Você está na página 1de 25

Gestão Social e

Ambiental

Profa. Dra. Jônica Marques Coura Aragão


Pensando a gestão
socioambiental

 A gestão socioambiental é o caminho


para as organizações que decidiram
assumir responsabilidade social e adotar
as melhores práticas para tornar mais
sustentáveis seus processos produtivos.
Pensando a gestão
socioambiental

 A gestão social como alternativa na área


da administração pública, na produção
do bem comum, é uma prerrogativa
dentro de processos de participação
deliberativa, e que leva à emancipação.
Documentos planetários e normas
internacionais

1972 1987 1988 1992 1997 2002


2012
Conferência Relatório CF/1988 Rio 92 Protocolo Rio + 10
de Brundtland CNUMAD de Kyoto
Estocolmo “Nosso “Cúpula da Rio + 20
Futuro Terra / Eco
Comum” 92”
Relatório Brundtland - ‘Nosso Futuro Comum’
(Comissão Mundial sobre Meio Ambiente e
Desenvolvimento / ONU – 1987)

Desenvolvimento sustentável é aquele


capaz de suprir as necessidades da
geração atual, sem comprometer a
capacidade de atender as necessidades das
futuras gerações. É o desenvolvimento que
não esgota os recursos para o futuro.
SUSTENTABILIDADE:

Característica de um processo ou
de um sistema que permite a sua
permanência.
SUSTENTABILIDADE:

Configuração das atividades humanas,


de maneira que a sociedade possa
preencher suas necessidades e
expressar seu maior potencial no
presente, mas preservando a
biodiversidade e os ecossistemas
naturais para as gerações futuras.
TRIPÉ DA SUSTENTABILIDADE

John Elkington (Fundador e um dos diretores da


consultoria SustainAbility)
Década de 90
TRIPÉ DA SUSTENTABILIDADE

 Triple Bottom Line

People - capital humano (social)

Planet - capital natural (recursos ambientais)

Profit – lucro (questão econômica)


CARTA DA TERRA
“A Carta da Terra parte de uma visão integradora e
holística. Considera a pobreza, a degradação ambiental,
a injustiça social, os conflitos étnicos, a paz, a
democracia, a ética e a crise espiritual como problemas
interdependentes que demandam soluções includentes.
Ela representa um grito de urgência face as ameaças
que pesam, sobre a biosfera e o projeto planetário
humano. Significa também um libelo em favor da
esperança de um futuro comum da Terra e
Humanidade.”
Leonardo Boff
Teólogo e representante da América Latina na Comissão da Carta da
Terra
A Carta da Terra: o desafio de lembrar à
humanidade a sua identidade

 Declaração de princípios fundamentais


para a construção de uma sociedade
global no século XXI, que seja justa,
sustentável e pacífica.

 Lançamento oficial no Palácio da Paz, em


Haia, em 29 de junho de 2000.
http://www.mma.gov.br/estruturas/agenda21/_arquivos/carta_terra.pdf
A Carta da Terra: OBJETIVOS

 1. Promover a disseminação, o aval e a


implementação da Carta da Terra pela
sociedade civil, pelo setor de negócios e
pelos governos.
2. Promover e apoiar o uso educativo da
Carta da Terra nas escolas / instituições.
3. Buscar o aval à Carta da Terra pelas
Nações Unidas.
Carta da Terra: PRINCÍPIOS
I. RESPEITAR E CUIDAR DA COMUNIDADE
DA VIDA

II. INTEGRIDADE ECOLÓGICA

III. JUSTIÇA SOCIAL E ECONÔMICA

IV. DEMOCRACIA, NÃO VIOLÊNCIA E PAZ


Carta da Terra: INTRODUÇÃO

“As evidências fazem-se notar: algo precisa ser


interrompido, para que um novo possa irromper”.
Carta da Terra: CONCLUSÃO

“A vida muitas vezes envolve tensões entre


valores importantes. Isto pode significar
escolhas difíceis. Todo indivíduo, família,
organização e comunidade têm um papel
vital a desempenhar. A parceria entre
governo, sociedade civil e empresas é
essencial para uma governabilidade
efetiva”.
Agenda 21

 Um instrumento de planejamento para a


construção de sociedades sustentáveis,
em diferentes bases geográficas, que
concilia métodos de proteção ambiental,
justiça social e eficiência econômica.
Agenda 21

 Consiste em um plano de ação formulado


internacionalmente para ser adotado em
escala global, nacional e local por
organizações do sistema das Nações
Unidas, pelos governos e pela sociedade
civil, em todas as áreas em que a ação
humana impacta o meio ambiente.
Agenda 21

 A Agenda 21 Brasileira é um instrumento


de planejamento participativo para o
desenvolvimento sustentável do país,
construído a partir das diretrizes da
Agenda 21 Global; e entregue à
sociedade, por fim, em 2002.
Para refletir...

"Hoje enfrentamos um desafio que exige uma mudança no nosso


pensamento, para que a humanidade pare de ameaçar o seu
suporte de vida. Somos chamados a ajudar a Terra, a curar as suas
feridas e, no processo, curar as nossas - a abraçar, de verdade
toda a criação em toda a sua diversidade, beleza e maravilha.
Reconhecer que o desenvolvimento sustentável, a democracia e a
paz só resultam juntos.
Estou muito consciente do fato de que não se pode fazer isto
sozinho. É um trabalho de equipe. Ao fazer sozinho, corre-se o
risco de que mais ninguém o faça.“

Wangari Maathai (Professora / ambientalista africana)


Green Belt Movement
(GBM)

“Os cidadãos fazem as pequenas coisas e


isso é que faz a diferença. Minha pequena
coisa é plantar árvores”. Wangari Maathai