Você está na página 1de 1

IUS Sanguinis Nacionalidade genitores

Primária / Originária Imposta no nascimento


IUS Solis Local nascimento Regra: solo
Exceção: sangue

Secundária / Adquirida Por vontade própria


Um brasileiro nato pode vir a
Nato se tornar naturalizado, caso haja perda
Só a CF/88 pode diferenciar da nacionalidade c/ arrependimento posterior
Naturalizado

Nascido no Brasil, salvo pai ou mãe estrangeira a serviço de seu país


Se for a serviço de
Nascido no estrangeiro, quando pai ou mãe a serviço do Brasil (inclusive "outro" país, será nato!
Brasileiro nato Adm. Indireta)

Registrar em repartição brasileira


Nascido no estrangeiro, quando pai ou mãe
ou venha p/ Brasil e opte pela nacion.
brasileira, após maioridade, a qualquer tempo.

Residência 1 ano ininterrupto


País c/ língua portuguesa
Nacionalidade - Vínculo Idoneidade moral
Ordinária
pessoa com um estado Ato discricionário
Ministério Justiça c/ decisão Presidente República
Brasileiro naturalizado Certidão entregue por Juiz Federal
DC-Aula 4 - Vídeo 1
Extraordinária Residência de 15 anos ininterruptos
Qualquer estrangeiro Ausência condenação penal

Continua português

Reciprocidade c/ brasileiro em Portugal


Português equiparado
Mesmos direitos brasileiro naturalizado

Residência permanente

Prática atividade nociva


interesse nacional. Efeito Ex Nunc
Cancelamento da naturalização Sentença judicial
Reaquisição p/ sentença rescisória

Salvo se houver reconhecimento


Adquirir outra nacionalidade nacionalidade originária
Perda da nacionalidade (nato ou naturalizado) Condição permanência no território
p/ exercício direitos civis

Processo administrativo
com decisão do presidente da República