Você está na página 1de 5

Centro de Emprego e Formação Profissional de Vila Nova de Gaia

Ação de formação

Designação: Técnico de Ação de Educativa

N.º:20.0293
UFCD: Atividades Lúdico-Expressivas
Código N.º: 10660
Carga Horária: 25 H
Modalidade de formação: Vida Ativa

Correção: Avaliação Escrita – Componente Teórica


Formanda: _________________________________________________________________

N.º: ____________________________________ Data: 11/08/2020

Cotação: Formadora:

Helena Martinho (for0617)

1. Complete a afirmação recorrendo às palavras destacadas.


O/A Técnico/a de Ação Educativa cuida de crianças tempos livres
com idade até aos 6 anos, incluindo crianças com
cuida necessidades
necessidades específicas de educação, durante as
quotidianas segurança
suas atividades quotidianas e de tempos livres,
garantindo a sua segurança e bem-estar e promovendo o seu desenvolvimento
adequado.
2. Escreva V (verdadeiro) ou F (falso) nas afirmações seguintes referentes aos
Deveres/Obrigações do/a Técnico/a de Ação Educativa.
O/A Técnico/a deve colaborar e/ou executar a planificação das atividades
V
pedagógicas e lúdicas.
Não é necessário ter em conta as necessidades educativas e a idade das crianças
F
ao seu cuidado.
Assegurar as condições de higiene, segurança e organização do local onde as
V
crianças se encontram.

1/5
3. Defina Atividade Lúdica. Auxilie-se nas palavras-chave.

brincadeira jogo atividade de lazer promover diversão

Atividade lúdica é uma brincadeira, jogo ou atividade de lazer que promove a


diversão.
4. Complete as afirmações seguintes sobre os benefícios das atividades lúdicas no
desenvolvimento da criança. corporal
As crianças, ao participarem nas atividades lúdicas, adquirem alegria
novos conhecimentos e desenvolvem competências de uma
sentimentos
forma natural e agradável. Este sentimento promove o interesse
agradável
pela aprendizagem e assegura a sua alegria e bem-estar.
aprendizagem
Neste ambiente, a criança desenvolve a expressão oral e
oral
corporal.
conhecimentos
A ludicidade é um meio de expressão de sentimentos,
pensamentos
pensamentos e perceções da criança.
5. Defina tempo livre. Apoie-se nos conceitos seguintes: tempo descomprometido,
estímulo da criatividade/imaginação, resolução de problemas.
Tempo livre é o tempo descomprometido e, neste tempo da criança não fazer nada,
a criatividade e a imaginação são estimuladas, bem como é desenvolvida a
aprendizagem para a resolução de problemas.
6. Rodeie a letra da alínea correta de forma a obter afirmações verdadeiras.
6.1. O jogo é uma atividade…
a) mágica, preciosa, prazerosa e sem regras.
b) física ou mental baseada num sistema de regras que definem a vitória ou a
derrota.
c) aborrecida e não promove o desenvolvimento da criança.

2/5
6.2. Piaget classificou os jogos em três categorias:
a) jogos de exercício (até aos 2 anos), jogos simbólicos (dos 2 aos 6 anos) e jogos
de regras (dos 6 aos 11/12 anos).
b) jogos sensório-motores, jogos pré-operatórios e jogos concretos;
c) Nenhuma das anteriores está correta.
6.3. Os jogos de exercício (até aos 2 anos) têm como características…
a) a repetição de movimentos e gestos pelo simples prazer que a criança tem em
executá-los: emitir sons, agitar os braços e as pernas, andar, sacudir objetos.
b) a assimilação da realidade através do jogo simbólico.
c) o envolvimento de regras e a concentração no jogo.
6.4. Os jogos simbólicos (dos 2 aos 6/7 anos) consistem em…
a) satisfazer o eu por meio de uma transformação do real em função dos seus
desejos.
b) atribuir um significado ao símbolo (por exemplo, a vassoura) através do jogo faz
de conta para sentir prazer na brincadeira (por exemplo, andar a cavalo).
c) As duas anteriores estão corretas.
6.5. Os jogos de regras (7 aos 11/12 anos)…
a) despertam interesse na criança apenas se envolverem regras.
b) estimulam a concentração no jogo e regulam simultaneamente o comportamento
da criança.
c) As duas anteriores estão corretas.
7. Complete o texto com as palavras destacadas sobre a importância do faz de conta
no desenvolvimento infantil.

imaginários imitar interagir imaginar evolução


criança personalidade desenvolvimento fala objetos

O jogo é uma atividade importante para o desenvolvimento infantil pois permite à criança
imaginar situações, em imitar papéis sociais e interagir durante as atividades lúdicas.
Ao criar e recriar uma atividade lúdica, a criança desempenha papéis e comportamentos
dos adultos, para as quais não está preparada, dando-lhes significados imaginários. A
criança age independentemente daquilo que vê. Por estes motivos, a brincadeira de faz
de conta tem um papel fundamental no aperfeiçoamento e evolução para a preparação
da criança para uma nova etapa do desenvolvimento psíquico e na formação da

3/5
personalidade da criança. No faz de conta, a criança já consegue, através da fala,
representar o que aprendeu no convívio com o meio, apoiando-se em objetos e ações
externas.
8. Escreva V (verdadeiro) ou F (falso) nas afirmações seguintes referentes à
importância do contacto com a natureza para o desenvolvimento infantil.
V Favorece a atividade física, prevenindo a obesidade.

V Estimula a aquisição de competências, treino da atenção e capacidade de


resolução de problemas.
F Não promove a relação entre pares.

V Permite desenvolver a resiliência por haver interação com outras crianças.


Constroem-se as bases para a compreensão da criança em relação a si mesma
V
e do mundo.
9. Descreva uma atividade lúdica a gosto. Mencione qual faixa etária a que é dirigida,
materiais/recursos e procedimento/descrição.
Atividade lúdica: Pintura com técnica de esponja e Colagem em tela para o Dia da Mãe
Materiais:
۰ Retroprojetor para apresentar um exemplo da tarefa a realizar;
۰ Tela de 20cmx15cm (aproximadamente);
۰ 30 botões (aproximadamente, dependente do tamanho de cada um) bastante
coloridos e de diferentes tamanhos / criança;
۰ Carimbos de esponja / criança;
۰ 1 rolo de fita acetinada (ex.: dourada);
۰ Marcadores;
۰ Guaches;
۰ Verniz em spray;
۰ Pistola de cola quente e tubos de cola quente.
Descrição:
۰ Distribuir uma tela por cada criança, os respetivos botões e um carimbo de
esponja;
۰ Projetar um exemplo da tarefa a executar para que a criança perceba como deve
distribuir os botões na tela, atribuindo-lhe forma de ramo;
۰ Explicar claramente o que se pretende e parar com a projeção (para que a criança
explore a sua imaginação e criatividade);
4/5
۰ Apresentar uma paleta de guaches (cores neutras/pastel) para que a criança
escolha a cor de fundo da sua tela;
۰ Cobrir a tela com a cor de fundo escolhida com o apoio do carimbo de esponja;
۰ Retirar os excessos de guache;
۰ Distribuir os botões a gosto pela tela, jogando com as cores e diversos tamanhos
dos mesmos; a educadora e/ou técnica apenas orienta/apoia/sugere/aconselha,
mas respeitando sempre a última decisão da criança;
۰ Colar os botões à tela com cola quente no local exato onde a criança os
posicionou (tarefa a realizar pela educadora/técnica);
۰ Fazer um laçarote de fita acetinada e indicar à criança o local que a fita vai ocupar;
۰ Desenhar a marcador várias linhas, para efeito de caule da planta, desde os
botões inferiores até ao local em que ficará o laçarote;
۰ Colar o laçarote;
۰ Pulverizar, no exterior, o trabalho já seco com spray de verniz e deixar secar.
Faixa etária: 4/5 anos
Duração: 3 a 4 horas, dependentemente do número de crianças e autonomia de cada uma

5/5