P. 1
Analise de descrição de cargos

Analise de descrição de cargos

5.0

|Views: 71.185|Likes:
Publicado pormarcioaquino

More info:

Published by: marcioaquino on Feb 16, 2010
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOC, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

09/16/2015

pdf

text

original

Administração de Recursos Humanos II

1- Análise e descrição de cargos
1.1. Introdução Descrever e entender as atividades que envolvem cada cargo em uma organização é importante tarefa dos gestores de RH, cargos não existem ao acaso, eles são a composição de todas as atividades desempenhadas por uma pessoa que podem ser englobadas em um todo unificado e que figura numa posição formal do organograma de uma empresa. Os cargos constituem os meios através dos quais a organização aloca e utiliza seus recursos humanos para alcançar seus objetivos, por meio de determinada estratégia. Dada a sua importância na estrutura organizacional, os cargos precisam ser descritos, projetados, delineados, definidos e estabelecidos. A descrição de um cargo estabelece o conteúdo de cada tarefa a ser executada, ou seja, definir o que o ocupante do cargo deve fazer; especificar o método para execução de cada tarefa, e combinar as atividades individuais em blocos específicos, isto é, prescrever o conjunto de tarefas que deve compor o cargo. A descrição e análise de cargos têm o intuito de detalhar o que cargo exige em termos de conhecimentos, habilidades e capacidades para que possa ser desempenhada determinada função, uma boa descrição e análise de cargos tende a otimizar o desenvolvimento de outras atividades, tais como: recrutamento, seleção, treinamentos, planejamento de cargos e salários, avaliação de desempenho e segurança no trabalho. 1.2. Análise de função Análise de função é o trabalho de prospectar todos os detalhes de cada uma das funções que compõem um cargo, estudando-lhe os contornos do ‘que’, ‘como’ e ‘para que’ se faz, registrando todas as exigências em termos de características exigidas para a obtenção dos resultados esperados. A análise de função é o estudo realizado, ao longo de toda a estrutura organizacional, com o objetivo de, por meio de pesquisa, levantar todas as informações relativas às responsabilidades, conhecimentos e demais características exigidas dos ocupantes de cada cargo de uma organização. Conceitos: Tarefa – é um conjunto de elementos que requer o esforço humano pra determinado fim, quando tarefas suficientes se acumulam para justificar o emprego de um trabalhador, surge a função. Função – é um agregado de deveres, tarefas e responsabilidades que requerem os serviços de um indivíduo, desse modo, pode-se inferir que numa determinada organização existem tantas funções quantos empregados. Cargo – quando há um conjunto de funções similares forma-se o cargo, que passa a ser entendido como um grupo de funções idênticas na maioria ou em todos os aspectos mais importantes das tarefas que as compõem. A análise de função fornece o universo de informações que compõem a base de todo o sistema a ser implantado, o estudo inicial das atividades exercidas pelo empregado; a clara definição de suas atribuições e das principais exigências de ordem mental, de responsabilidades, de conhecimentos e demais requisitos exigidos pelo cargo. O sistema de análise de função está relacionado ao sistema de avaliação de cargos, da análise poderemos retirar todas as respostas às possíveis questões do sistema avaliativo. 1.3. Metodologia de análise

1. Análise e descrição de cargos

Prof. Ricardo Annes

1/5

Administração de Recursos Humanos II

O levantamento das informações deve ser executado segundo uma metodologia previamente elegida. Entre outras, as seguintes técnicas são descritas: • • • • Observação in loco; Entrevista com o ocupante do cargo; Questionário a ser preenchido pelo ocupante do cargo; Método combinado ou misto.

Método da observação – o analista, no local de trabalho do ocupante do cargo, observa in loco as tarefas realizadas pelo funcionário. A observação passo a passo, questionando e levantando informações complementares de ordem qualitativa e quantitativa, registrando-as em formulário específico e apropriado. Esse método é mais empregado para pessoal de fábricas, com menos condições de preencher sozinho, de próprio punho, as informações necessárias. Método da entrevista – o analista em conversa com os ocupantes de cada cargo coleta as informações relevantes. Método do questionário – utilizando um formulário (formulário de análise de função), elaborado pelos gestores de RH, coletar as informações junto aos ocupantes dos diversos cargos da organização. Método combinado – utiliza de forma combinada todos os métodos acima descritos. É utilizado quando alguma razão um só método não é suficiente para a obtenção de todas as informações necessárias. 1.4. Campos de análise Há quatro áreas (campos) a serem analisados para determinar o universo de exigências geralmente encontradas nos contornos de um cargo: 1. Requisitos mentais; 2. Requisitos físicos; 3. Responsabilidades; 4. Condições de trabalho. O analista deve cercar seu trabalho de levantamento de informações, quando da entrevista com o ocupante do cargo, com o máximo de cuidado, lembrando sempre que poderá haver falseamento ou alteração das informações dadas a favor do ocupante, por ser interessado direto nos resultados do trabalho. Cabe ao analista obter informações em outras fontes, que lhe permitam confirmar tais informações. É importante ter em mente que as informações obtidas pelo analista devem responder sempre a três questões fundamentais na análise de uma tarefa: 1. O que o ocupante faz? 2. Como o ocupante faz? 3. Por que o ocupante faz? As informações devem ser concentradas nos requisitos exigidos basicamente pelo cargo e não nos eventuais predicados do empregado, o que provocaria distorções indesejáveis que poderiam
1. Análise e descrição de cargos Prof. Ricardo Annes 2/5

Administração de Recursos Humanos II

comprometer seriamente os resultados do trabalho final. A análise deve dar tratamento uniforme a todos os cargos da organização, por meio de seu estudo individualizado e comparativo. À medida que recebe as informações o analista as anota no Formulário Análise de Cargos especialmente preparado para esse fim. Imediatamente após a entrevista, o analista deve compilar cuidadosamente todos os dados recebidos e ou observados. É importante que esse trabalho de registro seja feito logo após a entrevista, para evitar ‘perda’ de informações recebidas. As informações recebidas são divididas em duas partes: descrição das tarefas desempenhadas e determinação do grau em que vários fatores são exigidos pelo cargo para seu desempenho bem-sucedido. 1.5. Descrição de cargos A descrição de um cargo é o processo de sintetização das informações recebidas e prospectadas no passo anterior de análise das funções, padronizando o registro dos dados de maneira a permitir um rápido e fácil acesso aos contornos de cada um dos cargos da empresa. A descrição também registra a análise dos diversos requisitos exigidos pelo cargo, como: escolaridade, experiência, responsabilidade, condições de trabalho, complexidade das tarefas, conhecimentos, etc. Uma compilação com todas as descrições de cargos da empresa podem ser condensadas em um Manual de Descrição de Cargos, esse manual registra toda a tecnologia da mão-de-obra da organização e a base para reconhecer o ambiente da estrutura organizacional. Um Manual de Descrição de Cargos não poder ser inflexível, deve ser dinâmico, atualizado constantemente, visando manter as informações com as mudanças que ocorrem na realidade da empresa. Dentre as informações relevantes do Formulário de Descrição de Cargo podemos citar como principais: • • • • • • • • • Título da descrição de Cargo Informações cadastrais (chefe imediato, gerente de área, código do cargo) Descrição sumária das tarefas Tarefas periódicas Tarefas ocasionais Perfil físico do ocupante Perfil psicológico do ocupante Requisitos necessários Aprovações

1.6. Plano de cargos e salários Como o intuito de racionalizar as organizações, uma das melhores formas de redução de custos e aumento da lucratividade é da reorganização da equipe de profissionais, portanto as empresas podem melhorar em muito a sua performance financeira com a adoção de uma política de Plano de Cargos e Salários. Como resultado final, prevê-se uma queda da folha de pagamento. Metodologia: • Descrever todas as funções da empresa.
Prof. Ricardo Annes 3/5

1. Análise e descrição de cargos

Administração de Recursos Humanos II

• • • • • •

Classificação dos Cargos Realizar Pesquisa de Salário. Elaboração de Tabelas de Salários Cálculos de Faixas Salariais. Política de cargos e salários Estabelecer um Plano de Cargos e Salários que contemple a empresa neste momento e um crescimento para a demanda de mercado de atuação. Normas e Procedimentos para Contratação, Promoção, Transferência, Reclassificação, Aumento Salarial por Mérito e Evolução Salarial.

A definição de um Plano de Carreira de acordo com a expectativa que a empresa e seus funcionários desejam frente ao mercado é um vantajoso ganho nas modernas organizações. A metodologia pode levar à divisões que queiram para ser mais arrojado frente aos profissionais. Podemos estabelecer divisões em até 9 partes e critérios, normas e procedimentos para Contratação, Promoção, Transferência, Reclassificação, Aumento Salarial por Mérito e Evolução Salarial. Estabelecimento de metas individuais, departamentais e coletivas, e implantação de nova metodologia de bônus. 1.7. Pesquisa de cargos, salários e benefícios A pesquisa de cargos, salários e benefícios é o instrumento por meio do qual a empresa capta informações, em mercado previamente escolhido, relativamente a cargos, salários, benefícios, procedimentos e políticas de remuneração praticadas peça empresa em foco, para subsidiar a implantação ou manutenção de sua política de remuneração. A pesquisa de salários é fundamental na administração da remuneração, é por meio desse instrumento que o gestor poderá comparar e ou acompanhar o posicionamento de seus salários e benefícios com aqueles praticados no mercado. Uma das formas mais simples de obter tais informações é consultando resultados apresentados por periódicos e revistas especializadas, porem tal pesquisa é de baixa confiabilidade, devido aos objetivos de tais pesquisas que podem ser distintas da organização que os consulta. Quando a organização necessita de valos mais confiáveis e tendo um objetivo específico, o mais conveniente é ela própria realize uma pesquisa, utilizando uma metodologia que atenda especificamente aos seus interesses, a fim de que ela seja muito mais confiável. A escolha dos cargos a serem pesquisados deverá realizar-se de acordo com as necessidades do momento e do tipo de estrutura existente na organização. Deve-se procurar inserir na pesquisa a penas os chamados ‘cargos-chaves’, aqueles que encontrados com maior facilidade nomercado e também, que representem uma amostragem valida em cada faixa salarial da organização. A escolha das empresas participantes da pesquisa salarial deverá se basear nos seguintes parâmetros: • • • • • Região geoeconômica Segmento da empresa Tipo de estrutural salarial Política salarial praticada Tipo de mão-de-obra
Prof. Ricardo Annes 4/5

1. Análise e descrição de cargos

Administração de Recursos Humanos II

• •

Número de empregados Porte da empresa

Uma vez escolhidos os cargos a pesquisar e as empresas a serem convidadas, o passo seguinte é realizar um cronograma da pesquisa, definindo: recursos físicos e financeiros e as metas. A coleta de dados poderá ser realizadas por entrevista direta ou preenchimento de questionário. Os dadsos coletados devem conter entre outros: • • • • • • • Informações gerais sobre o trabalho; Informações da empresa participante; Pesquisa de política de salários e benefícios; Relação de empresas participantes; Relação de cargos pesquisados; Metodologia a ser aplicada na pesquisa; Formulário de preenchimento de dados.

A partir dos dados levantados uma série de calculos estatísticos podem ser realizados com esses valores: • • • • • • • • Maior salário do universo; Menor salário do universo; Mediana; 1º quartil 4º quartil; Média aritmética Média ponderada; Freqüencia total;

A partir desses parâmetros as empresas participantes, e a própria empresa promotora da pesquisa, poderão analisar os seus salários à luz desses números e concluir facilmente em que posição se encontram comparativamente a esse mercado pesquisado.

Bibliografia MARRAS, J.P. Administração de Recursos Humanos. São Paulo. Futura. 2000. MARRAS, J.P. Administração da Remuneração. São Paulo. Pioneira. 2002.

1. Análise e descrição de cargos

Prof. Ricardo Annes

5/5

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->