P. 1
ALIMENTOS DESIDRATADOS

ALIMENTOS DESIDRATADOS

5.0

|Views: 17.498|Likes:
Publicado porapi-3745500

More info:

Published by: api-3745500 on Oct 16, 2008
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOC, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

03/18/2014

pdf

text

original

ALIMENTOS DESIDRATADOS De www.divaonline.com.

br
Supervantagens dos alimentos desidratados
Spa, uva passa, tomate seco, leite... Eles fazem parte do nosso dia-a-dia e podem ser uma boa opção para uma dieta equilibrada
Por: Flávia Benvenga

O uso dos alimentos desidratados na cozinha mistura-se à história de um clássico da culinária mundial: as sopas Knorr. Afinal, foi Carl Heinrich Knorr que, na primeira metade do século 19, fundou em Heilbronn, na Alemanha, a marca que leva seu nome. Ele conduziu experiências pioneiras de secagem de temperos e vegetais para preservar seus sabores e qualidades nutricionais (leia mais na pág 4). É importante destacar que a desidratação é um processo natural para conservar alimentos, que foi aprimorado pela Knorr para produzir as sopas de pacote. "Nelas, os ingredientes utilizados são os mesmos da sopa caseira. No entanto, eles passam pelo processo de desidratação", afirma Elizabeth Vargas, nutricionista da Unilever Brasil. A desidratação dos alimentos, no caso da sopa, começa com a seleção e lavagem de legumes, verduras e carnes frescos e naturais. Depois, tudo é colocado em um processador de calor para eliminar a água dos alimentos. A terceira etapa consiste em cortar tudo em pequenos pedaços ou triturá-los até ficarem na forma de pó. A seguir, conheça outras vantagens dessa forma natural de conservar alimentos.

Os alimentos desidratados mantêm boa parte do valor nutritivo Devido à praticidade, os desidratados representam uma forma interessante e sempre disponível de se consumir diversos nutrientes. Durante o processo de desidratação, os minerais são preservados, assim como as vitaminas não sensíveis ao calor. No mercado, há variedade de alimentos desidratados prontos para o consumo, como vegetais fora da estação

Nas prateleiras dos supermercados, é ampla a gama de alimentos que podem ser usados com segurança, como o leite em pó, batatas desidratadas, frutas e verduras secas, ervas, carnes secas (como charque), sopas e temperos em pó, massa e arroz instantâneos, barras de cereais com frutas secas, maçã desidratada crocante e tomate seco em conserva. Vários tipos de alimentos desidratados não possuem conservadores No caso das sopas Knorr, os ingredientes são preservados somente por meio da desidratação, um processo térmico que não exige nenhum aditivo. Por isso, os legumes e as carnes que compõem a receita são naturais, sem qualquer conservador. Alguns nutrientes dos alimentos podem até ser potencializados durante o processo de desidratação O licopeno, substância do tomate, por exemplo, é otimizado com o aquecimento e encontra-se mais disponível em molhos e no tomate seco. "Vale destacar que o licopeno é um potente antioxidante. Ou seja, um grande protetor da ação dos radicais livres na célula", diz a nutricionista Cynthia Antonaccio, da Equilibrium Consultoria em Nutrição e Bem-Estar, em São Paulo. Os alimentos desidratados devem ser conservados em temperatura ambiente, por isso, são bem mais econômicos e práticos Essa é de fato mais uma vantagem dos alimentos desidratados, pois eles podem ser levados na bolsa a qualquer lugar ou ficar guardados por vários dias na gaveta do escritório, sem necessitar de refrigeração. Frutas secas, como uvas passas e damascos, são interessantes para ter à mão, assim como maçãs e bananas desidratadas. Já a sopa instantânea de pacote, que exige apenas a mistura de água quente para reidratar, garante um lanche gostoso e de fácil preparo. O creme de cebola em pacote serve como tempero para certas receitas Esse alimento foi feito especialmente para uso culinário. Ou seja, pode dar um toque diferente na preparação de carnes, por exemplo. Alguns alimentos desidratados permitem ser incrementados e se transformam em pratos mais elaborados. As sopas Knorr, por exemplo, podem ficar ainda mais saborosas acrescentando-se um ovo como se fosse pochê. E, para variar, outra idéia é salpicar salsinha picada e um fio de azeite ou torrar um pão cortado em cubinhos para colocar em cima. A adoção de alimentos desidratados ajuda na manutenção de uma dieta variada. "Não há dúvida de que eles são uma ótima maneira de variar as cores do prato, já que existem muitas opções de alimentos desidratados", afirma Cynthia. Por isso, podem auxiliar no aumento do consumo diário de vegetais e, de quebra, aumentar o bem-estar e manter a forma.

Knorr, uma marca pioneira Na primeira metade do século 19, quando havia falta de alimentos na Europa, era fundamental encontrar uma maneira de conservá-los. Com esse objetivo em mente, o alemão Carl Heinrich Knorr estudou comércio e técnicas de produção agrícola. Em 1838, junto com estudiosos de química e nutrição, realizou suas primeiras experiências. Trinta e cinco anos depois, o mercado europeu conheceria a primeira inovação da Knorr: as misturas de vegetais, legumes e temperos para sopas prontas. A conservação de legumes pela desidratação permitiu que a vontade de concentrar alimentos em volumes pequenos se tornasse realidade. Da fabricação dos primeiros produtos até a consolidação como símbolo de uma cozinha fácil, Knorr percorreu um longo caminho. Em 1961, o consumidor brasileiro conheceu as sopas Knorr. De lá para cá, a empresa fez várias inovações. Entre as recentes está o trabalho feito nas formulações de produtos, para torná-los ainda mais saudáveis e nutritivos.

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->