Você está na página 1de 570

1

2
VERSÃO 03.01
AGOSTO
2014

3
CONFEDERAÇÃO NACIONAL DA INDÚSTRIA – CNI

Robson Braga de Andrade


Presidente

DIRETORIA DE EDUCAÇÃO E TECNOLOGIA – DIRET

Rafael Esmeraldo Lucchesi Ramacciotti


Diretor de Educação e Tecnologia

SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM INDUSTRIAL – SENAI

Conselho Nacional

Robson Braga de Andrade


Presidente

SENAI – Departamento Nacional

Rafael Esmeraldo Lucchesi Ramacciotti


Diretor- Geral

Gustavo Leal Sales Filho


Diretor de Operações

4
SUMÁRIO

APRESENTAÇÃO .............................................................................................................. 7

1. ENERGIA EÓLICA .......................................................................................................... 8

1.1. MATRIZ DE REFERÊNCIA .......................................................................................... 8

1.2. ESPECIALIZAÇÃO TÉCNICA EM MONTAGEM E INSTALAÇÃO DE PARQUES


EÓLICOS .......................................................................................................................... 12
1.2.1. Identificação da Ocupação .................................................................................. 12
1.2.2. Desenho Curricular ............................................................................................. 13
1.2.3. Controle de Alteração.......................................................................................... 67

1.3. ESPECIALIZAÇÃO TÉCNICA EM OPERAÇÃO E MANUTENÇÃO DE PARQUES


EÓLICOS .......................................................................................................................... 68
1.3.1. Identificação da Ocupação .................................................................................. 68
1.3.2. Desenho Curricular ............................................................................................. 69
1.3.3. Controle de Alteração........................................................................................ 141

1.4. PRODUÇÃO DE MATERIAIS COMPÓSITOS - PÁS PARA AEROGERADORES . 142


1.4.1. Identificação da Ocupação ................................................................................ 142
1.4.2. Desenho Curricular ........................................................................................... 143
1.4.3. Controle de Alteração........................................................................................ 160

1.5. TÉCNICO EM SISTEMAS DE ENERGIA RENOVÁVEL ......................................... 161


1.5.1. Identificação da Ocupação ................................................................................ 161
1.5.2. Desenho Curricular ........................................................................................... 184
1.5.3. Controle de Alteração........................................................................................ 334

2. ENERGIA SOLAR ....................................................................................................... 335

2.1. MATRIZ DE REFERÊNCIA ...................................................................................... 342

2.2. MONTADOR DE SISTEMAS DE AQUECIMENTO SOLAR – MONTADOR SAS .... 345


2.2.1. Identificação da Ocupação ................................................................................ 345
2.2.2. Desenho Curricular ........................................................................................... 351
2.2.3. Controle de Alteração........................................................................................ 385

5
2.3. ESPECIALISTA EM INSTALAÇÕES DE SISTEMAS DE AQUECIMENTO SOLAR:
ESPECIALISTA EM SAS ................................................................................................ 386
2.3.1. Identificação da Ocupação ................................................................................ 386
2.3.2. Desenho Curricular............................................................................................ 391
2.3.3. Controle de Alteração ........................................................................................ 415

2.4. PROJETISTA DE SISTEMAS DE AQUECIMENTO SOLAR: PROJETISTA SAS .. 416


2.4.1 Identificação da Ocupação ................................................................................. 416
2.4.2. Desenho Curricular............................................................................................ 420
2.4.3. Controle de Alteração ........................................................................................ 432

3. ENERGIA FOTOVOLTAICA ....................................................................................... 433

3.1. MATRIZ DE REFERÊNCIA ...................................................................................... 439

3.2. MONTADOR DE SISTEMAS FOTOVOLTAICOS .................................................... 442


3.2.1. Identificação da Ocupação ................................................................................ 442
3.2.2. Desenho Curricular............................................................................................ 445
3.2.3. Controle de Alteração ........................................................................................ 471

3.3. ESPECIALISTA TÉCNICO EM SISTEMAS FOTOVOLTAICOS ............................. 472


3.3.1. Identificação da Ocupação ................................................................................ 472
3.3.3. Controle de Alteração ........................................................................................ 522

3.4. ESPECIALISTA TECNOLÓGICO EM SISTEMAS FOTOVOLTAICOS ................... 523


3.4.1. Identificação da Ocupação ................................................................................ 523
3.4.2. Desenho Curricular............................................................................................ 529
3.4.3. Controle de Alteração ........................................................................................ 569

6
APRESENTAÇÃO

A organização da oferta formativa coerente com as mudanças no


processo produtivo é um dos grandes desafios enfrentados pelas instituições de
formação profissional que preparam o trabalhador sob as perspectivas da
competência e polivalência, com o propósito de desenvolver suas capacidades
para compreensão e aplicação das bases gerais, técnicas, científicas e
socioeconômicas de uma área de atuação.

O ITINERÁRIO NACIONAL DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL elaborado nas


diversas áreas da indústria, para subsidiar as ações de formação profissional do
SENAI, tem como objetivo o alinhamento e atualização do desenho curricular com
base em contextos reais do mundo do trabalho.

Nesse sentido, este documento apresenta o itinerário nacional da área de


Energias Renováveis como resultado do trabalho articulado nacionalmente por
meio dos Comitês Técnicos Setoriais Nacionais, dos Comitês de Especialistas
Técnicos do SENAI e, dos Interlocutores da ação, e também com o apoio da GIZ -
Deutsche Gesellschaft für Internationale Zusammenarbeit GmbH - Programa
Energias Renováveis e Eficiência Energética Brasil.

Embora apresente o itinerário formativo de áreas tecnológicas, não se constitui


como um documento finalizado, uma vez que dentre as ações nacionais está o
permanente monitoramento dos Perfis Profissionais e Desenhos Curriculares
Nacionais no sentido de mantê-los aderentes às necessidades do mundo do
trabalho e à Metodologia SENAI de Educação Profissional.

Desta forma, entregamos aos regionais a versão 3 atualizada e ampliada, enquanto


instrumentalização para atender de forma proativa ao desafio da organização da
oferta formativa, tendo em vista o fortalecimento do padrão nacional e das ações
do Sistema SENAI.

7
1. ENERGIA EÓLICA

1.1. MATRIZ DE REFERÊNCIA


O Itinerário Nacional de Educação Profissional da área de Energias Eólica
contempla cursos de Qualificação Profissional, Habilitação Técnica, Especialização
Técnica e Aperfeiçoamento.

Os desenhos curriculares aqui apresentados representam uma base nacional


comum para a oferta formativa dos Departamentos Regionais, com vistas a
atualização técnica e tecnológica de seus cursos e a manutenção do padrão de
qualidade educacional SENAI.

Embora nem todos os currículos tenham sido desenvolvidos a partir de um Perfil


Profissional definido por um Comitê Técnico Setorial, estratégia prioritária da
Metodologia SENAI de Educação Profissional, todos foram desenvolvidos a partir
de pesquisas de mercado, estudos técnicos de tendência e prospecção,
conhecimento tácito da área e norteadores estratégicos e submetidos ao comitê de
Especialistas técnicos do SENAI que procederam a devida análise para que os
regionais possam usufruir de um documento condizente com as demandas da
indústria nacional.

Os Departamentos Regionais poderão montar suas ofertas formativas utilizando o


currículo de cada ocupação na íntegra ou fazendo o acréscimo de até 20% à carga
horária estabelecida. Isso fará com que todo curso atenda a uma base nacional
comum sem, contudo, comprometer as especificidades estaduais.

A seguir a Matriz de Referência de Energia Eólica que apresenta os cursos com


suas respectivas Unidades Curriculares e cargas horárias, além de representar
graficamente a composição de cada curso e servir para orientação ao regional na
composição de novas ofertas a partir do desmembramento do currículo aqui
apresentado.

8
9
Formação inicial e continuada
Especializações Técnicas

Instalação de Aerogeradores

Manutenção de Parques Eólicos


Especialização Técnica em Operação e

Fabricação de Pás para Aerogeradores


Especialização Técnica em Montagem e

160
860
664
C.H.
Total

Movimentação de Cargas
24
24

em Parques Eólicos
Tecnologia em Energia
32
32

Eólica
Trabalho em Altura para
28
28

Parques Eólicos
Técnicas de Torqueamento
aplicadas à Montagem de
16
16

Aerogeradores
Segurança no Sistema
Elétrico de Potência (SEP)
40
40

específico para Parques


Eólicos (NR10)
Operação de Parques
Eólicos-Procedimentos
40
40

Operacionais e Sistemas
Supervisórios
Ensaios e Verificação na
60

Montagem de
Aerogeradores
Produção de Materiais
160

Compósitos
Montagem Elétrica de
Equipamentos em
80

Aerogeradores
Montagem Mecânica de
Equipamentos em
92

Aerogeradores
Montagem Mecânica de
Sistemas Hidráulicos em
72 em Aerogeradores
ITINERÁRIO FORMATIVO DA ÁREA DE ENERGIA EÓLICA

Planejamento da Montagem

20
de Componentes em
Aerogeradores
Inglês Técnico para Energia

120
120
Eólica
Gestão do meio ambiente e

40
40
saúde
Técnicas de Manutenção
Aplicadas a Sistemas

160
Elétricos em Parques
Eólicos
Técnicas de Manutenção
Aplicadas a Sistemas
Mecânicos em Parques

160
Eólicos
Técnicas de Manutenção
Aplicadas a Sistemas

80
Hidráulicos em Parques
Inspeção e Manutenção de
Pás e Nacele de

80
aerogeradores
Planejamento e Manutenção
e Técnicas Preiditvas para

40
Parques Eólicos
10
FORMAÇÃO
TÉCNICA DE
NÍVEL MÉDIO
Energia
Qualificações/

Renovável
Técnico em
Sistemas de
Habilitações técnicas
CH.

1400
Total

Fundamentos de Informação e
40

Comunicação
Fundamentos Mecânicos
160

Fundamentos Eletroeletrônicos
160
MÓDULO BÁSICO

Fundamentos de Saúde, Meio Ambiente e


40

Segurança
80
Tecnologias de Energia Renovável
Montagem de Equipamentos e Estruturas

160
Mecânicas
MÓDULO II
ÁREA ENERGIAS RENOVÁVEIS

Instalação de Sistemas de Energia Renovável

160
Operação e Manutenção de Sistemas de

140
Energia Renovável
Fabricação de Equipamentos, Componentes e

100
Peças

60
Gestão de Pessoas e Processos
MÓDULO ESPECÍFICO II
Prospecção de Recursos de Energias

120
Renováveis
MÓDULO
Projetos de Sistemas de Pequeno Porte

180
ESPECÍFICO III
Especialização na Área de Energia Eólica (grande porte) no nível Técnico

Pré- Módulos Específicos


requisitos/requisitos de Módulos Gerais Título de
acesso para o curso de Especialização
especialização - Ensaios e Verificação na
Montagem de Aerogeradores;
- Montagem Elétrica de
- 18 anos completos; Equipamentos em Técnico
- Ensino fundamental Aerogeradores; Especializado
completo; - Movimentação de cargas em Montagem e
- Montagem Mecânica de
em Parques Eólicos; Instalação de
- Apresentar atestado Equipamentos em
médico que comprove - Tecnologia em Energia Eólica; Aerogeradores; Parques Eólicos
condições favoráveis de - Trabalho em altura para - Montagem Mecânica de
saúde para o exercício Parques Eólicos; Sistemas Hidráulicos em
das atividades em altura; - Técnicas de torqueamento; Aerogeradores;
- Concluído curso de - Segurança no Sistema Elétrico - Planejamento da Montagem de
Habilitação Técnica de de Potência (SEP) específico - Componentes em
Técnicas de Manutenção
Nível Médio em para Parques Eólicos (NR10 Aerogeradores.
Aplicadas a Sistemas Elétricos
Mecânica, Elétrica, complementar); em Parques Eólicos;
Eletricidade, - Operação de Parques Eólicos -
Mecatrônica, - Técnicas de Manutenção
Procedimentos operacionais e Aplicadas a Sistemas
Eletrotécnica, sistemas supervisórios; Mecânicos em Parques Eólicos; Técnico
Eletroeletrônica,
- Inglês técnico para Energia Especializado
Automação Industrial ou - Técnicas de Manutenção
Eólica; em Operação e
Instrumentação; Aplicadas a Sistemas
- Gestão do meio ambiente e Manutenção de
- Conhecimento básico de Hidráulicos em Parques
Parques Eólicos
inglês; - saúde.
Fabricação de pás Eólicos;
- Experiência profissional para aerogeradores - Inspeção e Manutenção de Pás
comprovada na área de e Nacele de aerogeradores;
formação profissional. - Planejamento e Manutenção e
Técnicas Preditivas para
Parques Eólicos

11
1.2. ESPECIALIZAÇÃO TÉCNICA EM MONTAGEM E
INSTALAÇÃO DE PARQUES EÓLICOS
1.2.1. Identificação da Ocupação

ESPECIALIZAÇÃO TÉCNICA EM
CURSO MONTAGEM E INSTALAÇÃO DE CBO
PARQUES EÓLICOS

EDUCAÇÃO
Formação Continuada C.H. MÍNIMA 664h
PROFISSIONAL

Controle e
NÍVEL DA EIXO
4 Processos
QUALIFICAÇÃO TECNOLÓGICO
Industriais

ÁREA Energias SEGMENTO


Eólica
TECNOLÓGICA Renováveis TECNOLÓGICO

COMPETÊNCIA
Montar e Instalar sistemas de Parques Eólicos.
GERAL
 18 anos completos
 Concluído curso Técnico nas áreas de Mecânica, Elétrica,
REQUISITOS Eletroeletrônica, Mecatrônica, Automação, Instrumentação ou
DE ACESSO Eletricidade
 Apresentar atestado médico que comprove condições favoráveis de
saúde para o exercício das atividades em altura

12
1.2.2. Desenho Curricular
Quadro Resumo da Organização Curricular

CARGA
CARGA
MÓDULOS UC HORÁRIA DO
HORÁRIA
MÓDULO

Tecnologia em Energia Eólica 32h

Trabalho em Altura para Parques 28h


Eólicos

Movimentação de Cargas em Parques 24


Eólicos

Técnicas de Torqueamento aplicadas à 16h


Montagem de Aerogeradores
Básico 340h
Segurança no Sistema Elétrico de 40h
Potência (SEP) específico para
Parques Eólicos (NR10)

Operação de Parques Eólicos- 40h


Procedimentos Operacionais e
Sistemas Supervisórios

Inglês Técnico para Energia Eólica 120h

Gestão do meio ambiente e saúde 40h

Ensaios e Verificações na Montagem 60h


de Aerogeradores

Montagem Elétrica de Equipamentos 80h


em Aerogeradores

Montagem Mecânica de Equipamentos 92h


Específico 324h
em Aerogeradores

Montagem Mecânica de Sistemas 72h


Hidráulicos em em Aerogeradores

Planejamento da Montagem de 20h


Componentes em Aerogeradores

TOTAL 664h

13
Detalhamento das Unidades Curriculares

MÓDULO: BÁSICO

Educação Profissional: Especiaização Técnica em Montagem e Instalação de Parques


Eólicos

Unidade Curricular: Tecnologia em Energia Eólica

Carga Horária: 32h

Unidade de Competência: Analisar e distinguir os processos de conversão de energia


eólica, identificando as tecnologias e os processos de montagem dos aerogeradores.

Objetivo Geral: Identificar as tecnologias e os processos de geração de energia eólica.

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Fundamentos Técnicos e Científicos Conhecimentos

Capacidades Técnicas Situação atual da energia eólica no mundo


 Identificar princípios de conversão  Princípios
eletromecânica  Definição
 Identificar princípios de geração de  Histórico
energia elétrica  Capacidade eólica instalada no mundo
 Identificar componentes de  Taxa de crescimento mundial
aerogeradores  Distribuição geográfica do crescimento
 Identificar princípios, controle e  Crescimento esperado
automação  Capacidade projetada
 Desenvolver visão sistêmica do  Balanço de novas fontes de energia
parque eólico
Estado atual e perspectivas da energia
eólica no Brasil
Capacidades sociais, organizativas e  Fundamentos
metodológicas  Características da nova oferta
 Demonstrar raciocínio lógico o Hidroelétrica
 Desenvolver senso de investigação o Termoelétrica
 Capacidade eólica brasileira
 Situação da energia eólica no Brasil
 Complementaridade sazonal eólica – hídrica
 Fases do Brasil
o PROINFA
o Leilão de 2009
o Leilões de 2010
o Leilões de 2011
 Perspectivas
Meteorologia eólica: potencial eólico
 Definição
 Vento

14
MÓDULO: BÁSICO

Educação Profissional: Especiaização Técnica em Montagem e Instalação de Parques


Eólicos

Unidade Curricular: Tecnologia em Energia Eólica

Carga Horária: 32h

Unidade de Competência: Analisar e distinguir os processos de conversão de energia


eólica, identificando as tecnologias e os processos de montagem dos aerogeradores.

Objetivo Geral: Identificar as tecnologias e os processos de geração de energia eólica.

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Fundamentos Técnicos e Científicos Conhecimentos


o Definição
o Origem
 Tipos de vento
o Geostrófico
o Gradiente
o Modelo conceitual de circulação global
atmosférica
o Partes de um aerogerador
o Vento na superfície e camada limite
 Comprimento de rugosidade
 Lei da Potência
 Potência eólica disponível
 Potência eólica utilizável
 Distribuição de frequência
 Distribuição de Weibull
 Curva de potência de um aerogerador
 Cálculo da potência anual gerada
 Modelagem atmosférica
o Modelo global
o Modelo de mesoescala ou regional
 Bases de dados
o Medidas locais
o Redes de coleta de dados
o Reanálises
Aerodinâmica aplicada aos aerogeradores
 Fundamentos
 Coeficiente de potência
 Razão de velocidades na pá
 Força de sustentação
 Coeficiente de potência em função do tipo
de aerogerador
 Efeito esteira

15
MÓDULO: BÁSICO

Educação Profissional: Especiaização Técnica em Montagem e Instalação de Parques


Eólicos

Unidade Curricular: Tecnologia em Energia Eólica

Carga Horária: 32h

Unidade de Competência: Analisar e distinguir os processos de conversão de energia


eólica, identificando as tecnologias e os processos de montagem dos aerogeradores.

Objetivo Geral: Identificar as tecnologias e os processos de geração de energia eólica.

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Fundamentos Técnicos e Científicos Conhecimentos

Tecnologia dos aerogeradores


 Definição
 Evolução histórica
 Estimativa de instalações versus tamanho
 Evolução do tamanho dos aerogeradores
 Princípios de funcionamento do aerogerador
 Tipos construtivos de Aerogeradores
o Posição do rotor
o Posição do eixo
o Número de pás
o Tipo de controle de potência
o Velocidade fixa ou variável
 Componentes de Aerogeradores e suas
funções
o Fundação
o Torre
o Pás
o Caixa multiplicadora
o Gerador elétrico
o Sistema de posicionamento (Yaw)
o Sistema de transmissão
o Sistema de refrigeração
o Nacele
o Sistema de controle
 Controle de potência
o Stall
o Pitch
o Stall Ativo
 Sensores
Aspectos de habilitação técnica de projetos
 Fundamentos

16
MÓDULO: BÁSICO

Educação Profissional: Especiaização Técnica em Montagem e Instalação de Parques


Eólicos

Unidade Curricular: Tecnologia em Energia Eólica

Carga Horária: 32h

Unidade de Competência: Analisar e distinguir os processos de conversão de energia


eólica, identificando as tecnologias e os processos de montagem dos aerogeradores.

Objetivo Geral: Identificar as tecnologias e os processos de geração de energia eólica.

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Fundamentos Técnicos e Científicos Conhecimentos


 Leilões para compra de energia elétrica
 Sistema de Cadastro de Empreendimentos -
AEGE
 O processo de habilitação técnica
 A análise técnica
 A Habilitação Técnica
 Recomendações da EPE
Impactos ambientais
 Princípios
 Impactos ambientais de um
empreendimento eólico
o Impactos ambientais na flora e fauna
o Propagação do ruído
o Sombras e reflexos
o Impacto visual na paisagem
 Legislação ambiental

17
AMBIENTES PEDAGÓGICOS, COM RELAÇÃO DE EQUIPAMENTOS,
MÁQUINAS, FERRAMENTAS, INSTRUMENTOS E MATERIAIS

 Biblioteca
 Sala de aula
Ambientes Pedagógicos  Laboratório de Eólica
 Laboratório Solar Fotovoltaica
 Laboratório de Informática II

Laboratório de Eólica
Máquinas:
 Plataformas especiais para manutenção em
aerogeradores
Equipamentos:
 Aerogeradores
 Bancadas de simulação
 Controladores de carga
 Inversores de potência off-grid e grid-tie
 Baterias estacionárias
 Turbina eólica (rotor e seus componentes:
cubo, extensores, rolamentos, pás, sistemas
de controle, para-raios)
 Nacele e seus componentes: gerador,
multiplicadores de velocidade, multiplicadores
planetários, redutores de velocidade,
Equipamentos,Ferramentas, rolamentos, eixos, mancais, sistemas de
Instrumentos e Materiais transmissão, sistemas de freios, sistemas
hidráulicos, sistemas de giro e refrigeração
 Sensores: velocidade do vento, direção do
vento, pressão atmosférica, temperatura do
ar, umidade do ar, de proximidade, de nível,
de rotação, tensão, corrente, fluxo, vibração,
posição
 Birutas
 Registradores
 Atuadores
 Circuitos hidráulicos de sistemas de controle
 Lubrificantes
 Torres
 Sistemas de controle (PLC)
 Transformadores
 Conversores de frequência
 Cabos elétricos
 Pás
 EPI e EPC

18
AMBIENTES PEDAGÓGICOS, COM RELAÇÃO DE EQUIPAMENTOS,
MÁQUINAS, FERRAMENTAS, INSTRUMENTOS E MATERIAIS

Ferramentas:
 Chaves de fenda
 Chaves Phillips
 Alicate de corte
 Alicate de bico
 Alicate prensa terminais
 Alicate universal
 Torquímetro
 Bancadas para teste de geradores elétricos
Instrumentos:
 Multímetro
 Terrômetro
 Osciloscópio
 Anemômetros
 Ultrassom
 Medidores de umidade portáteis e de
bancada
 Instrumentos de radiografia
 Indicadores de rotação do motor e sequência
de fase
 Megômetros portáteis
 Medidores tipo alicate com escala em
ampères
 Miliampères e microampères
 Termômetro infravermelho profissional com
campo de visão de 50:1 e montagem
magnética
Materiais:
 Cabos
 Fios
 Conectores
 Matérias componentes das pás (resina epoxy,
resina poliéster, resina éster vinil,
fiberglassreinforcedplastic, parafusos)

Material didático  Apostila

19
MÓDULO: BÁSICO

Educação Profissional: Especiaização Técnica em Montagem e Instalação de Parques


Eólicos

Unidade Curricular: Trabalho em Altura para Parques Eólicos

Carga Horária: 28h

Unidade de Competência: Instalar sistemas e componentes eletroeletrônicos e


mecânicos do aerogerador. Operar sistemas eletroeletrônicos e mecânicos do aerogerador
e realizar a manutenção de sistemas e componentes eletroeletrônicos e mecânicos.

Objetivo Geral: Realizar a movimentação de cargas na montagem e na instalação de


aerogeradoresdos parques eólicos em altura.

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Fundamentos Técnicos e Científicos Conhecimentos

Capacidades Técnicas Análise de Risco e Trabalho em altura


 Interpretar informações de  Definições
procedimentos operacionais e de  Normas e regulamentos aplicáveis ao
execução para trabalho em altura trabalho em altura
 Usar equipamentos para trabalho em
Equipamentos
altura
 Instalar e montar estruturas para  Sistemas e equipamentos de proteção
trabalho em altura coletiva – EPC
 Avaliar esforços sobre o sistema de o Tipos
ancoragem o Instalação
 Usar os tipos de sistemas de o Operação
ancoragem aplicáveis à cadeia o Procedimentos
eólica  Equipamentos de proteção individual – EPI
 Utilizar métodos de eliminação de o Tipos
atrito o Utilização
 Utilizar dispositivos de proteção o Seleção
 Utilizar freio simples e freio oito o Inspeção
o Conservação
o Limitação de uso
Capacidades sociais, organizativas e  Exigências de segurança
metodológicas  condições impeditivas
 Análise de estrutura e checagem de
 Demonstrar raciocínio lógico equipamentos
 Ser prudente
 Apresentar condições físicas e Ancoragem
psicológicas para trabalho em altura  Elementos de conexão
 Ser organizado  Avaliação dos pontos
 Trabalhar em equipe  Estrutura de suporte
 Cabos guias

20
MÓDULO: BÁSICO

Educação Profissional: Especiaização Técnica em Montagem e Instalação de Parques


Eólicos

Unidade Curricular: Trabalho em Altura para Parques Eólicos

Carga Horária: 28h

Unidade de Competência: Instalar sistemas e componentes eletroeletrônicos e


mecânicos do aerogerador. Operar sistemas eletroeletrônicos e mecânicos do aerogerador
e realizar a manutenção de sistemas e componentes eletroeletrônicos e mecânicos.

Objetivo Geral: Realizar a movimentação de cargas na montagem e na instalação de


aerogeradoresdos parques eólicos em altura.

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Fundamentos Técnicos e Científicos Conhecimentos

Atividades em altura
 Com deslocamento restrito
 Posicionado
 Riscos potenciais inerentes ao trabalho em
altura e medidas de prevenção e controle
 Acidentes típicos
 Condutas em situações de emergência e
resgate
 Primeiros Socorros especiais
 Equipamento de resgate
 Resgate através da escada
Movimentação e transporte de materiais e
pessoas
Orientações sobre saúde ocupacional
Sinalização de segurança

21
AMBIENTES PEDAGÓGICOS, COM RELAÇÃO DE EQUIPAMENTOS,
MÁQUINAS, FERRAMENTAS, INSTRUMENTOS E MATERIAIS

 Biblioteca
 Sala de aula
Ambientes Pedagógicos  Laboratório de Eólica
 Laboratório Solar Fotovoltaica
 Laboratório de Informática II

Laboratório de Eólica
Máquinas:
 Plataformas especiais para manutenção em
aerogeradores
Equipamentos:
 Aerogeradores
 Bancadas de simulação
 Controladores de carga
 Inversores de potência off-grid e grid-tie
 Baterias estacionárias
 Turbina eólica (rotor e seus componentes:
cubo, extensores, rolamentos, pás, sistemas
de controle, para-raios)
 Nacele e seus componentes: gerador,
multiplicadores de velocidade, multiplicadores
planetários, redutores de velocidade,
Equipamentos,Ferramentas, rolamentos, eixos, mancais, sistemas de
Instrumentos e Materiais transmissão, sistemas de freios, sistemas
hidráulicos, sistemas de giro e refrigeração
 Sensores: velocidade do vento, direção do
vento, pressão atmosférica, temperatura do
ar, umidade do ar, de proximidade, de nível,
de rotação, tensão, corrente, fluxo, vibração,
posição
 Birutas
 Registradores
 Atuadores
 Circuitos hidráulicos de sistemas de controle
 Lubrificantes
 Torres
 Sistemas de controle (PLC)
 Transformadores
 Conversores de frequência
 Cabos elétricos
 Pás
 EPI e EPC

22
AMBIENTES PEDAGÓGICOS, COM RELAÇÃO DE EQUIPAMENTOS,
MÁQUINAS, FERRAMENTAS, INSTRUMENTOS E MATERIAIS

Ferramentas:
 Chaves de fenda
 Chaves Phillips
 Alicate de corte
 Alicate de bico
 Alicate prensa terminais
 Alicate universal
 Torquímetro
 Bancadas para teste de geradores elétricos
Instrumentos:
 Multímetro
 Terrômetro
 Osciloscópio
 Anemômetros
 Ultrassom
 Medidores de umidade portáteis e de
bancada
 Instrumentos de radiografia
 Indicadores de rotação do motor e sequência
de fase
 Megômetros portáteis
 Medidores tipo alicate com escala em
ampères
 Miliampères e microampères
 Termômetro infravermelho profissional com
campo de visão de 50:1 e montagem
magnética
Materiais:
 Cabos
 Fios
 Conectores
 Matérias componentes das pás (resina epoxy,
resina poliéster, resina éster vinil,
fiberglassreinforcedplastic, parafusos)

Material didático  Apostila

23
MÓDULO: BÀSICO

Educação Profissional: Especiaização Técnica em Montagem e Instalação de Parques


Eólicos

Unidade Curricular: Movimentação de Cargas em Parques Eólicos

Carga Horária: 24h

Unidade de Competência: Instalar sistemas e componentes eletroeletrônicos e


mecânicos do aerogerador.

Objetivo Geral: Realizar a movimentação de cargas na montagem e na instalação de


aerogeradores.

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Fundamentos Técnicos e Científicos Conhecimentos

Capacidades Técnicas Legislação e normas aplicáveis (2h)


 Identificar ferramentas específicas  Capacidade de carga
 Aplicar técnicas de trabalho em  Limites de tensão permissíveis
atividades de montagem mecânica  Intervalos de inspeção
 Utilizar os Equipamentos de Proteção  Critérios de descarte
Individual e Coletiva  Avaliação de desgaste
 Inspecionar equipamentos e
Equipamentos de movimentação de cargas
acessórios antes da sua utilização
(2h)
 Avaliar procedimento de
movimentação de carga (considerar  Guindaste
requisitos de segurança operacional)  Munk
 Orientar atividades de movimentação  Empilhadeira
de cargas por meio de sinais  Ponte rolante
padronizados (Norma ASME B 30.5)  Trole
 Identificar o tipo de carga a ser  Talha
movimentada ou transportada  Tirfor
(material, forma, volume, peso e
localização) Movimentação de cargas por guindastes
 Identificar eventuais obstáculos (12h)
 Analisar o esforço físico necessário e o  Acessórios: especificação, utilizaçãoe
trajeto envolvidos para a execução da inspeção
tarefa o Cabos de aço
 Avaliar adequação dos equipamentos o Moitão
de movimentação de carga o Manilha
 Analisar as características do piso em o Estropo
que será realizada a movimentação o Grampos (“clips”)
(desnível, escorregadio, resistência, o Cintas e ganchos
etc.) o Olhais de ancoragem
 Operar guinchos do aerogerador para o Dispositivos de içamento e
movimentação de cargas movimentação
 Propor melhorias nos processos de o Dispositivos de montagem

24
MÓDULO: BÀSICO

Educação Profissional: Especiaização Técnica em Montagem e Instalação de Parques


Eólicos

Unidade Curricular: Movimentação de Cargas em Parques Eólicos

Carga Horária: 24h

Unidade de Competência: Instalar sistemas e componentes eletroeletrônicos e


mecânicos do aerogerador.

Objetivo Geral: Realizar a movimentação de cargas na montagem e na instalação de


aerogeradores.

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Fundamentos Técnicos e Científicos Conhecimentos


movimentação de cargas  Avaliação das condições de serviço
o Amarração das cargas
o Trajeto da carga e obstáculos
o Nivelamento da máquina
Capacidades sociais, organizativas e o Condições do solo
metodológicas o Local de patolamento
o Condições meteorológicas
 Trabalhar em equipe  Técnicas de montagem
 Demonstrar raciocínio lógico o Amarração
 Ser prudente o Operação com duas linhas de
 Executar as atividades com segurança carregamento
 Ser organizado o Operação com quatro linhasde
 Ter senso de investigação carregamento
 Ter visão sistêmica da montagem do o Ângulo de ataque permito
aerogerador o Pontos de ancoragem e limite de carga
o Montagem de olhal
o Proteção de laço de corda
o Uso de balancim travessa
o Segurança contra folga e
escorregamento
Plano de movimentação de carga (plano de
rigging) (4h)
 Identificação das zonas de risco
 Preparação do ponto de recepçãoda carga
 Preparação de materiais auxiliares
Procedimento de içamento de
componentes de aerogeradores (1h)
 Torres
 Pás
 Geradores

25
MÓDULO: BÀSICO

Educação Profissional: Especiaização Técnica em Montagem e Instalação de Parques


Eólicos

Unidade Curricular: Movimentação de Cargas em Parques Eólicos

Carga Horária: 24h

Unidade de Competência: Instalar sistemas e componentes eletroeletrônicos e


mecânicos do aerogerador.

Objetivo Geral: Realizar a movimentação de cargas na montagem e na instalação de


aerogeradores.

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Fundamentos Técnicos e Científicos Conhecimentos


 Multiplicador
 Rolamentos
Procedimentos de comunicação e
sinalização (1h)
Avaliação de riscos e práticas de
segurança (2h)
 Transporte manual de cargas
 Utilização de EP’Is e EPC’s
 Atos inseguros
 Condições inseguras (falhas nos
procedimentos e equipamentos)
 Identificação e avaliação dos riscos
 ligados à amarração e içamento da carga

AMBIENTES PEDAGÓGICOS, COM RELAÇÃO DE EQUIPAMENTOS,


MÁQUINAS, FERRAMENTAS, INSTRUMENTOS E MATERIAIS

Ambientes Pedagógicos

Equipamentos e Ferramentas

Material Didático

26
MÓDULO: BÁSICO

Educação Profissional: Especiaização Técnica em Montagem e Instalação de Parques


Eólicos

Unidade Curricular: Técnicas de Torqueamento aplicadas à Montagem de Aerogeradores

Carga Horária: 16h

Unidade de Competência: Instalar sistemas e componentes eletroeletrônicos e


mecânicos do aerogerador.

Objetivo Geral: Aplicar metodologia de torqueamento na instalação de sistemas e


componentes eletroeletrônicos e mecânicos do aerogerador.

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Fundamentos Técnicos e Científicos Conhecimentos

Capacidades Técnicas Parafusos


 Identificar ferramentas  Tipos de parafusos e porcas
 Aplicar técnicas de trabalho em  Tipos de rosca
atividades de montagem mecânica  Classes de parafusos
 Utilizar a metodologia de  Propriedades de materiais
torqueamento hidráulico  Fadiga e curva tensão-ciclos
 Aplicar procedimentos de manuais,  Inspeção de parafusos
de normas técnicas, de saúde e
segurança no trabalho, de qualidade Uniões aparafusadas
e de meio ambiente
 Avaliar riscos das atividades de  Características
montagem  Uniões aparafusadas em estruturas metálicas
 Executar e verificar torque nos  Influência das imperfeições
vários componentes de  Conexão pá-cubo
aerogeradores, como: conexão  Esforços em uniões de aerogeradores
fundação/torre, união de seções de  Verificação de uniões aparafusadas
torre, conexão cubo/pá, conexão
torre/nacele, conexão cubo/eixo e Torqueamento
outros
 Propor melhorias  Princípios do torque
 Unidades de torque
 Técnicas de torqueamento
Capacidades sociais, organizativas  Pré-carga
e metodológicas  Sequência de torqueamento
 Coeficiente de atrito
 Trabalhar em equipe
 Influência da lubrificação
 Ser organizado
 Métodos de medição
 Ter visão sistêmica
 Resolver problemas
(troubleshooting) Torquímetros
 Ferramentas manuais
 Pneumáticos
27
MÓDULO: BÁSICO

Educação Profissional: Especiaização Técnica em Montagem e Instalação de Parques


Eólicos

Unidade Curricular: Técnicas de Torqueamento aplicadas à Montagem de Aerogeradores

Carga Horária: 16h

Unidade de Competência: Instalar sistemas e componentes eletroeletrônicos e


mecânicos do aerogerador.

Objetivo Geral: Aplicar metodologia de torqueamento na instalação de sistemas e


componentes eletroeletrônicos e mecânicos do aerogerador.

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Fundamentos Técnicos e Científicos Conhecimentos

 Hidráulicos
o Princípios de hidráulica
o Posicionamento da ferramenta
o Força de destorque

28
AMBIENTES PEDAGÓGICOS, COM RELAÇÃO DE EQUIPAMENTOS,
MÁQUINAS, FERRAMENTAS, INSTRUMENTOS E MATERIAIS

 Biblioteca
 Sala de aula
Ambientes Pedagógicos  Laboratório de Eólica
 Laboratório Solar Fotovoltaica
 Laboratório de Informática II

Laboratório de Eólica
Máquinas:
 Plataformas especiais para manutenção em
aerogeradores
Equipamentos:
 Aerogeradores
 Bancadas de simulação
 Controladores de carga
 Inversores de potência off-grid e grid-tie
 Baterias estacionárias
 Turbina eólica (rotor e seus componentes:
cubo, extensores, rolamentos, pás, sistemas
de controle, para-raios)
 Nacele e seus componentes: gerador,
multiplicadores de velocidade, multiplicadores
planetários, redutores de velocidade,
Equipamentos,Ferramentas, rolamentos, eixos, mancais, sistemas de
Instrumentos e Materiais transmissão, sistemas de freios, sistemas
hidráulicos, sistemas de giro e refrigeração
 Sensores: velocidade do vento, direção do
vento, pressão atmosférica, temperatura do
ar, umidade do ar, de proximidade, de nível,
de rotação, tensão, corrente, fluxo, vibração,
posição
 Birutas
 Registradores
 Atuadores
 Circuitos hidráulicos de sistemas de controle
 Lubrificantes
 Torres
 Sistemas de controle (PLC)
 Transformadores
 Conversores de frequência
 Cabos elétricos
 Pás
 EPI e EPC

29
AMBIENTES PEDAGÓGICOS, COM RELAÇÃO DE EQUIPAMENTOS,
MÁQUINAS, FERRAMENTAS, INSTRUMENTOS E MATERIAIS

Ferramentas:
 Chaves de fenda
 Chaves Phillips
 Alicate de corte
 Alicate de bico
 Alicate prensa terminais
 Alicate universal
 Torquímetro
 Bancadas para teste de geradores elétricos
Instrumentos:
 Multímetro
 Terrômetro
 Osciloscópio
 Anemômetros
 Ultrassom
 Medidores de umidade portáteis e de
bancada
 Instrumentos de radiografia
 Indicadores de rotação do motor e sequência
de fase
 Megômetros portáteis
 Medidores tipo alicate com escala em
ampères
 Miliampères e microampères
 Termômetro infravermelho profissional com
campo de visão de 50:1 e montagem
magnética
Materiais:
 Cabos
 Fios
 Conectores
 Matérias componentes das pás (resina epoxy,
resina poliéster, resina éster vinil,
fiberglassreinforcedplastic, parafusos)

Material didático  Apostila

30
MÓDULO: BÁSICO

Educação Profissional: Especiaização Técnica em Montagem e Instalação de Parques


Eólicos

Unidade Curricular: Segurança no Sistema Elétrico de Potência (SEP) específico para


Parques Eólicos (NR10)

Carga Horária: 40h

Unidade de Competência: Aplicar os requisitos necessários à implementação de medidas


de controle e sistemas preventivos, de forma a garantir a segurança e a saúde em
instalações elétricas e serviços com eletricidade

Objetivo Geral: Realizar a manutenção de sistemas e componentes eletroeletrônicos e


mecânicos de parques eólicos, seguindo as normas de segurança do sistema elétrico de
potência (SEP) e emsuas proximidades – parques eólicos.

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Fundamentos Técnicos e Científicos Conhecimentos

Capacidades Técnicas Organização do Sistema Elétrico de


Potência – SEP
 Aplicar procedimentos e normas
técnicas, de saúde e segurança no Organização do trabalho
trabalho, de qualidade e de meio
 Programação e planejamento dos serviços
ambiente
 Trabalho em equipe
 Prontuário e cadastro das instalações
Capacidades sociais, organizativas e  Métodos de trabalho
metodológicas  Comunicação

 Trabalhar em equipe Aspectos comportamentais


 Desenvolver raciocínio lógico Condições impeditivas para serviços
 Ser organizado
Riscos típicos no SEP e sua prevenção (*)
 Ter senso de investigação
 Exercer liderança  Proximidade e contatos com partes
 Ter visão sistêmica energizadas
 Indução
 Descargas atmosféricas
 Estática
 Campos elétricos e magnéticos
 Comunicação e identificação
 Trabalhos em altura, máquinas e
equipamentos especiais
Técnicas de análise de Risco no S E P (*)

Procedimentos de trabalho – análise e

31
MÓDULO: BÁSICO

Educação Profissional: Especiaização Técnica em Montagem e Instalação de Parques


Eólicos

Unidade Curricular: Segurança no Sistema Elétrico de Potência (SEP) específico para


Parques Eólicos (NR10)

Carga Horária: 40h

Unidade de Competência: Aplicar os requisitos necessários à implementação de medidas


de controle e sistemas preventivos, de forma a garantir a segurança e a saúde em
instalações elétricas e serviços com eletricidade

Objetivo Geral: Realizar a manutenção de sistemas e componentes eletroeletrônicos e


mecânicos de parques eólicos, seguindo as normas de segurança do sistema elétrico de
potência (SEP) e emsuas proximidades – parques eólicos.

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Fundamentos Técnicos e Científicos Conhecimentos


discussão (*)
Técnicas de trabalho sob tensão (*)
 Em linha viva
 Ao potencial
 Em áreas internas
 Trabalho a distância
 Trabalhos noturnos
 Áreas subterrâneas
Equipamentos e ferramentas de trabalho
(escolha, uso, conservação, verificação,
ensaios) (*)
Sistemas de proteção coletiva (*)
Equipamentos de proteção individual (*)
Posturas e vestuários de trabalho (*)
Segurança com veículos e transporte de
pessoas, materiais e equipamentos(*)
Sinalização e isolamento de áreas de
trabalho(*)
Liberação de instalação para serviço e para
operação e uso (*)
Treinamento em técnicas de remoção,
atendimento, transporte de acidentados (*)
Acidentes típicos (*) – Análise, discussão,
medidas de proteção

32
MÓDULO: BÁSICO

Educação Profissional: Especiaização Técnica em Montagem e Instalação de Parques


Eólicos

Unidade Curricular: Segurança no Sistema Elétrico de Potência (SEP) específico para


Parques Eólicos (NR10)

Carga Horária: 40h

Unidade de Competência: Aplicar os requisitos necessários à implementação de medidas


de controle e sistemas preventivos, de forma a garantir a segurança e a saúde em
instalações elétricas e serviços com eletricidade

Objetivo Geral: Realizar a manutenção de sistemas e componentes eletroeletrônicos e


mecânicos de parques eólicos, seguindo as normas de segurança do sistema elétrico de
potência (SEP) e emsuas proximidades – parques eólicos.

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Fundamentos Técnicos e Científicos Conhecimentos


Responsabilidades (*)

(*) Estes tópicos deverão ser desenvolvidos e


dirigidos especificamente para as condições de
trabalho características de cada ramo, padrão
de operação, de nível de tensão e de outras
peculiaridades específicas ao tipo ou condição
especial de atividade, sendo obedecida a
hierarquia no aperfeiçoamento técnico do
trabalhador.

33
AMBIENTES PEDAGÓGICOS, COM RELAÇÃO DE EQUIPAMENTOS,
MÁQUINAS, FERRAMENTAS, INSTRUMENTOS E MATERIAIS

 Biblioteca
 Sala de aula
Ambientes Pedagógicos  Laboratório de Eólica
 Laboratório Solar Fotovoltaica
 Laboratório de Informática II

Laboratório de Eólica
Máquinas:
 Plataformas especiais para manutenção em
aerogeradores
Equipamentos:
 Aerogeradores
 Bancadas de simulação
 Controladores de carga
 Inversores de potência off-grid e grid-tie
 Baterias estacionárias
 Turbina eólica (rotor e seus componentes:
cubo, extensores, rolamentos, pás, sistemas
de controle, para-raios)
 Nacele e seus componentes: gerador,
multiplicadores de velocidade, multiplicadores
planetários, redutores de velocidade,
rolamentos, eixos, mancais, sistemas de
Equipamentos,Ferramentas, transmissão, sistemas de freios, sistemas
Instrumentos e Materiais hidráulicos, sistemas de giro e refrigeração
 Sensores: velocidade do vento, direção do
vento, pressão atmosférica, temperatura do
ar, umidade do ar, de proximidade, de nível,
de rotação, tensão, corrente, fluxo, vibração,
posição
 Birutas
 Registradores
 Atuadores
 Circuitos hidráulicos de sistemas de controle
 Lubrificantes
 Torres
 Sistemas de controle (PLC)
 Transformadores
 Conversores de frequência
 Cabos elétricos
 Pás
 EPI e EPC

34
AMBIENTES PEDAGÓGICOS, COM RELAÇÃO DE EQUIPAMENTOS,
MÁQUINAS, FERRAMENTAS, INSTRUMENTOS E MATERIAIS
Ferramentas:
 Chaves de fenda
 Chaves Phillips
 Alicate de corte
 Alicate de bico
 Alicate prensa terminais
 Alicate universal
 Torquímetro
 Bancadas para teste de geradores elétricos
Instrumentos:
 Multímetro
 Terrômetro
 Osciloscópio
 Anemômetros
 Ultrassom
 Medidores de umidade portáteis e de
bancada
 Instrumentos de radiografia
 Indicadores de rotação do motor e sequência
de fase
 Megômetros portáteis
 Medidores tipo alicate com escala em
ampères
 Miliampères e microampères
 Termômetro infravermelho profissional com
campo de visão de 50:1 e montagem
magnética
Materiais:
 Cabos
 Fios
 Conectores
 Matérias componentes das pás (resina epoxy,
resina poliéster, resina éster vinil,
fiberglassreinforcedplastic, parafusos)

Material didático  Apostila

35
MÓDULO: BÁSICO

Educação Profissional: Especiaização Técnica em Montagem e Instalação de Parques


Eólicos

Unidade Curricular: Operação de parques eólicos – Procedimentos operacionais e


sistemas supervisórios

Carga Horária: 40h

Unidade de Competência: Operação de parques eólicos – procedimentos operacionais e


sistemas supervisórios.

Objetivo Geral: Operar o sistema SCADA e utilizar os procedimentos de operação de


parques eólicos.

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Fundamentos Técnicos e Científicos Conhecimentos

Capacidades Técnicas Sistemas de controle e segurança de


aerogeradores (6h)
 Analisar dados de operação do
aerogerador Transmissão de dados – telemetria (2h)
 Operar o sistema SCADA  Rádio
 Parametrizar o sistema SCADA  Cabos
 Coletar dados do sistema SCADA  Fibra ótica
 Analisar os dados do sistema SCADA,  Modem – roteador
utilizando as ferramentas de
estatística Procedimentos operacionais (8h)
 Executar operações no aerogerador,  Aerogeradores
tais como partida, parada e reset  Sistemas elétricos auxiliares
 Monitorar a produção de energia  Subestação
 Medição anemométrica
Capacidades sociais, organizativas e Controlador (4h)
metodológicas
 CLP
 Demonstrar raciocínio lógico  Inputs e Outputs
 Ser organizado Sistema Supervisório (SCADA)(16h)
 Ter senso de investigação
 Trabalhar em equipe  Parametrização
 Ter visão sistêmica da operação e  Operação
manutenção do parque eólico  Aquisição de dados
 Resolver problemas (troubleshooting)  Análise de dados
 Propor melhorias Relações com agentes da rede elétrica (4h)
 Requisitos de operação
 Procedimentos de comunicação

36
AMBIENTES PEDAGÓGICOS, COM RELAÇÃO DE EQUIPAMENTOS,
MÁQUINAS, FERRAMENTAS, INSTRUMENTOS E MATERIAIS
 Biblioteca
 Sala de aula
Ambientes Pedagógicos  Laboratório de Eólica
 Laboratório Solar Fotovoltaica
 Laboratório de Informática II
Laboratório de Eólica
Máquinas:
 Plataformas especiais para manutenção em
aerogeradores
Equipamentos:
 Aerogeradores
 Bancadas de simulação
 Controladores de carga
 Inversores de potência off-grid e grid-tie
 Baterias estacionárias
 Turbina eólica (rotor e seus componentes:
cubo, extensores, rolamentos, pás, sistemas
de controle, para-raios)
 Nacele e seus componentes: gerador,
multiplicadores de velocidade, multiplicadores
planetários, redutores de velocidade,
rolamentos, eixos, mancais, sistemas de
transmissão, sistemas de freios, sistemas
Equipamentos,Ferramentas, hidráulicos, sistemas de giro e refrigeração
Instrumentos e Materiais  Sensores: velocidade do vento, direção do
vento, pressão atmosférica, temperatura do
ar, umidade do ar, de proximidade, de nível,
de rotação, tensão, corrente, fluxo, vibração,
posição
 Birutas
 Registradores
 Atuadores
 Circuitos hidráulicos de sistemas de controle
 Lubrificantes
 Torres
 Sistemas de controle (PLC)
 Transformadores
 Conversores de frequência
 Cabos elétricos
 Pás
 EPI e EPC
Ferramentas:
 Chaves de fenda
 Chaves Phillips
37
AMBIENTES PEDAGÓGICOS, COM RELAÇÃO DE EQUIPAMENTOS,
MÁQUINAS, FERRAMENTAS, INSTRUMENTOS E MATERIAIS
 Alicate de corte
 Alicate de bico
 Alicate prensa terminais
 Alicate universal
 Torquímetro
 Bancadas para teste de geradores elétricos
Instrumentos:
 Multímetro
 Terrômetro
 Osciloscópio
 Anemômetros
 Ultrassom
 Medidores de umidade portáteis e de
bancada
 Instrumentos de radiografia
 Indicadores de rotação do motor e sequência
de fase
 Megômetros portáteis
 Medidores tipo alicate com escala em
ampères
 Miliampères e microampères
 Termômetro infravermelho profissional com
campo de visão de 50:1 e montagem
magnética
Materiais:
 Cabos
 Fios
 Conectores
 Matérias componentes das pás (resina epoxy,
resina poliéster, resina éster vinil,
fiberglassreinforcedplastic, parafusos)

Material didático  Apostila

38
MÓDULO:BÁSICO

Educação Profissional: Especiaização Técnica em Montagem e Instalação de Parques


Eólicos

Unidade Curricular: Inglês Técnico para Energia Eólica

Carga Horária: 120h

Unidade de Competência: Comunicar-se em Inglês, a língua de trabalho da indústria


eólica, usando vocabulário técnico específico.

Objetivo Geral: Comunicar-se em Inglês, usando vocabulário técnico específico para


energia eólica.

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Fundamentos Técnicos e Científicos Conhecimentos

Capacidades Técnicas  Vocabulário técnico


 Partes e componentes de um
 Entender Instruções e manuais escritos aerogerador
em inglês  Ferramentas
 Utilizar software de controle escrito em  Instruções e manuais
inglês  Documentação
 Conduzir discussões técnicas básicas em  Descrição da condição
inglês  Software de controle
 Utilizar dicionários e fontes de referência  Habilidade básica na língua
 Construindo sentenças e questões
 Data e hora
Capacidades sociais, organizativas e
 Discussões simples
metodológicas
 Dicionários
 Trabalhar em equipe  Bases de dados
 Demonstrar raciocínio lógico  Pequenos computadores
 Ser prudente
 Ser organizado
 Ter senso de investigação da empresa

39
AMBIENTES PEDAGÓGICOS, COM RELAÇÃO DE EQUIPAMENTOS,
MÁQUINAS, FERRAMENTAS, INSTRUMENTOS E MATERIAIS
 Biblioteca
 Sala de aula
Ambientes Pedagógicos  Laboratório de Eólica
 Laboratório Solar Fotovoltaica
 Laboratório de Informática II
Laboratório de Eólica
Máquinas:
 Plataformas especiais para manutenção em
aerogeradores
Equipamentos:
 Aerogeradores
 Bancadas de simulação
 Controladores de carga
 Inversores de potência off-grid e grid-tie
 Baterias estacionárias
 Turbina eólica (rotor e seus componentes:
cubo, extensores, rolamentos, pás, sistemas
de controle, para-raios)
 Nacele e seus componentes: gerador,
multiplicadores de velocidade, multiplicadores
planetários, redutores de velocidade,
rolamentos, eixos, mancais, sistemas de
transmissão, sistemas de freios, sistemas
Equipamentos,Ferramentas, hidráulicos, sistemas de giro e refrigeração
Instrumentos e Materiais  Sensores: velocidade do vento, direção do
vento, pressão atmosférica, temperatura do
ar, umidade do ar, de proximidade, de nível,
de rotação, tensão, corrente, fluxo, vibração,
posição
 Birutas
 Registradores
 Atuadores
 Circuitos hidráulicos de sistemas de controle
 Lubrificantes
 Torres
 Sistemas de controle (PLC)
 Transformadores
 Conversores de frequência
 Cabos elétricos
 Pás
 EPI e EPC
Ferramentas:
 Chaves de fenda
 Chaves Phillips
40
AMBIENTES PEDAGÓGICOS, COM RELAÇÃO DE EQUIPAMENTOS,
MÁQUINAS, FERRAMENTAS, INSTRUMENTOS E MATERIAIS
 Alicate de corte
 Alicate de bico
 Alicate prensa terminais
 Alicate universal
 Torquímetro
 Bancadas para teste de geradores elétricos
Instrumentos:
 Multímetro
 Terrômetro
 Osciloscópio
 Anemômetros
 Ultrassom
 Medidores de umidade portáteis e de
bancada
 Instrumentos de radiografia
 Indicadores de rotação do motor e sequência
de fase
 Megômetros portáteis
 Medidores tipo alicate com escala em
ampères
 Miliampères e microampères
 Termômetro infravermelho profissional com
campo de visão de 50:1 e montagem
magnética
Materiais:
 Cabos
 Fios
 Conectores
 Matérias componentes das pás (resina epoxy,
resina poliéster, resina éster vinil,
fiberglassreinforcedplastic, parafusos)

Material didático  Apostila

41
MÓDULO: BÁSICO

Educação Profissional: Especiaização Técnica em Montagem e Instalação de Parques


Eólicos

Unidade Curricular: Gestão do Meio Ambiente e Saúde

Carga Horária: 40h

Unidade de Competência: Conhecer, propor e executar procedimentos e ações de


segurança e cuidado com o meio ambiente durante as fases de instalação, operação,
manutenção e desinstalação de parques eólicos.

Objetivo Geral: Conhecer, propor e executar procedimentos e ações de segurança e


cuidado com o meio ambiente durante as fases de instalação, operação, manutenção e
desinstalação de parques eólicos.

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Fundamentos Técnicos e Científicos Conhecimentos

Gestão do meio ambiente Gestão do meio ambiente


 Analisar a legislação e interpretar as Conservação de recursos e proteção
normas ambiental
 Saber manusear e descartar materiais  Limites de energia
perigosos ao meio ambiente
 Fontes de energia com ênfase em energia
 Identificar processos e atividades de eólica
risco
 Geração de Energia
Segurança do trabalho  As emissões de CO2e a preservação do
clima
 Conhecer e interpretar as normas e
procedimentos A poluição ambiental
 Conhecer e utilizar os equipamentos
 Os vapores
de segurança, as regras de
 Poeiras
sinalização, etc.
 Óleo de ar, água e solo
 Identificar processos e atividades de
risco Noções básicas de legislação ambiental
Capacidades sociais, organizativas e  Legislação nacional
metodológicas  Legislação estadual
 Trabalhar em equipe  Legislação local
 Ser organizado  Normas
 Ter senso de investigação Reconhecer e aplicar normas de eliminação
 Ter visão sistêmica
 Leis e normas de descarte e reciclagem de
 Ter capacidade de análise
resíduos
 Separação de resíduos e sua disposição de
descarte

42
MÓDULO: BÁSICO

Educação Profissional: Especiaização Técnica em Montagem e Instalação de Parques


Eólicos

Unidade Curricular: Gestão do Meio Ambiente e Saúde

Carga Horária: 40h

Unidade de Competência: Conhecer, propor e executar procedimentos e ações de


segurança e cuidado com o meio ambiente durante as fases de instalação, operação,
manutenção e desinstalação de parques eólicos.

Objetivo Geral: Conhecer, propor e executar procedimentos e ações de segurança e


cuidado com o meio ambiente durante as fases de instalação, operação, manutenção e
desinstalação de parques eólicos.

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Fundamentos Técnicos e Científicos Conhecimentos

Noções básicas de manuseio correto de


materiais perigosos
 Simbologia para materiais perigosos e seus
significados
 Instruções de operação
 Manuseio de materiais perigosos
 Transporte e armazenagem
 Procedimentos com vazamentos e
derramamento acidental de materiais
ambientalmente perigosos
 Avaliação de Riscos
Identificação dos riscos e conservação de
recursos
 Descarte de produtos
 Fichas de registros de dados
Equipamentos de manipulação - utilização
de máquinas e equipamentos com
exigências específicas
 Volumes de enchimento
 Prevenção de resíduos
Substâncias perigosas na planta
 Líquido refrigerante
 Óleo do transformador
 Abrasão
 Acumulador

43
MÓDULO: BÁSICO

Educação Profissional: Especiaização Técnica em Montagem e Instalação de Parques


Eólicos

Unidade Curricular: Gestão do Meio Ambiente e Saúde

Carga Horária: 40h

Unidade de Competência: Conhecer, propor e executar procedimentos e ações de


segurança e cuidado com o meio ambiente durante as fases de instalação, operação,
manutenção e desinstalação de parques eólicos.

Objetivo Geral: Conhecer, propor e executar procedimentos e ações de segurança e


cuidado com o meio ambiente durante as fases de instalação, operação, manutenção e
desinstalação de parques eólicos.

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Fundamentos Técnicos e Científicos Conhecimentos


 Graxa lubrificante
 Óleo lubrificante
Descarte de resíduos especiais
 Tintas
 Diluentes
 Pincéis
 Panos contaminados
Segurança do trabalho
 Práticas exclusivas de saúde e segurança
do trabalho
o Regulamentações e normas nacionais
o Prescrição e responsabilidades
Equipamento de proteção individual
 Poeira geral
 Proteção respiratória
 Óculos de segurança
 Luvas especiais
Técnica de acesso
 Acesso por corda
 Plataforma de trabalho
Transporte de materiais perigosos
 Segurança da carga
 Embalagem e fixação adequada da carga
Segurança elétrica de dispositivos portáteis

44
MÓDULO: BÁSICO

Educação Profissional: Especiaização Técnica em Montagem e Instalação de Parques


Eólicos

Unidade Curricular: Gestão do Meio Ambiente e Saúde

Carga Horária: 40h

Unidade de Competência: Conhecer, propor e executar procedimentos e ações de


segurança e cuidado com o meio ambiente durante as fases de instalação, operação,
manutenção e desinstalação de parques eólicos.

Objetivo Geral: Conhecer, propor e executar procedimentos e ações de segurança e


cuidado com o meio ambiente durante as fases de instalação, operação, manutenção e
desinstalação de parques eólicos.

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Fundamentos Técnicos e Científicos Conhecimentos


 Equipamentos e dispositivos de teste e
medição, grau de proteção e categorias
o Disposições legais
o Eficácia das medidas de proteção
o Resistência insolação
o Resistência de aterramento
o Condutor de proteção
o Impedância da linha
o Equipotencialidade
o Exercícios práticos
Situação e uso correto de equipamentos de
proteção e ferramentas
 Perigos ao trabalhar sob tensão e as
condições para a execução deste trabalho
o Isolamento terra
o Treinamento especial
o Normas de segurança

45
AMBIENTES PEDAGÓGICOS, COM RELAÇÃO DE EQUIPAMENTOS,
MÁQUINAS, FERRAMENTAS, INSTRUMENTOS E MATERIAIS
 Biblioteca
 Sala de aula
Ambientes Pedagógicos  Laboratório de Eólica
 Laboratório Solar Fotovoltaica
 Laboratório de Informática II
Laboratório de Eólica
Máquinas:
 Plataformas especiais para manutenção em
aerogeradores
Equipamentos:
 Aerogeradores
 Bancadas de simulação
 Controladores de carga
 Inversores de potência off-grid e grid-tie
 Baterias estacionárias
 Turbina eólica (rotor e seus componentes:
cubo, extensores, rolamentos, pás, sistemas
de controle, para-raios)
 Nacele e seus componentes: gerador,
multiplicadores de velocidade, multiplicadores
planetários, redutores de velocidade,
rolamentos, eixos, mancais, sistemas de
transmissão, sistemas de freios, sistemas
Equipamentos,Ferramentas, hidráulicos, sistemas de giro e refrigeração
Instrumentos e Materiais  Sensores: velocidade do vento, direção do
vento, pressão atmosférica, temperatura do
ar, umidade do ar, de proximidade, de nível,
de rotação, tensão, corrente, fluxo, vibração,
posição
 Birutas
 Registradores
 Atuadores
 Circuitos hidráulicos de sistemas de controle
 Lubrificantes
 Torres
 Sistemas de controle (PLC)
 Transformadores
 Conversores de frequência
 Cabos elétricos
 Pás
 EPI e EPC
Ferramentas:
 Chaves de fenda
 Chaves Phillips
46
AMBIENTES PEDAGÓGICOS, COM RELAÇÃO DE EQUIPAMENTOS,
MÁQUINAS, FERRAMENTAS, INSTRUMENTOS E MATERIAIS
 Alicate de corte
 Alicate de bico
 Alicate prensa terminais
 Alicate universal
 Torquímetro
 Bancadas para teste de geradores elétricos
Instrumentos:
 Multímetro
 Terrômetro
 Osciloscópio
 Anemômetros
 Ultrassom
 Medidores de umidade portáteis e de
bancada
 Instrumentos de radiografia
 Indicadores de rotação do motor e sequência
de fase
 Megômetros portáteis
 Medidores tipo alicate com escala em
ampères
 Miliampères e microampères
 Termômetro infravermelho profissional com
campo de visão de 50:1 e montagem
magnética
Materiais:
 Cabos
 Fios
 Conectores
 Matérias componentes das pás (resina epoxy,
resina poliéster, resina éster vinil,
fiberglassreinforcedplastic, parafusos)
 Apostila
Material didático

47
MÓDULO:ESPECÍFICO

Educação Profissional: Especialiazação técnica em Montagem e Instalação de Parques


Eólicos

Unidade Curricular: Ensaios e Verificações na Fabricação de Aerogeradores

Carga Horária: 60h

Unidade de Competência: Controlar a conformidade dos processos e dos componentes


de aerogeradores.

Objetivo Geral: Realizar testes, ensaios e verificações no controle dos processos de


montagens mecânicas e elétricas de aerogeradores.

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Fundamentos Técnicos e Científicos Conhecimentos

Capacidades Técnicas Ensaios e verificações mecânicas


 Comparar a calibração de instrumentos e  Torqueamento
equipamentos com as especificações do  Vibração
projeto  Balanceamento
 Aplicar procedimentos e normas  Espessuras de camadas de tintas
técnicas, de saúde e segurança no  Soldagem
trabalho, de qualidade e de meio
ambiente, manuais e catálogos Pré-comissionamento dos
 Realizar testes e ensaios servomecanismos
eletromecânicos  Sistema hidráulico
 Comparar as soldas com as  Sistema eletromecânico
especificações técnicas
Ensaios e verificações elétricas
 Preparar o local para ensaios e testes
 Manter calibrado e em condições de uso,  Inspeção dos componentes elétricos
os instrumentos de medição e controle  Resistência de isolamento
 Montar equipamentos para ensaios e  Resistência de contato
testes  Inspeção no sistema de baterias
 Analisar os resultados dos ensaios e
testes
 Testar o funcionamento dos
servomecanismos
 Realizar pré-comissionamento dos
componentes
Capacidades sociais, organizativas e
metodológicas
 Cumprir normas de segurança, meio
ambiente e saúde
 Utilizar os EPI’s e EPC’s
 Demonstrar visão sistêmica dos
processos da fabricação e montagem de

48
MÓDULO:ESPECÍFICO

Educação Profissional: Especialiazação técnica em Montagem e Instalação de Parques


Eólicos

Unidade Curricular: Ensaios e Verificações na Fabricação de Aerogeradores

Carga Horária: 60h

Unidade de Competência: Controlar a conformidade dos processos e dos componentes


de aerogeradores.

Objetivo Geral: Realizar testes, ensaios e verificações no controle dos processos de


montagens mecânicas e elétricas de aerogeradores.

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Fundamentos Técnicos e Científicos Conhecimentos


aerogeradores
 Trabalhar em equipe
 Preservar os instrumentos de medição e
controle
 Interagir com outros setores da empresa
 Agir com ética nas relações interpessoais
 Administrar conflitos
 Ser organizado
 Manter concentração
 Ter senso investigativo
 Ser observador
 Ter capacidade de análise
 Comunicar-se de forma oral e escrita
 Agir com ética
 Cumprir os princípios e valores da
empresa

49
AMBIENTES PEDAGÓGICOS, COM RELAÇÃO DE EQUIPAMENTOS,
MÁQUINAS, FERRAMENTAS, INSTRUMENTOS E MATERIAIS
 Biblioteca
 Sala de aula
Ambientes Pedagógicos  Laboratório de Eólica
 Laboratório Solar Fotovoltaica
 Laboratório de Informática II
Laboratório de Eólica
Máquinas:
 Plataformas especiais para manutenção em
aerogeradores
Equipamentos:
 Aerogeradores
 Bancadas de simulação
 Controladores de carga
 Inversores de potência off-grid e grid-tie
 Baterias estacionárias
 Turbina eólica (rotor e seus componentes:
cubo, extensores, rolamentos, pás, sistemas
de controle, para-raios)
 Nacele e seus componentes: gerador,
multiplicadores de velocidade, multiplicadores
planetários, redutores de velocidade,
rolamentos, eixos, mancais, sistemas de
transmissão, sistemas de freios, sistemas
Equipamentos,Ferramentas, hidráulicos, sistemas de giro e refrigeração
Instrumentos e Materiais  Sensores: velocidade do vento, direção do
vento, pressão atmosférica, temperatura do
ar, umidade do ar, de proximidade, de nível,
de rotação, tensão, corrente, fluxo, vibração,
posição
 Birutas
 Registradores
 Atuadores
 Circuitos hidráulicos de sistemas de controle
 Lubrificantes
 Torres
 Sistemas de controle (PLC)
 Transformadores
 Conversores de frequência
 Cabos elétricos
 Pás
 EPI e EPC
Ferramentas:
 Chaves de fenda
 Chaves Phillips
50
AMBIENTES PEDAGÓGICOS, COM RELAÇÃO DE EQUIPAMENTOS,
MÁQUINAS, FERRAMENTAS, INSTRUMENTOS E MATERIAIS
 Alicate de corte
 Alicate de bico
 Alicate prensa terminais
 Alicate universal
 Torquímetro
 Bancadas para teste de geradores elétricos
Instrumentos:
 Multímetro
 Terrômetro
 Osciloscópio
 Anemômetros
 Ultrassom
 Medidores de umidade portáteis e de
bancada
 Instrumentos de radiografia
 Indicadores de rotação do motor e sequência
de fase
 Megômetros portáteis
 Medidores tipo alicate com escala em
ampères
 Miliampères e microampères
 Termômetro infravermelho profissional com
campo de visão de 50:1 e montagem
magnética
Materiais:
 Cabos
 Fios
 Conectores
 Matérias componentes das pás (resina epoxy,
resina poliéster, resina éster vinil,
fiberglassreinforcedplastic, parafusos)

51
MÓDULO: ESPECÍFICO

Educação Profissional: Especialização Técnica em Manutenção e Instalação de Parques


Eólicos

Unidade Curricular: Montagem Elétrica de Equipamentos em Aerogeradores

Carga Horária: 80h

Unidade de Competência: Realizar a manutenção de sistemas e componentes


eletroeletrônicos e mecânicos.

Objetivo Geral: Montar componentes de aerogeradores.

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Fundamentos Técnicos e Científicos Conhecimentos

Capacidades Técnicas Introdução à Eletricidade


 Utilizar instrumentos e equipamentos na  Unidades de medida (tensão, corrente,
fabricação e montagens de resistência, correntes contínua e
aerogeradores alternada)
 Interpretar procedimentos e normas  Características dos materiais
técnicas, de saúde e segurança no  Propriedades Elétricas
trabalho, de qualidade e de meio o Potência e energia elétrica
ambiente, manuais e catálogos o Lei de Ohm
 Selecionar as peças de acordo com o o Correntes contínua e alternada
projeto de fabricação e montagens de  Documentação e Desenhos Técnicos
aerogeradores especificações técnicas o Simbologia de circuitos elétricos
 Preparar o local para execução de o Diagramas elétricos
fabricação e montagens de o Documentação técnica
aerogeradores o Protocolos
 Montar equipamentos de fabricação e o Listagem de material
montagens de aerogeradores  Instrumentos de Medidas e Métodos de
Medição
Capacidades sociais, organizativas e
o Voltímetro
metodológicas
o Amperímetro
 Cumprir normas de segurança, meio o Multímetro
ambiente e saúde  Circuitos Elétricos
 Utilizar os EPI’s e EPC’s o Associação em série
 Demonstrar visão sistêmica dos o Associação em paralelo
processos de montagem na fabricação  Projetos Elétricos
de aerogeradores o Diagramas unifilares
 Trabalhar em equipe o Diagramas multifilares
 Preservar os instrumentos e o Memorial descritivo
equipamentos de montagem e fabricação  Procedimentos Técnicos
 Interagir com outros setores da empresa o Documentação de manutenção
 Agir com ética o Manual do usuário
 Cumprir os princípios e valores da o Listagem de sobressalentes
o Instruções de trabalho
52
MÓDULO: ESPECÍFICO

Educação Profissional: Especialização Técnica em Manutenção e Instalação de Parques


Eólicos

Unidade Curricular: Montagem Elétrica de Equipamentos em Aerogeradores

Carga Horária: 80h

Unidade de Competência: Realizar a manutenção de sistemas e componentes


eletroeletrônicos e mecânicos.

Objetivo Geral: Montar componentes de aerogeradores.

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Fundamentos Técnicos e Científicos Conhecimentos


empresa
Materiais
 Ser organizado
 Manter concentração  Condutores, Isolantes e Semicondutores
 Ter senso investigativo o Propriedades e aplicações
 Ser observador  Corrosão em Condutores e suas Causas
 Ter capacidade de análise o Interconexões entre cabos de cobre e
 Comunicar-se de forma oral e escrita alumínio
 Contatos
o Materiais e suas propriedades
Componentes Elétricos, Montagens e
suas Funções
 Motor
o Forma construtiva
o Escovas
o Coletores
o Torque
o Terminais
o Conexões entre bobinas
o Número de polos e sua aplicação
 Gerador
o Forma construtiva
o Operação de máquinas síncronas e
assíncronas
o Gerador em anel
Transformadores de Energia
 Transformador
o Transformadores a seco
o Transformadores a óleo
o Autotransformadores
 Componentes dos Conversores de
Frequência

53
MÓDULO: ESPECÍFICO

Educação Profissional: Especialização Técnica em Manutenção e Instalação de Parques


Eólicos

Unidade Curricular: Montagem Elétrica de Equipamentos em Aerogeradores

Carga Horária: 80h

Unidade de Competência: Realizar a manutenção de sistemas e componentes


eletroeletrônicos e mecânicos.

Objetivo Geral: Montar componentes de aerogeradores.

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Fundamentos Técnicos e Científicos Conhecimentos


o Retificadores
o Conversores CC-CC
o Inversores
Instalação de Equipamentos Elétricos
 Seleção, Instalação, Conexão e
Identificação de Componentes para
Equipamentos de Controle Auxiliar
o Classe de isolamento
o Contator
 Componentes para Controle, Medição e
Monitoramento
o Tecnologia dos sensores
 Reunião das Partes a serem conectadas
o Terminais de cabos e conectores
 Instalação de Equipamentos do Circuito
Elétrico
o Contatores
o Ligações do motor Dahlander
 Conexão de Cabos por Solda, Emendas
e por uso de conectores
o Tipos de solda e emendas
o Exercícios práticos
Engenharia elétrica aplicada a
Aerogeradores: Plano de Manutenção,
Segurança no Trabalho e Proteção ao
Meio Ambiente
 Legislação Nacional
o Normas
 Segurança em Dispositivos Elétricos
Portáteis
o Equipamentos e dispositivos de teste
54
MÓDULO: ESPECÍFICO

Educação Profissional: Especialização Técnica em Manutenção e Instalação de Parques


Eólicos

Unidade Curricular: Montagem Elétrica de Equipamentos em Aerogeradores

Carga Horária: 80h

Unidade de Competência: Realizar a manutenção de sistemas e componentes


eletroeletrônicos e mecânicos.

Objetivo Geral: Montar componentes de aerogeradores.

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Fundamentos Técnicos e Científicos Conhecimentos


e medição
o Normas regulamentadoras
 Especificação e Uso correto de
Equipamentos e Ferramentas de
Proteção
 Substâncias Perigosas na Planta de
Geração
o Líquidos de arrefecimento
o Óleo isolante de transformadores
o Produtos abrasivos
o Acumuladores de carga (baterias)
o Graxa lubrificante
o Óleo lubrificante
 Correta eliminação de Materiais de
Embalagem, materiais isolantes e
materiais auxiliares
o Normas Regulamentadoras

55
AMBIENTES PEDAGÓGICOS, COM RELAÇÃO DE EQUIPAMENTOS,
MÁQUINAS, FERRAMENTAS, INSTRUMENTOS E MATERIAIS
 Biblioteca
 Sala de aula
Ambientes Pedagógicos  Laboratório de Eólica
 Laboratório Solar Fotovoltaica
 Laboratório de Informática II
Laboratório de Eólica
Máquinas:
 Plataformas especiais para manutenção em
aerogeradores
Equipamentos:
 Aerogeradores
 Bancadas de simulação
 Controladores de carga
 Inversores de potência off-grid e grid-tie
 Baterias estacionárias
 Turbina eólica (rotor e seus componentes:
cubo, extensores, rolamentos, pás, sistemas
de controle, para-raios)
 Nacele e seus componentes: gerador,
multiplicadores de velocidade, multiplicadores
planetários, redutores de velocidade,
rolamentos, eixos, mancais, sistemas de
Equipamentos,Ferramentas, transmissão, sistemas de freios, sistemas
Instrumentos e Materiais hidráulicos, sistemas de giro e refrigeração
 Sensores: velocidade do vento, direção do
vento, pressão atmosférica, temperatura do
ar, umidade do ar, de proximidade, de nível,
de rotação, tensão, corrente, fluxo, vibração,
posição
 Birutas
 Registradores
 Atuadores
 Circuitos hidráulicos de sistemas de controle
 Lubrificantes
 Torres
 Sistemas de controle (PLC)
 Transformadores
 Conversores de frequência
 Cabos elétricos
 Pás
 EPI e EPC
Ferramentas:

56
AMBIENTES PEDAGÓGICOS, COM RELAÇÃO DE EQUIPAMENTOS,
MÁQUINAS, FERRAMENTAS, INSTRUMENTOS E MATERIAIS
 Chaves de fenda
 Chaves Phillips
 Alicate de corte
 Alicate de bico
 Alicate prensa terminais
 Alicate universal
 Torquímetro
 Bancadas para teste de geradores elétricos
Instrumentos:
 Multímetro
 Terrômetro
 Osciloscópio
 Anemômetros
 Ultrassom
 Medidores de umidade portáteis e de
bancada
 Instrumentos de radiografia
 Indicadores de rotação do motor e sequência
de fase
 Megômetros portáteis
 Medidores tipo alicate com escala em
ampères
 Miliampères e microampères
 Termômetro infravermelho profissional com
campo de visão de 50:1 e montagem
magnética
Materiais:
 Cabos
 Fios
 Conectores
 Matérias componentes das pás (resina epoxy,
resina poliéster, resina éster vinil,
fiberglassreinforcedplastic, parafusos)
Material didático  Apostila

57
MÓDULO:ESPECÍFICO

Educação Profissional: Especialização Técnica em Montagem e Instalação de Parques


Eólicos

Unidade Curricular: Montagem Mecânica de sistemas hidráulicos em Aerogeradores

Carga Horária: 72h

Unidade de Competência: Montar componentes hidráulicos de aerogeradores.

Objetivo Geral: Realizar a montagem mecânica de componentes hidráulicos de


aerogeradores seguindo normas técnicas, de segurança e meio ambiente.

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Fundamentos Técnicos e Científicos Conhecimentos

Capacidades Técnicas Princípios físicos da hidráulica


 Utilizar instrumentos e equipamentos  Pressão e vazão volumétrica
na montagem de aerogeradores  Medidas
 Interpretar procedimentos e normas  Cálculos
técnicas, de saúde e segurança no
Aplicações de sistemas hidráulicos em
trabalho, de qualidade e de meio
turbinas eólicas
ambiente, manuais e catálogos
 Selecionar as peças de acordo com o  Componentes como
projeto de montagem de aerogeradores o Mangueiras
conforme especificações técnicas o Tubulações
 Preparar o local para execução de o Válvulas
montagem de aerogeradores o Conectores
 Montar circuitos de sistemas hidráulicos o Cilindros
de aerogeradores  Documentos técnicos
o Diagramas esquemáticos
Capacidades sociais, organizativas e
o Diagrama de blocos
metodológicas
o Circuitos
 Cumprir normas de segurança, meio  Montagem de sistemas hidráulicos
ambiente e saúde o Mangueiras
 Utilizar os EP’Is e EPC’s o Tubulações
 Demonstrar visão sistêmica dos o Válvulas
processos de Montagem na Fabricação o Conectores
de Aarogeradores Óleos hidráulicos
 Trabalhar em equipe
 Preservar os instrumentos e  Função e propriedade dos óleos
equipamentos de montagem  Análise da amostra de óleo
 Interagir com outros setores da  Marcação e rotulação
empresa Propriedade dos sistemas
 Agir com ética
 Ser organizado  Pressão de estanqueidade
 Manter concentração  Temperatura
 Ter senso investigativo  Funções de segurança

58
MÓDULO:ESPECÍFICO

Educação Profissional: Especialização Técnica em Montagem e Instalação de Parques


Eólicos

Unidade Curricular: Montagem Mecânica de sistemas hidráulicos em Aerogeradores

Carga Horária: 72h

Unidade de Competência: Montar componentes hidráulicos de aerogeradores.

Objetivo Geral: Realizar a montagem mecânica de componentes hidráulicos de


aerogeradores seguindo normas técnicas, de segurança e meio ambiente.

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Fundamentos Técnicos e Científicos Conhecimentos


 Ser observador Instalação de sistemas hidráulicos
 Ter capacidade de análise
 Comunicar-se de forma oral e escrita  Instalação de unidades de energia
hidráulica
o Nível de óleo
o Troca de óleo
o Checagem de vazamentos
o Motor e bomba
o Acumulador
 Instalação de cilindros hidráulicos
 Teste funcional
o Funcionamento lógico
o Selos
o Conexões
o Mangueiras
o Checagem de vazamentos
 Instalação de unidades auxiliares e
conexões
o Mangueiras
o Linhas
o Acessórios
o Conexões
o Elementos de fixação
o Filtros
 Instalação de acumuladores
o Acumulador de diafragma
o Acumulador de pistão
 Instalação de sistemas de freio
o Freio de serviço
o Freio de mola

59
MÓDULO:ESPECÍFICO

Educação Profissional: Especialização Técnica em Montagem e Instalação de Parques


Eólicos

Unidade Curricular: Montagem Mecânica de sistemas hidráulicos em Aerogeradores

Carga Horária: 72h

Unidade de Competência: Montar componentes hidráulicos de aerogeradores.

Objetivo Geral: Realizar a montagem mecânica de componentes hidráulicos de


aerogeradores seguindo normas técnicas, de segurança e meio ambiente.

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Fundamentos Técnicos e Científicos Conhecimentos

Normalização
 Normas nacionais
 Normas internacionais

60
AMBIENTES PEDAGÓGICOS, COM RELAÇÃO DE EQUIPAMENTOS,
MÁQUINAS, FERRAMENTAS, INSTRUMENTOS E MATERIAIS
 Biblioteca
 Sala de aula
Ambientes Pedagógicos  Laboratório de Eólica
 Laboratório Solar Fotovoltaica
 Laboratório de Informática II
Laboratório de Eólica
Máquinas:
 Plataformas especiais para manutenção em
aerogeradores
Equipamentos:
 Aerogeradores
 Bancadas de simulação
 Controladores de carga
 Inversores de potência off-grid e grid-tie
 Baterias estacionárias
 Turbina eólica (rotor e seus componentes:
cubo, extensores, rolamentos, pás, sistemas
de controle, para-raios)
 Nacele e seus componentes: gerador,
multiplicadores de velocidade, multiplicadores
planetários, redutores de velocidade,
rolamentos, eixos, mancais, sistemas de
transmissão, sistemas de freios, sistemas
Equipamentos,Ferramentas, hidráulicos, sistemas de giro e refrigeração
Instrumentos e Materiais  Sensores: velocidade do vento, direção do
vento, pressão atmosférica, temperatura do
ar, umidade do ar, de proximidade, de nível,
de rotação, tensão, corrente, fluxo, vibração,
posição
 Birutas
 Registradores
 Atuadores
 Circuitos hidráulicos de sistemas de controle
 Lubrificantes
 Torres
 Sistemas de controle (PLC)
 Transformadores
 Conversores de frequência
 Cabos elétricos
 Pás
 EPI e EPC
Ferramentas:
 Chaves de fenda
 Chaves Phillips
61
AMBIENTES PEDAGÓGICOS, COM RELAÇÃO DE EQUIPAMENTOS,
MÁQUINAS, FERRAMENTAS, INSTRUMENTOS E MATERIAIS
 Alicate de corte
 Alicate de bico
 Alicate prensa terminais
 Alicate universal
 Torquímetro
 Bancadas para teste de geradores elétricos
Instrumentos:
 Multímetro
 Terrômetro
 Osciloscópio
 Anemômetros
 Ultrassom
 Medidores de umidade portáteis e de
bancada
 Instrumentos de radiografia
 Indicadores de rotação do motor e sequência
de fase
 Megômetros portáteis
 Medidores tipo alicate com escala em
ampères
 Miliampères e microampères
 Termômetro infravermelho profissional com
campo de visão de 50:1 e montagem
magnética
Materiais:
 Cabos
 Fios
 Conectores
 Matérias componentes das pás (resina epoxy,
resina poliéster, resina éster vinil,
fiberglassreinforcedplastic, parafusos)

Material didático  Apostila

62
MÓDULO:ESPECÍFICO

Educação Profissional: Especialização Técnica em Montagem e Instalação de Parques


Eólicos

Unidade Curricular: Planejamento da Montagem de Componentes em Aerogeradores

Carga Horária: 20h

Unidade de Competência: Planejar o processo de Montagem de Componentes em


Aerogeradores

Objetivo Geral: Realizar testes, ensaios e verificações no controle dos processos de


montagens mecânicas e elétricas de aerogeradores.

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Fundamentos Técnicos e Científicos Conhecimentos

Capacidades Técnicas Normalização


 Aplicar procedimentos e normas  Normas nacionais
técnicas, de saúde e segurança no  Normas internacionais
trabalho, de qualidade e de meio
Planejamento e controle do processo de
ambiente, manuais e catálogos
montagem
 Interpretar os procedimentos da empresa
de acordo com o Sistema de Gestão da  Leiaute
Qualidade – SGQ  Plano mestre
 Avaliar as peças e insumos de acordo  Ciclo produtivo
com especificações técnicas  Sequenciamento
 Analisar os resultados dos ensaios e  Controle de estoque
testes
Elaboração de relatórios
 Controlar a rastreabilidade dos processos
 Elaborar relatórios de controle de  Técnicas de redação
conformidade  Coleta de dados
 Relatório
o Fundamentos
Capacidades sociais, organizativas e o Desenvolvimento
metodológicas o Análise dos resultados
 Cumprir normas de segurança, meio o Apresentação dos resultados
ambiente e saúde o Conclusão
 Utilizar os EPI’s e EPC’s
 Demonstrar visão sistêmica dos
processos da fabricação e montagem de
aerogeradores
 Trabalhar em equipe
 Preservar os instrumentos de medição e
controle
 Interagir com outros setores da empresa
 Agir com ética nas relações interpessoais

63
MÓDULO:ESPECÍFICO

Educação Profissional: Especialização Técnica em Montagem e Instalação de Parques


Eólicos

Unidade Curricular: Planejamento da Montagem de Componentes em Aerogeradores

Carga Horária: 20h

Unidade de Competência: Planejar o processo de Montagem de Componentes em


Aerogeradores

Objetivo Geral: Realizar testes, ensaios e verificações no controle dos processos de


montagens mecânicas e elétricas de aerogeradores.

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Fundamentos Técnicos e Científicos Conhecimentos


 Administrar conflitos
 Ser organizado
 Manter concentração
 Ter senso investigativo
 Ser observador
 Ter capacidade de análise
 Comunicar-se de forma oral e escrita
 Agir com ética

64
AMBIENTES PEDAGÓGICOS, COM RELAÇÃO DE EQUIPAMENTOS,
MÁQUINAS, FERRAMENTAS, INSTRUMENTOS E MATERIAIS
 Biblioteca
 Sala de aula
Ambientes Pedagógicos  Laboratório de Eólica
 Laboratório Solar Fotovoltaica
 Laboratório de Informática II
Laboratório de Eólica
Máquinas:
 Plataformas especiais para manutenção em
aerogeradores
Equipamentos:
 Aerogeradores
 Bancadas de simulação
 Controladores de carga
 Inversores de potência off-grid e grid-tie
 Baterias estacionárias
 Turbina eólica (rotor e seus componentes:
cubo, extensores, rolamentos, pás, sistemas
de controle, para-raios)
 Nacele e seus componentes: gerador,
multiplicadores de velocidade, multiplicadores
planetários, redutores de velocidade,
rolamentos, eixos, mancais, sistemas de
transmissão, sistemas de freios, sistemas
Equipamentos,Ferramentas, hidráulicos, sistemas de giro e refrigeração
Instrumentos e Materiais  Sensores: velocidade do vento, direção do
vento, pressão atmosférica, temperatura do
ar, umidade do ar, de proximidade, de nível,
de rotação, tensão, corrente, fluxo, vibração,
posição
 Birutas
 Registradores
 Atuadores
 Circuitos hidráulicos de sistemas de controle
 Lubrificantes
 Torres
 Sistemas de controle (PLC)
 Transformadores
 Conversores de frequência
 Cabos elétricos
 Pás
 EPI e EPC
Ferramentas:
 Chaves de fenda
 Chaves Phillips
65
AMBIENTES PEDAGÓGICOS, COM RELAÇÃO DE EQUIPAMENTOS,
MÁQUINAS, FERRAMENTAS, INSTRUMENTOS E MATERIAIS
 Alicate de corte
 Alicate de bico
 Alicate prensa terminais
 Alicate universal
 Torquímetro
 Bancadas para teste de geradores elétricos
Instrumentos:
 Multímetro
 Terrômetro
 Osciloscópio
 Anemômetros
 Ultrassom
 Medidores de umidade portáteis e de
bancada
 Instrumentos de radiografia
 Indicadores de rotação do motor e sequência
de fase
 Megômetros portáteis
 Medidores tipo alicate com escala em
ampères
 Miliampères e microampères
 Termômetro infravermelho profissional com
campo de visão de 50:1 e montagem
magnética
Materiais:
 Cabos
 Fios
 Conectores
 Matérias componentes das pás (resina epoxy,
resina poliéster, resina éster vinil,
fiberglassreinforcedplastic, parafusos)
Material didático  Apostila

66
1.2.3. Controle de Alteração

DATA DA
ALTERAÇÃO RESPONSÁVEL
ATUALIZAÇÃO

UNIEP/Comitê de Especialistas
Agosto 2012 Versão 1.1
Técnicos do SENAI

Versão 2 – Formatação, UNIEP/Comitê de Especialistas


Agosto 2013 modularização, inserção dos Técnicos do SENAI
objetivos nas unidades curriculares

Alterações realizadas
 Readequação do itinerário da UNIEP/Comitê de Especialistas
oferta Formativa Técnicos do SENAI e apopio
Agosto 2014
 Readequação da redação de técnico de Quelma Gomes
Capacidades Gonçalves – DR - PE

67
1.3. ESPECIALIZAÇÃO TÉCNICA EM OPERAÇÃO E
MANUTENÇÃO DE PARQUES EÓLICOS
1.3.1. Identificação da Ocupação

ESPECIALIZAÇÃO TÉCNICA EM
CURSO OPERAÇÃO E MANUTENÇÃO DE CBO
PARQUES EÓLICOS

EDUCAÇÃO
Formação Continuada C.H. MÍNIMA 860h
PROFISSIONAL

Controle e
NÍVEL DA EIXO
4 Processos
QUALIFICAÇÃO TECNOLÓGICO
Industriais

ÁREA Energias SEGMENTO


Eólica
TECNOLÓGICA Renováveis TECNOLÓGICO

COMPETÊNCIA
Operar e Manter sistemas de Parques Eólicos.
GERAL
 18 anos completos
 Concluído curso Técnico nas áreas de Mecânica, Elétrica,
REQUISITOS Eletroeletrônica, Mecatrônica, Automação, Instrumentação ou
DE ACESSO Eletricidade
 Apresentar atestado médico que comprove condições favoráveis de
saúde para o exercício das atividades em altura

68
1.3.2. Desenho Curricular
Quadro Resumo da Organização Curricular

CARGA
CARGA
MÓDULOS UC HORÁRIA DO
HORÁRIA
MÓDULO

Tecnologia em Energia Eólica 32h

Trabalho em Altura para Parques 28h


Eólicos

Movimentação de Cargas em Parques 24


Eólicos

Técnicas de Torqueamento aplicadas à 16h


Montagem de Aerogeradores
Básico 340h
Segurança no Sistema Elétrico de 40h
Potência (SEP) específico para
Parques Eólicos (NR10)

Operação de Parques Eólicos- 40h


Procedimentos Operacionais e
Sistemas Supervisórios

Inglês Técnico para Energia Eólica 120h

Gestão do meio ambiente e saúde 40h

Técnicas de Manutenção Aplicadas a 160h


Sistemas Elétricos em Parques Eólicos

Técnicas de Manutenção Aplicadas a 80h


Sistemas Hidráulicos em Parques

Técnicas de Manutenção Aplicadas a 160h


Sistemas Mecânicos em Parques
Específico 520h
Inspeção e Manutenção de Pás e 80h
Nacele de aerogeradores

Planejamento da manutenção e 16h


técnicas de análise de confiabilidade

Técnicas de manutenção preditiva para 24h


aerogeradores

TOTAL 860h

69
MÓDULO: BÁSICO

Educação Profissional: Especiaização Técnica em operação e manutenção de parques


Eólicos

Unidade Curricular: Tecnologia em Energia Eólica

Carga Horária: 32h

Unidade de Competência: Analisar e distinguir os processos de conversão de energia


eólica, identificando as tecnologias e os processos de montagem dos aerogeradores.

Objetivo Geral: Identificar as tecnologias e os processos de geração de energia eólica.

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Fundamentos Técnicos e Científicos Conhecimentos

Capacidades Técnicas Situação atual da energia eólica no mundo


 Identificar princípios de conversão  Princípios
eletromecânica  Definição
 Identificar princípios de geração de  Histórico
energia elétrica  Capacidade eólica instalada no mundo
 Identificar componentes de  Taxa de crescimento mundial
aerogeradores  Distribuição geográfica do crescimento
 Identificar princípios, controle e  Crescimento esperado
automação  Capacidade projetada
 Desenvolver visão sistêmica do  Balanço de novas fontes de energia
parque eólico
Estado atual e perspectivas da energia
eólica no Brasil
Capacidades sociais, organizativas e  Fundamentos
metodológicas  Características da nova oferta
 Demonstrar raciocínio lógico o Hidroelétrica
 Desenvolver senso de investigação o Termoelétrica
 Capacidade eólica brasileira
 Situação da energia eólica no Brasil
 Complementaridade sazonal eólica – hídrica
 Fases do Brasil
o PROINFA
o Leilão de 2009
o Leilões de 2010
o Leilões de 2011
 Perspectivas
Meteorologia eólica: potencial eólico
 Definição
 Vento
o Definição

70
MÓDULO: BÁSICO

Educação Profissional: Especiaização Técnica em operação e manutenção de parques


Eólicos

Unidade Curricular: Tecnologia em Energia Eólica

Carga Horária: 32h

Unidade de Competência: Analisar e distinguir os processos de conversão de energia


eólica, identificando as tecnologias e os processos de montagem dos aerogeradores.

Objetivo Geral: Identificar as tecnologias e os processos de geração de energia eólica.

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Fundamentos Técnicos e Científicos Conhecimentos


o Origem
 Tipos de vento
o Geostrófico
o Gradiente
o Modelo conceitual de circulação global
atmosférica
o Partes de um aerogerador
o Vento na superfície e camada limite
 Comprimento de rugosidade
 Lei da Potência
 Potência eólica disponível
 Potência eólica utilizável
 Distribuição de frequência
 Distribuição de Weibull
 Curva de potência de um aerogerador
 Cálculo da potência anual gerada
 Modelagem atmosférica
o Modelo global
o Modelo de mesoescala ou regional
 Bases de dados
o Medidas locais
o Redes de coleta de dados
o Reanálises
Aerodinâmica aplicada aos aerogeradores
 Fundamentos
 Coeficiente de potência
 Razão de velocidades na pá
 Força de sustentação
 Coeficiente de potência em função do tipo
de aerogerador
 Efeito esteira

71
MÓDULO: BÁSICO

Educação Profissional: Especiaização Técnica em operação e manutenção de parques


Eólicos

Unidade Curricular: Tecnologia em Energia Eólica

Carga Horária: 32h

Unidade de Competência: Analisar e distinguir os processos de conversão de energia


eólica, identificando as tecnologias e os processos de montagem dos aerogeradores.

Objetivo Geral: Identificar as tecnologias e os processos de geração de energia eólica.

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Fundamentos Técnicos e Científicos Conhecimentos

Tecnologia dos aerogeradores


 Definição
 Evolução histórica
 Estimativa de instalações versus tamanho
 Evolução do tamanho dos aerogeradores
 Princípios de funcionamento do aerogerador
 Tipos construtivos de Aerogeradores
o Posição do rotor
o Posição do eixo
o Número de pás
o Tipo de controle de potência
o Velocidade fixa ou variável
 Componentes de Aerogeradores e suas
funções
o Fundação
o Torre
o Pás
o Caixa multiplicadora
o Gerador elétrico
o Sistema de posicionamento (Yaw)
o Sistema de transmissão
o Sistema de refrigeração
o Nacele
o Sistema de controle
 Controle de potência
o Stall
o Pitch
o Stall Ativo

72
MÓDULO: BÁSICO

Educação Profissional: Especiaização Técnica em operação e manutenção de parques


Eólicos

Unidade Curricular: Tecnologia em Energia Eólica

Carga Horária: 32h

Unidade de Competência: Analisar e distinguir os processos de conversão de energia


eólica, identificando as tecnologias e os processos de montagem dos aerogeradores.

Objetivo Geral: Identificar as tecnologias e os processos de geração de energia eólica.

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Fundamentos Técnicos e Científicos Conhecimentos


 Sensores

Aspectos de habilitação técnica de projetos


 Fundamentos
 Leilões para compra de energia elétrica
 Sistema de Cadastro de Empreendimentos -
AEGE
 O processo de habilitação técnica
 A análise técnica
 A Habilitação Técnica
 Recomendações da EPE
Impactos ambientais
 Princípios
 Impactos ambientais de um
empreendimento eólico
o Impactos ambientais na flora e fauna
o Propagação do ruído
o Sombras e reflexos
o Impacto visual na paisagem
 Legislação ambiental

73
AMBIENTES PEDAGÓGICOS, COM RELAÇÃO DE EQUIPAMENTOS,
MÁQUINAS, FERRAMENTAS, INSTRUMENTOS E MATERIAIS
 Biblioteca
 Sala de aula
Ambientes Pedagógicos  Laboratório de Eólica
 Laboratório Solar Fotovoltaica
 Laboratório de Informática II
Laboratório de Eólica
Máquinas:
 Plataformas especiais para manutenção em
aerogeradores
Equipamentos:
 Aerogeradores
 Bancadas de simulação
 Controladores de carga
 Inversores de potência off-grid e grid-tie
 Baterias estacionárias
 Turbina eólica (rotor e seus componentes:
cubo, extensores, rolamentos, pás, sistemas
de controle, para-raios)
 Nacele e seus componentes: gerador,
multiplicadores de velocidade, multiplicadores
planetários, redutores de velocidade,
rolamentos, eixos, mancais, sistemas de
transmissão, sistemas de freios, sistemas
Equipamentos,Ferramentas, hidráulicos, sistemas de giro e refrigeração
Instrumentos e Materiais  Sensores: velocidade do vento, direção do
vento, pressão atmosférica, temperatura do
ar, umidade do ar, de proximidade, de nível,
de rotação, tensão, corrente, fluxo, vibração,
posição
 Birutas
 Registradores
 Atuadores
 Circuitos hidráulicos de sistemas de controle
 Lubrificantes
 Torres
 Sistemas de controle (PLC)
 Transformadores
 Conversores de frequência
 Cabos elétricos
 Pás
 EPI e EPC
Ferramentas:
 Chaves de fenda
 Chaves Phillips
74
AMBIENTES PEDAGÓGICOS, COM RELAÇÃO DE EQUIPAMENTOS,
MÁQUINAS, FERRAMENTAS, INSTRUMENTOS E MATERIAIS
 Alicate de corte
 Alicate de bico
 Alicate prensa terminais
 Alicate universal
 Torquímetro
 Bancadas para teste de geradores elétricos
Instrumentos:
 Multímetro
 Terrômetro
 Osciloscópio
 Anemômetros
 Ultrassom
 Medidores de umidade portáteis e de
bancada
 Instrumentos de radiografia
 Indicadores de rotação do motor e sequência
de fase
 Megômetros portáteis
 Medidores tipo alicate com escala em
ampères
 Miliampères e microampères
 Termômetro infravermelho profissional com
campo de visão de 50:1 e montagem
magnética
Materiais:
 Cabos
 Fios
 Conectores
 Matérias componentes das pás (resina epoxy,
resina poliéster, resina éster vinil,
fiberglassreinforcedplastic, parafusos)

Material didático  Apostila

75
MÓDULO: BÁSICO

Educação Profissional: Educação Profissional:Especiaização Técnica em operação e


manutenção de parques Eólicos

Unidade Curricular: Trabalho em Altura para Parques Eólicos

Carga Horária: 28h

Unidade de Competência: Instalar sistemas e componentes eletroeletrônicos e


mecânicos do aerogerador. Operar sistemas eletroeletrônicos e mecânicos do aerogerador
e realizar a manutenção de sistemas e componentes eletroeletrônicos e mecânicos.

Objetivo Geral: Realizar a movimentação de cargas na montagem e na instalação de


aerogeradoresdos parques eólicos em altura.

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Fundamentos Técnicos e Científicos Conhecimentos

Capacidades Técnicas Análise de Risco e Trabalho em altura


 Interpretar informações de  Definições
procedimentos operacionais e de  Normas e regulamentos aplicáveis ao
execução para trabalho em altura trabalho em altura
 Usar equipamentos para trabalho em
Equipamentos
altura
 Instalar e montar estruturas para  Sistemas e equipamentos de proteção
trabalho em altura coletiva – EPC
 Avaliar esforços sobre o sistema de o Tipos
ancoragem o Instalação
 Usar os tipos de sistemas de o Operação
ancoragem aplicáveis à cadeia eólica o Procedimentos
 Utilizar métodos de eliminação de atrito  Equipamentos de proteção individual – EPI
 Utilizar dispositivos de proteção o Tipos
 Utilizar freio simples e freio oito o Utilização
o Seleção
o Inspeção
Capacidades sociais, organizativas e o Conservação
metodológicas o Limitação de uso
 Exigências de segurança
 Demonstrar raciocínio lógico  condições impeditivas
 Ser prudente  Análise de estrutura e checagem de
 Apresentar condições físicas e equipamentos
psicológicas para trabalho em altura
 Ser organizado Ancoragem
 Trabalhar em equipe  Elementos de conexão
 Avaliação dos pontos
 Estrutura de suporte
 Cabos guias

76
MÓDULO: BÁSICO

Educação Profissional: Educação Profissional:Especiaização Técnica em operação e


manutenção de parques Eólicos

Unidade Curricular: Trabalho em Altura para Parques Eólicos

Carga Horária: 28h

Unidade de Competência: Instalar sistemas e componentes eletroeletrônicos e


mecânicos do aerogerador. Operar sistemas eletroeletrônicos e mecânicos do aerogerador
e realizar a manutenção de sistemas e componentes eletroeletrônicos e mecânicos.

Objetivo Geral: Realizar a movimentação de cargas na montagem e na instalação de


aerogeradoresdos parques eólicos em altura.

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Fundamentos Técnicos e Científicos Conhecimentos

Atividades em altura
 Com deslocamento restrito
 Posicionado
 Riscos potenciais inerentes ao trabalho em
altura e medidas de prevenção e controle
 Acidentes típicos
 Condutas em situações de emergência e
resgate
 Primeiros Socorros especiais
 Equipamento de resgate
 Resgate através da escada
Movimentação e transporte de materiais e
pessoas
Orientações sobre saúde ocupacional
Sinalização de segurança

77
AMBIENTES PEDAGÓGICOS, COM RELAÇÃO DE EQUIPAMENTOS,
MÁQUINAS, FERRAMENTAS, INSTRUMENTOS E MATERIAIS

 Biblioteca
 Sala de aula
Ambientes Pedagógicos  Laboratório de Eólica
 Laboratório Solar Fotovoltaica
 Laboratório de Informática II

Laboratório de Eólica
Máquinas:
 Plataformas especiais para manutenção em
aerogeradores
Equipamentos:
 Aerogeradores
 Bancadas de simulação
 Controladores de carga
 Inversores de potência off-grid e grid-tie
 Baterias estacionárias
 Turbina eólica (rotor e seus componentes:
cubo, extensores, rolamentos, pás, sistemas
de controle, para-raios)
 Nacele e seus componentes: gerador,
multiplicadores de velocidade, multiplicadores
planetários, redutores de velocidade,
Equipamentos,Ferramentas, rolamentos, eixos, mancais, sistemas de
Instrumentos e Materiais transmissão, sistemas de freios, sistemas
hidráulicos, sistemas de giro e refrigeração
 Sensores: velocidade do vento, direção do
vento, pressão atmosférica, temperatura do
ar, umidade do ar, de proximidade, de nível,
de rotação, tensão, corrente, fluxo, vibração,
posição
 Birutas
 Registradores
 Atuadores
 Circuitos hidráulicos de sistemas de controle
 Lubrificantes
 Torres
 Sistemas de controle (PLC)
 Transformadores
 Conversores de frequência
 Cabos elétricos
 Pás
 EPI e EPC

78
AMBIENTES PEDAGÓGICOS, COM RELAÇÃO DE EQUIPAMENTOS,
MÁQUINAS, FERRAMENTAS, INSTRUMENTOS E MATERIAIS

Ferramentas:
 Chaves de fenda
 Chaves Phillips
 Alicate de corte
 Alicate de bico
 Alicate prensa terminais
 Alicate universal
 Torquímetro
 Bancadas para teste de geradores elétricos
Instrumentos:
 Multímetro
 Terrômetro
 Osciloscópio
 Anemômetros
 Ultrassom
 Medidores de umidade portáteis e de
bancada
 Instrumentos de radiografia
 Indicadores de rotação do motor e sequência
de fase
 Megômetros portáteis
 Medidores tipo alicate com escala em
ampères
 Miliampères e microampères
 Termômetro infravermelho profissional com
campo de visão de 50:1 e montagem
magnética
Materiais:
 Cabos
 Fios
 Conectores
 Matérias componentes das pás (resina epoxy,
resina poliéster, resina éster vinil,
fiberglassreinforcedplastic, parafusos)
Material didático  Apostila

79
MÓDULO: BÀSICO

Educação Profissional: Educação Profissional:Especiaização Técnica em operação e


manutenção de parques Eólicos

Unidade Curricular: Movimentação de Cargas em Parques Eólicos

Carga Horária: 24h

Unidade de Competência: Instalar sistemas e componentes eletroeletrônicos e


mecânicos do aerogerador.

Objetivo Geral: Realizar a movimentação de cargas na montagem e na instalação de


aerogeradores.

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Fundamentos Técnicos e Científicos Conhecimentos

Capacidades Técnicas Legislação e normas aplicáveis (2h)


 Identificar ferramentas específicas  Capacidade de carga
 Aplicar técnicas de trabalho em  Limites de tensão permissíveis
atividades de montagem mecânica  Intervalos de inspeção
 Utilizar os Equipamentos de Proteção  Critérios de descarte
Individual e Coletiva  Avaliação de desgaste
 Inspecionar equipamentos e acessórios
Equipamentos de movimentação de
antes da sua utilização
cargas (2h)
 Avaliar procedimento de movimentação
de carga (considerar requisitos de  Guindaste
segurança operacional)  Munk
 Orientar atividades de movimentação  Empilhadeira
de cargas por meio de sinais  Ponte rolante
padronizados (Norma ASME B 30.5)  Trole
 Identificar o tipo de carga a ser  Talha
movimentada ou transportada (material,  Tirfor
forma, volume, peso e localização)
 Identificar eventuais obstáculos Movimentação de cargas por guindastes
 Analisar o esforço físico necessário e o (12h)
trajeto envolvidos para a execução da  Acessórios: especificação, utilizaçãoe
tarefa inspeção
 Avaliar adequação dos equipamentos o Cabos de aço
de movimentação de carga o Moitão
 Analisar as características do piso em o Manilha
que será realizada a movimentação o Estropo
(desnível, escorregadio, resistência, o Grampos (“clips”)
etc.) o Cintas e ganchos
 Operar guinchos do aerogerador para o Olhais de ancoragem
movimentação de cargas o Dispositivos de içamento e
 Propor melhorias nos processos de movimentação
80
MÓDULO: BÀSICO

Educação Profissional: Educação Profissional:Especiaização Técnica em operação e


manutenção de parques Eólicos

Unidade Curricular: Movimentação de Cargas em Parques Eólicos

Carga Horária: 24h

Unidade de Competência: Instalar sistemas e componentes eletroeletrônicos e


mecânicos do aerogerador.

Objetivo Geral: Realizar a movimentação de cargas na montagem e na instalação de


aerogeradores.

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Fundamentos Técnicos e Científicos Conhecimentos


movimentação de cargas o Dispositivos de montagem
 Avaliação das condições de serviço
o Amarração das cargas
Capacidades sociais, organizativas e o Trajeto da carga e obstáculos
metodológicas o Nivelamento da máquina
 Trabalhar em equipe o Condições do solo
o Local de patolamento
 Demonstrar raciocínio lógico
o Condições meteorológicas
 Ser prudente
 Técnicas de montagem
 Executar as atividades com segurança
o Amarração
 Ser organizado o Operação com duas linhas de
 Ter senso de investigação carregamento
 Ter visão sistêmica da montagem do o Operação com quatro linhasde
aerogerador carregamento
o Ângulo de ataque permito
o Pontos de ancoragem e limite de carga
o Montagem de olhal
o Proteção de laço de corda
o Uso de balancim travessa
o Segurança contra folga e
escorregamento
Plano de movimentação de carga (plano
de rigging) (4h)
 Identificação das zonas de risco
 Preparação do ponto de recepçãoda carga
 Preparação de materiais auxiliares
Procedimento de içamento de
componentes de aerogeradores (1h)
 Torres
 Pás

81
MÓDULO: BÀSICO

Educação Profissional: Educação Profissional:Especiaização Técnica em operação e


manutenção de parques Eólicos

Unidade Curricular: Movimentação de Cargas em Parques Eólicos

Carga Horária: 24h

Unidade de Competência: Instalar sistemas e componentes eletroeletrônicos e


mecânicos do aerogerador.

Objetivo Geral: Realizar a movimentação de cargas na montagem e na instalação de


aerogeradores.

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Fundamentos Técnicos e Científicos Conhecimentos


 Geradores
 Multiplicador
 Rolamentos
Procedimentos de comunicação e
sinalização (1h)
Avaliação de riscos e práticas de
segurança (2h)
 Transporte manual de cargas
 Utilização de EP’Is e EPC’s
 Atos inseguros
 Condições inseguras (falhas nos
procedimentos e equipamentos)
 Identificação e avaliação dos riscos
 ligados à amarração e içamento da carga

AMBIENTES PEDAGÓGICOS, COM RELAÇÃO DE EQUIPAMENTOS,


MÁQUINAS, FERRAMENTAS, INSTRUMENTOS E MATERIAIS

Ambientes Pedagógicos

Equipamentos e Ferramentas

Material Didático

82
MÓDULO: BÁSICO

Educação Profissional: Educação Profissional:Especiaização Técnica em operação e


manutenção de parques Eólicos

Unidade Curricular: Técnicas de Torqueamento aplicadas à Montagem de Aerogeradores

Carga Horária: 16h

Unidade de Competência: Instalar sistemas e componentes eletroeletrônicos e


mecânicos do aerogerador.

Objetivo Geral: Aplicar metodologia de torqueamento na instalação de sistemas e


componentes eletroeletrônicos e mecânicos do aerogerador.

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Fundamentos Técnicos e Científicos Conhecimentos

Capacidades Técnicas Parafusos


 Identificar ferramentas  Tipos de parafusos e porcas
 Aplicar técnicas de trabalho em  Tipos de rosca
atividades de montagem mecânica  Classes de parafusos
 Utilizar a metodologia de  Propriedades de materiais
torqueamento hidráulico  Fadiga e curva tensão-ciclos
 Aplicar procedimentos de manuais,  Inspeção de parafusos
de normas técnicas, de saúde e
segurança no trabalho, de qualidade Uniões aparafusadas
e de meio ambiente
 Avaliar riscos das atividades de  Características
montagem  Uniões aparafusadas em estruturas metálicas
 Executar e verificar torque nos  Influência das imperfeições
vários componentes de  Conexão pá-cubo
aerogeradores, como: conexão  Esforços em uniões de aerogeradores
fundação/torre, união de seções de  Verificação de uniões aparafusadas
torre, conexão cubo/pá, conexão
torre/nacele, conexão cubo/eixo e Torqueamento
outros
 Propor melhorias  Princípios do torque
 Unidades de torque
 Técnicas de torqueamento
Capacidades sociais, organizativas  Pré-carga
e metodológicas  Sequência de torqueamento
 Coeficiente de atrito
 Trabalhar em equipe
 Influência da lubrificação
 Ser organizado
 Métodos de medição
 Ter visão sistêmica
 Resolver problemas
(troubleshooting) Torquímetros
 Ferramentas manuais
 Pneumáticos
83
MÓDULO: BÁSICO

Educação Profissional: Educação Profissional:Especiaização Técnica em operação e


manutenção de parques Eólicos

Unidade Curricular: Técnicas de Torqueamento aplicadas à Montagem de Aerogeradores

Carga Horária: 16h

Unidade de Competência: Instalar sistemas e componentes eletroeletrônicos e


mecânicos do aerogerador.

Objetivo Geral: Aplicar metodologia de torqueamento na instalação de sistemas e


componentes eletroeletrônicos e mecânicos do aerogerador.

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Fundamentos Técnicos e Científicos Conhecimentos


 Hidráulicos
o Princípios de hidráulica
o Posicionamento da ferramenta
o Força de destorque

84
AMBIENTES PEDAGÓGICOS, COM RELAÇÃO DE EQUIPAMENTOS,
MÁQUINAS, FERRAMENTAS, INSTRUMENTOS E MATERIAIS
 Biblioteca
 Sala de aula
Ambientes Pedagógicos  Laboratório de Eólica
 Laboratório Solar Fotovoltaica
 Laboratório de Informática II
Laboratório de Eólica
Máquinas:
 Plataformas especiais para manutenção em
aerogeradores
Equipamentos:
 Aerogeradores
 Bancadas de simulação
 Controladores de carga
 Inversores de potência off-grid e grid-tie
 Baterias estacionárias
 Turbina eólica (rotor e seus componentes:
cubo, extensores, rolamentos, pás, sistemas
de controle, para-raios)
 Nacele e seus componentes: gerador,
multiplicadores de velocidade, multiplicadores
planetários, redutores de velocidade,
rolamentos, eixos, mancais, sistemas de
transmissão, sistemas de freios, sistemas
Equipamentos,Ferramentas, hidráulicos, sistemas de giro e refrigeração
Instrumentos e Materiais  Sensores: velocidade do vento, direção do
vento, pressão atmosférica, temperatura do
ar, umidade do ar, de proximidade, de nível,
de rotação, tensão, corrente, fluxo, vibração,
posição
 Birutas
 Registradores
 Atuadores
 Circuitos hidráulicos de sistemas de controle
 Lubrificantes
 Torres
 Sistemas de controle (PLC)
 Transformadores
 Conversores de frequência
 Cabos elétricos
 Pás
 EPI e EPC
Ferramentas:
 Chaves de fenda
 Chaves Phillips
85
AMBIENTES PEDAGÓGICOS, COM RELAÇÃO DE EQUIPAMENTOS,
MÁQUINAS, FERRAMENTAS, INSTRUMENTOS E MATERIAIS
 Alicate de corte
 Alicate de bico
 Alicate prensa terminais
 Alicate universal
 Torquímetro
 Bancadas para teste de geradores elétricos
Instrumentos:
 Multímetro
 Terrômetro
 Osciloscópio
 Anemômetros
 Ultrassom
 Medidores de umidade portáteis e de
bancada
 Instrumentos de radiografia
 Indicadores de rotação do motor e sequência
de fase
 Megômetros portáteis
 Medidores tipo alicate com escala em
ampères
 Miliampères e microampères
 Termômetro infravermelho profissional com
campo de visão de 50:1 e montagem
magnética
Materiais:
 Cabos
 Fios
 Conectores
 Matérias componentes das pás (resina epoxy,
resina poliéster, resina éster vinil,
fiberglassreinforcedplastic, parafusos)

Material didático  Apostila

86
MÓDULO: BÁSICO

Educação Profissional: Especiaização Técnica em Operação e Manutenção de Parques


Eólicos

Unidade Curricular: Segurança no Sistema Elétrico de Potência (SEP) específico para


Parques Eólicos (NR10)

Carga Horária: 40h

Unidade de Competência: Aplicar os requisitos necessários à implementação de medidas


de controle e sistemas preventivos, de forma a garantir a segurança e a saúde em
instalações elétricas e serviços com eletricidade

Objetivo Geral: Realizar a manutenção de sistemas e componentes eletroeletrônicos e


mecânicos de parques eólicos, seguindo as normas de segurança do sistema elétrico de
potência (SEP) e emsuas proximidades – parques eólicos.

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Fundamentos Técnicos e Científicos Conhecimentos

Capacidades Técnicas Organização do Sistema Elétrico de


Potência – SEP
 Aplicar procedimentos e normas
técnicas, de saúde e segurança no Organização do trabalho
trabalho, de qualidade e de meio
 Programação e planejamento dos serviços
ambiente
 Trabalho em equipe
 Prontuário e cadastro das instalações
Capacidades sociais, organizativas e  Métodos de trabalho
metodológicas  Comunicação

 Trabalhar em equipe Aspectos comportamentais


 Desenvolver raciocínio lógico Condições impeditivas para serviços
 Ser organizado
Riscos típicos no SEP e sua prevenção (*)
 Ter senso de investigação
 Exercer liderança  Proximidade e contatos com partes
 Ter visão sistêmica energizadas
 Indução
 Descargas atmosféricas
 Estática
 Campos elétricos e magnéticos
 Comunicação e identificação
 Trabalhos em altura, máquinas e
equipamentos especiais

Técnicas de análise de Risco no SEP (*)


Procedimentos de trabalho – análise e

87
MÓDULO: BÁSICO

Educação Profissional: Especiaização Técnica em Operação e Manutenção de Parques


Eólicos

Unidade Curricular: Segurança no Sistema Elétrico de Potência (SEP) específico para


Parques Eólicos (NR10)

Carga Horária: 40h

Unidade de Competência: Aplicar os requisitos necessários à implementação de medidas


de controle e sistemas preventivos, de forma a garantir a segurança e a saúde em
instalações elétricas e serviços com eletricidade

Objetivo Geral: Realizar a manutenção de sistemas e componentes eletroeletrônicos e


mecânicos de parques eólicos, seguindo as normas de segurança do sistema elétrico de
potência (SEP) e emsuas proximidades – parques eólicos.

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Fundamentos Técnicos e Científicos Conhecimentos


discussão (*)
Técnicas de trabalho sob tensão (*)
 Em linha viva
 Ao potencial
 Em áreas internas
 Trabalho a distância
 Trabalhos noturnos
 Áreas subterrâneas
Equipamentos e ferramentas de trabalho
(escolha, uso, conservação, verificação,
ensaios) (*)
Sistemas de proteção coletiva (*)
Equipamentos de proteção individual (*)
Posturas e vestuários de trabalho (*)
Segurança com veículos e transporte de
pessoas, materiais e equipamentos(*)
Sinalização e isolamento de áreas de
trabalho(*)
Liberação de instalação para serviço e para
operação e uso (*)
Treinamento em técnicas de remoção,
atendimento, transporte de acidentados (*)
Acidentes típicos (*) – Análise, discussão,
medidas de proteção

88
MÓDULO: BÁSICO

Educação Profissional: Especiaização Técnica em Operação e Manutenção de Parques


Eólicos

Unidade Curricular: Segurança no Sistema Elétrico de Potência (SEP) específico para


Parques Eólicos (NR10)

Carga Horária: 40h

Unidade de Competência: Aplicar os requisitos necessários à implementação de medidas


de controle e sistemas preventivos, de forma a garantir a segurança e a saúde em
instalações elétricas e serviços com eletricidade

Objetivo Geral: Realizar a manutenção de sistemas e componentes eletroeletrônicos e


mecânicos de parques eólicos, seguindo as normas de segurança do sistema elétrico de
potência (SEP) e emsuas proximidades – parques eólicos.

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Fundamentos Técnicos e Científicos Conhecimentos


Responsabilidades (*)

(*) Estes tópicos deverão ser desenvolvidos e


dirigidos especificamente para as condições de
trabalho características de cada ramo, padrão
de operação, de nível de tensão e de outras
peculiaridades específicas ao tipo ou condição
especial de atividade, sendo obedecida a
hierarquia no aperfeiçoamento técnico do
trabalhador.

89
AMBIENTES PEDAGÓGICOS, COM RELAÇÃO DE EQUIPAMENTOS,
MÁQUINAS, FERRAMENTAS, INSTRUMENTOS E MATERIAIS
 Biblioteca
 Sala de aula
Ambientes Pedagógicos  Laboratório de Eólica
 Laboratório Solar Fotovoltaica
 Laboratório de Informática II
Laboratório de Eólica
Máquinas:
 Plataformas especiais para manutenção em
aerogeradores
Equipamentos:
 Aerogeradores
 Bancadas de simulação
 Controladores de carga
 Inversores de potência off-grid e grid-tie
 Baterias estacionárias
 Turbina eólica (rotor e seus componentes:
cubo, extensores, rolamentos, pás, sistemas
de controle, para-raios)
 Nacele e seus componentes: gerador,
multiplicadores de velocidade, multiplicadores
planetários, redutores de velocidade,
rolamentos, eixos, mancais, sistemas de
transmissão, sistemas de freios, sistemas
Equipamentos,Ferramentas, hidráulicos, sistemas de giro e refrigeração
Instrumentos e Materiais  Sensores: velocidade do vento, direção do
vento, pressão atmosférica, temperatura do
ar, umidade do ar, de proximidade, de nível,
de rotação, tensão, corrente, fluxo, vibração,
posição
 Birutas
 Registradores
 Atuadores
 Circuitos hidráulicos de sistemas de controle
 Lubrificantes
 Torres
 Sistemas de controle (PLC)
 Transformadores
 Conversores de frequência
 Cabos elétricos
 Pás
 EPI e EPC
Ferramentas:
 Chaves de fenda
 Chaves Phillips
90
AMBIENTES PEDAGÓGICOS, COM RELAÇÃO DE EQUIPAMENTOS,
MÁQUINAS, FERRAMENTAS, INSTRUMENTOS E MATERIAIS
 Alicate de corte
 Alicate de bico
 Alicate prensa terminais
 Alicate universal
 Torquímetro
 Bancadas para teste de geradores elétricos
Instrumentos:
 Multímetro
 Terrômetro
 Osciloscópio
 Anemômetros
 Ultrassom
 Medidores de umidade portáteis e de
bancada
 Instrumentos de radiografia
 Indicadores de rotação do motor e sequência
de fase
 Megômetros portáteis
 Medidores tipo alicate com escala em
ampères
 Miliampères e microampères
 Termômetro infravermelho profissional com
campo de visão de 50:1 e montagem
magnética
Materiais:
 Cabos
 Fios
 Conectores
 Matérias componentes das pás (resina epoxy,
resina poliéster, resina éster vinil,
fiberglassreinforcedplastic, parafusos)

Material didático Apostila

91
MÓDULO: BÁSICO

Educação Profissional: Especiaização Técnica em Operação e Manutenção de Parques


Eólicos

Unidade Curricular: Operação de parques eólicos – Procedimentos operacionais e


sistemas supervisórios

Carga Horária: 40h

Unidade de Competência: Operação de parques eólicos – procedimentos operacionais e


sistemas supervisórios.

Objetivo Geral: Operar o sistema SCADA e utilizar os procedimentos de operação de


parques eólicos.

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Fundamentos Técnicos e Científicos Conhecimentos

Capacidades Técnicas Sistemas de controle e segurança de


aerogeradores (6h)
 Analisar dados de operação do
aerogerador Transmissão de dados – telemetria (2h)
 Operar o sistema SCADA  Rádio
 Parametrizar o sistema SCADA  Cabos
 Coletar dados do sistema SCADA  Fibra ótica
 Analisar os dados do sistema SCADA,  Modem – roteador
utilizando as ferramentas de
estatística Procedimentos operacionais (8h)
 Executar operações no aerogerador,  Aerogeradores
tais como partida, parada e reset  Sistemas elétricos auxiliares
 Monitorar a produção de energia  Subestação
 Medição anemométrica
Capacidades sociais, organizativas e Controlador (4h)
metodológicas
 CLP
 Demonstrar raciocínio lógico  Inputs e Outputs
 Ser organizado Sistema Supervisório (SCADA)(16h)
 Ter senso de investigação
 Trabalhar em equipe  Parametrização
 Ter visão sistêmica da operação e  Operação
manutenção do parque eólico  Aquisição de dados
 Resolver problemas (troubleshooting)  Análise de dados
 Propor melhorias Relações com agentes da rede elétrica (4h)
 Requisitos de operação
 Procedimentos de comunicação

92
AMBIENTES PEDAGÓGICOS, COM RELAÇÃO DE EQUIPAMENTOS,
MÁQUINAS, FERRAMENTAS, INSTRUMENTOS E MATERIAIS
 Biblioteca
 Sala de aula
Ambientes Pedagógicos  Laboratório de Eólica
 Laboratório Solar Fotovoltaica
 Laboratório de Informática II
Laboratório de Eólica
Máquinas:
 Plataformas especiais para manutenção em
aerogeradores
Equipamentos:
 Aerogeradores
 Bancadas de simulação
 Controladores de carga
 Inversores de potência off-grid e grid-tie
 Baterias estacionárias
 Turbina eólica (rotor e seus componentes:
cubo, extensores, rolamentos, pás, sistemas
de controle, para-raios)
 Nacele e seus componentes: gerador,
multiplicadores de velocidade, multiplicadores
planetários, redutores de velocidade,
rolamentos, eixos, mancais, sistemas de
Equipamentos,Ferramentas, transmissão, sistemas de freios, sistemas
Instrumentos e Materiais hidráulicos, sistemas de giro e refrigeração
 Sensores: velocidade do vento, direção do
vento, pressão atmosférica, temperatura do
ar, umidade do ar, de proximidade, de nível,
de rotação, tensão, corrente, fluxo, vibração,
posição
 Birutas
 Registradores
 Atuadores
 Circuitos hidráulicos de sistemas de controle
 Lubrificantes
 Torres
 Sistemas de controle (PLC)
 Transformadores
 Conversores de frequência
 Cabos elétricos
 Pás
 EPI e EPC

93
AMBIENTES PEDAGÓGICOS, COM RELAÇÃO DE EQUIPAMENTOS,
MÁQUINAS, FERRAMENTAS, INSTRUMENTOS E MATERIAIS

Ferramentas:
 Chaves de fenda
 Chaves Phillips
 Alicate de corte
 Alicate de bico
 Alicate prensa terminais
 Alicate universal
 Torquímetro
 Bancadas para teste de geradores elétricos
Instrumentos:
 Multímetro
 Terrômetro
 Osciloscópio
 Anemômetros
 Ultrassom
 Medidores de umidade portáteis e de
bancada
 Instrumentos de radiografia
 Indicadores de rotação do motor e sequência
de fase
 Megômetros portáteis
 Medidores tipo alicate com escala em
ampères
 Miliampères e microampères
 Termômetro infravermelho profissional com
campo de visão de 50:1 e montagem
magnética
Materiais:
 Cabos
 Fios
 Conectores
 Matérias componentes das pás (resina epoxy,
resina poliéster, resina éster vinil,
fiberglassreinforcedplastic, parafusos)

Material didático  Apostila

94
MÓDULO: BÁSICO

Educação Profissional: Especiaização Técnica em Operação e Manutenção de Parques


Eólicos

Unidade Curricular: Inglês Técnico para Energia Eólica

Carga Horária: 120h

Unidade de Competência: Comunicar-se em Inglês, a língua de trabalho da indústria


eólica, usando vocabulário técnico específico.

Objetivo Geral: Comunicar-se em Inglês, usando vocabulário técnico específico para


energia eólica.

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Fundamentos Técnicos e Científicos Conhecimentos

Capacidades Técnicas  Vocabulário técnico


 Partes e componentes de um
 Entender Instruções e manuais escritos aerogerador
em inglês  Ferramentas
 Utilizar software de controle escrito em  Instruções e manuais
inglês  Documentação
 Conduzir discussões técnicas básicas em  Descrição da condição
inglês  Software de controle
 Utilizar dicionários e fontes de referência  Habilidade básica na língua
 Construindo sentenças e questões
 Data e hora
Capacidades sociais, organizativas e
 Discussões simples
metodológicas
 Dicionários
 Trabalhar em equipe  Bases de dados
 Demonstrar raciocínio lógico  Pequenos computadores
 Ser prudente
 Ser organizado
 Ter senso de investigação da empresa

95
AMBIENTES PEDAGÓGICOS, COM RELAÇÃO DE EQUIPAMENTOS,
MÁQUINAS, FERRAMENTAS, INSTRUMENTOS E MATERIAIS
 Biblioteca
 Sala de aula
Ambientes Pedagógicos  Laboratório de Eólica
 Laboratório Solar Fotovoltaica
 Laboratório de Informática II
Laboratório de Eólica
Máquinas:
 Plataformas especiais para manutenção em
aerogeradores
Equipamentos:
 Aerogeradores
 Bancadas de simulação
 Controladores de carga
 Inversores de potência off-grid e grid-tie
 Baterias estacionárias
 Turbina eólica (rotor e seus componentes:
cubo, extensores, rolamentos, pás, sistemas
de controle, para-raios)
 Nacele e seus componentes: gerador,
multiplicadores de velocidade, multiplicadores
planetários, redutores de velocidade,
rolamentos, eixos, mancais, sistemas de
transmissão, sistemas de freios, sistemas
Equipamentos,Ferramentas, hidráulicos, sistemas de giro e refrigeração
Instrumentos e Materiais  Sensores: velocidade do vento, direção do
vento, pressão atmosférica, temperatura do
ar, umidade do ar, de proximidade, de nível,
de rotação, tensão, corrente, fluxo, vibração,
posição
 Birutas
 Registradores
 Atuadores
 Circuitos hidráulicos de sistemas de controle
 Lubrificantes
 Torres
 Sistemas de controle (PLC)
 Transformadores
 Conversores de frequência
 Cabos elétricos
 Pás
 EPI e EPC
Ferramentas:
 Chaves de fenda
 Chaves Phillips
96
AMBIENTES PEDAGÓGICOS, COM RELAÇÃO DE EQUIPAMENTOS,
MÁQUINAS, FERRAMENTAS, INSTRUMENTOS E MATERIAIS
 Alicate de corte
 Alicate de bico
 Alicate prensa terminais
 Alicate universal
 Torquímetro
 Bancadas para teste de geradores elétricos
Instrumentos:
 Multímetro
 Terrômetro
 Osciloscópio
 Anemômetros
 Ultrassom
 Medidores de umidade portáteis e de
bancada
 Instrumentos de radiografia
 Indicadores de rotação do motor e sequência
de fase
 Megômetros portáteis
 Medidores tipo alicate com escala em
ampères
 Miliampères e microampères
 Termômetro infravermelho profissional com
campo de visão de 50:1 e montagem
magnética
Materiais:
 Cabos
 Fios
 Conectores
 Matérias componentes das pás (resina epoxy,
resina poliéster, resina éster vinil,
fiberglassreinforcedplastic, parafusos)
Material didático  Apostila

97
MÓDULO: BÁSICO

Educação Profissional: Especiaização Técnica em Operação e Manutenção de Parques


Eólicos

Unidade Curricular: Gestão do Meio Ambiente e Saúde

Carga Horária: 40h

Unidade de Competência: Conhecer, propor e executar procedimentos e ações de


segurança e cuidado com o meio ambiente durante as fases de instalação, operação,
manutenção e desinstalação de parques eólicos.

Objetivo Geral: Conhecer, propor e executar procedimentos e ações de segurança e


cuidado com o meio ambiente durante as fases de instalação, operação, manutenção e
desinstalação de parques eólicos.

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Fundamentos Técnicos e Científicos Conhecimentos

Gestão do meio ambiente Gestão do meio ambiente


 Analisar a legislação e interpretar as Conservação de recursos e proteção
normas ambiental
 Saber manusear e descartar materiais  Limites de energia
perigosos ao meio ambiente
 Fontes de energia com ênfase em energia
 Identificar processos e atividades de eólica
risco
 Geração de Energia
Segurança do trabalho  As emissões de CO2e a preservação do
clima
 Conhecer e interpretar as normas e
procedimentos A poluição ambiental
 Conhecer e utilizar os equipamentos
 Os vapores
de segurança, as regras de
 Poeiras
sinalização, etc.
 Óleo de ar, água e solo
 Identificar processos e atividades de
risco Noções básicas de legislação ambiental
Capacidades sociais, organizativas e  Legislação nacional
metodológicas  Legislação estadual
 Trabalhar em equipe  Legislação local
 Ser organizado  Normas
 Ter senso de investigação Reconhecer e aplicar normas de eliminação
 Ter visão sistêmica
 Leis e normas de descarte e reciclagem de
 Ter capacidade de análise
resíduos
 Separação de resíduos e sua disposição de
descarte
Noções básicas de manuseio correto de
materiais perigosos

98
MÓDULO: BÁSICO

Educação Profissional: Especiaização Técnica em Operação e Manutenção de Parques


Eólicos

Unidade Curricular: Gestão do Meio Ambiente e Saúde

Carga Horária: 40h

Unidade de Competência: Conhecer, propor e executar procedimentos e ações de


segurança e cuidado com o meio ambiente durante as fases de instalação, operação,
manutenção e desinstalação de parques eólicos.

Objetivo Geral: Conhecer, propor e executar procedimentos e ações de segurança e


cuidado com o meio ambiente durante as fases de instalação, operação, manutenção e
desinstalação de parques eólicos.

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Fundamentos Técnicos e Científicos Conhecimentos


 Simbologia para materiais perigosos e seus
significados
 Instruções de operação
 Manuseio de materiais perigosos
 Transporte e armazenagem
 Procedimentos com vazamentos e
derramamento acidental de materiais
ambientalmente perigosos
 Avaliação de Riscos
Identificação dos riscos e conservação de
recursos
 Descarte de produtos
 Fichas de registros de dados
Equipamentos de manipulação - utilização
de máquinas e equipamentos com
exigências específicas
 Volumes de enchimento
 Prevenção de resíduos
Substâncias perigosas na planta
 Líquido refrigerante
 Óleo do transformador
 Abrasão
 Acumulador
 Graxa lubrificante
 Óleo lubrificante
Descarte de resíduos especiais

99
MÓDULO: BÁSICO

Educação Profissional: Especiaização Técnica em Operação e Manutenção de Parques


Eólicos

Unidade Curricular: Gestão do Meio Ambiente e Saúde

Carga Horária: 40h

Unidade de Competência: Conhecer, propor e executar procedimentos e ações de


segurança e cuidado com o meio ambiente durante as fases de instalação, operação,
manutenção e desinstalação de parques eólicos.

Objetivo Geral: Conhecer, propor e executar procedimentos e ações de segurança e


cuidado com o meio ambiente durante as fases de instalação, operação, manutenção e
desinstalação de parques eólicos.

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Fundamentos Técnicos e Científicos Conhecimentos


 Tintas
 Diluentes
 Pincéis
 Panos contaminados
Segurança do trabalho
 Práticas exclusivas de saúde e segurança
do trabalho
o Regulamentações e normas nacionais
o Prescrição e responsabilidades
Equipamento de proteção individual
 Poeira geral
 Proteção respiratória
 Óculos de segurança
 Luvas especiais
Técnica de acesso
 Acesso por corda
 Plataforma de trabalho
Transporte de materiais perigosos
 Segurança da carga
 Embalagem e fixação adequada da carga
Segurança elétrica de dispositivos portáteis
 Equipamentos e dispositivos de teste e
medição, grau de proteção e categorias
o Disposições legais
o Eficácia das medidas de proteção

100
MÓDULO: BÁSICO

Educação Profissional: Especiaização Técnica em Operação e Manutenção de Parques


Eólicos

Unidade Curricular: Gestão do Meio Ambiente e Saúde

Carga Horária: 40h

Unidade de Competência: Conhecer, propor e executar procedimentos e ações de


segurança e cuidado com o meio ambiente durante as fases de instalação, operação,
manutenção e desinstalação de parques eólicos.

Objetivo Geral: Conhecer, propor e executar procedimentos e ações de segurança e


cuidado com o meio ambiente durante as fases de instalação, operação, manutenção e
desinstalação de parques eólicos.

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Fundamentos Técnicos e Científicos Conhecimentos


o Resistência insolação
o Resistência de aterramento
o Condutor de proteção
o Impedância da linha
o Equipotencialidade
o Exercícios práticos
Situação e uso correto de equipamentos de
proteção e ferramentas
 Perigos ao trabalhar sob tensão e as
condições para a execução deste trabalho
o Isolamento terra
o Treinamento especial
o Normas de segurança

101
AMBIENTES PEDAGÓGICOS, COM RELAÇÃO DE EQUIPAMENTOS,
MÁQUINAS, FERRAMENTAS, INSTRUMENTOS E MATERIAIS
 Biblioteca
 Sala de aula
Ambientes Pedagógicos  Laboratório de Eólica
 Laboratório Solar Fotovoltaica
 Laboratório de Informática II
Laboratório de Eólica
Máquinas:
 Plataformas especiais para manutenção em
aerogeradores
Equipamentos:
 Aerogeradores
 Bancadas de simulação
 Controladores de carga
 Inversores de potência off-grid e grid-tie
 Baterias estacionárias
 Turbina eólica (rotor e seus componentes:
cubo, extensores, rolamentos, pás, sistemas
de controle, para-raios)
 Nacele e seus componentes: gerador,
multiplicadores de velocidade, multiplicadores
planetários, redutores de velocidade,
rolamentos, eixos, mancais, sistemas de
transmissão, sistemas de freios, sistemas
Equipamentos,Ferramentas, hidráulicos, sistemas de giro e refrigeração
Instrumentos e Materiais  Sensores: velocidade do vento, direção do
vento, pressão atmosférica, temperatura do
ar, umidade do ar, de proximidade, de nível,
de rotação, tensão, corrente, fluxo, vibração,
posição
 Birutas
 Registradores
 Atuadores
 Circuitos hidráulicos de sistemas de controle
 Lubrificantes
 Torres
 Sistemas de controle (PLC)
 Transformadores
 Conversores de frequência
 Cabos elétricos
 Pás
 EPI e EPC
Ferramentas:
 Chaves de fenda
 Chaves Phillips
102
AMBIENTES PEDAGÓGICOS, COM RELAÇÃO DE EQUIPAMENTOS,
MÁQUINAS, FERRAMENTAS, INSTRUMENTOS E MATERIAIS
 Alicate de corte
 Alicate de bico
 Alicate prensa terminais
 Alicate universal
 Torquímetro
 Bancadas para teste de geradores elétricos
Instrumentos:
 Multímetro
 Terrômetro
 Osciloscópio
 Anemômetros
 Ultrassom
 Medidores de umidade portáteis e de
bancada
 Instrumentos de radiografia
 Indicadores de rotação do motor e sequência
de fase
 Megômetros portáteis
 Medidores tipo alicate com escala em
ampères
 Miliampères e microampères
 Termômetro infravermelho profissional com
campo de visão de 50:1 e montagem
magnética
Materiais:
 Cabos
 Fios
 Conectores
 Matérias componentes das pás (resina epoxy,
resina poliéster, resina éster vinil,
fiberglassreinforcedplastic, parafusos)
Material didático Apostila

103
MÓDULO:ESPECÍFICO

Educação Profissional: Especiaização Técnica em Operação e Manutenção de Parques


Eólicos

Unidade Curricular: Técnicas de Manutenção Aplicadas a Sistemas Elétricos em Parques


Eólicos

Carga Horária: 160h

Unidade de Competência: Executara manutenção de sistemas e componentes


eletroeletrônicos e mecânicos de parques eólicos.

Objetivo Geral: Executar a manutenção de sistemas e componentes eletroeletrônicos de


parques eólicos.

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Fundamentos Técnicos e Científicos Conhecimentos

Capacidades Técnicas Fundamentos de tecnologia elétrica:


grandezas e características elétricas
 Aplicar estratégias de manutenção
 Elaborar relatório de inspeção  Fundamentos de eletricidade
 Aplicar procedimentos de manuais, de o Unidades elétricas (tensão, corrente e
normas técnicas, de saúde e resistência elétrica)
segurança no trabalho, de qualidade e o Corrente alternada e Corrente contínua
de meio ambiente o Características elétricas dos materiais
 Avaliar riscos das atividades de  Propriedades elétricas
manutenção o Potência elétrica e trabalho
 Propor melhorias o Leis de Ohm
o Circuitos CA e CC
 Desenho e documentos elétricos
Capacidades sociais, organizativas e o Símbolos de circuitos elétricos
metodológicas o Diagramas de circuitos elétricos
o Técnicas de documentação
 Trabalhar em equipe o Protocolos
 Ser organizado o Listas de componentes
 Ter senso de investigação  Instrumentos de medição e métodos de
 Ter visão sistêmica medição
 Ter capacidade de análise o Voltímetro
 Resolver problemas (trouble shooting) o Amperímetro
o Terrômetro
o Megômetro
o Sequencímetro
o Multímetro
o Alicate volt-amperímetro
o Medidas e testes de grandezas elétricas
 Circuitos Elétricos
o Ligação série
o Ligação paralela

104
MÓDULO:ESPECÍFICO

Educação Profissional: Especiaização Técnica em Operação e Manutenção de Parques


Eólicos

Unidade Curricular: Técnicas de Manutenção Aplicadas a Sistemas Elétricos em Parques


Eólicos

Carga Horária: 160h

Unidade de Competência: Executara manutenção de sistemas e componentes


eletroeletrônicos e mecânicos de parques eólicos.

Objetivo Geral: Executar a manutenção de sistemas e componentes eletroeletrônicos de


parques eólicos.

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Fundamentos Técnicos e Científicos Conhecimentos

 Projetos Elétricos
o Diagramas de conexões elétricas
o Diagramas de esquemas elétricos
o Diagramas elétricos funcionais
 Procedimentos Técnicos
o Documentos de manutenção
o Manuais de operação
o Lista de componentes sobressalentes
o Instruções de trabalho
 Efeitos elétricos
o Energia térmica, luminosa, química e
magnética
Fundamentos da tecnologia elétrica
aplicações
 Condutores, isolantes e semicondutores
o Propriedades e aplicações
 Princípio de operação dos geradores
o Princípio da indução eletromagnética
o Geradores síncronos e assíncronos
 Eletricidade básica
o Corrente contínua (CC)
o Corrente alternada (CA)
o Sistemas trifásicos de corrente alternada
o Cargas capacitivas e indutivas e fator de
potência
o Potência reativa
o Potência aparente
o Potência ativa

105
MÓDULO:ESPECÍFICO

Educação Profissional: Especiaização Técnica em Operação e Manutenção de Parques


Eólicos

Unidade Curricular: Técnicas de Manutenção Aplicadas a Sistemas Elétricos em Parques


Eólicos

Carga Horária: 160h

Unidade de Competência: Executara manutenção de sistemas e componentes


eletroeletrônicos e mecânicos de parques eólicos.

Objetivo Geral: Executar a manutenção de sistemas e componentes eletroeletrônicos de


parques eólicos.

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Fundamentos Técnicos e Científicos Conhecimentos


 Reconhecimento da função de
componentes e elementos elétricos
o Tiristores, relés, fusíveis e disjuntores
 Efeitos das diferentes cargas sobre a rede
e outros consumidores
o Cargas capacitivas e indutivas e fator de
potência
Fundamentos de tecnologia elétrica:
Materiais
 Condutores, isolantes e semicondutores
o Aplicações e propriedades
 Resistência elétrica de vários condutores
o Avaliação da capacidade de condução de
energia elétrica
 A corrosão dos condutores e suas causas
o Cobre, alumínio e o efeito da corrosão
galvânica entre conexões de cobre e
alumínio
 Conexões
o Os diversos materiais e suas
propriedades
Fundamentos de tecnologia elétrica:
Equipamentos
 Motores
o Construção mecânica
o Escovas de carvão
o Lâminas coletoras
o Princípio de funcionamento (Torque x
Velocidade)

106
MÓDULO:ESPECÍFICO

Educação Profissional: Especiaização Técnica em Operação e Manutenção de Parques


Eólicos

Unidade Curricular: Técnicas de Manutenção Aplicadas a Sistemas Elétricos em Parques


Eólicos

Carga Horária: 160h

Unidade de Competência: Executara manutenção de sistemas e componentes


eletroeletrônicos e mecânicos de parques eólicos.

Objetivo Geral: Executar a manutenção de sistemas e componentes eletroeletrônicos de


parques eólicos.

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Fundamentos Técnicos e Científicos Conhecimentos


o Caixa de ligação
o Curvas de partida
o Número de polos e suas funções
 Geradores
o Estrutura básica
o Operação síncrona e assíncrona
o Gerador de anéis
 Fusíveis
o Características de resposta (curvas
características)
o Tempo de tripping
o Formas construtivas
Transformação de energia
 Transformadores
o Óleo refrigerante
o Transformador imerso em óleo
o Relação de transformação
 Componentes dos conversores de
frequência
o Os retificadores
o Circuitos intermediários
o Inversores
Instalação de equipamentos elétricos
 Seleção, instalação, conexão e identificação
dos componentes elétricos auxiliares e
equipamentos de controle
o Classe de proteção
o Circuitos intermediários
 Componentes de controle, medição e
monitoramento
107
MÓDULO:ESPECÍFICO

Educação Profissional: Especiaização Técnica em Operação e Manutenção de Parques


Eólicos

Unidade Curricular: Técnicas de Manutenção Aplicadas a Sistemas Elétricos em Parques


Eólicos

Carga Horária: 160h

Unidade de Competência: Executara manutenção de sistemas e componentes


eletroeletrônicos e mecânicos de parques eólicos.

Objetivo Geral: Executar a manutenção de sistemas e componentes eletroeletrônicos de


parques eólicos.

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Fundamentos Técnicos e Científicos Conhecimentos


o Tecnologia de sensores
 Roteamento de cabos
o Condições estruturais
o Condições de acomodação
 Seleção, corte, acomodação e de conexão
de cabos e barramentos
o Raio de curvatura
o Condições ambientes
o Carregamento elétrico dos condutores
o Aplicações
 Montagem de conectores
o Terminais e conectores para cabos
elétricos
o Conexões entre cabos isolados e cabos
nus (Ex. mufla)
o Desencapamento de condutores elétricos
o Cabos e conexões de painéis e cabos
elétricos
 Circuitos de comandos elétricos
o Circuito de inversão de motores elétricos
o Circuito de mudanças de polos de
motores do tipo Dahlander
 Conexões de condutores e cabos através
de solda, conectores de aperto e de pressão
o Os diferentes tipos de solda e de
conexões
o Exercícios práticos
Comissionamento de componentes e
estruturas elétricas
 Funções e conceitos de equipamentos de

108
MÓDULO:ESPECÍFICO

Educação Profissional: Especiaização Técnica em Operação e Manutenção de Parques


Eólicos

Unidade Curricular: Técnicas de Manutenção Aplicadas a Sistemas Elétricos em Parques


Eólicos

Carga Horária: 160h

Unidade de Competência: Executara manutenção de sistemas e componentes


eletroeletrônicos e mecânicos de parques eólicos.

Objetivo Geral: Executar a manutenção de sistemas e componentes eletroeletrônicos de


parques eólicos.

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Fundamentos Técnicos e Científicos Conhecimentos


controle
o Parametrização
o Instalação de Controlador lógico
programável (CLP)
 Medição, teste e diagnóstico de parâmetros
elétricos e sinais nas interfases dos
sistemas
o Resoluções de problemas
(troubleshooting)
o Exercícios práticos
 Identificação, ajustes e resolução de
problemas (troubleshooting)
o Sensores e atuadores
o Módulos de processamento de sinais
analógicos e digitais
o Chaves (switches) e proteção de motores

Atividades e serviços elétricos em turbinas


eólicas: Segurança, saúde e
proteçãoambiental
 Normas Regulamentadoras (NR’s)
pertinentes
o Orientações e regulamentações
 Segurança em ferramentas e dispositivos
elétricos portáteis
o Equipamentos e dispositivos de teste e
medição
o Disposições legais
 Eficácia das medidas de proteção
o Resistência de isolamento
o Resistência de terra

109
MÓDULO:ESPECÍFICO

Educação Profissional: Especiaização Técnica em Operação e Manutenção de Parques


Eólicos

Unidade Curricular: Técnicas de Manutenção Aplicadas a Sistemas Elétricos em Parques


Eólicos

Carga Horária: 160h

Unidade de Competência: Executara manutenção de sistemas e componentes


eletroeletrônicos e mecânicos de parques eólicos.

Objetivo Geral: Executar a manutenção de sistemas e componentes eletroeletrônicos de


parques eólicos.

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Fundamentos Técnicos e Científicos Conhecimentos


o Condutor de proteção (PE)
o Impedância de linha
o Exercícios práticos
 Uso adequado e avaliação do estado de
EPI’s, EPC’s e ferramentais
 Avaliação dos riscos e perigos da atividade
laboral
o Proteção através de aterramento
o Treinamentos específicos
o Normas de segurança aplicáveis (NR’s)
 Proteção ambiental
o Disposições legais e regulamentações
ambientais
o Manuseio de substâncias perigosas na
planta
o Descarte adequado de materiais de
embalagens, isolantes e auxiliares

110
AMBIENTES PEDAGÓGICOS, COM RELAÇÃO DE EQUIPAMENTOS,
MÁQUINAS, FERRAMENTAS, INSTRUMENTOS E MATERIAIS
 Biblioteca
 Sala de aula
Ambientes Pedagógicos  Laboratório de Eólica
 Laboratório Solar Fotovoltaica
 Laboratório de Informática II
Laboratório de Eólica
Máquinas:
 Plataformas especiais para manutenção em
aerogeradores
Equipamentos:
 Aerogeradores
 Bancadas de simulação
 Controladores de carga
 Inversores de potência off-grid e grid-tie
 Baterias estacionárias
 Turbina eólica (rotor e seus componentes:
cubo, extensores, rolamentos, pás, sistemas
de controle, para-raios)
 Nacele e seus componentes: gerador,
multiplicadores de velocidade, multiplicadores
planetários, redutores de velocidade,
rolamentos, eixos, mancais, sistemas de
transmissão, sistemas de freios, sistemas
Equipamentos,Ferramentas, hidráulicos, sistemas de giro e refrigeração
Instrumentos e Materiais  Sensores: velocidade do vento, direção do
vento, pressão atmosférica, temperatura do
ar, umidade do ar, de proximidade, de nível,
de rotação, tensão, corrente, fluxo, vibração,
posição
 Birutas
 Registradores
 Atuadores
 Circuitos hidráulicos de sistemas de controle
 Lubrificantes
 Torres
 Sistemas de controle (PLC)
 Transformadores
 Conversores de frequência
 Cabos elétricos
 Pás
 EPI e EPC
Ferramentas:
 Chaves de fenda
 Chaves Phillips
111
AMBIENTES PEDAGÓGICOS, COM RELAÇÃO DE EQUIPAMENTOS,
MÁQUINAS, FERRAMENTAS, INSTRUMENTOS E MATERIAIS
 Alicate de corte
 Alicate de bico
 Alicate prensa terminais
 Alicate universal
 Torquímetro
 Bancadas para teste de geradores elétricos
Instrumentos:
 Multímetro
 Terrômetro
 Osciloscópio
 Anemômetros
 Ultrassom
 Medidores de umidade portáteis e de
bancada
 Instrumentos de radiografia
 Indicadores de rotação do motor e sequência
de fase
 Megômetros portáteis
 Medidores tipo alicate com escala em
ampères
 Miliampères e microampères
 Termômetro infravermelho profissional com
campo de visão de 50:1 e montagem
magnética
Materiais:
 Cabos
 Fios
 Conectores
 Matérias componentes das pás (resina epoxy,
resina poliéster, resina éster vinil,
fiberglassreinforcedplastic, parafusos)
Material didático Apostila

112
MÓDULO:ESPECÍFICO

Educação Profissional: Especiaização Técnica em Operação e Manutenção de Parques


Eólicos

Unidade Curricular: Técnicas de manutenção aplicadas a sistemas mecânicos em


parques eólicos

Carga Horária: 160h

Unidade de Competência: Executara manutenção de sistemas e componentes


eletroeletrônicos e mecânicos de parques eólicos.

Objetivo Geral: Executara manutenção de sistemas e componentes mecânicos de


parques eólicos.

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Fundamentos Técnicos e Científicos Conhecimentos

Capacidades Técnicas Princípios físicos e mecânicos


 Identificar falhas e defeitos em  Vários tipos de carga
componentes de máquinas, tais como: o Tração
caixa de engrenagem (planetários), o Torque
freios, acoplamentos e rolamentos  Técnicas de Junção
 Realizar a manutenção preditiva por o Limite de esforços
meio do Sistema de Monitoramento de o Junção por força
Condições – CMS o Junções permanentes
 Interpretar os resultados de técnicas o Conexões intercambiáveis
de manutenção preditiva, tais como o Conexões permanentes
videoscopia, vibração, análise de óleo,  Conexões por parafusos e pinos
ultrassom e termografia o Elementos de fixação com segurança
 Propor melhorias o Fixação (conexões) por pinos
o Características de superfícies
o Esforços e tensões
Capacidades sociais, organizativas e  Soldagem e soldas
metodológicas o Tipos de solda
 Trabalhar em equipe o Técnicas de soldagem
o Ferramentas de solda
 Ser organizado
 Perfurações
 Ter senso de investigação
o Preparação
 Exercer liderança
o Processos
 Ter visão sistêmica o Condições
 Ter capacidade de análise o Adesivos
 Resolver problemas (trouble shooting)
 Sistema internacional de engenharia de
encaixe
o Encaixe por pressão
o Encaixe por encolhimento
o Encaixe por força
o Encaixe de transição

113
MÓDULO:ESPECÍFICO

Educação Profissional: Especiaização Técnica em Operação e Manutenção de Parques


Eólicos

Unidade Curricular: Técnicas de manutenção aplicadas a sistemas mecânicos em


parques eólicos

Carga Horária: 160h

Unidade de Competência: Executara manutenção de sistemas e componentes


eletroeletrônicos e mecânicos de parques eólicos.

Objetivo Geral: Executara manutenção de sistemas e componentes mecânicos de


parques eólicos.

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Fundamentos Técnicos e Científicos Conhecimentos


o Medidas Métricas da Norma ISO
 Torques
o Fundamentos
 Procedimentos e métodos de aperto
o Ferramentas para torque
o Fontes de erro
o Tensionamento hidráulico de parafusos
"HV-Stretch-System"
 Freios
o Modos de frenagem e efeitos
 Rolamentos
o Rolamentos antifricção
o Casquilhos de rolamentos
 Acoplamentos
o Princípios de transmissão de torque
o Tipos de acoplamentos
Fundamentos de mecânica
 Materiais
o Propriedades mecânicas / tecnológica e
aplicações de
 Aços
 Metais não ferrosos
 Polímeros e outros materiais
 Elementos mecânicos e funções
o Pinos
o Molas
o Acoplamentos
o Parafusos
o Rolamentos

114
MÓDULO:ESPECÍFICO

Educação Profissional: Especiaização Técnica em Operação e Manutenção de Parques


Eólicos

Unidade Curricular: Técnicas de manutenção aplicadas a sistemas mecânicos em


parques eólicos

Carga Horária: 160h

Unidade de Competência: Executara manutenção de sistemas e componentes


eletroeletrônicos e mecânicos de parques eólicos.

Objetivo Geral: Executara manutenção de sistemas e componentes mecânicos de


parques eólicos.

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Fundamentos Técnicos e Científicos Conhecimentos


o Eixos
o Engrenagens
Fundamentos de mecânica
 Fundamentos de desenho técnico mecânico
o Vistas totais e parciais
o Normas Técnicas
o Vistas detalhadas
o Cortes e Secções
o Cotagem
o Tolerâncias de forma e posição
 Documentos técnicos específicos de
aerogeradores
o Manuais técnicos
o Protocolos e procedimentos
o Relatórios
o Dados de operação
o Detalhes específicos dos componentes
Nacele
 Rolamentos
o Rolamento principal
 Tipos e aplicações
o Rolamento do rotor da pá
o Rolamento do Yaw (Azimute)
 Drivetrain (trem de força)
o Projetos
 Multiplicador
o Multiplicador planetário
o Sistemas de engrenagens
o Transmissão hidráulica
o Sistemas de filtros
115
MÓDULO:ESPECÍFICO

Educação Profissional: Especiaização Técnica em Operação e Manutenção de Parques


Eólicos

Unidade Curricular: Técnicas de manutenção aplicadas a sistemas mecânicos em


parques eólicos

Carga Horária: 160h

Unidade de Competência: Executara manutenção de sistemas e componentes


eletroeletrônicos e mecânicos de parques eólicos.

Objetivo Geral: Executara manutenção de sistemas e componentes mecânicos de


parques eólicos.

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Fundamentos Técnicos e Científicos Conhecimentos


o Sistemas de refrigeração
 Gerador
o Instalação
o Alinhamento
 Tipos de acoplamento, funções e áreas de
aplicação
o Acoplamento tipo garra
o Junta cardan\ Junta universal
o Acoplamentos feitos de materiais
compósitos
 Sistemas de frenagem
o Hidráulico
o Elétrico no rotor e no yaw
 Sistemas de aquecimento e resfriamento
o Caixa de engrenagem
o Gerador
o Nacele
o Painel de controle
 Rotor
o Cubo
o Acionamento de passo da pá
o Pás
Montagem e desmontagem de turbinas
eólicas e componentes
 Preparação da montagem
o Documentação de fabricantes
 Ferramentas e equipamentos
o Ferramentas específicas
o Ferramentas de grandes dimensões
o Guindaste

116
MÓDULO:ESPECÍFICO

Educação Profissional: Especiaização Técnica em Operação e Manutenção de Parques


Eólicos

Unidade Curricular: Técnicas de manutenção aplicadas a sistemas mecânicos em


parques eólicos

Carga Horária: 160h

Unidade de Competência: Executara manutenção de sistemas e componentes


eletroeletrônicos e mecânicos de parques eólicos.

Objetivo Geral: Executara manutenção de sistemas e componentes mecânicos de


parques eólicos.

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Fundamentos Técnicos e Científicos Conhecimentos


o Plataformas
o Equipamentos especiais
o Equipamentos de proteção
 Transporte e armazenamento
o Normas gerais e instruções de
manutenção do site
Montagem
 Procedimentos de operações normatizadas
e instruções
o Plano de trabalho
 Montagem específica de componentes
o Localização dos componentes
o Conexão correta e funcional dos
componentes
o Uso de equipamentos de elevação
o Ajustes de componentes
 Guindaste interno
o Aplicações
o Tipos
Desmontagem
 Procedimentos de operações normatizadas
e instruções
o Plano de trabalho
 Desmontagem específica de componentes
o Remoção de componentes
o Condições de desmontagem
o Proteção do meio ambiente
o Descarte
 Identificação

117
MÓDULO:ESPECÍFICO

Educação Profissional: Especiaização Técnica em Operação e Manutenção de Parques


Eólicos

Unidade Curricular: Técnicas de manutenção aplicadas a sistemas mecânicos em


parques eólicos

Carga Horária: 160h

Unidade de Competência: Executara manutenção de sistemas e componentes


eletroeletrônicos e mecânicos de parques eólicos.

Objetivo Geral: Executara manutenção de sistemas e componentes mecânicos de


parques eólicos.

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Fundamentos Técnicos e Científicos Conhecimentos


o Identificação de localização e função
o Embalagem e envio de componentes
Ferramentas especiais
 Ferramentas especiais mecânicas
o Chave de torque
o Ferramentas de aperto
o Extratores
o Ferramentas de pressão
o Aquecedor por indução
 Dispositivos de medição
o Relógios comparadores
o Equipamentos de medição a laser
o Medidor de pressão
 Outras ferramentas de manutenção
o Boroscópio e/ ou Endoscópio
o Câmara termográfica
o Medidor de espessura de revestimento
Avaliação das peças que desgastam
 Nacele
o Inspeção visual
 Rolamentos
o Marcas de desgaste
o Graxas
o Ruído
 Multiplicador de velocidade
o Microcorrosão (pitting)
o Marcas de desgaste nos flancos dos
dentes
o Lubrificação das engrenagens

118
MÓDULO:ESPECÍFICO

Educação Profissional: Especiaização Técnica em Operação e Manutenção de Parques


Eólicos

Unidade Curricular: Técnicas de manutenção aplicadas a sistemas mecânicos em


parques eólicos

Carga Horária: 160h

Unidade de Competência: Executara manutenção de sistemas e componentes


eletroeletrônicos e mecânicos de parques eólicos.

Objetivo Geral: Executara manutenção de sistemas e componentes mecânicos de


parques eólicos.

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Fundamentos Técnicos e Científicos Conhecimentos


 Geradores
o Escovas
o Coletores
o Cabos
 Acoplamento
o Ruído
o Desgaste dos elementos de
amortecimento
 Sistema de Freios
o Sapatas de freios
o Abrasão
o Disco de freio
 Sistema azimutal ou Yaw
o Freios
o Sliders (deslizamento)
o Engrenagens
 Guindaste interno e equipamentos de
içamento
o Condições de desgaste
 Inspeção visual do rotor
o Cubo
o Acionamento de passo
o Pás
 Inspeção visual da torre
o Pintura
o Degraus e escadas
o Escotilhas
o Sistema de proteção de quedas
o Parafusos de conexão
o Quadros e painéis

119
MÓDULO:ESPECÍFICO

Educação Profissional: Especiaização Técnica em Operação e Manutenção de Parques


Eólicos

Unidade Curricular: Técnicas de manutenção aplicadas a sistemas mecânicos em


parques eólicos

Carga Horária: 160h

Unidade de Competência: Executara manutenção de sistemas e componentes


eletroeletrônicos e mecânicos de parques eólicos.

Objetivo Geral: Executara manutenção de sistemas e componentes mecânicos de


parques eólicos.

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Fundamentos Técnicos e Científicos Conhecimentos

Manutenção
 Procedimentos de manutenção
o Intervalos de manutenção
o Inspeção
o Reparos
o Melhorias
 Nacele
o Inspeção visual
o Amortecedores de vibração
o Mangueiras e cabos
o Quadros e painéis
o Limpeza
 Rolamentos
o Graxas
o Limpeza
 Caixa de transmissão
o Nível de óleo
o Qualidade do óleo
o Troca de óleo
o Amortecedores de vibração
o Controle de torque
o Limpeza
 Gerador
o Alinhamento
o Abertura de ventilação
o Escovas de carvão
o Coletores
o Cabos
o Amortecedores de vibração
o Controle de torque

120
MÓDULO:ESPECÍFICO

Educação Profissional: Especiaização Técnica em Operação e Manutenção de Parques


Eólicos

Unidade Curricular: Técnicas de manutenção aplicadas a sistemas mecânicos em


parques eólicos

Carga Horária: 160h

Unidade de Competência: Executara manutenção de sistemas e componentes


eletroeletrônicos e mecânicos de parques eólicos.

Objetivo Geral: Executara manutenção de sistemas e componentes mecânicos de


parques eólicos.

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Fundamentos Técnicos e Científicos Conhecimentos


 Acoplamentos
o Inspeção visual
 Sistemas de freios
o Tubulações
o Sapatas de freios
o Abrasão
o Disco de freio
 Sistema azimutal (yaw)
o Freios
o Sliders (deslizamento)
o Engrenagens
o Sistema de lubrificação
o Limpeza
 Sistema de ar condicionado, refrigeração e
ventilação
o Entradas de ar
o Linhas
o Conexões
o Líquido de refrigeração
o Filtros
o Condensados
o Trocador de calor
 Sistema de lubrificação
o Sistema central de lubrificação
o Reservatório de graxa
o Verificação de excesso de graxa
 Guindaste interno e equipamentos de
içamento
o Instruções de manutenção do fabricante
 Rotor
o Inspeção visual do cubo

121
MÓDULO:ESPECÍFICO

Educação Profissional: Especiaização Técnica em Operação e Manutenção de Parques


Eólicos

Unidade Curricular: Técnicas de manutenção aplicadas a sistemas mecânicos em


parques eólicos

Carga Horária: 160h

Unidade de Competência: Executara manutenção de sistemas e componentes


eletroeletrônicos e mecânicos de parques eólicos.

Objetivo Geral: Executara manutenção de sistemas e componentes mecânicos de


parques eólicos.

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Fundamentos Técnicos e Científicos Conhecimentos


o Limpeza
 Acionamento de passo da pá
o Sistema de lubrificação
o Mecanismos de acionamento
o Programa de teste
 Pás do rotor
o Inspeção visual
o Pequenos reparos superficiais
 Torre
o Pintura
o Degraus e escadas
o Escotilhas
o Sistema de proteção de quedas
o Parafusos de conexão
o Rede de potência
o Limpeza
Mecânica de turbinas eólicas: proteção
ambiental específica
 Substâncias prejudiciais ao ambiente ou
saúde humana
o Manuseio
o Identificação
o Etiquetagem
 Proteção ambiental
o Uso de material e prevenção ao
desperdício
o Reciclagem e descarte

122
AMBIENTES PEDAGÓGICOS, COM RELAÇÃO DE EQUIPAMENTOS,
MÁQUINAS, FERRAMENTAS, INSTRUMENTOS E MATERIAIS
 Biblioteca
 Sala de aula
Ambientes Pedagógicos  Laboratório de Eólica
 Laboratório Solar Fotovoltaica
 Laboratório de Informática II
Laboratório de Eólica
Máquinas:
 Plataformas especiais para manutenção em
aerogeradores
Equipamentos:
 Aerogeradores
 Bancadas de simulação
 Controladores de carga
 Inversores de potência off-grid e grid-tie
 Baterias estacionárias
 Turbina eólica (rotor e seus componentes:
cubo, extensores, rolamentos, pás, sistemas
de controle, para-raios)
 Nacele e seus componentes: gerador,
multiplicadores de velocidade, multiplicadores
planetários, redutores de velocidade,
rolamentos, eixos, mancais, sistemas de
transmissão, sistemas de freios, sistemas
Equipamentos,Ferramentas, hidráulicos, sistemas de giro e refrigeração
Instrumentos e Materiais  Sensores: velocidade do vento, direção do
vento, pressão atmosférica, temperatura do
ar, umidade do ar, de proximidade, de nível,
de rotação, tensão, corrente, fluxo, vibração,
posição
 Birutas
 Registradores
 Atuadores
 Circuitos hidráulicos de sistemas de controle
 Lubrificantes
 Torres
 Sistemas de controle (PLC)
 Transformadores
 Conversores de frequência
 Cabos elétricos
 Pás
 EPI e EPC

123
AMBIENTES PEDAGÓGICOS, COM RELAÇÃO DE EQUIPAMENTOS,
MÁQUINAS, FERRAMENTAS, INSTRUMENTOS E MATERIAIS
Ferramentas:
 Chaves de fenda
 Chaves Phillips
 Alicate de corte
 Alicate de bico
 Alicate prensa terminais
 Alicate universal
 Torquímetro
 Bancadas para teste de geradores elétricos
Instrumentos:
 Multímetro
 Terrômetro
 Osciloscópio
 Anemômetros
 Ultrassom
 Medidores de umidade portáteis e de
bancada
 Instrumentos de radiografia
 Indicadores de rotação do motor e sequência
de fase
 Megômetros portáteis
 Medidores tipo alicate com escala em
ampères
 Miliampères e microampères
 Termômetro infravermelho profissional com
campo de visão de 50:1 e montagem
magnética
Materiais:
 Cabos
 Fios
 Conectores
 Matérias componentes das pás (resina epoxy,
resina poliéster, resina éster vinil,
fiberglassreinforcedplastic, parafusos)
Material didático  Apostila

124
MÓDULO: ESPECÍFICO

Educação Profissional: Especiaização Técnica em Operação e Manutenção de Parques


Eólicos

Unidade Curricular: Técnicas de manutenção aplicadas a sistemas hidráulicos em


parques eólicos

Carga Horária: 80h

Unidade de Competência: Instalação, montagem, operação e manutenção


dos equipamentos de parques eólicos.

Objetivo Geral: Realizar a manutenção de sistemas e componentes hidráulicos de


parques eólicos.

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Fundamentos Técnicos e Científicos Conhecimentos

Capacidades Técnicas Princípios físicos da hidráulica


 Dimensionar sistemas hidráulicos  Pressão e vazão volumétrica
 Ler diagramas esquemáticos o Grandezas
 Montar e desmontar sistemas o Cálculos
hidráulicos  Montagem de sistemas hidráulicos
 Analisar as causas de falhas e de o Mangueiras
defeitos o Tubos
 Avaliar falhas em aerogeradores o Válvulas
associadas a sistemas hidráulicos o Conectores
 Inspecionar sistemas e componentes  Aplicações de sistemas hidráulicos em
hidráulicos do aerogerador componentes de turbinas eólicas como
 Avaliar o óleo hidráulico o Mangueiras
 Manusear e descartar adequadamente o Tubos
o óleo hidráulico o Válvulas
 Planejar as atividades de manutenção o Conectores
em sistemas hidráulicos o Cilindro
 Realizar inspeção e manutenção em  Documentos técnicos
sistemas e componentes hidráulicos o Diagrama esquemático
 Elaborar relatórios de inspeção e o Diagrama de blocos funções
manutenção em sistemas hidráulicos o Circuitos
 Óleos hidráulicos
o Função e propriedades dos óleos
Capacidades sociais, organizativas e o Análise da amostra de óleo
metodológicas o Marcar e etiquetar
 Propriedades do sistema
 Trabalhar em equipe o Pressão de aperto
 Ser organizado o Temperatura
 Ter senso de investigação o Funções de segurança
 Exercer liderança
 Ter visão sistêmica

125
MÓDULO: ESPECÍFICO

Educação Profissional: Especiaização Técnica em Operação e Manutenção de Parques


Eólicos

Unidade Curricular: Técnicas de manutenção aplicadas a sistemas hidráulicos em


parques eólicos

Carga Horária: 80h

Unidade de Competência: Instalação, montagem, operação e manutenção


dos equipamentos de parques eólicos.

Objetivo Geral: Realizar a manutenção de sistemas e componentes hidráulicos de


parques eólicos.

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Fundamentos Técnicos e Científicos Conhecimentos


 Ter capacidade de análise Instalação e manutenção de sistemas
 Resolver problemas (trouble shooting)
hidráulicos
 Instalação e manutenção de unidades
hidráulicas
o Nível de óleo
o Troca de óleo
o Verificação de vazamentos
o Motor e bomba de óleo
o Acumulador
 Instalação e manutenção de cilindros
hidráulicos
o Testes funcionais
o Funcionamento lógico
o Vedações
o Conexões
o Mangueiras
o Verificação de vazamentos
 Instalação e manutenção de válvulas
hidráulicas
o Testes funcionais
o Válvula de controle
o Válvula de controle direcional
o Válvula de controle de pressão
o Válvula de controle de fluxo
o Unidade de distribuição hidráulica
 Instalação e manutenção de elementos de
controle
o Configurações
o Medição
o Teste funcional com multímetro e
o Medidor de pressão
126
MÓDULO: ESPECÍFICO

Educação Profissional: Especiaização Técnica em Operação e Manutenção de Parques


Eólicos

Unidade Curricular: Técnicas de manutenção aplicadas a sistemas hidráulicos em


parques eólicos

Carga Horária: 80h

Unidade de Competência: Instalação, montagem, operação e manutenção


dos equipamentos de parques eólicos.

Objetivo Geral: Realizar a manutenção de sistemas e componentes hidráulicos de


parques eólicos.

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Fundamentos Técnicos e Científicos Conhecimentos

 Instalação e manutenção de unidades


auxiliares e conexões
o Mangueiras
o Linhas
o Acessórios
o Conexões
o Fixações
o Filtro
 Instalação e manutenção de acumuladores
o Acumulador tipo diafragma
o Acumulador tipo pistão
 Instalação e manutenção de sistemas de
freio
o Freio de serviço
o Freio acionado por mola

127
AMBIENTES PEDAGÓGICOS, COM RELAÇÃO DE EQUIPAMENTOS,
MÁQUINAS, FERRAMENTAS, INSTRUMENTOS E MATERIAIS
 Biblioteca
 Sala de aula
Ambientes Pedagógicos  Laboratório de Eólica
 Laboratório Solar Fotovoltaica
 Laboratório de Informática II
Laboratório de Eólica
Máquinas:
 Plataformas especiais para manutenção em
aerogeradores
Equipamentos:
 Aerogeradores
 Bancadas de simulação
 Controladores de carga
 Inversores de potência off-grid e grid-tie
 Baterias estacionárias
 Turbina eólica (rotor e seus componentes:
cubo, extensores, rolamentos, pás, sistemas
de controle, para-raios)
 Nacele e seus componentes: gerador,
multiplicadores de velocidade, multiplicadores
planetários, redutores de velocidade,
rolamentos, eixos, mancais, sistemas de
transmissão, sistemas de freios, sistemas
Equipamentos,Ferramentas, hidráulicos, sistemas de giro e refrigeração
Instrumentos e Materiais  Sensores: velocidade do vento, direção do
vento, pressão atmosférica, temperatura do
ar, umidade do ar, de proximidade, de nível,
de rotação, tensão, corrente, fluxo, vibração,
posição
 Birutas
 Registradores
 Atuadores
 Circuitos hidráulicos de sistemas de controle
 Lubrificantes
 Torres
 Sistemas de controle (PLC)
 Transformadores
 Conversores de frequência
 Cabos elétricos
 Pás
 EPI e EPC
Ferramentas:
 Chaves de fenda
 Chaves Phillips
128
AMBIENTES PEDAGÓGICOS, COM RELAÇÃO DE EQUIPAMENTOS,
MÁQUINAS, FERRAMENTAS, INSTRUMENTOS E MATERIAIS
 Alicate de corte
 Alicate de bico
 Alicate prensa terminais
 Alicate universal
 Torquímetro
 Bancadas para teste de geradores elétricos
Instrumentos:
 Multímetro
 Terrômetro
 Osciloscópio
 Anemômetros
 Ultrassom
 Medidores de umidade portáteis e de
bancada
 Instrumentos de radiografia
 Indicadores de rotação do motor e sequência
de fase
 Megômetros portáteis
 Medidores tipo alicate com escala em
ampères
 Miliampères e microampères
 Termômetro infravermelho profissional com
campo de visão de 50:1 e montagem
magnética
Materiais:
 Cabos
 Fios
 Conectores
 Matérias componentes das pás (resina epoxy,
resina poliéster, resina éster vinil,
fiberglassreinforcedplastic, parafusos)
Material didático Apostila

129
MÓDULO: ESPECÍFICO

Educação Profissional: Especiaização Técnica em operação e manutenção de parques


Eólicos

Unidade Curricular: Técnicas de inspeção e manutenção de pás e nacele de


aerogeradores

Carga Horária: 80h

Unidade de Competência: Realizar a inspeção e pequenas manutenções em pás e


naceles de aerogeradores de parques eólicos.

Objetivo Geral: Desenvolver conhecimentos para verificar as avarias ou danos nas


superfícies das pás e da nacele dos aerogeradores, e adquirir habilidades técnicas para
realizar manutenção e reparos de danos.

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Fundamentos Técnicos e Científicos Conhecimentos

Capacidades Técnicas Estrutura das pás e naceles


 Aplicar estratégias de manutenção  Noções de projeto estrutural de pás e
 Desenvolver acuidade de inspeção naceles- Construção e projeto
visual o perfis das lâminas das pás
 Utilizar ferramentas de inspeção e o freio de ponta (freio aerodinâmico)
reparo o Tiras Vortex
 Elaborar relatório de inspeção o Proteção de borda
 Elaborar relatório de pequenas o Gel de revestimento
reparações  Métodos específicos de construção -
 Avaliar riscos das atividades de Construção de laminados
manutenção o Laminação manual
 Propor melhorias o Injeção e infusão

Plásticos reforçados com fibras


Capacidades sociais, organizativas e
 Propriedades dos plásticos reforçados
metodológicas com fibra
 Trabalhar em equipe o esforços
 Ser organizado o Flexibilidade
 Ter senso de investigação o Peso
 Ter visão sistêmica o Resistência a condições climáticas
 Ter capacidade de análise  Propriedades de outros tipos de plásticos
 Resolver problemas (trouble shooting) o Termoplásticos
o Duroplast
o Poliuretano
o Elastômeros
 Sistemas de resina
o UP resinas
o Resinas epóxi
 Reagente e enchimento

130
MÓDULO: ESPECÍFICO

Educação Profissional: Especiaização Técnica em operação e manutenção de parques


Eólicos

Unidade Curricular: Técnicas de inspeção e manutenção de pás e nacele de


aerogeradores

Carga Horária: 80h

Unidade de Competência: Realizar a inspeção e pequenas manutenções em pás e


naceles de aerogeradores de parques eólicos.

Objetivo Geral: Desenvolver conhecimentos para verificar as avarias ou danos nas


superfícies das pás e da nacele dos aerogeradores, e adquirir habilidades técnicas para
realizar manutenção e reparos de danos.

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Fundamentos Técnicos e Científicos Conhecimentos


o Endurecedor
o Ativador
o Restringindo
o Diferenciar enchimentos
 Propriedades das fibras de reforço de fibra
de vidro
o Fibra de aramida
o As fibras de carbono
o Roving (tirantes)
o Mantas de fibra
Avaliação de danos das pás do rotor
 Análise de danos nas pás e nacele
 Tipo de danos
o Classificação de danos
o Relatório de danos
o Documentação com foto
Reparação de danos a superfícies
 Medida Profissional de reparação
o Moagem, desbaste (lixamento)
o Preparação especial para laminação
o Laminação
o Preenchimento
o Pintura
o Polimento
 Ferramentas e materiais
o Instruções do fabricante
o Spike rolo
o Mantas de fibra
o Matriz de pás para reparos de borda e
131
MÓDULO: ESPECÍFICO

Educação Profissional: Especiaização Técnica em operação e manutenção de parques


Eólicos

Unidade Curricular: Técnicas de inspeção e manutenção de pás e nacele de


aerogeradores

Carga Horária: 80h

Unidade de Competência: Realizar a inspeção e pequenas manutenções em pás e


naceles de aerogeradores de parques eólicos.

Objetivo Geral: Desenvolver conhecimentos para verificar as avarias ou danos nas


superfícies das pás e da nacele dos aerogeradores, e adquirir habilidades técnicas para
realizar manutenção e reparos de danos.

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Fundamentos Técnicos e Científicos Conhecimentos


cantos
 Documentação do dano e reparo
o Registro do reparo
o Documentação do reparo com foto

132
AMBIENTES PEDAGÓGICOS, COM RELAÇÃO DE EQUIPAMENTOS,
MÁQUINAS, FERRAMENTAS, INSTRUMENTOS E MATERIAIS
 Biblioteca
 Sala de aula
Ambientes Pedagógicos  Laboratório de Eólica
 Laboratório Solar Fotovoltaica
 Laboratório de Informática II
Laboratório de Eólica
Máquinas:
 Plataformas especiais para manutenção em
aerogeradores
Equipamentos:
 Aerogeradores
 Bancadas de simulação
 Controladores de carga
 Inversores de potência off-grid e grid-tie
 Baterias estacionárias
 Turbina eólica (rotor e seus componentes:
cubo, extensores, rolamentos, pás, sistemas
de controle, para-raios)
 Nacele e seus componentes: gerador,
multiplicadores de velocidade, multiplicadores
planetários, redutores de velocidade,
rolamentos, eixos, mancais, sistemas de
transmissão, sistemas de freios, sistemas
Equipamentos,Ferramentas, hidráulicos, sistemas de giro e refrigeração
Instrumentos e Materiais  Sensores: velocidade do vento, direção do
vento, pressão atmosférica, temperatura do
ar, umidade do ar, de proximidade, de nível,
de rotação, tensão, corrente, fluxo, vibração,
posição
 Birutas
 Registradores
 Atuadores
 Circuitos hidráulicos de sistemas de controle
 Lubrificantes
 Torres
 Sistemas de controle (PLC)
 Transformadores
 Conversores de frequência
 Cabos elétricos
 Pás
 EPI e EPC
Ferramentas:
 Chaves de fenda
 Chaves Phillips
133
AMBIENTES PEDAGÓGICOS, COM RELAÇÃO DE EQUIPAMENTOS,
MÁQUINAS, FERRAMENTAS, INSTRUMENTOS E MATERIAIS
 Alicate de corte
 Alicate de bico
 Alicate prensa terminais
 Alicate universal
 Torquímetro
 Bancadas para teste de geradores elétricos
Instrumentos:
 Multímetro
 Terrômetro
 Osciloscópio
 Anemômetros
 Ultrassom
 Medidores de umidade portáteis e de
bancada
 Instrumentos de radiografia
 Indicadores de rotação do motor e sequência
de fase
 Megômetros portáteis
 Medidores tipo alicate com escala em
ampères
 Miliampères e microampères
 Termômetro infravermelho profissional com
campo de visão de 50:1 e montagem
magnética
Materiais:
 Cabos
 Fios
 Conectores
 Matérias componentes das pás (resina epoxy,
resina poliéster, resina éster vinil,
fiberglassreinforcedplastic, parafusos)

Material didático  Apostila

134
MÓDULO: ESPECÍFICO

Educação Profissional: Especiaização Técnica em operação e manutenção de parques


Eólicos

Unidade Curricular: Planejamento da manutenção e técnicas de análise de confiabilidade

Carga Horária: 16h

Unidade de Competência: Instalação, montagem, operação e manutenção


dos equipamentos de parques eólicos.

Objetivo Geral: Planejar a manutenção de sistemas e componentes eletroeletrônicos e


mecânicos de parques eólicos, considerando as técnicas de análise de confiabilidade.

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Fundamentos Técnicos e Científicos Conhecimentos

Capacidades Técnicas Manutenção (2h)


 Aplicar estratégias de manutenção  Visão geral
 Controlar a reposição das peças  Tipos de manutenção
 Utilizar a metodologia MASP o Corretiva
 Elaborar relatório de inspeção o Preventiva
 Aplicar procedimentos de manuais, de o Preditiva
normas técnicas, de saúde e segurança Planejamento e organização da
no trabalho, de qualidade e de meio manutenção (4h)
ambiente
 Avaliar riscos das atividades de  Recursos humanos e materiais
manutenção  Custos
 Propor melhorias  Controle da manutenção
Ferramentas de aumento da confiabilidade
(10h)
Capacidades sociais, organizativas e
metodológicas  Análise do modo e efeito de falha (FMEA)
 Método de análise de solução de
 Trabalhar em equipe problemas (MASP)
 Ser organizado  Componentes elétricos e eletrônicos
 Ter senso de investigação
 Ter visão sistêmica
 Ter capacidade de análise
 Resolver problemas (trouble shooting)

135
AMBIENTES PEDAGÓGICOS, COM RELAÇÃO DE EQUIPAMENTOS,
MÁQUINAS, FERRAMENTAS, INSTRUMENTOS E MATERIAIS
 Biblioteca
 Sala de aula
Ambientes Pedagógicos  Laboratório de Eólica
 Laboratório Solar Fotovoltaica
 Laboratório de Informática II
Laboratório de Eólica
Máquinas:
 Plataformas especiais para manutenção em
aerogeradores
Equipamentos:
 Aerogeradores
 Bancadas de simulação
 Controladores de carga
 Inversores de potência off-grid e grid-tie
 Baterias estacionárias
 Turbina eólica (rotor e seus componentes:
cubo, extensores, rolamentos, pás, sistemas
de controle, para-raios)
 Nacele e seus componentes: gerador,
multiplicadores de velocidade, multiplicadores
planetários, redutores de velocidade,
rolamentos, eixos, mancais, sistemas de
transmissão, sistemas de freios, sistemas
Equipamentos,Ferramentas,
hidráulicos, sistemas de giro e refrigeração
Instrumentos e Materiais
 Sensores: velocidade do vento, direção do
vento, pressão atmosférica, temperatura do
ar, umidade do ar, de proximidade, de nível,
de rotação, tensão, corrente, fluxo, vibração,
posição
 Birutas
 Registradores
 Atuadores
 Circuitos hidráulicos de sistemas de controle
 Lubrificantes
 Torres
 Sistemas de controle (PLC)
 Transformadores
 Conversores de frequência
 Cabos elétricos
 Pás
 EPI e EPC
Ferramentas:
 Chaves de fenda

136
AMBIENTES PEDAGÓGICOS, COM RELAÇÃO DE EQUIPAMENTOS,
MÁQUINAS, FERRAMENTAS, INSTRUMENTOS E MATERIAIS
 Chaves Phillips
 Alicate de corte
 Alicate de bico
 Alicate prensa terminais
 Alicate universal
 Torquímetro
 Bancadas para teste de geradores elétricos
Instrumentos:
 Multímetro
 Terrômetro
 Osciloscópio
 Anemômetros
 Ultrassom
 Medidores de umidade portáteis e de
bancada
 Instrumentos de radiografia
 Indicadores de rotação do motor e sequência
de fase
 Megômetros portáteis
 Medidores tipo alicate com escala em
ampères
 Miliampères e microampères
 Termômetro infravermelho profissional com
campo de visão de 50:1 e montagem
magnética
Materiais:
 Cabos
 Fios
 Conectores
 Matérias componentes das pás (resina epoxy,
resina poliéster, resina éster vinil,
fiberglassreinforcedplastic, parafusos)

Material didático  Apostila

137
MÓDULO: ESPECÍFICO

Educação Profissional: Especiaização Técnica em operação e manutenção de parques


Eólicos

Unidade Curricular: Técnicas de manutenção preditiva para aerogeradores

Carga Horária: 24h

Unidade de Competência: Instalação, montagem, operação e manutenção


dos equipamentos de parques eólicos.

Objetivo Geral: Realizar a manutenção de sistemas e componentes eletroeletrônicos e


mecânicos de parques eólicos.

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Fundamentos Técnicos e Científicos Conhecimentos

Capacidades Técnicas Técnicas preditivas (24h)


 Aplicar estratégias de manutenção  Mecânicas
 Controlar a reposição das peças o Videoscopia
 Utilizar a metodologia MASP o Análise de vibração
 Elaborar relatório de inspeção o Análise de óleo
 Aplicar procedimentos de manuais, de o Ultrassom
normas técnicas, de saúde e segurança  Elétricas
no trabalho, de qualidade e de meio o Termografia
ambiente o Resistência de isolamento
 Avaliar riscos das atividades de o Resistência de contato
manutenção o Resistência de terra
 Realizar a manutenção preditiva por
meio do Sistema de Monitoramento de
Condições – CMS
 Interpretar os resultados de técnicas de
manutenção preditiva, tais como
videoscopia, vibração, análise de óleo,
ultrassom e termografia
 Propor melhorias
Capacidades sociais, organizativas e
metodológicas
 Trabalhar em equipe
 Ser organizado
 Ter senso de investigação
 Exercer liderança
 Ter visão sistêmica
 Ter capacidade de análise
 Resolver problemas (trouble shooting)

138
AMBIENTES PEDAGÓGICOS, COM RELAÇÃO DE EQUIPAMENTOS,
MÁQUINAS, FERRAMENTAS, INSTRUMENTOS E MATERIAIS
 Biblioteca
 Sala de aula
Ambientes Pedagógicos  Laboratório de Eólica
 Laboratório Solar Fotovoltaica
 Laboratório de Informática II
Laboratório de Eólica
Máquinas:
 Plataformas especiais para manutenção em
aerogeradores
Equipamentos:
 Aerogeradores
 Bancadas de simulação
 Controladores de carga
 Inversores de potência off-grid e grid-tie
 Baterias estacionárias
 Turbina eólica (rotor e seus componentes:
cubo, extensores, rolamentos, pás, sistemas
de controle, para-raios)
 Nacele e seus componentes: gerador,
multiplicadores de velocidade, multiplicadores
planetários, redutores de velocidade,
rolamentos, eixos, mancais, sistemas de
transmissão, sistemas de freios, sistemas
Equipamentos,Ferramentas, hidráulicos, sistemas de giro e refrigeração
Instrumentos e Materiais  Sensores: velocidade do vento, direção do
vento, pressão atmosférica, temperatura do
ar, umidade do ar, de proximidade, de nível,
de rotação, tensão, corrente, fluxo, vibração,
posição
 Birutas
 Registradores
 Atuadores
 Circuitos hidráulicos de sistemas de controle
 Lubrificantes
 Torres
 Sistemas de controle (PLC)
 Transformadores
 Conversores de frequência
 Cabos elétricos
 Pás
 EPI e EPC
Ferramentas:
 Chaves de fenda
 Chaves Phillips
139
AMBIENTES PEDAGÓGICOS, COM RELAÇÃO DE EQUIPAMENTOS,
MÁQUINAS, FERRAMENTAS, INSTRUMENTOS E MATERIAIS
 Alicate de corte
 Alicate de bico
 Alicate prensa terminais
 Alicate universal
 Torquímetro
 Bancadas para teste de geradores elétricos
Instrumentos:
 Multímetro
 Terrômetro
 Osciloscópio
 Anemômetros
 Ultrassom
 Medidores de umidade portáteis e de
bancada
 Instrumentos de radiografia
 Indicadores de rotação do motor e sequência
de fase
 Megômetros portáteis
 Medidores tipo alicate com escala em
ampères
 Miliampères e microampères
 Termômetro infravermelho profissional com
campo de visão de 50:1 e montagem
magnética
Materiais:
 Cabos
 Fios
 Conectores
 Matérias componentes das pás (resina epoxy,
resina poliéster, resina éster vinil,
fiberglassreinforcedplastic, parafusos)
Material didático Apostila

140
1.3.3. Controle de Alteração
DATA DA
ALTERAÇÃO RESPONSÁVEL
ATUALIZAÇÃO

UNIEP/Comitê de Especialistas
Agosto 2012 Versão 1.1
Técnicos do SENAI

Versão 2 – Formatação, UNIEP/Comitê de Especialistas


Agosto 2013 modularização, inserção dos Técnicos do SENAI
objetivos nas unidades curriculares

Alterações realizadas
UNIEP/Comitê de Especialistas
 Readequação do itinerário da Técnicos do SENAI e apopio
Agosto 2014
oferta Formativa técnico de Quelma Gomes
 Readequação da redação de Gonçalves – DR - PE
Capacidades

141
1.4. PRODUÇÃO DE MATERIAIS COMPÓSITOS -
PÁS PARA AEROGERADORES

1.4.1. Identificação da Ocupação

PRODUÇÃO DE MATERIAIS
CURSO COMPÓSITOS - PÁS PARA CBO
AEROGERADORES

EDUCAÇÃO
Formação Continuada C.H. MÍNIMA 160h
PROFISSIONAL

Controle e
NÍVEL DA EIXO
3 Processos
QUALIFICAÇÃO TECNOLÓGICO
Industriais

ÁREA SEGMENTO
EnergiasRenováveis Eólica
TECNOLÓGICA TECNOLÓGICO

COMPETÊNCIA Fabricar componentes em compósitos com enfoque em pás para


GERAL aerogeradores

 18 anos completos
REQUISITOS DE  Concluído curso Técnico nas áreas de Mecânica, Elétrica,
ACESSO Eletroeletrônica, Mecatrônica, Automação, Instrumentação ou
Eletricidade

142
1.4.2. Desenho Curricular

Quadro Resumo da Organização Curricular

CARGA
CARGA
MÓDULOS UC HORÁRIA DO
HORÁRIA
MÓDULO

Fabricação de componentes em
BÁSICO 70h 70h
materiais compósitos

Acabamento em componentes de
40h
materiais compósitos

Reparos em componentes de
ESPECÍFICO I materiais compósitos 35h
90h

Movimentação de cargas e
15h
componentes

TOTAL 160h

143
Detalhamento das Unidades Curriculares

MÓDULO: BÁSICO

Unidade Curricular: Fabricação de componentes em materiais compósitos

Carga Horária: 70h

Unidade de Competência: Fabricar componentes em compósitos com enfoque em pás


para aerogeradores.

Objetivo Geral: Desenvolvimento de competências relativas à fabricação de componentes


de materiais compósitos de Plástico Reforçado com Fibra de Vidro – PRFV com enfoque
em pás para aerogeradores, de acordo com procedimentos e normas técnicas, de
qualidade, de preservação ambiental, de saúde e de segurança.

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Fundamentos Técnicos e Científicos Conhecimentos

Capacidades Técnicas Medidas mecânicas


 Preparar moldes utilizados na  Definições
fabricação de componentes compósitos  Sistema de unidades
 Realizar a adesão da peça ao molde  Tolerâncias
durante o processo de fabricação,
Instrumentos
evitando a ocorrência de danos
 Produzir peças em materiais  Tipos
compósitos por meio do processo de  Aplicação
laminação manual  Manuseio
 Produzir peças em materiais  Calibração
compósitos por meio do processo de
infusão a vácuo Desenho de componentes de
 Executar os processos decolagem em materiaiscompósitos
componentes compósitos  Perspectiva isométrica
 Interpretar resultados de ensaios e  Vistas ortogonais
testes  Cotas e tolerâncias
 Utilizar instrumentos de medição  Interpretação
 Utilizar ferramentas, máquinas,  Sequência de fabricação
equipamentos e acessórios para a
produção de componentes compósitos Materiais para a fabricação de compósitos
 Preparar matérias-primas de acordo  Desmoldantes
com as especificações técnicas e o o Tipos
roteiro de operação o Aplicações
 Utilizar matérias-primas de acordo com  Fibras de reforço
as especificações técnicas e o roteiro o Função
de operação o Tipos
 Interpretar projetos de componentes de o Orientações
pás eólicas o Armazenamento
 Executar a fabricação de pás eólicas de o Manuseio
acordo com suas dimensões e  Materiais de núcleo
tolerâncias, seguindo a sequência de o Tipos
144
MÓDULO: BÁSICO

Unidade Curricular: Fabricação de componentes em materiais compósitos

Carga Horária: 70h

Unidade de Competência: Fabricar componentes em compósitos com enfoque em pás


para aerogeradores.

Objetivo Geral: Desenvolvimento de competências relativas à fabricação de componentes


de materiais compósitos de Plástico Reforçado com Fibra de Vidro – PRFV com enfoque
em pás para aerogeradores, de acordo com procedimentos e normas técnicas, de
qualidade, de preservação ambiental, de saúde e de segurança.

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Fundamentos Técnicos e Científicos Conhecimentos


fabricação o Funções
 Cumprir procedimentos e normas o Armazenamento
técnicas, de saúde e segurança no o Manuseio
trabalho, de qualidade e de meio  Resinas e catalisadores
ambiente o Tipos
 Utilizar manuais e catálogos o Funções
 Utilizar os EPI’s e EPC’s conforme o Propriedades
normas de segurança o Misturas
o Processo de reação química
o Máquinas dosadoras

Capacidades sociais, organizativas e Processo de fabricação de componentes


metodológicas1 compósitos
 Demonstrar visão sistêmica dos  Moldes
processos da fabricação e montagem o Definição
de aerogeradores o Composição
 Trabalhar em equipe o Preparação
 Preservar equipamentos, máquinas, o Manutenção
ferramentas e instrumentos  Laminação manual
 Zelar pela limpeza e organização do o Definição
posto de trabalho o Impregnação
 Interagir com outros setores da o Posicionamento das camadas
empresa o Processo Vaccum Bag
 Agir com ética nas relações o Processo de cura
interpessoais  Infusão

1
As capacidades sociais permitem responder a relações e procedimentos estabelecidos na organização do trabalho, e
integrar-se com eficácia, em nível horizontal e vertical, cooperando com outros profissionais de forma comunicativa e
construtiva; as organizativas permitem coordenar as diversas atividades, participar na organização do ambiente de trabalho e
administrar racional e conjuntamente os aspectos técnicos, sociais e econômicos implicados, bem como utilizar forma
adequada e segura os recursos materiais e humanos à disposição; as metodológicas permitem responder a situações novas
e imprevistas que se apresentem no trabalho, com relação a procedimentos, sequências, equipamentos e produtos,
encontrar soluções apropriadas e tomar decisões autonomamente.

145
MÓDULO: BÁSICO

Unidade Curricular: Fabricação de componentes em materiais compósitos

Carga Horária: 70h

Unidade de Competência: Fabricar componentes em compósitos com enfoque em pás


para aerogeradores.

Objetivo Geral: Desenvolvimento de competências relativas à fabricação de componentes


de materiais compósitos de Plástico Reforçado com Fibra de Vidro – PRFV com enfoque
em pás para aerogeradores, de acordo com procedimentos e normas técnicas, de
qualidade, de preservação ambiental, de saúde e de segurança.

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Fundamentos Técnicos e Científicos Conhecimentos


 Administrar conflitos o Definição
o Lay up
o Prensagem a vácuo
o Teste de estanqueidade
o Controle de temperatura
o Processo de cura
 Colagem de componentes
o Adesão e coesão
o Preparação das superfícies de colagem
o Aplicação de massa de colagem
o Junção de componentes
o Processo de cura
Ensaios e verificações aplicados
 Glass Content
 TG atual
 TG potencial

146
AMBIENTES PEDAGÓGICOS, COM RELAÇÃO DE EQUIPAMENTOS,
MÁQUINAS, FERRAMENTAS, INSTRUMENTOS E MATERIAIS
 Biblioteca
 Sala de aula
Ambientes Pedagógicos  Laboratório de Eólica
 Laboratório Solar Fotovoltaica
 Laboratório de Informática II
Laboratório de Eólica
Máquinas:
 Plataformas especiais para manutenção em
aerogeradores
Equipamentos:
 Aerogeradores
 Bancadas de simulação
 Controladores de carga
 Inversores de potência off-grid e grid-tie
 Baterias estacionárias
 Turbina eólica (rotor e seus componentes:
cubo, extensores, rolamentos, pás, sistemas
de controle, para-raios)
 Nacele e seus componentes: gerador,
multiplicadores de velocidade, multiplicadores
planetários, redutores de velocidade,
rolamentos, eixos, mancais, sistemas de
transmissão, sistemas de freios, sistemas
Equipamentos,Ferramentas, hidráulicos, sistemas de giro e refrigeração
Instrumentos e Materiais  Sensores: velocidade do vento, direção do
vento, pressão atmosférica, temperatura do
ar, umidade do ar, de proximidade, de nível,
de rotação, tensão, corrente, fluxo, vibração,
posição
 Birutas
 Registradores
 Atuadores
 Circuitos hidráulicos de sistemas de controle
 Lubrificantes
 Torres
 Sistemas de controle (PLC)
 Transformadores
 Conversores de frequência
 Cabos elétricos
 Pás
 EPI e EPC
Ferramentas:
 Chaves de fenda
 Chaves Phillips
147
AMBIENTES PEDAGÓGICOS, COM RELAÇÃO DE EQUIPAMENTOS,
MÁQUINAS, FERRAMENTAS, INSTRUMENTOS E MATERIAIS
 Alicate de corte
 Alicate de bico
 Alicate prensa terminais
 Alicate universal
 Torquímetro
 Bancadas para teste de geradores elétricos
Instrumentos:
 Multímetro
 Terrômetro
 Osciloscópio
 Anemômetros
 Ultrassom
 Medidores de umidade portáteis e de
bancada
 Instrumentos de radiografia
 Indicadores de rotação do motor e sequência
de fase
 Megômetros portáteis
 Medidores tipo alicate com escala em
ampères
 Miliampères e microampères
 Termômetro infravermelho profissional com
campo de visão de 50:1 e montagem
magnética
Materiais:
 Cabos
 Fios
 Conectores
 Matérias componentes das pás (resina epoxy,
resina poliéster, resina éster vinil,
fiberglassreinforcedplastic, parafusos)

Material didático  Apostila

148
MÓDULO: ESPECÍFICO I

Unidade Curricular: Acabamento em componentes de materiais compósitos

Carga Horária:40h

Unidade de Competência: Fabricar componentes em compósitos com enfoque em pás


para aerogeradores.

Objetivo Geral: Desenvolvimento de competências relativas a acabamentos de


componentes de materiais compósitos de Plástico Reforçado com Fibra de Vidro – PRFV
com enfoque em pás para aerogeradores, de acordo com procedimentos e normas
técnicas, de qualidade, de preservação ambiental, de saúde e de segurança.

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Fundamentos Técnicos e Científicos Conhecimentos

Capacidades Técnicas Planejamento e controle da produção


 Executar a rebarbação das aparas em  Leiaute da produção
componentes de materiais compósitos  Plano mestre de produção
 Lixar a superfície de componentes de  Sequenciamento
materiais compósitos  Controle de estoque
 Executar, em componentes de materiais
Normatização
compósitos, operações de
o Corte  Normas nacionais
o Furação  Normas internacionais
o Colagem de acessórios
Preparação de compósitos para
 Utilizar materiais de pintura
acabamento
 Utilizar materiais de proteção superficial
 Pesar conjuntos de pás para geradores  Rebarbação
de energia eólica  Furação
 Balancear conjuntos de pás para  Colagem de acessórios
geradores de energia eólica  Verificações
 Analisar os resultados dos ensaios e dos  Testes de montagem
testes
Acabamento superficial em materiais
 Controlar a rastreabilidade dos processos
compósitos
 Registrar informações para controle de
conformidades  Definição
 Materiais
o Tipos
Capacidades sociais, organizativas e o Preparação
metodológicas2 o Aplicações

2
As capacidades sociais permitem responder a relações e procedimentos estabelecidos na organização do trabalho e
integrar-se com eficácia, em nível horizontal e vertical, cooperando com outros profissionais de forma comunicativa e
construtiva; as organizativas permitem coordenar as diversas atividades, participar na organização do ambiente de trabalho e
administrar racional e conjuntamente os aspectos técnicos, sociais e econômicos implicados, bem como utilizar forma
adequada e segura os recursos materiais e humanos à disposição; as metodológicas permitem responder a situações novas
e imprevistas que se apresentem no trabalho, com relação a procedimentos, sequências, equipamentos e produtos,
encontrar soluções apropriadas e tomar decisões autonomamente.

149
MÓDULO: ESPECÍFICO I

Unidade Curricular: Acabamento em componentes de materiais compósitos

Carga Horária:40h

Unidade de Competência: Fabricar componentes em compósitos com enfoque em pás


para aerogeradores.

Objetivo Geral: Desenvolvimento de competências relativas a acabamentos de


componentes de materiais compósitos de Plástico Reforçado com Fibra de Vidro – PRFV
com enfoque em pás para aerogeradores, de acordo com procedimentos e normas
técnicas, de qualidade, de preservação ambiental, de saúde e de segurança.

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Fundamentos Técnicos e Científicos Conhecimentos


 Demonstrar visão sistêmica dos o Tempos de trabalho
processos da fabricação e montagem de o Cura dos materiais
aerogeradores  Lixamento
 Trabalhar em equipe  Técnicas de pintura em spray
 Preservar equipamentos, máquinas, Balanceamento de pás para
ferramentas e instrumentos aerogeradores
 Zelar pela limpeza e organização do
posto de trabalho  Definição
 Interagir com outros setores da empresa  Pesagem
 Agir com ética nas relações interpessoais Ensaios e verificações aplicados nos
 Administrar conflitos processos de acabamento
 Torque
 Balanceamento
 Espessuras de camadas de tintas

150
AMBIENTES PEDAGÓGICOS, COM RELAÇÃO DE EQUIPAMENTOS,
MÁQUINAS, FERRAMENTAS, INSTRUMENTOS E MATERIAIS
 Biblioteca
 Sala de aula
Ambientes Pedagógicos  Laboratório de Eólica
 Laboratório Solar Fotovoltaica
 Laboratório de Informática II
Laboratório de Eólica
Máquinas:
 Plataformas especiais para manutenção em
aerogeradores
Equipamentos:
 Aerogeradores
 Bancadas de simulação
 Controladores de carga
 Inversores de potência off-grid e grid-tie
 Baterias estacionárias
 Turbina eólica (rotor e seus componentes:
cubo, extensores, rolamentos, pás, sistemas
de controle, para-raios)
 Nacele e seus componentes: gerador,
multiplicadores de velocidade, multiplicadores
planetários, redutores de velocidade,
rolamentos, eixos, mancais, sistemas de
transmissão, sistemas de freios, sistemas
Equipamentos,Ferramentas, hidráulicos, sistemas de giro e refrigeração
Instrumentos e Materiais  Sensores: velocidade do vento, direção do
vento, pressão atmosférica, temperatura do
ar, umidade do ar, de proximidade, de nível,
de rotação, tensão, corrente, fluxo, vibração,
posição
 Birutas
 Registradores
 Atuadores
 Circuitos hidráulicos de sistemas de controle
 Lubrificantes
 Torres
 Sistemas de controle (PLC)
 Transformadores
 Conversores de frequência
 Cabos elétricos
 Pás
 EPI e EPC
Ferramentas:
 Chaves de fenda
 Chaves Phillips
151
AMBIENTES PEDAGÓGICOS, COM RELAÇÃO DE EQUIPAMENTOS,
MÁQUINAS, FERRAMENTAS, INSTRUMENTOS E MATERIAIS
 Alicate de corte
 Alicate de bico
 Alicate prensa terminais
 Alicate universal
 Torquímetro
 Bancadas para teste de geradores elétricos
Instrumentos:
 Multímetro
 Terrômetro
 Osciloscópio
 Anemômetros
 Ultrassom
 Medidores de umidade portáteis e de
bancada
 Instrumentos de radiografia
 Indicadores de rotação do motor e sequência
de fase
 Megômetros portáteis
 Medidores tipo alicate com escala em
ampères
 Miliampères e microampères
 Termômetro infravermelho profissional com
campo de visão de 50:1 e montagem
magnética
Materiais:
 Cabos
 Fios
 Conectores
 Matérias componentes das pás (resina epoxy,
resina poliéster, resina éster vinil,
fiberglassreinforcedplastic, parafusos)

Material didático Apostila

152
MÓDULO: ESPECÍFICO I

Unidade Curricular: Reparos em componentes de materiais compósitos

Carga Horária: 35h

Unidade de Competência: Fabricar componentes em compósitos com enfoque em pás


para aerogeradores.

Objetivo Geral: Desenvolvimento de competências relativas areparos de componentes de


materiais compósitos de Plástico Reforçado com Fibra de Vidro – PRFV com enfoque em
pás para aerogeradores, de acordo com procedimentos e normas técnicas, de qualidade,
de preservação ambiental, de saúde e de segurança.

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Fundamentos Técnicos e Científicos Conhecimentos

Capacidades Técnicas Qualidade


 Identificar defeitos em produtos  Definição
compósitos  Responsabilidades
 Avaliar necessidade de reparo ou  Auditorias
descarte do produto  Inspeção
 Executar reparos em laminados em o Função
produtos compósitos o Rastreabilidade de processos de
 Executar reparos em áreas de fabricação
colagem em produtos compósitos o Visual
 Executar reparos em pinturas em o Acústica
produtos compósitos
 Controlar a rastreabilidade dos Defeitos nos laminados compósitos
processos de fabricação
 Especificação
 Utilizar ferramentas adequadas aos
 Tipos
tipos de técnicas de correção
 Aspectos
 Causas
Capacidades sociais, organizativas e  Técnicas de correção
metodológicas
 Demonstrar visão sistêmica dos Defeitos de acabamento
processos da fabricação e montagem de
aerogeradores  Especificação
 Trabalhar em equipe  Tipos
 Preservar equipamentos, máquinas,  Aspectos
ferramentas e instrumentos  Causas
 Zelar pela limpeza e organização do  Técnicas de correção
posto de trabalho
 Interagir com outros setores da empresa
 Agir com ética nas relações interpessoais
 Administrar conflitos

153
AMBIENTES PEDAGÓGICOS, COM RELAÇÃO DE EQUIPAMENTOS,
MÁQUINAS, FERRAMENTAS, INSTRUMENTOS E MATERIAIS
 Biblioteca
 Sala de aula
Ambientes Pedagógicos  Laboratório de Eólica
 Laboratório Solar Fotovoltaica
 Laboratório de Informática II
Laboratório de Eólica
Máquinas:
 Plataformas especiais para manutenção em
aerogeradores
Equipamentos:
 Aerogeradores
 Bancadas de simulação
 Controladores de carga
 Inversores de potência off-grid e grid-tie
 Baterias estacionárias
 Turbina eólica (rotor e seus componentes:
cubo, extensores, rolamentos, pás, sistemas
de controle, para-raios)
 Nacele e seus componentes: gerador,
multiplicadores de velocidade, multiplicadores
planetários, redutores de velocidade,
rolamentos, eixos, mancais, sistemas de
transmissão, sistemas de freios, sistemas
Equipamentos,Ferramentas,
hidráulicos, sistemas de giro e refrigeração
Instrumentos e Materiais
 Sensores: velocidade do vento, direção do
vento, pressão atmosférica, temperatura do
ar, umidade do ar, de proximidade, de nível,
de rotação, tensão, corrente, fluxo, vibração,
posição
 Birutas
 Registradores
 Atuadores
 Circuitos hidráulicos de sistemas de controle
 Lubrificantes
 Torres
 Sistemas de controle (PLC)
 Transformadores
 Conversores de frequência
 Cabos elétricos
 Pás
 EPI e EPC
Ferramentas:
 Chaves de fenda

154
AMBIENTES PEDAGÓGICOS, COM RELAÇÃO DE EQUIPAMENTOS,
MÁQUINAS, FERRAMENTAS, INSTRUMENTOS E MATERIAIS
 Chaves Phillips
 Alicate de corte
 Alicate de bico
 Alicate prensa terminais
 Alicate universal
 Torquímetro
 Bancadas para teste de geradores elétricos
Instrumentos:
 Multímetro
 Terrômetro
 Osciloscópio
 Anemômetros
 Ultrassom
 Medidores de umidade portáteis e de
bancada
 Instrumentos de radiografia
 Indicadores de rotação do motor e sequência
de fase
 Megômetros portáteis
 Medidores tipo alicate com escala em
ampères
 Miliampères e microampères
 Termômetro infravermelho profissional com
campo de visão de 50:1 e montagem
magnética
Materiais:
 Cabos
 Fios
 Conectores
 Matérias componentes das pás (resina epoxy,
resina poliéster, resina éster vinil,
fiberglassreinforcedplastic, parafusos)

Material didático Apostila

155
MÓDULO: ESPECÍFICO I

Unidade Curricular: Movimentação de cargas e componentes

Carga Horária: 15h

Unidade de Competência: Fabricar componentes em compósitos com enfoque em pás


para aerogeradores.

Objetivo Geral: Desenvolvimento de competências relativas à movimentação de cargas e


componentes de materiais compósitos de Plástico Reforçado com Fibra de Vidro – PRFV
com enfoque em pás para aerogeradores, de acordo com procedimentos e normas
técnicas, de qualidade, de preservação ambiental, de saúde e de segurança.

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Fundamentos Técnicos e Científicos Conhecimentos

Capacidades Técnicas Manuseio e movimentação de produtos


de materiais compósitos
 Desenvolvimento de competências
relativas à movimentação de cargas e  Tipos
componentes de materiais compósitos de  Sequenciamento
Plástico Reforçado com Fibra de Vidro –  Equipamentos de transporte
PRFV com enfoque em pás para o Empilhadeiras
aerogeradores, de acordo com o Pontes rolantes
procedimentos e normas técnicas, de o Pórticos
qualidade, de preservação ambiental, de o Guindaste
saúde e de segurança o Talhas
o Eslingas
o Correntes
o Olhais
Capacidades sociais, organizativas e  Armazenamento
metodológicas
Segurança e saúde ocupacional
 Demonstrar visão sistêmica dos
processos da fabricação e montagem de  Identificação de perigos e riscos
aerogeradores  Acidentes e incidentes
 Trabalhar em equipe  Equipamentos de proteção individual
 Preservar equipamentos, máquinas  Equipamentos de proteção coletiva
ferramentas e instrumentos  Segurança em movimentação de cargas
 Zelar pela limpeza e organização do  Funções da CIPA
posto de trabalho
 Interagir com outros setores da empresa
 Agir com ética nas relações interpessoais Meio ambiente
 Administrar conflitos  Aspectos e impactos ambientais
 Reciclagem
 Sustentabilidade

156
AMBIENTES PEDAGÓGICOS, COM RELAÇÃO DE EQUIPAMENTOS,
MÁQUINAS, FERRAMENTAS, INSTRUMENTOS E MATERIAIS
 Biblioteca
 Sala de aula
Ambientes Pedagógicos  Laboratório de Eólica
 Laboratório Solar Fotovoltaica
 Laboratório de Informática II
Laboratório de Eólica
Máquinas:
 Plataformas especiais para manutenção em
aerogeradores
Equipamentos:
 Aerogeradores
 Bancadas de simulação
 Controladores de carga
 Inversores de potência off-grid e grid-tie
 Baterias estacionárias
 Turbina eólica (rotor e seus componentes:
cubo, extensores, rolamentos, pás, sistemas
de controle, para-raios)
 Nacele e seus componentes: gerador,
multiplicadores de velocidade, multiplicadores
planetários, redutores de velocidade,
rolamentos, eixos, mancais, sistemas de
transmissão, sistemas de freios, sistemas
Equipamentos,Ferramentas, hidráulicos, sistemas de giro e refrigeração
Instrumentos e Materiais  Sensores: velocidade do vento, direção do
vento, pressão atmosférica, temperatura do
ar, umidade do ar, de proximidade, de nível,
de rotação, tensão, corrente, fluxo, vibração,
posição
 Birutas
 Registradores
 Atuadores
 Circuitos hidráulicos de sistemas de controle
 Lubrificantes
 Torres
 Sistemas de controle (PLC)
 Transformadores
 Conversores de frequência
 Cabos elétricos
 Pás
 EPI e EPC
Ferramentas:
 Chaves de fenda
 Chaves Phillips
157
AMBIENTES PEDAGÓGICOS, COM RELAÇÃO DE EQUIPAMENTOS,
MÁQUINAS, FERRAMENTAS, INSTRUMENTOS E MATERIAIS
 Alicate de corte
 Alicate de bico
 Alicate prensa terminais
 Alicate universal
 Torquímetro
 Bancadas para teste de geradores elétricos
Instrumentos:
 Multímetro
 Terrômetro
 Osciloscópio
 Anemômetros
 Ultrassom
 Medidores de umidade portáteis e de
bancada
 Instrumentos de radiografia
 Indicadores de rotação do motor e sequência
de fase
 Megômetros portáteis
 Medidores tipo alicate com escala em
ampères
 Miliampères e microampères
 Termômetro infravermelho profissional com
campo de visão de 50:1 e montagem
magnética
Materiais:
 Cabos
 Fios
 Conectores
 Matérias componentes das pás (resina epoxy,
resina poliéster, resina éster vinil,
fiberglassreinforcedplastic, parafusos)

Material didático Apostila

158
CRÉDITOS

Proposta Nacional

Cursos de Aperfeiçoamento Departamento Nacional

EQUIPE DE VALIDAÇÃO TÉCNICA

DR NOME

BA Maiana Brito de Matos

CE Francisco Wanderley Diógenes Peixoto

PE Marcos André de A. da Silva

RJ Fernando Silva Pinto

RN Anaclécia Gonçalves Pereira

RN César Augusto de Oliveira Magalhães

RN Daniel Faro do Amaral Lemos

RN Darlan Emanoel Silva dos Santos

RN Genildo Peixoto de Araújo

RN Laura Medeiros Souto

RN Maria do Socorro Almeida

RS Lothar Hoppe

SC Marcelo José Fernandes Pereira

SP Jocilei Oliveira

BA Lucia Aparecida Tofaneli

BA Turan Dias Oliveira

CE Francisco Wanderley Diógenes Peixoto

CE Aluísio Vieira Carneiro

PE Adageisa Cavalcante Barbosa

159
EQUIPE DE VALIDAÇÃO TÉCNICA

DR NOME

RN Daniel Faro do Amaral Lemos

RN Genildo Peixoto de Araújo

RS Lothar Hoppe

SC Dirceu Eduardo Milbradt

SP Marcelo Nogueira Tirolli

APOIO

GIZ - Deutsche Gesellschaft für Internationale Zusammenarbeit GmbH


Programa Energias Renováveis e Eficiência Energética Brasil

1.4.3. Controle de Alteração


DATA DA
ALTERAÇÃO RESPONSÁVEL
ATUALIZAÇÃO

UNIEP/Comitê de
Agosto 2012 Versão 1.1 Especialistas
Técnicos do SENAI

UNIEP/Comitê de
Versão 2 – Formatação, modularização, inserção
Agosto 2013 Especialistas
dos objetivos nas unidades curriculares
Técnicos do SENAI

Versão 3 – UNIEP / Com apoio


Técnico deQuelma
Agosto 2014 Ajustes na redação dos requisitos de acesso
Gomes Gonçalves –
Ajustes na redação das competências gerais DR - PE

160
1.5. TÉCNICO EM SISTEMAS DE
ENERGIA RENOVÁVEL
1.5.1. Identificação da Ocupação
TÉCNICO EM SISTEMAS DE
CURSO CBO 3115-15
ENERGIA RENOVÁVEL

EDUCAÇÃO
Formação Continuada C.H. MÍNIMA 1400h
PROFISSIONAL

Controle e
NÍVEL DA EIXO
3 Processos
QUALIFICAÇÃO TECNOLÓGICO
Industriais

ÁREA SEGMENTO
Energia Energia Renovável
TECNOLÓGICA TECNOLÓGICO

Prospectar áreas para implantação de sistemas de energia renovável,


operar e manter máquinas e equipamentos, participar do processo de
COMPETÊNCIA fabricação de equipamentos, projetar sistemas de pequeno porte e
GERAL executar projetos de pequeno e grande porte, de acordo com a
legislação vigente e normas aplicáveis à qualidade, à saúde, à
segurança e ao meio ambiente.

REQUISITOS  Estar cursando o 2º ano do ensino médio ou ensino médio


DE ACESSO concluído.

Relação das Unidades de Competência

Prospectar áreas para implantação de sistemas de energia


Unidade de
renovável, de acordo com a legislação vigente e normas aplicáveis à
Competência 1
qualidade, à saúde, à segurança e ao meio ambiente.

Projetar sistemas de pequeno porte, de acordo com a legislação


Unidade de
vigente e normas aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao
Competência 2
meio ambiente.

Executar projetos de pequeno e grande porte, de acordo com a


Unidade de
legislação vigente e normas aplicáveis à qualidade, à saúde, à
Competência3
segurança e ao meio ambiente.

Realizar a operação e manutenção de máquinas e equipamentos,


Unidade de
de acordo com a legislação vigente e normas aplicáveis à qualidade,
Competência4
à saúde, à segurança e ao meio ambiente.

Participar do processo de fabricação de equipamentos, de acordo


Unidade de
com a legislação vigente e normas aplicáveis à qualidade, à saúde,
Competência 5
à segurança e ao meio ambiente.

161
Descrição das Unidades de Competência

UNIDADE DE COMPETÊNCIA 1
Prospectar áreas para implantação de sistemas de energia renovável, de acordo
com a legislação vigente e normas aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança
e ao meio ambiente.

Elementos de Competência Padrões de Desempenho

 Identificar localização  Considerando a utilização de


instrumentos de georreferenciamento
 Consultando banco de dados
disponíveis (mapas e atlas)
 Considerando a interpretação de
dados de localização
 Fotografando áreas
 Registrando as atividades de campo

 Instalar sistema de medição  Considerando os procedimentos de


montagem e instalação conforme
especificações técnicas
 Utilizando equipamentos de proteção
 Utilizando instrumentos de medição
elétrica
 Verificando a consistência dos dados

 Operar sistema de medição  Monitorando a consistência dos dados


 Assegurando a comunicação remota
 Seguindo manual de operação do
fabricante
 Elaborando relatórios

 Manter sistema de medição  Seguindo plano de manutenção


 Assegurando a realização de serviços
de manutenção
 Seguindo manual de manutenção do
fabricante
 Substituindo instrumentos com defeito
 Gerenciando a calibração
 Elaborando relatórios

 Coordenar equipes e processos  Supervisionando as atividades de


prospecção (montagem, instalação,
162
UNIDADE DE COMPETÊNCIA 1
Prospectar áreas para implantação de sistemas de energia renovável, de acordo
com a legislação vigente e normas aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança
e ao meio ambiente.

Elementos de Competência Padrões de Desempenho


comissionamento, operação e
manutenção) do sistema de medição
 Ajustando a necessidade de recursos
humanos e materiais
 Aplicando ferramentas da qualidade e
controle
 Identificando necessidades de
capacitação
 Planejando atividades de prospecção

163
UNIDADE DE COMPETÊNCIA 2
Projetar sistemas de pequeno porte, de acordo com a legislação vigente e
normas aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio ambiente.

Elementos de Competência Padrões de Desempenho

 Definir escopo do projeto  Considerando o dimensionamento do


sistema
 Especificando a qualidade e o tempo
 Definindo a tecnologia mais adequada
 Estimando custo
 Descrevendo todas as etapas e
tarefas do projeto

 Elaborar projeto definitivo  Planejando etapas de implantação


 Definindo a equipe de trabalho
 Definindo ferramentas de controle
 Definindo entregas
 Considerando o atendimento aos
requisitos da legislação e/ou normas
aplicáveis à qualidade, à saúde, à
segurança e ao meio ambiente
 Especificando materiais e
equipamentos
 Estimando o consumo a ser atendido
 Realizando a viabilidade econômica
(payback)
 Desenhando plantas, diagramas
elétricos, mecânicos e civis
 Considerando a estrutura técnica do
projeto

 Coordenar equipes e processos  Aplicando as ferramentas de qualidade


e controle
 Supervisionando as atividades para a
definição do escopo e do projeto de
sistemas de pequeno porte
 Emitindo relatórios
 Avaliando desempenho

164
UNIDADE DE COMPETÊNCIA 3
Executar projetos de pequeno e grande porte, de acordo com a legislação
vigente e normas aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio
ambiente.

Elementos de Competência Padrões de Desempenho

 Realizar montagem de  Atendendo aos requisitos da legislação e


equipamentos e estrutura mecânica ou normas aplicáveis à qualidade, à
saúde, à segurança e ao meio ambiente
 Utilizando equipamentos de proteção
individual e coletiva
 Utilizando ferramentas e materiais
adequados
 Considerando técnicas de montagem de
equipamentos e estrutura mecânica
 Seguindo diagramas e desenhos técnicos
 Preservando a integridade do produto
 Realizando a Análise Preliminar de
Riscos (APR)
 Liberando permissão de trabalho
 Acompanhando certificação de talhas e
plataforma interna de serviço
 Otimizando recursos materiais evitando
desperdícios
 Delimitando a área de execução
 Cumprindo normas nacionais e
internacionais
 Considerando a inspeção de estruturas
mecânicas e comissionamento de
equipamentos
 Elaborando relatórios

 Realizar instalação elétrica  Atendendo aos requisitos da legislação


e/ou normas aplicáveis à qualidade, à
saúde, à segurança e ao meio ambiente
 Utilizando equipamentos de proteção
individual e coletiva
 Considerando os procedimentos de
instalação

165
UNIDADE DE COMPETÊNCIA 3
Executar projetos de pequeno e grande porte, de acordo com a legislação
vigente e normas aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio
ambiente.

Elementos de Competência Padrões de Desempenho


 Seguindo diagramas e desenhos técnicos
 Preservando a integridade do produto
 Realizando a Análise Preliminar de
Riscos (APR)
 Liberando permissão de trabalho
 Delimitando a área de execução
 Utilizando ferramentas e materiais
adequados
 Atendendo procedimentos LOTO
(lockoutandtagout – bloqueio sinalizado)
 Acompanhando certificação de talhas e
plataforma interna de serviço
 Otimizando recursos materiais evitando
desperdícios
 Cumprindo normas nacionais e
internacionais
 Comissionando sistemas e equipamentos
eletroeletrônicos e de telecomunicações
 Elaborando relatórios

 Coordenar equipes e processos  Supervisionando as atividades de


montagem, instalação e
comissionamento
 Ajustando a necessidade de recursos
humanos e materiais
 Aplicando ferramentas da qualidade e
controle
 Identificando necessidades de
capacitação
 Planejando atividades de execução
 Adequando às condições reais de campo
 Seguindo o cronograma
 Provendo recursos materiais e humanos

166
UNIDADE DE COMPETÊNCIA 4
Realizar a operação e manutenção de máquinas e equipamentos, de acordo
com a legislação vigente e normas aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança
e ao meio ambiente.

Elementos de Competência Padrões de Desempenho

 Operar sistemas e equipamentos  Atendendo aos requisitos da


legislação e/ou normas aplicáveis à
qualidade, à saúde, à segurança e ao
meio ambiente
 Utilizando equipamentos de proteção
individual e coletiva
 Utilizando ferramentas e materiais
adequados
 Considerando os procedimentos de
operação (de Rede Básica –
Operadora Nacional do Sistema,
interno e distribuição –
Concessionária)
 Seguindo diagramas e desenhos
técnicos
 Utilizando linguagem operativa
 Preservando a integridade operacional
do sistema e/ou equipamentos
 Cumprindo normas nacionais e
internacionais
 Elaborando relatórios
 Acompanhando o desempenho do
sistema
 Utilizando o software supervisório
(SCADA)
 Acompanhando sistema de medição
de faturamento
 Interagindo com agentes reguladores
(ONS e concessionária)
 Enviando dados meteorológicos para
agentes reguladores

167
UNIDADE DE COMPETÊNCIA 4
Realizar a operação e manutenção de máquinas e equipamentos, de acordo
com a legislação vigente e normas aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança
e ao meio ambiente.

Elementos de Competência Padrões de Desempenho

 Manter sistemas e equipamentos  Realizando a Análise Preliminar de


Riscos (APR)
 Liberando permissão de trabalho
 Acompanhando certificação de talhas
e plataforma interna de serviço
 Otimizando recursos materiais
evitando desperdícios
 Delimitando a área de execução
 Atendendo aos requisitos da
legislação e/ou normas aplicáveis à
qualidade, à saúde, à segurança e ao
meio ambiente
 Utilizando equipamentos de proteção
individual e coletiva
 Utilizando ferramentas e materiais
adequados
 Considerando procedimentos de
manutenção
 Utilizando diagramas e desenhos
técnicos
 Utilizando linguagem operativa
 Preservando a integridade operacional
do sistema e/ou equipamentos
 Cumprindo normas nacionais e
internacionais
 Elaborando relatórios
 Mantendo os registros atualizados
 Monitorando a condição do sistema
 Reparando peças e/ou componentes
do sistema
 Executando testes e ensaios
 Substituindo peças e ou componentes
do sistema

168
UNIDADE DE COMPETÊNCIA 4
Realizar a operação e manutenção de máquinas e equipamentos, de acordo
com a legislação vigente e normas aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança
e ao meio ambiente.

Elementos de Competência Padrões de Desempenho


 Inspecionando peças e/ou
componentes do sistema
 Executando plano de manutenção
preditiva e preventiva
 Realizando manutenção corretiva
 Executando manutenção mecânica
(metálicos) e compostos
 Aplicando ferramentas de 5S, melhoria
contínua e PDCA

 Coordenar equipes e processos  Supervisionando as atividades de


operação e manutenção
 Ajustando a necessidade de recursos
humanos e materiais
 Aplicando ferramentas da qualidade e
controle
 Identificando necessidades de
capacitação
 Planejando atividades de coordenação
 Adequando às condições reais de
campo
 Seguindo o cronograma de
manutenção
 Proporcionando capacitação
continuada
 Elaborando relatórios de manutenção
 Garantindo as condições de
segurança ambiental e pessoal

169
UNIDADE DE COMPETÊNCIA 5
Participar do processo de fabricação de equipamentos, de acordo com a
legislação vigente e normas aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao
meio ambiente.

Elementos de Competência Padrões de Desempenho

 Fabricar equipamentos  Considerando a montagem de


equipamentos, componentes e peças
conforme as folhas dos processos
 Desenvolvendo melhorias no processo
produtivo (redução de lead time, tempo de
movimentação, entre outros)
 Buscando atingir os indicadores de
produtividade
 Realizando auditoria no processo produtivo
 Cumprindo os requisitos da legislação e/ou
normas aplicáveis à qualidade, à saúde, à
segurança e ao meio ambiente
 Utilizando equipamentos de proteção
individual e coletivo
 Utilizando ferramentas e equipamentos
adequados
 Participando da execução de novos
projetos industriais
 Aplicando ferramentas de qualidade (5S,
melhoria contínua e PDCA)
 Atualizando estruturas de fabricação
 Mantendo os registros atualizados
 Analisando o plano de capacidade
produtiva
 Operando máquinas e equipamentos
(ponte rolante, estufas, moldes, entre
outros)
 Preservando ferramentas, máquinas e
equipamentos
 Desenvolvendo dispositivos de
movimentação e transporte
 Realizando inspeção e teste conforme
plano de qualidade (inspeção visual,
ensaios elétricos, mecânicos e não

170
UNIDADE DE COMPETÊNCIA 5
Participar do processo de fabricação de equipamentos, de acordo com a
legislação vigente e normas aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao
meio ambiente.

Elementos de Competência Padrões de Desempenho


destrutíveis)
 Elaborando relatórios
 Seguindo procedimentos internos de
fabricação

 Coordenar equipes e processos  Supervisionando as atividades de


fabricação
 Ajustando a necessidade de recursos
humanos e materiais
 Aplicando ferramentas da qualidade e
controle
 Identificando necessidades de
capacitação
 Seguindo o cronograma de fabricação
 Proporcionando capacitação continuada
 Elaborando relatórios de fabricação
 Garantindo as condições de segurança
ambiental e pessoal

171
Competências de Gestão

Capacidades sociais, organizativas e metodológicas


 Interagir com grupos inter e intradisciplinares
 Negociar prazos e recursos
 Ter senso crítico
 Ter capacidade de liderança
 Cumprir prazos
 Ser proativo
 Ter iniciativa
 Gerir conflitos
 Resolver problemas
 Ter flexibilidade
 Assumir responsabilidades
 Comunicar-se de forma escrita
 Manter-se atualizado
 Manter atenção concentrada
 Ter comprometimento com resultados
 Ser motivador
 Agir como facilitador

Contexto de Trabalho da Ocupação

Meios de Produção

Máquinas e Equipamentos
 Aerogeradores
 Painéis fotovoltaicos
 Coletores solares
 Baterias
 Controladores de carga
 Acumuladores
 Simuladores
 Sensores

172
Meios de Produção
 Atuadores
 Computador
 Gerador
 Unidade hidráulica
 Motores
 Transformadores
 Fontes
 Inversores
 Fornos
 Estufas
 Caixa redutora
 Tanque de estocagem
 Plataforma elevatória
 Talhas
 Pontes rolantes
 Equipamentos de subestação
Ferramentas e Instrumentos
 Bússola
 GPS
 Multímetro
 Anemômetro
 Alicate amperímetro
 Wattímetro
 Cossifímetro
 Registrador
 Analisador de espectro
 Acelerômetro
 Piranômetro
 Osciloscópio
 Pluviômetro
 Sensor de temperatura
 Sensor de direção de vento

173
Meios de Produção
 Megômetro
 Terrômetro
 Torquímetro
 Paquímetro
 Micrômetro
 Ultrassom
 Câmera termográfica
 Ferramentas manuais (alicates, chaves, entre outros)
 Softwares
 Rádio comunicador
 Analisador de vibração
 Medidor de grandeza universal
 Ferro de solda
 Máquina de solda
 Datalogger
 Barômetro
 Higrômetro
 Lixadeira oscilante
 Furadeira
Materiais de Utilização Habitual
 Fios
 Conectores
 Elementos de fixação
 Componentes de proteção e comando
 Lubrificantes
 Materiais de limpeza
 Trava química
 Travas e bloqueios elétricos
 Canaletas
 Eletrodutos
 Solda
 Emendas

174
Meios de Produção
 Elementos isolantes
 Isoladores
 Tintas
 Vernizes
 Fibras
 Estrutura metálica
 Materiais compósitos

Métodos e Técnicas de Trabalho

 Sistema de Gestão da Qualidade


 Plano de calibração (ajuste da escala)
 Plano de manutenção de máquinas e equipamentos
 Procedimentos de inspeção
 Controle de recebimento, tratamento, manutenção e manuseio de consumíveis
 Sistemas de gestão da produção e operação (administração da produção, conceito de
função e atividade, arranjo físico, inventário, plano mestre de produção, restrições de
processos – gargalos – etc.)
 Normas técnicas e legislações pertinentes
 Normas de segurança e ambientais
 Sistema de comunicação e informação
 Sistema de medição

Condições de Trabalho

Condições Ambientais
 Ambientes insalubres e/ou perigosos
 Ambientes externos (acampamentos, pátio etc.) e internos
 Ambientes confinados
 Ambientes com trabalho em altura
 Ambientes com iluminação e ventilação variados
 Ambientes offshore

175
Condições de Trabalho

Turnos e Horários
 Horário diurno, noturno e em revezamento de turnos, com possibilidade de viagens

Riscos Profissionais
 Riscos físicos: queda, choque físicos e elétricos, queimadura por choques e/ou arco
elétrico, risco de perda de audição por excesso de ruído e perda da visão
 Riscos biológicos: acidentes com animais peçonhentos
 Riscos químicos: queimaduras e intoxicação
 Riscos ergonômicos: posição ergonômica e peso excessivo em relação à atividade a
ser realizada

Equipamentos de proteção (EPI e EPC) recomendados


 Proteção da cabeça: capacete, balaclava
 Proteção dos olhos e face: óculos de segurança (partícula e luminosidade), protetor
facial e bloqueador solar
 Proteção auditiva: protetor auricular
 Proteção do tronco: vestimenta antichama (jaleco) para subestação e macacão
 Prevenção de queda: talabarte, cinto de cinco pontos, trava-queda, linha de vida,
mosquetões, tripé de resgate e fita dissipadora
 Proteção dos membros superiores: luva isolante, luva de vaqueta e bloqueador solar
 Proteção dos membros inferiores: calçado de segurança com biqueira de polipropileno
 Proteção respiratória: máscara facial
 Proteção de frio: macacão acolchoado
 Proteção de chuva: macacão impermeabilizado
 Proteção coletiva:
o Sistema de ventilação para espaços confinados
o Proteções de máquinas e equipamentos
o Extintores de incêndio
o Aterramento temporário
o Detector de tensão
o Fitas de sinalização
o Cones
o Placas de sinalização
o Etiquetas

176
Posição no Processo Produtivo

Contexto Profissional
O Técnico em Sistemas de Energia Renovável poderá atuar em:
 Empresas industriais e comerciais
 Autônomo

Contexto Funcional e Tecnológico


As atividades do profissional consistem basicamente:
 Atuação em equipes: sempre
 Grau de autonomia funcional: média
 Grau de responsabilidade funcional: alta
 Em trabalhos de gestão, treinamento de equipes de trabalho na utilização de máquinas,
equipamentos e materiais
 Qualidade do produto, processo e da produção

Possíveis Saídas Intermediárias para o Mercado de Trabalho


 Técnico em Sistema de Energia Renovável

Evolução da Ocupação

Mudanças nos Fatores Tecnológicos, Organizacionais e Econômicos


 Novas tecnologias dos processos de fabricação e de equipamentos
 Aumento das exigências de produtividade e otimização de custos
 Uso de novos materiais em geral
 Exigências no atendimento às normas e regulamentações
 Novas ferramentas da qualidade e de gestão
 Adesão à produção com tecnologias limpas
 Utilização de fontes de energias renováveis com smart grid
 Projetos com outras fontes renováveis de energia
Mudanças nas Atividades Profissionais
Novas responsabilidades que o Técnico em Sistemas de Energia Renovável poderá
assumir caso os fatores tecnológicos, organizacionais e econômicos se confirmem:
 Adequar as ações e responsabilidades às mudanças tecnológicas, organizacionais e
econômicas que se apresentam

177
Evolução da Ocupação

 Cumprir os aspectos ambientais, sociais e de segurança estabelecidos pelas


atualizações legais e normativas
 Buscar atualização permanentemente, de forma especial quanto às inovações
tecnológicas
 Tomar decisões, gerir e desenvolver as equipes de trabalho com base nas mudanças
organizacionais e inovações tecnológicas integradas ao contexto de trabalho
 Atuar em redes inteligentes –smart grid
Mudanças na Educação Profissional
 Formação por competências
 Atualizações relativas aos sistemas de gestão da qualidade, produtividade, saúde,
segurança e meio ambiente
 Organização e métodos de trabalho
 Utilização de outros softwares e aplicativos
 Comunicação profissional, oral e escrita
 Atendimento às mudanças tecnológicas, legais e normativas
 Rede colaborativa de ensino-aprendizagem
 Aperfeiçoamentos em novas tecnologias
 Desenvolvimento de qualidades pessoais (habilidades e atitudes)
Novos Sistemas e Métodos de Produção e Trabalho
Inovações Tecnológicas de Processo
Máquinas, equipamentos, ferramentas e instrumentos que poderão se difundir no
segmento de energia renovável no Brasil nos próximos cinco anos:
 Novas máquinas e equipamentos em função de outras formas de energia renovável
(heliotérmica, energia das ondas, das marés, das correntes)
Inovações Tecnológicas de Produto
Novos materiais que poderão se difundir no segmento de energias renováveis no Brasil
nos próximos cinco anos:
 Adequação dos equipamentos às condições climáticas
 Novos materiais para célula fotovoltaica
 Novos materiais para aerogeradores
Inovações Tecnológicas de Gestão
Sistemas da qualidade, gestão de estoques, controle e planejamento da produção que
poderão se difundir no segmento no Brasil nos próximos cinco anos:
 Sistemas de Gestão de Projetos (referência PMI, PMP)
 Sistemas para monitoramento de Máquinas e Equipamentos via web integrado ao

178
Evolução da Ocupação
controle de insumos
 Sistema de Gestão Integrada (qualidade, segurança, meio ambiente, saúde ocupacional
e responsabilidade social)
 Softwares de controle de produção
 Sistemas de simulação e ambientes virtuais de produção
 Sistema de monitoramento e rastreabilidade total
 Sistemas para leanmanufacturing
Novas Técnicas e Tecnologias de Controle de Qualidade e Inspeção
Procedimentos, testes, instrumentos e equipamentos que poderão se difundir no segmento
de energia renovável no Brasil nos próximos cinco anos:
 Sistemas de conexão e controle automático de reativos na rede
 Sistemas de comunicação inteligentes
 Smart grid
 Difusão do monitoramento da qualidade de energia
 Sistema de monitoramento de suporte da manutenção preditiva (assinatura elétrica,
vibratória, termográfica e energética)
Novas legislações ou normas (por exemplo: qualidade, comercialização, meio ambiente,
segurança e saúde no trabalho) que o segmento de energia renovável no Brasil poderá
adotar nos próximos cinco anos:
 Atualização das normas e procedimentos nacionais e internacionais vigentes
 Tradução de normas (ISO, ASME, IEEE e IEC) para o português
Mudanças na Atuação Profissional
Atividades que tendem a se tornar mais importantes
 Conexão e comutação de sistemas à rede de energia elétrica
 Monitoramento de forma mais efetiva da qualidade da energia elétrica
 Automatização do sistema
 Integração entre sistemas diferentes de energia renovável
 Apropriação de novos equipamentos
Atividades que tendem a perder a importância
 Fabricação manual de painéis fotovoltaicos
Atividades Novas
 Despacho de energia para usuários residenciais em corrente contínua
 Implantação de roteador de potência para fornecimento de energia
 Integração entre o sistema de energia renovável com a rede

179
Evolução da Ocupação
 Avaliação de recursos eólicos (características de ventos etc.)
 Novos processos na fabricação de equipamentos
 Construção de torres com novos materiais
 Construção de torres em maiores alturas
 Utilização de equipamentos de sensoriamento remoto (SODAR e LIDAR)

Formação Profissional Relacionada à Ocupação

Oferta formativa para aquisição das Competências Profissionais requeridas pela


qualificação
 Técnico em Fabricação Mecânica
 Técnico em Mecatrônica
 Técnico em Mecânica
 Técnico em Eletromecânica
 Técnico em Eletrotécnica
 Técnico em Eletrônica
 Técnico em Eletroeletrônica
 Inspetor de Fabricação
 Treinamentos específicos em empresas fabricantes e fornecedoras de máquinas e
equipamentos
 Visitas técnicas
 Estágios
 Pesquisas
 Publicações técnicas
 Feiras e eventos
 Seminários
 Cursos superiores de engenharias e tecnologias
 Especializações e aperfeiçoamentos correlatos

180
Indicação de Conhecimentos Referentes ao Perfil Profissional

Conhecimentos
 Topografia
 Metrologia
UC1:Prospectar áreas para implantação  Meteorologia (anemometria e solarimetria)
de sistemas de energia renovável, de
 Geoprocessamento
acordo com a legislação vigente e normas
aplicáveis à qualidade, à saúde, à  Comunicação de dados
segurança e ao meio ambiente.
 SPDA (Sistema de Proteção contra
Descargas Atmosféricas)
 Legislações e normas aplicáveis
 Logística aplicada

Conhecimentos
 Mecânica
 Construção civil
 Estruturas metálicas
 Desenho técnico
UC2:Projetar sistemas de pequeno porte,
de acordo com a legislação vigente e  Eletrônica potência
normas aplicáveis à qualidade, à saúde, à  Eletrotécnica
segurança e ao meio ambiente.
 Informática aplicada (softwares específicos)
 Legislações e normas aplicáveis
 Meteorologia (anemometria e solarimetria)
 Eletrônica básica
 Linguagem, códigos e suas tecnologias

Conhecimentos
 Mecânica
 Construção civil

UC3:Executar projetos de pequeno e  Estruturas metálicas


grande porte, de acordo com a legislação  Desenho técnico (simbologia etc.)
vigente e normas aplicáveis à qualidade,
à saúde, à segurança e ao meio  Eletrônica potência
ambiente.  Eletrotécnica
 Informática aplicada (softwares específicos)
 Legislações e normas aplicáveis
 Eletrônica básica

181
Indicação de Conhecimentos Referentes ao Perfil Profissional
 Linguagem, códigos e suas tecnologias

Conhecimentos
 Técnicas de manutenção
 Mecânica
 Ensaios não destrutíveis
 Construção civil
 Instrumentação e ferramental
 Tecnologia de materiais (materiais
compósitos etc.)
 QSMS
UC4:Realizar a operação e manutenção
 Estruturas metálicas
de máquinas e equipamentos, de acordo
com a legislação vigente e normas  Desenho técnico (simbologia etc.)
aplicáveis à qualidade, à saúde, à
 Eletrônica potência
segurança e ao meio ambiente.
 Eletrotécnica
 Informática aplicada (softwares específicos)
 Legislações e normas aplicáveis
 Eletrônica
 Linguagem, códigos e suas tecnologias
 Sistema de Proteção contra Descargas
Atmosféricas (SPDA)
 Proteção e controle
 Sistema Elétrico de Potência (SEP)

Conhecimentos
 Técnicas de fabricação
 Máquinas operatrizes
 Mecânica
UC5:Participar do processo de fabricação
de equipamentos, de acordo com a  Ensaios não destrutíveis
legislação vigente e normas aplicáveis à  Construção civil
qualidade, à saúde, à segurança e ao
meio ambiente.  Instrumentação e ferramental
 Processos de fabricação de compósitos
 Processos isotérmicos
 Tecnologia de materiais (materiais
compósitos etc.)

182
Indicação de Conhecimentos Referentes ao Perfil Profissional
 QSMS
 Sistema de gestão da qualidade
 Estruturas metálicas
 Desenho técnico (simbologia etc.)
 Eletrônica potência
 Eletrotécnica
 Informática aplicada (softwares específicos)
 Legislações e normas aplicáveis
 Eletrônica
 Linguagem, códigos e suas tecnologias
 Proteção e controle
 Sistema Elétrico de Potência (SEP)

183
1.5.2. Desenho Curricular
Quadro Resumo da Organização Curricular

CARGA CARGA
MÓDULOS UNIDADE CURRICULAR HORÁRIA DA HORÁRIA DO
UC MÓDULO

Fundamentos de Informação e
40h
Comunicação

Fundamentos Mecânicos 160h


Básico 400h
Fundamentos Eletroeletrônicos 160h

Fundamentos de Saúde, Meio


40h
Ambiente e Segurança

Tecnologias de Energia
80h
Renovável

Montagem de Equipamentos e
Específico I 160h 400h
Estruturas Mecânicas

Instalação de Sistemas de
160h
Energia Renovável

Operação e Manutenção de
140h
Sistemas de Energia Renovável

Específico II Fabricação de Equipamentos, 300h


100h
Componentes e Peças

Gestão de Pessoas e Processos 60h

Prospecção de Recursos de
120h
Energias Renováveis
Específico III 300h
Projetos de Sistemas de
180h
Pequeno Porte

Total 1.400h

184
Detalhamento das Unidades Curriculares
MÓDULO: BÁSICO

Perfil Profissional: Técnico em Sistemas de Energia Renovável

Unidade Curricular: Fundamentos de Informação e Comunicação

Carga Horária: 40h

Unidades de Competência:
UC1: Prospectar áreas para implantação de sistemas de energia renovável, de acordo
com a legislação vigente e normas aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao
meio ambiente.
UC2:Projetar sistemas de pequeno porte, de acordo com a legislação vigente e normas
aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio ambiente.
UC3: Executar projetos de pequeno e grande porte, de acordo com a legislação vigente e
normas aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio ambiente.
UC4:Realizar a operação e manutenção de máquinas e equipamentos, de acordo com a
legislação vigente e normas aplicadas à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio
ambiente.
UC5: Participar do processo de fabricação de equipamentos, de acordo com a legislação
vigente e normas aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio ambiente.

Objetivo Geral: Desenvolver fundamentos técnicos e científicos requeridos para


elaboração de relatórios e documentos técnicos, interpretação de procedimentos,
utilizando recursos de informática que possam viabilizar o desenvolvimento de
capacidades

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Fundamentos Técnicos e Científicos Conhecimentos

Documentos Técnicos Normas Técnicas - ABNT


 Utilizar normas técnicas para elaboração  Formatação de documentos
de documentos técnicos o Relatório
 Utilizar normas de redação técnica ao o Memorando
elaborar relatórios de atividades o Ofício
 Elaborar relatórios ao desenvolver o Requerimento
atividades técnicas o Ordem de serviço
 Registrar as intervenções em fichas de Redação Técnica
acompanhamento ou relatórios
 Descrever sistemas de tecnologias  Características e tipos de relatório
renováveis técnico
 Interpretar procedimentos  Memorial descritivo
 Realizar entrevistas  Fichas de acompanhamento de
manutenção e ensaios
 Registros de fabricação e montagem
 Planilhas

185
MÓDULO: BÁSICO

Perfil Profissional: Técnico em Sistemas de Energia Renovável

Unidade Curricular: Fundamentos de Informação e Comunicação

Carga Horária: 40h

Unidades de Competência:
UC1: Prospectar áreas para implantação de sistemas de energia renovável, de acordo
com a legislação vigente e normas aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao
meio ambiente.
UC2:Projetar sistemas de pequeno porte, de acordo com a legislação vigente e normas
aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio ambiente.
UC3: Executar projetos de pequeno e grande porte, de acordo com a legislação vigente e
normas aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio ambiente.
UC4:Realizar a operação e manutenção de máquinas e equipamentos, de acordo com a
legislação vigente e normas aplicadas à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio
ambiente.
UC5: Participar do processo de fabricação de equipamentos, de acordo com a legislação
vigente e normas aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio ambiente.

Objetivo Geral: Desenvolver fundamentos técnicos e científicos requeridos para


elaboração de relatórios e documentos técnicos, interpretação de procedimentos,
utilizando recursos de informática que possam viabilizar o desenvolvimento de
capacidades

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Fundamentos Técnicos e Científicos Conhecimentos


 Mapas
 Tabelas
 Modelos de relatórios (operação,
montagem, fabricação, ensaio,
manutenção, atividade de campo)
 Procedimentos técnicos
Técnicas de entrevista
 Forma
 Postura
Recursos de Informática  Abordagem
 Utilizar recursos de informática ao
realizar atividades técnicas
Introdução à informática
 Organizar dados em documentos,
planilhas e relatórios  Hardware
 Preservar a integridade de dados  Software

186
MÓDULO: BÁSICO

Perfil Profissional: Técnico em Sistemas de Energia Renovável

Unidade Curricular: Fundamentos de Informação e Comunicação

Carga Horária: 40h

Unidades de Competência:
UC1: Prospectar áreas para implantação de sistemas de energia renovável, de acordo
com a legislação vigente e normas aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao
meio ambiente.
UC2:Projetar sistemas de pequeno porte, de acordo com a legislação vigente e normas
aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio ambiente.
UC3: Executar projetos de pequeno e grande porte, de acordo com a legislação vigente e
normas aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio ambiente.
UC4:Realizar a operação e manutenção de máquinas e equipamentos, de acordo com a
legislação vigente e normas aplicadas à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio
ambiente.
UC5: Participar do processo de fabricação de equipamentos, de acordo com a legislação
vigente e normas aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio ambiente.

Objetivo Geral: Desenvolver fundamentos técnicos e científicos requeridos para


elaboração de relatórios e documentos técnicos, interpretação de procedimentos,
utilizando recursos de informática que possam viabilizar o desenvolvimento de
capacidades

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Fundamentos Técnicos e Científicos Conhecimentos


Sistemas operacionais
Softwares de edição de texto, planilhas e
apresentações
 Software de edição de texto
o Visão geral
o Digitação e movimentação de texto
o Nomear, gravar e encerrar seção de
trabalho
o Formatação de página, texto,
parágrafos e colunas
o Correção ortográfica e dicionário
o Inserção de quebra de página e
coluna
o Listas, marcadores e numeradores
o Figuras, objetos e tabelas
 Software de planilha eletrônica
o Visão geral

187
MÓDULO: BÁSICO

Perfil Profissional: Técnico em Sistemas de Energia Renovável

Unidade Curricular: Fundamentos de Informação e Comunicação

Carga Horária: 40h

Unidades de Competência:
UC1: Prospectar áreas para implantação de sistemas de energia renovável, de acordo
com a legislação vigente e normas aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao
meio ambiente.
UC2:Projetar sistemas de pequeno porte, de acordo com a legislação vigente e normas
aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio ambiente.
UC3: Executar projetos de pequeno e grande porte, de acordo com a legislação vigente e
normas aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio ambiente.
UC4:Realizar a operação e manutenção de máquinas e equipamentos, de acordo com a
legislação vigente e normas aplicadas à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio
ambiente.
UC5: Participar do processo de fabricação de equipamentos, de acordo com a legislação
vigente e normas aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio ambiente.

Objetivo Geral: Desenvolver fundamentos técnicos e científicos requeridos para


elaboração de relatórios e documentos técnicos, interpretação de procedimentos,
utilizando recursos de informática que possam viabilizar o desenvolvimento de
capacidades

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Fundamentos Técnicos e Científicos Conhecimentos


o Formatação de células
o Fórmulas e funções
o Classificação e filtro de dados
o Formatação condicional
o Gráficos
 Software de apresentação
o Visão geral
o Modos de exibição de slides
o Formatação de slides
o Impressão de slides
o Listas, formatação de textos, inserção
de desenhos, figuras, som
o Vídeo, inserção de gráficos,
organogramas e fluxogramas
o Slide mestre
o Efeitos de transição e animação de
slides

188
AMBIENTES PEDAGÓGICOS, COM RELAÇÃO DE EQUIPAMENTOS,
MÁQUINAS, FERRAMENTAS, INSTRUMENTOS E MATERIAIS
 Biblioteca
Ambientes Pedagógicos
 Sala de aula

Equipamentos,Ferramentas e  Computadores
Instrumentos  Multimídia

Materiais Didáticos  Apostilas e ou livros

189
MÓDULO: BÁSICO

Perfil Profissional: Técnico em Sistemas de Energia Renovável

Unidade Curricular: Fundamentos Mecânicos

Carga Horária: 160h

Unidades de Competência:
UC1: Prospectar áreas para implantação de sistemas de energia renovável, de acordo com
a legislação vigente e normas aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio
ambiente.
UC2:Projetar sistemas de pequeno porte, de acordo com a legislação vigente e normas
aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio ambiente.
UC3: Executar projetos de pequeno e grande porte, de acordo com a legislação vigente e
normas aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio ambiente.
UC4:Realizar a operação e manutenção de máquinas e equipamentos, de acordo com a
legislação vigente e normas aplicadas à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio
ambiente.
UC5: Participar do processo de fabricação de equipamentos, de acordo com a legislação
vigente e normas aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio ambiente.

Objetivo Geral: Desenvolver fundamentos técnicos e científicos requeridos para a


utilização de ferramentas, instrumentos e equipamentos, reconhecimento de materiais,
medição e interpretação de desenhos que possam viabilizar o desenvolvimento de
capacidades técnicas.

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Fundamentos Técnicos e Científicos Conhecimentos

Ferramentas, Instrumentos e Mecânica clássica


Equipamentos
 Forças
 Aplicar conceitos de mecânica clássica  Torque
 Identificar ferramentas e componentes
Elementos de máquinas aplicados
aplicados a sistemas eólicos e
fotovoltaicos  Elementos de fixação
 Selecionar ferramentas, instrumentos e o União por força
componentes de acordo com a situação o União por forma
proposta o Uniões permanentes
 Identificar a variedade de elementos de o Conexões intercambiáveis
máquinas o Conexões permanentes
 Aplicar relações de elementos de  Elementos de transmissão
transmissões  Elementos de vedação
 Identificar a diversidade dos elementos  Elementos de acoplamentos
de transmissões  Elementos de frenagem
 Reconhecer o funcionamento dos  Elementos de apoio
variadores, multiplicadores e redutores o Rolamentos

190
MÓDULO: BÁSICO

Perfil Profissional: Técnico em Sistemas de Energia Renovável

Unidade Curricular: Fundamentos Mecânicos

Carga Horária: 160h

Unidades de Competência:
UC1: Prospectar áreas para implantação de sistemas de energia renovável, de acordo com
a legislação vigente e normas aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio
ambiente.
UC2:Projetar sistemas de pequeno porte, de acordo com a legislação vigente e normas
aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio ambiente.
UC3: Executar projetos de pequeno e grande porte, de acordo com a legislação vigente e
normas aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio ambiente.
UC4:Realizar a operação e manutenção de máquinas e equipamentos, de acordo com a
legislação vigente e normas aplicadas à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio
ambiente.
UC5: Participar do processo de fabricação de equipamentos, de acordo com a legislação
vigente e normas aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio ambiente.

Objetivo Geral: Desenvolver fundamentos técnicos e científicos requeridos para a


utilização de ferramentas, instrumentos e equipamentos, reconhecimento de materiais,
medição e interpretação de desenhos que possam viabilizar o desenvolvimento de
capacidades técnicas.

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Fundamentos Técnicos e Científicos Conhecimentos


o Buchas
o Mancais
 Redutores, variadores e multiplicadores
Ferramentas
 Chaves
o Fenda
o Boca
o Combinada
o Phillips
o Sextavada
 Alicates
o Bico
o Corte
o Universal
o Prensa terminal
o Pressão
 Furadeiras

191
MÓDULO: BÁSICO

Perfil Profissional: Técnico em Sistemas de Energia Renovável

Unidade Curricular: Fundamentos Mecânicos

Carga Horária: 160h

Unidades de Competência:
UC1: Prospectar áreas para implantação de sistemas de energia renovável, de acordo com
a legislação vigente e normas aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio
ambiente.
UC2:Projetar sistemas de pequeno porte, de acordo com a legislação vigente e normas
aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio ambiente.
UC3: Executar projetos de pequeno e grande porte, de acordo com a legislação vigente e
normas aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio ambiente.
UC4:Realizar a operação e manutenção de máquinas e equipamentos, de acordo com a
legislação vigente e normas aplicadas à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio
ambiente.
UC5: Participar do processo de fabricação de equipamentos, de acordo com a legislação
vigente e normas aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio ambiente.

Objetivo Geral: Desenvolver fundamentos técnicos e científicos requeridos para a


utilização de ferramentas, instrumentos e equipamentos, reconhecimento de materiais,
medição e interpretação de desenhos que possam viabilizar o desenvolvimento de
capacidades técnicas.

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Fundamentos Técnicos e Científicos Conhecimentos


 Brocas helicoidais
 Parafusadeira
 Torquímetro
o Tipos
o Tabelas e torques
Ciência dos Materiais
 Reconhecer os tipos e as estruturas Tecnologia e tipo de materiais
dos materiais  História e desenvolvimento
 Identificar a aplicação dos diversos  Estrutura cristalina
tipos de materiais aplicados no campo  Estrutura não cristalina
eólico e fotovoltaico
 Reconhecer as propriedades Materiais ferrosos
mecânicas dos materiais ferrosos e não  Aço
ferrosos  Propriedades mecânicas
 Reconhecer as propriedades  Propriedades tecnológicas
mecânicas dos materiais compósitos,  Aplicaçõesdo aço
polímeros e cerâmica

192
MÓDULO: BÁSICO

Perfil Profissional: Técnico em Sistemas de Energia Renovável

Unidade Curricular: Fundamentos Mecânicos

Carga Horária: 160h

Unidades de Competência:
UC1: Prospectar áreas para implantação de sistemas de energia renovável, de acordo com
a legislação vigente e normas aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio
ambiente.
UC2:Projetar sistemas de pequeno porte, de acordo com a legislação vigente e normas
aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio ambiente.
UC3: Executar projetos de pequeno e grande porte, de acordo com a legislação vigente e
normas aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio ambiente.
UC4:Realizar a operação e manutenção de máquinas e equipamentos, de acordo com a
legislação vigente e normas aplicadas à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio
ambiente.
UC5: Participar do processo de fabricação de equipamentos, de acordo com a legislação
vigente e normas aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio ambiente.

Objetivo Geral: Desenvolver fundamentos técnicos e científicos requeridos para a


utilização de ferramentas, instrumentos e equipamentos, reconhecimento de materiais,
medição e interpretação de desenhos que possam viabilizar o desenvolvimento de
capacidades técnicas.

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Fundamentos Técnicos e Científicos Conhecimentos


 Comparar os diversos tipos demateriais Metais não ferrosos
para a sua melhor aplicação
 Propriedades mecânicas
 Propriedades tecnológicas
 Aplicações
Polímeros
 Propriedades mecânicas
 Propriedades tecnológicas
 Aplicações
Cerâmica
 Propriedades mecânicas
 Propriedades tecnológicas
 Aplicações
Compósitos
 Propriedades mecânicas

193
MÓDULO: BÁSICO

Perfil Profissional: Técnico em Sistemas de Energia Renovável

Unidade Curricular: Fundamentos Mecânicos

Carga Horária: 160h

Unidades de Competência:
UC1: Prospectar áreas para implantação de sistemas de energia renovável, de acordo com
a legislação vigente e normas aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio
ambiente.
UC2:Projetar sistemas de pequeno porte, de acordo com a legislação vigente e normas
aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio ambiente.
UC3: Executar projetos de pequeno e grande porte, de acordo com a legislação vigente e
normas aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio ambiente.
UC4:Realizar a operação e manutenção de máquinas e equipamentos, de acordo com a
legislação vigente e normas aplicadas à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio
ambiente.
UC5: Participar do processo de fabricação de equipamentos, de acordo com a legislação
vigente e normas aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio ambiente.

Objetivo Geral: Desenvolver fundamentos técnicos e científicos requeridos para a


utilização de ferramentas, instrumentos e equipamentos, reconhecimento de materiais,
medição e interpretação de desenhos que possam viabilizar o desenvolvimento de
capacidades técnicas.

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Fundamentos Técnicos e Científicos Conhecimentos


 Propriedades tecnológicas
 Aplicações
Figuras geométricas

Desenho Técnico Escalas

 Interpretar desenhos técnicos para Sistema de cotagem


montagem de equipamentos e estrutura Plano de corte e hachuras
mecânica
Projeções ortogonais
 Identificar diagramas para
comissionamento de equipamentos  Primeiro diedro
 Identificar escalas e unidades de  Terceiro diedro
medidas ao utilizar instrumentos de
Perspectiva
medição e interpretar desenhostécnicos
 Identificar simbologias técnicas para Isométrica
interpretação de diagramas e desenhos Vista explodida
técnicos
 Aplicar normas técnicas em desenhos Vistas detalhadas

194
MÓDULO: BÁSICO

Perfil Profissional: Técnico em Sistemas de Energia Renovável

Unidade Curricular: Fundamentos Mecânicos

Carga Horária: 160h

Unidades de Competência:
UC1: Prospectar áreas para implantação de sistemas de energia renovável, de acordo com
a legislação vigente e normas aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio
ambiente.
UC2:Projetar sistemas de pequeno porte, de acordo com a legislação vigente e normas
aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio ambiente.
UC3: Executar projetos de pequeno e grande porte, de acordo com a legislação vigente e
normas aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio ambiente.
UC4:Realizar a operação e manutenção de máquinas e equipamentos, de acordo com a
legislação vigente e normas aplicadas à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio
ambiente.
UC5: Participar do processo de fabricação de equipamentos, de acordo com a legislação
vigente e normas aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio ambiente.

Objetivo Geral: Desenvolver fundamentos técnicos e científicos requeridos para a


utilização de ferramentas, instrumentos e equipamentos, reconhecimento de materiais,
medição e interpretação de desenhos que possam viabilizar o desenvolvimento de
capacidades técnicas.

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Fundamentos Técnicos e Científicos Conhecimentos


técnicos Simbologia de tolerâncias de forma e
 Utilizar normas técnicas em desenhos posição
técnicos Simbologia de acabamento e superfície
 Utilizar e saber identificar hachuras e
cortes nos desenhos técnicos Medidas mecânicas
Metrologia Sistema de unidades
 Identificar instrumentos de medição  Sistema métrico
mecânica  Sistema inglês
 Utilizar instrumentos de medição Instrumentos de medidas
mecânica
 Identificar tipos de sistemas de medidas  Lineares
 Aplicar conversões com múltiplos e o Régua
submúltiplos o Paquímetro
 Aplicar conversões de unidades  Angulares
 Reconhecer as tolerâncias o Goniômetro
dimensionais presentes nos elementos Pressão
mecânicos de sistemas eólicos e

195
MÓDULO: BÁSICO

Perfil Profissional: Técnico em Sistemas de Energia Renovável

Unidade Curricular: Fundamentos Mecânicos

Carga Horária: 160h

Unidades de Competência:
UC1: Prospectar áreas para implantação de sistemas de energia renovável, de acordo com
a legislação vigente e normas aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio
ambiente.
UC2:Projetar sistemas de pequeno porte, de acordo com a legislação vigente e normas
aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio ambiente.
UC3: Executar projetos de pequeno e grande porte, de acordo com a legislação vigente e
normas aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio ambiente.
UC4:Realizar a operação e manutenção de máquinas e equipamentos, de acordo com a
legislação vigente e normas aplicadas à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio
ambiente.
UC5: Participar do processo de fabricação de equipamentos, de acordo com a legislação
vigente e normas aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio ambiente.

Objetivo Geral: Desenvolver fundamentos técnicos e científicos requeridos para a


utilização de ferramentas, instrumentos e equipamentos, reconhecimento de materiais,
medição e interpretação de desenhos que possam viabilizar o desenvolvimento de
capacidades técnicas.

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Fundamentos Técnicos e Científicos Conhecimentos


fotovoltaicos Vazão
Temperatura
Torque
Força
Calibrações
Tolerância dimensional, de forma e
posição

196
AMBIENTES PEDAGÓGICOS, COM RELAÇÃO DE EQUIPAMENTOS,
MÁQUINAS, FERRAMENTAS, INSTRUMENTOS E MATERIAIS

 Biblioteca
 Sala de aula
Ambientes Pedagógicos
 Laboratório de Eólica
 Laboratório Solar Fotovoltaica

Laboratório de Eólica
 Máquinas: plataformas especiais para
manutenção em aerogeradores
Equipamentos:
 Aerogeradores
 Bancadas de simulação
 Controladores de carga
 Inversores de potência off-grid e grid-tie
 Baterias estacionárias
 Turbina eólica (rotor e seus componentes:
cubo, extensores, rolamentos, pás, sistemas
de controle, para-raios)
 Nacele e seus componentes: gerador,
multiplicadores de velocidade, multiplicadores
planetários, redutores de velocidade,
rolamentos, eixos, mancais, sistemas de
transmissão, sistemas de freios, sistemas
Equipamentos,Ferramentas, hidráulicos, sistemas de giro e refrigeração
Instrumentos e Materiais  Sensores: velocidade do vento, direção do
vento, pressão atmosférica, temperatura do
ar, umidade do ar, de proximidade, de nível,
de rotação, tensão, corrente, fluxo, vibração,
posição
 Birutas
 Registradores
 Atuadores
 Circuitos hidráulicos de sistemas de controle
 Lubrificantes
 Torres
 Sistemas de controle (PLC)
 Transformadores
 Conversores de frequência
 Cabos elétricos
 Pás
 EPI e EPC

197
AMBIENTES PEDAGÓGICOS, COM RELAÇÃO DE EQUIPAMENTOS,
MÁQUINAS, FERRAMENTAS, INSTRUMENTOS E MATERIAIS
Ferramentas:
 Chaves de fenda
 Chaves Phillips
 Alicate de corte
 Alicate de bico
 Alicate prensa terminais
 Alicate universal
 Torquímetro
 Bancadas para teste de geradores elétricos
Materiais:
 Cabos
 Fios
 Conectores

Laboratório Solar Fotovoltaica


Equipamentos:
 Módulos fotovoltaicos
 Bancadas de simulação
 Controladores de carga
 Inversores de potência off-grid e grid-tie
 Baterias estacionárias (4 unidades – efetuar
associação)
 Inversores DC/AC de onda senoidal
modificada entrada 12Vcc,24Vcc e 48Vcc,
saída 127Vca ou 220Vca
 Inversores de conexão à rede entrada de
125Vcc a 480Vcc, saída 127Vca ou 220Vca
 Controladores de carga convencionais
 Controladores com PWM
 Controladores de carga PWM com MPPT
 Bomba d’água
 Painéis solares 245W (no mínimo 2
unidades), 135W(no mínimo 4 unidades),
70W, 50W, 30W, 20W, 1W
 EPI e EPC (linhas de ancoragem de 16mm,
linhas de vida, colete refletor, botas e
capacetes, equipamentos antiquedas)
 Conectores MC 4 (diversos)
 Estruturas de fixação dos módulos
fotovoltaicos e seus componentes (ganchos,
parafusos, calhas de fixação, clips, suportes e
outros)
 Cabos de ligação padrão fotovoltaico com
terminais específicos

198
AMBIENTES PEDAGÓGICOS, COM RELAÇÃO DE EQUIPAMENTOS,
MÁQUINAS, FERRAMENTAS, INSTRUMENTOS E MATERIAIS

Ferramentas:
 Chaves de fenda
 Chaves Phillips
 Alicate de corte
 Alicate de bico
 Alicate prensa terminais
 Alicate universal

Material Didático  Apostila

199
MÓDULO: BÁSICO

Perfil Profissional: Técnico em Sistemas de Energia Renovável

Unidade Curricular: Fundamentos Eletroeletrônicos

Carga Horária: 160h

Unidades de Competência:
UC1: Prospectar áreas para implantação de sistemas de energia renovável, de acordo com
a legislação vigente e normas aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio
ambiente.
UC2:Projetar sistemas de pequeno porte, de acordo com a legislação vigente e normas
aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio ambiente.
UC3: Executar projetos de pequeno e grande porte, de acordo com a legislação vigente e
nomas aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio ambiente.
UC4:Realizar a operação e manutenção de máquinas e equipamentos, de acordo com a
legislação vigente e normas aplicadas à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio
ambiente.
UC5: Participar do processo de fabricação de equipamentos, de acordo com a legislação
vigente e normas aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio ambiente.

Objetivo Geral: Desenvolver fundamentos técnicos e científicos relacionados à


eletroeletrônica quanto a simbologias, grandezas, medição, circuitos e dispositivos que
possam viabilizar o desenvolvimento de capacidades técnicas em sistemas de energia
renovável.

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Fundamentos Técnicos e Científicos Conhecimentos

Capacidades Técnicas Estrutura da matéria


 Identificar simbologias técnicas para Carga elétrica
interpretação de esquemas de ligação, Campo elétrico
diagramas e desenhos técnicos
 Identificar grandezas elétricas para Grandezas elétricas
análise de circuitos  Tensão
 Corrente
 Potência
 Resistência
 Condutância
Medidas elétricas
 Identificar escalas e unidades de  Princípios clássicos de medição
medidas ao utilizar equipamentos de  Conceitos básicos – parâmetros elétricos
medição e monitorar sistemas e magnéticos
 Utilizar instrumentos de medição elétrica  Galvanômetro
ao realizar a instalação elétrica de  Medição de tensão – princípios de
200
MÓDULO: BÁSICO

Perfil Profissional: Técnico em Sistemas de Energia Renovável

Unidade Curricular: Fundamentos Eletroeletrônicos

Carga Horária: 160h

Unidades de Competência:
UC1: Prospectar áreas para implantação de sistemas de energia renovável, de acordo com
a legislação vigente e normas aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio
ambiente.
UC2:Projetar sistemas de pequeno porte, de acordo com a legislação vigente e normas
aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio ambiente.
UC3: Executar projetos de pequeno e grande porte, de acordo com a legislação vigente e
nomas aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio ambiente.
UC4:Realizar a operação e manutenção de máquinas e equipamentos, de acordo com a
legislação vigente e normas aplicadas à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio
ambiente.
UC5: Participar do processo de fabricação de equipamentos, de acordo com a legislação
vigente e normas aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio ambiente.

Objetivo Geral: Desenvolver fundamentos técnicos e científicos relacionados à


eletroeletrônica quanto a simbologias, grandezas, medição, circuitos e dispositivos que
possam viabilizar o desenvolvimento de capacidades técnicas em sistemas de energia
renovável.

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Fundamentos Técnicos e Científicos Conhecimentos


sistemas de energia medição, instrumentos (voltímetro)
 Utilizar equipamentos de medição  Medição de corrente – princípios de
durante a operação de sistemas medição, instrumentos (amperímetro)
 Medição de resistência (ohmímetro)

 Identificar tipos de materiais Tipos de materiais


 Condutores
 Isolantes
 Semicondutores
Circuitos elétricos
 Identificar tipos de circuitos elétricos
 Associação de resistores
o Série
o Paralelo
o Misto
 Leis e teoremas
o Ohm (1ª e 2ª lei)
201
MÓDULO: BÁSICO

Perfil Profissional: Técnico em Sistemas de Energia Renovável

Unidade Curricular: Fundamentos Eletroeletrônicos

Carga Horária: 160h

Unidades de Competência:
UC1: Prospectar áreas para implantação de sistemas de energia renovável, de acordo com
a legislação vigente e normas aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio
ambiente.
UC2:Projetar sistemas de pequeno porte, de acordo com a legislação vigente e normas
aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio ambiente.
UC3: Executar projetos de pequeno e grande porte, de acordo com a legislação vigente e
nomas aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio ambiente.
UC4:Realizar a operação e manutenção de máquinas e equipamentos, de acordo com a
legislação vigente e normas aplicadas à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio
ambiente.
UC5: Participar do processo de fabricação de equipamentos, de acordo com a legislação
vigente e normas aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio ambiente.

Objetivo Geral: Desenvolver fundamentos técnicos e científicos relacionados à


eletroeletrônica quanto a simbologias, grandezas, medição, circuitos e dispositivos que
possam viabilizar o desenvolvimento de capacidades técnicas em sistemas de energia
renovável.

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Fundamentos Técnicos e Científicos Conhecimentos


o Kirchhoff
o Thevenin
o Norton
o Superposição
o Máxima transferência de potência

Elementos armazenadores de energia


 Identificar elementos armazenadores de
energia  Capacitores
 Utilizar leis e teoremas para análise de o Princípio de armazenamento
circuitos elétricos de cargas elétricas
o Associação de capacitores
o Constante de tempo
o Tipos
 Indutores
o Princípio de armazenamento de
cargas elétricas
o Associação de capacitores

202
MÓDULO: BÁSICO

Perfil Profissional: Técnico em Sistemas de Energia Renovável

Unidade Curricular: Fundamentos Eletroeletrônicos

Carga Horária: 160h

Unidades de Competência:
UC1: Prospectar áreas para implantação de sistemas de energia renovável, de acordo com
a legislação vigente e normas aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio
ambiente.
UC2:Projetar sistemas de pequeno porte, de acordo com a legislação vigente e normas
aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio ambiente.
UC3: Executar projetos de pequeno e grande porte, de acordo com a legislação vigente e
nomas aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio ambiente.
UC4:Realizar a operação e manutenção de máquinas e equipamentos, de acordo com a
legislação vigente e normas aplicadas à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio
ambiente.
UC5: Participar do processo de fabricação de equipamentos, de acordo com a legislação
vigente e normas aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio ambiente.

Objetivo Geral: Desenvolver fundamentos técnicos e científicos relacionados à


eletroeletrônica quanto a simbologias, grandezas, medição, circuitos e dispositivos que
possam viabilizar o desenvolvimento de capacidades técnicas em sistemas de energia
renovável.

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Fundamentos Técnicos e Científicos Conhecimentos


o Constante de tempo
o Tipos
Corrente alternada
 Identificar princípios e grandezas de
corrente alternada  Princípios de geração
 Grandezas e valores característicos
o Período
o Frequência
o Valor de pico
o Valor eficaz
o Valor médio
 Analisar o comportamento fasorial em Análise fasorial nas formas retangular e
circuitos de corrente alternada polar das tensões, correntes e potências
 Identificar tipos de ferramentas ao montar
ou instalar sistema de medição  Circuito RC série e paralelo
 Circuito RL série e paralelo
 Circuito RLC série e paralelo
Geração de corrente alternada

203
MÓDULO: BÁSICO

Perfil Profissional: Técnico em Sistemas de Energia Renovável

Unidade Curricular: Fundamentos Eletroeletrônicos

Carga Horária: 160h

Unidades de Competência:
UC1: Prospectar áreas para implantação de sistemas de energia renovável, de acordo com
a legislação vigente e normas aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio
ambiente.
UC2:Projetar sistemas de pequeno porte, de acordo com a legislação vigente e normas
aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio ambiente.
UC3: Executar projetos de pequeno e grande porte, de acordo com a legislação vigente e
nomas aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio ambiente.
UC4:Realizar a operação e manutenção de máquinas e equipamentos, de acordo com a
legislação vigente e normas aplicadas à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio
ambiente.
UC5: Participar do processo de fabricação de equipamentos, de acordo com a legislação
vigente e normas aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio ambiente.

Objetivo Geral: Desenvolver fundamentos técnicos e científicos relacionados à


eletroeletrônica quanto a simbologias, grandezas, medição, circuitos e dispositivos que
possam viabilizar o desenvolvimento de capacidades técnicas em sistemas de energia
renovável.

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Fundamentos Técnicos e Científicos Conhecimentos


trifásica
 Ligações
o Estrela
o Triângulo
 Potência
o Ativa
o Reativa
o Aparente
o Fator de potência
 Instrumentos de medida
o Wattímetro
o Cossímetro
o Analisador de energia
Transformadores
 Fundamentos
 Identificar as características de o Relação de transformação
transformadores elétricos  Tipos
204
MÓDULO: BÁSICO

Perfil Profissional: Técnico em Sistemas de Energia Renovável

Unidade Curricular: Fundamentos Eletroeletrônicos

Carga Horária: 160h

Unidades de Competência:
UC1: Prospectar áreas para implantação de sistemas de energia renovável, de acordo com
a legislação vigente e normas aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio
ambiente.
UC2:Projetar sistemas de pequeno porte, de acordo com a legislação vigente e normas
aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio ambiente.
UC3: Executar projetos de pequeno e grande porte, de acordo com a legislação vigente e
nomas aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio ambiente.
UC4:Realizar a operação e manutenção de máquinas e equipamentos, de acordo com a
legislação vigente e normas aplicadas à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio
ambiente.
UC5: Participar do processo de fabricação de equipamentos, de acordo com a legislação
vigente e normas aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio ambiente.

Objetivo Geral: Desenvolver fundamentos técnicos e científicos relacionados à


eletroeletrônica quanto a simbologias, grandezas, medição, circuitos e dispositivos que
possam viabilizar o desenvolvimento de capacidades técnicas em sistemas de energia
renovável.

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Fundamentos Técnicos e Científicos Conhecimentos


o Monofásicos
o Trifásicos
o Autotransformadores
o Transformadores a seco
o Transformadores a óleo
Física dos semicondutores
 Cristais de silício
 Identificar dispositivos eletrônicos  Semicondutor intrínseco
 Dopagem de semicondutores
o Dopagem N e P
 Junção PN
o Barreira de potencial
Diodos de junção
 Polarização direta e reversa
o Características elétricas
o Reta de carga

205
MÓDULO: BÁSICO

Perfil Profissional: Técnico em Sistemas de Energia Renovável

Unidade Curricular: Fundamentos Eletroeletrônicos

Carga Horária: 160h

Unidades de Competência:
UC1: Prospectar áreas para implantação de sistemas de energia renovável, de acordo com
a legislação vigente e normas aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio
ambiente.
UC2:Projetar sistemas de pequeno porte, de acordo com a legislação vigente e normas
aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio ambiente.
UC3: Executar projetos de pequeno e grande porte, de acordo com a legislação vigente e
nomas aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio ambiente.
UC4:Realizar a operação e manutenção de máquinas e equipamentos, de acordo com a
legislação vigente e normas aplicadas à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio
ambiente.
UC5: Participar do processo de fabricação de equipamentos, de acordo com a legislação
vigente e normas aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio ambiente.

Objetivo Geral: Desenvolver fundamentos técnicos e científicos relacionados à


eletroeletrônica quanto a simbologias, grandezas, medição, circuitos e dispositivos que
possam viabilizar o desenvolvimento de capacidades técnicas em sistemas de energia
renovável.

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Fundamentos Técnicos e Científicos Conhecimentos


o Ponto de operação
o Influência da temperatura
 Interpretação dos principais parâmetros
nas folhas de dados

Circuitos com diodo


 Identificar circuitos com diodos para  Retificador de meia onda
retificação e regulação de tensão o Formas de onda no diodo e na carga
o Tensão e corrente médiasna carga
 Retificador de onda completa
o Formas de onda no diodo e na carga
o Tensão e corrente médias na carga
 Retificadores com filtro capacitivo
o Formas de onda no diodo e na carga
o Tensão e corrente médias na carga
 Retificadores trifásicos
 Regulador de tensão
206
MÓDULO: BÁSICO

Perfil Profissional: Técnico em Sistemas de Energia Renovável

Unidade Curricular: Fundamentos Eletroeletrônicos

Carga Horária: 160h

Unidades de Competência:
UC1: Prospectar áreas para implantação de sistemas de energia renovável, de acordo com
a legislação vigente e normas aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio
ambiente.
UC2:Projetar sistemas de pequeno porte, de acordo com a legislação vigente e normas
aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio ambiente.
UC3: Executar projetos de pequeno e grande porte, de acordo com a legislação vigente e
nomas aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio ambiente.
UC4:Realizar a operação e manutenção de máquinas e equipamentos, de acordo com a
legislação vigente e normas aplicadas à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio
ambiente.
UC5: Participar do processo de fabricação de equipamentos, de acordo com a legislação
vigente e normas aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio ambiente.

Objetivo Geral: Desenvolver fundamentos técnicos e científicos relacionados à


eletroeletrônica quanto a simbologias, grandezas, medição, circuitos e dispositivos que
possam viabilizar o desenvolvimento de capacidades técnicas em sistemas de energia
renovável.

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Fundamentos Técnicos e Científicos Conhecimentos


o Regulador de tensão com diodo
zenner
Transistor de junção bipolar
 Introdução
 Construção
 Identificar circuitos com transistores para  Polarização (NPN e PNP)
circuitos de chaveamento, amplificação  Curvas características
de sinais e regulação de tensão  Regiões de operação
 Operação como chave
 Operação como fonte de corrente
 Operação na região ativa
 Interpretação dos principais parâmetros
nas folhas de dados
 Identificação dos terminais e
encapsulamentos
 Configuraçõesde polarização
o Base comum

207
MÓDULO: BÁSICO

Perfil Profissional: Técnico em Sistemas de Energia Renovável

Unidade Curricular: Fundamentos Eletroeletrônicos

Carga Horária: 160h

Unidades de Competência:
UC1: Prospectar áreas para implantação de sistemas de energia renovável, de acordo com
a legislação vigente e normas aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio
ambiente.
UC2:Projetar sistemas de pequeno porte, de acordo com a legislação vigente e normas
aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio ambiente.
UC3: Executar projetos de pequeno e grande porte, de acordo com a legislação vigente e
nomas aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio ambiente.
UC4:Realizar a operação e manutenção de máquinas e equipamentos, de acordo com a
legislação vigente e normas aplicadas à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio
ambiente.
UC5: Participar do processo de fabricação de equipamentos, de acordo com a legislação
vigente e normas aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio ambiente.

Objetivo Geral: Desenvolver fundamentos técnicos e científicos relacionados à


eletroeletrônica quanto a simbologias, grandezas, medição, circuitos e dispositivos que
possam viabilizar o desenvolvimento de capacidades técnicas em sistemas de energia
renovável.

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Fundamentos Técnicos e Científicos Conhecimentos


o Emissor comum
o Coletor comum
 Aplicações
o Circuitos de chaveamentos
o Amplificadores
o Regulador de tensão
 Regulador de tensão monolítico
Transistor de efeito de campo (FET)
 Introdução
 Construção
 Curvas características
 Regiões de operação
 Parâmetros
 Operação como chave analógica
 Operação como amplificador
 MOSFETs (depleção e enriquecimento)
 Comparativo: transistor bipolar versus

208
MÓDULO: BÁSICO

Perfil Profissional: Técnico em Sistemas de Energia Renovável

Unidade Curricular: Fundamentos Eletroeletrônicos

Carga Horária: 160h

Unidades de Competência:
UC1: Prospectar áreas para implantação de sistemas de energia renovável, de acordo com
a legislação vigente e normas aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio
ambiente.
UC2:Projetar sistemas de pequeno porte, de acordo com a legislação vigente e normas
aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio ambiente.
UC3: Executar projetos de pequeno e grande porte, de acordo com a legislação vigente e
nomas aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio ambiente.
UC4:Realizar a operação e manutenção de máquinas e equipamentos, de acordo com a
legislação vigente e normas aplicadas à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio
ambiente.
UC5: Participar do processo de fabricação de equipamentos, de acordo com a legislação
vigente e normas aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio ambiente.

Objetivo Geral: Desenvolver fundamentos técnicos e científicos relacionados à


eletroeletrônica quanto a simbologias, grandezas, medição, circuitos e dispositivos que
possam viabilizar o desenvolvimento de capacidades técnicas em sistemas de energia
renovável.

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Fundamentos Técnicos e Científicos Conhecimentos


FET
Tiristores
 Diodo de quatro camadas
o Analogia com transistores
 Identificar circuitos com tiristores para
o Condução e corte
aplicações de controle de potência
 Retificador controlado de silício (SCR)
o Disparo
o Condução e corte
o Características e especificações
o Folhas de dados
o FETs de potência versus SCR
o Teste do SCR
o Controle de potência
 Tiristores bidirecionais
o Diac
o Triac
o Folhas de dados

209
MÓDULO: BÁSICO

Perfil Profissional: Técnico em Sistemas de Energia Renovável

Unidade Curricular: Fundamentos Eletroeletrônicos

Carga Horária: 160h

Unidades de Competência:
UC1: Prospectar áreas para implantação de sistemas de energia renovável, de acordo com
a legislação vigente e normas aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio
ambiente.
UC2:Projetar sistemas de pequeno porte, de acordo com a legislação vigente e normas
aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio ambiente.
UC3: Executar projetos de pequeno e grande porte, de acordo com a legislação vigente e
nomas aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio ambiente.
UC4:Realizar a operação e manutenção de máquinas e equipamentos, de acordo com a
legislação vigente e normas aplicadas à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio
ambiente.
UC5: Participar do processo de fabricação de equipamentos, de acordo com a legislação
vigente e normas aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio ambiente.

Objetivo Geral: Desenvolver fundamentos técnicos e científicos relacionados à


eletroeletrônica quanto a simbologias, grandezas, medição, circuitos e dispositivos que
possam viabilizar o desenvolvimento de capacidades técnicas em sistemas de energia
renovável.

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Fundamentos Técnicos e Científicos Conhecimentos


 Transistor bipolar com porta isolada
(IGBT)
o Construção básica
o Operação de controle
o Folha de dados
Controle de potência por meio de
circuitos integrados
 Identificar topologias de circuitos para
aplicação de controle de potência  Por controle de ângulo de disparo
 Identificar tipos de conversores para  Por controle da largura de pulso
aplicação em sistemas de controle de Circuitos de PWM
potência
Fontes chaveadas
Inversores de frequência
Conversores
 CC/CC
 CC/CA

210
MÓDULO: BÁSICO

Perfil Profissional: Técnico em Sistemas de Energia Renovável

Unidade Curricular: Fundamentos Eletroeletrônicos

Carga Horária: 160h

Unidades de Competência:
UC1: Prospectar áreas para implantação de sistemas de energia renovável, de acordo com
a legislação vigente e normas aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio
ambiente.
UC2:Projetar sistemas de pequeno porte, de acordo com a legislação vigente e normas
aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio ambiente.
UC3: Executar projetos de pequeno e grande porte, de acordo com a legislação vigente e
nomas aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio ambiente.
UC4:Realizar a operação e manutenção de máquinas e equipamentos, de acordo com a
legislação vigente e normas aplicadas à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio
ambiente.
UC5: Participar do processo de fabricação de equipamentos, de acordo com a legislação
vigente e normas aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio ambiente.

Objetivo Geral: Desenvolver fundamentos técnicos e científicos relacionados à


eletroeletrônica quanto a simbologias, grandezas, medição, circuitos e dispositivos que
possam viabilizar o desenvolvimento de capacidades técnicas em sistemas de energia
renovável.

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Fundamentos Técnicos e Científicos Conhecimentos


 CA/CC
Motor
 Identificar máquinas elétricas, suas  Forma construtiva
funcionalidades, aplicações e aspectos  Escovas
construtivos para aplicação em sistemas  Coletores
de energia renovável  Torque
 Terminais
 Conexões entre bobinas
 Númerode polos e sua aplicação
Gerador
 Forma construtiva
 Operação de máquinas síncronas e
assíncronas
 Gerador em anel

211
AMBIENTES PEDAGÓGICOS, COM RELAÇÃO DE EQUIPAMENTOS,
MÁQUINAS, FERRAMENTAS, INSTRUMENTOS E MATERIAIS
 Biblioteca
 Sala de aula
Ambientes Pedagógicos
 Laboratório de Eletrônica
 Laboratório de Informática I
Laboratório de Eletrônica
Equipamentos:
 Fontes de tensão CC ajustável
 Osciloscópio
 Gerador de funções
 Varivolt
Ferramentas:
 Chaves de fenda
 Chaves Phillips
 Alicate de corte
 Alicate de bico
 Alicate universal
 Ferro de solda
 Sugador de solda
Instrumentos:
Equipamentos, Ferramentas,
Instrumentos e Materiais  Multímetro
 Alicate amperímetro
 Analisador de energia
Outros:
 Protoboard
 Pontas de prova
 Cabos
 Fios
 Solda
 Suporte para ferro de solda
Laboratório de Informática I
 Equipamentos: computadores
 Ferramentas: software de simulação de
circuitos eletrônicos
 Outros: quadro branco e caneta/marcador
para quadro branco

Material Didático  Apostila

212
MÓDULO: BÁSICO

Perfil Profissional: Técnico em Sistemas de Energia Renovável

Unidade Curricular: Fundamentos de Saúde, Meio Ambiente e Segurança

Carga Horária: 40h

Unidades de Competência:
UC1: Prospectar áreas para implantação de sistemas de energia renovável, de acordo com
a legislação vigente e normas aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio
ambiente.
UC2:Projetar sistemas de pequeno porte, de acordo com a legislação vigente e normas
aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio ambiente.
UC3: Executar projetos de pequeno e grande porte, de acordo com a legislação vigente e
normas aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio ambiente.
UC4:Realizar a operação e manutenção de máquinas e equipamentos, de acordo com a
legislação vigente e normas aplicadas à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio
ambiente.
UC5: Participar do processo de fabricação de equipamentos, de acordo com a legislação
vigente e normas aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio ambiente.

Objetivo Geral: Desenvolver capacidades técnicas, sociais, organizativas e metodológicas


requeridas para atuar nos processos de acordo com normas aplicáveis à saúde, à
segurança e ao meio ambiente.

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Fundamentos Técnicos e Científicos Conhecimentos

Capacidades Técnicas Normas regulamentadoras


 Identificar equipamentos de proteção  NR-10
individual e coletiva para liberação de  NR-33
área  NR-35
 Identificar equipamentos de proteção
Equipamentos de proteção
individual e coletiva para realizar
montagem de equipamentos e estrutura  Individual
mecânica o Tipos
 Identificar equipamentos de proteção o Utilização
individual e coletiva para realizar  Coletiva
comissionamento de equipamentos e o Tipos
estrutura mecânica o Utilização
 Identificar documento de Permissão de
Introdução à saúde e segurança do
Trabalho (PT) para liberação de área
trabalho
 Reconhecer Normas Regulamentadoras
considerando a necessidade na  A evolução da saúde e segurança no
utilização do processo de montagem ambiente de trabalho
 Reconhecer riscos do ambiente de  Dados estatísticos de morbidadee

213
MÓDULO: BÁSICO

Perfil Profissional: Técnico em Sistemas de Energia Renovável

Unidade Curricular: Fundamentos de Saúde, Meio Ambiente e Segurança

Carga Horária: 40h

Unidades de Competência:
UC1: Prospectar áreas para implantação de sistemas de energia renovável, de acordo com
a legislação vigente e normas aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio
ambiente.
UC2:Projetar sistemas de pequeno porte, de acordo com a legislação vigente e normas
aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio ambiente.
UC3: Executar projetos de pequeno e grande porte, de acordo com a legislação vigente e
normas aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio ambiente.
UC4:Realizar a operação e manutenção de máquinas e equipamentos, de acordo com a
legislação vigente e normas aplicadas à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio
ambiente.
UC5: Participar do processo de fabricação de equipamentos, de acordo com a legislação
vigente e normas aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio ambiente.

Objetivo Geral: Desenvolver capacidades técnicas, sociais, organizativas e metodológicas


requeridas para atuar nos processos de acordo com normas aplicáveis à saúde, à
segurança e ao meio ambiente.

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Fundamentos Técnicos e Científicos Conhecimentos


trabalho ao fazer análise preliminar de mortalidade de trabalhadores
risco  Saúde e segurança em instalações e
 Identificar situações de riscos e serviços em eletricidade
equipamentos de proteção individual e o NR-10
coletiva ao montar ou realizar instalação o Riscos elétricos
elétrica
Programas de apoio à prevenção do
acidente de trabalho
 Serviços em segurança e medicina do
trabalho – NR-4
 Comissão Interna de Prevenção de
Acidentes – NR-5
 Programa de controle médico de saúde
ocupacional – NR-7
 Programa de prevenção de
riscosambientais – NR-9
Segurança e saúde nos trabalhos em
espaços confinados – NR-33

214
MÓDULO: BÁSICO

Perfil Profissional: Técnico em Sistemas de Energia Renovável

Unidade Curricular: Fundamentos de Saúde, Meio Ambiente e Segurança

Carga Horária: 40h

Unidades de Competência:
UC1: Prospectar áreas para implantação de sistemas de energia renovável, de acordo com
a legislação vigente e normas aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio
ambiente.
UC2:Projetar sistemas de pequeno porte, de acordo com a legislação vigente e normas
aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio ambiente.
UC3: Executar projetos de pequeno e grande porte, de acordo com a legislação vigente e
normas aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio ambiente.
UC4:Realizar a operação e manutenção de máquinas e equipamentos, de acordo com a
legislação vigente e normas aplicadas à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio
ambiente.
UC5: Participar do processo de fabricação de equipamentos, de acordo com a legislação
vigente e normas aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio ambiente.

Objetivo Geral: Desenvolver capacidades técnicas, sociais, organizativas e metodológicas


requeridas para atuar nos processos de acordo com normas aplicáveis à saúde, à
segurança e ao meio ambiente.

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Fundamentos Técnicos e Científicos Conhecimentos


Segurança e saúde nos trabalhos em
altura – NR-35
Acidente de trabalho, doença
profissional e doença ocupacional
 Acidente de trabalho
o Elementos
o Caracterização
o Obrigações da empresa
o Procedimento
 Causas básicas de acidentes de
trabalho
o Condições inseguras
o Atos inseguros
 Doenças profissionais e
doençasocupacionais
Riscos do ambiente de trabalho
 Riscos físicos

215
MÓDULO: BÁSICO

Perfil Profissional: Técnico em Sistemas de Energia Renovável

Unidade Curricular: Fundamentos de Saúde, Meio Ambiente e Segurança

Carga Horária: 40h

Unidades de Competência:
UC1: Prospectar áreas para implantação de sistemas de energia renovável, de acordo com
a legislação vigente e normas aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio
ambiente.
UC2:Projetar sistemas de pequeno porte, de acordo com a legislação vigente e normas
aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio ambiente.
UC3: Executar projetos de pequeno e grande porte, de acordo com a legislação vigente e
normas aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio ambiente.
UC4:Realizar a operação e manutenção de máquinas e equipamentos, de acordo com a
legislação vigente e normas aplicadas à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio
ambiente.
UC5: Participar do processo de fabricação de equipamentos, de acordo com a legislação
vigente e normas aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio ambiente.

Objetivo Geral: Desenvolver capacidades técnicas, sociais, organizativas e metodológicas


requeridas para atuar nos processos de acordo com normas aplicáveis à saúde, à
segurança e ao meio ambiente.

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Fundamentos Técnicos e Científicos Conhecimentos


o Calor/frio
o Vibrações
o Ruído
o Pressões anormais
o Radiações
o Dermatoses ocupacionais
 Riscos químicos
 Riscos biológicos
 Riscos ergonômicos
Primeiros socorros

216
AMBIENTES PEDAGÓGICOS, COM RELAÇÃO DE EQUIPAMENTOS,
MÁQUINAS, FERRAMENTAS, INSTRUMENTOS E MATERIAIS

 Biblioteca
 Sala de aula
Ambientes Pedagógicos
 Laboratório de Eletrônica
 Laboratório de Informática I

Laboratório de Eletrônica
Equipamentos:
 Fontes de tensão CC ajustável
 Osciloscópio
 Gerador de funções
 Varivolt
Ferramentas:
 Chaves de fenda
 Chaves Phillips
 Alicate de corte
 Alicate de bico
 Alicate universal
 Ferro de solda
 Sugador de solda

Equipamentos, Instrumentos:
Ferramentas,  Multímetro
Instrumentos  Alicate amperímetro
 Analisador de energia
Outros:
 Protoboard
 Pontas de prova
 Cabos
 Fios
 Solda
 Suporte para ferro de solda
 Computador
 Multimídia
Laboratório de Informática I
 Equipamentos: computadores
 Ferramentas: software de simulação de circuitos eletrônicos
 Outros: quadro branco e caneta/marcador para quadro
branco
 Livros
Material Didático  Apostilas
 Normas Técnicas

217
MÓDULO: ESPECÍFICO I

Perfil Profissional: Técnico em Sistemas de Energia Renovável

Unidade Curricular: Tecnologias de Energia Renovável

Carga Horária: 80h

Unidades de Competência:
UC1: Prospectar áreas para implantação de sistemas de energia renovável, de acordo com
a legislação vigente e normas aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio
ambiente.
UC2:Projetar sistemas de pequeno porte, de acordo com a legislação vigente e normas
aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio ambiente.
UC3: Executar projetos de pequeno e grande porte, de acordo com a legislação vigente e
normas aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio ambiente.
UC4:Realizar a operação e manutenção de máquinas e equipamentos, de acordo com a
legislação vigente e normas aplicadas à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio
ambiente.
UC5: Participar do processo de fabricação de equipamentos, de acordo com a legislação
vigente e normas aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio ambiente.

Objetivo Geral: Desenvolver fundamentos tecnológicos necessários aos processos de


prospecção, instalação, montagem, operação, manutenção e fabricação de equipamentos
e sistemas de energias renováveis

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Fundamentos Técnicos e Científicos Conhecimentos

Capacidades Técnicas Conceitos básicos em sistema


fotovoltaico
 Identificar componentes de sistemas
fotovoltaicos e eólicos  Radiação solar
 Identificar tecnologias de sistemas  Massa de ar
fotovoltaicos e eólicos  Tipos de radiação solar
 Identificar instrumentos de estações  Energia solar
metrológicas o Irradiância
 Aplicar conceitos de sistema solar o Insolação
 Identificar associações de módulos  Orientação dos módulosfotovoltaicos
fotovoltaicos  Ângulo azimutal
 Identificar efeitos de sombreamento em  Movimentos da Terra
módulos fotovoltaicos  Declinação solar
 Identificar sistemas de tarifação  Altura solar
 Analisar a evolução da energia eólica e  Ângulo de incidência dos raios solares
solar no Brasil e no mundo  Instrumentos de medição solarimétrica
 Aplicar conceitos de energia eólica o Piranômetro
 Identificar tecnologias de aerogeradores o Actinógrafo
 Identificar princípios de controle e o Heliógrafo

218
MÓDULO: ESPECÍFICO I

Perfil Profissional: Técnico em Sistemas de Energia Renovável

Unidade Curricular: Tecnologias de Energia Renovável

Carga Horária: 80h

Unidades de Competência:
UC1: Prospectar áreas para implantação de sistemas de energia renovável, de acordo com
a legislação vigente e normas aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio
ambiente.
UC2:Projetar sistemas de pequeno porte, de acordo com a legislação vigente e normas
aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio ambiente.
UC3: Executar projetos de pequeno e grande porte, de acordo com a legislação vigente e
normas aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio ambiente.
UC4:Realizar a operação e manutenção de máquinas e equipamentos, de acordo com a
legislação vigente e normas aplicadas à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio
ambiente.
UC5: Participar do processo de fabricação de equipamentos, de acordo com a legislação
vigente e normas aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio ambiente.

Objetivo Geral: Desenvolver fundamentos tecnológicos necessários aos processos de


prospecção, instalação, montagem, operação, manutenção e fabricação de equipamentos
e sistemas de energias renováveis

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Fundamentos Técnicos e Científicos Conhecimentos


automação de aerogeradores o Pireliômetro
 Identificar escalas e unidades de Células e módulos fotovoltaicos
medidas meteorológicas
 Identificar textos e simbologias técnicas  Células fotovoltaicas
específicas das tecnologias eólica e  História da tecnologia fotovoltaica
solar  Tipos de células fotovoltaicas
o Silício monocristalino
o Silício policristalino
o Filmes finos
o Comparação entre as diferentes
tecnologias
 Módulo, placa ou painel fotovoltaico
 Funcionamento e características dos
módulos fotovoltaicos comerciais
o Curvas características de corrente,
tensão e potência
o Ponto de Máxima Potência – MPP
 Influência da radiação solar
 Influência da temperatura

219
MÓDULO: ESPECÍFICO I

Perfil Profissional: Técnico em Sistemas de Energia Renovável

Unidade Curricular: Tecnologias de Energia Renovável

Carga Horária: 80h

Unidades de Competência:
UC1: Prospectar áreas para implantação de sistemas de energia renovável, de acordo com
a legislação vigente e normas aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio
ambiente.
UC2:Projetar sistemas de pequeno porte, de acordo com a legislação vigente e normas
aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio ambiente.
UC3: Executar projetos de pequeno e grande porte, de acordo com a legislação vigente e
normas aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio ambiente.
UC4:Realizar a operação e manutenção de máquinas e equipamentos, de acordo com a
legislação vigente e normas aplicadas à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio
ambiente.
UC5: Participar do processo de fabricação de equipamentos, de acordo com a legislação
vigente e normas aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio ambiente.

Objetivo Geral: Desenvolver fundamentos tecnológicos necessários aos processos de


prospecção, instalação, montagem, operação, manutenção e fabricação de equipamentos
e sistemas de energias renováveis

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Fundamentos Técnicos e Científicos Conhecimentos


 Características dos módulos fotovoltaicos
comerciais
o Folha de dados
o Identificação e informações gerais
 Conjuntos ou arranjos fotovoltaicos
o Conexão de módulos em série
o Conexão de módulos em paralelo
o Conexão de módulos em série
eparalelo
 Sombreamento de módulos fotovoltaicos
o Conexões elétricas
Sistemas fotovoltaicos autônomos
 Aplicações dos sistemas
fotovoltaicosautônomos
 Componentes de um sistema fotovoltaico
autônomo
 Baterias
o Bancos de baterias

220
MÓDULO: ESPECÍFICO I

Perfil Profissional: Técnico em Sistemas de Energia Renovável

Unidade Curricular: Tecnologias de Energia Renovável

Carga Horária: 80h

Unidades de Competência:
UC1: Prospectar áreas para implantação de sistemas de energia renovável, de acordo com
a legislação vigente e normas aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio
ambiente.
UC2:Projetar sistemas de pequeno porte, de acordo com a legislação vigente e normas
aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio ambiente.
UC3: Executar projetos de pequeno e grande porte, de acordo com a legislação vigente e
normas aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio ambiente.
UC4:Realizar a operação e manutenção de máquinas e equipamentos, de acordo com a
legislação vigente e normas aplicadas à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio
ambiente.
UC5: Participar do processo de fabricação de equipamentos, de acordo com a legislação
vigente e normas aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio ambiente.

Objetivo Geral: Desenvolver fundamentos tecnológicos necessários aos processos de


prospecção, instalação, montagem, operação, manutenção e fabricação de equipamentos
e sistemas de energias renováveis

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Fundamentos Técnicos e Científicos Conhecimentos


o Tipos de baterias
o Baterias de ciclo profundo
o Vida útil da bateria
o Características das
bateriasestacionárias de chumbo ácido
 Controlador de carga
o Funções do controlador de carga
o Modo de utilização do controlador de
carga
o Principais tipos decontroladoresde
carga
 Inversor
o Princípio de funcionamento
o Modo de conexão
o Características principais dos
inversores
Sistemas fotovoltaicos conectados à rede
elétrica

221
MÓDULO: ESPECÍFICO I

Perfil Profissional: Técnico em Sistemas de Energia Renovável

Unidade Curricular: Tecnologias de Energia Renovável

Carga Horária: 80h

Unidades de Competência:
UC1: Prospectar áreas para implantação de sistemas de energia renovável, de acordo com
a legislação vigente e normas aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio
ambiente.
UC2:Projetar sistemas de pequeno porte, de acordo com a legislação vigente e normas
aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio ambiente.
UC3: Executar projetos de pequeno e grande porte, de acordo com a legislação vigente e
normas aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio ambiente.
UC4:Realizar a operação e manutenção de máquinas e equipamentos, de acordo com a
legislação vigente e normas aplicadas à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio
ambiente.
UC5: Participar do processo de fabricação de equipamentos, de acordo com a legislação
vigente e normas aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio ambiente.

Objetivo Geral: Desenvolver fundamentos tecnológicos necessários aos processos de


prospecção, instalação, montagem, operação, manutenção e fabricação de equipamentos
e sistemas de energias renováveis

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Fundamentos Técnicos e Científicos Conhecimentos


 Introdução
 Categorias de sistemas
fotovoltaicosconectados à rede
o Usinas de geração fotovoltaica
o Sistemas de minigeração fotovoltaica
o Sistemas de microgeração fotovoltaica
 Sistemas de tarifação
o Venda de energia no mercado livre
o Tarifação net metering
o Tarifação feed in
 Principais componentes dos sistemas
fotovoltaicos conectados à redeelétrica
o Módulos fotovoltaicos
o Inversores para a conexão à rede
elétrica
Situação atual da energia eólica no mundo
 Princípios
 Definição

222
MÓDULO: ESPECÍFICO I

Perfil Profissional: Técnico em Sistemas de Energia Renovável

Unidade Curricular: Tecnologias de Energia Renovável

Carga Horária: 80h

Unidades de Competência:
UC1: Prospectar áreas para implantação de sistemas de energia renovável, de acordo com
a legislação vigente e normas aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio
ambiente.
UC2:Projetar sistemas de pequeno porte, de acordo com a legislação vigente e normas
aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio ambiente.
UC3: Executar projetos de pequeno e grande porte, de acordo com a legislação vigente e
normas aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio ambiente.
UC4:Realizar a operação e manutenção de máquinas e equipamentos, de acordo com a
legislação vigente e normas aplicadas à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio
ambiente.
UC5: Participar do processo de fabricação de equipamentos, de acordo com a legislação
vigente e normas aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio ambiente.

Objetivo Geral: Desenvolver fundamentos tecnológicos necessários aos processos de


prospecção, instalação, montagem, operação, manutenção e fabricação de equipamentos
e sistemas de energias renováveis

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Fundamentos Técnicos e Científicos Conhecimentos


 Histórico
 Capacidade eólica instalada no mundo
 Taxa de crescimento mundial
 Distribuição geográfica do crescimento
 Crescimento esperado
 Capacidade projetada
 Balanço de novas fontes de energia
Estado atual e perspectivas da energia
eólica no Brasil
 Fundamentos
 Características da nova oferta
o Hidroelétrica
o Termoelétrica
 Capacidade eólica brasileira
 Situação da energia eólica no Brasil
 Complementaridade sazonal eólica-hídrica
 Fases do Brasil
o PROINFA
223
MÓDULO: ESPECÍFICO I

Perfil Profissional: Técnico em Sistemas de Energia Renovável

Unidade Curricular: Tecnologias de Energia Renovável

Carga Horária: 80h

Unidades de Competência:
UC1: Prospectar áreas para implantação de sistemas de energia renovável, de acordo com
a legislação vigente e normas aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio
ambiente.
UC2:Projetar sistemas de pequeno porte, de acordo com a legislação vigente e normas
aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio ambiente.
UC3: Executar projetos de pequeno e grande porte, de acordo com a legislação vigente e
normas aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio ambiente.
UC4:Realizar a operação e manutenção de máquinas e equipamentos, de acordo com a
legislação vigente e normas aplicadas à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio
ambiente.
UC5: Participar do processo de fabricação de equipamentos, de acordo com a legislação
vigente e normas aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio ambiente.

Objetivo Geral: Desenvolver fundamentos tecnológicos necessários aos processos de


prospecção, instalação, montagem, operação, manutenção e fabricação de equipamentos
e sistemas de energias renováveis

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Fundamentos Técnicos e Científicos Conhecimentos


o Leilões de energia
 Perspectivas
Meteorologia eólica: potencial eólico
 Definição
 Vento
o Definição
o Origem
 Tipos de vento
o Geostrófico
o Gradiente
o Modelo conceitual de circulação global
atmosférica
o Partes de um aerogerador
o Vento na superfície e camada limite
 Comprimento de rugosidade
 Lei da Potência
 Potência eólica disponível
 Potência eólica utilizável

224
MÓDULO: ESPECÍFICO I

Perfil Profissional: Técnico em Sistemas de Energia Renovável

Unidade Curricular: Tecnologias de Energia Renovável

Carga Horária: 80h

Unidades de Competência:
UC1: Prospectar áreas para implantação de sistemas de energia renovável, de acordo com
a legislação vigente e normas aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio
ambiente.
UC2:Projetar sistemas de pequeno porte, de acordo com a legislação vigente e normas
aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio ambiente.
UC3: Executar projetos de pequeno e grande porte, de acordo com a legislação vigente e
normas aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio ambiente.
UC4:Realizar a operação e manutenção de máquinas e equipamentos, de acordo com a
legislação vigente e normas aplicadas à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio
ambiente.
UC5: Participar do processo de fabricação de equipamentos, de acordo com a legislação
vigente e normas aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio ambiente.

Objetivo Geral: Desenvolver fundamentos tecnológicos necessários aos processos de


prospecção, instalação, montagem, operação, manutenção e fabricação de equipamentos
e sistemas de energias renováveis

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Fundamentos Técnicos e Científicos Conhecimentos


 Distribuição de frequência
 Distribuição de Weibull
 Curva de potência de um aerogerador
 Cálculo da potência anual gerada
 Modelagem atmosférica
o Modelo global
o Modelo de mesoescala ou regional
 Bases de dados
o Medidas locais
o Redes de coleta de dados
o Reanálises
Aerodinâmica aplicada aosaerogeradores
 Fundamentos
 Coeficiente de potência
 Razão de velocidades na pá
 Força de sustentação
 Coeficiente de potência em função do tipo
de aerogerador

225
MÓDULO: ESPECÍFICO I

Perfil Profissional: Técnico em Sistemas de Energia Renovável

Unidade Curricular: Tecnologias de Energia Renovável

Carga Horária: 80h

Unidades de Competência:
UC1: Prospectar áreas para implantação de sistemas de energia renovável, de acordo com
a legislação vigente e normas aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio
ambiente.
UC2:Projetar sistemas de pequeno porte, de acordo com a legislação vigente e normas
aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio ambiente.
UC3: Executar projetos de pequeno e grande porte, de acordo com a legislação vigente e
normas aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio ambiente.
UC4:Realizar a operação e manutenção de máquinas e equipamentos, de acordo com a
legislação vigente e normas aplicadas à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio
ambiente.
UC5: Participar do processo de fabricação de equipamentos, de acordo com a legislação
vigente e normas aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio ambiente.

Objetivo Geral: Desenvolver fundamentos tecnológicos necessários aos processos de


prospecção, instalação, montagem, operação, manutenção e fabricação de equipamentos
e sistemas de energias renováveis

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Fundamentos Técnicos e Científicos Conhecimentos


 Efeito esteira
Tecnologia dos aerogeradores
 Definição
 Evolução histórica
 Estimativa de instalações versustamanho
 Evolução do tamanho dosaerogeradores
 Princípios de funcionamento
doaerogerador
 Tipos construtivos de aerogeradores
o Posição do rotor
o Posição do eixo
o Número de pás
o Tipo de controle de potência
o Velocidade fixa ou variável
 Componentes de aerogeradores esuas
funções
o Fundação
o Torre

226
MÓDULO: ESPECÍFICO I

Perfil Profissional: Técnico em Sistemas de Energia Renovável

Unidade Curricular: Tecnologias de Energia Renovável

Carga Horária: 80h

Unidades de Competência:
UC1: Prospectar áreas para implantação de sistemas de energia renovável, de acordo com
a legislação vigente e normas aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio
ambiente.
UC2:Projetar sistemas de pequeno porte, de acordo com a legislação vigente e normas
aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio ambiente.
UC3: Executar projetos de pequeno e grande porte, de acordo com a legislação vigente e
normas aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio ambiente.
UC4:Realizar a operação e manutenção de máquinas e equipamentos, de acordo com a
legislação vigente e normas aplicadas à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio
ambiente.
UC5: Participar do processo de fabricação de equipamentos, de acordo com a legislação
vigente e normas aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio ambiente.

Objetivo Geral: Desenvolver fundamentos tecnológicos necessários aos processos de


prospecção, instalação, montagem, operação, manutenção e fabricação de equipamentos
e sistemas de energias renováveis

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Fundamentos Técnicos e Científicos Conhecimentos


o Pás
o Caixa multiplicadora
o Gerador elétrico
o Sistema de posicionamento (Yaw)
o Sistema de transmissão
o Sistema de refrigeração
o Nacele
o Sistema de controle
 Controle de potência
 Stall
 Pitch
 Stall ativo
 Sensores

Mapas e atlas de potencial energético


 Conceitos de potencial eólico e solar
 Representação de grandezas de medição
dos potenciais eólicos e solar
227
MÓDULO: ESPECÍFICO I

Perfil Profissional: Técnico em Sistemas de Energia Renovável

Unidade Curricular: Tecnologias de Energia Renovável

Carga Horária: 80h

Unidades de Competência:
UC1: Prospectar áreas para implantação de sistemas de energia renovável, de acordo com
a legislação vigente e normas aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio
ambiente.
UC2:Projetar sistemas de pequeno porte, de acordo com a legislação vigente e normas
aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio ambiente.
UC3: Executar projetos de pequeno e grande porte, de acordo com a legislação vigente e
normas aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio ambiente.
UC4:Realizar a operação e manutenção de máquinas e equipamentos, de acordo com a
legislação vigente e normas aplicadas à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio
ambiente.
UC5: Participar do processo de fabricação de equipamentos, de acordo com a legislação
vigente e normas aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio ambiente.

Objetivo Geral: Desenvolver fundamentos tecnológicos necessários aos processos de


prospecção, instalação, montagem, operação, manutenção e fabricação de equipamentos
e sistemas de energias renováveis

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Fundamentos Técnicos e Científicos Conhecimentos


 Identificar potencial energético e da
carga (memória de massa ou conta de
energia)
 Identificar recursos de informática para Iniciativa
consulta de mapas e atlas
 Conceito
 Importância e valor
 Formas de demonstrar iniciativa
Capacidades Sociais, Organizativas e  Consequências favoráveis e desfavoráveis
Metodológicas (Capacidades de
Gestão)
 Ter iniciativa ao realizar intervenções

228
AMBIENTES PEDAGÓGICOS, COM RELAÇÃO DE EQUIPAMENTOS,
MÁQUINAS, FERRAMENTAS, INSTRUMENTOS E MATERIAIS
 Biblioteca
 Sala de aula
 Laboratório de Hidráulica
 Laboratório de Pneumática
Ambientes Pedagógicos
 Laboratório de Eólica
 Laboratório Solar Fotovoltaica
 Laboratório de Instalações Elétricas
 Laboratório de Informática II
Laboratório de Hidráulica
Equipamentos:
 Unidade de Energia Hidráulica:
o Reservatório de óleo de 50l
o Motor elétrico: 3cv/220Vca, 60Hz
o Vazão 16,2 litros por minuto (lpm)
o Pressão de operação: de zero a 150bar
o Pressão máxima: 150bar
 Cilindro Hidráulico:
o Embolo: 40mm, haste: 300mm, pressão:
150bar; engates automáticos
o Embolo: 45mm, 4 estágios, telescópio
o Embolo: 40mm, diâmetro da haste: 28mm,
haste passante
 Válvulas:
o Válvula proporcional direcional 4/2,
diretamente operada com feedback elétrico de
Equipamentos,Ferramentas, posição (no mínimo 2unidades)
Instrumentos e Materiais o Válvula proporcional estranguladora – 2vias
o Válvula limitadora de pressão-proporcional
o Válvula proporcional redutora de pressão em
execução de três vias
o Válvula proporcional direcional, pilotada, 4/3,
vias com feedbackelétrico de posição e
eletrônica integrada (no mínimo 2 unidades)
 Motor hidráulico bidirecional, engrenagens, 8,6
cm3/rotação, pressão máxima; 270 bar, rotação;
4000rpm
 Eletroválvula direcional 4/2 vias com detente (no
mínimo duas unidas)
 Válvula de retenção simples, vazão 40lpm,
pressão de abertura 3 bar
 Acumulador de pressão, 1 litro, 150 bar (pressão
máxima), conexões antivazamento, engate rápido
 Manômetros, 63mm, 150 bar, pressão 1% (no
mínimo 4 unidades)
 Rotâmetros de linha, pressão máxima 241 bar,
escala de zero a 10lpm (no mínimo 2 unidades)

229
AMBIENTES PEDAGÓGICOS, COM RELAÇÃO DE EQUIPAMENTOS,
MÁQUINAS, FERRAMENTAS, INSTRUMENTOS E MATERIAIS
 Conexões tipo T (no mínimo 8 unidades)
 Cruzetas com 4 conexões macho, engate rápido
(no mínimo 8 unidades)
 Mangueiras flexíveis de 1/4”, com trama de aço,
pressão máxima 200bar (comprimentos diversos)
 Fonte de alimentação estabilizada 110/220V,
60Hz. Saída 24Vcc, 40 A
 Placa de botões de comando elétrico tipo
pulsador, contatos NA e NF
 Botão de emergência com trava de contatos NA e
NF, 5A
 Microinterruptor fim de curso (rolete mecânico)
(no mínimo 10 unidades)
 Sensores de proximidade indutivos. Distância:
20mm, 10Vcc a 30 Vcc (no mínimo 4 unidades)
 Sensores de proximidade capacitivos. Distância
50mm, 10Vcc a 30Vcc (no mínimo 4 unidades)
 Sensores ópticos. Distância: 300mm, 10Vcc a
30Vcc (no mínimo 4 unidades)
 Placas de relés auxiliares, 24Vcc, 5A(no mínimo 2
unidades)
 CLP – 20 entradas digitais, 10 entradas
analógicas.20 saídas digitais e 10 saídas
analógicas, 24Vcc (no mínimo uma unidade)
 Conjunto de cabos elétricos para conexões
Laboratório de Pneumática
Equipamentos:
 Compressor Profissional Industrial – alta pressão
(1.000 litros, pressão 145lbf – 60pes3/min, 15 HP)
 PLC Modular. Interface para 3 eixos
 18 entradas digitais, 12 entradas analógicas,12
saídas digitais, 18 saídas analógicas ou 60
pontos/digitais analógicos
 Sensores de posição magnéticos (no mínimo 8
unidades)
 Sensores capacitivos, 50mm (no mínimo 4
unidades)
 Sensores ultrassônicos, distância de zero a
3.000mm (no mínimo 4 unidades)
 Sensores de cores – diferenciadores (no mínimo
2 unidades)
 Sensores digitais de pressão (no mínimo 4
unidades)
 Flow rele de zero a 10lpm (no mínimo 2 unidades)
 Conversores de sinais (no mínimo 2 unidades)
 Unidades de conservação (no mínimo 2 unidades)

230
AMBIENTES PEDAGÓGICOS, COM RELAÇÃO DE EQUIPAMENTOS,
MÁQUINAS, FERRAMENTAS, INSTRUMENTOS E MATERIAIS
 Amplificadores de pressão (no mínimo 2
unidades)
 50 metros de tubulação pneumática de 6mm2
 100m de cabos elétricos para conexões
 Módulos de giro pneumático (270o) com
enconder(no mínimo 4 unidades)
 Cantileveraxes (no mínimo 3 unidades)
 Servo motor controllers
 Stepper motor controllers
 Motor controller
 Servo motor
 Steppermotors
 Atuador linear com régua potenciométrica.
Diâmetro de 40mm/stroke; 1.500mm
 Atuador linear com sistema de medição. Diâmetro
de 63mm/stroke;2.000mm
 Controladores de eixos – 4 eixos (no mínimo duas
unidades)
 Controladores de posicionamento eletrônico para
atuadores pneumáticos
 Reguladores de posições finais
 Sistemas analógicos de medição 2.000mm
 Sistemas analógicos de medição 1.500mm
 Válvula proporcional 5/3 vias, fechada com freio
de fixação. Vazão 200litros/min (no mínimo 4
unidades)
 Válvulas reguladoras de fluxo proporcional. Vazão
2.000 litros/min controle de 5/3 vias com
regulador eletrônico (no mínimo 4 unidades)
 Interface de sensor analógico (no mínimo 2
unidades)
 Interface de eixos (no mínimo 2 unidades)
Laboratório de Eólica
Máquinas:
 Plataformas especiais para manutenção em
aerogeradores
Equipamentos:
 Aerogeradores
 Bancadas de simulação
 Controladores de carga
 Inversores de potência off-grid e grid-tie
 Baterias estacionárias
 Turbina eólica (rotor e seus componentes: cubo,
extensores, rolamentos, pás, sistemas de
controle, para-raios)
231
AMBIENTES PEDAGÓGICOS, COM RELAÇÃO DE EQUIPAMENTOS,
MÁQUINAS, FERRAMENTAS, INSTRUMENTOS E MATERIAIS
 Nacele e seus componentes: gerador
(componentes), multiplicadores de velocidade
(componentes), multiplicadores planetários,
redutores de velocidade (componentes),
rolamentos, eixos, mancais, sistemas de
transmissão, sistemas de freios (componentes),
sistemas hidráulicos (componentes), sistemas de
giro e refrigeração
 Sensores: velocidade do vento, direção do vento,
pressão atmosférica, temperatura do ar, umidade
do ar, de proximidade, de nível, de rotação,
tensão, corrente, fluxo, vibração, posição
 Birutas
 Registradores
 Atuadores
 Circuitos hidráulicos de sistemas de controle
 Lubrificantes
 Torres
 Sistemas de controle (PLC)
 Transformadores
 Conversores de frequência
 Cabos elétricos
 Pás
 EPI
 EPC
Ferramentas:
 Chaves de fenda
 Chaves Phillips
 Alicate de corte
 Alicate de bico
 Alicate prensa terminais
 Alicate universal
 Torquímetro e bancadas para teste de geradores
elétricos
Instrumentos:
 Multímetro
 Terrômetro
 Osciloscópio
 Anemômetros
 Ultrassom
 Medidores de umidade portáteis e de bancada
 Instrumentos de radiografia
 Indicadores de rotação do motor e sequência de
fase
 Megômetros portáteis

232
AMBIENTES PEDAGÓGICOS, COM RELAÇÃO DE EQUIPAMENTOS,
MÁQUINAS, FERRAMENTAS, INSTRUMENTOS E MATERIAIS
 Medidores tipo alicate com escala em ampères
(miliampères e microampères)
 Termômetro infravermelho profissional com
campo de visão de 50:1 e montagem magnética
Materiais:
 Cabos
 Fios
 Conectores
 Materiais componentes das pás (resina epoxy,
resina poliéster, resina éster vinil,
fiberglassreinforcedplastic, parafusos)
Laboratório Solar Fotovoltaica
Equipamentos:
 Módulos fotovoltaicos
 Bancadas de simulação
 Controladores de carga
 Inversores de potência off-grid e grid-tie
 Baterias estacionárias (4 unidades – efetuar
associação)
 Inversores DC/AC de onda senoidal modificada
entrada 12Vcc, 24Vcc e 48Vcc, saída 127Vca ou
220Vca
 Inversores de conexão à rede entrada de 125Vcc
a 480Vcc, saída 127Vca ou 220Vca
 Controladores de carga convencionais
 Controladores com PWM
 Controladores de carga PWM com MPPT
 Bomba d’água
 Painéis solares 245W (no mínimo 2 unidades),
135W (no mínimo 4 unidades), 70W, 50W, 30W,
20W, 1W
 EPIe EPC (linhas de ancoragem de 16mm, linhas
de vida, colete refletor, botas e capacetes,
equipamentos antiquedas)
 Conectores MC 4 (diversos)
 Estruturas de fixação dos módulos fotovoltaicos e
seus componentes (ganchos, parafusos, calhas
de fixação, clips, suportes e outros)
 Cabos de ligação padrão fotovoltaico com
terminais específicos
Ferramentas:
 Chaves de fenda
 Chaves Phillips
 Alicate de corte

233
AMBIENTES PEDAGÓGICOS, COM RELAÇÃO DE EQUIPAMENTOS,
MÁQUINAS, FERRAMENTAS, INSTRUMENTOS E MATERIAIS
 Alicate de bico
 Alicate prensa terminais
 Alicate universal
 Spanner
 Ferramentas de montagem de conexão
 Alicate crimpador
 Câmara termográfica
 Mala de ferramentas específicas
Instrumentos:
 Megômetro
 Terrômetro
 Osciloscópio
 Multímetro digital
 Multímetro alicate (true RMS)
 Voltímetros
 Amperímetros de bancada
Materiais:
 Fios
 Conectores
 Cabos flex 70mm2 10m
 Cabos flex 12mm2 10m
 Barra de conectores
 Mangueira para bomba d’água
Laboratório de Instalações Elétricas
Máquinas:
 Motores elétricos
Equipamentos:
 CLP
 Contatores
 Botoeiras
 Inversores de frequência
Ferramentas:
 Chaves de fenda
 Chaves Phillips
 Alicate de corte
 Alicate de bico
 Alicate universal
Instrumentos:
 Multímetro
 Megômetro
 Terrômetro
234
AMBIENTES PEDAGÓGICOS, COM RELAÇÃO DE EQUIPAMENTOS,
MÁQUINAS, FERRAMENTAS, INSTRUMENTOS E MATERIAIS
 Alicate de bico redondo ou de bico cônico
 Alicate de bico de meia-cana
 Alicate de corte diagonal ou de corte lateral
 Alicate universal
 Alicate descascador de fios
 Alicate de compressão
 Chave de fenda
 Arco de serra
 Serras para metais
 Brocas
 Furadeira
 Parafusadeiras elétricas portáteis
 Canivete
 Estilete
 Talhadeira
 Ponteiro
 Limas
 Esmeril
 Maçarico a gás
 Soprador térmico
 Ferro de soldar ou soldador elétrico
 Tarraxa
 Torno comum de bancada
 Torno de encanador
 Escada
 Metro articulado
 Trena
 Fitas
 Cabos de aço para enfiação
 Ferramentas de curvar eletrodutos metálicos
rígidos
 Máquina de cortar parede
Materiais:
 Cabos
 Fios
 Quadro de comandos elétricos
 Interruptores
 Relés de impulso
 Interruptor automático por presença
 Relé fotoelétrico
 Quadro de distribuição
 Eletrodutos rígidos
 Eletrodutos metálicos flexíveis
 Eletrodutos de PVC flexíveis
 Eletrodutos corrugados de polietileno de alta

235
AMBIENTES PEDAGÓGICOS, COM RELAÇÃO DE EQUIPAMENTOS,
MÁQUINAS, FERRAMENTAS, INSTRUMENTOS E MATERIAIS
densidade (PEAD)
 Lixas
 Caixas de embutir
 Caixas aparentes
 Disjuntores termomagnéticos
 Fusíveis diversos
 Disjuntores e interruptores diferenciais residuais
(DR)
 Condutores diversos
 Dispositivos de proteção contra descargas
elétricas (SPDA)
 DPS
Laboratório de Informática II
Equipamentos:
 Computadores com configurações mínimas para
rodar os softwares aplicados
Ferramentas:
 SCADA (Sistema de Supervisão Central e
Adequação de Dados). Exemplo: SCADA de
fabricantes de aerogeradores
Instrumentos:
 Protocolos de comunicação, controle e
monitoramento de parques
 Modelos de comunicação
 Softwares dedicados
 Outros: quadro branco e caneta/marcador para
quadro branco

Material Didático  Apostila

236
MÓDULO: ESPECÍFICO I

Perfil Profissional: Técnico em Sistemas de Energia Renovável

Unidade Curricular: Montagem de Equipamentos e Estruturas Mecânicas

Carga Horária: 160h

Unidade de Competência :
UC3: Executar projetos de pequeno e grande porte, de acordo com a legislação vigente e
normas aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio ambiente.

Objetivo Geral: Desenvolver capacidades técnicas, sociais, organizativas e metodológicas


requeridas para liberar permissão de trabalho, preparar a montagem, montar, inspecionar
estruturas mecânicas e comissionar equipamentos.

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Fundamentos Técnicos e Científicos Conhecimentos

Liberação da Área de Trabalho Elaboração Análise Preliminar de Risco


 Preencher Lista de Verificação (LV) no  Análise de procedimentos e manuais de
momento da elaboração da Permissão montagem
de Trabalho (PT) ao realizar a  Riscos envolvidos
montagem de equipamentos e de  Medidas de controle
estrutura mecânica  Preenchimento da APR
 Aplicar Análise Preliminar de Risco
(APR) ao realizar montagem de Análise da avaliação de riscos e práticas
equipamentos e estrutura mecânica de segurança
 Definir equipamentos de proteção  Transporte manual de cargas
individual e coletiva ao realizar  Identificação e avaliação dos riscos
montagem de equipamentos e estrutura ligados à amarração e ao içamento da
mecânica carga
 Delimitar área de execução ao realizar
Documentação de montagem de
montagem de equipamentos e estrutura
equipamentos e estrutura mecânica
mecânica
 Disponibilizar documento de permissão
de trabalho ao realizar montagem de Movimentação de cargas
equipamentos e estrutura mecânica
 Legislação e normas aplicáveis
Preparação para Montagem
o Capacidade de carga
 Identificar máquinas e equipamentos de o Limites de tensão permissíveis
movimentação de cargas ao realizar o Intervalos de inspeção
montagem de equipamentos e estrutura o Critérios de descarte
mecânica o Avaliação de desgaste
 Selecionar ferramentas, instrumentos e Movimentação de cargas por guindastes
componentes de acordo com o projeto
ao realizar montagem de equipamentos  Acessórios: especificação, utilização e
e estrutura mecânica inspeção
o Cabos de aço

237
MÓDULO: ESPECÍFICO I

Perfil Profissional: Técnico em Sistemas de Energia Renovável

Unidade Curricular: Montagem de Equipamentos e Estruturas Mecânicas

Carga Horária: 160h

Unidade de Competência :
UC3: Executar projetos de pequeno e grande porte, de acordo com a legislação vigente e
normas aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio ambiente.

Objetivo Geral: Desenvolver capacidades técnicas, sociais, organizativas e metodológicas


requeridas para liberar permissão de trabalho, preparar a montagem, montar, inspecionar
estruturas mecânicas e comissionar equipamentos.

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Fundamentos Técnicos e Científicos Conhecimentos


oMoitão
oManilha
oEstropo
oGrampos (“clips”)
oCintas e ganchos
oOlhais de ancoragem
oDispositivos de içamento e
movimentação
o Dispositivos de montagem
 Equipamentos de movimentação de
cargas
o Guindaste
o Munk
o Empilhadeira
o Ponte rolante
o Trole
o Talha
o Tirfor

 Conformidade de materiais e componentes


 Verificar conformidade de materiais e
eventuais danos no equipamento e/ou
estruturas após o transporte ao realizar
montagem de equipamentos e estrutura
mecânica
 Monitorar a certificação de talhas e Avaliação das condições de serviço
plataforma interna de serviço ao montar  Amarração das cargas
equipamentos e estrutura mecânica  Trajeto da carga e obstáculos
 Preparar local para montagem ao  Nivelamento da máquina
realizar montagem de equipamentos e  Condições do solo
238
MÓDULO: ESPECÍFICO I

Perfil Profissional: Técnico em Sistemas de Energia Renovável

Unidade Curricular: Montagem de Equipamentos e Estruturas Mecânicas

Carga Horária: 160h

Unidade de Competência :
UC3: Executar projetos de pequeno e grande porte, de acordo com a legislação vigente e
normas aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio ambiente.

Objetivo Geral: Desenvolver capacidades técnicas, sociais, organizativas e metodológicas


requeridas para liberar permissão de trabalho, preparar a montagem, montar, inspecionar
estruturas mecânicas e comissionar equipamentos.

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Fundamentos Técnicos e Científicos Conhecimentos


estrutura mecânica  Local de patolamento
 Condições meteorológicas

Procedimentos de montagem

Montagem  Planejamento
 Técnicas de montagem
 Montar equipamentos e estrutura o Amarração
mecânica de acordo com o Operação com duas linhas de
procedimentos, projeto e requisitos da carregamento
legislação e/ou normas aplicáveis à o Operação com quatro linhas de
qualidade, à saúde, à segurança e ao carregamento
meio ambiente o Ângulo de ataque permitido
 Utilizar tabelas para identificar o Pontos de ancoragem e limite de carga
classificação de componentes na o Montagem de olhal
montagem ao realizar montagem de o Proteção de laço de corda
equipamentos e estrutura mecânica o Uso de balancim travessa
 Interpretar desenhos técnicos ao o Segurança contra folga e
realizar montagem de equipamentos e escorregamento
estrutura mecânica  Manuais de montagem e instalação
 Utilizar ferramentas, instrumentos e  Estruturas e elementos de fixação de
componentes listados no procedimento painéis fotovoltaicos
de montagem ao realizar montagem de  Estruturas e elementos de fixação de
equipamentos e estrutura mecânica aerogeradores
 Utilizar equipamentos de proteção
individual e coletiva ao realizar Técnicas de uniões
montagem de equipamentos e estrutura  União por força
mecânica  União por forma
 Uniões permanentes
 Conexões intercambiáveis

239
MÓDULO: ESPECÍFICO I

Perfil Profissional: Técnico em Sistemas de Energia Renovável

Unidade Curricular: Montagem de Equipamentos e Estruturas Mecânicas

Carga Horária: 160h

Unidade de Competência :
UC3: Executar projetos de pequeno e grande porte, de acordo com a legislação vigente e
normas aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio ambiente.

Objetivo Geral: Desenvolver capacidades técnicas, sociais, organizativas e metodológicas


requeridas para liberar permissão de trabalho, preparar a montagem, montar, inspecionar
estruturas mecânicas e comissionar equipamentos.

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Fundamentos Técnicos e Científicos Conhecimentos


 Conexões permanentes
Ajustes
 Ajuste com interferência
 Ajuste com folga
 Ajuste incerto
Acoplamentos
 Acoplamento tipo garra
 Junta cardan/junta universal
 Acoplamentos feitos de materiais
compósitos
Sistemas de freio
 Hidráulico
 Elétrico no rotor e no yaw
Sistema de aquecimento e resfriamento
 Caixa de engrenagem
 Gerador
 Nacele
 Painel de controle
Sistemas hidráulicos
 Princípios físicos
o Pressão e vazão volumétrica
o Medidas
o Cálculos
 Componentes
o Mangueiras
o Tubulações
240
MÓDULO: ESPECÍFICO I

Perfil Profissional: Técnico em Sistemas de Energia Renovável

Unidade Curricular: Montagem de Equipamentos e Estruturas Mecânicas

Carga Horária: 160h

Unidade de Competência :
UC3: Executar projetos de pequeno e grande porte, de acordo com a legislação vigente e
normas aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio ambiente.

Objetivo Geral: Desenvolver capacidades técnicas, sociais, organizativas e metodológicas


requeridas para liberar permissão de trabalho, preparar a montagem, montar, inspecionar
estruturas mecânicas e comissionar equipamentos.

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Fundamentos Técnicos e Científicos Conhecimentos


o Válvulas
o Conectores
o Cilindros
 Documentos técnicos
o Diagramas esquemáticos
o Diagrama de blocos
o Circuitos
 Montagem de sistemas
o Mangueiras
o Tubulações
o Válvulas
o Conectores
 Óleos hidráulicos
o Função e propriedade dos óleos
o Análise da amostra de óleo
o Marcação e rotulação
 Propriedade dos sistemas
o Pressão de estanqueidade
o Temperatura
o Funções de segurança
 Instalação de unidades de energia
hidráulica
o Nível de óleo
o Troca de óleo
o Checagem de vazamentos
o Motor e bomba
o Acumulador
 Instalação de cilindros hidráulicos
 Instalação de unidades auxiliares e
conexões
o Mangueiras

241
MÓDULO: ESPECÍFICO I

Perfil Profissional: Técnico em Sistemas de Energia Renovável

Unidade Curricular: Montagem de Equipamentos e Estruturas Mecânicas

Carga Horária: 160h

Unidade de Competência :
UC3: Executar projetos de pequeno e grande porte, de acordo com a legislação vigente e
normas aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio ambiente.

Objetivo Geral: Desenvolver capacidades técnicas, sociais, organizativas e metodológicas


requeridas para liberar permissão de trabalho, preparar a montagem, montar, inspecionar
estruturas mecânicas e comissionar equipamentos.

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Fundamentos Técnicos e Científicos Conhecimentos


o Linhas
o Acessórios
o Conexões
o Elementos de fixação
o Filtros
 Instalação de acumuladores
o Acumulador de diafragma
o Acumulador de pistão
Normas técnicas de montagem,
instalação, inspeção e comissionamento
de sistemas de energias renováveis (NBR
 Aplicar normas técnicas ao seguir 6120, NBR 6123, NBR 8800, NBR 8681,
procedimentos de montagem NBR 6355 e NBR 5884)
 Utilizar normas para aplicar nos  Referências
procedimentos de comissionamento  Aplicação
Técnicas de torqueamento
 Parafusos
 Aplicar técnicas de torqueamento para o Tipos de parafusos eporcas
realizar montagem de equipamentos e o Tipos de rosca
estruturas o Classes de parafusos
o Propriedades de materiais
o Fadiga e curva tensão-ciclos
o Inspeção de parafusos
 Uniões aparafusadas
o Características
o Uniões aparafusadas em estruturas
metálicas
o Influência das imperfeições
o Conexão pá-cubo

242
MÓDULO: ESPECÍFICO I

Perfil Profissional: Técnico em Sistemas de Energia Renovável

Unidade Curricular: Montagem de Equipamentos e Estruturas Mecânicas

Carga Horária: 160h

Unidade de Competência :
UC3: Executar projetos de pequeno e grande porte, de acordo com a legislação vigente e
normas aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio ambiente.

Objetivo Geral: Desenvolver capacidades técnicas, sociais, organizativas e metodológicas


requeridas para liberar permissão de trabalho, preparar a montagem, montar, inspecionar
estruturas mecânicas e comissionar equipamentos.

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Fundamentos Técnicos e Científicos Conhecimentos


o Esforços em uniões de aerogeradores
o Verificação de uniões aparafusadas
 Torqueamento
o Princípios do torque
o Unidades de torque
o Técnicas de torqueamento
o Pré-carga
o Sequência de torqueamento
o Coeficiente de atrito
o Influência da lubrificação
o Métodos de medição
 Torquímetros
o Ferramentas manuais
o Pneumáticos
o Hidráulicos
o Princípios de hidráulica
o Posicionamento da ferramenta
o Força de destorque
 Inspecionar talha e plataforma interna
de serviço através de avaliação visual,
antes do início de cada atividade, ao Inspeção visual (conforme NR 11)
montar equipamentos e estrutura
mecânica  Pontos a observar
 Interpretar desenhos técnicos ao  Condições
realizar a inspeção de estruturas
mecânicas
Comissionamento
 Manuais de comissionamento de
 Utilizar equipamentos de proteção equipamentos mecânicos
individual e coletiva ao realizar o Procedimentos
inspeção ou comissionamento o Tabela de valores de referência

243
MÓDULO: ESPECÍFICO I

Perfil Profissional: Técnico em Sistemas de Energia Renovável

Unidade Curricular: Montagem de Equipamentos e Estruturas Mecânicas

Carga Horária: 160h

Unidade de Competência :
UC3: Executar projetos de pequeno e grande porte, de acordo com a legislação vigente e
normas aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio ambiente.

Objetivo Geral: Desenvolver capacidades técnicas, sociais, organizativas e metodológicas


requeridas para liberar permissão de trabalho, preparar a montagem, montar, inspecionar
estruturas mecânicas e comissionar equipamentos.

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Fundamentos Técnicos e Científicos Conhecimentos


 Realizar inspeção de equipamentos de  Inspeção
fixação ao montar equipamentos e o Inclinação
estrutura mecânica o Torqueamento
 Utilizar tabelas para identificar o Junção
parâmetros de qualidade e referência o Balanceamento
na realização do comissionamento ao o Nivelamento
realizar montagem de equipamentos e o Prumo
estrutura mecânica o Alinhamento de acoplamentos e
 Selecionar instrumentos de acordo com mancais
o procedimento de inspeção ou o Inspeção de pintura
comissionamento ao realizar montagem
de equipamentos e estrutura mecânica

Teste funcional
 Testar equipamento conforme
procedimento ao realizar montagem de  Funcionamento lógico
equipamentos e estrutura mecânica  Selos
 Inspecionar estrutura mecânica  Conexões
conforme procedimento ao realizar  Mangueiras
montagem de equipamentos e estrutura  Checagem de vazamentos
mecânica
Ensaios e verificações mecânicas
 Utilizar instrumentos listados no
procedimento de inspeção ou  Torqueamento
comissionamento ao realizar montagem  Vibração
de equipamentos e estrutura mecânica  Balanceamento
Pré-comissionamento dos
servomecanismos
 Sistema hidráulico
 Sistema eletromecânico

244
MÓDULO: ESPECÍFICO I

Perfil Profissional: Técnico em Sistemas de Energia Renovável

Unidade Curricular: Montagem de Equipamentos e Estruturas Mecânicas

Carga Horária: 160h

Unidade de Competência :
UC3: Executar projetos de pequeno e grande porte, de acordo com a legislação vigente e
normas aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio ambiente.

Objetivo Geral: Desenvolver capacidades técnicas, sociais, organizativas e metodológicas


requeridas para liberar permissão de trabalho, preparar a montagem, montar, inspecionar
estruturas mecânicas e comissionar equipamentos.

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Fundamentos Técnicos e Científicos Conhecimentos


 Preencher documentação técnica ao
término da montagem de equipamentos
e estrutura mecânica Relatório de montagem (estudo de caso)

Capacidades Sociais, Organizativas e


Metodológicas (Capacidades de Trabalho e profissionalismo
Gestão)
 Administração do tempo
 Assumir responsabilidades  Autonomia e iniciativa
 Ser proativo  Inovação, flexibilidade e tecnologia
 Manter sigilo com dados coletados
 Manter atenção concentrada Desenvolvimento profissional
Autoempreendedorismo
 Características empreendedoras
 Atitudes empreendedoras
 Autorresponsabilidade e
empreendedorismo
 Construção da missão pessoal
 Valores do empreendedor
 Persistência
 Comprometimento
 Persuasão e rede de contatos
 Independência e autoconfiança
 Cooperação como ferramenta de
desenvolvimento
Ética
 Código de conduta
 Respeito às individualidades pessoais

245
MÓDULO: ESPECÍFICO I

Perfil Profissional: Técnico em Sistemas de Energia Renovável

Unidade Curricular: Montagem de Equipamentos e Estruturas Mecânicas

Carga Horária: 160h

Unidade de Competência :
UC3: Executar projetos de pequeno e grande porte, de acordo com a legislação vigente e
normas aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio ambiente.

Objetivo Geral: Desenvolver capacidades técnicas, sociais, organizativas e metodológicas


requeridas para liberar permissão de trabalho, preparar a montagem, montar, inspecionar
estruturas mecânicas e comissionar equipamentos.

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Fundamentos Técnicos e Científicos Conhecimentos


 Ética nas relações interpessoais
 Ética nos relacionamentos profissionais
 Ética no desenvolvimento das atividades
profissionais
 Código de ética profissional
 Senso moral
 Consciência moral
 Cultura, história e dilema
 Cidadania
 Comportamento social
 Direitos e deveres individuais e coletivas
 Valores pessoais e universais
 Impacto da falta de ética ao país: pirataria
e impostos
Virtudes profissionais: conceitos e valor
 Responsabilidade
 Iniciativa
 Honestidade
 Sigilo
 Prudência
 Perseverança
 Imparcialidade

246
AMBIENTES PEDAGÓGICOS, COM RELAÇÃO DE EQUIPAMENTOS,
MÁQUINAS, FERRAMENTAS, INSTRUMENTOS E MATERIAIS
 Biblioteca
 Sala de aula
Ambientes Pedagógicos
 Laboratório de Hidráulica
 Laboratório de Pneumática
Laboratório de Hidráulica
Equipamentos:
 Unidade de Energia Hidráulica:
o Reservatório de óleo de 50l
o Motor elétrico: 3cv/220Vca, 60Hz
o Vazão 16,2 litros por minuto (lpm)
o Pressão de operação: de zero a 150bar
o Pressão máxima: 150bar
 Cilindro Hidráulico:
o Embolo: 40mm, haste: 300mm, pressão:
150bar; engates automáticos
o Embolo: 45mm, 4 estágios, telescópio
o Embolo: 40mm, diâmetro da haste: 28mm,
haste passante
 Válvulas:
o Válvula proporcional direcional 4/2,
diretamente operada com feedback elétrico
de posição (no mínimo 2unidades)
o Válvula proporcional estranguladora –
Equipamentos,Ferramentas, 2vias
Instrumentos e Materiais o Válvula limitadora de pressão-proporcional
o Válvula proporcional redutora de pressão
em execução de três vias
o Válvula proporcional direcional, pilotada,
4/3, vias com feedbackelétrico de posição
e eletrônica integrada (no mínimo 2
unidades)
 Motor hidráulico bidirecional, engrenagens,
8,6 cm3/rotação, pressão máxima; 270 bar,
rotação; 4000rpm
 Eletroválvula direcional 4/2 vias com detente
(no mínimo duas unidas)
 Válvula de retenção simples, vazão 40lpm,
pressão de abertura 3 bar
 Acumulador de pressão, 1 litro, 150 bar
(pressão máxima), conexões antivazamento,
engate rápido
 Manômetros, 63mm, 150 bar, pressão 1% (no
mínimo 4 unidades)
 Rotâmetros de linha, pressão máxima 241
bar, escala de zero a 10lpm (no mínimo 2
unidades)

247
AMBIENTES PEDAGÓGICOS, COM RELAÇÃO DE EQUIPAMENTOS,
MÁQUINAS, FERRAMENTAS, INSTRUMENTOS E MATERIAIS
 Conexões tipo T (no mínimo 8 unidades)
 Cruzetas com 4 conexões macho, engate
rápido (no mínimo 8 unidades)
 Mangueiras flexíveis de 1/4”, com trama de
aço, pressão máxima 200bar (comprimentos
diversos)
 Fonte de alimentação estabilizada 110/220V,
60Hz. Saída 24Vcc, 40 A
 Placa de botões de comando elétrico tipo
pulsador, contatos NA e NF
 Botão de emergência com trava de contatos
NA e NF, 5A
 Microinterruptor fim de curso (rolete
mecânico) (no mínimo 10 unidades)
 Sensores de proximidade indutivos. Distância:
20mm, 10Vcc a 30 Vcc (no mínimo 4
unidades)
 Sensores de proximidade capacitivos.
Distância 50mm, 10Vcc a 30Vcc (no mínimo 4
unidades)
 Sensores ópticos. Distância: 300mm, 10Vcc a
30Vcc (no mínimo 4 unidades)
 Placas de relés auxiliares, 24Vcc, 5A(no
mínimo 2 unidades)
 CLP – 20 entradas digitais, 10 entradas
analógicas.20 saídas digitais e 10 saídas
analógicas, 24Vcc (no mínimo uma unidade)
 Conjunto de cabos elétricos para conexões
Laboratório de Pneumática
Equipamentos:
 Compressor Profissional Industrial – alta
pressão (1.000 litros, pressão 145lbf –
60pes3/min, 15 HP)
 PLC Modular. Interface para 3 eixos
 18 entradas digitais, 12 entradas
analógicas,12 saídas digitais, 18 saídas
analógicas ou 60 pontos/digitais analógicos
 Sensores de posição magnéticos (no mínimo
8 unidades)
 Sensores capacitivos, 50mm (no mínimo 4
unidades)
 Sensores ultrassônicos, distância de zero a
3.000mm (no mínimo 4 unidades)
 Sensores de cores – diferenciadores (no
mínimo 2 unidades)
 Sensores digitais de pressão (no mínimo 4

248
AMBIENTES PEDAGÓGICOS, COM RELAÇÃO DE EQUIPAMENTOS,
MÁQUINAS, FERRAMENTAS, INSTRUMENTOS E MATERIAIS
unidades)
 Flow rele de zero a 10lpm (no mínimo 2
unidades)
 Conversores de sinais (no mínimo 2
unidades)
 Unidades de conservação (no mínimo 2
unidades)
 Amplificadores de pressão (no mínimo 2
unidades)
 50 metros de tubulação pneumática de 6mm2
 100m de cabos elétricos para conexões
 Módulos de giro pneumático (270o) com
enconder(no mínimo 4 unidades)
 Cantileveraxes (no mínimo 3 unidades)
 Servo motor controllers
 Stepper motor controllers
 Motor controller
 Servo motor
 Steppermotors
 Atuador linear com régua potenciométrica.
Diâmetro de 40mm/stroke; 1.500mm
 Atuador linear com sistema de medição.
Diâmetro de 63mm/stroke;2.000mm
 Controladores de eixos – 4 eixos (no mínimo
duas unidades)
 Controladores de posicionamento eletrônico
para atuadores pneumáticos
 Reguladores de posições finais
 Sistemas analógicos de medição 2.000mm
 Sistemas analógicos de medição 1.500mm
 Válvula proporcional 5/3 vias, fechada com
freio de fixação. Vazão 200litros/min (no
mínimo 4 unidades)
 Válvulas reguladoras de fluxo proporcional.
Vazão 2.000 litros/min controle de 5/3 vias
com regulador eletrônico (no mínimo 4
unidades)
 Interface de sensor analógico (no mínimo 2
unidades)
 Interface de eixos (no mínimo 2 unidades)
Material Didático  Apostila

249
MÓDULO: ESPECÍFICO I

Perfil Profissional: Técnico em Sistemas de Energia Renovável

Unidade Curricular: Instalação de Sistemas de Energia Renovável

Carga Horária:160h

Unidade de Competência:
UC3: Executar projetos de pequeno e grande porte, de acordo com a legislação vigente e
normas aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio ambiente.

Objetivo Geral: Desenvolver capacidades técnicas, sociais, organizativas e metodológicas


requeridas para liberar permissão de trabalho e seguir procedimentos de instalação elétrica
de sistemas de energia.

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Fundamentos Técnicos e Científicos Conhecimentos

Liberação da Área de Trabalho Elaboração Análise Preliminar de Risco


 Aplicar Análise Preliminar de Risco (APR)  Análise de procedimento de trabalho
para liberar permissão de trabalho ao  Riscos envolvidos
realizar instalação elétrica  Medidas de controle
 Preencher Lista de Verificação (LV) no  Preenchimento da APR
momento da elaboração da Permissão de
Trabalho (PT) ao realizar instalação Documentação de instalações elétricas
elétrica
 Definir equipamentos de proteção
Esquemas elétricos de sistemas eólicos
individual e coletivo para liberar permissão
e fotovoltaicos
de trabalho ao realizar instalação elétrica
 Delimitar área de execução para liberar  Simbologia
permissão de trabalho ao realizar  Diagrama
instalação elétrica o Unifilar
 Disponibilizar documento de permissão de o Multifilar
trabalho ao realizar instalação elétrica o De blocos
 Leiaute de montagem
Ligação de Equipamentos
Condutores e cabos elétricos
 Interpretar esquemas de ligação de
equipamentos e instrumentos para realizar  Características de construção
instalação elétrica o Tipos de condutores
 Interligar equipamentos e instrumentos o Tipos de isolamentos
através de cabos conforme requisitos da  Capacidade de condução de
legislação, procedimentos, especificações corrente
técnicas e normas aplicáveis à qualidade,  Flexibilidade do condutor
à saúde e à segurança durante a o Padrão de cores
instalação de sistemas de pequeno e  Corrente alternada
grande porte  Corrente contínua
 Utilizar ferramentas manuais adequadas  Dispositivos de proteção
ao realizar a instalação elétrica de o Disjuntores

250
MÓDULO: ESPECÍFICO I

Perfil Profissional: Técnico em Sistemas de Energia Renovável

Unidade Curricular: Instalação de Sistemas de Energia Renovável

Carga Horária:160h

Unidade de Competência:
UC3: Executar projetos de pequeno e grande porte, de acordo com a legislação vigente e
normas aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio ambiente.

Objetivo Geral: Desenvolver capacidades técnicas, sociais, organizativas e metodológicas


requeridas para liberar permissão de trabalho e seguir procedimentos de instalação elétrica
de sistemas de energia.

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Fundamentos Técnicos e Científicos Conhecimentos


sistemas de energia o Fusíveis
o DPS
o Interruptor Diferencial Residual (DR)
 Aterramento
o Tipos
o Eletrodos de aterramento
o Malha de aterramento
o Equipotencialização
 De infraestruturas
 De equipamentos
o Terrômetro
 Condutos
o Eletrodutos
o Acessórios de condutos
 Conectores e terminais
o Tipos
o Aplicação
o Conectores específicos: MC4
o Crimpagem de terminais

 Utilizar equipamentos de proteção Equipamentos de proteção


individual e coletiva ao realizar a
instalação elétrica de sistemas de energia Utilização de EPI e EPC (prática de
escalada em torres, estruturas, montagem
de estruturas, amarração etc.)

 Aplicar procedimentos de instalação ao Projeto solar fotovoltaico e eólico de


realizar instalação elétrica pequeno porte
 Preparação das condições necessárias

251
MÓDULO: ESPECÍFICO I

Perfil Profissional: Técnico em Sistemas de Energia Renovável

Unidade Curricular: Instalação de Sistemas de Energia Renovável

Carga Horária:160h

Unidade de Competência:
UC3: Executar projetos de pequeno e grande porte, de acordo com a legislação vigente e
normas aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio ambiente.

Objetivo Geral: Desenvolver capacidades técnicas, sociais, organizativas e metodológicas


requeridas para liberar permissão de trabalho e seguir procedimentos de instalação elétrica
de sistemas de energia.

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Fundamentos Técnicos e Científicos Conhecimentos


à instalação
o Sinalização
o Isolamento de área
o Uso de EPI e EPC
o Seleção de materiais, equipamentos
e ferramentas
 Instalação de sistemas fotovoltaicos e
eólicos
o Isolados
o Conectados à rede
 Normas (padrões técnicos de
instalação) aplicadas à microgeração
o PRODIST – Programa de
Distribuição (ANEEL) – Análise
Básica
o Padrões e procedimentos de
conexão elétrica da concessionária
local
 Instalação de aerogeradores conforme
projeto eólico de grande porte
o Circuito elétrico principal
 Descrição básica dos circuitos e
equipamentos
 Geradores elétricos
 Disjuntores e fusíveis
 Inversores de frequência
 Transformadores
 Chaves seccionadoras
 Relés
 Cabos

252
MÓDULO: ESPECÍFICO I

Perfil Profissional: Técnico em Sistemas de Energia Renovável

Unidade Curricular: Instalação de Sistemas de Energia Renovável

Carga Horária:160h

Unidade de Competência:
UC3: Executar projetos de pequeno e grande porte, de acordo com a legislação vigente e
normas aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio ambiente.

Objetivo Geral: Desenvolver capacidades técnicas, sociais, organizativas e metodológicas


requeridas para liberar permissão de trabalho e seguir procedimentos de instalação elétrica
de sistemas de energia.

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Fundamentos Técnicos e Científicos Conhecimentos


 Utilizar sistemas de acionamento e Circuito de controle
controle ao realizar instalação elétrica
 Estratégias de controle
 Comandos e acionamentos elétricos
 Dispositivos de acionamento e controle
 Interface Homem Máquina (IHM)
 Sensores
 Filtros
 Utilizar sistemas de controle empregando Controladores Lógicos Programáveis
controladores lógicos programáveis ao (CLP)
realizar instalação elétrica
 Sistemas de numeração binário e
hexadecimal
 Arquitetura
 Linguagem de programação
 Instruções de contato
 Instruções de temporização
 Instruções de contagem
 Circuitos auxiliares
o Sistema de Proteção contra
Descarga Atmosférica (SPDA)
o Aterramento de proteção
o UPS (Sistema de Alimentação
Ininterrupta)
o Sistema de combate a incêndio
o Sistema de sinalização de
obstáculos aéreos
o Circuitos de içamento interno:
elevadores e talha
 Sistema de comunicação
o Normas e protocolos de
253
MÓDULO: ESPECÍFICO I

Perfil Profissional: Técnico em Sistemas de Energia Renovável

Unidade Curricular: Instalação de Sistemas de Energia Renovável

Carga Horária:160h

Unidade de Competência:
UC3: Executar projetos de pequeno e grande porte, de acordo com a legislação vigente e
normas aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio ambiente.

Objetivo Geral: Desenvolver capacidades técnicas, sociais, organizativas e metodológicas


requeridas para liberar permissão de trabalho e seguir procedimentos de instalação elétrica
de sistemas de energia.

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Fundamentos Técnicos e Científicos Conhecimentos


comunicação
o Supervisórios
 Instalação de rede coletora (rede de
distribuição interna) conforme plano de
instalação de projeto eólico de grande
porte
o Definição
o Processos de instalação e testes
 Subterrânea
 Aérea
 Teste de resistência de
isolamento (megômetro)
 Teste de tensão aplicada (Hipot)
 Terminações e emendas em
cabos de média tensão
 Instalação de subestação conforme
plano de instalação de projeto eólico de
grande porte
o Tipos em relação à função no
sistema elétrico
 Transformadora
 Seccionadora, de manobra ou
chaveamento
o Tipos em relação ao meio ambiente
 Externa ou tempo
 Interna ou abrigada
o Principais equipamentos
 De transformação: transformador
de força, de aterramento, para
instrumentos
 De manobra: disjuntores e

254
MÓDULO: ESPECÍFICO I

Perfil Profissional: Técnico em Sistemas de Energia Renovável

Unidade Curricular: Instalação de Sistemas de Energia Renovável

Carga Horária:160h

Unidade de Competência:
UC3: Executar projetos de pequeno e grande porte, de acordo com a legislação vigente e
normas aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio ambiente.

Objetivo Geral: Desenvolver capacidades técnicas, sociais, organizativas e metodológicas


requeridas para liberar permissão de trabalho e seguir procedimentos de instalação elétrica
de sistemas de energia.

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Fundamentos Técnicos e Científicos Conhecimentos


chaves seccionadoras
 Para compensação de reativos:
reator de derivação ou série,
capacitor de derivação ou série,
compensadores síncronos e
estáticos
 Equipamentos de proteção: para-
raios, relé de proteção, fusíveis
 Equipamentos de medição:
acumuladores e indicadores
o Circuitos auxiliares
 Grupo gerador acionado por
motor diesel
 Retificador e banco de baterias
 Sistema de combate a incêndio
 Sistema de sinalização:
iluminação interna e de
emergência
o Sistema de proteção
 Sistema de Proteção contra
Descarga Atmosférica (SPDA)
 Aterramento
 Relés
 Utilizar instrumentos de medição elétrica Características operacionais de
ao realizar a instalação elétrica de medidas elétricas e magnéticas
sistemas de energia  Noções fundamentais
 Medidas e erros
 Normas técnicas
Medidores de energia elétrica

255
MÓDULO: ESPECÍFICO I

Perfil Profissional: Técnico em Sistemas de Energia Renovável

Unidade Curricular: Instalação de Sistemas de Energia Renovável

Carga Horária:160h

Unidade de Competência:
UC3: Executar projetos de pequeno e grande porte, de acordo com a legislação vigente e
normas aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio ambiente.

Objetivo Geral: Desenvolver capacidades técnicas, sociais, organizativas e metodológicas


requeridas para liberar permissão de trabalho e seguir procedimentos de instalação elétrica
de sistemas de energia.

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Fundamentos Técnicos e Científicos Conhecimentos


monofásica e trifásica
 Transformadores para instrumentos:
TCs e TPs
 Transformadores de corrente e de
potencial
 Medição de energia elétrica em baixa e
alta tensão
 Medição de qualidade de energia
 Medição de isolamento de cabos
 Medição de resistividade do solo
 Resistência de aterramento
 Teste de tensão aplicada
 Aplicar procedimentos de bloqueio
sinalizado ao realizar a instalação elétrica
de sistemas de energia  Tópicos sobre procedimentos
debloqueio conforme NR-10

 Aplicar normas técnicas ao seguir


Normas ABNT aplicáveis aos sistemas
procedimentos de instalação elétrica de
de energia NBR 5410 e NBR 14039
sistemas de energia
 Referências
 Aplicação
 Inspecionar talha e plataforma interna de
serviço através de avaliação visual antes Inspeção visual
do início de cada atividade ao realizar a  Pontos a observar
instalação elétrica de sistemas de energia o Sensor de sobrecarga para guinchos
grandes
o Dispositivos para evitar que a carga
entre em contato com o
equipamento, saia do lugar ou se

256
MÓDULO: ESPECÍFICO I

Perfil Profissional: Técnico em Sistemas de Energia Renovável

Unidade Curricular: Instalação de Sistemas de Energia Renovável

Carga Horária:160h

Unidade de Competência:
UC3: Executar projetos de pequeno e grande porte, de acordo com a legislação vigente e
normas aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio ambiente.

Objetivo Geral: Desenvolver capacidades técnicas, sociais, organizativas e metodológicas


requeridas para liberar permissão de trabalho e seguir procedimentos de instalação elétrica
de sistemas de energia.

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Fundamentos Técnicos e Científicos Conhecimentos


choque com outro equipamento
o Freios para os controles dos
acessórios de içar
o Ganchos com travas para que o
olhal ou laço do cabo não
escorregue

Comissionamento
 Comissionar sistemas e equipamentos
eletroeletrônicos e de comunicação após a  Testes de equipamentos
instalação elétrica de sistemas de energia eletroeletrônicos
o Conferência de parâmetros
o Valores de grandezas elétricas
 Testes de comunicação entre
equipamentos
 Testes de sensores

 Realizar teste de comunicação após Ensaios e verificações elétricas


instalação de sistemas de energia
 Inspeção dos componentes elétricos
 Resistência de isolamento
 Resistência de contato
 Inspeção no sistema de baterias
 Preencher documentação técnica ao
 Relatório de instalação (estudo de
término da instalação de sistemas de
caso)
energia
 Capacidades Sociais, Organizativas e Habilidades básicas do relacionamento
Metodológicas interpessoal
(Capacidades de Gestão)
 Respeito
 Manter relacionamento interpessoal
 Cordialidade

257
MÓDULO: ESPECÍFICO I

Perfil Profissional: Técnico em Sistemas de Energia Renovável

Unidade Curricular: Instalação de Sistemas de Energia Renovável

Carga Horária:160h

Unidade de Competência:
UC3: Executar projetos de pequeno e grande porte, de acordo com a legislação vigente e
normas aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio ambiente.

Objetivo Geral: Desenvolver capacidades técnicas, sociais, organizativas e metodológicas


requeridas para liberar permissão de trabalho e seguir procedimentos de instalação elétrica
de sistemas de energia.

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Fundamentos Técnicos e Científicos Conhecimentos


 Interagir com grupos inter e  Disciplina
intradisciplinares  Empatia
 Interagir com os clientes de forma  Responsabilidade
adequada  Comunicação
 Administrar conflitos  Cooperação
Controle emocional no trabalho
 Perceber, avaliar e expressar emoções
no trabalho
 Fatores internos e externos
 Autoconsciência
 Inteligência emocional
Conflitos nas organizações
 Tipos
 Características
 Fatores internos e externos
 Causas
 Consequências
Administração de conflitos
 Identificação
 Expressão de emoções
 Intervenção em conflitos

258
AMBIENTES PEDAGÓGICOS, COM RELAÇÃO DE EQUIPAMENTOS,
MÁQUINAS, FERRAMENTAS, INSTRUMENTOS E MATERIAIS
 Biblioteca
 Sala de aula
Ambientes Pedagógicos  Laboratório de Eólica
 Laboratório Solar Fotovoltaica
 Laboratório de Instalações Elétricas
Laboratório de Eólica
Máquinas:
 Plataformas especiais para manutenção em
aerogeradores
Equipamentos:
 Aerogeradores
 Bancadas de simulação
 Controladores de carga
 Inversores de potência off-gridegrid-tie
 Baterias estacionárias
 Turbina eólica (rotor e seus componentes:
cubo, extensores, rolamentos, pás, sistemas
de controle, para-raios)
 Nacele e seus componentes: gerador
(componentes), multiplicadores de velocidade
(componentes), multiplicadores planetários,
redutores de velocidade (componentes),
rolamentos, eixos, mancais, sistemas de
Equipamentos,Ferramentas, transmissão, sistemas de freios
Instrumentos e Materiais (componentes), sistemas hidráulicos
(componentes), sistemas de giro e
refrigeração
 Sensores: velocidade do vento, direção do
vento, pressão atmosférica, temperatura do
ar, umidade do ar, de proximidade, de nível,
de rotação, tensão, corrente, fluxo, vibração,
posição
 Birutas
 Registradores
 Atuadores
 Circuitos hidráulicos de sistemas de controle
 Lubrificantes
 Torres
 Sistemas de controle (PLC)
 Transformadores
 Conversores de frequência
 Cabos elétricos
 Pás
 EPI
 EPC
259
AMBIENTES PEDAGÓGICOS, COM RELAÇÃO DE EQUIPAMENTOS,
MÁQUINAS, FERRAMENTAS, INSTRUMENTOS E MATERIAIS

Ferramentas:
 Chaves de fenda
 Chaves Phillips
 Alicate de corte
 Alicate de bico
 Alicate prensa terminais
 Alicate universal
 Torquímetro e bancadas para teste de
geradores elétricos
Instrumentos:
 Multímetro
 Terrômetro
 Osciloscópio
 Anemômetros
 Ultrassom
 Medidores de umidade portáteis e de
bancada
 Instrumentos de radiografia
 Indicadores de rotação do motor e sequência
de fase
 Megômetros portáteis
 Medidores tipo alicate com escala em
ampères (miliampères e microampères)
 Termômetro infravermelho profissional com
campo de visão de 50:1 e montagem
magnética
Materiais:
 Cabos
 Fios
 Conectores
 Materiais componentes das pás (resina
epoxy, resina poliéster, resina éster vinil,
fiberglassreinforcedplastic, parafusos)
Laboratório Solar Fotovoltaica
Equipamentos:
 Módulos fotovoltaicos
 Bancadas de simulação
 Controladores de carga
 Inversores de potência off-gridegrid-tie
 Baterias estacionárias (4 unidades – efetuar
associação)
 Inversores DC/AC de onda senoidal
modificada entrada 12Vcc, 24Vcc e 48Vcc,

260
AMBIENTES PEDAGÓGICOS, COM RELAÇÃO DE EQUIPAMENTOS,
MÁQUINAS, FERRAMENTAS, INSTRUMENTOS E MATERIAIS
saída 127Vca ou 220Vca
 Inversores de conexão à rede entrada de
125Vcc a 480Vcc, saída 127Vca ou 220Vca
 Controladores de carga convencionais
 Controladores com PWM
 Controladores de carga PWM com MPPT
 Bomba d’água
 Painéis solares 245W (no mínimo 2
unidades), 135W (no mínimo 4 unidades),
70W, 50W, 30W, 20W, 1W
 EPIe EPC (linhas de ancoragem de 16mm,
linhas de vida, colete refletor, botas e
capacetes, equipamentos antiquedas)
 Conectores MC 4 (diversos)
 Estruturas de fixação dos módulos
fotovoltaicos e seus componentes (ganchos,
parafusos, calhas de fixação, clips, suportes
e outros)
 Cabos de ligação padrão fotovoltaico com
terminais específicos
Ferramentas:
 Chaves de fenda
 Chaves Phillips
 Alicate de corte
 Alicate de bico
 Alicate prensa terminais
 Alicate universal
 Spanner
 Ferramentas de montagem de conexão
 Alicate crimpador
 Câmara termográfica
 Mala de ferramentas específicas
Instrumentos:
 Megômetro
 Terrômetro
 Osciloscópio
 Multímetro digital
 Multímetro alicate (true RMS)
 Voltímetros
 Amperímetros de bancada
Materiais:
 Fios
 Conectores
 Cabos flex 70mm2 10m

261
AMBIENTES PEDAGÓGICOS, COM RELAÇÃO DE EQUIPAMENTOS,
MÁQUINAS, FERRAMENTAS, INSTRUMENTOS E MATERIAIS
 Cabos flex 12mm2 10m
 Barra de conectores
 Mangueira para bomba d água
Laboratório de Instalações Elétricas
Máquinas:
 Motores elétricos
Equipamentos:
 CLP
 Contatores
 Botoeiras
 Inversores de frequência
Ferramentas:
 Chaves de fenda
 Chaves Phillips
 Alicate de corte
 Alicate de bico
 Alicate universal
Instrumentos:
 Multímetro
 Megômetro
 Terrômetro
 Alicate de bico redondo ou de bico cônico
 Alicate de bico de meia-cana
 Alicate de corte diagonal ou de corte lateral
 Alicate universal
 Alicate descascador de fios
 Alicate de compressão
 Chave de fenda
 Arco de serra
 Serras para metais
 Brocas
 Furadeira
 Parafusadeiras elétricas portáteis
 Canivete
 Estilete
 Talhadeira
 Ponteiro
 Limas
 Esmeril
 Maçarico a gás
 Soprador térmico
 Ferro de soldar ou soldador elétrico

262
AMBIENTES PEDAGÓGICOS, COM RELAÇÃO DE EQUIPAMENTOS,
MÁQUINAS, FERRAMENTAS, INSTRUMENTOS E MATERIAIS
 Tarraxa
 Torno comum de bancada
 Torno de encanador
 Escada
 Metro articulado
 Trena
 Fitas
 Cabos de aço para enfiação
 Ferramentas de curvar eletrodutos metálicos
rígidos
 Máquina de cortar parede
Materiais:
 Cabos
 Fios
 Quadro de comandos elétricos
 Interruptores
 Reles de impulso
 Interruptor automático por presença
 Relé fotoelétrico
 Quadro de distribuição
 Eletrodutos rígidos
 Eletrodutos metálicos flexíveis
 Eletrodutos de PVC flexíveis
 Eletrodutos corrugados de polietileno de alta
densidade (PEAD)
 Lixas
 Caixas de embutir
 Caixas aparentes
 Disjuntores termomagnéticos
 Fusíveis diversos
 Disjuntores e interruptores diferenciais
residuais (DR)
 Condutores diversos
 Dispositivos de proteção contra descargas
elétricas (SPDA)
 DPS

Material Didático  Apostila

263
MÓDULO: ESPECÍFICO II

Perfil Profissional: Técnico em Sistemas de Energia Renovável


Unidade Curricular: Operação e Manutenção de Sistemas de Energia Renovável
Carga Horária: 140h
Unidade de Competência
UC4: Realizar a operação e manutenção de máquinas e equipamentos, de acordo com a
legislação vigente e normas aplicadas à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio
ambiente.
Objetivo Geral: Desenvolver capacidades técnicas, sociais, organizativas e
metodológicas requeridas para operar, inspecionar e realizar a manutenção de sistemas
de energia.
CONTEÚDOS FORMATIVOS

Fundamentos Técnicos e Científicos Conhecimentos

Operação Sistemas de controle e segurança de


aerogeradores e sistemas fotovoltaicos
 Monitorar periodicamente os dados e o
funcionamento das máquinas e dos Transmissão de dados – telemetria
equipamentos por meio de softwares
 Rádio
supervisórios ao operar sistemas e
 Cabos
equipamentos
 Fibra ótica
 Monitorar sistema realizando
intervenções remotamente quando  Modem – roteador
necessário ao operar sistemas e Procedimentos operacionais
equipamentos
 Aerogeradores
 Acompanhar medição do sistema de
faturamento ao operar sistemas e  Sistemas elétricos auxiliares
equipamentos  Subestação
 Interpretar diagramas unifilares e  Medição anemométrica
desenhos técnicos ao operar sistemas  Procedimentos de parada e partida
e equipamentos  Linguagem operativa (jargões técnicos)
 Utilizar equipamentos de proteção Sistemas de supervisão
individual e coletiva ao operar
sistemas e equipamentos  Monitoramento de variáveis operacionais
 Utilizar linguagem operativa conforme o Códigos de erros
procedimentos (jargões técnicos) ao o Curvas de desempenho de sistemas de
supervisionar as atividades geração
 Atender aos requisitos técnicos da o Cálculo de disponibilidade dos
legislação e dos requisitos aplicáveis à equipamentos e do sistema
saúde, à segurança ao operar  Intervenções de processos
sistemas e aos equipamentos o Intervenção de parada e partida de
 Interagir com agentes reguladores sistemas de energia renovável
(ONS e concessionárias) ao operar o Tipos de intervenções
sistemas e equipamentos  Aquisição de dados
 Enviar dados meteorológicos para  Análise de dados
agentes reguladores ao operar
264
MÓDULO: ESPECÍFICO II

Perfil Profissional: Técnico em Sistemas de Energia Renovável


Unidade Curricular: Operação e Manutenção de Sistemas de Energia Renovável
Carga Horária: 140h
Unidade de Competência
UC4: Realizar a operação e manutenção de máquinas e equipamentos, de acordo com a
legislação vigente e normas aplicadas à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio
ambiente.
Objetivo Geral: Desenvolver capacidades técnicas, sociais, organizativas e
metodológicas requeridas para operar, inspecionar e realizar a manutenção de sistemas
de energia.
CONTEÚDOS FORMATIVOS

Fundamentos Técnicos e Científicos Conhecimentos


sistemas e equipamentos
Relações com agentes da rede elétrica
 Elaborar relatórios ao operar sistemas
e equipamentos  Requisitos de operação
 Procedimentos de comunicação
Requisitos técnicos da legislação
 ANEEL
 ONS
o Codificação operacional
o Formulários
 Concessionárias locais
 Formulário Acompanhamento de Medição
Anemométrica (AMA)
Requisitos de saúde e segurança
 NR 10 – Segurança em Instalações e
Serviços em Eletricidade
 NR 17 – Ergonomia
Manutenção
Relatório de operação (estudo de caso)
 Preencher a Lista de Verificação (LV)
Elaboração Análise Preliminar de Risco
para liberação de permissão de
trabalho ao realizar a manutenção de  Análise de procedimentos e manuais de
sistemas e equipamentos manutenção
 Realizar Análise Preliminar de Risco  Riscos envolvidos
(APR) para liberação de permissão de  Medidas de controle
trabalho ao realizar a manutenção de  Preenchimento da APR
sistemas e equipamentos
Documentação de manutenção de
 Definir equipamentos de proteção
equipamentos e estrutura mecânica
individual e coletivo para liberação de
permissão de trabalho ao realizar a
manutenção de sistemas e

265
MÓDULO: ESPECÍFICO II

Perfil Profissional: Técnico em Sistemas de Energia Renovável


Unidade Curricular: Operação e Manutenção de Sistemas de Energia Renovável
Carga Horária: 140h
Unidade de Competência
UC4: Realizar a operação e manutenção de máquinas e equipamentos, de acordo com a
legislação vigente e normas aplicadas à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio
ambiente.
Objetivo Geral: Desenvolver capacidades técnicas, sociais, organizativas e
metodológicas requeridas para operar, inspecionar e realizar a manutenção de sistemas
de energia.
CONTEÚDOS FORMATIVOS

Fundamentos Técnicos e Científicos Conhecimentos


equipamentos
 Delimitar área de execução para
liberação de permissão de trabalho ao
realizar a manutenção de sistemas e
equipamentos
 Disponibilizar documento de
permissão de trabalho para liberação
de permissão de trabalho ao realizar a
manutenção de sistemas e
equipamentos
 Realizar procedimentos para
intervenção e liberação de instalação
ao realizar a manutenção de sistemas
e equipamentos
 Utilizar equipamentos e componentes
de sinalização em áreas de execução
da manutenção ao realizar a
manutenção de sistemas e
equipamentos
 Interpretar diagramas e desenhos
técnicos necessários ao realizar a
manutenção de sistemas e
equipamentos
 Utilizar equipamentos de proteção
individual e coletiva para minimizar ou
eliminar os riscos ao realizar
atividades de manutenção e ensaios
 Verificar a documentação de talhas e
plataforma interna de serviço através
de ações de inspeção quanto à Certificação INMETRO
certificação e vigência de ensaios ao
realizar a manutenção de sistemas e  Limite de carga

266
MÓDULO: ESPECÍFICO II

Perfil Profissional: Técnico em Sistemas de Energia Renovável


Unidade Curricular: Operação e Manutenção de Sistemas de Energia Renovável
Carga Horária: 140h
Unidade de Competência
UC4: Realizar a operação e manutenção de máquinas e equipamentos, de acordo com a
legislação vigente e normas aplicadas à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio
ambiente.
Objetivo Geral: Desenvolver capacidades técnicas, sociais, organizativas e
metodológicas requeridas para operar, inspecionar e realizar a manutenção de sistemas
de energia.
CONTEÚDOS FORMATIVOS

Fundamentos Técnicos e Científicos Conhecimentos


equipamentos  Vigência de ensaios
 Seguir plano de manutenção
Normas ABNT
preventiva e/ou preditiva ao realizar a
manutenção de sistemas e  NBR 9986 – Talhas em geral
equipamentos
NBR 9968 – Talhas com acionamento manual
Evolução da manutenção
Definições
 Manutenção
 Falha
 Diagnóstico de falha
 Confiabilidade
 Manutenabilidade
 Prioridade
Definições atuais
 Manutenção produtiva total (TPM)
 Manutenção centrada na confiabilidade
(RCM)
 Manutenção baseada na confiabilidade
(RBM)
Falhas em equipamentos
 Causas de falhas
 Modelos de falhas
 Tratamento de falhas
 Prevenção de falhas
Otimização dos recursos da manutenção
 Organização do pessoal de manutenção

267
MÓDULO: ESPECÍFICO II

Perfil Profissional: Técnico em Sistemas de Energia Renovável


Unidade Curricular: Operação e Manutenção de Sistemas de Energia Renovável
Carga Horária: 140h
Unidade de Competência
UC4: Realizar a operação e manutenção de máquinas e equipamentos, de acordo com a
legislação vigente e normas aplicadas à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio
ambiente.
Objetivo Geral: Desenvolver capacidades técnicas, sociais, organizativas e
metodológicas requeridas para operar, inspecionar e realizar a manutenção de sistemas
de energia.
CONTEÚDOS FORMATIVOS

Fundamentos Técnicos e Científicos Conhecimentos


 Responsabilidades do gerenciamento e da
execução
 Gerenciamento de:
o Estoque
o Materiais
o EPI e EPC
o Ferramentas e instrumentos
 Armazenamento do estoque
Gerenciamento do orçamento da
manutenção
 Custos da manutenção
 Elaboração do orçamento semestral/anual
 Controle e revisão do orçamento
 Redução de custos
Planejamento da manutenção
 Elaboração de plano de manutenção
 Padrões de manutenção
Métodos
 Manutenção corretiva
 Manutenção preventiva
 Manutenção preditiva
 Manutenção produtiva total
 Reparar peças e/ou componentes do
 Método de Análise e Solução de
sistema ao realizar a manutenção de
Problemas (MASP)
sistemas e equipamentos
 Substituir peças e/ou componentes do Técnicas de manutenção
sistema ao realizar a manutenção de
 Técnicas de reparo em estruturas
sistemas e equipamentos
mecânicas
 Manusear ferramentas e

268
MÓDULO: ESPECÍFICO II

Perfil Profissional: Técnico em Sistemas de Energia Renovável


Unidade Curricular: Operação e Manutenção de Sistemas de Energia Renovável
Carga Horária: 140h
Unidade de Competência
UC4: Realizar a operação e manutenção de máquinas e equipamentos, de acordo com a
legislação vigente e normas aplicadas à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio
ambiente.
Objetivo Geral: Desenvolver capacidades técnicas, sociais, organizativas e
metodológicas requeridas para operar, inspecionar e realizar a manutenção de sistemas
de energia.
CONTEÚDOS FORMATIVOS

Fundamentos Técnicos e Científicos Conhecimentos


equipamentos adequados às o Pintura de estruturas
atividades e ensaios ao realizar o Materiais utilizados nos reparos de
manutenções corretivas e/ou estruturas mecânicas
preventivas de componentes eólicos e o Ferramentas utilizadas nos reparos de
solares estruturas mecânicas
 Aplicar técnicas de manutenção em  Técnicas de reparo em cabeamentos
componentes constituídos de materiais elétricos
compostos (Hand-Lay-Up e o Materiais utilizados nos reparos de
VacuumPump) ao realizar atividades cabeamentos elétricos
de manutenção e ensaios o Ferramentas utilizadas nos reparos de
 Aplicar técnicas de manutenção em cabeamentos elétricos
componentes constituídos de materiais  Técnicas de reparo em pás de
metálicos (lixa, pintura) ao realizar aerogeradores
atividades de manutenção e ensaios o Materiais utilizados nos reparos de pás
 Utilizar técnicas básicas de tratamento de aerogeradores
superficial de estruturas metálicas o Ferramentas utilizadas nos reparos de
(lixamento, limpeza e pintura) ao pás de aerogeradores
realizar atividades de manutenção e o Técnica Hand-Lay-Up
ensaios Reparação de danos a superfícies
 Medida profissional de reparação
o Moagem, desbaste (lixamento)
o Preparação especial para laminação
o Laminação
o Preenchimento
o Pintura
o Polimento
 Ferramentas e materiais
o Instruções do fabricante
o Spike rolo
o Mantas de fibra
o Matriz de pás para reparos de borda e

269
MÓDULO: ESPECÍFICO II

Perfil Profissional: Técnico em Sistemas de Energia Renovável


Unidade Curricular: Operação e Manutenção de Sistemas de Energia Renovável
Carga Horária: 140h
Unidade de Competência
UC4: Realizar a operação e manutenção de máquinas e equipamentos, de acordo com a
legislação vigente e normas aplicadas à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio
ambiente.
Objetivo Geral: Desenvolver capacidades técnicas, sociais, organizativas e
metodológicas requeridas para operar, inspecionar e realizar a manutenção de sistemas
de energia.
CONTEÚDOS FORMATIVOS

Fundamentos Técnicos e Científicos Conhecimentos


cantos
 Documentação do dano e reparo
o Registro e do reparo
o Documentação do reparo com foto
 Procedimentos de substituição de
componentes elétricos
Tecnologia de Materiais  Procedimentos de substituição de peças
 Utilizar materiais adequados às mecânicas
atividades de manutenção ao realizar Materiais metálicos
a manutenção de sistemas e
equipamentos  Aço
 Manusear diferentes tipos de materiais o Características
metálicos e compostos em reparos e o Aplicação
ensaios ao realizar manutenções o Manuseio
corretivas e/ou preventivas de  Alumínio
componentes eólicos e solares o Características
o Aplicação
o Manuseio
Materiais compostos
 Fibra de vidro
o Características
o Aplicação
o Manuseio
 Resinas e catalizadores
o Tipos
o Funções
o Propriedades
o Misturas
o Processo de reação química
o Máquinas de dosagens
o Manuseio

270
MÓDULO: ESPECÍFICO II

Perfil Profissional: Técnico em Sistemas de Energia Renovável


Unidade Curricular: Operação e Manutenção de Sistemas de Energia Renovável
Carga Horária: 140h
Unidade de Competência
UC4: Realizar a operação e manutenção de máquinas e equipamentos, de acordo com a
legislação vigente e normas aplicadas à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio
ambiente.
Objetivo Geral: Desenvolver capacidades técnicas, sociais, organizativas e
metodológicas requeridas para operar, inspecionar e realizar a manutenção de sistemas
de energia.
CONTEÚDOS FORMATIVOS

Fundamentos Técnicos e Científicos Conhecimentos


 Desmoldantes
o Tipos
o Aplicação
o Manuseio
 Fibras de reforço
o Função
o Tipos
o Orientações
o Armazenamento
o Manuseio
 Materiais de núcleo
o Função
o Tipos
Inspeção o Armazenamento
o Manuseio
 Realizar inspeção de videoscopia
industrial em equipamentos mecânicos
(multiplicadores de velocidade) em Técnicas de inspeção preventiva e
manutenções preditivas ao realizar preditiva
atividades de manutenção e ensaios
 Realizar inspeção e análise de  Inspeção visual de superfícies
vibração industrial em equipamentos  Videoscopia industrial em equipamentos
mecânicos (multiplicadores de mecânicos (multiplicadores de velocidade)
velocidade) em manutenções  Ultrassom espectral para verificar
preditivas ao realizar atividades de vibrações
manutenção e ensaios  Inspeção termográfica
 Realizar inspeção em equipamentos  Radiografia
elétricos e mecânicos em  Medições de grandezas elétricas
manutenções preventivas e preditivas
Análise de óleos lubrificantes e hidráulicos
aplicadas às tecnologias de energia
renovável ao realizar atividades de  Viscosidade
manutenção e ensaios  Teor de água

271
MÓDULO: ESPECÍFICO II

Perfil Profissional: Técnico em Sistemas de Energia Renovável


Unidade Curricular: Operação e Manutenção de Sistemas de Energia Renovável
Carga Horária: 140h
Unidade de Competência
UC4: Realizar a operação e manutenção de máquinas e equipamentos, de acordo com a
legislação vigente e normas aplicadas à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio
ambiente.
Objetivo Geral: Desenvolver capacidades técnicas, sociais, organizativas e
metodológicas requeridas para operar, inspecionar e realizar a manutenção de sistemas
de energia.
CONTEÚDOS FORMATIVOS

Fundamentos Técnicos e Científicos Conhecimentos


 Realizar inspeção de óleo em  Acidez e basicidade de óleo
equipamentos hidráulicos em  Nível de contaminação de óleo
manutenções preditivas ao realizar  Ferrografia analítica e quantitativa
atividades de manutenção e ensaios  Espectrometria por emissão atômica
 Realizar inspeção visual em  Espectrografia por infravermelho
equipamentos elétricos e mecânicos
em manutenções preventivas ao Avaliação de danos das pás nacele e torre
realizar atividades de manutenção e  Análise de danos nas pás e nacele
ensaios  Tipo de danos
 Realizar inspeção termográfica em o Classificação de danos
equipamentos elétricos e mecânicos o Relatório de danos
em manutenções preditivas ao realizar o Documentação com foto
atividades de manutenção e ensaios
 Utilizar ferramentas, materiais e
componentes adequados a cada tipo
de inspeção preventiva e preditiva ao
realizar atividades de manutenção e
ensaios
 Monitorar condição do sistema
(equipamentos e materiais) após
realização dos ensaios e manutenção
 Aplicar os requisitos da legislação e ou
normas aplicáveis à qualidade, à
segurança, ao meio ambiente e à
saúde ao realizar a manutenção de
sistemas e equipamentos
Requisitos de saúde e segurança
 NR 10 – Segurança em Instalações e
Serviços em Eletricidade
 Registrar as intervenções realizadas  NR 17 – Ergonomia
no sistema, em fichas de  NR 33 – Trabalho em Espaço Confinado

272
MÓDULO: ESPECÍFICO II

Perfil Profissional: Técnico em Sistemas de Energia Renovável


Unidade Curricular: Operação e Manutenção de Sistemas de Energia Renovável
Carga Horária: 140h
Unidade de Competência
UC4: Realizar a operação e manutenção de máquinas e equipamentos, de acordo com a
legislação vigente e normas aplicadas à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio
ambiente.
Objetivo Geral: Desenvolver capacidades técnicas, sociais, organizativas e
metodológicas requeridas para operar, inspecionar e realizar a manutenção de sistemas
de energia.
CONTEÚDOS FORMATIVOS

Fundamentos Técnicos e Científicos Conhecimentos


acompanhamento, ao realizar  NR 35 – Trabalho em Altura
atividades de manutenção e ensaios
 Elaborar relatórios técnicos com os
dados e resultados obtidos após a  Ficha de acompanhamento (estudo de
realização dos ensaios e/ou caso)
manutenção
 Atualizar os registros de manutenção
Capacidades Sociais, Organizativas e
Metodológicas
 Aplicar ferramentas da qualidade
 Ter comprometimento
 Negociar prazos e recursos
 Cumprir compromissos agendados Qualidade
 Cumprir prazos  Conceitos e procedimento de qualidade
 Ferramentas da qualidade
o PDCA
o Brainstorming
o Gráfico de Pareto
o Diagrama Causa e Efeito (Ishikawa)
 Gestão da qualidade
o Satisfação do cliente
o Produtividade
Qualidade total
 Conceito
 Eficiência
 Eficácia
 Melhoria contínua
Ferramentas da qualidade

273
MÓDULO: ESPECÍFICO II

Perfil Profissional: Técnico em Sistemas de Energia Renovável


Unidade Curricular: Operação e Manutenção de Sistemas de Energia Renovável
Carga Horária: 140h
Unidade de Competência
UC4: Realizar a operação e manutenção de máquinas e equipamentos, de acordo com a
legislação vigente e normas aplicadas à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio
ambiente.
Objetivo Geral: Desenvolver capacidades técnicas, sociais, organizativas e
metodológicas requeridas para operar, inspecionar e realizar a manutenção de sistemas
de energia.
CONTEÚDOS FORMATIVOS

Fundamentos Técnicos e Científicos Conhecimentos


 Ciclo PDCA
 Brainstorming
Sistema de gestão da qualidade
 ISO9001: aspectos centrais

274
AMBIENTES PEDAGÓGICOS, COM RELAÇÃO DE EQUIPAMENTOS,
MÁQUINAS, FERRAMENTAS, INSTRUMENTOS E MATERIAIS
 Biblioteca
 Sala de aula
 Laboratório de Hidráulica
 Laboratório de Pneumática
Ambientes Pedagógicos
 Laboratório de Eólica
 Laboratório Solar Fotovoltaica
 Laboratório de Instalações Elétricas
 Laboratório de Informática II
Laboratório de Hidráulica
Equipamentos:
 Unidade de Energia Hidráulica:
o Reservatório de óleo de 50l
o Motor elétrico: 3cv/220Vca, 60Hz
o Vazão 16,2 litros por minuto (lpm)
o Pressão de operação: de zero a 150bar
o Pressão máxima: 150bar
 Cilindro Hidráulico:
o Embolo: 40mm, haste: 300mm, pressão:
150bar; engates automáticos
o Embolo: 45mm, 4 estágios, telescópio
o Embolo: 40mm, diâmetro da haste: 28mm,
haste passante
 Válvulas:
o Válvula proporcional direcional 4/2,
diretamente operada com feedback
Equipamentos,Ferramentas, elétrico de posição (no mínimo 2unidades)
Instrumentos e Materiais o Válvula proporcional estranguladora –
2vias
o Válvula limitadora de pressão-proporcional
o Válvula proporcional redutora de pressão
em execução de 3 vias
o Válvula proporcional direcional, pilotada,
4/3, vias com feedback elétrico de posição
e eletrônica integrada (no mínimo 2
unidades)
 Motor hidráulico bidirecional, engrenagens,
8,6 cm3/rotação, pressão máxima, 270 bar,
rotação, 4.000rpm
 Eletroválvula Direcional 4/2 vias com detente
(no mínimo duas unidas)
 Válvula de retenção simples, vazão 40lpm,
pressão de abertura 3 bar
 Acumulador de pressão, 1 litro, 150 bar
(pressão máxima), conexões antivazamento,
engate rápido
 Manômetros, 63mm, 150 bar, pressão 1% (no

275
AMBIENTES PEDAGÓGICOS, COM RELAÇÃO DE EQUIPAMENTOS,
MÁQUINAS, FERRAMENTAS, INSTRUMENTOS E MATERIAIS
mínimo 4 unidades)
 Rotâmetros de Linha, pressão máxima 241
bar, escala de zero a 10lpm (no mínimo 2
unidades)
 Conexões tipo T (no mínimo 8 unidades)
 Cruzetas com 4 conexões macho, engate
rápido (no mínimo 8 unidades)
 Mangueiras flexíveis de 1/4” , com trama de
aço, pressão máxima 200bar (comprimentos
diversos)
 Fonte de alimentação estabilizada 110/220V,
60Hz. Saída 24Vcc, 40 A
 Placa de botões de comando elétrico tipo
pulsador, contatos NA e NF
 Botão de emergência com trava de contatos
NA e NF, 5A
 Microinterruptor fim de curso – rolete
mecânico (no mínimo 10 unidades)
 Sensores de proximidade indutivo. Distância:
20mm, 10Vcc a 30 Vcc (no mínimo 4
unidades)
 Sensores de proximidade capacitivos.
Distância 50mm, 10Vcc a 30Vcc. (no mínimo
4 unidades)
 Sensores ópticos. Distância: 300mm, 10Vcc
a 30Vcc (no mínimo 4 unidades)
 Placas de relés auxiliares, 24Vcc, 5A.(no
mínimo 2 unidades)
 CLP- 20 entradas digitais, 10 entradas
analógicas.20 saídas digitais e 10 saídas
analógicas. 24Vcc (no mínimo uma unidade)
 Conjunto de cabos elétricos para conexões
Laboratório de Eólica
Máquinas:
 Plataformas especiais para manutenção em
aerogeradores
Equipamentos:
 Aerogeradores
 Bancadas de simulação
 Controladores de carga
 Inversores de potência off-grid e grid-tie
 Baterias estacionárias
 Turbina eólica (rotor e seus componentes:
cubo, extensores, rolamentos, pás, sistemas
de controle, para-raios)

276
AMBIENTES PEDAGÓGICOS, COM RELAÇÃO DE EQUIPAMENTOS,
MÁQUINAS, FERRAMENTAS, INSTRUMENTOS E MATERIAIS
 Nacele e seus componentes: gerador
(componentes), multiplicadores de velocidade
(componentes), multiplicadores planetários,
redutores de velocidade (componentes),
rolamentos, eixos, mancais, sistemas de
transmissão, sistemas de freios
(componentes), sistemas hidráulicos
(componentes), sistemas de giro e
refrigeração)
 Sensores: velocidade do vento, direção do
vento, pressão atmosférica, temperatura do
ar, umidade do ar, de proximidade, de nível,
de rotação, tensão, corrente, fluxo, vibração,
posição
 Birutas
 Registradores
 Atuadores
 Circuitos hidráulicos de sistemas de controle
 Lubrificantes
 Torres
 Sistemas de controle (PLC)
 Transformadores
 Conversores de frequência
 Cabos elétricos
 Pás
 EPI
 EPC
Ferramentas:
 Chaves de fenda
 Chaves Phillips
 Alicate de corte
 Alicate de bico
 Alicate prensa terminais
 Alicate universal
 Torquímetro e bancadas para teste de
geradores elétricos
Instrumentos:
 Multímetro
 Terrômetro
 Osciloscópio
 Anemômetros
 Ultrassom
 Medidores de umidade portáteis e de
bancada
 Instrumentos de radiografia

277
AMBIENTES PEDAGÓGICOS, COM RELAÇÃO DE EQUIPAMENTOS,
MÁQUINAS, FERRAMENTAS, INSTRUMENTOS E MATERIAIS
 Indicadores de rotação do motor e sequência
de fase
 Megômetros portáteis
 Medidores tipo alicate com escala em
ampères (miliampères e microampères)
 Termômetro infravermelho profissional com
campo de visão de 50:1 e montagem
magnética
Materiais:
 Cabos
 Fios
 Conectores
 Materiais componentes das pás (resina
epoxy, resina poliéster, resina éster vinil,
fiberglassreinforcedplastic, parafusos)

Laboratório Solar Fotovoltaica


Equipamentos:
 Módulos fotovoltaicos
 Bancadas de simulação
 Controladores de carga
 Inversores de potência off-gridegrid-tie
 Baterias estacionárias (4 unidades – efetuar
associação)
 Inversores DC/AC de onda senoidal
modificada entrada 12Vcc, 24Vcc e 48Vcc,
saída 127Vca ou 220Vca
 Inversores de conexão à rede entrada de
125Vcc a 480Vcc, saída 127Vca ou 220Vca
 Controladores de carga convencionais
 Controladores com PWM
 Controladores de carga PWM com MPPT
 Bomba d’água
 Painéis solares 245W (no mínimo 2
unidades), 135W (no mínimo 4 unidades),
70W, 50W, 30W, 20W, 1W
 EPIe EPC (linhas de ancoragem de 16mm,
linhas de vida, colete refletor, botas e
capacetes, equipamentos antiquedas)
 Conectores MC 4 (diversos)
 Estruturas de fixação dos módulos
fotovoltaicos e seus componentes (ganchos,
parafusos, calhas de fixação, clips, suportes
e outros)

278
AMBIENTES PEDAGÓGICOS, COM RELAÇÃO DE EQUIPAMENTOS,
MÁQUINAS, FERRAMENTAS, INSTRUMENTOS E MATERIAIS
 Cabos de ligação padrão fotovoltaico com
terminais específicos
Ferramentas:
 Chaves de fenda
 Chaves Phillips
 Alicate de corte
 Alicate de bico
 Alicate prensa terminais
 Alicate universal
 Spanner
 Ferramentas de montagem de conexão
 Alicate crimpador
 Câmara termográfica
 Mala de ferramentas específicas
Instrumentos:
 Megômetro
 Terrômetro
 Osciloscópio
 Multímetro digital
 Multímetro alicate (true RMS)
 Voltímetros
 Amperímetros de bancada
Materiais:
 Fios
 Conectores
 Cabos flex 70mm2 10m
 Cabos flex 12mm2 10m
 Barra de conectores
 Mangueira para bomba d’água
Laboratório de Instalações Elétricas
Máquinas:
 Motores elétricos
Equipamentos:
 CLP
 Contatores
 Botoeiras
 Inversores de frequência
Ferramentas:
 Chaves de fenda
 Chaves Phillips
 Alicate de corte
279
AMBIENTES PEDAGÓGICOS, COM RELAÇÃO DE EQUIPAMENTOS,
MÁQUINAS, FERRAMENTAS, INSTRUMENTOS E MATERIAIS
 Alicate de bico
 Alicate universal
Instrumentos:
 Multímetro
 Megômetro
 Terrômetro
 Alicate de bico redondo ou de bico cônico
 Alicate de bico de meia-cana
 Alicate de corte diagonal ou de corte lateral
 Alicate universal
 Alicate descascador de fios
 Alicate de compressão
 Chave de fenda
 Arco de serra
 Serras para metais
 Brocas
 Furadeira
 Parafusadeiras elétricas portáteis
 Canivete
 Estilete
 Talhadeira
 Ponteiro
 Limas
 Esmeril
 Maçarico a gás
 Soprador térmico
 Ferro de soldar ou soldador elétrico
 Tarraxa
 Torno comum de bancada
 Torno de encanador
 Escada
 Metro articulado
 Trena
 Fitas
 Cabos de aço para enfiação
 Ferramentas de curvar eletrodutos metálicos
rígidos
 Máquina de cortar parede
Materiais:
 Cabos
 Fios
 Quadro de comandos elétricos
 Interruptores
 Relés de impulso

280
AMBIENTES PEDAGÓGICOS, COM RELAÇÃO DE EQUIPAMENTOS,
MÁQUINAS, FERRAMENTAS, INSTRUMENTOS E MATERIAIS
 Interruptor automático por presença
 Relé fotoelétrico
 Quadro de distribuição
 Eletrodutos rígidos
 Eletrodutos metálicos flexíveis
 Eletrodutos de PVC flexíveis
 Eletrodutos corrugados de polietileno de alta
densidade (PEAD)
 Lixas
 Caixas de embutir
 Caixas aparentes
 Disjuntores termomagnéticos
 Fusíveis diversos
 Disjuntores e interruptores diferenciais
residuais (DR)
 Condutores diversos
 Dispositivos de proteção contra descargas
elétricas (SPDA)
 DPS

Laboratório de Informática II
Equipamentos:
 Computadores com configurações mínimas
para rodar os softwares aplicados
Ferramentas:
 Sistema de Supervisão Central e Adequação
de Dados (SCADA) – exemplo: SCADA de
fabricantes de aerogeradores
Instrumentos:
 Protocolos de comunicação, controle e
monitoramento de parques
 Modelos de comunicação
 Softwares dedicados

Outros: quadro branco e caneta/marcador para


quadro branco

Material Didático  Apostila

281
MÓDULO: ESPECÍFICO II

Perfil Profissional: Técnico em Sistemas de Energia Renovável

Unidade Curricular: Fabricação de Equipamentos, Componentes e Peças

Carga Horária: 100h

Unidade de Competência
UC5: Participar do processo de fabricação de equipamentos, de acordo com a legislação
vigente e normas aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio ambiente

Objetivo Geral: Desenvolver capacidades técnicas, sociais, organizativas e metodológicas


requeridas para montagem de equipamentos, componentes e peças conforme folhas de
processos.

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Fundamentos Técnicos e Científicos Conhecimentos

Montagem Ferramentas
 Utilizar ferramentas e equipamentos  Extratores
adequados nos processos de  Ferramentas de pressão
fabricação ao montar equipamentos,  Aquecedor por indução
componentes e peças conforme as
folhas dos processos Máquinas e equipamentos
 Preservar ferramentas, máquinas e  Bomba de vácuo
equipamentos utilizados nos processos  Injetora de resina
de fabricação ao montar  Manta aquecedora
equipamentos, componentes e peças  Máquina dosadora
conforme as folhas dos processos  Máquinas operatrizes
 Operar máquinas e equipamentos  Estufa
como: ponte rolante, estufas, moldes,
dentre outros, conforme requisitos da Documentação
legislação e/ou normas aplicáveis à o Folhas de processo
qualidade, saúde e segurança nos o Procedimentos técnicos
processos de fabricação ao montar  Manual do usuário
equipamentos, componentes e peças  Instruções de trabalho
conforme as folhas dos processos  Protocolos
 Seguir procedimentos de montagem ao  Relatórios
fabricar equipamentos, componentes e  Dados de operação
peças conforme as folhas dos  Detalhes específicos dos
processos componentes
 Realizar inspeção e testes conforme
plano de qualidade: inspeção visual, Noções de processos de soldagem
ensaio elétricos e não destrutivos ao o Tipos de processos
montar/fabricar equipamentos, o Preparação
componentes e peças conforme as o Regulagem
folhas dos processos o Aplicação
o Inspeção visual

282
MÓDULO: ESPECÍFICO II

Perfil Profissional: Técnico em Sistemas de Energia Renovável

Unidade Curricular: Fabricação de Equipamentos, Componentes e Peças

Carga Horária: 100h

Unidade de Competência
UC5: Participar do processo de fabricação de equipamentos, de acordo com a legislação
vigente e normas aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio ambiente

Objetivo Geral: Desenvolver capacidades técnicas, sociais, organizativas e metodológicas


requeridas para montagem de equipamentos, componentes e peças conforme folhas de
processos.

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Fundamentos Técnicos e Científicos Conhecimentos

Drivetrain (trem de força)


Instalação de equipamentos elétricos
o Seleção de componentes para
equipamentos de controle auxiliar
o Instalação de componentes para
equipamentos de controle auxiliar
o Conexão de componentes para
equipamentos de controle auxiliar
o Identificação de componentes para
equipamentos de controle auxiliar
Classe de isolamento
Materiais para a fabricação de compostos
 Desmoldantes
o Tipos
o Aplicações
 Fibras de reforço
o Função
o Tipos
o Orientações
o Armazenamento
o Manuseio
 Materiais de núcleo
o Tipos
o Funções
o Armazenamento
o Manuseio
 Resinas e catalisadores
o Tipos

283
MÓDULO: ESPECÍFICO II

Perfil Profissional: Técnico em Sistemas de Energia Renovável

Unidade Curricular: Fabricação de Equipamentos, Componentes e Peças

Carga Horária: 100h

Unidade de Competência
UC5: Participar do processo de fabricação de equipamentos, de acordo com a legislação
vigente e normas aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio ambiente

Objetivo Geral: Desenvolver capacidades técnicas, sociais, organizativas e metodológicas


requeridas para montagem de equipamentos, componentes e peças conforme folhas de
processos.

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Fundamentos Técnicos e Científicos Conhecimentos


o Funções
o Propriedades
o Misturas
o Processo de reação química
o Máquinas dosadoras
 Moldes
o Definição
o Composição
o Preparação
o Manutenção
 Laminação manual
o Definição
o Impregnação
o Posicionamento das camadas
o Processo Vaccum Bag
o Processo de cura
 Infusão
o Definição
o Layup
o Prensagem a vácuo
o Teste de estanqueidade
o Controle de temperatura
o Processo de cura
 Colagem de componentes
o Adesão e coesão
o Preparação das superfícies de colagem
o Aplicação de massa de colagem
o Junção de componentes
o Processo de cura
 Ensaios e verificações aplicados
o Determinação de percentual de fibra e

284
MÓDULO: ESPECÍFICO II

Perfil Profissional: Técnico em Sistemas de Energia Renovável

Unidade Curricular: Fabricação de Equipamentos, Componentes e Peças

Carga Horária: 100h

Unidade de Competência
UC5: Participar do processo de fabricação de equipamentos, de acordo com a legislação
vigente e normas aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio ambiente

Objetivo Geral: Desenvolver capacidades técnicas, sociais, organizativas e metodológicas


requeridas para montagem de equipamentos, componentes e peças conforme folhas de
processos.

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Fundamentos Técnicos e Científicos Conhecimentos


resina
o Determinação de TG (temperatura)
 Identificar melhorias no processo
produtivo reduzindo lead time, tempo
de movimentação, dentre outros, no Processo de fabricação
processo de fabricação ao montar
equipamentos, componentes e peças  Melhorias no processo produtivo
conforme as folhas dos processos  Lead time, tempo de movimentação
 Atingir os indicadores de produtividade Plano de capacidade produtiva
ao montar/fabricar equipamentos,
componentes e peças conforme as Indicadores de produtividade
folhas dos processos
 Realizar auditoria no processo
produtivo ao montar/fabricar
equipamentos, componentes e peças
conforme as folhas dos processos
 Interpretar plano de capacidade
produtiva ao montar/fabricar
equipamentos, componentes e peças
conforme as folhas dos processos
 Manter os registros de
fabricação/montagem atualizados ao
Relatório de montagem (estudo de caso)
montar/fabricar equipamentos,
componentes e peças conforme as
folhas dos processos
 Elaborar relatórios ao montar/fabricar
equipamentos, componentes e peças
conforme as folhas dos processos Fabricação de células fotovoltaicas
 Reconhecer o processo de
fabricação/montagem de módulos  Materiais
fotovoltaicos  Processo de fabricação

285
MÓDULO: ESPECÍFICO II

Perfil Profissional: Técnico em Sistemas de Energia Renovável

Unidade Curricular: Fabricação de Equipamentos, Componentes e Peças

Carga Horária: 100h

Unidade de Competência
UC5: Participar do processo de fabricação de equipamentos, de acordo com a legislação
vigente e normas aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio ambiente

Objetivo Geral: Desenvolver capacidades técnicas, sociais, organizativas e metodológicas


requeridas para montagem de equipamentos, componentes e peças conforme folhas de
processos.

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Fundamentos Técnicos e Científicos Conhecimentos

Interligação de células
 Série
 Paralela
 Soldagem
Estrutura de arranjo de células
 Vidro
 Alumínio
Encapsulamento e vedação
 Revestimento etileno-acetato de vinil (VA)
 Poliéster/TEDLAR
Componentes adicionais
 Caixa de junção
 Diodos

Capacidades Sociais, Organizativas e Câmara de testes de módulos fotovoltaicos


Metodológicas
 Ter capacidade de liderança Conceitos de grupo e equipe
 Ter capacidade de negociação
Trabalho em equipe
 Trabalho em grupo
 Relacionamento com os colegas de equipe
 Responsabilidades individuais e coletivas
 Cooperação
 Divisão de papéis e responsabilidades
 Compromisso com objetivos e metas

286
MÓDULO: ESPECÍFICO II

Perfil Profissional: Técnico em Sistemas de Energia Renovável

Unidade Curricular: Fabricação de Equipamentos, Componentes e Peças

Carga Horária: 100h

Unidade de Competência
UC5: Participar do processo de fabricação de equipamentos, de acordo com a legislação
vigente e normas aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio ambiente

Objetivo Geral: Desenvolver capacidades técnicas, sociais, organizativas e metodológicas


requeridas para montagem de equipamentos, componentes e peças conforme folhas de
processos.

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Fundamentos Técnicos e Científicos Conhecimentos


 Relações com o líder
Comportamento e equipes de trabalho
 O homem como ser social
 O papel das normas de convivência em
grupos sociais
 A influência do ambiente de trabalho no
comportamento
 Fatores de satisfação no trabalho
Coordenação de equipes
 Definição da organização do trabalho e dos
níveis de autonomia
 Gestão da rotina
 Tomada de decisão
Trabalho em equipe
 Níveis de autonomia nas equipes de
trabalho
Desenvolvimento de equipes de trabalho
 Motivação de pessoas
 Capacitação
 Avaliação de desempenho
 Processos de comunicação
Liderança
 Estilos: democrático, centralizador e liberal
 Características
 Papéis do líder
 Críticas e sugestões: análise, ponderação e
287
MÓDULO: ESPECÍFICO II

Perfil Profissional: Técnico em Sistemas de Energia Renovável

Unidade Curricular: Fabricação de Equipamentos, Componentes e Peças

Carga Horária: 100h

Unidade de Competência
UC5: Participar do processo de fabricação de equipamentos, de acordo com a legislação
vigente e normas aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio ambiente

Objetivo Geral: Desenvolver capacidades técnicas, sociais, organizativas e metodológicas


requeridas para montagem de equipamentos, componentes e peças conforme folhas de
processos.

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Fundamentos Técnicos e Científicos Conhecimentos


reação
 Feedback (positivo e negativo) – causas e
efeitos
 Gestão de conflitos
 Delegação

288
AMBIENTES PEDAGÓGICOS, COM RELAÇÃO DE EQUIPAMENTOS,
MÁQUINAS, FERRAMENTAS, INSTRUMENTOS E MATERIAIS
 Biblioteca
 Sala de aula
Ambientes Pedagógicos
 Laboratório de Eletrônica
 Laboratório de Instalações Elétricas
Laboratório de Instalações Elétricas
Máquinas:
 Motores elétricos
Equipamentos:
 CLP
 Contatores
 Botoeiras
 Inversores de frequência
Ferramentas:
 Chaves de fenda
 Chaves Phillips
 Alicate de corte
 Alicate de bico
 Alicate universal
Instrumentos:
 Multímetro
 Megômetro
Equipamentos,Ferramentas,  Terrômetro
Instrumentos e Materiais  Alicate de bico redondo ou de bico cônico
 Alicate de bico de meia-cana
 Alicate de corte diagonal ou de corte lateral
 Alicate universal
 Alicate descascador de fios
 Alicate de compressão
 Chave de fenda
 Arco de serra
 Serras para metais
 Brocas
 Furadeira
 Parafusadeiras elétricas portáteis
 Canivete
 Estilete
 Talhadeira
 Ponteiro
 Limas
 Esmeril
 Maçarico a gás
 Soprador térmico
 Ferro de soldar ou soldador elétrico
289
AMBIENTES PEDAGÓGICOS, COM RELAÇÃO DE EQUIPAMENTOS,
MÁQUINAS, FERRAMENTAS, INSTRUMENTOS E MATERIAIS
 Tarraxa
 Torno comum de bancada
 Torno de encanador
 Escada
 Metro articulado
 Trena
 Fitas
 Cabos de aço para enfiação
 Ferramentas de curvar eletrodutos metálicos
rígidos
 Máquina de cortar parede
Materiais:
 Cabos
 Fios
 Quadro de comandos elétricos
 Interruptores
 Relés de impulso
 Interruptor automático por presença
 Relé fotoelétrico
 Quadro de distribuição
 Eletrodutos rígidos
 Eletrodutos metálicos flexíveis
 Eletrodutos de PVC flexíveis
 Eletrodutos corrugados de polietileno de alta
densidade (PEAD)
 Lixas
 Caixas de embutir
 Caixas aparentes
 Disjuntores termomagnéticos
 Fusíveis diversos
 Disjuntores e interruptores diferenciais
residuais (DR)
 Condutores diversos
 Dispositivos de proteção contra descargas
elétricas (SPDA)
 DPS
Laboratório de Eletrônica
Equipamentos:
 Fontes de tensão CC ajustável
 Osciloscópio
 Gerador de funções
 Varivolt
Ferramentas:

290
AMBIENTES PEDAGÓGICOS, COM RELAÇÃO DE EQUIPAMENTOS,
MÁQUINAS, FERRAMENTAS, INSTRUMENTOS E MATERIAIS
 Chaves de fenda
 Chaves Phillips
 Alicate de corte
 Alicate de bico
 Alicate universal
 Ferro de solda
 Sugador de solda
Instrumentos:
 Multímetro
 Alicate amperímetro
 Analisador de energia
Outros:
 Protoboard
 Pontas de prova
 Cabos
 Fios
 Solda
 Suporte para ferro de solda

Material Didático  Apostila

291
MÓDULO: ESPECÍFICO II

Perfil Profissional: Técnico em Sistemas de Energia Renovável

Unidade Curricular: Gestão de Pessoas e Processos

Carga Horária: 60h

Unidades de Competência:
UC1: Prospectar áreas para implantação de sistemas de energia renovável, de acordo com
a legislação vigente e normas aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio
ambiente.
UC2: Projetar sistemas de pequeno porte, de acordo com a legislação vigente e normas
aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio ambiente.
UC3: Executar projetos de pequeno e grande porte, de acordo com a legislação vigente e
normas aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio ambiente.
UC4: Realizar a operação e manutenção de máquinas e equipamentos, de acordo com a
legislação vigente e normas aplicadas à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio
ambiente.
UC5: Participar do processo de fabricação de equipamentos, de acordo com a legislação
vigente e normas aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio ambiente

Objetivo Geral: Desenvolver capacidades técnicas, sociais, organizativas e metodológicas


requeridas para coordenar equipes e processos.

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Fundamentos Técnicos e Científicos Conhecimentos

Capacidades Técnicas Gestão de recursos humanos


 Ajustar necessidade de recursos  Estruturas organizacionais
humanos e materiais conforme condições  Perfil do gerente de projetos
reais de campo e necessidades nas  Gerentes de projetos
atividades de prospecção, projeção,  Habilidades do gerente de projetos
montagem, instalação, comissionamento,  Liderança e equipes de trabalho
operação, fabricação e montagem de  Análise de desempenho da equipe de
sistemas de energias renováveis trabalho
 Identificar necessidade de ajuste e  Necessidade de capacitações
provisionamento de recursos humanos e  Treinamento de equipes
materiais para garantir o cumprimento de
cronogramas
 Identificar necessidade de capacitação
para os membros da equipe ao
desenvolverem atividades de prospecção,
projeção, montagem, instalação,
comissionamento, operação, fabricação e
montagem de sistemas de energias
renováveis

292
MÓDULO: ESPECÍFICO II

Perfil Profissional: Técnico em Sistemas de Energia Renovável

Unidade Curricular: Gestão de Pessoas e Processos

Carga Horária: 60h

Unidades de Competência:
UC1: Prospectar áreas para implantação de sistemas de energia renovável, de acordo com
a legislação vigente e normas aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio
ambiente.
UC2: Projetar sistemas de pequeno porte, de acordo com a legislação vigente e normas
aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio ambiente.
UC3: Executar projetos de pequeno e grande porte, de acordo com a legislação vigente e
normas aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio ambiente.
UC4: Realizar a operação e manutenção de máquinas e equipamentos, de acordo com a
legislação vigente e normas aplicadas à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio
ambiente.
UC5: Participar do processo de fabricação de equipamentos, de acordo com a legislação
vigente e normas aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio ambiente

Objetivo Geral: Desenvolver capacidades técnicas, sociais, organizativas e metodológicas


requeridas para coordenar equipes e processos.

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Fundamentos Técnicos e Científicos Conhecimentos


 Proporcionar capacitação continuada
quando necessário, para garantir as
condições de qualidade e segurança
ambiental e pessoal
 Aplicar técnicas de treinamento ao
supervisionar as atividades
 Administrar conflitos, buscando
harmonização do ambiente de trabalho,
ao supervisionar as atividades Relações de trabalho
 Aplicar técnicas de administração de  Teoria comportamental
conflitos ao supervisionar as atividades  Motivação no trabalho
 Aplicar técnicas de integração de pessoas  Formação de grupos e equipes
ao supervisionar as atividades  Comunicação interpessoal
 Aplicar técnicas de liderança ao  Técnicas de liderança e administração
supervisionar as atividades de conflitos
 Aplicar técnicas de negociação ao  Negociação como instrumento gerencial
supervisionar as atividades  Principais tipos e modelos de
 Analisar os resultados do desempenho da negociação
equipe de trabalho tendo em vista o
cumprimento das metas estabelecidas

293
MÓDULO: ESPECÍFICO II

Perfil Profissional: Técnico em Sistemas de Energia Renovável

Unidade Curricular: Gestão de Pessoas e Processos

Carga Horária: 60h

Unidades de Competência:
UC1: Prospectar áreas para implantação de sistemas de energia renovável, de acordo com
a legislação vigente e normas aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio
ambiente.
UC2: Projetar sistemas de pequeno porte, de acordo com a legislação vigente e normas
aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio ambiente.
UC3: Executar projetos de pequeno e grande porte, de acordo com a legislação vigente e
normas aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio ambiente.
UC4: Realizar a operação e manutenção de máquinas e equipamentos, de acordo com a
legislação vigente e normas aplicadas à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio
ambiente.
UC5: Participar do processo de fabricação de equipamentos, de acordo com a legislação
vigente e normas aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio ambiente

Objetivo Geral: Desenvolver capacidades técnicas, sociais, organizativas e metodológicas


requeridas para coordenar equipes e processos.

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Fundamentos Técnicos e Científicos Conhecimentos


 Avaliar desempenho de equipes e
processos ao supervisionar as atividades
para definição do escopo e projeto de
sistemas de pequeno porte Princípios de administração
 Dar feedback à equipe de trabalho ao
supervisionar as atividades  Conceitos básicos de administração e
 Interpretar gráficos e planilhas de controle organização
do e índices de desempenho ao  Métodos de avaliação de desempenho
supervisionar as atividades o Procedimentos de acompanhamento
 Elaborar relatório com os resultados da sistemático de desempenho
análise do desempenho da equipe e/ou o Instrumentos de avaliação de
desempenho de processos ao desempenho
supervisionar as atividades o Feedback
 Registrar aspectos avaliados durante o
acompanhamento das equipes e dos
processos ao supervisionar as atividades
 Aplicar ferramentas de controle e
qualidade adequadas ao coordenar
processos de prospecção, montagem,
instalação, comissionamento, operação,

294
MÓDULO: ESPECÍFICO II

Perfil Profissional: Técnico em Sistemas de Energia Renovável

Unidade Curricular: Gestão de Pessoas e Processos

Carga Horária: 60h

Unidades de Competência:
UC1: Prospectar áreas para implantação de sistemas de energia renovável, de acordo com
a legislação vigente e normas aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio
ambiente.
UC2: Projetar sistemas de pequeno porte, de acordo com a legislação vigente e normas
aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio ambiente.
UC3: Executar projetos de pequeno e grande porte, de acordo com a legislação vigente e
normas aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio ambiente.
UC4: Realizar a operação e manutenção de máquinas e equipamentos, de acordo com a
legislação vigente e normas aplicadas à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio
ambiente.
UC5: Participar do processo de fabricação de equipamentos, de acordo com a legislação
vigente e normas aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio ambiente

Objetivo Geral: Desenvolver capacidades técnicas, sociais, organizativas e metodológicas


requeridas para coordenar equipes e processos.

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Fundamentos Técnicos e Científicos Conhecimentos


fabricação e montagem de sistemas de
energias renováveis
 Comparar resultados de indicadores de
qualidade e da produção com as metas Teoria da qualidade e controle
estabelecidas ao supervisionar as
atividades  Conceitos de qualidade e controle
 Interpretar gráficos e planilhas de controle  Metas e indicadores
do andamento (escopo e cronograma) ao  Ferramentas da qualidade e controle
supervisionar as atividades o 5S
 Negociar estratégias para o alcance das o Método de Análise e Solução de
metas propostas com a equipe de Problemas (MASP)
trabalho ao supervisionar as atividades Qualidade e empreendedorismo
 Selecionar ferramentas de controle da
qualidade ao supervisionar as atividades  ISO 9001
 Atuar em conformidade com a legislação  ISO 14001
trabalhista ao supervisionar as atividades  Responsabilidade com o meio ambiente
 Orientar equipe de trabalho sobre  Auditoria
aspectos inerentes a legislação, normas
técnicas, de saúde e segurança do
trabalho, higiene, princípios de gestão da

295
MÓDULO: ESPECÍFICO II

Perfil Profissional: Técnico em Sistemas de Energia Renovável

Unidade Curricular: Gestão de Pessoas e Processos

Carga Horária: 60h

Unidades de Competência:
UC1: Prospectar áreas para implantação de sistemas de energia renovável, de acordo com
a legislação vigente e normas aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio
ambiente.
UC2: Projetar sistemas de pequeno porte, de acordo com a legislação vigente e normas
aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio ambiente.
UC3: Executar projetos de pequeno e grande porte, de acordo com a legislação vigente e
normas aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio ambiente.
UC4: Realizar a operação e manutenção de máquinas e equipamentos, de acordo com a
legislação vigente e normas aplicadas à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio
ambiente.
UC5: Participar do processo de fabricação de equipamentos, de acordo com a legislação
vigente e normas aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio ambiente

Objetivo Geral: Desenvolver capacidades técnicas, sociais, organizativas e metodológicas


requeridas para coordenar equipes e processos.

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Fundamentos Técnicos e Científicos Conhecimentos


qualidade e preservação ambiental,
observando as normas e os
procedimentos internos ao supervisionar
as atividades
 Aplicar as normas técnicas, ambientais,
de segurança e higiene do trabalho ao Aspectos pertinentes à legislação
supervisionar as atividades trabalhista
 Monitorar cumprimento de normas,  Tipos de contratos
procedimentos e orientações para garantir  Tipos de empregadores
as condições de segurança ambiental e  Direitos e deveres do trabalhador
pessoal
 Cálculo previdenciário
 Orientar equipe de trabalho sobre a
utilização e conservação de Norma técnicas de saúde e segurança
equipamentos, ferramentas e acessórios
 Acidentes de trabalho
de acordo com as normas estabelecidas
 Aspectos ergonômicos
pela empresa ao supervisionar as
 Saúde do trabalhador
atividades de prospecção do sistema de
medição Noções básicas de legislação ambiental
 Conduzir reuniões com equipes de
 Política Nacional do Meio Ambiente
trabalho internas e/ou externas nas
 Lei de Crimes Ambientais ou Lei da
296
MÓDULO: ESPECÍFICO II

Perfil Profissional: Técnico em Sistemas de Energia Renovável

Unidade Curricular: Gestão de Pessoas e Processos

Carga Horária: 60h

Unidades de Competência:
UC1: Prospectar áreas para implantação de sistemas de energia renovável, de acordo com
a legislação vigente e normas aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio
ambiente.
UC2: Projetar sistemas de pequeno porte, de acordo com a legislação vigente e normas
aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio ambiente.
UC3: Executar projetos de pequeno e grande porte, de acordo com a legislação vigente e
normas aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio ambiente.
UC4: Realizar a operação e manutenção de máquinas e equipamentos, de acordo com a
legislação vigente e normas aplicadas à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio
ambiente.
UC5: Participar do processo de fabricação de equipamentos, de acordo com a legislação
vigente e normas aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio ambiente

Objetivo Geral: Desenvolver capacidades técnicas, sociais, organizativas e metodológicas


requeridas para coordenar equipes e processos.

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Fundamentos Técnicos e Científicos Conhecimentos


atividades de prospecção, projeção, Natureza
montagem, instalação, comissionamento,
operação, fabricação e montagem de
sistemas de energias renováveis Processos produtivos
 Definir estratégias de coordenação ao  Fordismo
planejar as atividades de coordenação
 Toyotismo
 Elaborar cronograma ao planejar as
atividades de coordenação Planejamento
 Prever equipes e processos ao planejar  Execução de atividades
as atividades de coordenação  Recursos materiais
 Definir cronograma de reuniões ao  Recursos humanos
planejar as atividades de coordenação
 Cronogramas
 Seguir cronograma para garantir que as
atividades sejam realizadas conforme Conceitos de empreendedorismo
planejado  Empreendedor X gestor
 Prever recursos (humanos, de materiais,  Características de empreendedores
financeiro e logístico) ao planejar as
 Plano de negócios
atividades de coordenação
o Modelo
 Definir instrumentos de avaliação ao
planejar as atividades de coordenação Chefia e liderança

297
MÓDULO: ESPECÍFICO II

Perfil Profissional: Técnico em Sistemas de Energia Renovável

Unidade Curricular: Gestão de Pessoas e Processos

Carga Horária: 60h

Unidades de Competência:
UC1: Prospectar áreas para implantação de sistemas de energia renovável, de acordo com
a legislação vigente e normas aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio
ambiente.
UC2: Projetar sistemas de pequeno porte, de acordo com a legislação vigente e normas
aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio ambiente.
UC3: Executar projetos de pequeno e grande porte, de acordo com a legislação vigente e
normas aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio ambiente.
UC4: Realizar a operação e manutenção de máquinas e equipamentos, de acordo com a
legislação vigente e normas aplicadas à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio
ambiente.
UC5: Participar do processo de fabricação de equipamentos, de acordo com a legislação
vigente e normas aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio ambiente

Objetivo Geral: Desenvolver capacidades técnicas, sociais, organizativas e metodológicas


requeridas para coordenar equipes e processos.

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Fundamentos Técnicos e Científicos Conhecimentos


 Monitorar a otimização de recursos Fundamentos de clima organizacional e
materiais evitando desperdícios ao gerenciamento
supervisionar as atividades Padronizações das rotinas e funções
 Acompanhar sistematicamente quanto à
execução das atividades das equipes e Controle de processos
processos ao supervisionar as atividades  Definição
 Fiscalizar o cumprimento das atividades  Acompanhamento
de campo ao supervisionar as equipes  Condições de segurança
 Monitorar o planejamento da montagem,  Intervenções corretivas
instalação e comissionamento ao
supervisionar as atividades Tipos de profissionais
 Interpretar gráficos e planilhas de controle  Capacitado
do processo de fabricação ao  Qualificado
supervisionar as atividades de
 Habilitado
fabricação/montagem
 Autorizado
 Selecionar instrumentos de avaliação
para garantir condições de segurança Importância e responsabilidade pela
ambiental e pessoal conservação de equipamentos,
 Registrar condições de segurança para ferramentas e acessórios
garantir o cumprimento da legislação e

298
MÓDULO: ESPECÍFICO II

Perfil Profissional: Técnico em Sistemas de Energia Renovável

Unidade Curricular: Gestão de Pessoas e Processos

Carga Horária: 60h

Unidades de Competência:
UC1: Prospectar áreas para implantação de sistemas de energia renovável, de acordo com
a legislação vigente e normas aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio
ambiente.
UC2: Projetar sistemas de pequeno porte, de acordo com a legislação vigente e normas
aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio ambiente.
UC3: Executar projetos de pequeno e grande porte, de acordo com a legislação vigente e
normas aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio ambiente.
UC4: Realizar a operação e manutenção de máquinas e equipamentos, de acordo com a
legislação vigente e normas aplicadas à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio
ambiente.
UC5: Participar do processo de fabricação de equipamentos, de acordo com a legislação
vigente e normas aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao meio ambiente

Objetivo Geral: Desenvolver capacidades técnicas, sociais, organizativas e metodológicas


requeridas para coordenar equipes e processos.

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Fundamentos Técnicos e Científicos Conhecimentos


garantir as condições de segurança Otimização de recursos materiais
ambiental e pessoal
 Introdução à logística
 Avaliar condições de segurança de
 Planejamento – localização das
pessoas e processos
instalações, estoques e compras
 Verificar existência e validade de
 Fundamentos de almoxarifado – leiaute,
certificação, qualificação e habilitação de
segurança e transporte
pessoal para garantir as condições de
segurança ambiental e pessoal
 Realizar intervenções corretivas durante a
supervisão das atividades para definição
do escopo e projeto de sistemas de
pequeno porte
 Orientar intervenções corretivas ao
supervisionar as atividades
 Elaborar modelo de documento de
registro dos resultados ao planejar as
atividades de coordenação

299
AMBIENTES PEDAGÓGICOS, COM RELAÇÃO DE EQUIPAMENTOS,
MÁQUINAS, FERRAMENTAS, INSTRUMENTOS E MATERIAIS
 Biblioteca
 Sala de aula
Ambientes Pedagógicos  Laboratório de Eletrônica
 Laboratório de Instalações
Elétricas

Equipamentos,Ferramentas, Instrumentos e  Computadores


Materiais  Multimídia

Material didático  Apostila

300
MÓDULO: ESPECÍFICO III

Perfil Profissional: Técnico em Sistemas de Energia Renovável

Unidade Curricular: Prospecção de Recursos de Energias Renováveis

Carga Horária: 120h

Unidade de Competência:
UC1: Prospectar áreas para implantação de sistemas de energia renovável, de acordo
com a legislação vigente e normas aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao
meio ambiente.

Objetivo Geral: Desenvolver capacidades técnicas, sociais, organizativas e


metodológicas requeridas para prospectar recursos de energias renováveis.

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Fundamentos Técnicos e Científicos Conhecimentos

Localização Instrumentos de
georreferenciamento
 Identificar os tipos de instrumentos
adequados para determinação das  GPS (Sistema de Posicionamento
coordenadas geográficas e orientação Global)
magnética ao identificar localização  Bússola
 Manusear GPS e bússola para identificação  Ferramentas de GIS (Sistema de
de coordenadas geográficas e orientação Informação Geográfica)
magnética ao identificar localização o Jump
 Interpretar os dados dos instrumentos de o QGIS
georreferenciamento para identificação da o Thubam
localização o Map Server
o Geo Server
o GIS Knoppix
Operação de equipamentos GPS e
bússola
 Sistemas de coordenadas
 Consultar banco de dados existente para  Cartografia
levantamento de informações de irradiação,  DATUMS
velocidade e direção de ventos em mapas e  Transferência de dados de GPS
atlas solarimétricos e eólicos ao identificar Identificação de banco de dados
localização
 Relacionar os dados consultados para  Atlas de recursos energéticos
identificação do potencial energético ao  Catálogos
identificar localização  Bancos digitais
 Analisar os dados consultados para
identificação de localização
 Registrar os resultados ao analisar os dados Relatório técnico
consultados de identificação de localização  Planilhas

301
MÓDULO: ESPECÍFICO III

Perfil Profissional: Técnico em Sistemas de Energia Renovável

Unidade Curricular: Prospecção de Recursos de Energias Renováveis

Carga Horária: 120h

Unidade de Competência:
UC1: Prospectar áreas para implantação de sistemas de energia renovável, de acordo
com a legislação vigente e normas aplicáveis à qualidade, à saúde, à segurança e ao
meio ambiente.

Objetivo Geral: Desenvolver capacidades técnicas, sociais, organizativas e


metodológicas requeridas para prospectar recursos de energias renováveis.

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Fundamentos Técnicos e Científicos Conhecimentos


 Mapas
 Tabelas
Noções de topografia
 Fotografar áreas para análise da topografia,
tipos de solo, acessos viários, acesso Noções de relevo
elétrico, indicadores bioclimáticos e zonas de  Conceito
exclusão  Tipos
Noções de solo
 Conceito
 Tipos
Noções de indicadores bioclimáticos
(ambientais)
 Conceito
 Tipos (ambientais) – árvores
inclinadas, formações das erosões
Noções de zonas de exclusão
 Tipos de zonas de exclusão (áreas
de reservas ambientais, dunas,
mangues)
 Realizar entrevistas locais com residentes na
área para identificação de dados como
direção do vento, parâmetros de variação e Técnicas de entrevista
irradiação, fenômenos meteorológicos, entre
 Forma
outros, ao registrar atividades de campo
 Postura