Você está na página 1de 21

EMPREENDEDORISMO E ÉTICA

AULA 01
O que você entende
sobre Ética, Moral e
Valores?
ÉTICA
O termo Ética deriva do grego ethos (caráter, modo de ser de uma
pessoa).
Ética é um conjunto de valores morais e princípios que norteiam a conduta
humana na sociedade. A ética serve para que haja um equilíbrio e bom
funcionamento social, possibilitando que ninguém saia prejudicado. Neste
sentido, a ética, embora não possa ser confundida com as leis, está
relacionada com o sentimento de justiça social.

A ética é construída por uma sociedade com base nos valores históricos e
culturais. Do ponto de vista da Filosofia, a Ética é uma ciência que estuda
os valores e princípios morais de uma sociedade e seus grupos.
POR QUE A ÉTICA É NECESSÁRIA E
IMPORTANTE?

A ética tem sido o principal regulador do desenvolvimento histórico-


cultural da humanidade.
Sem ética, ou seja, sem a referência a princípios humanitários
fundamentais comuns a todos os povos, nações, religiões etc., a
humanidade já teria se despedaçado até à autodestruição.
Também é verdade que a ética não garante o progresso moral da
humanidade.
Como ser Ético?

•Ter caráter, cultura e bons princípios;


•Motivar e ter boas intenções;
•Procurar agir e ter boas ações;
•Gerar bons resultados;

Em resumo:
“Fazer aos outros o que gostaria que fizessem
para você”.
Ética e Cidadania
A palavra “ética” provém do grego “ethikos”, ou seja, aquilo que pertence ao “ethos”, ou
seja, “caráter”, trazendo então o significado de “portador de caráter”.

“Cidadania”, por sua vez, vem do latim “civitas”, que significa “cidade”, sendo, portanto, a
qualidade daquele que vive numa cidade, de quem se exige o cumprimento de deveres e
obrigações com a comunidade.

Ética e cidadania são conceitos que devem estar na base de qualquer espécie de sociedade
humana. Eles têm a ver com as atitudes tomadas pelos indivíduos e como
eles interagem em sociedade, ou seja, como se tratam e convivem.

Ética é o nome escolhido para um ramo da filosofia que se dedica a estudar conteúdos
morais, ou seja, aquilo que é referente à retidão do caráter humano, o que é certo.

Cidadania, assim como sua origem latina, diz respeito ao cidadão, aos direitos e deveres aos
quais está sujeito em uma vida em sociedade. Assim como ética, cidadania também tem a
ver com agir de maneira correta.

A ética e a moral são a base para o desenvolvimento de uma cidadania consciente e justa.
MORAL
• A palavra “moral” é originária do termo latino “Morales”, que significa “relativo
aos costumes”, isto é, aquilo que se consolidou como sendo verdadeiro do
ponto de vista da ação.

• Moral é o conjunto de regras que orientam o comportamento do indivíduo


dentro de uma sociedade. Ela pode ser adquirida através da cultura, da
educação, da tradição e do cotidiano.

• Tais regras norteiam os julgamentos de cada indivíduo sobre o que é certo ou


errado, moral ou imoral, e as suas ações. Os princípios morais de uma pessoa
são os valores em que ela acredita.

• Resumidamente, os princípios morais refletem valores e crenças individuais,


enquanto os valores éticos são aplicados a toda a sociedade ou grupo.
Conceitos

Moral - é o conjunto de regras que orientam o comportamento do


indivíduo dentro de uma sociedade.

Imoral - É saber o que é certo e errado moralmente e agir


cometendo o errado. Agir contra a moral.

Amoral - É a pessoa que não tem senso do que seja moral, ética.
A questão moral para este indivíduo é desconhecida, estranha e,
portanto, “não leva em consideração preceitos morais”. É o caso, por
exemplo, dos índios no tempo do descobrimento ou de uma
sociedade, como a chinesa, que não vê o fato de matar meninas, a
fim de controlar a natalidade, como algo mórbido e triste
Qual a diferença entre ética e moral?

A diferença entre ética e moral é que a ética refere-se às


regras aplicadas à um grupo, por exemplo, códigos de conduta em
locais de trabalho ou princípios em religiões.
A moral se refere aos princípios de uma pessoa em relação ao certo e
ao errado.
Uma maneira fácil de lembrar da diferença entre moral e ética é que a
moral se aplica ao individual, enquanto a ética se aplica a todos.
ÉTICA MORAL
A ética são as regras de A moral se refere aos princípios de
conduta aplicadas a alguma organização comportamento sobre certo ou
ou sociedade, para definir sobre o certo errado, porém definido por cada
Definição ou o errado. indivíduo.
De onde vem Sistema social. Individual.
Porque a sociedade diz que é a coisa Porque acreditamos que algo é
Porque seguimos certa a fazer. certo ou errado.
A ética tende a ser consistente dentro de
um determinado contexto, sendo A moral é normalmente
aplicado da mesma forma a todos. consistente, embora pode mudar
Porém, ela pode variar de acordo com caso as crenças de um indivíduo
Flexibilidade cada cultura ou grupo. mudem.

Ética vem da palavra grega "ethos" que Moral vem da palavra latina
Significado significa "personagem". "moralis" que significa "costume".
Maria leu as diretrizes de ética da
empresa e assinou um contrato que
sinaliza seu acordo em cumpri-las É contra a minha moral defender
Exemplo durante o período de emprego. essa pessoa em julgamento.
VALORES
Valores é o conjunto de características de uma determinada pessoa ou
organização, que determinam a forma como a pessoa ou organização se
comportam e interagem com outros indivíduos e com o meio ambiente.

Valores morais são os conceitos, juízos e pensamentos que são


considerados “certos” ou “errados” por determinada pessoa na
sociedade. Assim, podemos afirmar que os valores humanos são valores
morais que afetam a conduta das pessoas.

Esses valores morais podem também ser considerados valores sociais e


éticos, e constituem um conjunto de regras estabelecidas para uma
convivência saudável dentro de uma sociedade.
Os Valores direcionam o comportamento humano e governam as todas as
nossas decisões. Os costumes são baseados em valores.

São estados emocionais que damos importância e que buscamos vivenciar


mesmo que de forma inconscientemente.

E os nossos valores foram construídos ao longo de nossas vidas, através


principalmente dos nossos pais ou das pessoas que nos educaram enquanto
pequenos. Além da educação sofremos influência da nossa cultura, da nossa
escola, da cidade onde moramos, da experiência de vida, através dos nossos
familiares, das histórias vividas pelos nossos pais, avós, bisavós e por aí vai.
Valores não mudam, eles seguem reforçando ao longo de nossas vidas.
São palavras que descrevem o que nos motivam a agir, seja de forma
considerada “ruim” ou “boa”.

Exemplos de valores: Liberdade, segurança, responsabilidade, contribuição,


comprometimento, confiança, integridade etc. Essa lista é infinita e difere de
pessoa para pessoa.
Juízos de Fato e Juízos Moral ou de Valor
Fazer um juízo significa geralmente que alguém formou ou deu uma opinião.
Esta opinião é comunicada oralmente ou por escrito através de uma frase declarativa, que
exprime o juízo formulado.

Quando valorizamos alguma coisa ou alguém, emitimos um juízo de valor, ou seja, dizemos
que algo tem valor. Os juízos de valor distinguem-se dos juízos de fato.

Fato: É o que é em si mesmo, isto é, fato é o que acontece. Por ser o que acontece é o real,
podendo descrever-se e ver se é verdadeiro ou falso.
É um acontecimento objetivo e exterior ao sujeito, e implica um consenso, um acordo entre
os sujeitos.
Exemplo: Este pincel é preto!
Valor: É o que deve ser, pelo que não pode ser verificável, nem pode ser verdadeiro nem
falso (por exemplo o pincel pretoé bonito, a beleza é um valor que eu atribuo o pincel e
outras pessoas podem não atribuir, podem discordar da minha opinião.) O valor resulta do
preferível e por isso é subjetivo e relativo ao próprio Homem que valora. Não implica
consenso.
Exemplo: Pincel preto é feio!
Ética Empresarial
Conceito de Empresa: organização particular, governamental ou de economia mista, que
produz e oferece bens e/ou serviços, com o objetivo de obter lucro.

A ética empresarial compreende princípios e padrões que orientam o comportamento no


mundo dos negócios.

É o comportamento da empresa quando agem em conformidade com os princípios morais


e as regras do bem proceder aceitas pela coletividade (regras éticas).

A ética empresarial é considerada um fator importantíssimo para a sobrevivência, tanto das


pequenas quanto das grandes empresas.

Quando a empresa tira vantagem de clientes, anunciando produtos que não cumprem sua
função ou seu custo-benefício não compensa, por exemplo, de início ela pode ter um lucro
em curto prazo, mas a confiança será perdida, forçando o cliente a consumir produtos da
concorrência.
Ética empresarial e sua importância
• Desenvolvimento e fortalecimento das relações de confiança, tornando-as mais estáveis,
produtivas e lucrativas para seus clientes e colaboradores, atraindo fortes parcerias
comerciais;

• Criação de um ambiente de trabalho saudável e consequentemente mais produtivo,


atraindo e retendo talentos;

• Torna positivas as experiências de compra e venda nas transações comerciais;

• Aumento da confiança e da reciprocidade, por consequência melhorará também sua


imagem, tornando mais sólida sua marca;

• Maximiza o comprometimento e a lealdade dos empregados, que passam a identificar-se


mais com a empresa;

• Facilita o acesso a financiamentos, pois é tendência dos fundos de investimentos


financiarem apenas empresas éticas e socialmente responsáveis;
O que vale mais a ética ou o lucro?
A função da empresa, ou seja, seu objetivo essencial, não é o lucro, mas prestar serviços.
O lucro é exatamente isso: remuneração pelos serviços prestados.

O lucro é a parte mais sensível de uma organização, por isso exige cuidado no momento do
planejamento para sua obtenção. Isto significa que ser antiético, enganando seus clientes,
não é uma boa conduta para a empresa que almeja se desenvolver e crescer perante à
concorrência.

Ao se falar em empresa ética, fala-se, na verdade, em empresários éticos.

Para alguns empresários o objetivo da empresa é só lucrar e com isso induzem ao "vale tudo
pelo lucro".
Este conceito introduz-se no espírito do funcionário e torna-se princípio de cultura, e a ética
vai para o arquivo morto, retirado em momentos de festa, em tempos de discursos.
CÓDIGOS DE ÉTICA E CONDUTA
Como os indivíduos possuem valores morais diferenciados, as organizações devem ser
explícitas com referência a suas expectativas e ao que seja o seu padrão moral.

Define o comportamento considerado ético e fornece, por escrito, um conjunto de


diretrizes que todos os funcionários devem seguir.

Código de ética empresarial seria um reflexo do conjunto de valores centrais da


organização, que orienta e dá diretrizes de como os indivíduos "deveriam" agir.

Código de conduta empresarial seria uma lista de prescrições, às quais geralmente estão
relacionadas penalidades para a violação, que dizem como os indivíduos "devem" agir.

A ética é daquelas coisas que todo mundo sabe o que são, mas que não são fáceis de
explicar, quando alguém pergunta.

Neste sentido, os códigos de ética empresarial constituem um instrumento importante


para a comunicação dos valores, princípios e missão das organizações, tanto para seus
funcionários quanto para todos os outros públicos com quem se relacionam.
A adoção de código de ética:
Permite a uniformização de critérios, orientando os processos decisórios;

Serve de parâmetro para solução de conflitos

Visa garantir que os funcionários saibam lidar com determinadas situações de


forma ética e que a convivência no ambiente de trabalho seja agradável.

Conduta ética transcende o simples cumprimento da legislação. Observar


estritamente as normas legais, não mais atende padrões ideais de ética.

Assim como educação, a ética vem do berço. Significa dizer que a essência
está na consciência e na formação pessoal.
Caso contrário seria inócuo a empresa adotar um Código de Ética.
-
Código de Ética do Técnico em Eletrotécnica
Capítulo X – Dos deveres

Art. 9º - No exercício da profissão são deveres do profissional:

I - ante ao ser humano e a seus valores:

a) Oferecer seu saber para o bem da humanidade;


b) Harmonizar os interesses pessoais aos coletivos;
c) Contribuir para a preservação da incolumidade pública;
d) Divulgar os conhecimentos científicos, artísticos e tecnológicos inerentes à profissão;

II - ante a profissão:

a) Identificar-se e dedicar-se com zelo à profissão;


b) Conservar e desenvolver a cultura da profissão;
c) Preservar o bom conceito e o apreço social da profissão;
d) Desempenhar sua profissão ou função nos limites de suas atribuições e de sua capacidade pessoal de
realização;
e) Empenhar-se junto aos organismos profissionais no sentido da consolidação da cidadania e da solidariedade
profissional e da coibição das transgressões éticas;
Capítulo XI – Das condutas vedadas

Art.º 10 - No exercício da profissão são condutas vedadas ao profissional:

I - Ante o ser humano e seus valores

a) descumprir voluntária e injustificadamente com os deveres do ofício;

b) usar de privilégio profissional ou faculdade decorrente de função de forma abusiva, para fins discriminatórios
ou para auferir vantagens pessoais;

c) prestar de má-fé orientação, proposta, prescrição técnica ou qualquer ato profissional que possa resultar em
dano às pessoas ou a seus bens patrimoniais;

Capítulo XII – Dos direitos

Art.º 11 - São reconhecidos os direitos coletivos universais inerentes às profissões, suas modalidades e
especializações, destacadamente:

a) Á livre associação e organização em corporações profissionais;

b) Ao gozo da exclusividade do exercício profissional;

c) Ao reconhecimento legal;
EXERCÍCIO
1 - Defina o que é ética?
2 - O que é ser ético?
3 - O que é Moral?
4 - O que é ética empresarial?
5 - Descreva os motivos que justificam uma empresa ética.
6 - Por que a ética é essencial para que haja equilíbrio em uma sociedade?
7 - Qual a diferença entre ética e moral?
8 – Cite um exemplo de juízo de fato e juízo de valor.
9 – Cite 02 direitos e 02 deveres do Técnico em Eletrotécnica.