Você está na página 1de 3

Direito Penal III

Aula 03

Induzimento, Instigação e Auxilio ao suicídio


Artigo 122 CO

O que é o suicídio?
O que é imprescindível? A voluntariedade em se desfazer da vida
Pune-se a conduta de quem deseja matar-se?
Em caso do sucidio não consumar-se restando-se a lesão corporal grave ou
gravíssima, como responde? Pela pena ser inferior a 2 anos, poderá caber a
suspensão condicional do processo nos moldes do artigo 89 da 9.099/95
Sujeitos do Crime
Ativo: qualquer pessoa
Passivo: qualquer pessoa capaz (e se for pessoal sem consciência = será
homicídio

Induzimento genérico: Não basta, o induzimento ou qualquer ato tem que ser
para pessoas/pessoas certas e determinadas.

Conduta:
Induzir: Fazer nascer
Instigar: reforçar a ideia
Auxiliar: presta auxilio material
E se a vítima for induzida, instigada e auxiliada como responderá o autor: 01
conduta
A conduta poderá ser omissiva e comissiva? Maioria da doutrina entende que
não.
Porém José Paulo da Costa afirma que na modalidade de instigação poderá o
autor omitir-se, nessa linha alguns atores seguem afirmado que ocorrera quando
o autor tiver dever jurídico de evitar o evento. (Sanches)
A conduta na modalidade de auxilio (prestar) para maioria só ocorrerá na
modalidade comissiva, contrariando essa assertiva Noronha e Hungria afirmam
que se houver dever jurídico de evitar o dano poderá parecer na modalidade
omissiva.
O AUXILIO SERÁ SEMPRE ACESSÓRIO.
- Se o agente induziu ou instigou e no momento do ato interfere, como responde?
Homicídio
Se alguém impede o suicídio poderá responder por constrangimento ilegal? Não
(146,§ 3, II )
Vlontariedade = dolo / dolo eventual (exemplo do pai que expulsa a filha de casa).
Não há forma culposa = figura atipica

Consumação e tentativa
Não admite tentativa = o crime se consuma com a ação Ind. Insti . ou auxiliar,
porém a punição do crime limita-se a superveniência de morte ou lesão grave.
a) Vitima Induzida = falece – crime consumado. 2 a 6
b) Vitima induzida = Lesão grave (suicídio frustrado), crime consumado 1 a3
c) Vitima induzida = sofre lesão leve = consumado mas não punível
d) Vitima não tenda = fato impunível

Majorantes: pena duplicada


a) Motivos egoísticos;
b) Vítima menor: (não fixada pela lei a menoridade entende-se menos de 18
anos mais que tenha certo entendimento (inferior = homicídio)

Duelo americano, roleta russa e pacto de morte (ambicidio)


Nos primeiros respondem pelo crime do 122
No Pacto de Morte :
a) Se um sobreviver: pergunta? Praticou os atos de execução? Se sim a
resposta responderá por homicídio; Se os dois sobreviverem: o que
praticou o ato executório responde por tentativa de homicídio e o segundo
responderá por se restar lesão grave pelo 122.
Testemunha de Jeová:
a) O médico deverá intervir (posição de garantidor)
b) Menor (os pais poderão responder por homicídio ou tentativa)
A 6ª turma do STJ proferiu decisão nos autos do HC 268.459-SP, por meio da qual inocentou os pais de
uma menina pela morte de sua filha de 13 anos por recusa à transfusão de sangue que se fazia necessária.
A decisão até então estaria irretocável não fosse a responsabilização – destaca-se, exclusiva – dos médicos
por supostamente (i) não ter desrespeitado a vontade do paciente e/ou de seu representante legal em prol
da vida e (ii) não utilizar de todos os métodos que estavam à sua disposição para salvar a vida da criança.
Maria, jovem de 22 anos, após sucessivas desilusões, deseja dar cabo à
própria vida. Com o fim de desabafar, Maria resolve compartilhar sua
situação com um amigo, Manoel, sem saber que o desejo dele, há muito, é
vê-la morta. Manoel, então, ao perceber que poderia influenciar Maria,
resolve instigá-la a matar-se. Tão logo se despede do amigo, a moça,
influenciada pelas palavras deste, pula a janela de seu apartamento, mas
sua queda é amortecida por uma lona que abrigava uma barraca de feira.
Em consequência, Maria sofre apenas escoriações pelo corpo e não chega
a sofrer nenhuma fratura.
- Considerando apenas os dados descritos, assinale a afirmativa correta.

a) Manoel deve responder pelo delito de induzimento, instigação ou auxílio ao


suicídio em sua forma consumada.
b) Manoel deve responder pelo delito de induzimento, instigação ou auxílio ao
suicídio em sua forma tentada.
c) Manoel não possui responsabilidade jurídico-penal, pois Maria não morreu e
nem sofreu lesão corporal de natureza grave.
d) Manoel, caso tivesse se arrependido daquilo que falou para Maria e esta, em
virtude da queda, viesse a óbito, seria responsabilizado pelo delito de homicídio.

Durante uma discussão, Theodoro, inimigo declarado de Valentim, seu


cunhado, golpeou a barriga de seu rival com uma faca, com intenção de
matá-lo. Ocorre que, após o primeiro golpe, pensando em seus sobrinhos,
Theodoro percebeu a incorreção de seus atos e optou por não mais
continuar golpeando Valentim, apesar de saber que aquela única facada
não seria suficiente para matá-lo.
- Neste caso, Theodoro

a) não responderá por crime algum, diante de seu arrependimento.


b) responderá pelo crime de lesão corporal, em virtude de sua desistência
voluntária.
c) responderá pelo crime de lesão corporal, em virtude de seu arrependimento
eficaz.
d) responderá por tentativa de homicídio.