Você está na página 1de 6

Disciplina: Português

PLANO DE RECUPERAÇÃO DE APRENDIZAGENS- MÓDULO 8

Considere o estudo que fez da obra Mensagem, de Fernando Pessoa.

1. Complete os espaços.
A Mensagem está dividida em a. _____________________ partes que sugerem
o ciclo da criação.
A Parte I, intitulada b. _____________________, aponta para a fundação da
identidade nacional. Esta parte é constituída por c. _____________________
secções, correspondentes aos elementos que integram esse símbolo heráldico.
Os poemas que integram a secção “As Quinas” reportam-se ao período liderado
pela dinastia de d. _________________. O grifo, animal mítico com parte de águia
e parte de leão, está representado em “O Timbre”, que tem à cabeça e.
_____________________ e nas asas um rei e um vice-rei.
A Parte II da obra, com o título f. _____________________, integra poemas
alusivos à época
g. _____________________.
É possível estabelecer uma relação temática entre o episódio do “Adamastor”, de
Os Lusíadas,
e o poema h. _____________________, da Parte II da obra Mensagem.
No poema “O Quinto Império”, pertencente à Parte III, denominada i.
_____________________, denuncia-se a inércia do homem e a sua consequente
estagnação. O último poema da obra pessoana termina com a expressão j.
_____________________ , que funciona como um apelo aos Portugueses.

2. Selecione a alternativa correta de cada uma das afirmações.


2.1. Os doze poemas da Parte II da obra Mensagem referem-se dominantemente
 (A) aos fundadores da pátria portuguesa, sejam eles reis ou heróis individuais.
 (B) às personalidades, a factos ou a acontecimentos relacionados com os
Descobrimentos.
 (C) à luta dos navegadores com o mar para alcançarem a Índia.
2.2. No poema “Padrão”, e através da figura de Diogo Cão, dá-se conta da
 (A) descrição da chegada das naus ao areal do continente asiático.
 (B) ação de D. João II como impulsionador dos Descobrimentos.
 (C) chegada ao continente africano onde se deixou esse símbolo.
2.3. O poema “A última nau” remete para
 (A) o desaparecimento de D. Sebastião.
 (B) a necessidade de lutar para se alcançar o sonho.
 (C) os sacrifícios associados à reconstrução do Império.
2.4. Um dos símbolos da última parte de Mensagem é o “Quinto Império”, poema
onde se lamenta
 (A) a falta de ação e de sonhos que fazem mover os homens.
 (B) a impossibilidade de construir o império anunciado pelo poeta.
 (C) o fim do Império e o desnorte dos Portugueses.

3. Classifica como verdadeiras ou falsas as seguintes afirmações, de acordo


com o conhecimento que tens sobre a Mensagem, de Fernando Pessoa.

Fals
Verdadeiro
o

Fernando Pessoa apresenta uma profecia quanto ao


destino singular de Portugal, revelando o que deve ser
retomado do passado para a construção do futuro.

Constitui o único livro publicado após a morte de


Fernando Pessoa.

A Mensagem tem sido comparada a Os Lusíadas, já que


ambas as obras se baseiam na mesma História.

Nesta obra é narrada, de forma completa, a História de


Portugal.

A Mensagem foi publicada em 1934 para concorrer aos


prémios do Secretariado de Propaganda Nacional.

4. Estabelece a correspondência entre as três partes da Mensagem e a respetiva


simbologia.

A origem predestinada e o
«O Encoberto» ● ● património divino a
defender.

● ●
«Brasão» A capacidade criadora de
Portugal.
O espírito do homem das
«Mar Português» ● ● Descobertas que cada
português encerra em si.

5. Estabelece a correspondência entre os conceitos e os respetivos significados,


referentes ao imaginário épico da obra.

Conjunto humano unido por


instituições comuns, tradições
históricas e, acima de tudo, uma
Mito ● ●
língua comum. A origem
predestinada e o património divino
a defender.

Transformação da sua pátria


(decadente, incapaz de agir
Herói ● ●
coletivamente e virada para o
passado).

Aquele que se eleva acima da


Intenção do poeta ● ● medida humana comum na defesa
de um ideal, pela sua energia.

Conjunto de valores que não tem


tempo nem espaço, contrariamente
Nação ● ● ao facto histórico concreto, e que
tipifica uma situação existencial
comum a um povo.

6. Assinala as afirmações que caracterizam o mito sebastianista .

Crença do povo no regresso de D. Sebastião, após a derrota em Alcácer


Quibir como salvador da pátria.
O regresso iminente do Encoberto foi garante de sobrevivência política.

Mito messiânico que se funda na esperança da vinda de um Salvador, que


virá salvar e libertar o povo e restaurar o prestígio nacional.

Contributo para a construção de uma memória individual e de uma identidade


coletiva.

Exemplo da vontade de mudança e da incapacidade de ação, de modo a influenciar


positivamente os portugueses.

7 Classifica como verdadeiras ou falsas as seguintes afirmações, de acordo com o


. conhecimento que tens sobre a Mensagem, de Fernando Pessoa.

Verdadeiro Falso

«Mar Português» representa o império construído pela posse


do Mar, mas também a queda do mesmo.

Os números assumem principal relevância na estrutura de


Mensagem.

Os símbolos surgem na obra como tema e, igualmente, como


único ponto de chegada.

As três partes de Mensagem correspondem ao ciclo vital.

Em «Brasão», procede-se, primeiro, à apresentação do espaço


construído, espaço da vida de um país e, depois, dos seus
fundadores e construtores.

8. Seleciona a opção que permite obter afirmações corretas sobre o Quinto Império.

1. Segundo a Mensagem de Fernando Pessoa, o Quinto Império substituirá os


quatro antecessores, ( superando-os | ficando aquém destes | igualando-os).

2. O Quinto Império tem uma dimensão ( individual e espiritual | universal e


material | universal e espiritual ).

3. Segundo Fernando Pessoa, a futura civilização europeia será ( romana |


britânica | lusitana ).

9. Assinala as características do discurso épico presentes na Mensagem.


Passado histórico: exaltação de acontecimentos memoráveis e extraordinários.

Recurso ao maravilhoso: confere grandeza à ação e transpõe a verdade histórica para


a dimensão do mito.

Uso narrativo da terceira pessoa.

Confluência íntima entre o eu e o mundo, o tempo e o espaço.

Aproximação do sujeito poético ao sujeito real da criação lírica.

10. Classifique cada uma das afirmações como verdadeiras (V) ou como falsas (F).

a. Em Mensagem, os poemas da secção “Os Campos” são três: “O dos Castelos”, “O das
Quinas” e “Coroa”.

b. “Afonso de Albuquerque”, “O Infante”, “O Mostrengo” ou “Ocidente” são exemplos


de poemas que constam da Parte II.

c. Da Parte III, constituída por “Os Símbolos”, “Os Avisos” e “Os Tempos”, constam
poemas como “O Quinto Império”, “António Vieira” e “Nevoeiro”.

d. No primeiro poema de “Os Campos” localiza-se e descreve-se Portugal como rosto


de uma Europa moribunda.

e. Do conjunto de poemas de “Os Castelos” fazem parte os heróis míticos, lendários e


reais que contribuíram para a fundação, definição e defesa do território nacional.

f. Um dos poemas de “Os Castelos” refere-se a D. Dinis, que Pessoa apelida de poeta e
plantador de searas.

g. Em “As Quinas” figuram cinco poemas que correspondem a nomes de reis da


Primeira Dinastia.

h. Todos os poemas de “As Quinas” estão escritos na primeira pessoa.

11. Associe a cada uma das partes da coluna A o segmento textual da coluna B que
lhe completa o sentido.
Coluna A Coluna B

[A] Na Mensagem percecionam-se as [1] o tópico da mitificação do herói.

[B] A dimensão espiritual de


[2] na última parte da obra.
Mensagem é mais evidente

[C] Mensagem é uma obra com uma


[3] três etapas das conquistas realizadas.
dimensão épica

[D] D. Sebastião é a figura histórica [4] dado que configura um núcleo


que ilustra histórico.
[E] A marca distintiva do Quinto [5] o paradigma do heroísmo e da
Império inscreve-se liberdade.
[F] Nuno Álvares Pereira é [6] numa dimensão espiritual.

[G] O verso “Deus quer, o homem [7] o poder de Deus e o sonho do homem
sonha, a obra nasce” aponta como agentes da criação.

[H] Os dois últimos poemas da Parte II [8] o estado de decadência a que o


remetem, respetivamente, Império chegou.

[I] Ao afirmar-se que Portugal se


[9] como um apelo à ação, com vista à
encontra “sem rei nem lei” e a
construção de um novo Império.
“entristecer” sugere-se

[J] O último verso do poema [10] para o declínio e para o desejo de


“Nevoeiro” funciona reedificação do Império.

[A] − ___; [B] − ___; [C] − ___; [D] − ___; [E] − ___;
[F] − ___; [G] − ___; [H] − ___; [I] − ___; [J] − ___.