Você está na página 1de 8

_______________________________________

O TERMO PRESBEUŌ EM 2 CORÍNTIOS 5:20


UM ESTUDO À LUZ DAS ESCRITURAS SOBRE “EMBAIXADOR DE CRISTO” NA VISÃO DO
APÓSTOLO PAULO

PAULO MARCIAL PINTO


Pastor distrital, Luanda - Angola
_____________________________________________________________________________________

RESUMO: A ênfase deste artigo se ABSTRACT: This article deals with the
concentra num estudo teológico e missiológico de theological and missiological study of 2 Corinthians
2 Coríntios 5:20, focando-se no principal termo 5:20, focusing on the main term (presbeuō) of the
(presbeuō) deste texto na Bíblia Grega [Novo text in the Greek Bible [New Testament]. Due to
Testamento]. Pela sua enorme variedade de its enormous variety of theological interpretation,
alternativas interpretativas, o autor apresenta sua the author presents his opinion based on the use of
opinião baseando-se no uso da palavra presbeuō na the word presbeuō in ancient Greek-Roman
literatura antiga greco-romana, procurar entender o literature, trying to understand the verb in the
verbo no contexto do Antigo Testamento e context of the Old Testament and verifying its
verificar o seu significado prático para a sociedade practical meaning for contemporary Christian
cristã contemporânea. society.
______________________________________________________________________________

INTRODUÇÃO

2 Coríntios 5:20 é um dos versículos Apesar de as cartas aos Coríntios


muito usado do Novo Testamento e o seu darem grande atenção à relação entre o
termo presbeuō tem recebido muitas aplicações evangelho e a formação de um modo de vida
nos estudos hermenêutico e homilético. Nos cristão no mundo,2 como acredita Dustin W.
debates de hoje, estudiosos cristãos acreditam Ellington, elas não deixariam de mencionar a
que presbeuō é de grande importância no missão daquele que as escreveu - o seu
contexto bíblico, principalmente do Novo ministério ativo (Gal 1:1; 1 Co 1:16).
Testamento. No livro de 2 Coríntios 5:20 e
Efésios 6:20, por exemplo, o autor (Paulo, Ef. PRESBEUŌ NA LITERATURA ANTIGA
1:1; 2 Cor. 1:1; 10:1)1 confirma tal facto. Os GRECO-ROMANA
substantivos “presbeia” (delegação ou embaixada)
em Lucas 14:32; 19:14 e “presbeutēs” em Grego - Acredita-se que o termo
Filemom 9 são variantes textuais que presbeuō era geralmente usado para se referir
evidentemente mostram que o termo presbeuō essencialmente a três diferentes tipos de
e a sua aplicação prática foram sempre parte do posições ou pessoas: “ancião,”3 “embaixador”
ensino da fé cristã. e “delegado”. Alguns escritores e professores

1
fazem menção de que presbeuō, no seu sentido O ponto que se quer destacar no
transitivo significa “mensageiro”.4 Os que momento é que, a função do legatus no mundo
defendem esse ponto de vista afirmam também romano era garantir que os interesses do
que na língua grega antiga, o verbo era também império e da comunidade romana fossem
aplicado para se referir de forma figurativa a alcançados. Considerando que o legatus
um “representante” e “pregador”. trabalhava para a nação “as despesas durante a
Günther Bornkamm é da mesma sua jornada eram, naturalmente, pagas pela
opinião que esses estudiosos. Para ele, república.”12
“Presbeuō [embaixador] no mundo grego
operava como um representante legítimo da PRESBEUŌ NO ANTIGO TESTAMENTO
autoridade política enviado [a um lugar] para No seu artigo 155 sobre Paul’s Role as
que agisse como um diplomata oficial do palácio Ambassador, Larry Perkins, faz saber a seus
real.”5 Esta posição sustenta a idea de que, a leitores que “o verbo presbeuō não aparece na
tarefa primária de um presbeuō grego era de: a) tradução grega das Escrituras judaicas, mas
representar e promover o seu país de origem; vários dos cognatos foram empregados.”13
b) proclamar notícias oficiais do rei. Nesta Embora o verbo não seja mencionado na
teoria, podemos afirmar que esta não foi uma tradução grega das Escrituras judaicas, o
missão fácil, mas era possível. conceito era familiar.
Para melhor contextualização deste
Latim - No Dicionário Teológico de artigo usaremos alguns exemplos já explorado
Kittel o autor deixa claro que, “no período por Perkins.
romano (o período após o período Grego, Daniel 2), Em Números 21:21 (Então Israel
a palavra grega presbeutēs [embaixador] passou mandou “mensageiros” a Siom, rei dos amorreus), por
a ser equivalente a palavra latina “legatus.”6 Tal exemplo, o substantivo hebraico (malak)
termo, de acordo com alguns escritores “mensageiros” é traduzido como “presbeis,”
modernos, referia-se: a) alguém enviado com isto é, “embaixadores.” Neste sentido, os
uma missão;7 b) representante autorizado do presbeis de Números 21:21 (veja também
imperador romano; c) alguém no “topo da Deuteronómio 2:26-27 e Juízes 11:19) têm a
hierarquia militar.”8 missão de levar uma mensagem de paz e não
Os historicistas têm geralmente de conflito. A mensagem específica levada
argumentado que era possivelmente através do pelos presbeis de Israel ao rei de Siom
legatus em que os governantes romanos encontra-se no versículo 22. O contexto
resolviam seus problemas com outras teológico de Números 21:21 está em paralelo
comunidades [conquistadas e não só] e com Génesis 32:3-6 (Jacó envia mensageiros a
implementar a Pax Romana,9 pois eles, Esaú seu irmão) e Êxodo 23:20 (um
“facilitavam na colecta de informações e mensageiro – Hb. malak, é enviado por Deus).
negociavam acordos comerciais”.10 Na visão de Em 1 Macabeus 13:21 (Livro apócrifo),
Robert H. Mounce, “o arauto [legatus] devia o cognato substantivo “presbutēs” tem o
ter um caráter confiável, e suas palavras sentido de “embaixador enviado (a trifão),”
deveriam ser tão boas quanto as da pessoa que enquanto que o substantivo “presbutai,” em 2
o enviou.”11 Macabeus 11:34 e 37 (livro apócrifo)14 tem o

2

significado de “enviado.”15 (O emissário tinha Cristo) e a descrição da sua missão (déomai,
a mensagem em formato de carta). “fazer um apelo urgente ao pecador para que
A missão de mensageiro era um dever volte a Cristo”.17 (veja Apoc.18:4)
de elevada consideração nos tempos antigos, e Num país estrangeiro como este
ferir um embaixador era insultar o rei que o mundo, a honra de Cristo estava nas mãos de
enviara (2Sm 10:5). Na Bíblia, nenhum Paulo. Na visão do apóstolo, o país estrangeiro
mensageiro era enviado sem antes receber uma a ser pregado não é apenas um local físico ou
instrução (veja Gen. 32:4). Vemos esse ponto geográfico, mas sim o espiritualmente morto e
sendo também ilustrado em Juízes 11:19. perdido na sua escuridão (Ef 2:1,5: Col 2:13).
Israel, no momento de atravessar as fronteiras Ali, o presbeuō de Cristo, “fala por seu próprio
dos moabitas (Gn 19:30-38), não só enviou país e busca oportunidades para apresentar sua
mensageiros, mas deu-lhes uma mensagem mensagem de forma mais atrativa,”18 pregando
específica (Nm 21:21, 22; Dt 2:26). assim a paz do seu país de origem (o Reino dos
Em resumo, um presbeuō no Antigo Céus, Fil. 3:20; I Ped. 2:9).
Testamento devia ter uma missão (Js 9:4; Pv Por outro lado, Paulo ao usar o verbo
13:17; Is 18:2), ser um intérprete (2Cr 32:31), presbeuō, ele afirma ser o enviado de Cristo
um mensageiro (2Cr 35:21; Is 30:4; 33:7; Ez (At. 9:15; Ef. 6:20) para transmitir a
17:150) para fazer alianças (Js 9:4), felicitar reis “mensagem de reconciliação com Deus” (2Co.
na sua ascensão ao trono (1Rs 5:1) e deliberar 5:20b). O verbo katallassó (reconciliar) denota
apenas a mensagem de quem o enviara. “fazer amizade.” No sentido salvífico,
katallassó (reconciliação), “não se trata apenas
PRESBEUŌ EM 2 CORÍNTIOS 5:20 de chegar a uma mesma opinião sobre certo
Em 2 Coríntios 5:11-21, Paulo faz assunto, mas também de ser um com outro”.19
alusão à sua nova teologia sobre o significado Ser um com Deus. Na visão de Adnès, “a
da morte de Jesus Cristo em sua vida, reconciliação é facto teocêntrico, dado que ela
possivelmente, para responder as críticas provém de Deus para conduzir o homem a
contra o seu chamado apostólico (veja versos Deus”.20 O homem deve criar disposições para
14 e 15). Para William Barclay, “Paulo esta aceitar a graças de Deus.
tentando convencer os homens (e mulheres) de O evangelho da reconciliação sempre
sua própria sinceridade.”16 Portanto sugerimos, esteve no coração da pregação de Paulo:
compreender o versículo 20 como parte da “Porque não me enviou Cristo para batizar, mas
apologia paulina para provar suas credenciais para pregar o evangelho” (1 Coríntios 1:17).21
apostólicas (Gl 1:1; 11, 12; At 9:6, 22:10). O Apesar de muitas críticas, Paulo não deu por
achavam de louco (At 26:24) mas as suas terminado o seu ministério como um
palavras eram verdadeiras e sábias (v25). embaixador [presbeuō e legatus] de Cristo. Ele
Quando consideramos o uso do verbo terminou quando o combate foi bem
presbeuō em 2 Coríntios 5:20, aprendemos que combatido e a carreira tinha acabado (2 Tim.
o apóstolo Paulo na tentativa de esclarecer o 4:7-8). De um modo geral, Paulo promoveu o
seu chamado aos críticos de Coríntios (2 Co Reino dos Céus (o seu país, Fil. 3:20); falou
10:10; 11:22-23; 12:1-13), ele descreve também mais de Deus e menos de Satanás (1Co 1:23);
a sua missão (presbeuō, ser embaixador de representou Cristo na terra (o seu Rei, 2 Cor.

3

5:20) e deliberou apenas a mensagem de igreja seja testemunha de Cristo até aos confins
salvação para transformação de almas: da terra.25 O Espírito Santo nos capacita e faz-
a) A vida de Cristo (At 2.22); nos ter um caráter confiável, e boas palavras
b) A morte de Cristo (At 2.23); para representarmos melhor a Cristo.
c) Ressurreição de Cristo (At 2.24-32); Recebemos o Espírito Santo para falar
d) Exaltação de Cristo (At 2.33-35); de Cristo e permanecermos Nele. George R.
e) O Senhorio de Cristo (At 2.36); Knight disse afirmativamente, “estar em Cristo
f) A segunda vinda de Cristo (At 1:11; é uma expressão bíblica que indica relação total
1 Te 4:16-18; Ap 22:20). de uma pessoa com Deus. Inclui tanto a
David Guzik escreveu, “Há muita coisa justificação quanto a santificação”26 As crenças
na idéia de ser embaixadores! Um embaixador adventistas não deixam dúvidas de que “os
[de Cristo] não fala para agradar sua audiência, defensores da verdade precisam esconder-se
mas o rei [Jesus] que o enviou. Um embaixador em Jesus; Ele é sua grandeza, seu Poder e
não fala por sua própria autoridade (mas a de eficiência. Precisam amar as pessoas como Ele as
Cristo); suas próprias opiniões ou demandas amou, ser obedientes como Ele foi, corteses,
[pois isto] significam pouco. Ele simplesmente cheios de simpatia. Devem lutar com todas as
diz o que foi chamado para dizer. Mas um forças contra o mínimo defeito de carácter em
embaixador é mais do que um mensageiro; ele si mesmos. Precisam representar a Jesus.
também é um representante (de Cristo), e a Deixai-O aparecer em cada ato.”27 O
honra e a reputação de quem o enviou estão embaixador de Cristo recebe poder para
em suas mãos”.22 implorar a homens e mulheres, em toda parte,
que se reconciliem com Deus.
Fonte do Poder
Em face da realidade da grande O Presbeuō Contemporâneo de Cristo
comissão, Jesus em Mateus 28:18, faz menção A Conferência Geral dos adventistas
do poder (exousia - autoridade) que lhe foi do sétimo dia lançou recentemente um novo
outorgado. Este privilegio vem do pai (Mat plano estratégico internacional para o próximo
11:27; Fl 2:8-11). Terminada sua missão na quinquénio (2020-2025) intitulado, I will Go
terra, em Atos 1:8, o mestre promete poder (Eu irei ou Eu Vou).28 Segundo a Associação
(dunamis – habilidade de fazer) a seus discípulos Geral, o plano é de envolver todos os membros
para serem Suas testemunhas.23 O apóstolo da igreja (TEM- Todos Envolvido na Missão) no
Pedro deixa claro que, dez dias depois de Cristo alcance do mundo, inspirando-os a usarem
ter ascendido aos céus e ser exaltado pelo pai seus dons espirituais em testemunha e serviço
(At 2:3), a promessa é então cumprida e os para Cristo (Mat. 28:18-20, At 1:8, Rev. 14:6-
discípulos começaram a testemunhar sobre 12). O plano visa tornar membros da igreja em
Jesus (At 2:22-26), sob orientação do Espirito verdadeiros embaixadores de Cristo.29
Santos.24 (At 2:17-21). Retornando à questão do termo
James Hastings destaca três pontos presbeuō, devemos observar duas
importantes em Atos 1:8, a) o poder; b) a fonte; interpretações possíveis.
c) o uso do poder. A fonte do poder é o Em 2 Coríntios 5:20, o verbo aparece
Espírito Santo, e esse poder é dado para que a como presbeuomen – somos embaixadores.

4

Primeiro, essa transição sugere para cristãos missão política nem tão pouco uma missão
contemporâneos que a missão de representar e económica, mas espiritual; de vida e morte.
pregar Cristo é de todos para todos. Os que se Fazer algo fora disto é negar a missão, I Co. 1:23.
apegam a verdade sentirão a necessidade de O Presbeuō contemporâneo de Cristo,
fazer tal obra (vs19). Ellen G. White escreve, no contexto de 2 Coríntios 5:20, tem duas
“todo cristão verdadeiro sentirá que tem funções fundamentais:
alguma coisa a fazer pela salvação de 1- Cumprir a tarefa especial dada por
pessoas.”30 Cristo de buscar os perdidos e leva-los a Cristo
Segundo, apesar de a frase “oun e a sua verdade (semear, colher e conservar -
presbeuomen Christos” (somos embaixadores de Mat 28:18-20 e At 1:8). Isto não é da legislação
Cristo) em 2 coríntios 5:20 denotar uma de Paulo, nem tão pouco da igreja no geral, mas
perspetiva universal dentro do cristianismo, ela procede de Deus (Ef 2:10; 2Co 5:20). Ellen G.
é limitada aos “crentes criados de novo,” (v17). Pois White argumenta que “Como professos filhos
apenas “Um homem renovado age de acordo de Deus, achamo-nos sob solene obrigação de
com novos princípios, por novas regras, com buscar e salvar os perdidos. Deus quer que nos
novos fins e em nova companhia.”31 Paulo, por associemos com crentes e descrentes, para que
exemplo, não pregou o evangelho de Cristo ajudemos a todos a chegarem a mais pleno
como um devastador da igreja (tal como era, At conhecimento da verdade.”34
8:3), mas como um homem renovado (Gl 2- Representar bem e promover o país
2:20). A transformação e a preparação (Céus) pelo viver diário. A razão da nossa
precedem o ministério. existência como cristãos nesta terra é para
A ênfase em 2 Coríntios 5:20 consiste mostrar aos descrentes o mistério de Deus
no facto de, embora Deus nos tenha chamado revelado em Jesus Cristo. Sendo assim somos
para sermos Seus representantes nesta terra, “...chamados a mostrar a bondade e a
Ele continua sendo o cabeça da Sua igreja (Ico misericórdia do Senhor. Como Jesus nos
12:27; Col 1:18). Nosso dever é rogar da parte revelou o verdadeiro caráter do Pai, assim
de Cristo que o pecador se reconcilie com devemos revelar a Cristo a um mundo que não
Deus. Ellen White escreveu: “...Enquanto conhece Seu terno amor piedoso.”35 Cristo nos
Cristo é o ministro no santuário acima, Ele incumbiu a responsabilidade de sermos seus
também é, através de Seus delegados mordomos e enquanto vivermos, “Há trabalho
[embaixadores], o ministro de Sua igreja na a ser feito para o Mestre. Pois há pessoas que
terra. Ele fala ao povo através de homens podem, por nossa influência, ser levadas a
escolhidos [embaixadores] e leva adiante Sua Cristo.”36 Faça um compromisso radical, “I will
obra através deles...”32 Go” – Eu Irei (Eu vou) ao mundo contar a
Importa realçar que, “Como nos dias história de Cristo.
de Cristo, a obra do reino de Deus não está
com aqueles que clamam por reconhecimento O PREÇO DO PRESBEUŌ DE CRISTO
e apoio de governantes terrenos e leis humanas, Durante o seu ministerio, Paulo teve
mas com aqueles que estão declarando ao povo suas crises, como hoje as temos e muitas. Elas
[perdido] em Seu nome as verdades tornaram difícil a transmissão do evangelho,
espirituais...”33 A nossa missão não é uma mas não impossível. Foi açoitado em Filipos
(At 16:16-24), expulso em Tessalônica (At
5

17:5-10), Satanás se interpôs no [seu] caminho O Amor Desafiador
(Tes. 2:18), enxotado de Bereia (At 17:11-14), O amor constitui um dos principais
chamado de tagarela [babbler] em Antenas, conceitos da teologia de 2 Coríntios 5:20. Ela
espancado em Coríntio (At 18:19). Crisóstomo desafia-nos a ver as pessoas pelos olhos de
chamou tudo isto de: “Uma tempestade de Cristo (Jo 1:40; At 8:26-38), a pregar o
problemas”.37 evangelho (2Co 5:20). Este amor de Deus nos
No capitulo 4 de 2 Coríntios após ter é dado em Cristo (1Co 15.10). É pelo amor que
apresentado a luz do evangelho de Cristo (vv5- somos chamados e enviados; é pelo amor que
7), Paulo faz o resumo do muito que tinha o pecador atende a Sua palavra e se torna uma
enfrentado na seguinte declaração: “Em tudo nova criatura (2Co 5:17). Tudo isto acontece
somos atribulados, mas não angustiados; porque o amor de Deus dura para sempre,
perplexos, mas não desanimados...Perseguidos, (Salmos 136). Sem este amor “O mais talentoso
mas não desamparados; abatidos, mas não obreiro pouco pode fazer a menos que Cristo
destruídos; Trazendo sempre por toda a parte esteja formado no interior, a esperança e força
a mortificação do Senhor Jesus no nosso da vida.”38
corpo, para que a vida de Jesus se manifeste Alguns escritores afirmam que era de
também nos nossos corpos;” (vv 8-10). costume muitos legados romanos irem ao
Paulo sabia que sendo um embaixador hipódromo e assistirem às corridas de cavalos
de Cristo a sua casa terrestre deste tabernáculo o dia inteiro em vez de saírem e cumprirem a
(corpo mortal) podia se desfazer (2Co 5:1), missão do imperador. Os cristãos também
mas, ele desejou mais a casa do céu (vs 2a). No podem agir de maneiras que se prendam à
livro de Atos ele afirmou, “todavia, não me carne e não andem na missão de Cristo (Mat
importo, nem considero minha vida de valor 25:24-28), mas isso terá consequências no final
algum para mim mesmo, se tão somente puder da história deste mundo (2Co 5:10), pois Jesus
terminar a corrida e completar o ministério que dará o galardão a cada um segundo a sua obra
o Senhor Jesus me confiou, de testemunhar do (Apoc. 22:12).
evangelho da graça de Deus.’’ (Atos 20:24). O Enquanto Jesus não volta, “para todos
apóstolo viveu na Esperança de ter de Deus que se tornam participantes de Sua graça, o
um edifício melhor (2Co 5:2b - ressurreição), Senhor designa uma obra para os outros.
por isso, ele estava sempre de bom ânimo (v6). Individualmente, devemos estar em nosso
No final de sua carreira missionária, lugar e dizer: “Aqui estou eu; envie-me.”39 Na
Paulo clamou: “Combati o bom combate, visão de Ellen White, “sobre o ministro da
acabei a carreira, guardei a fé . . . Desde agora, palavra, a enfermeira missionária, o médico
a coroa da justiça me está guardada, a qual o cristão, o cristão individual, seja ele
Senhor, justo juiz, me dará naquele Dia; e não comerciante ou agricultor, profissional ou
somente a mim, mas também a todos os que mecânico - a responsabilidade recai sobre
amarem a sua vinda.” (2Tm 4:7-8). A morte é todos. É nosso trabalho (como embaixadores
o preço do discipulado [embaixador de Cristo], de Cristo) revelar aos homens o evangelho de
a vida eterna (apesar de ser pela graça) é a dádiva sua salvação. Todo empreendimento em que
da fidelidade. nos envolvemos deve ser um meio para esse
fim.”40

6

Paulo nem tão pouco dos doze primeiros
CONCLUSÃO discípulos de Cristo, mas de Cristo, o nosso
Tentamos demonstrar, por meio de comandante. Apesar de o conceito do verbo
um estudo linguístico e teológico que 2 Cor. presbeuō notar-se no tempo mosaico
5:20 é umas das chaves para explicar a (Números 21:21) e pós-mosaico (Isaías 61:1-3),
diferença entre uma nova e uma antiga criatura. ele tornou-se mais claro e específico apenas
A nova criatura está em Cristo, por esta razão após a ressurreição de Cristo (2 Coríntios 5:20;
partilha o que recebe de seu mestre. Efésios 6:20). Para o apóstolo Paulo, o
Seguindo a análise sobre a estrutura de presbeuō de Cristo deve ser semelhante a Jesus
2 Coríntios 5:20, pensamos termos de forma que o enviou (Ef. 5:1; Filip. 2:5-11). O
clara explorado o seu significado linguístico e presbeuō de Cristo deve suportar as
Cristocêntrico. Diferente dos embaixadores contradições dos pecadores, mas acima de
seculares, “os membros da igreja não são todos tudo, deve conhecer com grande intimidade o
chamados para trabalharem em terras seu Senhor (João 15:4).
estrangeiras, mas todos têm uma parte para Em 1888 George William Warren
atuar na grande obra de dar luz ao mundo. O (1828-1902) baseando-se em Marcos 16:15 (E
evangelho de Cristo é agressivo e difuso. No disse-lhes: Ide por todo o mundo, pregai o evangelho a toda
dia de Deus, ninguém será desculpado por ter escreveu; “Há um dever que Deus nos
criatura)
estado calado aos seus próprios interesses confiou: Ir e anunciar Jesus ao pecador, Ir
egoístas. Há trabalho para toda mente e para proclamar que já o resgatou, Sim, expandir a fé
toda mão. Há uma variedade de trabalhos, no Salvador.”42 O nosso dever como
adaptados a diferentes mentes e capacidades presbeuō/legatus contemporâneos é de
variadas.”41 anunciar que Cristo brevemente voltará (Apoc.
O facto de o verbo presbeuō aparecer 22:12-21), chamar as pessoas ao
pela primeira vez na Bíblia Grega mostra um arrependimento, convida-las a temerem a Deus
significado importante para os Cristãos e a rende-lo glória porquanto o dia do seu juízo
contemporâneos de que a nossa missão como chegou (Apoc. 14:7).
embaixadores de Cristo não se originou de

2 Dustin W. Ellington, Re-examining the gospel in 2 Cor.


Referencias: 5:21 for the church’s contribution to a better world,
1 De acordo o comentário de William Barclay, A Missionalia 44:2 (175–191), p. 176. Veja também,
descrição da aparência pessoal de Paulo chegou até nós www.missionalia.journals.ac.zahttp://dx.doi.org/10.78
de um livro muito antigo chamado Os Atos de Paulo e 32/44-2-137
Tecla, que remonta há cerca de 200 d.C. É tão lisonjeiro 3 O Novo Testamento também usa um termo diferente

que pode ser verdade. Descreve Paulo como “um do ancião para descrever os líderes da igreja local. Esse
homem de baixa estatura, de cabelos finos sobre a termo é “supervisor,” e vem da palavra grega episkopos (veja
cabeça, torto nas pernas, de bom estado físico, com as Atos 20:28; Filipenses 1: 1; 1 Timóteo 3: 1-2; Tito 1: 7; 1
sobrancelhas se encontrando e com o nariz um tanto
Pedro 5: 2). O termo supervisor era uma designação
enganchado, cheio de graça, pois às vezes ele aparecia
como homem e às vezes ele tinha o rosto de um anjo.” comum usada pelos gregos para uma variedade de
[William Barclay Commentary. p. 242-243] funcionários. Infelizmente, o termo gradualmente

7

chamados e enviados por Cristo a fim de passarem a Sua
desenvolveu um significado que era bem diferente do mensagem específica de salvação ao pecador perdido no
uso do Novo Testamento. Veja the biblical meaning of seu desespero. (I Ped. 2:9; Mat.10:7; 28:18-20).
18 William Barclay, 2 Coríntios, p. 55
the term elder: Further Reading: Biblical Eldership, pp. 19 Célestin Bizimenyra, A Reconciliação Segundo 2 Cor 5, 14-
15-17; 31-34. 21: A iniciativa da bondade divina em favor da humanidade,
4 https://biblehub.com/greek/4243.htm
(Porto, 2015), p. 18
20 Adnés, P., Reconciliation. In RYELANDT, R.M, DSP,
5 G. Bornkamm, πρεσβεύω, p. 682. Veja também, Tom III, Beauchene, Paris, 1988, cols. 236-242.
Stephen Oliver Stout, Preach the Word: A Pauline 21https://www.gotquestions.org/ambassador-for-
Theology of Preaching Based on 2 Timothy 4:1-5. Christ.html
(Resource publications-Eugene, Oregon. 2014), p. 225. 22 https://enduringword.com/bible-commentary/2-
6 Geoffery Bromiley, Theological Dictionary of the New
corinthians-5/ David Guzik (2018)
Testament Vol. 6, p. 681 23 Em Atos 1:8, a palavra grega para testemunha é
7 Com frequência argumenta-se que os legatus romanos
“martus”, e esta corresponde a “mártir” (morrer por
eram enviados apenas às províncias que se recusavam a defender uma causa) que deu origem a palavra
submeter-se à autoridade romana. “martírio” (morte). Sendo, a palavra testemunha implica
8 Ceslas Spicq, Theological Lexicon of the New
na disposição íntima, não so de pregar e sofrer, mas até
Testament, Vol. 3, p. 174, 175 de sacrificar a própria vida pela causa do Evangelho (Ex.:
9 Pax Romana, (Paz Romana), um estado de relativa
Diác. Estevão – At 7).
tranquilidade em todo o mundo mediterrâneo desde o 24 Ellen G White. Acts of the Apostles, pg. 38
25 James Hastings. The great texts of the Bible. Vol. XIII.
reinado de Augusto (27 aC-14 dC) até o reinado de
Marco Aurélio (161-180 dC). Augusto estabeleceu as Grand Rapids, MI: Wm. B. Eerdmans Publishing
company, n. d., p. 4-9
bases para este período de concordância, que também se 26 George R. Knight, Pecado e Salvação, p. 128
estendeu ao norte da África e à Pérsia. O império 27 The Review and Herald, 12 de Abril de 1892
protegia e governava províncias individuais, permitindo 28https://news.adventist.org/en/allnews/news/go/201
que cada um fizesse e administrasse suas próprias leis, 8-10-16/adventist-church-presents-new-i-will-go
enquanto aceitava a tributação romana e o controle strategic-plan/
29 Ellen G. White, Testimony for the Church 6:27
militar. https://www.britannica.com/event/Pax-
30 The Review and Herald, 29 de Maio de 1900.
Romana
31 John Childs and son, Bungay. The Miniature
10 Ched Myers, Elaine Enns. Ambassadors of

Reconciliation: New Testament reflections on Commentary: Being Short Comments on Every Chapter of the
restorative justice and peacemaking, Volume 1. Holy Bible. (London: the religious tract society, instituted
(Maryknool: New York, Orbis Books, 2009), p. 12 1799), p. 311.
32 Ellen White, Testimonies for the Church, Volume Four. p.
11 Robert H. Mounce. The Essential Nature of the New

Testament Preaching. (Grand Rapids. Eerdmans, 1960), 393


33 Ellen White, The Desire of Ages, p. 507
p. 13. 34 Ellen White, Manuscrito 81, 1909.
12 William Smith. A Dictionary of Greek and Roman
35 Ellen White, Caminho a Cristo, p. 115.
Antiquities, (John Murray, London, 1875). p. 678 36 The Signs of the Times, 19 de Janeiro de 1882.
13 Larry Perkins, Paul’s Role as Ambassador. 37 Barclay, p. 57
(presbeuō (2 Corinthians 5:20). Publicado em 38 The Review and Herald, 19 de Agosto de 1902.
Novembro, 2015. 39 Ellen White, The Ministry of Healing, p. 148.
14 Ibid, Novembro, 2015
40 Ibid, 148.
15“Embora não tenhamos nenhum texto original
41 Historical Sketches, 290, 291
hebraico de nenhum desses livros (1 e 2 Macabeus) e, 42 Esta melodia, intitulada National Hymn, composta
por essa razão, tanto as tradições judaicas quanto as
protestantes não as consideram parte da Bíblia (Mas a por George Warren em 1888, é utilizada com o
tradição católica sempre aceitou a tradução grega do hino God of Our Fathers, escrito por Daniel Crane
septuaginta como inspirada).” Veja Francis J. Moloney, Roberts (1841-1907). Porém a letra de Dario Pires
SDB. Reading the New Testament in the Church# A primer for Araújo não é uma tradução deste hino, tratando-se de
Pastor, Religious Educators, and Belivers. (Baker Academic, a material original.
division of Backer Publishing Group: Grand Rapids, Veja https://musicaeadoracao.com.br/33906/hinario-
Michigan. 2015), p. 25 adventista-do-setimo-dia-333/.
16 William Barclay, 2 Coríntios, p.52
17 Presbeuō [embaixador] é então um empréstimo feito

por Paulo para descrever o dever daqueles que são