Você está na página 1de 60

LÍNGUA PORTUGUESA

Instrução: As questões de números 01 a 10 referem-se ao texto abaixo. Os destaques ao


longo do texto estão citados nas questões.

Seu aparelho de ar-condicionado está deixando o planeta mais quente

01 Sol, praia, calor. O Brasil é tipicamente conhecido por suas características tropicais. Apesar
02 disso, pouca gente nega um bom ar-condicionado em dias quentes. No verão do ano passado, a
03 venda desses aparelhos bateu recorde. Temos, atualmente, um total de 139 milhões de unidades
04 funcionando. Mas não é só o brasileiro que ama um friozinho artificial — Estados Unidos e Japão
05 detêm a maior parte dos exemplares mundiais. Porém, de acordo com um relatório divulgado pela
06 Agência Internacional de Energia (IEA), um irônico paradoxo foi confirmado: o aumento na
07 quantidade de aparelhos de ar-condicionado está deixando o mundo mais quente. No mundo, a
08 quantidade de ares-condicionados está concentrada em um pequeno número de países (nos
09 Estados Unidos, 90% das residências possuem). Mas à medida que a renda aumenta e as
10 populações crescem nas nações emergentes, especialmente em regiões quentes, o uso dos
11 aparelhos se torna cada vez mais comum. E as estatísticas provam: o funcionamento de ares-
12 condicionados e ventiladores já representa cerca de um quinto do total da eletricidade gasta em
13 edifícios de todo o mundo — ou 10% do consumo global.
14 Os números ficam cada vez mais exorbitantes: hoje, temos cerca de 1,6 bilhão de
15 aparelhos funcionando. Para 2050, a perspectiva é de impressionantes 5,6 bilhões. Considerando
16 também o crescimento populacional, na metade do século teremos uma estimativa de um ar-
17 condicionado para cada duas pessoas do mundo. E a demanda pelo uso de climatizadores vai
18 mais que triplicar: eles consumirão a mesma quantidade de energia que China e Índia juntas.
19 Ok, você já entendeu que temos muitos ares-condicionados pelo mundo. Mas voltemos à
20 questão principal: como eles estão tornando o planeta mais quente? Para começar, a população
21 usa “errado”. Os consumidores atuais não se preocupam em comprar aparelhos mais eficientes,
22 que gastem menos energia. A competência média dos exemplares comprados hoje é menos da
23 metade do que está normalmente disponível para venda, com cerca de um terço da tecnologia
24 dos mais eficientes. Isso pode se converter no fator econômico: geralmente os mais baratos são
25 mais simples. Mas a questão crucial é, lógico, a influência que esses bilhões de aparelhos exercem
26 na temperatura do planeta. As emissões de gases estufa liberados pelas usinas de carvão e gás
27 natural ao gerar eletricidade para os ares-condicionados quase dobrariam — de 1,25 bilhão de
28 toneladas em 2016 para 2,28 bilhões de toneladas em 2050. Essas emissões impactariam
29 significativamente o aquecimento global — o que aumentaria ainda mais a demanda por ar-
30 condicionado.
31 Sim, é um ciclo vicioso. O conforto tem um preço, e ele é bem alto. E o relatório cita
32 exemplos bem ilustrativos da situação: quanto mais aumenta a renda de uma família, cresce
33 também o número de eletrodomésticos como geladeiras e televisores. Esses aparelhos geram
34 calor, deixando o ambiente mais quente. Solução: comprar um ar-condicionado. E a maioria dos
35 ares-condicionados funcionam, em parte, “jogando” o ar quente para o lado de fora, também
36 tornando a vizinhança mais quente. Segundo estimativas, o aparelho pode elevar a temperatura
37 durante a noite em cerca de um grau Celsius em algumas cidades. Ou seja, se um número
38 suficiente de vizinhos comprar um ar-condicionado, a temperatura da sua casa pode aumentar a
39 ponto de você precisar fazer o mesmo.
40 Apesar do aparente caos cíclico sem solução, o relatório termina esperançoso. Ele fala
41 sobre o “Cenário de Refrigeração Eficiente”, um caminho que se baseia numa forte ação política
42 para limitar o uso de energia com a finalidade de resfriar os espaços. E, principalmente, fala sobre
43 investir em aparelhos mais competentes. Essa simples atitude pode reduzir a demanda futura de
44 energia pela metade — em comparação com as suposições feitas baseadas no consumo atual.
45 Também torna tudo mais barato: seguindo os padrões do Cenário de Refrigeração Eficiente, pode-
46 se reduzir os custos de investimento, combustíveis e outros gastos gerados por essa indústria do
47 frio em três trilhões de dólares até 2050. E, por último, esse cenário reduziria as emissões de
48 gases estufa pela metade. Ele está de acordo com os objetivos climáticos previstos no Acordo de
49 Paris. Então lembre-se, pelo bem do futuro do planeta, quando for comprar um ar-condicionado,
50 tenha certeza de que as especificações de eficiência são as melhores possíveis.

Texto especialmente adaptado para esta prova. Disponível em https://super.abril.com.br/ciencia/seu-


aparelho-de-ar-condicionado-esta-deixando-o-planeta-mais-quente/. Acesso em 17 mai. 2018.
(FUNDATEC 2018 – SUPERIOR - Mun. Rondinha) - QUESTÃO 01 – Sobre as ideias apresentadas
no texto, é correto afirmar que:

A) O aumento na quantidade de aparelhos de ar-condicionado está deixando as pessoas mais


esquentadas.
B) O funcionamento de ares-condicionados e ventiladores já representa cerca de um quinto do total
da eletricidade gasta em todo o mundo.
C) Os consumidores estão negligenciando a necessidade de compra de ares-condicionados que
demandem menos energia.
D) Os ares-condicionados funcionam “arremessando” o ar quente para fora dos ambientes,
aumentando a temperatura nos locais próximos em que é usado.
E) Considerando o crescimento da população, daqui a cinquenta anos, haverá um aparelho de ar-
condicionado para cada duas pessoas no mundo.

(FUNDATEC 2018 – SUPERIOR - Mun. Rondinha) - QUESTÃO 02 – A exemplo da palavra “ar-


condicionado” presente no texto, é correta a hifenização encontrada em:

A) Aero-moça.
B) Doce-de-leite.
C) Sócio-econômico.
D) Sem-cerimônia.
E) Vaso-secção.

(FUNDATEC 2018 – SUPERIOR - Mun. Rondinha) - QUESTÃO 03 – O termo “exorbitantes”


corresponde mais precisamente ao antônimo de:

A) Excessivos.
B) Módicos.
C) Desmedidos.
D) Mensurados.
E) Lamentáveis.

(FUNDATEC 2018 – SUPERIOR - Mun. Rondinha) - QUESTÃO 04 – Analise as seguintes


proposições relacionadas ao emprego do acento indicativo de crase:

I. Na frase “à medida que a renda aumenta e as populações crescem nas nações emergentes”
(l. 09-10), a crase está corretamente empregada, assim como ocorre com a locução adverbial
“à jusante”.
II. Se na frase “mas voltemos à questão principal” (l. 19-20) a palavra “voltemos” fosse substituída
por “retomemos”, a crase deveria ser mantida.
III. Se na frase “Essa simples atitude pode reduzir a demanda futura de energia pela metade”
(l. 43-44) o verbo “reduzir” fosse substituído por “diminuir”, não haveria, igualmente, utilização
de crase.

Quais estão corretas?

A) Apenas I.
B) Apenas II.
C) Apenas III.
D) Apenas I e III.
E) I, II e III.
(FUNDATEC 2018 – SUPERIOR - Mun. Rondinha) - QUESTÃO 05 – Considere as seguintes
sugestões sobre a pontuação encontrada no texto:

I. Na frase “Mas não é só o brasileiro que ama um friozinho artificial — Estados Unidos e Japão
detêm a maior parte dos exemplares mundiais” (l. 04-05), o travessão não poderia ser
substituído por hífen.
II. Na frase “Os números ficam cada vez mais exorbitantes: hoje, temos cerca de 1,6 bilhão de
aparelhos funcionando” (l. 14-15), os dois pontos poderiam ser substituídos por ponto de
exclamação, caso o autor quisesse expressar seu espanto com a realidade.
III. Na frase “essas emissões impactariam significativamente o aquecimento global — o que
aumentaria ainda mais a demanda por ar-condicionado” (l. 28 a 30), o travessão poderia ser
substituído por vírgula, preservando-se o sentido original da frase.

Quais estão corretas?

A) Apenas II.
B) Apenas III.
C) Apenas I e II.
D) Apenas I e III.
E) I, II e III.

(FUNDATEC 2018 – SUPERIOR - Mun. Rondinha) - QUESTÃO 06 – A locução conjuntiva “à


medida que” (l. 09) exprime uma ideia de:

A) Concessão.
B) Oposição.
C) Consequência.
D) Conformidade.
E) Proporcionalidade.

(FUNDATEC 2018 – SUPERIOR - Mun. Rondinha) - QUESTÃO 07 – Conforme o texto, o fato de


o aumento na quantidade de aparelhos de ar- condicionado deixar o mundo mais quente constitui
um paradoxo. Essa figura de linguagem, também chamada oxímoro, pode ser detectada em qual das
seguintes afirmações?

A) Ele estava morto de sede.


B) O que não tenho e desejo é o que melhor me enriquece.
C) Raul Seixas foi desta para melhor.
D) Como era possível beleza e horror, vida e morte harmonizarem-se assim no mesmo quadro?
E) A morte roubou-lhe o filho mais querido.
(FUNDATEC 2018 – SUPERIOR - Mun. Rondinha) - QUESTÃO 08 – Quanto à concordância
verbal, considere a validade das seguintes propostas de substituição para o texto, levando-se em
conta o respeito à Norma Culta da Língua Portuguesa:

I. Na frase ”E a maioria dos ares-condicionados funcionam, em parte, “jogando” o ar quente para


o lado de fora” (l. 34-35), o verbo “funcionar” não poderia ser flexionado para o singular.
II. Na frase “A competência média dos exemplares comprados hoje é menos da metade do que
está normalmente disponível para venda” (l. 22-23), o verbo “ser” poderia ser flexionado para o
plural.
III. Na frase “As emissões de gases estufa liberados pelas usinas de carvão e gás natural ao gerar
eletricidade para os ares-condicionados quase dobrariam” (l. 26-27), o verbo “liberar”, que está
empregado no particípio passado e no plural, poderia continuar no plural e ser flexionado para o
feminino.

Quais estão corretas?

A) Apenas II.
B) Apenas III.
C) Apenas I e II.
D) Apenas I e III.
E) I, II e III.

(FUNDATEC 2018 – SUPERIOR - Mun. Rondinha) - QUESTÃO 09 – No que se refere à


regência verbal, considere a validade das seguintes propostas de substituição para o texto,
levando-se em conta o respeito à Norma Culta da Língua Portuguesa:

I. Na frase “Mas não é só o brasileiro que ama um friozinho artificial” (l. 04), se o verbo “amar”
fosse substituído por “gostar”, devidamente conjugado no presente do indicativo, haveria
necessidade do emprego de preposição antes de “um friozinho artificial”.
II. Na frase “E o relatório cita exemplos bem ilustrativos da situação” (l. 31-32), se o verbo “citar”
fosse substituído por “trazer”, devidamente conjugado no presente do indicativo, haveria
necessidade do emprego de preposição antes de “exemplos bem ilustrativos da situação”.
III. Na frase “o relatório termina esperançoso” (l. 40), se o verbo “terminar” fosse substituído por
“concluir”, devidamente conjugado no presente do indicativo, haveria necessidade do emprego
de preposição antes do adjetivo “esperançoso”.

Quais estão corretas?

A) Apenas I.
B) Apenas II.
C) Apenas III.
D) Apenas I e III.
E) I, II e III.

(FUNDATEC 2018 – SUPERIOR - Mun. Rondinha) - QUESTÃO 10 – Sobre o recurso coesivo


desempenhado pelo pronome “ele”, que se refere diretamente a termos anteriores e os recupera
para dar a devida continuidade ao texto, analise as seguintes afirmativas:

I. Na linha 31, está retomando ”conforto”.


II. Na linha 40, está retomando “caos cíclico”.
III. Na linha 48, está retomando “cenário” (l. 47).

Quais estão corretas?

A) Apenas I.
B) Apenas II.
C) Apenas III.
D) Apenas I e III.
E) I, II e III.
Instrução: As questões de números 11 a 20 referem-se ao texto abaixo. Os destaques ao
longo do texto estão citados nas questões.

Como as pessoas com quem convivemos afetam nossa forma de ver o mundo

01 Você já notou, em alguma época da sua vida, que se tornou uma pessoa mais estressada
02 ao conviver com pessoas estressadas? Ou viu sua opinião política ficar mais e mais parecida com
03 a de seus amigos? A ideia de que tendemos a ficar mais parecidos com as pessoas que nos
04 rodeiam não é nenhuma novidade. Mas um estudo recente mostrou que nossos círculos sociais
05 também podem influenciar a forma como enxergamos o mundo. E essa influência pode ter efeitos
06 aparentemente contraditórios: você pode pensar que a maioria das pessoas tem as mesmas
07 opiniões políticas que as suas, mas também pode achar que sua forma de ver as coisas é única.
08 Ou então pode achar que é mais ou menos privilegiado do que o resto do mundo, dependendo de
09 como a sua vida se comparar com a das pessoas do seu grupo. “Nossos círculos sociais — nossos
10 amigos e familiares — são muitas vezes as únicas fontes de informação que temos sobre
11 diferentes características de um mundo social mais amplo, como frequência de problemas de
12 saúde ou conflitos com um parceiro”, diz o professor Henrik Olsson.
13 Assim, tendemos a achar que ninguém mais tem conseguido manter um relacionamento
14 sério, caso nossos amigos estejam todos solteiros ou terminando seus namoros. Ou podemos
15 acreditar que certo tipo de doença é muito mais comum do que de fato é, caso acometa várias
16 pessoas do mesmo círculo. Por outro lado, esse mesmo processo cognitivo pode gerar
17 julgamentos sociais bem diferentes em determinados casos. Por exemplo, se todo mundo do seu
18 convívio tiver as mesmas opiniões políticas, é fácil achar que essa bolha representa o mundo
19 inteiro — e aí você até fica chocado quando vê que existem pessoas que apoiam aquele candidato
20 que você considera bizarro.
21 Mas conviver com gente de opiniões diferentes das suas não é garantia de uma visão mais
22 realista das coisas. Nesse caso, o estudo descobriu que pessoas que fazem parte de círculos
23 sociais mais diversificados podem sentir um efeito contrário e achar que seus pontos de vista são
24 mais raros na população geral do que de fato são. Outro exemplo: se você for o único do seu
25 grupo com problemas financeiros, é fácil se sentir fracassado e achar que sua vida está muito pior
26 que a da maioria das pessoas do mundo — ainda que seus amigos sejam privilegiados e,
27 portanto, constituam uma exceção na sociedade como um todo.
28 A professora Mirta Galesic faz uma analogia simples para explicar os diferentes efeitos
29 dessa influência social: “Considere dois chefs que usam a mesma receita de molho, mas com
30 pimentões de diferentes regiões. Seus molhos podem ter um sabor diferente e, sem reconhecer a
31 diferença de pimenta, pode-se pensar que se trata de receitas diferentes. Da mesma forma, duas
32 pessoas podem confiar no mesmo processo cognitivo para fazer julgamentos sociais sobre a
33 população em geral, mas se elas confiarem em círculos sociais diferentes, podem ter julgamentos
34 diferentes”.
35 Ainda é preciso entender melhor as raízes desses julgamentos sociais tendenciosos, e
36 como se dá a interação dos processos cognitivos individuais com as relações que o indivíduo
37 mantém. Isso é importante porque a maneira como percebemos nossos mundos sociais afetará
38 não só como julgamos nossa própria situação e como estabelecemos nossos objetivos pessoais,
39 mas também nossas crenças sobre quais políticas públicas seriam melhores para a sociedade
40 como um todo.

Texto especialmente adaptado para esta prova. Disponível em https://super.abril.com.br/blog/como-


pessoas-funcionam/como-as-pessoas-com-quem-convivemos-afetam-nossa-forma-de-ver-o-mundo/. Acesso
em 15 mai 2018.
(FUNDATEC 2018 – TÉCNICO - Mun. Rondinha) - QUESTÃO 11 – Com base no conteúdo
exposto no texto, é correto afirmar que:

A) Tendemos a achar que, se nossos amigos estão firmes em seus relacionamentos conjugais,
ninguém mais vai conseguir manter uma relação duradoura.
B) Se as pessoas do seu convívio tiverem opiniões políticas semelhantes, não é difícil considerar que
a visão dessa amostra corresponde ao pensamento da população em geral.
C) Conviver com pessoas que têm opiniões diferentes confere uma visão mais realista sobre o
mundo.
D) Se em seu grupo você for o único a ter problemas financeiros vai se sentir na mesma condição
que a maioria das pessoas.
E) Duas pessoas podem confiar em processos cognitivos diferentes para julgar a população em
geral, mas se elas confiarem em círculos sociais iguais, podem ter julgamentos diferentes.

(FUNDATEC 2018 – TÉCNICO - Mun. Rondinha) - QUESTÃO 12 – Qual das seguintes palavras,
retiradas do texto, teve a grafia alterada em virtude da vigência do Novo Acordo Ortográfico da
Língua Portuguesa?

A) Ideia.
B) Influência.
C) Privilegiado.
D) Ninguém.
E) Molho.

(FUNDATEC 2018 – TÉCNICO - Mun. Rondinha) - QUESTÃO 13 – A fim de preservar o sentido


original da frase iniciada na linha 05 do texto, a palavra “contraditórios” (l.06) poderia ser
substituída por:

A) Perigosos.
B) Nefastos.
C) Volúveis.
D) Incoerentes.
E) Lamentáveis.

(FUNDATEC 2018 – TÉCNICO - Mun. Rondinha) - QUESTÃO 14 – Analise as seguintes


propostas de modificação no texto ligadas à pontuação:
I. A compreensão da frase “você já notou, em alguma época da sua vida, que se tornou uma
pessoa mais estressada ao conviver com pessoas estressadas?” (l. 01 e 02) sofreria mudança se
em vez de ponto de interrogação fosse usado ponto de exclamação.
II. Na frase “nossos círculos sociais — nossos amigos e familiares — são muitas vezes as únicas
fontes de informação que temos” (l. 09 e 10), os travessões poderiam ser substituídos por
hifens.
III. É aceitável a troca do ponto encontrado na linha 14 por ponto e vírgula, sem prejudicar o que o
autor quis expor nesse fragmento textual.
Quais estão corretas?

A) Apenas II.
B) Apenas III.
C) Apenas I e II.
D) Apenas I e III.
E) Apenas II e III.
(FUNDATEC 2018 – TÉCNICO - Mun. Rondinha) - QUESTÃO 15 – Sobre a utilização do acento
indicativo da crase, analise as seguintes afirmativas:

I. Na frase “você pode pensar que a maioria das pessoas tem as mesmas opiniões políticas que as
suas” (l. 06 e 07), a crase deveria ser empregada antes do pronome “suas”.
II. A frase “tendemos a achar que ninguém mais tem conseguido manter um relacionamento sério”
(l. 13 e 14) está, entre outros aspectos, escrita conforme a Norma Culta por não haver crase
antes do verbo “achar”.
III. A frase “é fácil se sentir fracassado e achar que sua vida está muito pior que a da maioria das
pessoas do mundo” (l. 25 e 26) poderia ser reescrita sem defecções da seguinte forma: “é fácil
se sentir fracassado e achar que sua vida está muito pior em relação à da maioria das pessoas
do mundo”.

Quais estão corretas?

A) Apenas II.
B) Apenas III.
C) Apenas I e II.
D) Apenas I e III.
E) Apenas II e III.

(FUNDATEC 2018 – TÉCNICO - Mun. Rondinha) - QUESTÃO 16 – Quanto aos tempos, aos
modos e às conjugações verbais, analise as seguintes proposições:

I. Na frase “tendemos a achar que ninguém mais tem conseguido manter um relacionamento
sério” (l. 13 e 14), seria necessário iniciá-la por “tendíamos”, caso quiséssemos conjugar o
verbo “tender” no pretérito imperfeito do indicativo.
II. Na frase “o estudo descobriu que pessoas que fazem parte de círculos sociais mais
diversificados” (l. 22 e 23), o verbo “descobrir” está conjugado na terceira pessoa do singular do
pretérito perfeito do modo indicativo.
III. A frase “Considere dois chefs que usam a mesma receita de molho, mas com pimentões de
diferentes regiões” (l. 29 e 30) apresenta dois verbos conjugados no presente do indicativo.

Quais estão corretas?

A) Apenas I.
B) Apenas II.
C) Apenas I e II.
D) Apenas I e III.
E) Apenas II e III.

(FUNDATEC 2018 – TÉCNICO - Mun. Rondinha) - QUESTÃO 17 – Na frase “é fácil se sentir


fracassado e achar que sua vida está muito pior que a da maioria das pessoas do mundo — ainda
que seus amigos sejam privilegiados e, portanto, constituam uma exceção na sociedade como um
todo” (l. 25-27), as conjunções “ainda que” e “portanto” admitem substituição, preservando-se o
sentido original desse excerto, respectivamente, por:

A) Enquanto – logo.
B) Porquanto – por isso.
C) Conquanto – por conseguinte.
D) Desde que – não obstante.
E) Mesmo que – contudo.
(FUNDATEC 2018 – TÉCNICO - Mun. Rondinha) - QUESTÃO 18 – Na frase “Ainda é preciso
entender melhor as raízes desses julgamentos sociais tendenciosos” (l. 35), o termo “ainda” é
classificado como sendo advérbio de:

A) Modo.
B) Dúvida.
C) Intensidade.
D) Lugar.
E) Tempo.

(FUNDATEC 2018 – TÉCNICO - Mun. Rondinha) - QUESTÃO 19 – Quanto à regência verbal e ao


uso de pronomes, analise as seguintes afirmativas:

I. Na frase “Mas conviver com gente de opiniões diferentes das suas não é garantia de uma visão
mais realista das coisas” (l. 21 e 22), o verbo “conviver” deveria vir acompanhado da
preposição “de” para ser corrigido o problema da regência verbal.
II. A frase “pode-se pensar que se trata de receitas diferentes” (l. 31) ficaria devidamente ajustada
flexionando-se o verbo “tratar” para o plural.
III. Na frase “duas pessoas podem confiar no mesmo processo cognitivo” (l. 31 e 32), a regência do
verbo “confiar” acompanhado da contração “no” está adequada.

Quais estão corretas?

A) Apenas II.
B) Apenas III.
C) Apenas I e II.
D) Apenas I e III.
E) Apenas II e III.

(FUNDATEC 2018 – TÉCNICO - Mun. Rondinha) - QUESTÃO 20 – Na frase “se você for o único
do seu grupo com problemas financeiros, é fácil se sentir fracassado” (l. 24 e 25), quantas outras
palavras deveriam ser necessariamente modificadas para garantir a concordância verbal caso o
pronome “você” fosse flexionado para o plural?

A) Quatro.
B) Cinco.
C) Sete.
D) Nove.
E) Dez.
Instrução: As questões de números 21 a 30 referem-se ao texto abaixo.

Eles viram a Terra do Espaço, e isso os transformou


Por Nadia Drake

01 Para a maioria de nós, a Terra é o espaço que marca o horizonte da nossa existência. Aqui
02 ficamos, limitados pela força da gravidade e pelas características biológicas. Mesmo hoje, após
03 quase seis décadas de voos espaciais tripulados, raras pessoas tiveram a chance de contemplar
04 o Sol “nascendo” por.........da curvatura terrestre – desde 1961, exatas 556 pessoas
desfrutaram
5 dessa experiência única. Um número ainda menor, meros 24 indivíduos, a Terra encolher
6 ao longe, ficando cada vez menor até virar um disco de diâmetro tão pequeno quanto o de um
07 relógio de pulso. E apenas seis pessoas ficaram sozinhas no outro lado da Lua, impossibilitadas
08 de avistar o nosso planeta. Tal experiência pode mudar a concepção de mundo da pessoa.
09 Depois de viajar duas vezes no ônibus espacial Discovery, a astronauta americana Nicole
10 Stott descobriu em si um novo impulso para criar obras de arte que representassem o que viu.
11 Já o canadense Chris Hadfield conta que, enquanto estava em órbita ao redor da Terra, se
sentiu
12 mais conectado aos habitantes do planeta que em qualquer outro momento da sua vida. Kathy
13 Sullivan, que, em 1984, tornou-se a primeira americana a realizar atividades............no espaço,
14 retornou assombrada com os complexos sistemas que se imbricam para fazer da Terra um
15 improvável oásis. “No decorrer desses voos, foi crescendo em mim um desejo e uma vontade
16 concretos [...] de não só apreciar aquelas vistas e registrá-las em imagens”, conta ela, “mas,
17 sobretudo, de fazer algo relevante e útil.” Ao se aposentar da Nasa, Sullivan dirigiu o órgão
federal
18 americano que cuida de assuntos referentes aos oceanos e à atmosfera durante três anos,
19 recorrendo aos olhos robóticos dos satélites orbitais para o seu trabalho. Segundo ela, o nosso
20 planeta é de uma incrível beleza, a astronauta jamais se entediava.
21 Veterano de três missões espaciais da Nasa, entre 1997 e 2003, Ed Lu deu uma olhada no
22 planeta e ficou impressionado com as imensas crateras abertas na crosta por impactos de
origem
23 externa. Em 2002, ele ajudou a criar a B612 Foundation, organização que se dedica
24 que chama de “engenharia na maior escala concebível”, com o objetivo de evitar qualquer
choque
25 devastador de asteroides na Terra. Em 1968, pela primeira vez na história, a missão Apollo 8
26 levou as primeiras pessoas para bem longe da Terra, em uma volta ao redor da Lua. Na véspera
27 de Natal, o astronauta William Anders registrou uma imagem que iria se tornar inesquecível: um
28 mundo vicejante erguendo-se acima do árido e esburacado horizonte lunar. Hoje conhecida
como
29 o “Nascer da Terra”, essa foto contribuiu imensamente para ampliar a percepção da beleza e da
30 fragilidade do nosso planeta. “O ano de 2018 é o 50º aniversário dessa imagem emblemática
que
31 ajudou a definir o movimento ambientalista. Quais são as correções de trajetória que agora nos
32 cabe fazer para que consigamos chegar ao 100º aniversário?”, pergunta o americano Leland
33 Melvin. Junto a outros astronautas, ele está empenhado em um projeto para reavaliar o modo
34 como equilibramos a saúde ambiental e as necessidades humanas, em busca de formas de vida
35 mais sustentáveis.
36 A vontade de proteger o planeta é comum entre aqueles que tiveram a chance de deixá-lo.
37 O cosmonauta russo Gennady Padalka é o ser humano que acumulou mais dias no espaço. O
38 fascínio das viagens espaciais o manteve em atividade por 28 anos, mas algo ainda mais forte
39 que a gravidade continuou a trazê-lo de volta para casa. “Estamos geneticamente vinculados a
40 este planeta”, analisa ele. E, por enquanto, somente a Terra reúne as condições para a
41 manutenção da vida como a conhecemos. A última década de pesquisas astronômicas nos
42 mostrou que somos apenas um entre bilhões de planetas na galáxia da Via Láctea, mas essa
43 mescla específica de características geológicas, ecológicas e biológicas, hoje, faz deste estranho
44 mundo rochoso o único que é perfeito para nós, seres humanos. Por isso, não há nada
comparável
45 ao nosso lar.

Fonte: https://www.nationalgeographicbrasil.com/espaco/2018/02/eles-viram-terra-do-espaco (Texto


adaptado especialmente para esta prova.)
(FUNDATEC 2018 – SUPERIOR - Mun. Três de Maio/RS) - QUESTÃO 21 – Assinale a
alternativa que preenche, correta e respectivamente, as lacunas pontilhadas das linhas 04, 05 e 13.

A) trás – viram – extra-veiculares


B) trás – viu – extraveiculares
C) traz – viram – extra-veiculares
D) tráz – viram – extra veiculares
E) traz – viu – extraveiculares

(FUNDATEC 2018 – SUPERIOR - Mun. Três de Maio/RS) - QUESTÃO 22 – Assinale a


alternativa que completa com correção as lacunas tracejadas das linhas 20 e 23 respectivamente.

A) diante da qual – àquilo


B) com cuja – aquilo
C) na qual – àquela
D) de cuja – a aquilo
E) com que – aquela

(FUNDATEC 2018 – SUPERIOR - Mun. Três de Maio/RS) - QUESTÃO 23 – A frase “Tal


experiência pode mudar a concepção de mundo da pessoa” (l. 08) é justificada em vários momentos
do texto, mas NÃO se refere:

A) Ao assombro do astronauta William Anders diante da cena antitética: um mundo vicejante


erguendo-se acima do árido e esburacado horizonte lunar.
B) Ao paradoxo de Chris Hadfield sentir-se mais conectado aos habitantes do planeta, estando em
órbita ao redor da Terra.
C) Ao fato de que nós, seres humanos, somos limitados pela força da gravidade e pelas
características biológicas.
D) Ao fato de ex-astronautas engajarem-se em causas que visam à proteção do planeta Terra.
E) À percepção – sob um ponto de vista de vista privilegiado – do quanto o planeta Terra é belo e
frágil ao mesmo tempo.

(FUNDATEC 2018 – SUPERIOR - Mun. Três de Maio/RS) - QUESTÃO 24 – Considere os


seguintes trechos do texto e os elementos de coesão que aparecem neles.

I. Diâmetro tão pequeno quanto o de um relógio de pulso (l. 06 e 07)


II. Enquanto estava em órbita (l. 11)
III. Mais conectado aos habitantes do planeta que em qualquer outro momento da sua vida (l. 12)
IV. Não só apreciar aquelas vistas e registrá-las em imagens (...) mas, sobretudo, de fazer algo
relevante e útil (l. 16 e 17).

Assinale a alternativa em que se faz uma afirmação INCORRETA sobre o sentido estabelecido por
esses nexos.

A) Nos fragmentos I e III, há comparação.


B) Em II, o nexo indica uma oração temporal.
C) Em I, II e III, há nexos típicos de orações adverbiais.
D) Em IV, há nexo coordenativo.
E) Em IV, o sentido do nexo é de oposição, adversativo.
(FUNDATEC 2018 – SUPERIOR - Mun. Três de Maio/RS) - QUESTÃO 25 – Identifique os
fenômenos fonéticos que ocorrem nos vocábulos da Coluna 2, relacionando-os aos seus respectivos
nomes, constantes na Coluna 1.

Coluna 1
1. Dígrafo.
2. Encontro consonantal.
3. Hiato.
4. Ditongo.
Coluna 2
( ) necessidades ( ) chances
( ) concepção ( ) oasis
( ) perfeito

A ordem correta de preenchimento dos parênteses, de cima para baixo, é:

A) 1 – 2 – 2 – 3 – 4.
B) 1 – 1 – 2 – 3 – 4.
C) 2 – 2 – 1 – 4 – 3.
D) 4 – 1 – 1 – 3 – 2.
E) 3 – 4 – 2 – 1 – 1.

(FUNDATEC 2018 – SUPERIOR - Mun. Três de Maio/RS) - QUESTÃO 26 – Considere o que se


afirma sobre o seguinte período do texto:
“Depois de viajar duas vezes no ônibus espacial Discovery, a astronauta americana Nicole
Stott descobriu em si um novo impulso para criar obras de arte que representassem o que viu”.

I. Há cinco orações no período, que é composto por subordinação.


II. A primeira oração tem valor de advérbio.
III. Há duas orações adjetivas restritivas.
IV. A segunda oração é a principal.

Quais estão corretas?

A) Apenas I e II.
B) Apenas II e IV.
C) Apenas I, III e IV.
D) Apenas II, III e IV.
E) I, II, III e IV.

(FUNDATEC 2018 – SUPERIOR - Mun. Três de Maio/RS) - QUESTÃO 27 – Assinale V,


se verdadeiro, ou F, se falso, nas seguintes considerações sobre o seguinte período do texto:
“A última década de pesquisas astronômicas nos mostrou que somos apenas um entre bilhões de
planetas na galáxia da Via Láctea (...)”.

( ) O núcleo do sujeito da primeira oração é pesquisas.


( ) Na segunda oração, o sujeito é oculto, indicado pela 1ª pessoa do plural do verbo.
( ) O verbo mostrou tem dois complementos: um pronome oblíquo e uma oração substantiva. ( ) O
termo nos tem função de objeto indireto.
( ) O termo da Via Láctea tem função de complemento nominal.

A ordem correta de preenchimento dos parênteses, de cima para baixo, é:

A) F – F – F – V – V.
B) F – V – V – V – F.
C) V – F – F – V – F.
D) V – V – F – F – F.
E) V – V – V – F – V.
(FUNDATEC 2018 – SUPERIOR - Mun. Três de Maio/RS) - QUESTÃO 28 – Assinale a
alternativa em que um dos vocábulos, retirados do texto, apresenta mais fonemas do que letras.

A) galáxia – concepção
B) terrestre – engenharia
C) ambiental – fascínio
D) geneticamente – pesquisas
E) humano – existência

(FUNDATEC 2018 – SUPERIOR - Mun. Três de Maio/RS) - QUESTÃO 29 – Os vocábulos a


seguir, retirados do texto, têm o acento gráfico determinado pela regra referente às palavras
paroxítonas, EXCETO:

A) improvável – oásis
B) útil – sustentáveis
C) sustentáveis – improvável
D) saúde – ônibus
E) láctea – fascínio

(FUNDATEC 2018 – SUPERIOR - Mun. Três de Maio/RS) - QUESTÃO 30– Considere o seguinte
período retirado do texto e as propostas de reescrita:

“Veterano de três missões espaciais da Nasa, entre 1997 e 2003, Ed Lu deu uma olhada no
planeta e ficou impressionado com as imensas crateras abertas na crosta por impactos de origem
externa.”

I. Ed Lu, veterano de três missões espaciais da Nasa (entre 1997 e 2003), deu uma olhada no
planeta e ficou impressionado com as imensas crateras abertas na crosta por impactos de origem
externa.
II. O veterano de três missões espaciais da Nasa, entre 1997 e 2003, Ed Lu, deu uma olhada no
planeta, e ficou impressionado com as imensas crateras abertas na crosta, por impactos de
origem externa.
III. Entre 1997 e 2003, Ed Lu participou de três missões espaciais da Nasa; nessa época, olhando o
planeta, ficou impressionado com as imensas crateras abertas na crosta por impactos de origem
externa.
IV. Ed Lu ficou impressionado com as imensas crateras abertas na crosta da Terra por impactos de
origem externa, ele é veterano de três missões espaciais da Nasa; entre 1997 e 2003.

Quais delas apresentam pontuação INACEITÁVEL sob o ponto de vista da Norma Gramatical?
(Desconsidere eventuais alterações de sentido).

A) Apenas II.
B) Apenas I e III.
C) Apenas II e IV.
D) Apenas I, III e IV.
E) I, II, III e IV.
Instrução: As questões de números 31 a 40 referem-se ao texto abaixo. Os destaques ao
longo do texto estão citados nas questões.

Facebook: hora de compartilhar ou desgrudar?


Por Alexandre Matias

0 O senador norte-americano Dick Durbin olhava para o criador do Facebook, Mark


1 Zuckerberg, por cima dos óculos, durante o interrogatório que o dono da maior rede social do
0 planeta atravessou no início de abril. “Você ficaria vontade em compartilhar conosco o
2 nome do hotel em que ficou na noite passada?”, perguntou. “Ahn…”, balbuciou o cacique de
0 uma tribo digital com mais de dois bilhões de pessoas, para responder em seguida, com um
3 sorriso constrangido, “não”. A resposta foi recebida com uma explosão de gargalhadas dos
0 presentes na sessão do senado americano, em Washington.
4 O inquérito respondido por Zuckerberg dizia respeito ao escândalo envolvendo maior
0 rede social do mundo, que fora usada pela consultoria política inglesa Cambridge Analytica
5 como plataforma digital para sugar dados de quase 90 milhões de pessoas e depois manipular
0 suas escolhas online para que elas fossem refletidas em votos. A Cambridge gaba-se de ter
6 sido decisiva em recentes terremotos políticos modernos, como a eleição de Donald Trump
0 nos EUA e o Brexit, referendo que desconectou o Reino Unido do Mercado Comum Europeu.
7 A bomba explodiu quando um ex-funcionário da empresa, o programador Christopher
0 Wylie, veio público para revelar que a Cambridge Analytica havia usado um inocente teste
8 de personalidade postado na rede para drenar informações dos usuários do Facebook e
0 influenciar suas escolhas a partir de anúncios e posts patrocinados direcionados para
9 diferentes tipos de eleitores. A crise foi tamanha que a Cambridge anunciou em maio que
1 fechará suas portas.
0 O teste vinha dentro de um aplicativo que pedia para que o público entregasse todo o
1 tipo de informação sobre si mesmo armazenada pelo Facebook: agenda de contatos,
1 quantidade de likes, links clicados, histórico de buscas. A minúcia chegava ao extremo de
1 colher dados sobre pessoas que nem sequer estão na rede social, através de contatos digitais
2 diferentes, como a agenda de telefones no celular ou o histórico de e-mails daqueles que
1 aceitaram usar o app clicando inocentemente na caixinha de permissões do teste de
3 personalidade.
1 Embora o próprio Zuckerberg lave as mãos e diga que foram as pessoas que aceitaram
4 os termos de uso tanto do aplicativo quanto do Facebook, o fato é que a empresa controla
1 uma quantidade de informações pessoais cada vez maior e tem se tornado central na maioria
5 das conexões entre pessoas atualmente. Mesmo fora de seu domínio azul, Zuckerberg ainda
1 rastreia as pessoas pelo Instagram e pelo WhatsApp, duas ferramentas independentes que
6 tiveram saltos de popularidade e foram compradas pelo Facebook.
1 A era digital fez nascer um novo tipo de oligopólio: o dos dados pessoais.
7 Aproveitando-se da ingenuidade do público e de uma nova legislação norte-americana que
1 permitia a vigilância online após os atentados de 11 de setembro de 2001, novas empresas
8 passaram oferecer produtos online aparentemente gratuitos – sejam redes sociais, e-mails
1 online, aplicativos de comunicação e de relacionamento, serviços na nuvem e mapas
9 digitalizados – que coletam informações sobre cada passo dado por seus usuários. Ao aceitar
2 os termos de uso destes novos serviços, as pessoas aos poucos foram abrindo mão de sua
0 privacidade e até de sua liberdade, carregando dispositivos de monitoramento online em seus
2 bolsos.
1 Corporações como Google, Amazon, Facebook, Apple e Microsoft começaram a
2 desdobrar suas atividades para além de suas funções originais, aumentando o nível de
2 consentida invasão de privacidade de seus usuários. Conhecendo melhor seus clientes como
2 nenhum outro tipo de empresa na história, eles começaram a vender estas informações em
3 forma de publicidade, personalizando os anúncios de acordo com os hábitos digitais de seus
2 “consumidores” – que são, na realidade, o verdadeiro produto oferecido aos anunciantes pela
4 rede social.
2 Já o Facebook parece ter uma influência maior do que a simples inteligência artificial
5 bradada pela empresa. Ele bane a nudez (incluindo mães que amamentam), mas não tira do
2 ar cenas violentas, por alegada “liberdade de expressão”. No mesmo inquérito realizado nos
6 EUA, Zuckerberg assegurou que grupos de ódio são proibidos no Facebook, quando qualquer
2 usuário percebe a tendência belicosa por trás de comentários, likes e compartilhamentos.
7
2
8
2
9
3
0
3
1
3
2
3
3
3
4
3
5
3
6
3
7
3
8
3
9
4
0
4
1
4
2
4
3
4
4
4
5
4
6
4
7
4
8
4
9
Disponível em: https://www.livrariacultura.com.br/revistacultura/reportagens/facebook -
adaptação.
(FUNDATEC 2018 – MÉDIO - Mun. Três de Maio/RS) - QUESTÃO 31 – Considerando o exposto
no texto, analise as assertivas a seguir:

I. Mark Zuckerberg foi interrogado por ter entregue pessoalmente dados confidenciais de usuários
do Facebook.
II. O problema enfrentado por Zuckerberg teve conexões com a eleição de Donald Trump à
presidência dos EUA.
III. Os usuários não deram permissão para que o aplicativo da Cambridge Analytica tivesse acesso
às suas informações.

Quais estão corretas?

A) Apenas I.
B) Apenas II.
C) Apenas III.
D) Apenas I e II.
E) Apenas II e III.

(FUNDATEC 2018 – MÉDIO - Mun. Três de Maio/RS) - QUESTÃO 32 – Assinale a alternativa


INCORRETA acerca da estruturação do texto.

A) No primeiro parágrafo, apresenta-se uma situação constrangedora pela qual Zuckerberg passou
em seu interrogatório.
B) No segundo parágrafo, apresenta-se o problema no qual a empresa de Zuckerberg se envolveu.
C) No terceiro parágrafo, apresenta-se a situação que foi o estopim da crise envolvendo o Facebook.
D) No quarto parágrafo, explica-se a forma como Zuckerberg atuou no esquema de liberação de
informações.
E) No quinto parágrafo, chama-se a atenção para o poder do Facebook como detentor de
informações pessoais de seus usuários.

(FUNDATEC 2018 – MÉDIO - Mun. Três de Maio/RS) - QUESTÃO 33 – Considerando o emprego


do acento indicativo de crase, assinale a alternativa que completa corretamente as lacunas das linhas
03, 08, 15 e 33.

A) à – a – à – a
B) à – a – a – a
C) a – à – a – a
D) a – a – à – à
E) à – à – à – à

(FUNDATEC 2018 – MÉDIO - Mun. Três de Maio/RS) - QUESTÃO 34 – Considerando as funções


da palavra “que” na Língua Portuguesa, assinale a alternativa na qual ela NÃO esteja sendo
empregada como pronome relativo.

A) durante o interrogatório que o dono da maior rede social (l. 02).


B) nome do hotel em que ficou na noite passada (l.03-04).
C) que fora usada pela consultoria política inglesa Cambridge Analytica (l. 09).
D) para que elas fossem refletidas em votos (l. 11).
E) referendo que desconectou o Reino Unido do Mercado Comum Europeu (l. 13).
(FUNDATEC 2018 – MÉDIO - Mun. Três de Maio/RS) - QUESTÃO 35 – Considerando o sentido
das palavras em contexto, analise as assertivas a seguir a respeito do vocábulo “minúcia” (l.21).

I. Trata-se de substantivo feminino e poderia ser substituído por “coisa mínima” ou “bagatela”, um
de seus sentidos dicionarizados, sem alteração do sentido original do texto.
II. O significado mais adequado para a palavra seria “particularidade”, referindo-se ao nível de
detalhamento exigido pelo processo em questão.
III. O emprego da palavra na oração: “A minúcia com que o processo foi executado fez com que o
advogado fosse bem-sucedido” tem o mesmo sentido de seu emprego no texto.

Quais estão corretas?

A) Apenas I.
B) Apenas II.
C) Apenas I e II.
D) Apenas I e III.
E) Apenas II e III.

(FUNDATEC 2018 – MÉDIO - Mun. Três de Maio/RS) - QUESTÃO 36 – O trecho “A resposta foi
recebida com uma explosão de gargalhadas dos presentes na sessão do senado americano, em
Washington.” (l. 06-07) foi redigido na voz passiva. Sua correta transposição para a voz ativa, sem
alteração do sentido original da frase, é dada por:

A) Uma explosão de gargalhadas dos presentes na sessão recebeu-se a resposta do senado


americano, em Washington.
B) Uma explosão de gargalhadas dos presentes na sessão recebia a resposta do senado americano,
em Washington.
C) Uma explosão de gargalhadas dos presentes na sessão do senado americano, em Washington,
recebeu a resposta.
D) Uma explosão de gargalhadas dos presentes na sessão do senado americano, em Washington,
recebeu-se a resposta.
E) Uma explosão de gargalhadas dos presentes na sessão do senado americano, em Washington,
recebia-se a resposta.

(FUNDATEC 2018 – MÉDIO - Mun. Três de Maio/RS) - QUESTÃO 37 – Na linha 18, o vocábulo
“que” (primeira ocorrência) é empregado como ,
expressando a ideia de .

Assinale a alternativa que preenche, correta e respectivamente, as lacunas do trecho acima.

A) conjunção subordinativa – consequência


B) conjunção subordinativa – comparação
C) conjunção coordenativa – adição
D) conjunção integrante – adição
E) conjunção subordinativa – concessão
(FUNDATEC 2018 – MÉDIO - Mun. Três de Maio/RS) - QUESTÃO 38 – Considerando o
emprego dos sinais de pontuação, analise as assertivas a seguir:

I. Na linha 31, o emprego dos dois pontos deve-se à inserção de uma expressão explicativa,
referente ao vocábulo “oligopólio”.
II. Na linha 35, o emprego do travessão deve-se à introdução de uma fala em discurso direto.
III. A ocorrência das vírgulas na linha 39 deve-se a mesma situação de ocorrência de seu emprego
na linha 42: a separação de itens em uma enumeração.

Quais estão corretas?

A) Apenas I.
B) Apenas II.
C) Apenas III.
D) Apenas I e II.
E) Apenas I e III.

(FUNDATEC 2018 – MÉDIO - Mun. Três de Maio/RS) - QUESTÃO 39 – Na linha 08, a expressão
“dizia respeito” é seguida de uma preposição “a”, em virtude de sua regência. Analise as frases a
seguir e assinale a alternativa cuja lacuna poderia ser preenchida pela mesma preposição.

A) Ele visava os documentos no local reservado para sua assinatura.


B) Ele visava o cargo máximo da carreira.
C) Ele aspirou o perfume da flor.
D) Esqueci-me os fatos desagradáveis do dia.
E) Interessei-me esta pesquisa.

(FUNDATEC 2018 – MÉDIO - Mun. Três de Maio/RS) - QUESTÃO 40 – Considerando a função


das locuções adverbiais, assinale a alterativa que NÃO apresenta uma locução desse tipo.

A) no início de abril (l. 03).


B) nos EUA (l.12).
C) na rede (l. 16).
D) de 11 de setembro de 2001 (l. 33).
E) aos poucos (l. 37).
Instrução: As questões de números 41 a 50 referem-se ao texto abaixo.

Sua carreira combina com seu propósito de vida

01 Todos nós buscamos um propósito, um objetivo de vida. Um dos grandes sonhos da maioria
02 das pessoas está em conciliar carreira, família e lazer. Pesquisas revelam, como a da
International 03 Stress Management Association, realizada no Brasil, que diversos profissionais não
conseguem 04 trabalhar naquilo que mais gostam e despendem horas do seu dia executando
tarefas que não 05 propiciam prazer, tornando-se assim pessoas amargas e insatisfeitas. E muitos
se acostumam a 06 essa rotina maçante e passam, assim, grande parte de suas vidas infelizes. A
17ª edição da 07 pesquisa Carreira dos Sonhos, idealizada recentemente pela Cia de Talentos,
comprova que os 08 jovens atuais se preocupam com empresas que possuem um propósito definido
e com o impacto 09 que elas geram na sociedade, com relação ao meio ambiente e social, ,
diversidade e
10 inclusão. O que é maravilhoso, pois tempos atrás, quando os jovens tinham que decidir que
11 caminho percorrer profissionalmente, muitos optavam por cursos que, em princípio, tivessem
12 mais visibilidade e que no futuro remunerassem bem. Depois de um tempo, os olhares foram se
13 transformando e começou-se a construir uma carreira, com objetivos mais definidos. E, num
14 terceiro momento, já mais amadurecidos, os profissionais trabalham por algo que dê sentido à
15 vida, ou seja, que tenha um objetivo e uma finalidade.
16 O propósito vem com o autoconhecimento, da descoberta do que realmente importa e com a
17 consciência de que somos seres humanos únicos e exclusivos. Sabendo disso, identificamos
18 nossas habilidades, qualidades, nossos pontos fortes, que contribuem para que tenhamos os
19 melhores comportamentos e atitudes, mesmo diante das adversidades, além de nossos talentos.
20 Alinhamos nossos valores com os valores da empresa, encontrando aquilo em que somos bons e
21 que nos faz feliz. E assim, começamos a construir nossa identidade e nosso legado, com a prática,
22 paixão e persistência indispensáveis para se atingir objetivos, e conquistar o tão sonhado estado
23 de felicidade no trabalho. Hoje, encontramos muitos profissionais com anos de carreira e que
24 atuam em determinada área, mudando a sua trajetória profissional, com a vantagem de ter vasta
25 experiência no mercado de trabalho e também de vida, e que se dispõem a encontrar algo que
26 faça sentido e que os realizem e os levem ao caminho da felicidade. Graças ao autoconhecimento,
27 identificam seus talentos. Profissionais satisfeitos tendem a ser mais produtivos, criativos e a
28 encararem o mundo de forma positiva, com otimismo estampado no rosto, além de se arriscarem
29 mais, pois enxergam oportunidades que outras pessoas não , atuando lado a lado com a
30 sua autoestima e as relações interpessoais.
31 A felicidade e equilíbrio entre carreira e propósito de vida é a consequência de todas as
32 pequenas mudanças que você fizer agora. Conecte-se com você e valorize seu tempo livre,
33 desfrute de um hobby que lhe dê prazer, determine metas de acordo com a sua realidade, seja
34 coerente consigo e, portanto, faça valer a pena! Busque ser feliz e descubra os seus objetivos, e
35 sua carreira fará todo sentido na sua vida. Desafie-se a ter uma trajetória de significados,
36 entendendo o que você faz de melhor, alinhando o seu trabalho com a sua essência e, assim,
37 seja uma pessoa realizada!

Texto adaptado especialmente para esta prova. Disponível em https://exame.abril.com.br/carreira/sua-


carreira-combina-com-o-seu-proposito-de-vida-descubra/. Acesso em 27 ago. 2018.
(FUNDATEC 2018 – SUPERIOR - Cam. Eldorado do Sul/RS) - QUESTÃO 41 – Sobre o que o
texto explicita, é correto afirmar que:

A) A amargura e a insatisfação no trabalho se deve ao que é revelado pelas pesquisas.


B) Conciliar carreira, família e lazer é o principal desejo de todos os profissionais.
C) Optar por cursos que remuneram melhor e proporcionam mais visibilidade é uma tendência que
começou há pouco tempo na vida dos jovens.
D) O caminho para poder traçar um objetivo profissional se abre através do autoconhecimento, a
partir da descoberta de virtudes, talentos e pontos fortes que podem ser identificados
individualmente.
E) Grandes mudanças são constantemente necessárias para que carreira e propósito de vida
encontrem a felicidade e o equilíbrio.

(FUNDATEC 2018 – SUPERIOR - Cam. Eldorado do Sul/RS) - QUESTÃO 42 – Por qual termo o
verbo “despender” (l. 04), conjugado no presente do subjuntivo, pode ser corretamente substituído a
fim de manter o sentido original da mensagem contida no texto?

A) Disponibilizam.
B) Pagam.
C) Gastam.
D) Endividam.
E) Desembolsam.

(FUNDATEC 2018 – SUPERIOR - Cam. Eldorado do Sul/RS) - QUESTÃO 43 – Assinale a


alternativa que, levando-se em conta o Novo Acordo Ortográfico e o contexto das frases, preenche
corretamente as lacunas pela ordem em que aparecem no texto.

A) bem estar – veem


B) bem estar – vêm
C) bem-estar – vêm
D) bem-estar – vêem
E) bem-estar – veem

(FUNDATEC 2018 – SUPERIOR - Cam. Eldorado do Sul/RS) - QUESTÃO 44 – Assinale a


alternativa que apresenta uma frase retirada do texto marcada pela presença da voz verbal reflexiva.

A) E muitos se acostumam a essa rotina maçante e passam, assim, grande parte de suas vidas
infelizes.
B) Muitos optavam por cursos que, em princípio, tivessem mais visibilidade e que no futuro
remunerassem bem.
C) Os profissionais trabalham por algo que dê sentido à vida.
D) Encontramos muitos profissionais com anos de carreira e que atuam em determinada área,
mudando a sua trajetória profissional.
E) Profissionais satisfeitos tendem a ser mais produtivos, criativos e a encararem o mundo de forma
positiva.

(FUNDATEC 2018 – SUPERIOR - Cam. Eldorado do Sul/RS) - QUESTÃO 45 – Para manter a


coerência do conteúdo transmitido pelo texto, a conjunção coordenativa explicativa “pois”,
encontrada na linha 29, pode ser corretamente substituída por:

A) Logo.
B) Porquanto.
C) Conquanto.
D) No entanto.
E) Embora.
(FUNDATEC 2018 – SUPERIOR - Cam. Eldorado do Sul/RS) - QUESTÃO 46 – Na frase
“profissionais satisfeitos tendem a ser mais produtivos, criativos e a encararem o mundo de forma
positiva, com otimismo estampado no rosto, além de se arriscarem mais” (l. 27-29), se o termo
“profissionais” fosse flexionado no singular e antecedido pelo artigo definido “o”, quantas palavras,
excluindo-se estas duas da contagem, precisariam ser modificadas para garantir a correta
concordância verbo-nominal?

A) Três.
B) Quatro.
C) Cinco.
D) Seis.
E) Sete.

(FUNDATEC 2018 – SUPERIOR - Cam. Eldorado do Sul/RS) - QUESTÃO 47 – Na frase


“começou-se a construir uma carreira”, tem-se o uso da voz passiva sintética, em que o pronome
apassivador “se” está associado a um verbo ativo da terceira pessoa. Em qual das seguintes
alternativas pode ser notada essa mesma ocorrência?

A) Alugou-se a casa no mês passado.


B) Necessitou-se de funcionários experientes.
C) Comeu-se bem naquele restaurante.
D) Precisou-se de ajudantes esforçados.
E) Trata-se de histórias muito engraçadas.

(FUNDATEC 2018 – SUPERIOR - Cam. Eldorado do Sul/RS) - QUESTÃO 48 – Qual das


seguintes frases retiradas do texto é caracterizada pela existência de ERRO em relação à regência
verbal?

A) Todos nós buscamos um propósito, um objetivo de vida.


B) Diversos profissionais não conseguem trabalhar naquilo que mais gostam.
C) Os olhares foram se transformando e começou-se a construir uma carreira, com objetivos mais
definidos.
D) Graças ao autoconhecimento, identificam seus talentos.
E) Busque ser feliz e descubra os seus objetivos.

(FUNDATEC 2018 – SUPERIOR - Cam. Eldorado do Sul/RS) - QUESTÃO 49 – Sobre a


pontuação utilizada em alguns fragmentos do texto, considere as seguintes proposições:

I. Na frase “a 17ª edição da pesquisa Carreira dos Sonhos, idealizada recentemente pela Cia de
Talentos, comprova que os jovens atuais se preocupam com empresas que possuem um
propósito definido”, as vírgulas cumprem o papel de separar uma oração de caráter explicativo.
II. Se na frase “sabendo disso, identificamos nossas habilidades, qualidades, nossos pontos fortes,
que contribuem para que tenhamos os melhores comportamentos e atitudes” a primeira vírgula
fosse substituída por reticências, a hesitação do autor seria uma das possibilidades
interpretativas para justificar o emprego do referido sinal de pontuação.
III. Se o último período do texto terminasse com ponto de interrogação em vez de ponto de
exclamação, a compreensão da mensagem seria a mesma por não despertar a dúvida no leitor
em relação ao que é exposto pelo autor.

Quais estão corretas?

A) Apenas I.
B) Apenas II.
C) Apenas III.
D) Apenas I e II.
E) Apenas I e III.
(FUNDATEC 2018 – SUPERIOR - Cam. Eldorado do Sul/RS) - QUESTÃO 50 – No que se refere à
coesão textual, considere as seguintes afirmações:

I. A forma verbal “conseguem” (l. 03), devidamente conjugada no presente do indicativo, está
retomando “Pesquisas” (l. 02).
II. O pronome “suas” (l. 06) está retomando diretamente a palavra “horas” (l. 04).
III. A forma verbal “identificam” (l. 27), devidamente conjugada no presente do indicativo, está
retomando “muitos profissionais com anos de carreira e que atuam em determinada área,
mudando a sua trajetória profissional” (l. 23-24).

Quais estão corretas?

A) Apenas I.
B) Apenas II.
C) Apenas III.
D) Apenas I e II.
E) Apenas I e III.
Instrução: As questões de números 51 a 59 referem-se ao texto abaixo. Os destaques ao
longo do texto estão citados nas questões.

Se você não tira folga do seu trabalho, está fazendo tudo errado com sua saúde

Homens que têm menos de três semanas de férias no ano são mais propensos a morrer cedo

01 Você está colocando salada no prato, batendo cartão na academia em vários dias da
02 semana e… trabalhando sem parar? Pode parar. De nada adianta incluir bons hábitos na sua
03 rotina se você não tira dias de descanso da firma. E quem está falando é a ciência: um estudo
04 da Universidade de Helsinque, na Finlândia, apresentado no último dia 28 de agosto no
05 congresso da Sociedade ….............. de Cardiologia, mostra que quem tem menos de três
06 semanas de férias durante o ano está mais propenso a morrer precocemente.
07 O alerta vale especialmente para os homens, já que o estudo analisou 1.222
08 participantes do sexo masculino, que foram acompanhados durante 40 anos. Todos os
09 voluntários contavam com ao menos um fator de risco cardiovascular, como fumar, ser
10, ter colesterol alto, diabetes ou sobrepeso.
11 Eles foram divididos em dois grupos: um que recebeu indicações precisas dos
12 pesquisadores e outro que atuou como controle. O primeiro foi orientado, durante quatro
13 meses, praticar exercícios aeróbicos (como corrida, natação e esportes de quadra), adotar
14 uma dieta saudável, emagrecer e parar de fumar. Em alguns casos, houve até indicação de
15 medicamentos para controlar a pressão arterial e o colesterol. A segunda turma apenas
16 recebeu orientações básicas e não contou com o acompanhamento próximo dos cientistas.
17 A equipe que foi monitorada de perto apresentou, inicialmente, melhora na saúde
18 cardiovascular. Mas, depois de 15 anos, mais gente dessa galera tinha morrido. Quatro
19 décadas após o início da investigação, os cientistas avaliaram novamente os participantes e
20 prestaram atenção em fatores como rotina de trabalho, sono e períodos de descanso. E veja
21 só: o pessoal com maior probabilidade de perder vida eram aqueles que trabalhavam muito
22 e descansavam pouco – e boa parte deles estava no grupo que precisou “andar na linha”.
23 “O estilo de vida estressante pode ter se sobreposto a qualquer benefício da intervenção
24 que fizemos. É possível também que as regras impostas tenham adicionado ainda mais
25 …............ à rotina deles”, comenta, em nota __ imprensa, Timo Strandberg, autor do estudo.
26 Os resultados mostram que os homens que haviam tirado três semanas ou menos de férias
27 durante o ano tinham um risco 37% maior de morrer em comparação aos que descansaram
28 por mais tempo.
29 Para Strandberg, a pesquisa mostra o quão essencial é evitar que o stress tome conta do
30 dia a dia – principalmente no caso de quem tem problemas cardiovasculares. “Não pense que
31 certos hábitos saudáveis vão compensar por trabalhar demais e não tirar dias de descanso”,
32 alerta o pesquisador. E aí, quando serão suas próximas férias?

Fonte: https://super.abril.com.br/saude/se-voce-nao-tira-folga-do-trabalho-esta-fazendo-tudo-
errado-com-sua-saude/
(FUNDATEC 2018 – MÉDIO - Cam. Eldorado do Sul/RS) - QUESTÃO 51 – Para preencher,
correta e respectivamente, as lacunas das linhas 13, 21 e 25, considere as regras de regência no
que concerne ao acento indicativo de crase.

A)a –a–à
B) a – a – a
C) à – à – à
D) à – à – a
E) a – à – à

(FUNDATEC 2018 – MÉDIO - Cam. Eldorado do Sul/RS) - QUESTÃO 52 – Analise as seguintes


assertivas sobre o texto e assinale V, se verdadeiras, ou F, se falsas.

( ) Bons hábitos na rotina, tais como alimentação saudável e exercícios físicos, não são suficientes
para prevenir a morte prematura.
( ) O estudo traz evidências de que, independente do sexo, deve-se priorizar o descanso para não
morrer cedo.
( ) A porcentagem de risco de morte entre os participantes que tiraram até três semanas de férias
era maior comparada com os que descansaram mais, o que evidencia os benefícios do descanso
para o homem.
( ) De acordo com o autor do estudo, para quem tem problemas de coração, deve-se pensar não só
nos hábitos saudáveis, mas também na diminuição do stress diário.

A ordem correta de preenchimento dos parênteses, de cima para baixo, é:

A) V – F – V – V.
B) F – F – F – V.
C) V – F – F – V.
D) V – V – V – F.
E) F – V – V – F.

(FUNDATEC 2018 – MÉDIO - Cam. Eldorado do Sul/RS) - QUESTÃO 53 – Analise as seguintes


assertivas sobre ideias principais e secundárias do texto:

I. É possível depreender do questionamento inicial do texto que comer salada e fazer academia
são hábitos saudáveis.
II. A morte de participantes, 15 anos depois da realização do estudo, e os dados obtidos depois de
40 anos do início da investigação demonstraram que é mais provável perder a vida quando se
trabalha muito e se descansa pouco.
III. A afirmação do autor do estudo, no penúltimo parágrafo, não é definitiva, pois ele utiliza termos
que indicam possibilidade.

Quais estão corretas?

A) Apenas I.
B) Apenas II.
C) Apenas III.
D) Apenas II e III.
E) I, II e III.

(FUNDATEC 2018 – MÉDIO - Cam. Eldorado do Sul/RS) - QUESTÃO 54 – Relacione as


palavras da Coluna 1 com as propostas de substituições da Coluna 2, estabelecendo as devidas
relações de sentido.

Coluna 1
1. propenso (l. 06).
2. adotar (l. 13).
3. sobreposto (l. 23).
4. compensar (l. 31).
Coluna 2
( ) Contrabalançar.
( ) Posto sobre.
( ) Tendente.
( ) Escolher.

A ordem correta de preenchimentos dos parênteses, de cima para baixo, é:

A) 1 – 2 – 3 – 4.
B) 4 – 3 – 2 – 1.
C) 4 – 3 – 1 – 2.
D) 3 – 2 – 1 – 4.
E) 2 – 1 – 3 – 4.

(FUNDATEC 2018 – MÉDIO - Cam. Eldorado do Sul/RS) - QUESTÃO 55 – Analise as seguintes


palavras retiradas do texto e as afirmações que vem a seguir:

 Acompanhados.
 Cardiovascular.
 Participantes.

I. Todas as palavras apresentam dígrafo.


II. Há apenas uma palavra com mais de um dígrafo.
III. Há apenas uma palavra que apresenta dois encontros consonantais.

Quais estão corretas?

A) Apenas I.
B) Apenas II.
C) Apenas III.
D) Apenas II e III.
E) I, II e III.

(FUNDATEC 2018 – MÉDIO - Cam. Eldorado do Sul/RS) - QUESTÃO 56 – Analise as seguintes


assertivas sobre a pontuação do texto:

I. As vírgulas da linha 04 justificam-se pela mesma regra da vírgula da linha 25 (quarta


ocorrência), ou seja, separam um aposto.
II. As duas vírgulas da linha 14 apresentam a mesma justificativa, são orações intercaladas.
III. A vírgula da linha 19 demarca um adjunto adverbial deslocado.

Quais estão corretas?

A) Apenas I.
B) Apenas II.
C) Apenas III.
D) Apenas II e III.
E) I, II e III.

(FUNDATEC 2018 – MÉDIO - Cam. Eldorado do Sul/RS) - QUESTÃO 57 – Analise as assertivas


a seguir, assinalando C, se corretas, ou I, se incorretas, sobre a relação entre sujeito e verbo.

( ) prestaram (l. 20) – “os cientistas” (l. 19).


( ) tinham (l. 27) – “os resultados” (l. 26).
( ) mostra (l. 05) – “a ciência” (l. 03).
( ) apresentou (l. 17) – “a equipe” (l. 17).

A ordem correta de preenchimento dos parênteses, de cima para baixo, é:

A) C – C – I – I.
B) C – I – C – I.
C) C – I – I – C.
D) I – C – C – I.
E) I – C – I – C.
(FUNDATEC 2018 – MÉDIO - Cam. Eldorado do Sul/RS) - QUESTÃO 58 – Assinale a alternativa
na qual NÃO há ocorrência do pronome relativo “que”.

A)“O alerta vale especialmente para os homens, já que o estudo analisou 1.222 participantes do
sexo masculino”.
B) “O estilo de vida estressante pode ter se sobreposto a qualquer benefício da intervenção que
fizemos.”
C) “A equipe que foi monitorada de perto apresentou, inicialmente, melhora na saúde
cardiovascular.”
D)“o pessoal com maior probabilidade de perder vida eram aqueles que trabalhavam muito e
descansavam pouco”
E) Os resultados mostram que os homens que haviam tirado três semanas ou menos de férias
durante o ano tinham um risco 37% maior de morrer em comparação aos que descansaram por
mais tempo.

(FUNDATEC 2018 – MÉDIO - Cam. Eldorado do Sul/RS) - QUESTÃO 59 – Preencha, correta


e respectivamente, as lacunas pontilhadas das linhas 05, 10 e 25, considerando as regras
ortográficas.

A) Européia – hipertenço – tensão


B) Europeia – hipertenso – tenção
C) Europeia – hipertenço – tensão
D) Europeia – hipertenso – tensão
E) Européia – hipertenso – tenção
Instrução: As questões de números 60 a 70 referem-se ao texto abaixo. Os destaques ao
longo do texto estão citados nas questões.
Os processos decisórios do ser
01 Ana acorda todos os dias às 7 horas da manhã, toma seu café acompanhado de algumas
02 torradas com requeijão, checa a previsão do tempo, se veste de acordo com a temperatura, olha
03 como está o trânsito – se a avenida principal de sua cidade está parada, não é uma boa ir de
04 carro hoje. Pega o metrô, para em um restaurante para o seu segundo café do dia, entra no
05 prédio onde trabalha, sobe pela escada porque hoje não vai dar tempo de ir academia,
06 senta ao computador, abre a página de notícias, se desespera com a violência na cidade (talvez
07 seja melhor se mudar para um lugar mais tranquilo). Envia alguns e-mails, responde alguns
08 outros. Chega a hora do almoço, hoje ela está com vontade de comida japonesa. Vai ao
09 restaurante mais gostoso, porque o vale-refeição caiu nessa mesma semana. Parte para o terceiro
10 café do dia. Tem reunião tarde, é melhor reservar alguns minutos antes para se preparar. A
11 reunião corre sonolenta, mas alguns pontos são resolvidos. Ana vê as redes sociais e faz alguns
12 testes do Buzzfeed. Ela volta responder alguns e-mails e depois foca na grande apresentação
13 que tem de fazer na próxima semana. Os amigos da faculdade mandam mensagens no WhatsApp,
14 ela responde na hora. O que vão fazer neste fim de semana? Chega o final do dia, o trânsito está
15 mais tranquilo, Ana pede um Uber para casa, já que o metrô está caótico. Chega, alimenta os
16 gatos, liga a televisão, fica 30 minutos procurando o que assistir na Netflix, vê alguns episódios
17 daquela série que a chefe recomendou. Não gosta muito, mas é bom ter assunto com a chefia. É
18 melhor ir dormir para não perder a hora amanhã. Corre a mão pelo feed do Facebook. Sua prima
19 se casou. Agora é melhor ir dormir mesmo. Bota o celular para despertar às 7 horas.
20 Identificou-se com Ana? Provavelmente há vários pontos em seu dia que são comuns aos
21 dela. Mas tem uma coisa que se repete durante toda a rotina de Ana, assim como na sua e na
22 minha, e que de tão intrínseco nem todos percebem: a necessidade constante de tomar decisões.
23 Sim, desde o acordar até a hora de ir dormir, desde o seu nascimento até o fim de sua vida. Tudo
24 isso é feito e construído por meio das suas decisões, sejam elas grandes ou pequenas,
25 conscientes ou inconscientes. Mas não se assuste ou se deixe levar pela ansiedade. “Cada vez,
26 cada dia, nós tomamos decisões. E em nossa mente acontece um verdadeiro conflito entre lógica,
27 intuição e racionalidade. Todas as nossas ações são distintas, caracterizadas por esse
28 acontecimento”, revela o psiquiatra e filósofo italiano Mauro Maldonato.
29 Claro que, senão todas, muitas dessas decisões do cotidiano acontecem no âmbito de
30 nosso inconsciente, ou seja, não estamos o tempo inteiro refletindo sobre cada ação que devemos
31 tomar, o que acarretaria um fluxo insano de informações mente. “Quando tomamos uma
32 decisão, muitas vezes acreditamos que estamos fazendo algo consciente, quando na verdade é
33 totalmente inconsciente. Todo esse processo ocorre numa camada abaixo do consciente. O que
34 acontece é que nesse momento o seu cérebro começa a calcular muitas coisas e possibilidades e
35 você não está nem ciente de toda essa atividade que está acontecendo nele”, descreve o
36 neurocientista argentino Mariano Sigman.
37 Segundo ele, apesar de não acompanharmos esse processo na íntegra, nosso corpo nos
38 comunica sobre o momento decisório: “Toda essa atividade de nossa mente, tudo isso manda um
39 sinal para o seu corpo, o batimento cardíaco aumenta, a pele começa a suar. Enfim, é como se o
40 seu cérebro estivesse preparando o seu corpo para alguma coisa, algum acontecimento”.
41 É interessante notar, como atesta o professor de filosofia da USP Roberto Bolzani Filho,
42 que as “deliberações que preparam tomadas de decisões resultam da maneira como vemos o
43 mundo e os valores que encontramos nele, ao mesmo tempo em que, inevitavelmente, levamos
44 em conta, de forma prioritária, nossos interesses pessoais”.
45 É nessa conjuntura que formamos uma bagagem emocional e psíquica acerca de nossas
46 escolhas, as quais se acumulam e crescem, dando sentido à trajetória de vida. Assim como nos
47 conhecermos como indivíduos frente aos problemas e questões que a vida nos propõe. “A tomada
48 de decisões faz com que entendamos o modo como lidamos com situações cotidianas. Se somos
49 mais impulsivos e tomamos decisões mais rapidamente, somos considerados mais ativos perante
50 a vida, do contrário, somos mais conservadores em nosso modo de reagir e considerados mais
51 passivos. No entanto, essas características não são estanques e podem mudar de acordo com as
52 situações que passamos. O ser humano é sempre capaz de se adaptar e se transformar, e os
53 processos decisórios nos indicam o quanto podemos ser diferentes em cada situação”, finaliza
54 Clarice Paulon, psicologa membro do Conselho Regional de Psicologia de São Paulo.
(Fonte: Renata Volmério – Revista da Cultura – disponível em:
https://www.livrariacultura.com.br/revistadacultura/reportagens/decisoes – adaptação)
(FUNDATEC 2018 - Superior – Mun. E) a – a – à – a
Manpituba) - QUESTÃO 60 – Analise as (FUNDATEC 2018 - Superior – Mun.
assertivas a seguir, considerando o exposto no Manpituba) - QUESTÃO 63 – Assinale a
texto: alternativa cujo elemento conectivo expresse a
correta relação de causa e consequência entre
I. O assunto principal do texto é a presença as ações do cotidiano de Ana.
inexorável do processo decisório mesmo
A) Ana vai de metrô em que pese estar a
em pequenas decisões cotidianas.
avenida principal parada.
II. O texto utiliza uma passagem narrativa
B) Ana sobe de escada, portanto não vai ter
como forma de fundamentar um texto
tempo de frequentar a academia.
biográfico acerca da vida e das
C) Ana vai a um restaurante bom, não
descobertas de vários pesquisadores.
obstante tenha recebido seu vale refeição.
III. De acordo com a leitura, pode-se inferir
D) Ana toma um Uber visto que o metrô está
que Ana e a autora são amigas, uma vez
um caos.
que são ambas mulheres e compartilham
E) Ana assiste a série indicada pela chefe dado
rotinas semelhantes.
que é bom ter assunto com a chefe.
Quais estão corretas? (FUNDATEC 2018 - Superior – Mun.
A) Apenas I. Manpituba) - QUESTÃO 64 – Considerando o
B) Apenas II. emprego do vocábulo “que”, analise as assertivas
C) Apenas I e II. a seguir:
D) Apenas I e III.
E) Apenas II e III. I. Na linha 20, a ocorrência do vocábulo
“que” pode ser classificada como pronome
(FUNDATEC 2018 - Superior – Mun.
relativo cujo antecedente é a palavra
Manpituba) - QUESTÃO 61 – Observando
“pontos”.
as contribuições de várias áreas do
II. Na linha 42, a palavra “que” é uma
conhecimento, assinale a alternativa
conjunção integrante e introduz a oração
INCORRETA.
subordinada que tem a função de objeto
direto do verbo “notar” (l. 41).
A) Nosso cérebro é imensamente ativo e não
III. Na linha 46, poderíamos substituir a
nos damos conta desses processos por
expressão “as quais” por “que” sem que
serem subconscientes. Tal afirmação
isso resulte em alteração do sentido da
provém do campo da neurociência.
oração ou em incorreção gramatical.
B) Nossas percepções resultam de nossa
forma de ver o mundo. Tal afirmação Quais estão corretas?
provém do campo da filosofia.
A) Apenas I.
C) No processo de tomada de decisão, nossa
B) Apenas II.
mente vive um conflito entre diferentes
C) Apenas I e II.
campos. Tal afirmação é fruto de pesquisas
D) Apenas I e III.
no campo da psicanálise.
E) I, II e III.
D) O ser humano é um ser mutável e
adaptável. Tal conhecimento foi produzido
na área da Psicologia.
E) Nosso cérebro realiza cálculos de
possibilidades imperceptíveis
conscientemente. Tal descoberta faz parte
do campo da neurociência.

(FUNDATEC 2018 - Superior – Mun.


Manpituba) - QUESTÃO 62 – Considerando
o emprego do acento indicativo de crase,
assinale a alternativa que preenche correta e
respectivamente as lacunas das linhas 05, 10,
12 e 31.

A) à – à – à – à
B) à – à – a – à
C) à – à – a – a
D) a – a – a – à
(FUNDATEC 2018 - Superior – Mun. Manpituba) - QUESTÃO 65 – Considere o vocábulo
“intrínseco” (l. 22) e analise as assertivas a seguir:

( ) No contexto em que é empregado, o vocábulo refere-se àquilo que é parte da natureza de alguém,
característico ou próprio.
( ) Tal palavra poderia ser substituída por “inerente”, desconsiderando alterações estruturais no
período, sem prejuízo do significado.
( ) “Intrínseco” é um sinônimo perfeito de “inato”, pois as duas palavras possuem o prefixo –in em seu
radical.

A ordem correta de preenchimento dos parênteses, de cima para baixo, é:

A) V–V–V
B) V – V – F.
C) V – F – F.
D) F – F – V.
E) F – V – F.

(FUNDATEC 2018 - Superior – Mun. Manpituba) - QUESTÃO 66 – Assinale a alternativa que


apresenta a correta possibilidade de reescrita do trecho “os processos decisórios nos indicam o quanto
podemos ser diferentes em cada situação” retirado do texto.

A) O quanto poderemos ser diferentes em cada situação nos é indicado pelos processos decisórios.
B) O quanto poderemos ser diferentes em cada situação nos são indicados pelos processos decisórios.
C) Os processos decisórios nos são indicados sobre o quanto podemos ser diferentes em cada situação.
D) Os processos decisórios indicam-se acerca de o quanto podemos ser diferentes em cada situação.
E) O quanto poderemos ser diferentes em cada situação indicam-se pelos processos decisórios.
Instrução: As questões de números 67 a 75 referem-se ao texto abaixo. Os destaques ao
longo do texto estão citados nas questões.

As máquinas inteligentes e suas regras

01 Em 1950, o cientista Alan Turing (1912-1954) criava um experimento que entraria para a
02 história. No famoso Teste de Turing, descrito no artigo Computing Machinery and Intelligence, o
03 britânico propunha que um computador e um humano respondessem mesmas perguntas.
04 Caso o interrogador não conseguisse diferenciá-los, a máquina passava no teste, provando a sua
05 inteligência. Com sua validade questionada pela comunidade científica de hoje, o experimento
06 trouxe tona uma indagação perturbadora: a máquina superará o ser humano? Passadas
07 mais de cinco décadas, a questão ainda ressoa na esfera pública, principalmente devido à
08 automação de atividades cotidianas, do transporte ao cuidado de idosos e crianças.
09 Entu iasta dos avanços tecnológicos, o docente do Instituto de Informática da
10 Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Edson Prestes, defende que a revolução robótica em
11 curso trará muitos benefícios. Porém, a sociedade civil precisa estar atenta, zelando pela
12 manutenção dos direitos humanos. “É consenso que robôs coe istirão com os homens nos mais
13 variados ambientes, com as mais variadas funções. Eles impactarão certamente as nossas vidas.
14 A questão que é necessária responder é: de que forma? Se desenvolvermos robôs sem qualquer
15 noção ética, certamente o impacto será negativo”, ressalta.
16 O pesquisador integra a Global Initiative for Ethical Considerations in Artificial Intelligence
17 and Autonomous Systems, iniciativa que reúne especialistas de todo o globo para debater os
18 desafios da inteligência artificial. Essa discussão já toma forma com o desenvolvimento dos carros
19 autônomos, que não necessitam de motorista. Nos últimos dez anos, empresas de tecnologia,
20 como o Google e a Apple, e as tradicionais montadoras têm investido no setor, em uma corrida
21 para chegar ao mercado. Mais do que um benefício para quem não gosta de guiar, a promessa é
22 que esses veículos sejam mais seguros. Segundo estudo da consultoria McKinsey & Company, os
23 carros autônomos poderiam reduzir em 90% o número de acidentes, os quais são causados nos
24 dias de hoje principalmente por falhas humanas como e esso de velocidade, consumo de álcool
25 e fadiga.
26 Imune distrações, os novos automóveis trariam benefícios inegáveis. No entanto, há
27 um fator que torna a equação um pouco mais complexa: o acaso. Como o veículo agirá se, por
28 exemplo, um pedestre aparecer de repente em seu percurso? Atropelará pessoa ou desviará
29 para outro local pondo a vida do passageiro em risco? Segundo o gerente de estratégia da Ford,
30 Luciano Driemeier, situações como essas exigiriam a criação de normas de conduta. “O código de
31 ética é uma questão de toda a indústria. Precisamos de abordagens e discussões consistentes, e
32 de todas as partes interessadas – incluindo governo, indústria automobilística, suprimentos,
33 companhias de seguros e grupos de defesa dos consumidores”, afirma.
34 O físico, astrônomo e docente da universidade norte-americana Dartmouth College,
35 Marcelo Gleiser, concorda que o padrão de conduta dos veículos autônomos deve ser discutido por
36 grupos multidisciplinares, incluindo filósofos especializados em ética. “A boa notícia é que, dada a
37 imparcialidade da máquina, muito provavelmente a melhor decisão será salvar o maior número de
38 vidas possível”, comenta. Esse fator também é ressaltado pelo gerente de projetos da BMW,
39 Henrique Miranda. Ele argumenta que, ao contrário do motorista, a máquina não age “por instinto
40 de sobrevivência”. “O objetivo da tecnologia não é escolher entre vidas, mas proteger todas as
41 vidas”, afirma.
42 Para que esses carros possam ser inseridos no mercado, também será necessário criar
43 novas leis. Atualmente, por exemplo, ainda não há uma definição clara de quem seria
44 responsabilizado – a empresa ou o passageiro – caso o veículo provoque um acidente.
45 Recentemente, o governo alemão deu o primeiro passo nesse sentido, anunciando uma série de
46 diretrizes relacionadas ao uso de carros autônomos. Outras nações devem seguir o exemplo,
47 e pandindo a regulamentação para outras áreas. “Diversos grupos em universidades já estão
48 discutindo que regras deveriam guiar o trabalho dos robôs. Afinal, se conseguirmos de fato
49 construir máquinas inteligentes, como garantir que elas seguirão nossas regras e não as delas?”,
50 indaga Gleiser.

(Fonte: Mariana Tessitore – Revista da Cultura – Disponível em:


https://www.livrariacultura.com.br/revistadacultura/reportagens/etica-e-tecnologia - adaptação)
(FUNDATEC 2018 - Médio – Mun. (FUNDATEC 2018 - Médio – Mun.
Manpituba) - QUESTÃO 67 – Considerando Manpituba) QUESTÃO 70 – Considerando o
os aspectos elencados no texto, assinale a emprego correto dos nexos linguísticos, na
alternativa que NÃO apresenta um assunto por linha 44, em caso de substituição da conjunção
ele abordado. “caso” pela conjunção , necessidade
de alterações no período a fim de mantermos
A) A equiparação da inteligência de seres as corretas relações gramaticais no período.
humanos e de máquinas.
B) Questões éticas ligadas à indústria Assinale a alternativa que preenche, correta e
automobilística. respectivamente, as lacunas do trecho acima.
C) Possível queda do número de acidentes em
caso de adoção de carros robotizados. A) se – havendo
D) O desejo de que as máquinas suplantem os B) se – não havendo
homens no Rio Grande do Sul. C) porquanto – havendo
E) Discussões acerca da responsabilidade em D) porquanto – não havendo
casos de acidentes de trânsito envolvendo E) somente – não havendo
carros robotizados.

(FUNDATEC 2018 - Médio – Mun.


(FUNDATEC 2018 - Médio – Mun.
Manpituba) - QUESTÃO 68 – Analise as
Manpituba) QUESTÃO 71 – Caso, na linha 49,
assertivas a seguir a respeito do texto:
substituíssemos a palavra “máquinas” por sua
I. As preocupações com questões envolvendo forma singular, quantas outras alterações
a inteligência artificial remontam ao século deveriam ser feitas no período a fim de que
passado. mantivéssemos as corretas relações de
II. Pode-se inferir, a partir da leitura do texto, concordância?
que problemas como o álcool, a velocidade
e o cansaço não são inerentes a máquinas. A) 3.
III. Os primeiros carros autônomos surgiram B) 4.
na Alemanha. C) 5.
D) 6.
Quais estão corretas? E) 7.

A) Apenas I.
B) Apenas II.
C) Apenas I e II. (FUNDATEC 2018 - Médio – Mun.
D) Apenas I e III. Manpituba) QUESTÃO 72 – Considerando o
E) Apenas II e III. emprego dos pronomes como elementos
coesivos e suas relações de referência no texto,
analise as assertivas a seguir e assinale V, se
(FUNDATEC 2018 - Médio – Mun. verdadeiras, ou F, se falsas.
Manpituba) - QUESTÃO 69 – Considerando o
emprego do acento indicativo de crase, ( ) Em “diferenciá-los” (l.04), o pronome
assinale a alternativa que preenche oblíquo tem como referente o vocábulo
corretamente as lacunas presentes nas linhas “perguntas” (l.03).
03, 06, 26 e 28. ( ) Na linha 30, o pronome demonstrativo
“essas” retoma situações descritas no
A) às – à – às – a
período anterior.
B) às – a – às – a
( ) Na linha 49, o emprego dos pronomes
C) as – a – as – a
possessivos “nossas” e “delas” refere-se,
D) as – a – as – à
respectivamente, ao autor e ao leitor
E) as – à – às – à
incluso e às maquinas.

A ordem correta de preenchimento dos


parênteses, de cima para baixo, é:

A) V – F – V.
B) V – F – F.
C) V – V – V.
D) F – V – V.
E) F – V – F.
(FUNDATEC 2018 - Médio – Mun.
Manpituba/RS) - QUESTÃO 73 – Analise as
assertivas a seguir no que tange ao emprego
correto dos sinais de pontuação.

I. Na linha 44, a ocorrência dos travessões


indica a inserção de um discurso direto
intercalado.
II. Nas linhas 12 e 15, o emprego das aspas
indica a reprodução do enunciado de outra
pessoa de maneira indireta.
III. Na linha 14, o emprego dos dois pontos
indica a ocorrência de uma estrutura
explicativa.

Quais estão corretas?

A) Apenas I.
B) Apenas III.
C) Apenas I e II.
D) Apenas II e III.
E) I, II e III.

(FUNDATEC 2018 - Médio – Mun. Manpituba)


- QUESTÃO 74 – Assinale a alternativa que NÃO
apresenta vocábulo que poderia substituir a
palavra “diretrizes” (l.46) sem provocar
alterações no sentido do texto. Desconsidere
eventuais necessidades de alterações de
estrutura na palavra.

A) Normas.
B) Guias.
C) Diretivas.
D) Determinações.
E) Exceções.

(FUNDATEC 2018 - Médio – Mun. Manpituba)


- QUESTÃO 75 – Assinale a alternativa que
apresenta vocábulo formado por derivação
parassintética.

A) Desabrochar.
B) Alargamento.
C) Ataque.
D) Empalidecer.
E) Aguardente.
Instrução: As questões de números 76 a 84 referem-se ao texto abaixo. Os destaques ao
longo do texto estão citados nas questões.
2018, o começo do fim dos smartphones
Carolina Chagas
01 Austin, Texas, 11 de março de 2018, domingo, 11h15. Terceiro dia de South by
Southwest, 02 o SXSW, o mais badalado festival de economia criativa do momento. A sala principal
do evento, 03 o Ballroom D do Centro de Convenções de Austin, tem suas 2408 cadeiras ocupadas,
com fila de 04 100 pessoas do lado de fora, esperando alguma desistência, o que não aconteceu.
Um pouco 05 mais de dois terços dos ocupantes da sala escura erguem seus celulares
esperando a 06 apresentação surgir em dois telões. No palco, Amy Webb, futurista quantitativa,
professora de 07 previsão estratégica na Escola de Administração da New York University Stern,
está prestes a 08 revelar a primeira de quinze tendências tech de 2018. A imagem surge no telão.
Enquanto Webb 09 lê o título do slide, ouve-se um rumor crescente na plateia: “2018, o
começo do fim dos
10 smartphones.” “Sim, todos esses telefones que vocês estão apontando para o telão… Este é o
11 começo do fim deles”, afirmou a pesquisadora, categórica.
12 Fundadora do Future Today Institute, instituição que analisa tendências, Webb afirmou que,
13 segundo seus estudos, dentro de aproximadamente uma década, o uso da tecnologia vai migrar
14 de computadores e celulares para peças de roupas, sensores de face, voz e tato. “Na China já é
15 possível sorrir para pagar uma conta, o sistema reconhece sua intenção”, disse a pesquisadora,
16 para sustentar o..................que deixou a plateia boquiaberta. Dois dias depois da palestra, em
17 entrevista à revista Piauí, Webb afirmou que seus estudos mostram que as vendas de novos
18 telefones estão perdendo espaço para wearables, como os fones de ouvido do tipo bluetooth,
19 pulseiras e relógios. Há também, segundo ela, no mundo inteiro um aumento de registros de
20 patentes de óculos inteligentes e toda a sorte de telas. “Esses acessórios vão se comunicar com
21 os telefones por um período, mas a tendência é que essa integração passe a se dar com a nuvem,
22 e os celulares percam a importância”, disse. O evento ela palestrou, que dura dez dias,
23 tem cerca de 2 200 apresentações, como estreias de filmes, shows, festas, exposições e casas
24 temáticas de áreas como indústria,................, design e games.
25 Diretor de engenharia do Google e inventor do sintetizador de voz entre outras engenhocas,
26 Ray Kurzweil também anunciou, com um tom grave, o “fim dos smartphones”, em sua palestra
27 no South by Southwest, na terça-feira, 13 de março. “Quando estudava no MIT, tinha de pegar
28 uma bicicleta para ir ver um computador. Agora, ele está no meu bolso e, daqui a pouco tempo,
29 estará dentro de minha cabeça.” Christopher Ferrel, diretor de Estratégias Digitais do The
30 Richards Group, também apresentou uma imagem parecida de Kurzweil em seu painel “Não
31 tenho telas: o futuro sem telas de internet. O passado está num celular no meu bolso, o presente
32 nos comandos de voz usados hoje por mais de 60 milhões de norte-americanos, e o futuro, em
33 nossas cabeças”, afirmou, com entusiasmo. “O futuro sem smartphones virá, e meu cartão de
34 visitas, por exemplo, ficará obsoleto”, disse. “Perco muito tempo pensando em soluções para
35 telas, pois é o serviço que hoje sei vender. Mas deveríamos estar pensando em como passar
36 mensagens por sons, músicas, o futuro será sem telas.”
37 O cientista japonês Koutaro Hikosaka aceita com facilidade o fim dos smartphones. Ele tem
38 22 anos e disse usar esse tipo de aparelho desde os 13. “Certamente nosso relacionamento com
39 informações vai mudar para outra interface. Algumas pessoas seguirão usando seus
40 smartphones, já que até hoje há pessoas no Japão usando telefones sem wi-fi. Mas eles vão
41 perder a relevância”, afirmou. Seu colega de estande Keisuke Yamashita, engenheiro mecânico,
42 é outro entusiasta das novas interfaces. “Serei o primeiro a entrar na fila de um bom óculos que
43 acesse internet”, disse.
44 Engenheiro e administrador de empresas, Rui Sato, também japonês, é dono e vendedor da
45 Virtual Window. “Acho muito incômodo usar óculos de realidade virtual, por isso desenvolvi essas
46 telas enormes que podem ocupar lugares de janelas e, com a ajuda de um sensor, simular nossa
47 visão de qualquer rua do mundo.” Em seu espaço de vendas é possível simular a visão 360 graus
48 do Museu do Louvre, por exemplo, ou de outros cartões-postais, como uma floresta de árvores
49 gigantes na Califórnia. “No Japão, há muitas salas sem janelas, e uma demanda grande por esse
50 tipo de experiência”, disse. Questionado sobre um futuro sem smartphones, ele..............um
51 pouco antes de responder. “Ele virá. Vamos acessar as informações com os nossos cérebros e
52 não vai demorar muito para isso acontecer”, disse. Pergunto se uma pessoa com 47 anos, como
53 eu, viverá essa experiência, ou se é algo destinado aos meus netos. “Com certeza você usará
54 seu cérebro para acessar dados. ”Andy Chang, outro expositor do evento, apregoa:“esse salto
55 tecnológico está ali na esquina, e os seres humanos se acostumam muito facilmente
56 melhores soluções para seus anseios”.

Fonte: http://piaui.folha.uol.com.br/2018-o-comeco-do-fim-dos-smartphones/ (Texto


especialmente adaptado para esta prova.)

(FUNDATEC 2018 - Superior – Mun. Corumbá/MS) - QUESTÃO 76 – Assinale a alternativa que


completa as lacunas tracejadas das linhas 22, 30, 43 e 55 correta e respectivamente.

A) em que – à – a – às
B) de que – a – a – as
C) que – à – à – à
D) no que – a – à – a
E) sobre o qual – a – à – as

(FUNDATEC 2018 - Superior – Mun. Corumbá/MS) - QUESTÃO 77– Assinale a alternativa que
apresenta a correta grafia das palavras que completam as lacunas pontilhadas das linhas 16, 24 e 50,
respectivamente.

A) porgnóstico – entretenimento – exita


B) prognóstico – entretenimento – hesita
C) pregnóstico – enterterimento – hexita
D) pernóstico – entreterimento – hesita
E) proguinóstico – entreterimento – esita

(FUNDATEC 2018 - Superior – Mun. Corumbá/MS) - QUESTÃO 78 – Sobre o emprego das vírgulas
no texto e sua justificativa, considere o que segue:

I. As vírgulas da linha 04 isolam uma oração adjetiva explicativa reduzida.


II. A vírgula antes de e, nas linhas 32 e 49, indicam mudança de sujeito na oração seguinte.
III. A vírgula após futuro (l. 32) marca a elipse de uma palavra; no caso, um verbo.
IV. As três vírgulas da l. 44 isolam um predicativo do sujeito deslocado e um aposto.

Quais estão corretas?

A) Apenas I e III.
B) Apenas II e IV.
C) Apenas I, II e III.
D) Apenas I, III e IV.
E) I, II, III e IV.

(FUNDATEC 2018 - Superior – Mun. Corumbá/MS) - QUESTÃO 79 – Considere as seguintes


ocorrências da partícula SE em trechos do texto:

I. “ouve-se um rumor” (l. 09)


II. “Pergunto se uma pessoa” (l. 52)
III. “ou se é algo destinado” (l. 53)
IV. seres humanos se acostumam (l. 55)

Assinale a alternativa INCORRETA.

A) Em I, “se” é pronome apassivador.


B) Em II, “se” é conjunção.
C) Em III, “se” é semelhante à II.
D) Em I e IV, a partícula “se” tem a mesma função.
E) Em IV, “se” é parte componente do verbo.
(FUNDATEC 2018 - Superior – Mun. Corumbá/MS) - QUESTÃO 80 – Assinale a alternativa
INCORRETA acerca de fenômenos fonéticos de palavras retiradas do texto.
A) Há um fonema que aparece tanto em exemplo como em pesquisadora, mas representado, em
cada uma dessas palavras, por uma letra diferente.
B) Nas palavras Texas, aproximadamente e deixou, uma mesma letra representa fonemas diferentes.
C) Tanto em crescente como em engenheiro aparecem dígrafo vocálico e dígrafo consonantal.
D) Nas palavras pesquisadora, ergue e quantitativa aparecem dígrafos consonantais.
E) Nas palavras demanda, mensagens e milhões há mais letras do que fonemas.

(FUNDATEC 2018 - Superior – Mun. Corumbá/MS) - QUESTÃO 81 – Assinale a alternativa correta


acerca da formação de alguns vocábulos retirados do texto.
A) encaracolados e aproximadamente – derivação prefixal.
B) boquiaberta e sediada – composição por justaposição.
C) realidade e desistência – parassíntese.
D) futuro e palestra – derivação regressiva.
E) sensor e japonês – derivação sufixal.

(FUNDATEC 2018 - Superior – Mun. Corumbá/MS) - QUESTÃO 82 – Assinale a alternativa que NÃO
encontra respaldo no texto.
A) A autora, pelo que se interfere, tinha 47 anos em março de 2018 e pode ter participado do evento
chamado South by Southwest.
B) Embora o evento descrito tenha ocorrido nos Estados Unidos, a maior parte dos participantes era
composta por chineses e japoneses.
C) As pessoas que dão depoimentos no texto são expositores ou palestrantes do evento referido no texto.
D) A superação do aparelho smartphone, segundo especialistas, já está começando e não demorará
para se tornar uma realidade em nosso cotidiano.
E) Pela descrição feita no primeiro parágrafo, pode-se entender que o South by Southwest é o evento
que apresenta o que há de mais moderno em tendências tecnológicas.

(FUNDATEC 2018 - Superior – Mun. Corumbá/MS) - QUESTÃO 83 – Assinale a alternativa


INCORRETA acerca da morfologia de alguns vocábulos do texto.
A) Em desenvolvi, há radical, vogal temática, desinência modo-temporal e desinência número-pessoal.
B) Em pensando, há radical, vogal temática e desinência indicadora de gerúndio.
C) Em percam, há mudança no radical (porque é um verbo irregular), desinência indicadora de
presente do subjuntivo e desinência indicadora de pessoa e número.
D) Em ficará, o segmento sublinhado é indicador de tempo e modo.
E) Em podem, o segmento sublinhado é indicador de pessoa e número.

(FUNDATEC 2018 - Superior – Mun. Corumbá/MS) - QUESTÃO 84 – Nas seguintes palavras,


retiradas do texto, a supressão de seus acentos gráficos faria surgir outras palavras corretamente
grafadas da Língua Portuguesa, EXCETO:
A) Virá.
B) Ficará.
C) Experiência.
D) Incômodo.
E) Será.
Instrução: As questões de números 85 a 94 referem-se ao texto abaixo. Os destaques ao
longo do texto estão citados nas questões.

Saúde emocional e o uso excessivo do celular

1 ainda não exista um consenso sobre a existência ou não da dependência em


2 smartphones, ninguém pode negar que o uso excessivo desses aparelhos.................trazer
3 problemas. E um novo estudo encontrou um grupo especialmente propenso a cair nessa cilada:
04 pessoas consideradas instáveis emocionalmente. Segundo os autores, gente estável
05 emocionalmente tem um elevado grau de resiliência, ou seja, alta capacidade de se adaptar a novas
06 situações e recuperar rapidamente o equilíbrio.
7 A pesquisa foi feita por uma equipe de psicólogos da Universidade de Derby e da Universidade
8 Nottingham Trent, por meio de um questionário on-line com 640 usuários de smartphones de idades
09 entre 13 e 69 anos. O objetivo era descobrir se relações entre o uso de smartphones e
10 traços específicos de personalidade. Os dados mostraram que, de fato, existe uma associação
entre
11 certos fatores psicológicos e o uso de smartphones. O que mais chamou a atenção dos autores foi
o
12 fato de que, à medida que os níveis de ansiedade aumentam em um indivíduo, mais ele usa seu
13 smartphone – até como forma de tentar se sentir melhor. “Isso ocorre as pessoas podem
14 estar enfrentando problemas em suas vidas, como estresse, ansiedade, depressão, problemas
15 familiares”, explica Zaheer Hussain, professor de Psicologia da Universidade de Derby e um dos
16 autores do estudo. Mas essa saída pode ser prejudicial: “As pessoas nesse estado estão
17 emocionalmente instáveis, o que significa que podem procurar consolo no uso excessivo do
18 smartphone. Isso é preocupante”, completa.
19 Alguns especialistas acreditam, , que o uso do celular pode ser benéfico ao
permitir
20 a interação com outras pessoas, mas esse não se mostrou o caso no estudo. É que os usuários
mais
21 propensos a um uso excessivo do celular eram justamente aqueles mais “fechados” em relação
aos
22 seus sentimentos e emoções. “Eles podem estar envolvidos em uso passivo da rede social – que
23 ocorre quando alguém passa muito tempo no Facebook, Twitter e Instagram vendo comentários,
24 fotos e postagens de outras pessoas, e não publicando nada próprio nem se envolvendo em
25 conversas. Então não há uma interação social positiva real nas redes sociais para essas pessoas”,
26 diz o professor. Em tempo: os aplicativos mais utilizados entre os participantes foram os de redes
27 sociais (49,9%), de mensagens instantâneas (35,2%) e de música (19,1%).

Fonte: https://super.abril.com.br/blog/como-pessoas-funcionam/pessoas-instaveis-sao-mais-
propensas- ao-uso-excessivo-do-celular/ (Texto especialmente adaptado
para esta prova.)
(FUNDATEC 2018 - Superior – Mun. Corumbá/MS) - QUESTÃO 85 – Assinale a alternativa que
completa as lacunas tracejadas das linhas 01, 13 e 19 correta e respectivamente.
A) Embora – porque – contudo
B) Conquanto – porquê – porém
C) Porquanto – porque – entretanto
D) Malgrado – já que – mas
E) Ainda que – pois – pois

(FUNDATEC 2018 - Superior – Mun. Corumbá/MS) - QUESTÃO 86 – Assinale a alternativa que


completa as lacunas pontilhadas das linhas 02 e 09 correta e respectivamente.
A) podem – haviam
B) pode – havia
C) pode – haviam
D) podem – havia
E) poderia – haviam

(FUNDATEC 2018 - Superior – Mun. Corumbá/MS) - QUESTÃO 87 – Todas as seguintes


alternativas poderiam substituir propenso (l. 03), mantendo a correção e o sentido do texto, EXCETO:
A) tendente.
B) inclinado.
C) predisposto.
D) pronto.
E) dado.

(FUNDATEC 2018 - Superior – Mun. Corumbá/MS) - QUESTÃO 88 – Assinale a alternativa que


apresenta a correta passagem do seguinte período do texto para a voz ativa:

A pesquisa foi feita por uma equipe de psicólogos da Universidade de Derby e da Universidade
Nottingham Trent, por meio de um questionário on-line com 640 usuários de smartphones de idades
entre 13 e 69 anos.

A) A pesquisa foi feita por meio de um questionário on-line com 640 usuários de smartphones de
idades entre 13 e 69 anos por uma equipe de psicólogos da Universidade de Derby e da
Universidade Nottingham Trent.
B) Um questionário on-line foi feito por uma equipe de psicólogos da Universidade de Derby e da
Universidade Nottingham Trent, para uma pesquisa com 640 usuários de smartphones.
C) Uma equipe 640 usuários de smartphones, de idades entre 13 e 69 anos, foi pesquisada por
psicólogos da Universidade de Derby e da Universidade Nottingham Trent, por meio de um
questionário on-line.
D) Fez-se uma pesquisa, com psicólogos da Universidade de Derby e da Universidade Nottingham
Trent, por meio de um questionário on-line, com 640 usuários de smartphones de idades entre 13
e 69 anos.
E) Uma equipe de psicólogos da Universidade de Derby e da Universidade Nottingham Trent, por
meio de um questionário on-line, fez uma pesquisa com 640 usuários de smartphones de idades
entre 13 e 69 anos.
(FUNDATEC 2018 - Superior – Mun. Corumbá/MS) - QUESTÃO 89 – Assinale V ou F conforme
forem verdadeiras ou falsas as relações entre elementos do texto.

( ) ele (l. 12) refere-se a indivíduo (l.12).


( ) esse (l. 20) remete a uso do celular pode ser benéfico (l.
19). ( ) Eles (l. 22) refere-se a especialistas (l. 19).

A ordem correta de preenchimento dos parênteses, de cima para baixo, é:

A) V – V – V.
B) V – V – F.
C) V – F – F.
D) F – V – V.
E) F – F – V.

(FUNDATEC 2018 - Superior – Mun. Corumbá/MS) - QUESTÃO 90 – Assinale a alternativa


INCORRETA quanto ao que se afirma sobre a seguinte frase do texto.

Então não há uma interação social positiva real nas redes sociais para essas pessoas.

A) É um período simples e sem sujeito.


B) O termo marcado com um traço é um complemento verbal.
C) Os dois termos marcados com traço duplo têm a mesma função sintática.
D) O termo para essas pessoas é um complemento nominal.
E) Os vocábulos social, positiva e real são adjuntos adnominais.

(FUNDATEC 2018 - Superior – Mun. Corumbá/MS) - QUESTÃO 91 – Assinale a alternativa em que


as duas palavras recebem acento gráfico em razão de regras diferentes.

A) indivíduo – próprio.
B) música – estáveis.
C) saúde – saída.
D) instantâneas – usuários.
E) questionário – equilíbrio.

(FUNDATEC 2018 - Superior – Mun. Corumbá/MS) - QUESTÃO 92 – No texto, estável e


instável remetem a campos semânticos de sentido oposto. A qual das alternativas esses dois
vocábulos NÃO se associam – considerando o contexto em que se apresentam no texto?

A) equilíbrio – desequilíbrio
B) controle – descontrole
C) perene – passageiro
D) segurança – insegurança
E) saudável - doente
(FUNDATEC 2018 - Superior – Mun. Corumbá/MS) - QUESTÃO 93 – Assinale a alternativa
INCORRETA quanto ao que se afirma sobre o seguinte período retirado do texto.

Os dados mostraram que, de fato, existe uma associação entre certos fatores psicológicos e o
uso de smartphones.

A) É um período composto por subordinação e tem duas orações.


B) A oração subordinada é substantiva.
C) O termo sublinhado tem função de objeto indireto.
D) A palavra que é uma conjunção integrante.
E) A oração principal tem sujeito simples.

(FUNDATEC 2018 - Superior – Mun. Corumbá/MS) - QUESTÃO 94 – Assinale a alternativa em que


as duas palavras retiradas do texto (desconsiderando o contexto em que ali elas apresentam) são de
classes gramaticais diferentes.

A) ninguém – pessoas
B) não – especialmente
C) grupo – dente
D) estável – novo
E) elevado – alta
Instrução: Todas as questões da prova de Língua Portuguesa referem-se ao texto abaixo.
Os destaques ao longo do texto estão citados nas questões.

Nossa imaginação precisa da literatura mais do que nunca

01 Vamos partir de uma situação que grande parte de nós já vivenciou. Estamos saindo
02 do cinema, depois de termos visto uma adaptação de um livro do qual gostamos muito. Na
03 verdade, até que gostamos do filme também: o sentido foi mantido, a escolha do elenco foi
04 adequada, e a trilha sonora reforçou a camada afetiva da narrativa.............., então, sentimos
5 que algo está fora do lugar?
6 O que sempre falta em um filme sou eu. Parto dessa ideia simples e poderosa, sugerida
07 pelo teórico Wolfgang Iser em um de seus livros, para afirmar que nunca precisamos tanto ler
08 ficção e poesia quanto hoje, ............ nunca precisamos tanto de faíscas que ponham em
09 movimento o mecanismo livre da nossa imaginação. Nenhuma forma de arte ou objeto cultural
10 guarda a potência escondida por aquele monte de palavras impressas na página.
11 Essa potência vem, entre outros aspectos, do tanto que a literatura exige de nós, leitores.
12 Não falo do esforço de compreender um texto, nem da atenção que as histórias e poemas exigem
13 de nós – embora sejam incontornáveis também. Penso no tanto que precisamos investir de
14 nós, como sujeitos afetivos e como corpos sensíveis, para que as palavras se tornem um mundo
15 no qual penetramos.
16 Somos bombardeados todo dia, o dia inteiro, por informações. Estamos saturados de
17 dados e de interpretações. A literatura – para além do prazer intelectual, inegável – oferece algo
18 diferente. Trata-se de uma energia que o teórico Hans Ulrich Gumbrecht chama de “presença”
19 e que remete a um contato com o mundo que afeta o corpo do indivíduo para além e para
20 aquém do pensamento racional.
21 Muitos eventos produzem presença, é claro: jogos e exercícios esportivos, shows de
22 música, encontros com amigos, cerimônias religiosas e relações amorosas e sexuais são
23 exemplos óbvios. ............, então, defender uma prática eminentemente intelectual, como a
24 experiência literária, com o objetivo de “produzir presença”, isto é, de despertar sensações
25 corpóreas e afetos? A resposta está, como já evoquei mais acima, na potência guardada pela
26 ficção e a poesia para disparar imaginação. Mas o que é, afinal, a imaginação, essa noção
27 tão corriqueira e sobre a qual refletimos tão pouco?
28 Proponho pensar a imaginação como um espaço de liberdade ilimitada, no qual, a partir
29 de estímulos do mundo exterior, somos confrontados (mas também despertados) a responder
30 com memórias, sentimentos, crenças e conhecimentos para forjar, em última instância, aquilo
31 que faz de cada um de nós diferente dos demais. A leitura de textos literários é uma forma
32 privilegiada de disparar esse mecanismo imenso,............demanda de nós todas essas reações
33 de modo ininterrupto, exige que nosso corpo esteja ele próprio presente no espaço ficcional com
34 que nos deparamos, sob pena de não existir espaço ficcional algum.
35 Mais ainda, a experiência literária nos dá a chance de vivenciarmos possibilidades que, no
36 cotidiano, estão fechadas nós: de explorarmos essas possibilidades como se estivéssemos,
37 de fato, presentes. E a imaginação é o palco em que a vivência dessas possibilidades é encenada,
38 por meio do jogo entre identificações e rejeições.
39 Resta pensar ............... é tão importante encenar possibilidades. Em primeiro lugar,
40 como o escritor Bernardo Carvalho destacou recentemente, estamos vivendo uma confusão
41 generalizada entre realidade e representação artística, em que esta última vem sofrendo
42 sanções violentas, por se haver perdido a medida da diferença entre o real e a retomada desse
43 real em obras artísticas. Carvalho inicia seu texto afirmando, muito acertadamente, que rejeitar
44 ou proibir as representações ficcionais do horror que há no mundo é sintoma de um desespero
45 – o desespero causado pela impossibilidade de eliminarmos o horror real. Além disso, diz ele
46 mais adiante, recusar a legitimidade ou a existência de determinadas obras de arte denota o
47 temor ambivalência dos nossos próprios desejos, sentimentos e certezas.
48 Aprendemos desde cedo que, para que haja vida em sociedade, não podemos pôr em
49 prática, na vida cotidiana, toda essa ambivalência. Um dos poderes da obra de arte é,
50 precisamente, o de oferecer uma experiência cuja própria premissa é a existência de paradoxos
51 – afinal, a ficção cria um mundo que, fora dela, não existe, mas no qual precisamos acreditar.
52 A imaginação entra em cena para ampliar as contradições, sem, contudo, tornar a experiência
53 incoerente: estamos, agora, no domínio da associação livre e espontânea entre o que lemos, o
54 que lembramos, o que sabemos e sentimos. Idealmente, ao lermos uma obra literária, não
55 caímos na confusão entre a realidade e a representação dela, e sim nos conectamos a uma
56 realidade cotidianamente inacessível, por meio da interação entre o que o texto propõe e a
57 nossa imaginação. Nesta, acessamos aqueles que somos, mas também aqueles que poderíamos
58 ser – maravilhosos ou terríveis.

(Fonte: https://brasil.elpais.com/brasil/2018/02/22/opinion/1519332813_987510.html - texto adaptado)

(FUNDATEC 2018 - Médio– Mun. Foz do


(FUNDATEC 2018 – Médio – Mun. Foz do Iguaçu/PR) - QUESTÃO 97 – Assinale a
Iguaçu/PR) - QUESTÃO 95 – A respeito do alternativa em que a palavra ‘que’ seja
uso de crase, assinale a alternativa que classificada da mesma forma que na linha 01.
preenche, correta e respectivamente, as
lacunas tracejadas das linhas 26, 36 e 47. A) Linha 07.
B) Linha 14.
A) à – a – à C) Linha 43.
B) à – à – à D) Linha 44.
C) a – a – a E) Linha 48.
D) a – a – à
E) à – à – a

(FUNDATEC 2018 - Médio – Mun. Foz do


(FUNDATEC 2018 - Médio – Mun. Foz do Iguaçu/PR) - QUESTÃO 98 – Os nexos
Iguaçu/PR) - QUESTÃO 96 – Considerando coesivos mas (l.51) e contudo (l.52), nos
o uso do ‘porquê’, assinale a alternativa que respectivos contextos de ocorrência, expressam
completa, correta e respectivamente, as , apresentando o mesmo
lacunas sentido que_________.
pontilhadas das linhas 04, 08, 23, 32 e 39.

A) Por que – porque – Por que – porque – por


Assinale a alternativa que preenche, correta e
que respectivamente, as lacunas do trecho acima.
B) Porque – por que – Porque – por que – por
que A) conclusão – portanto
C) Por que – porque – Porque – porque – por B) explicação – ademais
que C) adversidade – entretanto
D) Porque – por que – Por que – porque – D) concessão – no entanto
porque
E) oposição – embora
E) Por que – por que – Porque – por que –
porque
LÍNGUA PORTUGUESA

Instrução: As questões de nº 99 a 102 referem-se ao texto abaixo. Os destaques ao longo


do texto estão citados nas questões.

ONG arrecada R$6 mil e leva crianças para ver Pantera Negra

01 Sucesso de crítica e bilheteria (em quatro dias, o filme ultrapassou a arrecadação de Liga
02 da Justiça, nos Estados Unidos), o filme Pantera Negra, da Marvel, em cartaz na maior parte dos
03 cinemas do país, está fazendo história em relação ao poder de visibilidade negra que ele
04 simboliza. Justamente por conta dessa comoção, crianças e adolescentes que assistem
05 longa se sentem ainda mais representados pelos personagens e impelidos a fazer parte desse
06 movimento de resgate de identidade. Porém, nem todos têm o devido acesso a uma sala de
07 cinema.
08 Pensando em possibilitar essa oportunidade para as crianças e jovens que vivem
09 em serviços de acolhimento de São Paulo, a ONG Ciranda para o Amanhã fez uma campanha de
10 financiamento coletivo na internet arrecadar fundos e dar conta dos ingressos de todos
11 eles.
12 "Sabendo da importância da representatividade e com o de inspirar jovens que não
13 têm a oportunidade de ir ao cinema com frequência, nós os juntamos com o Espaço Itaú de
14 Cinema para realizar uma sessão do filme Pantera Negra, para comemorar a chegada do filme
15 solo de um herói negro nos cinemas. E para as crianças menores de 12 anos dos abrigos não
16 ficarem de fora do passeio, ocorrerá também uma sessão do filme Viva – A Vida É Uma Festa.
17 Além da parceria com o Espaço Itaú de Cinema, a rede Burger King nos ajudará a incluir um
18 lanche e bebida para cada criança para completar o dia de passeio!”, diz o agradecimento oficial
19 dos organizadores da campanha, publicado no site da ação.
20 Representatividade negra em uma Hollywood pouco diversa, "Pantera Negra" é o
21 primeiro blockbuster da Marvel formado por um elenco quase todo negro. Estão no longa nomes
22 como Michael B. Jordan, Lupita Nyong'o, Letitia Wright e Forest Whitaker. O longa já se consolida
23 como um marco da representatividade e levanta a importância de se discutirem questões raciais
24 na cultura pop, bem como na publicidade, na moda e em todos os setores da sociedade.
25 Com uma meta inicial de arrecadar R$ 2.924,14 para levar a gurizada ao cinema, a ação
26 da Ciranda para o Amanhã teve total: não só alcançou o valor pretendido como o excedeu
27 em mais de 200%, totalizando R$ 6.242,00. Na página da ONG no Facebook, foram publicadas
28 as fotos de uma das sessões a que os jovens já foram levados, contando a experiência que
29 viveram. “Que a representatividade do herói negro, a força da mulher, o poder das virtudes, da
30 verdade e do amor inspirem essas crianças e jovens!”, diz a postagem.

Fonte: https://catraquinha.catracalivre.com.br/geral/defender/indicacao/pantera-negra-representatividade
(Texto especialmente adaptado para esta prova.)
(FUNDATEC 2018 – SUPERIOR – Mun. Foz do Iguaçu/PR) - QUESTÃO 99 –
Assinale a alternativa que preenche, correta e respectivamente, as lacunas das linhas
04, 10, 12 e 26.

A) ao – a fim de – intuito – êxito


B) o – a fim de – intuíto – hêxito
C) o – afim de – intuito – hesito
D) ao – para – intuíto – exito
E) o – para – intúito – êxito

(FUNDATEC 2018 - SUPERIOR – Mun. Foz do Iguaçu/PR) - QUESTÃO 100 –


Assinale a alternativa INCORRETA sobre o que se afirma acerca da estrutura e da
formação de palavras retiradas do texto.

A) Há abreviação nas palavras longa, pop e fotos.


B) Há derivação regressiva em acesso.
C) Há morfemas formadores de substantivo em financiamento e representatividade.
D) Há, em ultrapassou, um prefixo com sentido de “além do limite”.
E) Há parassíntese nas palavras ingressos, arrecadação e acolhimento.

(FUNDATEC 2018 – SUPERIOR – Mun. Foz do Iguaçu/PR) - QUESTÃO 101 –


Assinale V, se verdadeiro, ou F, se falso, no que se afirma sobre palavras do texto.

( ) Nas linhas 05, 22 e 23, o pronome se é apassivador.


( ) Nas linhas 03, 08 e 28, a palavra que é pronome relativo.
( ) As palavras pouco (l. 20) e todo (l. 21) atribuem alguma intensidade aos adjetivos a que se
referem.
( ) Na linha 26, nas duas ocorrências, a palavra o é um artigo definido.

A ordem correta de preenchimento dos parênteses, de cima para baixo, é:

A) V – V – V – V.
B) V – F – F – F.
C) F – V – V – F.
D) F – F – V – V.
E) V – V – F – F.

(FUNDATEC 2018 – SUPERIOR – Mun. Foz do Iguaçu/PR) - QUESTÃO 102 – Considere o que
se afirma sobre a primeira frase do texto, transcrita a seguir:

Sucesso de crítica e bilheteria (em quatro dias, o filme ultrapassou a arrecadação de Liga da
Justiça, nos Estados Unidos), o filme Pantera Negra, da Marvel, em cartaz na maior parte dos
cinemas do país, está fazendo história em relação ao poder de visibilidade negra que ele simboliza.

I. Os termos sublinhados são predicativo do sujeito e complemento verbal, respectivamente.


II. Há quatro orações no período, incluindo a que está entre parênteses.
III. O termo poder de visibilidade negra é sujeito de simboliza.

Quais estão corretas?

A) Apenas I.
B) Apenas III.
C) Apenas I e II.
D) Apenas II e III.
E) I, II e III.
Instrução: As questões de números 103 a 112 referem-se ao texto abaixo.

Mata que se regenera é arma contra aquecimento global, diz estudo

Reinaldo José Lopes

01 As florestas do Brasil e de outros países tropicais das Américas são bem mais duronas do
02 que sonham os usuários de : é o que revela uma equipe internacional de cientistas
num 03 estudo que acaba de ser publicado. Em áreas abandonadas após o desmatamento e o uso
04 agropecuário, a mata costuma voltar com tudo, sugando CO2 (principal gás causador do
05 aquecimento global) numa velocidade 11 vezes superior de uma floresta que nunca tenha
6 sido derrubada.
7 Trata-se de um excelente argumento para valorizar as capoeiras, como são conhecidas no
08 Brasil essas matas em fase de.......................Para ajudar no esforço global contra as
mudanças
09 climáticas, um caminho simples e barato seria simplesmente permitir que tais florestas
10 embrionárias se regenerassem naturalmente em áreas degradadas – além, é claro, de evitar mais
11 desmatamento. "Pesquisadores como o alemão Manfred Denich já falavam da vitalidade das
12 capoeiras, e é algo que víamos em estudos isolados faz tempo", declarou à Folha de São Paulo
13 uma das coautoras do estudo, Ima Célia Vieira, do Museu Paraense Emilio Goeldi. "Agora, nós
14 demonstramos isso com uma análise mais ampla das áreas tropicais do continente americano",
15 diz ela.
16 Os dados avaliados pelos pesquisadores vieram de 45 regiões das Américas, do México à
17 Bolívia, incluindo vários locais na Amazônia, na mata atlântica e na caatinga brasileiras. A
18 metodologia adotada pela equipe não poderia ser mais simples: somando as amostragens das 45
19 regiões, foram estudados cerca de 1.500 trechos de mata em fase de renascimento. Em cada um
20 deles, todas as árvores com tronco cujo diâmetro alcançava no mínimo 5 cm foram medidas e
21 identificadas. A partir daí, o grupo usou equações para estimar o total de biomassa (ou seja, a
22 matéria vegetal) das capoeiras. Com isso, dá para saber também quanto CO2 as plantas retiraram
23 da atmosfera, já que elas usam os componentes do gás como matéria-prima para seu
24 crescimento. Finalmente, o grupo usou dados sobre disponibilidade de água, qualidade do solo e
25 cobertura florestal em cada região para estimar o quanto essas variáveis influenciam .........
26 recuperação da mata ao longo do tempo.
27 Após 20 anos de crescimento, em média, as chamadas florestas secundárias (ou seja, que
28 se regeneram após o desmatamento) já alcançavam as taxas elevadíssimas de absorção de gás
29 carbônico. Só após quase 70 anos de crescimento, no entanto, é que elas atingiam uma biomassa
30 equivalente a 90% de uma floresta primária (ou seja, "madura", que ficou séculos ou milênios
31 sem ser derrubada). Portanto, em vez de gastos e dor de cabeça com tentativas de plantar mudas
32 de espécies nativas em áreas degradadas, talvez a abordagem mais sensata seja simplesmente
33 deixar que a natureza faça seu trabalho, diz Robin Chazdon, pesquisadora da Universidade de
34 Connecticut (EUA) que é uma das coordenadoras do grupo. "Em muitos casos, você não precisa
35 plantar uma única semente", resume ela.

Fonte: http://www1.folha.uol.com.br/ambiente/2016/02/1741366-com-urbanizacao-bichos-
silvestres-invadem-e-se-adaptam-as-cidades.shtml (Texto adaptado especialmente para esta prova.)
(FUNDATEC 2018 - MÉDIO – Mun. Corumbá/MS) - QUESTÃO 103 – Assinale a alternativa que
apresenta a grafia correta das palavras que completam, correta e respectivamente, as lacunas
tracejadas das linhas 02 e 08.

A) motocerras – autoreconstrução
B) moto-serras – altorreconstrução
C) motosserras – autorreconstrução
D) motocerras – alto-reconstrução
E) motoserras – auto-reconstrução

(FUNDATEC 2018 - MÉDIO – Mun. Corumbá/MS) - QUESTÃO 104 – Assinale a alternativa que
completa com correção as lacunas pontilhadas das linhas 05 e 25 respectivamente.

A) à – a
B) à – à
C) a – a
D) a – na
E) à – na

(FUNDATEC 2018 - MÉDIO – Mun. Corumbá/MS) - QUESTÃO 105 – O sentido de duronas


(l. 01), no texto, é:
A) resilientes.
B) destemidas.
C) corajosas.
D) rígidas.
E) saudáveis.

(FUNDATEC 2018 - MÉDIO – Mun. Corumbá/MS) - QUESTÃO 106 – Sobre o emprego de sinais
de pontuação da seguinte frase do texto, assinale a alternativa INCORRETA.

Só após quase 70 anos de crescimento, no entanto, é que elas atingiam uma biomassa
equivalente a 90% de uma floresta primária (ou seja, "madura", que ficou séculos ou milênios
sem ser derrubada).

A) A primeira vírgula poderia ser retirada sem prejudicar a correção e o sentido da frase.
B) A primeira e a segunda vírgula são obrigatórias porque isolam uma conjunção adversativa
deslocada.
C) Os parênteses poderiam ser retirados, mas seria obrigatório colocar vírgula antes de “ou seja”.
D) Expressões que explicam ou corrigem o texto, como “ou seja”, devem ficar sempre destacadas
pela pontuação.
E) A vírgula após “madura” antecede uma oração adjetiva explicativa.
(FUNDATEC 2018 - MÉDIO – Mun. Corumbá/MS) - QUESTÃO 107 – Sobre a formação
de algumas palavras do texto, considere o que segue.

I. florestas, aquecimento e embrionárias são formadas por sufixação.


II. renascimento tem prefixo e sufixo.
III. desmatamento e agropecuário são formadas por parassíntese.

Quais estão corretas?

A) Apenas I.
B) Apenas II.
C) Apenas III.
D) Apenas I e II.
E) I, II e III.

(FUNDATEC 2018 - MÉDIO – Mun. Corumbá/MS) - QUESTÃO 108 – Das seguintes


palavras retiradas do texto, assinale a que NÃO pertence à mesma classe gramatical que as
demais.

A) cobertura.
B) sensata.
C) florestal.
D) climática.
E) longo.
(FUNDATEC 2018 - MÉDIO – Mun. Corumbá/MS) - Considere o seguinte fragmento do texto para
responder às questões 109 e 110.

"Agora, nós demonstramos isso com uma análise mais ampla das áreas tropicais do continente
americano."

QUESTÃO 109– Analise as assertivas abaixo e assinale V, se verdadeiras ou F, se falsas sobre a frase
acima:

( ) Não é um período composto.


( ) Tem sujeito simples (“nós”) e objeto direto (“isso”).
( ) Tem predicado verbal.

A ordem correta de preenchimento dos parênteses, de cima para baixo, é:

A) V – V – F.
B) V – F – F.
C) F – F – V.
D) V – V – V.
E) F – V – V.
(FUNDATEC 2018 - MÉDIO – Mun. Corumbá/MS) - QUESTÃO 110 – Considere as seguintes
sugestões de reescrita do fragmento dado:

I. Nós o demonstramos, agora, com uma análise mais ampla das áreas tropicais do continente
americano.
II. Com uma análise mais ampla das áreas, agora tropicais, do continente americano, nós
demonstramos isso.
III. Uma análise mais ampla das áreas tropicais, do continente americano, nós demonstramos isso
agora.
Quais preservam o sentido e a correção do texto?

A) Apenas I.
B) Apenas III.
C) Apenas I e II.
D) Apenas II e III.
E) I, II e III.

(FUNDATEC 2018 - MÉDIO – Mun. Corumbá/MS) - QUESTÃO 111 – Assinale a alternativa


INCORRETA acerca do que se afirma sobre a estrutura das seguintes formas verbais retiradas do texto.

A) falavam – víamos: os elementos sublinhados indicam o mesmo tempo e o mesmo modo verbal.
B) poderia – atingia: os elementos sublinhados indicam tempos verbais diferentes.
C) retiraram – demonstramos: os elementos sublinhados, em ambos os casos, indicam pessoa e
número.
D) precisa – resume: os elementos sublinhados indicam, nos dois casos, o modo subjuntivo.
E) sido – publicado – sugando: os elementos sublinhados indicam, nos três casos, desinência de
formas nominais dos verbos.
dígrafo.

(FUNDATEC 2018 - MÉDIO – Mun. Corumbá/MS) - QUESTÃO 112 – Assinale a alternativa


em que ambas as palavras retiradas do texto NÃO apresentam
dígrafo.

A) qualidade – pesquisadores.
B) caatinga – floresta.
C) atmosfera – degradadas.
D) sonham – sensata.
E) cabeças – semente.
Instrução: As questões de números 113 a 125 referem-se ao texto abaixo.

Bichos silvestres em áreas urbanas são cada vez mais frequentes

01 Uma família formada por 11 marrecos (9 deles eram filhotes) foi , no início deste ano,
02 passeando por movimentadas avenidas de Cuiabá, no Mato Grosso. Na cidade de São Paulo, já
03 ............ muitos anos, quem passa pelas avenidas marginais Pinheiros e Tietê também já se
04 acostumou a ver várias capivaras ao longo dos dois rios que levam o mesmo nome das duas vias.
05 São dois exemplos de espécies animais vivendo completamente fora do ambiente natural.
06 Infelizmente, casos como esses estão se tornando cada vez mais comuns nas grandes metrópoles
07 do país.
08 “A principal causa da invasão de bichos silvestres em centros urbanos é a diminuição das
09 florestas naturais. Em busca de alimentos, muitos acabam indo para além de seu habitat natural,
10 chegam aos centros urbanos e acabam se perdendo, sem conseguir voltar. Outro problema
11 frequente ........... as queimadas, que acabam afugentando muitos bichos das matas. Por
12 de sobrevivência, eles fogem para onde podem”, diz Luiz Eloy Pereira, presidente do
13 CRBio-01 – Conselho Regional de Biologia de São Paulo, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul.
14 Mas há diversos casos também de intervenção direta do homem para essa invasão, como
15 explica o biólogo. “Muitos bichos são tirados do seu habitat natural de maneira totalmente
16 irresponsável. Seja para criação doméstica ou até mesmo para fins comerciais. No entanto,
17 dependendo da espécie, não é raro perder seu controle de reprodução e, consequentemente, de
18 ocupação. Depois de um tempo, muitos acabam sendo realojados em lugares completamente
19 inadequados para sua segurança e sobrevivência”, afirma ele.
20 Aliás, a presença desses bichos nos centros urbanos acaba gerando também medo entre a
21 população local. No entanto, o biólogo explica que boa parte deles não oferece risco. “O bicho
22 normalmente ataca o homem quando se sente ameaçado por ele. Para evitar, recomenda-se
23 evitar o contato, manter uma certa distância”, instrui Pereira. O biólogo sugere que, ao perceber
24 a presença de um animal silvestre, seja acionado o corpo de bombeiros da cidade para fazer o
25 resgate. “Assim, garante-se tanto a integridade do bicho quanto a das pessoas”, completa. Sobre
26 possível transmissão de doenças, o presidente do CRBio-01 conta que também não é comum. “O
27 bicho raramente é o transmissor. Porém, ele pode abrigar alguns parasitas, e estes é que podem
28 transmitir alguma doença”, conclui.
29 Em São Paulo, a Secretaria Municipal do Verde e de Meio Ambiente tem uma divisão para
30 atender exclusivamente às diversas espécies de animais silvestres que vivem na cidade. Muitos
31 dos animais encaminhados a esse setor precisam de atendimento veterinário por terem sido
32 vítimas de acidentes, como atropelamento, choques elétricos, corte por linha de pipa, entre
33 outros. Macacos, gambás, garças, corujas, lagartos e serpentes estão entre as espécies mais
34 comuns.

Fonte: https://www.midiamax.com.br/bichos-silvestres-em-areas-urbanas-sao-cada-vez-mais-frequentes/
(Texto adaptado especialmente para esta prova.)
(FUNDATEC 2018 - MÉDIO – Mun. Corumbá/MS) - QUESTÃO 113 – Assinale a alternativa que
apresenta a grafia correta das palavras que completam as lacunas tracejadas das linhas 01 e 12
respectivamente.

A) fragrada – instinto
B) flagrada – extinto
C) fraglada – istinto
D) flagrada – instinto
E) fragada – extinto

(FUNDATEC 2018 - MÉDIO – Mun. Corumbá/MS) - QUESTÃO 114 – Assinale a alternativa que
completa as lacunas pontilhadas das linhas 03 e 11 correta e respectivamente.

A) faz – são
B) há – é
C) fazem – são
D) há – era
E) faz – é

(FUNDATEC 2018 - MÉDIO – Mun. Corumbá/MS) - QUESTÃO 115 – Considere as seguintes


propostas de substituição de estruturas do texto:

I. ‘ao longo’ (l. 04) por à margem.


II. ‘aos centros urbanos’ (l. 10) por às áreas urbanas.
III. ‘a esse setor’ (l. 31) por à essa divisão.

Quais estão corretas?

A) Apenas I.
B) Apenas III.
C) Apenas I e II.
D) Apenas II e III.
E) I, II e III.

(FUNDATEC 2018 - MÉDIO – Mun. Corumbá/MS) - QUESTÃO 116 – Considere as seguintes


frases retiradas do texto:

I. Mas há diversos casos também de intervenção direta do homem para essa invasão.
II. Aliás, a presença desses bichos nos centros urbanos acaba gerando também medo entre a
população local.
III. Macacos, gambás, garças, corujas, lagartos e serpentes estão entre as espécies mais comuns.

Assinale a alternativa INCORRETA sobre essas frases.

A) O sujeito das frases I, II e III é – respectivamente – simples, simples e composto.


B) Em II, o núcleo do sujeito é “presença”.
C) Em III, há seis núcleos do sujeito.
D) Em I, o predicado é verbal.
E) Em II, “medo” é objeto direto.
(FUNDATEC 2018 - MÉDIO – Mun. Corumbá/MS) - QUESTÃO 117 – Assinale a alternativa
INCORRETA.

A) A expressão dois exemplos (l. 05) refere-se aos marrecos e às capivaras citados antes.
B) Depreende-se do texto que marrecos e capivaras são bichos silvestres.
C) A expressão sua segurança e sobrevivência (l. 19) refere-se a bichos (l. 15).
D) A expressão boa parte deles (l. 21) refere-se a centros urbanos (l. 20).
E) O pronome estes (l. 27) refere-se a parasitas (l.27).

(FUNDATEC 2018 - MÉDIO – Mun. Corumbá/MS) - QUESTÃO 118 – A respeito das palavras
bombeiro, choques e urbanas, retiradas do texto, é correto
afirmar que:

A) Todas têm mais letras que fonemas.


B) Todas têm mais fonemas que letras.
C) Somente urbanas tem o mesmo número de letras e fonemas.
D) Somente bombeiro e urbanas têm o mesmo número de letras e fonemas.
E) Há somente um dígrafo em choques.

(FUNDATEC 2018 - MÉDIO – Mun. Corumbá/MS) - QUESTÃO 119– Na frase a seguir, se os


termos sublinhados estivessem no plural, quantas outras palavras mais deveriam ser flexionadas para
se fazer a concordância?

“O bicho normalmente ataca o homem quando se sente ameaçado por ele.”

A) Sete.
B) Seis.
C) Cinco.
D) Quatro.
E) Três.

(FUNDATEC 2018 - MÉDIO – Mun. Corumbá/MS) - QUESTÃO 120 – As alternativas a seguir


apresentam conectivos com o mesmo sentido de Porém
(l. 27), EXCETO:

A) contudo.
B) portanto.
C) todavia.
D) no entanto.
E) entretanto.

(FUNDATEC 2018 - MÉDIO – Mun. Corumbá/MS) - QUESTÃO 121 – Há um ditongo


decrescente na alternativa:

A) Início.
B) Família.
C) Áreas.
D) Sobrevivência.
E) Queimadas.
(FUNDATEC 2018 - MÉDIO – Mun. Corumbá/MS) - Considere a seguinte frase do texto para
responder às questões 122 e 123.

A principal causa da invasão de bichos silvestres em centros urbanos é a diminuição das


florestas naturais.

QUESTÃO 122 – Assinale a alternativa INCORRETA.

A) A frase só tem um verbo.


B) Todas as palavras sublinhadas são adjetivos.
C) Há um advérbio na frase.
D) Há duas contrações de preposição com artigo definido.
E) Não há conjunção nem pronome na frase.

(FUNDATEC 2018 - MÉDIO – Mun. Corumbá/MS) - QUESTÃO 123 – Analise as seguintes


afirmativas sobre a sintaxe da frase:

I. Os termos sublinhados são adjuntos adnominais.


II. A expressão ‘em centros urbanos’ é adjunto adverbial.
III. A frase tem predicado nominal.

Quais estão corretas?

A) Apenas II.
B) Apenas III.
C) Apenas I e II.
D) Apenas I e III.
E) I, II e III.

(FUNDATEC 2018 - MÉDIO – Mun. Corumbá/MS) - QUESTÃO 124 – Nas alternativas a seguir,
aparecem palavras que apresentam prefixos, EXCETO:

A) inadequados.
B) infelizmente.
C) integridade.
D) irresponsável.
E) realojados.

(FUNDATEC 2018 - MÉDIO – Mun. Corumbá/MS) - QUESTÃO 125 – Considere as seguintes


afirmações sobre o texto:

I. Os motivos de animais silvestres irem para áreas urbanas estão relacionados com a ação
humana: seja com a redução das florestas, seja com a retirada desses animais do ambiente
natural deles.
II. Embora as cidades não sejam o ambiente natural (e, consequentemente, o mais adequado)
para os animais silvestres, eles não oferecem maiores perigos ao homem.
III. Os animais citados na última frase do texto são exemplos de espécies que já foram vitimadas
nas cidades.

Quais estão corretas?

A) Apenas I.
B) Apenas II.
C) Apenas I e III.
D) Apenas II e III.
E) I, II e III.
LÍNGUA PORTUGUESA

Instrução: As questões de números 126 a 135 referem-se ao texto abaixo. Os destaques


ao longo do texto estão citados nas questões.

Trabalhar menos pode ser uma boa opção?

01 Tem muito a se refletir sobre a notícia de que o Japão está pedindo que os trabalhadores tirem
02 uma manhã de folga e, consequentemente, avisando aos empresários que, embora não seja uma
03 lei, esta deverá ser a diretriz de agora em diante no país. Importante lembrar que estamos
falando 04 sobre a terceira economia do mundo, com um montante de US$ 5,1 trilhões.
5 Lembrei-me do livro "The New Economics", lançado em 2009 por dois britânicos, com
6 propostas bem determinadas sobre como deveria ser um novo sistema luz do
7 desenvolvimento que leve em conta não só o lucro, mas também as pessoas. Para os autores,
08 trabalhar menos horas vai fazer com que as pessoas tenham melhor qualidade de vida e também
09 ajudará a se diminuir a fila do desemprego em países que convivem com esse problemão. "No
10 coração das transformações progressistas está uma mudança de como nos vemos como cidadãos:
11 de passivos consumidores produtores ativos. Ao optarmos por trabalhar menos horas ou dias
12 da semana, por exemplo, vamos ter um duplo benefício. Mais tempo livre para melhorar a nossa
13 qualidade de vida, sim, é um excelente resultado. Como também abrirmos mais janelas para
14 aqueles que não têm emprego nem chance de ganhar um tostão sequer", escrevem eles.
15 Sim, é preciso levar em conta que, ao optarmos por trabalhar menos vamos também diminuir
16 nossa renda que ganhamos com o trabalho. Mas, com mais tempo para nós, sonham os autores,
17 sobrariam situações em que poderíamos, até mesmo, confeccionar coisas pelas quais pagamos
18 por falta de tempo para fazer. Talvez possamos incluir entre elas a comida, embora aí outra roda
19 do setor poderá ser impactada, a dos restaurantes que vivem de oferecer comida barata a
20 trabalhadores.
21 O objetivo, no entanto, das pessoas que pensam esta nova economia é encorajar diferentes
22 formas de divisão e reciprocidade que possam ir, gradualmente, deslocando a esteira que torna
23 necessária a acumulação de dinheiro. Assim como, acreditam eles, com mais horas livres os
24 trabalhadores fatalmente acabarão buscando novas formas de lazer cultural, o que os tornará
25 pessoas diferentes, sem tanta necessidade de consumir.
26 Há, aí, uma tremenda diferença para a proposta japonesa. Nas terras orientais a redução do
27 trabalho está sendo uma iniciativa tomada para encorajar, justamente, o consumo, dizem os
28 especialistas ouvidos pela agência de notícias BBC. Será mesmo necessário este argumento para
29 a terceira economia do mundo? A resposta a esta pergunta pode estar na preocupação do próprio
30 governo japonês com as doenças provocadas pelo excesso de trabalho em sua população. Só no
31 ano passado, 217 pessoas morreram porque não conseguiram organizar um tempo para si e
32 entregaram-se de cabeça ao trabalho quase 24 horas por dia. Além disso, os suicídios estão
33 aumentando por causa do exagerado rigor japonês ao cumprir mais do que as tarefas que lhes
34 são normalmente impostas.
35 Já faz uma década que os britânicos pensadores da Nova Economia perceberam a ligação
36 direta entre o bem estar e o trabalho. Para eles, a economia cresce – e aí será possível falar num
37 desenvolvimento verdadeiramente sustentável – se os trabalhadores conseguirem criar e se eles
38 forem desafiados num ambiente mais ameno. Mais ainda se for dado a eles mais tempo para
39 fazer outras coisas, quem sabe até mesmo ter outro trabalho completamente diferente e que,
40 talvez, o deixe mais feliz em algumas horas do dia.
41 Há, portanto, segundo os estudiosos que buscam brechas para propor mudanças no sistema
42 atual levando em conta o tripé – social, econômico e ambiental – um jeito diferente de enxergar
43 o trabalho. É claro que estamos aqui fazendo referências duas economias que não precisam
44 se preocupar com taxas de desemprego. Números oficiais revelaram 1,5 milhão de jovens sem
45 ocupação no país britânico, cuja população excede os 60 milhões. No Japão, esta taxa não
chega 46 a 3%.

Adaptado de: https://g1.globo.com/natureza/blog/amelia-gonzalez/post/2018/08/22/trabalhar-menos-pode-ser-


uma-boa-opcao.ghtml
(FUNDATEC 2018 - SUPERIOR – Triunfo) - QUESTÃO 126 – Analise as assertivas a seguir a
respeito das lacunas presentes no texto:

I. A lacuna da linha 06 ficaria corretamente preenchida por ‘à', visto haver as condições
necessárias para o uso de crase nessa ocorrência.
II. Na linha 11, a lacuna ficaria corretamente preenchida pela preposição ‘a’.
III. A lacuna da linha 43 ficaria corretamente preenchida pelo artigo ‘a’, já que antecede palavras no
feminino.

Quais estão corretas?

A) Apenas I.
B) Apenas II.
C) Apenas III.
D) Apenas I e II.
E) Apenas II e III.

(FUNDATEC 2018 - SUPERIOR – Triunfo) - QUESTÃO 127 – Analise as assertivas a seguir a


respeito de palavras no texto:

I. A palavra ‘tostão’ (l.14) significa uma quantia pequena de dinheiro, visto que antigamente esse
vocábulo se referia a uma moeda.
II. A palavra ‘roda’ (l.18) poderia ser substituída por ‘vetor’ sem acarretar mudança de sentido.
III. O vocábulo ‘esteira’ (l.22) poderia ser substituído por ‘motivação’ sem alterar o contexto.
IV. O vocábulo ‘brechas’ (l.41) é empregado de forma figurada e significa, nesse caso,
‘oportunidades’.

Quais estão INCORRETAS?

A) Apenas I.
B) Apenas II.
C) Apenas II e III.
D) Apenas III e IV.
E) Apenas I, II e III.

(FUNDATEC 2018 - SUPERIOR – Triunfo) - QUESTÃO 128 – Em relação a expressões do texto,


analise as seguintes assertivas e assinale V, se verdadeiras, ou F, se falsas.

( ) A expressão ‘No coração’ (l.09-10) é empregada de forma conotativa e poderia ser alterada para
‘No âmago’, sem alteração de sentido.
( ) A palavra ‘fatalmente’ (l.24) é empregada de forma denotativa e tem o mesmo sentido que a
expressão ‘sem sombra de dúvidas’.
( ) ‘entregaram-se de cabeça’ (l.32) é uma expressão popular que foi empregada de forma
conotativa e tem o mesmo sentido de ‘empenhar-se’.

A ordem correta de preenchimento dos parênteses, de cima para baixo, é:

A) F – V – F.
B) V – F – F.
C) F – V – V.
D) V – F – V.
E) V – V – V.
(FUNDATEC 2018 - SUPERIOR – Triunfo) - QUESTÃO 129 – Considere as seguintes propostas de
substituição de elementos textuais
I. O vocábulo ‘Mas’ (l.16) é uma conjunção coordenativa adversativa e poderia ser substituído por
‘Porém’ sem implicar erro à frase.
II. Na linha 18, ‘se bem que’ substituiria adequadamente ‘embora’, mantendo-se a semântica e a
sintaxe do período.
III. Na linha 32, o nexo coesivo ‘Além disso’ poderia ser substituído por ‘Também’ sem provocar erro.

Quais estão corretas?

A) Apenas I.
B) Apenas II.
C) Apenas I e II.
D) Apenas II e III.
E) I, II e III.

(FUNDATEC 2018 - SUPERIOR – Triunfo) - QUESTÃO 130 – A respeito da ortografia e de


relações ortográficas de palavras do texto, analise as seguintes assertivas:

I. As palavras ‘excelente’ e ‘excesso’ apresentam dois dígrafos cada.


II. O vocábulo ‘reciprocidade’ apresenta o mesmo número de letras e fonemas, um encontro
consonantal e nenhum encontro vocálico.
III. ‘bem estar’ está grafado incorretamente, visto que é necessário emprego do hífen entre as
palavras ‘bem’ e ‘estar’, sendo um substantivo masculino composto hifenizado.

Quais estão corretas?

A) Apenas I.
B) Apenas II.
C) Apenas I e II.
D) Apenas I e III.
E) I, II e III.

(FUNDATEC 2018 - SUPERIOR – Triunfo) - QUESTÃO 131 – Analise as assertivas abaixo


referentes às ocorrências da palavra ‘que’ no texto.

I. Na linha 09, o ‘que’ exerce a função de sujeito da oração adjetiva.


II. Na linha 21, o ‘que’ classifica-se como uma conjunção integrante e introduz uma oração
subordinada substantiva subjetiva.
III. Na linha 35, o ‘que’ funciona como um pronome relativo, introduzindo uma oração subordinada
adjetiva explicativa.

Quais estão corretas?

A) Apenas I.
B) Apenas II.
C) Apenas I e II.
D) Apenas I e III.
E) I, II e III.
(FUNDATEC 2018 - SUPERIOR – Triunfo) - QUESTÃO 132 – Sobre o uso de pontuação no texto,
analise as seguintes assertivas e assinale V, se verdadeiras, ou F, se falsas.

( ) Na linha 13, o ponto final poderia ser substituído por vírgula, com as devidas adequações, sem
acarretar prejuízo à semântica e à sintaxe da frase.
( ) Para haver pontuação correta no período das linhas 15 e 16, faz-se necessário o emprego de uma
vírgula após a palavra ‘menos’, separando a oração subordinada reduzida adverbial temporal.
( ) Na linha 41, se colocássemos uma vírgula após ‘estudiosos’, não acarretaria mudanças no

período. A ordem correta de preenchimento dos parênteses, de cima para baixo, é:

A) F – V – F.
B) V – V – F.
C) F – V – V.
D) V – F – V.
E) V – V – V.

(FUNDATEC 2018 - SUPERIOR – Triunfo) - QUESTÃO 133 – Considere as seguintes propostas de


reescrita da seguinte frase do texto:

Lembrei-me do livro "The New Economics", lançado em 2009 por dois britânicos, com
propostas bem determinadas sobre como deveria ser um novo sistema luz do
desenvolvimento que leve em conta não só o lucro, mas também as pessoas.

I. Lembrei-me do livro “The New Economics”, de 2009, com sugestões bem delineadas sobre um
sistema original tendo em vista o desenvolvimento que leve em conta mais as pessoas do que
somente o lucro.
II. Veio-me à mente o livro “The New Economics”, de 2009, lançado por dois britânicos, com
propostas bem estabelecidas a respeito de como deveria ser um novo sistema com base no
desenvolvimento que considere também as pessoas além do lucro.
III. Recordei-me do livro “The New Economics”, lançado em 2009 por uma dupla de britânicos, sobre
como deveria ser um novo sistema com propostas bem determinadas conforme o
desenvolvimento que considere não só o lucro, mas também as pessoas.

Quais mantêm o sentido da frase em destaque?

A) Apenas I.
B) Apenas II.
C) Apenas III.
D) Apenas I e II.
E) Apenas II e III.

(FUNDATEC 2018 - SUPERIOR – Triunfo) - QUESTÃO 134 – Analise as assertivas abaixo sobre o
seguinte período do texto:

Tem muito a se refletir sobre a notícia de que o Japão está pedindo que os trabalhadores
tirem uma manhã de folga e, consequentemente, avisando aos empresários que, embora
não seja uma lei, esta deverá ser a diretriz de agora em diante no país.

I. O período apresenta 7 orações.


II. ‘Tem muito a se refletir sobre a notícia’ é a oração principal.
III. Não há nenhuma oração subordinada substantiva objetiva direta.

Quais estão corretas?

A) Apenas I.
B) Apenas II.
C) Apenas III.
D) Apenas I e II.
E) Apenas II e III.
(FUNDATEC 2018 - SUPERIOR – Triunfo) - QUESTÃO 135 – De acordo com o texto, afirma-
se que:

I. O Japão espera, com a redução da carga de trabalho, melhorar a qualidade de vida dos seus
habitantes, visto que muitos deles sofrem de doenças desenvolvidas em razão do trabalho, e
fazer com que eles tenham mais horas de lazer e menos preocupação com o consumo.
II. Infere-se, a partir do último parágrafo, que é possível haver uma nova maneira de ver o
trabalho. No entanto, deve-se levar em conta a economia do lugar e as possíveis preocupações
envolvidas nesse processo.
III. Segundo o texto, trabalhar menos pode proporcionar benefícios como melhor aproveitamento do
tempo livre, através de atividades de lazer, por exemplo, aumento da qualidade de vida de um
modo geral, além do estímulo a uma nova visão sobre consumismo.

Quais estão INCORRETAS?

A) Apenas I.
B) Apenas II.
C) Apenas I e II.
D) Apenas I e III.
E) I, II e III.
GABARITO
1. C 16. C 31. B 46. D 61. C 76. A 91. B 106. A 121.E
2. D 17. C 32. D 47. A 62. B 77. B 92. C 107. D 122. C
3. B 18. E 33. B 48. B 63. D 78. D 93. C 108. A 123. E
4. C 19. B 34. D 49. D 64. E 79. D 94. A 109. D 124. C
5. E 20. B 35. E 50. C 65. B 80. D 95. D 110. A 125. E
6. E 21. B 36. C 51. A 66. A 81. E 96. A 111. D 126. D
7. B 22. A 37. A 52. A 67. D 82. B 97. D 112. C 127. C
8. B 23. C 38. A 53. E 68. C 83. A 98. C 113. D 128. D
9. A 24. E 39. B 54. C 69. A 84. E 99. A 114. A 129. E
10. C 25. B 40. D 55. D 70. A 85. A 100. E 115. C 130. E
11. B 26. E 41. D 56. C 71. B 86. B 101. C 116. A 131. A
12. A 27. B 42. C 57. C 72. C 87. D 102. A 117. D 132. B
13. D 28. A 43.E 58. A 73. D 88. E 103. C 118. C 133. B
14. D 29. D 44. A 59.D 74. E 89. B 104. A 119. B 134. A
15. E 30. C 45. B 60.A 75. D 90. D 105. A 120. B 135. D

Material compilado a partir de provas da Fundatec


Gabaritos Oficiais
Mais materiais www.cetecconcursos.com.br