P. 1
Biologia PPT - Botânica - Caule

Biologia PPT - Botânica - Caule

5.0

|Views: 1.992|Likes:
Publicado porBiologia ppt

More info:

Published by: Biologia ppt on Jul 14, 2008
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PPT, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

01/05/2013

pdf

text

original

Caule

Funções: • Condução de seivas; • Sustentação; • Armazenamento de reservas alimentares.

Regiões do Caule
Divisão: • Nós: região de onde parte uma folha • Internós: região compreendida entre dois nós consecutivos. • Gemas (apicais ou laterais): meristema primário protegido por pequenas folhas modificadas (escamas ou catáfilos).

Figura 1. Microfotografia e diagrama do ápice caulinar de Coleus sp. e respectivos meristemas

Gema axilar (lateral)

Tipos de ramificações:
• Sistema Monopodial:
ramos laterais no eixo principal

• Sistema simpodial:
sem eixo principal. Ramos com crescimento limitado

Classificação dos Caules Tronco - caule das árvores, lenhoso, engrossa Haste - caule das ervas, verde, mole e fino (couve, feijoeiro, cravo e salsinha) Eretos Estípite - caule das palmeiras, cilíndrico sem meristemas secundários Aéreos Colmo - caule das gramíneas, dividido em gomos (bambu, canade-açúcar). Sarmentoso - que se agarra por gavinhas (chuchu). Trepadores Volúvel - que se enrola em um suporte (lúpulo). Estolão - rastejante que vai se Rastejantes alastrando pelo chão (morangueiro). Rizoma - caule subterrâneo encontrado nas bananeiras, samambaias e outros vegetais. Tubérculo - ramo de caule que entumesce para Subterrâneos armazenar reservas (batata-inglesa). Bulbo: Apresentam folhas que se sobrepõem umas as outras (cebola, lírio, tulipa, açafrão). Com parênquimas aeríferos que servem para Aquáticos respiração e flutuação (elódea)

Caule aéreo tipo tronco

Caule tipo estipe

Caule tipo Colmo

•Caule tipo Haste (TANCHAGEM)

Caules aéreos trepadores
• Caule tipo volúvel • Caule Sarmentoso

• Caule aéreo Rastejante - ESTOLÃO (morangueiro)

• Bulbo

Caules Subterrâneos
• Risomas

• Tubérculo

Caules Aquáticos Exemplo: Caule de Elódea

Adaptações ou metamorfoses caulinares Suculento - acumula água para sobreviver às secas Cladódio - suculento achatado dos cactus. As folhas se transformam em espinhos Espinho - ramo modificado das plantas xerófitas para não perder água Xilopódio - subterrâneo, característico da região dos camapos cerrados

Alado - fino e ramificado com expansão achatada Bulbo tunicado - subterâneo formado por gema lateral protegida por folhas

Gavinha - ramo modificado para fixação nas trepadeiras sarmentosas

Bulbo - semelhante, porém protegido por folhas curtas, como escamas

observar espinhos

Cladódios

Suculento

Observar as modificações caulinares:

• Gavinhas • Alado • Xilopódio

Tipos de caules

Anatomia do Caule

Caules de Estrutura Eustélica

Caules de Estrutura Astélica

Estrutura eustélica secundária de caule de dicotiledôneas

Súber Casca

Tecido de reserva secundário, pluriestraatificado

Felogênio Feloderme

Meristema secundário que faz com que a casca engrosse Parênquima secundário formado pelo felogênio

Floema secundário Cilíndro central

Floema secundário formado pelo câmbio

Câmbio Xilema secundário

Meristema secundário que faz o cilíndro central engrossar Xilema secundário formado pelo câmbio, juntamente com fibras de esclerênquima forma a madeira.

Crescimento primário de dicotiledôneas

Crescimento secundário de dicotiledônea

• Crescimento do caule de uma dicotiledônea

Estrutura primária de monocotiledônea

• Floema

• Xilema (elementos de vaso)

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->