Você está na página 1de 36

AULA 5

NOÇÕES DE MATEMÁTICA
FINANCEIRA
Olá, pessoal. Na aula de hoje
vamos falar sobre grandezas
inversamente proporcionais.

Mas antes... Vocês sabem o que


é uma grandeza?
Uma grandeza é tudo
aquilo que pode ser medido,
contado, aumentado ou
diminuído.

Vamos ver alguns exemplos!


O comprimento A área

O volume A massa
Existem algumas grandezas
que não possuem nenhuma
relação entre si, ou seja, elas
não dependem uma da outra.

Exemplo: a idade de
uma pessoa e sua
altura.
Legal! E o que acontece
com as grandezas que Quando são proporcionais,
possuem uma relação de podemos classificá-las em
proporcionalidade entre si? diretamente ou inversamente
proporcionais.
Suponha que uma doceira faz 25 docinhos em 10 minutos.
Se ela manter o mesmo ritmo de produção, em 20 minutos
ela fará 50 docinhos. Observe:

Quantidade de Tempo
docinhos (minutos)
25 10
50 20
75 30
Imagine agora que um produtor rural tem uma produção anual
de frangos de cerca de 18 toneladas. Em seis meses, ele terá
apenas 9 toneladas.

Produção Tempo
(toneladas) (meses)
18 12
9 6
3 2

Imagem: Bob Zoller / Creative Commons Attribution 2.0 Generic


Você observou que, no exemplo da
produção de frango, quanto menor o
tempo (em meses), menor será a Sim! O que isso
quantidade de toneladas de frango quer dizer?
produzida?

Dizemos que duas grandezas são diretamente proporcionais


quando, ao aumentarmos uma, a outra também aumenta e,
ao diminuirmos uma, a outra também diminui.
Outros exemplos de grandezas diretamente proporcionais:

Distância em quilômetros
A quantidade de fotocópias em e os litros de combustível
uma gráfica e o tempo necessários para percorrê-los.
necessário.

Imagem: Joseph Barillari / Creative Commons Attribution- Imagem: Bob McMillan / Public Domain
Share Alike 3.0 Unported
Mas há grandezas que possuem uma
dependência inversa. Quando uma
grandeza aumenta, a outra diminui e
vice-versa.
Existem algumas
maneiras de analisarmos
esses resultados: as
medidas de tendência
central.

Vamos pensar na construção de um prédio. O tempo para que a


obra fique pronta depende do número de pedreiros. Quanto
mais pessoas trabalhando, menos tempo vai levar para a
conclusão da obra.
Da mesma forma, quanto menos operários tiverem, mais
tempo vai ser preciso para terminar a construção.
Commons Attribution 2.0 Generic
Imagem: NATO Training Mission-Afghanistan / Creative

Número de Tempo
operários (dias)

1 20
2 10
4 5
Dizemos que as grandezas são
E o que acontece quando
inversamente proporcionais.
isso ocorre?
Vamos imaginar agora uma aluna que faz uma prova
valendo 10 pontos com 30 questões. Quanto menos
Imagem: Wilson Dias/ABR / Creative Commons - Atribution 3.0 Brazil

perguntas ela errar, maior será a sua nota. A cada três


erros, ela perde um ponto.

Número de Nota
erros
3 9
6 8
9 7
Duas grandezas são inversamente
proporcionais quando, ao aumentarmos
uma, a outra diminui e, ao diminuirmos
uma, a outra aumenta.
Razões Centesimais

As frações (ou razões) que possuem denominadores


(o número de baixo da fração) iguais a 100, são
conhecidas por razões centesimais e podem ser
representadas pelo símbolo "%".
O símbolo "%" é lido como "por cento".
"5%" lê-se "5 por cento". "25%" lê-se "25 por cento".

O símbolo "%" significa centésimos, assim "5%" é uma


outra forma de se escrever 0,05.
Frações x Percentuais
Na aplicação das fórmulas para resolução dos problemas da
Matemática Comercial e Financeira utilizamos as porcentagens
escritas na forma decimal.
Como transformar percentuais para decimais e vice-versa?
De percentual para decimal: andamos com a vírgula duas casas
para a esquerda. Ex: 25,5% = 0,255
De decimal para percentual: andamos com a vírgula duas casas
para a direita. Ex: 0,385 = 38,5%
Frações x Percentuais
Exemplos : Percentual Decimal
32,56% 0,3256
5% 0,05
1,25% 0,0125
225% 2,25
65,35% 0,6535
7,6% 0,076
0,52% 0,0052
362,5% 3,625
Como calcular um valor percentual de um número?

• Quanto é 25% de 200?

Resolvendo:

Multiplique 25 por 200 e divida por 100:

25 . 200 = 5000 = 50
_ ___________________ ____________

100 100
Se você achar mais fácil, você pode simplesmente
multiplicar 25% na sua forma decimal, que é 0,25 por 200:

Ou seja: 25 . 200 = 0,25 .200 = 50


________

100
Assim temos:

• 4% de 32 = 4 . 32 = 0,04 . 32 = 1,28
__________

100

• 15% de 180 = 0,15 . 180 = 27


• 18% de 150 = 0,18 . 150 = 27
• 35% de 126 = 0,35 . 126 = 44,1
• 100% de 715 = 1 . 715 = 715
• 115% de 60 = 1,15 . 60 = 69
• 200% de 48 = 2 . 48 = 96
Exercícios

1) Quanto é 70% de 30?


2) Quanto é 30% de 30?
3) Quanto é 150% de 45?
4) Quanto é 100% de 40?
5) Quanto é 30% de 150?
JUROS

Conceitos
Na experiência prática, o conceito de juros, se encontra
associado a quantias monetárias, representando a remuneração
ganha ao emprestar ou o custo pago ao tomar um emprestado,
tendo transcorrido certo período que pode ser um dia, um mês,
um ano etc.

Unidades
12% ao ano = 12% a.a.
14% ao semestre = 14% a.s.
1% ao mês = a.m.
2% ao trimestre = 2% a.t
Juros

Exemplo: Um capital de R$ 1.000,00 aplicado a uma taxa de


8% a.a. proporcionará, no final do 1o ano, o juro de:

8
8%.1000  .1000 80
100

Notação: A taxa de juros pode ser expressa em


porcentagem ( 8 %a.a.) ou fração decimal (0,08 a.a.)
Tipos de juros
Juros Simples: Nessa hipótese os juros de cada período são
calculados sempre em função do capital inicial empregado.

Exemplo: Qual o montante acumulado em 3 meses a uma taxa de


20% a.m., no regime de juros simples, a partir de um capital inicial
de R$ 10.000,00?

Período Juros Montante


0 0 10.000
1 2.000 12.000
2 2.000 14.000
3 2.000 16.000
Juros Simples

Assim temos: J Pin


.. e M  P.(1in
.)
No caso anterior,
P = 10.000,00 , i = 0,2 a.m. e n = 3 logo,
M = 10000. (1+0,2.3)
M = 16.000,00

Simbologia: P = Principal ou Valor Inicial


M = Montante ou Valor Final
J = Juros da aplicação obtidos durante a aplicação
n = número de período
i = Taxa de juros efetiva em cada período
Juros Compostos

O valor dos juros de cada período é obtido pela aplicação da taxa de


juros sobre o Saldo existente no início período.

O Mercado Financeiro segue todo ele a lei de juros compostos.

Exemplo: Qual o montante produzido em 3 meses a uma taxa de 20%


a.m., no regime de juros compostos, a partir de um capital inicial de R$
10.000,00?

Período Juros Montante


0 0 10.000
1 2.000 12.000
2 2.400 14.400
3 2.880 17.280
M
Neste caso,
M  P.(1i) n e P
(1i)n

M = 10.000,00 , i = 0,2 a.m. e n = 3 logo,


M = 10000. (1+0,2)3
M = 17.280,00

Observações:

A unidade de medida de tempo n deve ser compatível com a


unidade utilizada na taxa de juros ;
A taxa de juros deve ser expressa em fração decimal e não em
porcentagem.
Lucro, Prejuízo e Desconto
Desconto (D)
O desconto é um valor reduzido do total de uma compra, por exemplo,
como um benefício à forma de pagamento ou promoção.

Lucro (L)
Lucro é o que você ganha em uma operação comercial, quando o valor
de venda (PV) é maior que o valor de compra (PC). O lucro é a
diferença entre esses valores, ou seja, L = PV – PC.

Prejuízo (P)
Dizemos que há prejuízo quando o preço de venda é menor que o
preço de compra. Portanto, o prejuízo é calculado pela diferença entre
o preço de compra e o preço de venda.
Lucro em função do preço de custo

Exemplo:

1) Se o preço de custo de um determinado produto é R$


120,00 e ele é revendido por R$ 150,00, determine:
a) o lucro obtido na venda do produto. L = PV - PC
b) o lucro percentual.
MATEMÁTICA, 9º Ano do Ensino Fundamental
Juros simples

Claudiana aplicou R$ 900,00, com taxa de 6% ao ano, durante


5 anos, no sistema de juros simples. Ao término desta
aplicação,
a) quanto ela receberá de juros? J = P.i.n
b) qual o total (montante) resgatado por Claudiana? M = P.(1+i.n)

Resposta
a) R$ 270,00
b) R$ 1 170,00
MATEMÁTICA, 9º Ano do Ensino Fundamental
Juros simples

Simão aplicou R$ 500,00 num título de


capitalização que rende 3,5% ao mês. Ao
final de três anos, quanto ele irá resgatar?

M = P.(1+i.n)

Resposta
R$ 1 130,00
MATEMÁTICA, 9º Ano do Ensino Fundamental
Juros simples

O que é mais vantajoso? Aplicar R$ 50,00 com taxa


mensal de 3,5% ao mês, durante 6 meses, ou aplicar R$
30,00 com taxa mensal de 3%, durante 2 anos (ambas no
regime de juros simples)? M = P.(1+i.n)
MATEMÁTICA, 9º Ano do Ensino Fundamental
Juros simples

Bia realizou um investimento de R$5.120,00 durante 3


meses, a uma taxa anual de 18%.

a) Qual a quantia que ela receberá de juros em cada mês?


b) Qual a quantia que ela receberá de juros ao final da
aplicação?
c) Qual o montante (capital + juros) que ela receberá?
Quanto receberá de juros, no fim de um trimestre, uma
pessoa que investiu, a juros compostos, a quantia de
R$5.000,00, à taxa de 1% ao mês?

M  P.(1i)n