Área Administrativa) Pós-Edital. 00
1308993

Esperamos você lá no Telegram!

TRILHA ESTRATÉGICA 00 (TJ-CE TÉCNICO JUDICIÁRIO 2019 – PÓS-EDITAL)

TÉCNICAS DE ESTUDOS

Algumas técnicas de estudos importantíssimas para que possamos atingir nossa aprovação:
 Não fazer resumos escritos;
 Estude grifando o material;
 Não assistir às aulas em vídeo, exceto quando forem recomendadas; e
 Seguir as recomendações de estudo na ordem em que forem indicadas.
Portanto, nessa Trilha Estratégica Pos-Edital, talvez seja necessário que o aluno abra mão dos seus
próprios métodos de estudo e tenha uma margem de adaptabilidade bem menor do que aquela
que consideramos que teria nas Trilhas Estratégicas “regulares”.
Talvez vocês tenham muitas dúvidas de estudos ou sobre as Trilhas. Fiquem tranquilos que iremos
sanar isso! No Telegram, vamos resolvendo as dúvidas mais pedidas para que já possam iniciar
seus estudos. Além disso, estamos programando algumas transmissões ao vivo para tirarmos
dúvidas sobre a nossa Trilha;)

Trilha Estratégica para TJ-CE (Técnico Judiciária - Área Judiciária) - Pós-Edital


www.estrategiaconcursos.com.br 5

57240867005 - Sergio Mouro


Luis Eduardo, Bruno Cesar
Trilha Estratégica TJ-CE (Técnico Judiciária - Área Administrativa) Pós-Edital. 00
1308993

Sugerimos a todos intercalarem as tarefas de cada disciplina seguindo a ordem do ciclo de estudos
abaixo:

DCO

DPP
PORT

Ciclo de
Estudos DAD
DPD

COD RED

TRILHA ESTRATÉGICA PÓS-EDITAL:

Estaremos indicando na trilha, portanto, 6 fontes de materiais de estudo:


1. Aulas das Disciplinas do Pacote Completo Pós-Edital de Técnico Judiciário do TJ-CE;
2. Legislações e Constituição Federal/88, que podem ser encontradas na internet gratuitamente;
3. Cadernos de Questões, do site TEC Concursos;
4. Relatórios do Passo Estratégico Pós-Edital de Técnico do TJ-CE;
5. Cursos Exclusivos de Assinantes; e
6. Simulados Exclusivos de Assinante.
Obs.: Para atingirmos o objetivo, precisamos apenas que o aluno tenha os materiais constantes
nos itens 1 e 2 acima. Os demais materiais seriam facilitadores ao longo da preparação.

Trilha Estratégica para TJ-CE (Técnico Judiciária - Área Judiciária) - Pós-Edital


www.estrategiaconcursos.com.br 6

57240867005 - Sergio Mouro


Luis Eduardo, Bruno Cesar
Trilha Estratégica TJ-CE (Técnico Judiciária - Área Administrativa) Pós-Edital. 00
1308993

Direito Constitucional
Curso Completo de referência:
https://www.estrategiaconcursos.com.br/curso/direito-constitucional-p-tj-ce-tecnico-
judiciario-area-judiciaria-com-videoaulas-pos-edital/

Passo Estratégico de referência:


https://www.estrategiaconcursos.com.br/curso/passo-estrategico-direito-constitucional-p-tj-
ce-tecnico-judiciario-area-judiciaria-pos-edital/

Tarefa – Direito Constitucional #1


Estudo da aula 00, págs. 7 a 19 e resolução de 4 questões.

Os temas Conceito e Classificação das Constituições, Hierarquia e Aplicabilidade das


normas Constitucionais, Poder Constituinte, Interpretação Constitucional e Princípios
Fundamentais, no geral, não são muito comuns em provas e com a FGV isto não é
diferente.

Analisamos as questões de prova da FGV, para cargos de nível médio, ocorrido desde
2015, uma amostra com 122 questões. Dentre os assuntos dessa aula, aqueles que se
destacaram um pouco foram Princípios Fundamentais da Constituição, com 2,46% das
questões, e Eficácia das Normas Constitucionais, com 1,64%. Afunilando tal análise e
observando apenas as questões para Tribunais, estes assuntos também foram exigidos,
mas, respectivamente, em 1 e 2 questões dentre as 86.

Apesar de estes não serem temas preferidos da FGV, estude a aula rapidamente,
observe as dicas que serão dadas em cada tarefa para não ser surpreendido caso o tema
apareça em sua prova.

Os dois primeiros tópicos (Conceito de Constituição e O Direito Constitucional e os


demais ramos do Direito) devem ser estudos com a intenção de conhecer o assunto,
não se preocupe em memorizar detalhes. Nas 3 concepções para o conceito de
Constituição, grave as palavras-chave que remetem a cada sentido, como disposto no
mapa-mental da pág. 10.

Trilha Estratégica para TJ-CE (Técnico Judiciária - Área Judiciária) - Pós-Edital


www.estrategiaconcursos.com.br 7

57240867005 - Sergio Mouro


Luis Eduardo, Bruno Cesar
Trilha Estratégica TJ-CE (Técnico Judiciária - Área Administrativa) Pós-Edital. 00
1308993

Em Estruturas das Constituições é válido saber que as Constituições são divididas em


preâmbulo, parte dogmática e disposições transitórias. Maiores considerações devem
ser feitas sobre o preâmbulo, que objetiva orientar a interpretação da Constituição, não
dispõe de força normativa e não é de reprodução obrigatória pelas Constituições
Estaduais.

Na última parte deste trecho – A Pirâmide de Kelsen - Hierarquia das normas – atente-
se às seguintes informações: emendas constitucionais podem ser declaradas
inconstitucionais, não há hierarquia entre leis complementares e leis ordinárias e nem
entre elas e demais normas primárias (leis, medidas provisórias, decretos e resoluções
legislativos, tratados internacionais gerais e decretos autônomos), os tratados
internacionais sobre direitos humanos aprovados pelo rito especial de emenda
constitucional serão equivalentes a estas e os demais serão normas supralegais (abaixo
da Constituição e acima das demais normas).
Estude as questões: 4, 1, 2, 3.

Tarefa – Direito Constitucional #2


Estudo da aula 00, págs. 20 a 39 e de 18 questões.

O estudo de Classificação das Constituições não é complexo, mas exige memorização,


com destaque para as classificações quanto à origem e à estabilidade (entenda como se
dá a alterabilidade das Constituições dentro de cada classificação). É importante saber
que a rigidez constitucional decorre da supremacia da Constituição e a maior ou menor
rigidez não lhe assegura estabilidade. Esteja atento para não confundir isso. No mais, as
classificações da Constituição Federal de 1988 devem ser conhecidas: democrática,
escrita, dogmática (heterodoxa), rígida, formal, analítica, normativa, dirigente, social,
autoconstituição e principiológica.

Nas págs. 32 e 33 há um resumo muito bom! Ali estão todos os pontos que precisa
saber sobre cada classificação.

O segundo tópico trata da Aplicabilidade das Normas Constitucionais, que já foi exigido
nas provas da FGV para Tribunais, cargos de nível médio, cuja classificação em eficácia
plena, contida ou limitada é a mais comum em provas. Cuidado para não confundir as
normas de eficácia contida e eficácia limitada. As primeiras são aptas a produzirem seus
efeitos desde a promulgação, ou seja, aplicabilidade imediata, mas lei posterior pode
restringir sua aplicação. Já as segundas, apenas produzirão seus efeitos após a
complementação legislativa, sua aplicabilidade é mediata. O mapa-mental da pág. 38 te
ajudará a guardar as informações mais importantes de cada classificação.

Trilha Estratégica para TJ-CE (Técnico Judiciária - Área Judiciária) - Pós-Edital


www.estrategiaconcursos.com.br 8

57240867005 - Sergio Mouro


Luis Eduardo, Bruno Cesar
Trilha Estratégica TJ-CE (Técnico Judiciária - Área Administrativa) Pós-Edital. 00
1308993

Estude as questões: 13, 5, 6, 7, 8, 9, 10, 14, 15, 16, 20, 21, 22, 23, 19, 18, 17, 25.
Tarefa – Direito Constitucional #3
Estudo da aula 00, págs. 40 a 60; leitura dos arts. 1° ao 4° da CF/88; e de 12 questões

Neste trecho estudará Aplicação das Normas Constitucionais no tempo e Princípios


Fundamentais da Constituição.

Em relação à Aplicação das Normas Constitucionais no tempo atente-se ao fato que, ao


ser inaugurada uma nova Constituição, salvo se houver expressão menção, as normas
da antiga não são recepcionadas como normas infralegais (teoria da
desconstitucionalização), o que pode ocorrer é as normas editadas sob a vigência da
antiga Constituição, se compatíveis, serem recepcionadas. O fenômeno da repristinação
também só existirá no Brasil se expressamente previsto. Outra coisa relevante é que
análise de constitucionalidade é feita de acordo com a Constituição vigente ao tempo da
edição da lei, isso no caso de leis anteriores recepcionadas pela nova Constituição.

Dê uma pausa no estudo do pdf e leia os arts. 1° ao 4° da Constituição Federal de 1988.


De início, são apresentados os 5 fundamentos, também chamados de princípios
fundamentais. Uma forma de memoriza-los é pelo mnemônico SOCIDIVAPLU. Chamo a
atenção para o princípio da dignidade da pessoa humana, tomado como base pelo STF
em diversas decisões, como algumas apresentadas nas págs. 49 e 50.

Forma de Estado, forma de governo, regime político e harmonia e independência entre


os Poderes são bases para o entendimento da disciplina. Veja que apenas a República
Federativa do Brasil é soberana, os demais entes (União, Estados, Distrito Federal e
Municípios) são apenas autônomos. Vivemos em uma democracia participativa, nós, o
povo, participamos do governo ao elegermos nossos representantes e também de
forma direta, por meio de referendos, plebiscitos e iniciativa de leis. Você terá uma
visão conceitual do sistema de freios e contrapesos e, entendendo-o bem, irá identificá-
lo em muitas oportunidades no desenvolver da disciplina.
Em seguida, são apresentados os objetivos fundamentais, estabelecidos no art. 3° da
CF/88, também com um mnemônico para ajudar a fixa-los: CONGA, que tem como
OBJETIVO não ERRAr na PROva ( os mnemônicos são internalizados com o tempo e pode
ser que você não se adapte ou crie os próprios).
Por fim, tem-se os princípios das relações internacionais. Também há um mnemônico:
“AInDa Não ComPreIReCoS” a e m apenas participam da composição. Muitos dos
princípios estão centrados na defesa da harmonia entre as nações, por isso a
determinação de não intervenção, de cooperação, de solução pacífica dos conflitos, por
exemplo. Tome cuidado, o Brasil busca a integração com a América Latina.
Estude as questões: 28, 29, 32, 35, 37, 40, 30, 31, 33, 26, 27, 38.

Trilha Estratégica para TJ-CE (Técnico Judiciária - Área Judiciária) - Pós-Edital


www.estrategiaconcursos.com.br 9

57240867005 - Sergio Mouro


Luis Eduardo, Bruno Cesar
Trilha Estratégica TJ-CE (Técnico Judiciária - Área Administrativa) Pós-Edital. 00
1308993

Direito Processual Penal

Curso Completo de referência:


https://www.estrategiaconcursos.com.br/curso/direito-processual-penal-p-tj-ce-tecnico-
judiciario-area-judiciaria-com-videoaulas-pos-edital/

Passo Estratégico de referência:


https://www.estrategiaconcursos.com.br/curso/passo-estrategico-direito-processual-penal-p-
tj-ce-tecnico-judiciario-area-judiciaria-pos-edital/

⇒ Tarefa 1: Iniciar o estudo da aula 01 - Inquérito policial

Nessa aula você irá estudar a função administrativa da polícia, em caráter preventivo e
de forma ostensiva, assim como, a função judiciária em seu caráter repressivo com o
objetivo de apurar infrações penais. Faça a leitura do art. 144 da CF, do art. 4º do CPP e
da doutrina complementar.

O estudo do Inquérito Policial é um tema que despenca nas provas devido a sua grande
importância dentro da disciplina de Direito Processo Penal.

Muita atenção para as características do Inquérito Policial: (Item 1.1 - Natureza e


características do Inquérito Policial)
- Inquisitivo
- Sigiloso
- Oficioso
- Escrito
- Indisponível
- Oficial
- Dispensável
- Discricionário
Faça a leitura do art. 155 do Código de Processo Penal - Valor probatório do Inquérito.

Atenção ao item 1.2.1.1 que se refere a Notitia criminis!!! A doutrina faz a seguinte
divisão da Notitia criminis:
- direta / de cognição imediata / espontânea / inqualificada
- indireta / de cognição mediata / provocada / qualificada
- de cognição coercitiva

Trilha Estratégica para TJ-CE (Técnico Judiciária - Área Judiciária) - Pós-Edital


www.estrategiaconcursos.com.br 10

57240867005 - Sergio Mouro


Luis Eduardo, Bruno Cesar
Trilha Estratégica TJ-CE (Técnico Judiciária - Área Administrativa) Pós-Edital. 00
1308993

Atenção as formas de instauração do Inquérito Policial. Memorize as formas de


instauração do Inquérito Policial referente aos crimes:
- de ação penal pública incondicionada
- de ação penal pública condicionada
- de ação penal privada

No item 1.5 tenha Atenção para o prazo de conclusão do Inquérito policial e a sua
natureza jurídica. Há divergência se o prazo é material ou processual. Fique atento!!!
Veja também que existem exceções previstas em outras leis aos prazo de conclusão do
Inquérito policial previsto no CPP

⇒ Tarefa 2: Dê sequência ao estudo da aula 01 - Inquérito Policial.

Fique atento ao esquema sobre o arquivamento do Inquérito Policial.

Ainda na página 25 veja que a doutrina criou a figura do arquivamento implícito.


Embora não tenha previsão legal, o arquivamento implícito, como o nome diz, é
deduzido pelas circunstâncias. Leia com atenção as hipóteses em que ocorre essa
espécie de arquivamento.

Outros pontos merecem destaque:


- ARQUIVAMENTO INDIRETO;
- TRANCAMENTO DO INQUÉRITO POLICIAL;
- ARQUIVAMENTO POR ATIPICIDADE DO FATO;
- ARQUIVAMENTO EM RAZÃO DO RECONHECIMENTO DE EXCLUDENTE DE ILICITUDE OU
DE CULPABILIDADE;
- ARQUIVAMENTO PELO RECONHECIMENTO DA EXTINÇÃO DA PUNIBILIDADE.

Faça a leitura dos dispositivos legais importantes, das súmulas pertinentes e da


jurisprudência correlata.

Resolva toda as questões da aula.

Trilha Estratégica para TJ-CE (Técnico Judiciária - Área Judiciária) - Pós-Edital


www.estrategiaconcursos.com.br 11

57240867005 - Sergio Mouro


Luis Eduardo, Bruno Cesar
Trilha Estratégica TJ-CE (Técnico Judiciária - Área Administrativa) Pós-Edital. 00
1308993

Direito Administrativo

Curso Completo de referência:


https://www.estrategiaconcursos.com.br/curso/direito-administrativo-p-tj-ce-tecnico-
judiciario-area-judiciaria-com-videoaulas-pos-edital/

Passo Estratégico de referência:


https://www.estrategiaconcursos.com.br/curso/direito-administrativo-p-tj-ce-tecnico-
judiciario-area-judiciaria-com-videoaulas-pos-edital/

Tarefa Direito Administrativo #1


Estudo dos Regimes de Direito Público e de Direito Privado; da aula 00, págs. 05 a 09.

Inicialmente, a intenção será compreender o conceito de “regime jurídico” e a diferença


entre os dois regimes: no público, prevalece a supremacia e a indisponibilidade do
interesse público, verticalizando a relação entre a Administração (em posição superior)
e o particular; no privado, normalmente direcionado para os particulares, serão tratadas
as relações individuais da sociedade (horizontalidade).

O objetivo aqui é apenas a compreensão do conteúdo, tão importante para o


prosseguimento da matéria e para o entendimento das próximas tarefas, em que
constarão diversos princípios que norteiam a Administração Pública no Brasil.

Inicie o estudo da aula 00 pela pág. 05, com atenção às expressões marcadas nas cores
vermelho e azul pelo professor, cuidadosamente selecionadas para uma melhor
compreensão da temática. Leia de forma mais rápida, grifando muito pouco. A intenção,
agora, é iniciar com uma sistemática de estudos mais “light” para avançarmos de forma
concatenada no conteúdo.

Na pág. 07 estão contidas, de forma bastante elucidativa, as sujeições e prerrogativas


que colocam a Administração em condições de superioridade nas relações com o
particular. Esse é o ponto mais importante a ser estudado nesta tarefa; portanto,
atenção redobrada.

Tarefa Direito Administrativo #2


Leitura das noções gerais dos Princípios da Administração Pública; da aula 00, págs. 09
a 14; do art. 37 da CF/88; do art. 3º da Lei nº 8.666/93; do art. 2º da Lei nº 9.784/99 e
do art. 3º da Lei nº 12.462/2011.

Trilha Estratégica para TJ-CE (Técnico Judiciária - Área Judiciária) - Pós-Edital


www.estrategiaconcursos.com.br 12

57240867005 - Sergio Mouro


Luis Eduardo, Bruno Cesar
Trilha Estratégica TJ-CE (Técnico Judiciária - Área Administrativa) Pós-Edital. 00
1308993

A leitura das págs. 09, 10, 11, 12 e 13 da aula 00 servirá para dar uma rápida
contextualização sobre o que representam os princípios expressos e implícitos que
delimitam a atuação da Administração Pública.

É fundamental a compreensão do conceito dos princípios administrativos antes de


iniciar os estudos de cada um deles separadamente. Nesse sentido, os princípios
determinam o alcance e o sentido das regras de determinado subsistema do
ordenamento jurídico, balizando a interpretação e a própria produção normativa.

Para entender o que são princípios expressos, dê uma lida no art. 37 da Constituição e
perceba que, em seu texto, estão previstos 5 (cinco) princípios norteadores dos agentes
públicos. Aqui, vale grifar todos eles, que são: legalidade, impessoalidade, moralidade,
publicidade e eficiência.

Da mesma forma, o art. 3º da Lei nº 8.666/93 traz em sua redação, expressamente, os


princípios da legalidade, da impessoalidade, da moralidade, da igualdade, da
publicidade, da probidade administrativa, da vinculação ao instrumento convocatório e
do julgamento objetivo. Grife-os de com cores contrastantes entre si. Faça o mesmo
com os princípios previstos no art. 2º da Lei nº 9.784/99 e no art. 3º da Lei nº
12.462/2011.

Por outro lado, os princípios implícitos não constam taxativamente em uma norma
jurídica geral, decorrendo de elaboração doutrinária e jurisprudencial. Ou seja, apesar
de uma carga de subjetividade maior nos princípios implícitos em face da interpretação
dos textos constitucionais / legais, eles são extremamente importantes para validar a
atuação da administração pública.

Guarde isso! Apesar de existirem diversos princípios entre os expressamente previstos


no ordenamento jurídico e os retirados da doutrina, não há hierarquia entre eles.

Tarefa Direito Administrativo #3


Estudo dos princípios expressos; da aula 00, págs. 13 a 23; do art. 37 da CF/88 e de 18
questões.

Vamos aos estudos dos princípios expressos! Primeiramente, leia novamente o art. 37,
caput, da CF/88 com os princípios grifados anteriormente. Aqui vai uma dica: quanto
mais você “passar o olho” na letra seca da lei, mais você incrementa sua memória de
longo prazo e maiores as sua chances de lograr êxito na prova.

Os princípios expressos contêm uma representatividade bastante expressiva, refletindo


cerca de 4% das questões em Direito Administrativo – ou seja, com importância de
intermediária a alta.

Trilha Estratégica para TJ-CE (Técnico Judiciária - Área Judiciária) - Pós-Edital


www.estrategiaconcursos.com.br 13

57240867005 - Sergio Mouro


Luis Eduardo, Bruno Cesar
Trilha Estratégica TJ-CE (Técnico Judiciária - Área Administrativa) Pós-Edital. 00
1308993

Aqui, destacamos os princípios da legalidade, que vincula o agente público à lei em


sentido amplo, ou seja, a atos normativos primários (ex: leis) e secundários (ex:
portarias) e da moralidade, diretamente relacionado à probidade na Administração.
Interessante a leitura do resumo contido na pág. 16, relacionado com o princípio da
Legalidade.

Atenção ao princípio da Impessoalidade, que se desdobra em quatro sentidos: princípio


da finalidade, princípio da igualdade ou isonomia, vedação de promoção pessoal e
impedimento e suspeição.

Leia com cuidado e se atente às marcações em cores diferenciadas feitas pelo professor
ao longo do corpo do texto da aula, uma vez que não são raras questões que tentam
confundir o candidato misturando os conceitos dos princípios da publicidade e da
impessoalidade.

Ao término da leitura, estude as seguintes questões ao fim do PDF: 01, 02, 03, 04, 06,
08, 09, 10, 11, 12, 13, 15, 17, 19, 22, 23, 33 e 39.

Tarefa Direito Administrativo #4


Estudo dos Princípios implícitos ou reconhecidos; da aula 00, págs. 23 a 47 e de 12
questões.

Os princípios implícitos ou reconhecidos contêm importância intermediária, refletindo


cerca de 2% das questões em Direito Administrativo. Entretanto, não sugerimos
negligenciá-la, pois as bancas, em diversas oportunidades, inserem conceitos de
princípios expressos e implícitos na mesma questão.

Os mais “famosos” princípios implícitos são o da supremacia do interesse público e o da


indisponibilidade do interesse público. Resumindo de uma forma bem objetiva, o
primeiro representa as prerrogativas e, o segundo, as sujeições da Administração.

Quanto ao princípio da proporcionalidade, importante lembrar que ele possui 3 (três)


elementos a serem analisados: adequação, necessidade e proporcionalidade em sentido
estrito. Nessa linha, estude o item 3.3 atentamente, em que é exposta a diferença
bastante sutil entre a razoabilidade e a proporcionalidade.

Outro princípio muito difundido na doutrina do Direito Administrativo e cobrado em


provas de concurso é o da segurança jurídica. Nesse sentido, estude com afinco as lições
do item 3.10.

Ao término da leitura, estude as seguintes questões ao fim do PDF: 05, 07, 14, 16, 18,
21, 29, 31, 34, 35, 36 e 38.

Trilha Estratégica para TJ-CE (Técnico Judiciária - Área Judiciária) - Pós-Edital


www.estrategiaconcursos.com.br 14

57240867005 - Sergio Mouro


Luis Eduardo, Bruno Cesar
Trilha Estratégica TJ-CE (Técnico Judiciária - Área Administrativa) Pós-Edital. 00
1308993

Redação
Curso Completo de referência:
https://www.estrategiaconcursos.com.br/curso/pacote-completo-p-tj-ce-tecnico-judiciario-
area-judiciaria-com-videoaulas-pos-edital/

Tarefa Redação #1
Estudo de toda aula 00 do curso regular

Ler atentamente a aula 00 do curso regular pós-edital até antes do tópico 2-


cronograma.
Depois, ler os tópicos 5, 6.
Por último, porém o mais importante: pratique o exercício presente no tópico 07.

Tarefa Redação #2
Estudo da aula 01 do curso regular até a página 28.

Ler atentamente a aula 01 do curso regular pós-edital até a página 28, antes do tópico 6
- argumentos.
Tenha atenção ao tópico 4 - elementos para elaborar um bom texto, principais aos
elementos coesão e coerência.
Leia atentamente os tipos textuais presentes no tópico 5 – Tipologia textual.

Tarefa Redação #3
Estudo da aula 01 do curso regular da página 28 até o final da aula.

Nesta parte da aula 01 do curso regular pós-edital devemos atentar principalmente para
o tópico frasal!
Leia com atenção os tópicos 10 – Estrutura, 11 - Tipos de introdução, 12 – Tipos de
Desenvolvimento e o tópico 12- Conclusão.

Trilha Estratégica para TJ-CE (Técnico Judiciária - Área Judiciária) - Pós-Edital


www.estrategiaconcursos.com.br 15

57240867005 - Sergio Mouro


Luis Eduardo, Bruno Cesar
Trilha Estratégica TJ-CE (Técnico Judiciária - Área Administrativa) Pós-Edital. 00
1308993

Português
Curso Completo de referência:
https://www.estrategiaconcursos.com.br/curso/portugues-p-tj-ce-tecnico-judiciario-area-
judiciaria-com-videoaulas-pos-edital/

Passo Estratégico de referência:


https://www.estrategiaconcursos.com.br/curso/passo-estrategico-portugues-p-tj-ce-tecnico-
judiciario-area-judiciaria-pos-edital/

Tarefa Português #1
semântica, coesão e coerência
Assunto com cobrança médio-baixa pela FGV! A prática aqui se faz necessária e serve
como um excelente treinamento já que não há regras como no caso de crase, regência.
(Não é decoreba).
A resposta está no texto mesmo.

Estudar até a página


Principais pontos da aula:
-campo semântico: relações de sentido (semelhança, equivalência, diferença, oposição,
pertinência) entre palavras;
-sentido Denotativo: sentido original da palavra, sentido do Dicionário;
-sentido conotativo: sentido figurado, metafórico;
-sinônimo: item muito importante ganhando papel de destaque na coesão referencial
ao mesmo tempo que evita a repetição viciosa. Note que o professor faz questão de
falar que palavras são sinônimas em uma certa ocasião, mas não podem ser em
outras:
-antônimos: palavras antagônicas.
-Atentar para a diferença entre coesão recorrencial X coesão referencial;
-Atentar para o tópico Hipônimos(termo mais restrito, uma espécie) e hiperônimos(
termo mais abrangente, uma gênero);

1)Homônimos são palavras de som ou grafia iguais e sentidos diferentes:


a) homógrafos são palavras que têm a mesma grafia, podendo ter ou não a mesma
pronúncia e sentido diferente;
b) homófonos são palavras que têm a mesma pronúncia, mas grafia e sentido
diferentes;

2)parônimos são palavras muito parecidas na pronúncia e na grafia, mas não são
idênticas;

Trilha Estratégica para TJ-CE (Técnico Judiciária - Área Judiciária) - Pós-Edital


www.estrategiaconcursos.com.br 16

57240867005 - Sergio Mouro


Luis Eduardo, Bruno Cesar
Trilha Estratégica TJ-CE (Técnico Judiciária - Área Administrativa) Pós-Edital. 00
1308993

Tarefa Português #2
semântica, coesão e coerência

Estudar aula 08 do curso regular da página 32 até a página 60.

-Coesão: Ligação harmoniosa entre os parágrafos de um texto (conjunções, preposições,


pronome relativos);

-Atentar para os conceitos de coesão anafórica( referência a um termo anterior) x


coesão catafórica( coesão a um termo posterior) x função dêitica , exofórica ( referência
fora do texto)
-Coerência: lógica interna de um texto ==13f941==

-Note a importância dos pronomes na coesão referencial, principalmente os pronomes


que, cujo;
-Outro assunto bem cobrado é a importância dos pronomes demonstrativos.
Note que eles podem se referir a tempo, espaço, texto;
Os pronomes este, esse, aquele e suas variações são bem cobrados em prova:

Entre 3 seres mencionados no texto, este se refere ao mais próximo, ao último; aquele
se refere ao mais distante, ao primeiro. Em provas objetivas, CESPE/UNB e ESAF aceitam
esse para se referir ao do meio, o que é condenado pela gramática. Essas bancas
aceitam tal recurso, mas não há respaldo
em nenhum gramático. Nesse caso, recomenda-se o uso de numerais: o primeiro, o
segundo, o terceiro

-Ter atenção também ao tópico sobre função anafórica e catafórica dos pronomes no
texto;
Outro aspecto importante é o pronome demonstrativo O,A :
ex: Não concordo com o que ele falou. (aquilo que ele falou);
ex: A que apresentar o melhor texto será aprovada. (aquela que apresentar).
Ex: questão (FGV / BANESTES / TÉC. BANCÁRIO / 2018)

E, não menos importante, no tópico coesão sequencial- continuidade textual, note que
a conjunção é o conector mais utilizado. Ela dá uma noção de continuidade, sequência
coesa. Faça o exercício (ESAF / FUNAI / 2016)

-O tópico concordância com nomes próprios no plural costuma ser cobrado


principalmente em questões de conformidade com a norma padrão da língua
portuguesa. Note a diferença que o artigo pode fazer na concordância do verbo. O
exemplo dado pelo professor esclarece tudo;
- Atentar para a concordância correta dos pronomes de tratamento;

Trilha Estratégica para TJ-CE (Técnico Judiciária - Área Judiciária) - Pós-Edital


www.estrategiaconcursos.com.br 17

57240867005 - Sergio Mouro


Luis Eduardo, Bruno Cesar
Trilha Estratégica TJ-CE (Técnico Judiciária - Área Administrativa) Pós-Edital. 00
1308993

-os verbos ter,vir, haver, existir, fazer costumam ser cobrados em prova de acordo com
seus significados. Atentar para cada significado e sua correta concordância;
-O tópico Concordância com o sujeito composto é relativamente simples, mas de
extrema importância. Perceba que a quebra da estrutura natural da frase modifica a
concordância do verbo com o sujeito composto.

Tarefa Português #3
semântica, coesão e coerência
Resolver exercícios comentados FGV a partir da página 60 da aula 08 do curso regular.
Após as questões, leia o resumo com foco nos pontos que teve dificuldade durante a
resolução das questões.

Trilha Estratégica para TJ-CE (Técnico Judiciária - Área Judiciária) - Pós-Edital


www.estrategiaconcursos.com.br 18

57240867005 - Sergio Mouro


Luis Eduardo, Bruno Cesar
Trilha Estratégica TJ-CE (Técnico Judiciária - Área Administrativa) Pós-Edital. 00
1308993

Direito das Pessoas com Deficiência


Curso Completo de referência:
https://www.estrategiaconcursos.com.br/curso/direito-das-pessoas-com-deficiencia-p-tj-ce-
tecnico-judiciario-area-judiciaria-pos-edital/

Passo Estratégico de referência:


https://www.estrategiaconcursos.com.br/curso/passo-estrategico-direito-das-pessoas-c-
deficiencia-p-tj-ce-todos-os-cargos-fgv/

Tarefa – Direito das Pessoas com Deficiência #1


Apresentação do curso Introdução ao Direito das Pessoas com Deficiência na CF
Estudo da aula 00: Tópico 3 – Proteção Constitucional

No edital do TJ-CE, a matéria Acessibilidade se refere ao estudo do Direito das Pessoas


com Deficiência. Essa disciplina está sendo abordada em diversas provas de tribunais,
devido ao ato normativo do CNJ de junho de 2016, que diz:

“Art. 19. Os editais de concursos públicos para ingresso nos quadros do Poder Judiciário
e de seus serviços auxiliares deverão prever, nos objetos de avaliação, disciplina que
abarque os direitos das pessoas com deficiência.”

Vamos estudar prioritariamente a Lei Federal nº 13.146/2015, que é a Lei Brasileira de


inclusão da pessoa com deficiência, mas também vamos conhecer os aspectos
constitucionais que envolvem a matéria e a Convenção sobre os direitos da pessoa com
deficiência.

Para ter uma compreensão geral dessa disciplina, iniciaremos estudando os artigos da
Constituição Federal que tratam dos Direitos das Pessoas com Deficiência.

A CF cita, inicialmente, a proteção da pessoa com deficiência no mercado de trabalho.


Vejamos:
“Art. 7º São direitos dos trabalhadores urbanos e rurais, além de outros que visem à
melhoria de sua condição
social:
XXXI - proibição de qualquer discriminação no tocante a salário e critérios de admissão
do trabalhador portador de deficiência;”

Note que o legislador teve a preocupação de evitar qualquer forma de discriminação


contra pessoas com deficiência. Estudaremos, posteriormente, a Convenção sobre os

Trilha Estratégica para TJ-CE (Técnico Judiciária - Área Judiciária) - Pós-Edital


www.estrategiaconcursos.com.br 19

57240867005 - Sergio Mouro


Luis Eduardo, Bruno Cesar
Trilha Estratégica TJ-CE (Técnico Judiciária - Área Administrativa) Pós-Edital. 00
1308993

Direitos da Pessoa com Deficiência, que também traz dispositivos relacionados ao


direito do trabalho.

O exemplo que temos de regra protetiva se encontra na Lei nº 8.213/1991:

“Art. 93. A empresa com 100 (cem) ou mais empregados está obrigada a preencher de
2% (dois por cento) a 5%
(cinco por cento) dos seus cargos com beneficiários reabilitados ou pessoas portadoras
de deficiência,
habilitadas, na seguinte proporção:
I - até 200 empregados - 2%;
II - de 201 a 500 - 3%;
III - de 501 a 1.000 - 4%;
IV - de 1.001 em diante. - 5%.”

Leia na aula o artigo completo e a explicação do professor sobre esse assunto.

Nesse tópico, são apresentados outros artigos da CF que envolvem a matéria. É


importante ler todos e decorá-los. Um dispositivo que cai bastante em prova é o
seguinte:

“Art. 37. A administração pública direta e indireta de qualquer dos Poderes da União,
dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios obedecerá aos princípios de
legalidade, impessoalidade, moralidade, publicidade e eficiência e, também, ao
seguinte: (Redação dada pela Emenda Constitucional nº 19, de 1998)

VIII - a lei reservará percentual dos cargos e empregos públicos para as pessoas
portadoras de deficiência e definirá os critérios de sua admissão;”

Assim, a Administração Pública deve reservar vagas para pessoas com deficiência,
conforme a norma na CF.

Tarefa – Direito das Pessoas com Deficiência #2


Apresentação do curso Introdução ao Direito das Pessoas com Deficiência na CF
Estudo da aula 00: Tópico 2 - Proteção Internacional: Convenção sobre Direito das
pessoas com Deficiência

De início, é importante saber que a Convenção sobre Direito das pessoas com
deficiência, juntamente com o Protocolo Facultativo, tem força de emenda
constitucional em nosso ordenamento jurídico. Ou seja, foi aprovada em cada Casa do
Congresso Nacional, em dois turnos, por três quintos dos votos dos respectivos
membros, conforme procedimento previsto no art. 5o, § 3o da Constituição Federal,

Trilha Estratégica para TJ-CE (Técnico Judiciária - Área Judiciária) - Pós-Edital


www.estrategiaconcursos.com.br 20

57240867005 - Sergio Mouro


Luis Eduardo, Bruno Cesar
Trilha Estratégica TJ-CE (Técnico Judiciária - Área Administrativa) Pós-Edital. 00
1308993

introduzido pela Emenda Constitucional no 45/04. Isso cai bastante em prova, portanto,
decore!

Além disso, as normas previstas tanto na Convenção sobre as Pessoas com Deficiência
como no respectivo Protocolo Facultativo são cláusulas pétreas.

A partir do item 2.3.1., é apresentada a Convenção, artigo por artigo. Temos o


preâmbulo, em seguida, o art. 1º, que traz o importante conceito:

“PESSOAS COM DEFICIÊNCIA são aquelas que têm impedimentos de longo prazo de
natureza física, mental, intelectual ou sensorial, os quais, em interação com diversas
barreiras, podem obstruir sua participação plena e efetiva na sociedade em igualdades
de condições com as demais pessoas.”

Leia o restante da Convenção, sem intenção de decorar, mas de entender o que ela traz.
Depois faça uma segunda leitura e decore os principais conceitos.

Tarefa – Direito das Pessoas com Deficiência #3


Apresentação do curso Introdução ao Direito das Pessoas com Deficiência na CF
Estudo da aula 00: Questões e Legislação

Há apenas duas questões da banca FGV, porém a Vunesp e a FCC têm um estilo de
cobrança similar, portanto você deve resolver todas as questões. Leia a Legislação
destacada ao final do PDF.

Trilha Estratégica para TJ-CE (Técnico Judiciária - Área Judiciária) - Pós-Edital


www.estrategiaconcursos.com.br 21

57240867005 - Sergio Mouro


Luis Eduardo, Bruno Cesar
Trilha Estratégica TJ-CE (Técnico Judiciária - Área Administrativa) Pós-Edital. 00
1308993

Código de Divisão e Organização Judiciária


Curso Completo de referência:
https://www.estrategiaconcursos.com.br/curso/codigo-de-divisao-e-organizacao-
judiciaria-p-tj-ce-tecnico-judiciario-area-judiciaria-pos-edital/

Prólogo

Código de Divisão e Organização Judiciária p/ TJ-CE é uma disciplina que possui um bom
custo-benefício! Juntamente com a disciplina “Direito das Pessoas com Deficiência”, ela
representa 11,43% da prova! Como o conteúdo programático é curto e focado na
literalidade das normas, vale muito a pena estudarmos essa disciplina com afinco, visto
que dá para garantir pontos preciosos na prova, que podem ser o diferencial para a sua
aprovação.
Então, mãos à obra!

Tarefa – Código de Divisão e Organização Judiciária #1


Estudo da aula 00, págs. 07 a 31.

A aula 00 trata resumidamente de três tópicos:


- Noções Preliminares;
- Funções Essenciais à Justiça; e
- Lei de Organização Judiciária do Estado do Ceará.

Nesta tarefa, estudaremos as Noções Preliminares. A partir da pág. 07 são apresentadas


noções preliminares sobre o funcionamento da Advocacia, Ministério Público e Poder
Judiciário. Se você já estudou esses assuntos em direito constitucional, será uma
revisão. Caso você nunca tenha estudado esses tópicos, fique tranquilo, pois são de fácil
entendimento.
Faça uma leitura atenta da pág. 07 à pág. 31. Não pule para a próxima tarefa sem ter
compreendido os seguintes pontos:
1) O Poder Judiciário deve ser independente;
2) Memorize o inciso XXXV do art. 5º da CF/88: “A lei não excluirá da apreciação do
Poder Judiciário lesão ou ameaça a direito”;
3) No Brasil, vigora o princípio da unidade de jurisdição (sistema inglês);
4) Compreenda as 3 formas em que a jurisdição pode ser analisada (poder jurisdicional,
função jurisdicional e atividade jurisdicional);
5) Memorize o art. 92 da CF/88 (Órgãos do Poder Judiciário). O gráfico apresentado na
pág. 09 ajuda muito na fixação desses órgãos;

Trilha Estratégica para TJ-CE (Técnico Judiciária - Área Judiciária) - Pós-Edital


www.estrategiaconcursos.com.br 22

57240867005 - Sergio Mouro


Luis Eduardo, Bruno Cesar
Trilha Estratégica TJ-CE (Técnico Judiciária - Área Administrativa) Pós-Edital. 00
1308993

6) Entenda que a as competências da Justiça Federal encontram-se dispostas


expressamente na CF/88. Já as competências da Justiça Estadual são residuais;
7) Entenda que o STF é o guardião da Constituição Federal, cabendo a ele a competência
em matéria constitucional. Em contrapartida, ao STJ cabe a competência em matéria
infraconstitucional;
8) Decore: A jurisdição da Comarca é exercida pelos Juízes de Direito;
9) Compreenda as diferentes formas de equivalentes jurisdicionais, principalmente a
autotutela, a transação, a submissão, a renúncia, a mediação, a conciliação e a
arbitragem;
10) Entenda a diferença entre jurisdição contenciosa e jurisdição voluntária;
11) Decore: enquanto o foro judicial engloba as varas e ofícios judiciais, o foro
extrajudicial engloba os atos notariais e registrais;
12) Estude com atenção a tabela apresentada na pág. 17 (custas judiciais x taxas x
emolumentos);
13) Compreenda os principais aspectos de autonomia do poder judiciário (págs. 21 e
22);
14) Compreenda as definições de citação e intimação (págs. 24 e 25);
15) Entenda a diferença entre recurso com efeito devolutivo e recurso com efeito
suspensivo (pág. 26);
16) Memorize: sentença é uma decisão monocrática proferida por juiz de 1º grau,
enquanto que acórdão é uma decisão colegiada tomada por membros de um tribunal;
17) Memorize os graus de jurisdição (esquema da pág. 28);
18) Atenção: enquanto os servidores públicos ganham a estabilidade após 3 anos de
efetivo exercício, os magistrados ganham a vitaliciedade após 2 anos de efetivo
exercício;
19) Compreenda o funcionamento do quinto constitucional (pág. 30); e
20) Atenção: Todos os órgãos do Tribunal de Justiça têm como membros os
Desembargadores. Os Juízes de Direito não fazem parte do Tribunal de Justiça, sendo a
magistratura de 1º grau um órgão do Poder Judiciário do Estado.

Após terminar o estudo da pág. 31 (antes do tópico Funções Essenciais à Justiça), faça
uma pausa de 5 minutos antes de prosseguir para a próxima Tarefa.

Tarefa - Código de Divisão e Organização Judiciária #2


Estudo da aula 00, págs. 31 a 47.

Nesta tarefa, estudaremos as Funções Essenciais à Justiça e a Lei de Organização


Judiciária do Estado do Ceará (assunto mais importante da aula).
Faça uma leitura atenta da pág. 31 à pág. 47. Não pule para a próxima tarefa sem ter
compreendido os pontos abaixo, principalmente os citados a partir do item 7 (do item 7
em diante, tratamos da Lei de Organização Judiciária do Estado do Ceará, que é o
assunto mais importante da aula). Seguem os principais pontos:

Trilha Estratégica para TJ-CE (Técnico Judiciária - Área Judiciária) - Pós-Edital


www.estrategiaconcursos.com.br 23

57240867005 - Sergio Mouro


Luis Eduardo, Bruno Cesar
Trilha Estratégica TJ-CE (Técnico Judiciária - Área Administrativa) Pós-Edital. 00
1308993

1) Entenda que as Funções Essenciais à Justiça compreendem o Ministério Público, a


Defensoria Pública, a Advocacia Pública e a Advocacia Privada;
2) Memorize o inciso LXXIV do art. 5º, CF/88: “o Estado prestará assistência jurídica
integral e gratuita aos que comprovarem insuficiência de recursos”;
3) Memorize o art. 134 da CF/88 (página 32);
4) Memorize o art. 131 da CF/88 (página 32);
5) Entenda que o Ministério Público não se trata de um 4º Poder, mas sim de uma
instituição independente, essencial à função jurisdicional do Estado.
6) Memorize o art. 128 da CF/88 e o respectivo esquema (páginas 34 e 35);
7) Memorize o parágrafo 1º do art. 125, CF/88 (página 40);
8) Entenda a diferença entre Poder Judiciário e Tribunal de Justiça, e decore o art. 1º da
Lei n.º 16.397/2017, que dispõe sobre a divisão e a organização judiciária do Estado do
Ceará;
9) Memorize o art. 21 da Lei n.º 16.397/2017 (pág. 42);
10) Estude atentamente o art. 4º do Regimento Interno do TJ-CE (pág. 43);
11) Decore: o TJ-CE possui como membros 43 Desembargadores;
12) Memorize o esquema apresentado na pág. 44, buscando decorar todos os órgãos do
poder judiciário do estado do Ceará; e
13) Compreenda a atribuição de cada órgão, taxada no quadro esquematizado
apresentado nas págs. 45, 46 e 47.

Após, faça uma pausa de 5 minutos antes de prosseguir para a próxima Tarefa.

Tarefa - Código de Divisão e Organização Judiciária #3


Estudo da aula 01, págs. 03 a 14; e de 3 questões.

Nas próximas tarefas, estudaremos a fundo a Lei nº 16.397/2017, que dispõe sobre a
divisão e a organização judiciária do Estado do Ceará, mais especificamente os seguintes
artigos: 1º ao 20; 77 ao 81; e 96 ao 133.
Faça uma leitura atenta da pág. 03 à pág. 14. Não pule para a próxima tarefa sem ter
compreendido os seguintes pontos:
1) Entenda que a divisão judiciária limita a atuação de cada magistrado a determinado
espaço geográfico. Ou seja, a divisão judiciária limita a competência;
2) Memorize o art. 4º (pág. 4), compreendendo seus desdobramentos;
3) Memorize o art. 6º (pág. 4);
4) Compreenda os conceitos de comarca sede, comarca vinculada e distritos judiciários
(págs. 5 e 6);
5) Memorize o art. 12 (pág. 6);
6) Memorize o art. 14 (pág. 7);
7) Memorize os parágrafos 1º, 2º, 3º e 4º do art. 12, compreendendo o esquema da
pág. 8 (prática de atos no caso de reunião de processos na comarca sede);
8) Decore: as comarcas vinculadas não possuem juiz próprio;

Trilha Estratégica para TJ-CE (Técnico Judiciária - Área Judiciária) - Pós-Edital


www.estrategiaconcursos.com.br 24

57240867005 - Sergio Mouro


Luis Eduardo, Bruno Cesar
Trilha Estratégica TJ-CE (Técnico Judiciária - Área Administrativa) Pós-Edital. 00
1308993

9) Memorize o art. 13 (pág. 8), buscando entender o esquema elaborado pelo professor;
10) Decore: as comarcas classificam-se em 3 entrâncias (inicial, intermediária e final);
11) Entenda os critérios para implantação de uma nova comarca, elevação de inicial
para intermediária e elevação de intermediária para final (quadro da pág. 10/11);
12) Compreenda os trâmites para implantação e instalação de uma nova comarca (págs.
11 e 12);
13) Decore: a criação, extinção, transformação, reclassificação ou transferência de
comarcas somente poderão ocorrer mediante lei;
14) Observe o esquema da pág. 14 (zonas judiciárias), estudando o art. 10; e
15) Resolva as seguintes questões comentadas ao final da aula, marcando as que errar e
as que acertar com dúvida, para posterior revisão: 3-12-14.

Trilha Estratégica para TJ-CE (Técnico Judiciária - Área Judiciária) - Pós-Edital


www.estrategiaconcursos.com.br 25

57240867005 - Sergio Mouro


Luis Eduardo, Bruno Cesar
Trilha Estratégica TJ-CE (Técnico Judiciária - Área Administrativa) Pós-Edital. 00
1308993

Marque as questões que errou ou ficou em dúvida para posterior


revisão!

1. As Trilhas Estratégicas são meras sugestões de estudo com base em determinado objetivo
(área de concurso, concurso específico ou perfil). O aluno deve ficar livre para que possa
segui-la à risca ou fazer adaptações para o seu próprio estilo e rotina de estudo.
2. Os professores do Estratégia, ao elaborarem os seus materiais, possuem o objetivo de
ensinar todo o conteúdo exigido pelo edital programático do concurso, além de estabelecer
uma sequência ideal de estudo do ponto de vista pedagógico e considerando que o aluno
terá tempo de estudar todo o seu material.
3. Já os coaches, ao elaborarem as Trilhas Estratégicas, possuem o objetivo de fazer o aluno
estudar o conteúdo de acordo com custo x benefício, porém muitas vezes fugindo da
recomendação didática de estudo proposta pelos professores para que os alunos possam
fazer um estudo direcionado.
4. Como dizemos sempre: o ideal é estudar todos os assuntos, revisar tudo, fazer muitos
exercícios de tudo e chegar na prova bom em todos os assuntos também. Entretanto, são
poucos aqueles alunos que dispõem de tempo para isso!
5. Nosso objetivo aqui é sugerir uma sequência de estudos baseada na experiência de coaches
aprovados em diversos concursos para que possamos dar orientações e maiores chances de
aprovação aos alunos.

Trilha Estratégica para TJ-CE (Técnico Judiciária - Área Judiciária) - Pós-Edital


www.estrategiaconcursos.com.br 26

57240867005 - Sergio Mouro


Luis Eduardo, Bruno Cesar
Trilha Estratégica TJ-CE (Técnico Judiciária - Área Administrativa) Pós-Edital. 00
1308993

Vou ficando por aqui, pessoal!


Espero que estejam aproveitando ao máximo nossa Trilha Estratégica Pós-Edital!
Vou falando com vocês lá no nosso canal do Telegram.
Excelente estudo!
@coachbcesar

Bruno Cesar
Coach do Estratégia Concursos

Trilha Estratégica para TJ-CE (Técnico Judiciária - Área Judiciária) - Pós-Edital


www.estrategiaconcursos.com.br 27

57240867005 - Sergio Mouro