Você está na página 1de 2

Roteiro de estudos para recuperação de História – 7º ano

1) Leia cada questão abaixo e procure no texto o parágrafo que contém as informações sobre cada
questão.
2) Escreva a resposta de cada questão identificando sobre quem ou o que estiver escrevendo, dando
todas as informações importantes sobre o assunto.
3) Evite copiar do texto, use suas próprias palavras, escreva o que você entendeu sobre o que foi
perguntado.
4) Escreva o número da questão e, ao lado dele, anote o(s) número(s) do(s) parágrafo(s) para orientar
seus estudos. Faça o mesmo com todas as questões.
5) Ao final releia suas respostas para ver se texto ficou claro e organizado, com o maior número de
informações possível.
6) Faça o melhor que puder, com capricho na letra, atenção na ortografia. Mãos à obra. Lembre-se de
estudar as anotações do caderno e as marcações do livro. Estes questionamentos servem apenas de
roteiro para seu estudo. Nada de ficar gravando as perguntas, procure fazer ligações entre os
acontecimentos. Refaça suas tarefas do livro. Bom estudo!
7) Conteúdos a revisar para a prova.

Caderno Pedagógico 2:

Módulo 9: A crise do século XIV

Caderno Pedagógico 3:

Módulo11 :O Renascimento Cultural

Questões de revisão:

1)  A Peste Negra dizimou boa parte da população européia, com efeitos sobre o crescimento das cidades.
O conhecimento médico da época não foi suficiente para conter a epidemia. Na cidade de Siena, Agnolo di
Tura escreveu: “As pessoas morriam às centenas, de dia e de noite, e todas eram jogadas em fossas
cobertas com terra e, assim que essas fossas ficavam cheias, cavavam-se mais. E eu enterrei meus cinco
filhos com minhas próprias mãos (...) E morreram tantos que todos achavam que era o fim do mundo.”

(Agnolo di Tura. The Plague in Siena: An Italian Chronicle. In: William M. Bowsky. The Black Death: a
turning point in history? New York: HRW, 1971 (com adaptações)).

O testemunho de Agnolo di Tura, um sobrevivente da Peste Negra, que assolou a Europa durante parte do
século XIV, sugere que:

a) o flagelo da Peste Negra foi associado ao fim dos tempos. 


b) a Igreja buscou conter o medo da morte, disseminando o saber médico.
c) a impressão causada pelo número de mortos não foi tão forte, porque as vítimas eram poucas e
identificáveis.
d) houve substancial queda demográfica na Europa no período anterior à Peste.

2) O que aconteceu no século XIV que causou medo e morte na Europa?

3) Quais são as causas da doença conhecida como Peste Negra?

4) Quais são as consequências da Peste Negra?


5) Como era transmitida a Peste Negra?

6) O que foi o Renascimento Cultural?

 7)  Assinale V para verdadeiro e F para falso nas afirmações abaixo:


 
(       ) O Renascimento foi um movimento separado do humanismo, já que este  ocorreu de maneira
independente.

(       ) O Renascimento começou em Portugal, devido a expansão marítima, que posteriormente,


espalhou-se para outras regiões da Europa.

(       ) O Renascimento espalhou-se por toda a Europa Ocidental, sempre mantendo um caráter uniforme
em todas as suas manifestações.

(       ) Ao lado dos temas religiosos, arte renascentista passou a explorar outras temáticas como a
mitologia, cenas do cotidiano, etc.

8) Os séculos XV e XVI foram marcados pelo auge do Renascimento cultural na Itália. Não podemos
apontar como característica do movimento cultural defendido pelos chamados renascentistas.

A) inspiravam-se nos valores e ideais da Antiguidade clássica (pensamento greco-romano).


B) interpretavam o mundo com base em uma visão antropocêntrica.
C) Valorizavam os ideais místicos e teocêntricos da chamada “Idade das Trevas”.
D) pretendiam melhorar o ensino nas universidades, colocando em pauta o estudo a partir da razão e da
experiência.
E) acreditavam nas potencialidades da ciência e da razão

9) A Itália é o berço do movimento renascentista. Não podemos apontar com fatores que explicam o início
do movimento renascentista na Itália.
A) as cidades italianas tinham uma vida cultural animada, por causa da pouca atividade comercial;
B) as cidades italianas enriqueceram através do comércio de especiarias orientais, permitindo
financiamento dos artistas;
C) o interesse da burguesia em promover os artistas do Renascimento enfraquecendo a atuação da Igreja
Católica.
D) a atuação dos mecenas italianos, que patrocinavam as artes e a ciência;
E) a maioria das obras da Antiguidade clássica (greco-romana) estava na Itália;

10) O Renascimento representou um movimento artístico e científico que marcou a cultura intelectual do
Ocidente no início da Idade Moderna – século XV e principalmente XVI. Não se pode assinalar como
características do movimento renascentista.

A) ANTROPOCENTRISMO, reconhecimento do homem como centro ou a medida do universo, sendo-lhe


destinadas todas as coisas.
B) NATURALISMO, percepção racional da natureza, propiciando a compreensão dos fenômenos naturais.
C) HELIOCENTRISMO, concepção de que o Sol é o centro do universo e não a Terra.
D) ATEÍSMO, negação da existência de uma figura divina que tenha qualquer influência na conduta
humana.
E) RACIONALISMO, convicção de que tudo pode ser explicado pela razão e pela ciência.