Você está na página 1de 6

Instituto Cristão de Pesquisas – ICP Nilson Ivan de Oliveira Nascimento

Iniciação a Teologia

Rio de Janeiro / RJ 2011 Instituto Cristão de Pesquisas

Curso Interdenominacional de Teologia Teologia Modulo I 14 de julho de 2011 Iniciação a Teologia Rio de Janeiro / RJ 2011 QUEM PRECISA DE TEOLOGIA? .

Capitulo 3 DEFINIÇÕES DA TEOLOGIA Trata de maneira simples e populista o que é teologia. Fala também o do por que da teologia. Paginas: 160 Traduzido por: Werner Funchs Iniciação a teologia é a proposta dos autores de desmistificar o estudo da teologia no meio cristão. Neste capitulo os autores tratam também dos tipos de teologia existentes. mostra de maneira clara o que é a teologia que é tão descriminada no meio cristão. Capitulo 4 . este meio tem uma visão distorcida da teologia. vai nos trazer também as funções de cada teologia . Olson Editora: Vida (São Paulo) 2006. como sendo uma ameaça a genuína fé cristã. mesmo que inconscientemente. Grenz. por falta de conhecimento do que é teologia. Capitulo 2 NEM TODAS AS TEOLOGIAS SÃO IGUAIS Nesse capitulo os autores classificam os níveis de teologia. mas por falta de conhecimento. Dividido em nove capítulos. Capitulo 1 TODO CRISTÃO É TEÓLOGO O capitulo um. quais as necessidade e função da teologia na vida do discípulo. o livro mostra as necessidades e estruturas necessárias para a formação de teólogos. com isso fundamentando o capitulo 1 enquadrando todo ser humano na teologia popular. mostra que todo cristão é um teólogo. uma vez que. Roger E.Iniciação teologia Autores: Stanley J.

assim respondendo as questões do entendimento da teologia. fala também das tradições da teologia e da algumas pinceladas na historia da reforma. como contextualizar essa teologia no que vivemos hoje essa é a principal mensagem desse capitulo. da necessidade de executar as tarefas da teologia que são citadas no capitulo anterior. não deixando de especificar nossa principal ferramenta que é a “Bíblia”.DEFESA DA TEOLOGIA O capitulo 4. Capitulo 8 APLICANDO A TEOLOGIA À PRÓPRIA VIDA Um capitulo. muito trabalhado pelos autores. Capitulo 7 CONSTRUINDO UMA TEOLOGIA CONTEXTUALIZADA O capitulo 7 nos traz uma idéia clara do tempo e espaço . tarefas essas classificadas pelos autores como: Tarefa crítica e Tarefa construtiva da teologia. não por serem teólogos . É tratado também as “objeções a teologia” e suas classificações. para fazer uma correlação entre a teologia e a vida. eles mostram o que usar e como usar cada ferramenta indicada por eles. Capitulo 5 TAREFAS E TRADIÇÕES DA TEOLOGIA Esse capitulo. é isso o centro desse capitulo. mostram por que a teologia precisa dessas ferramentas. vem tratar das tarefas da teologia como já diz o subtítulo. mas pela falta de conhecimento do povo cristão do que é teologia. pois a interação entre as duas é muito maior que imaginamos. Com muita clareza os autores esclarecem as duas tarefas da teologia. detalham também a herança teologia da igreja como ferramenta secundária. Como executar essa tarefa? Pergunta feita pelos próprios autores. Capitulo 6 AS FERRAMENTAS DO TEÓLOGO Este ponto é emitido um alerta pelos autores. . Vai nos levar a ver a vida pela teologia. Os autores enfatizam também a diferença de “estudo religioso” e “teologia cristã” assumindo as mensagens de capítulos anteriores da necessidade da teologia na vida do ser humano. que tipo de teologia construtiva precisamos? Para o nosso tempo. um ponto para refletir. os autores mostram como a ligação entre vida e teologia é muito maior do que imaginamos.

uma vez que eles fizeram questão de esclarecer desde o inicio que você já é teólogo. pois.Capitulo 9 UM CONVITE A ABRAÇAR A TEOLOGIA Os autores fecham essa obra com o capitulo nove fazendo algo mais que um convite. digo simplista pela forma como é abordada a teologia no livro. principalmente nas comunidades cristãs. mitos e falsas impressões que cercam a TEOLOGIA. Poderia. haver menos contos de experiências dos autores. no entanto. a proposta desse capitulo é mostrar a necessidade do conhecimento da teologia mesmo que não seja um teólogo profissional. Stanley e Roger estão muitos convictos da necessidade da teologia na vida cristã e sem medir esforços. A característica principal é mostrar que todos precisam de teologia. Existem hoje vários equívocos a respeito da teologia. uma vez que a teologia é vista como uma ameaça a fé genuína. Comentário crítico O livro em questão é uma obra simplista. através dessa obra. uma vez que todos somos teólogo mesmo que em níveis diferentes. para um conhecimento mais . mais profunda. os autores mostram com muita eficácia através da obra os benefícios do estudo da teologia. é muito clara e transparente a maneira como os autores explanam pontos crucias mais de maneira simples e mesmo uma pessoa sem conhecimento nenhum de teologia pode entender. iniciantes em teologia. mas teólogos. defendem a teologia como necessidade básica para fé. Público alvo Esta obra deve ser lida por todos os “teólogos” uma vez que todos somos teólogos. CONTEUDO DA OBRA O livro trata da necessidade de se desfazer um mal entendido. mais que conheça basicamente a idéia de teologia que não é definitivamente uma ameaça a fé cristã.

É também autor de História da teologia cristã e História das controvérsias na teologia cristã. Grenz ( 1950-2005) .elevado. ambos em Vancouver. Autores. publicados pela Editora Vida. publicados pela Editora Vida. Stanley J. mestre e doutor em Ciências da Religião. é professor de teologia no Bethel College. Minnesota. Paul. Autor de vários livros entre eles Dicionário de teologia e A busca da moral. Canadá. Sem duvida alunos iniciantes em seminário teológicos devem sem duvida alguma ter essa literatura como base para introdução teológica. foi professor de teologia e ética no Carey Theological College e no Regent College. . mestre em Divindades e doutor em teologia. Resenha Nilson Ivan de Oliveira Nascimento Aluno de Teologia Média do ICP. EUA. Olson. em St. sendo que o conteúdo é básico mais profundo. Roger E.