Você está na página 1de 31

Curso de Engenharia Mecânica

Unidade Curricular: Estática e Dinâmica

Momentos de Inércia

Professor Rafael Schreiber


Momento de Inércia de Área (𝑰𝒙 e 𝑰𝒚 ) [𝑚4 ]

𝐼𝑥 = 𝑦 2 ∙ 𝑑𝐴 𝐼𝑦 = 𝑥 2 ∙ 𝑑𝐴

𝑀𝑥

O momento de inércia de área


é a uma propriedade de uma
x seção plana de um corpo
relacionada à sua resistência
à deformação por flexão.
z
𝑀𝑥
Momento de Inércia de Área (𝑰𝒙 e 𝑰𝒚 ) [𝑚4 ]

O momento de inércia
de área da seção
transversal de uma
viga, em relação a um
eixo que passe pelo
seu centro
gravidade, indica sua
de
𝐼𝑦
resistência à flexão.

ℎ 𝐶 𝐼𝑥
𝑏
Momento de Inércia de Área (𝑰𝒙 e 𝑰𝒚 ) [𝑚4 ]

Nesse caso 𝐼𝑦 > 𝐼𝑥 , portanto, é mais difícil de


deformar a viga no eixo 𝒚 do que no eixo 𝒙.

𝐼𝑦

ℎ 𝐶 𝐼𝑥
𝑏
Momentos de Inércia de Área
Momentos de Inércia de Área
Momentos de Inércia de Área
Momento de Inércia Polar ( 𝑱 ) [𝑚4 ]

𝐽𝑂 = 𝑟 2 ∙ 𝑑𝐴 𝐽𝑂 = 𝐼𝑥 + 𝐼𝑦 𝑟 𝑦
𝑥

O momento de inércia polar é a


resistência de um eixo ou viga
de ser deformado por torção,
em função de sua forma.
Raio de Giração (𝒌𝒙 , 𝒌𝒚 e 𝒌𝑶 )

𝐼𝑥 𝐼𝑦 𝐽𝑂
𝑘𝑥 = 𝑘𝑦 = 𝑘𝑂 =
𝐴 𝐴 𝐴
Raio de Giração (𝒌𝒙 , 𝒌𝒚 e 𝒌𝑶 )

𝑘𝑂 2 = 𝑘𝑥 2 + 𝑘𝑦 2
Raio de Giração (𝒌𝒙 , 𝒌𝒚 e 𝒌𝑶 )
𝑃 𝑃

O raio de giração está relacionado à


resistência à flambagem.

flambagem 𝑘𝑡𝑢𝑏𝑜 > 𝑘𝑏𝑎𝑟𝑟𝑎


Problema Resolvido 9.1A
Para o tubo retangular a seguir, calcule os momentos de inércia de área
nos eixos x e y, em relação ao centro de gravidade indicado no ponto 𝑂.
Calcule também o momento de inércia polar para este ponto e os raios
de giração 𝑘𝑥 , 𝑘𝑦 e 𝑘𝑜 .

𝑂
Exercícios:
9.1 Para o tubo a seguir, calcule os momentos de inércia de área nos
eixos x e y, em relação ao centro de gravidade indicado no ponto 𝑂.
Calcule também o momento de inércia polar para este ponto e os raios
de giração 𝑘𝑥 , 𝑘𝑦 e 𝑘𝑜 .
9.1
𝐼𝑥 = 𝐼𝑦 = 23542,97 𝑚𝑚4
𝐽𝑂 = 47085,94 𝑚𝑚4
𝑘𝑥 = 𝑘𝑦 = 3,27 𝑚𝑚
𝑂 𝑘𝑂 = 4,63 𝑚𝑚
Exercícios:
9.2 Para a viga perfil W a seguir, calcule os momentos de inércia de área
nos eixos x e y, em relação ao centro de gravidade indicado no ponto 𝑂.
Calcule também o momento de inércia polar para este ponto e os raios
de giração 𝑘𝑥 , 𝑘𝑦 e 𝑘𝑜 .

9.2
𝐼𝑥 = 882648 𝑚𝑚4
𝐼𝑦 = 684009,5 𝑚𝑚4
𝐽𝑂 = 1566657,5 𝑚𝑚4
𝑂
𝑘𝑥 = 28,28 𝑚𝑚
𝑘𝑦 = 24,89 𝑚𝑚
𝑘𝑂 = 37,67 𝑚𝑚
Teorema dos Eixos Paralelos

𝐼𝑥′ = 𝐼𝑥 + 𝐴 ∙ 𝑑2

𝑥
𝐽𝑂 = 𝐽𝐶 + 𝐴 ∙ 𝑑2
𝑂
𝑥′
2
𝑘𝑂 2 = 𝑘𝐶 + 𝑑 2
Problema Resolvido 9.2A
Para o perfil T a seguir, calcule os momentos de inércia de área nos eixos
x e y, em relação ao centro de gravidade indicado no ponto 𝑂. Calcule
também o momento de inércia polar para este ponto e os raios de
giração 𝑘𝑥 , 𝑘𝑦 e 𝑘𝑜 .

𝑂
Problema Resolvido 2
Problema Resolvido 2

𝐼𝑦

𝐼𝑥

𝐽𝑜

𝐼𝑦
𝐼𝑥
Exercícios:
9.3 Para a viga perfil U a seguir, calcule os momentos de inércia de área
nos eixos x e y, em relação ao centro de gravidade indicado no ponto 𝑂.
Calcule também o momento de inércia polar para este ponto.

𝑂
Exercícios:
9.4 Para a figura composta a seguir, calcule os momentos de inércia de
área nos eixos x e y, em relação ao centro de gravidade indicado no
ponto 𝑂. Calcule também o momento de inércia polar para este ponto.

𝑂
Momento de Inércia de Massa (𝑰) [𝑘𝑔. 𝑚2 ]

Quanto maior seu valor,


mais difícil de fazer o corpo
iniciar o movimento.
𝑟
𝐼= 𝑟 2 ∙ 𝑑𝑚 𝑚

Expressa o grau de dificuldade de alterar o estado


de movimento de um corpo em rotação (ou iniciar
este movimento).
Momento de Inércia de Massa (𝑰)

Contribui para o aumento


do momento de inércia de
massa, a porção de massa
afastada do eixo de giro
Momentos de Inércia de Massa
Momentos de Inércia de Massa
Teorema dos eixos paralelos

𝐼 = 𝐼 + 𝑚 ∙ 𝑑2
Problema Resolvido 9.12
Uma peça de aço forjada é constituída por um prisma retangular medindo
150 x 50 x 50 mm e dois cilindros com diâmetro 50 mm e comprimento 75
mm, conforme a figura a seguir. Determine os momentos de inércia de
massa da peça em relação à origem dos eixos de coordenadas, sabendo
que a densidade do aço é 7,85 ∙ 10−6 𝑘𝑔/𝑚𝑚³.
Problema Resolvido 9.12
Problema Resolvido 9.12

𝐼 = 𝐼 + 𝑚 ∙ 𝑑2
Problema Resolvido 9.12
Exercícios:
9.5 Determine os momentos de inércia de massa da peça de alumínio a
seguir em relação à origem dos eixos de coordenadas, sabendo que a
densidade do alumínio é 2,7 ∙ 10−6 𝑘𝑔/𝑚𝑚³.

9.5
𝐼𝑥 = 2663 𝑘𝑔. 𝑚𝑚²
𝐼𝑦 = 𝐼𝑧 = 5237 𝑘𝑔. 𝑚𝑚²
Exercícios:
9.141 Determine os momentos de inércia de massa da peça de aço a
seguir em relação à origem dos eixos de coordenadas, sabendo que a
densidade do aço é 7,85 ∙ 10−6 𝑘𝑔/𝑚𝑚³.

9.141
𝐼𝑥 = 13988 𝑘𝑔. 𝑚𝑚²
𝐼𝑦 = 20557 𝑘𝑔. 𝑚𝑚²
𝐼𝑧 = 14304 𝑘𝑔. 𝑚𝑚²