Você está na página 1de 4

Escola Municipal Naomar Soares de Alcântara

Nome:__________________________________
Série:____________
Turma:___________
Prof: ____________________
Disciplina: FILOSOSFIA

ATIVIDADE

Leia o texto a seguir:


Filósofos Pré-Socráticos
Os filósofos pré-socráticos fazem parte do primeiro período da filosofia grega. Eles desenvolveram
suas teorias do século VII ao V a.C., e recebem esse nome pois são os filósofos que antecederam Sócrates.
Esses pensadores buscavam nos elementos natureza as respostas sobre a origem do ser e do
mundo. Focando principalmente nos aspectos da natureza, eram chamados de “filósofos da physis” ou
"filósofos da natureza".
Foram eles os responsáveis pela transição da consciência mítica para a consciência filosófica. Assim,
buscaram dar uma explicação racional para a origem de todas as coisas.
A mitologia grega explicava o universo através da cosmogonia (cosmo, "universo" e gónos, "gênese",
"nascimento"). A cosmogonia dá sentido a tudo o que existe através da ideia de nascimento a partir de uma
relação (sexual) entre os deuses.
Os filósofos pré-socráticos abandonaram essa ideia e construíram a cosmologia, explicação do
universo baseado no lógos ("argumentação", "lógica", "razão"). Os deuses deram lugar à natureza na
compreensão sobre a origem das coisas.
A filosofia nascida com esses primeiros filósofos deu origem a toda uma produção de conhecimento
e de representação da realidade. Toda essa construção serviu como base para o desenvolvimento da cultura
ocidental.
Confira abaixo uma lista dos principais filósofos do período pré-socrático:
Tales de Mileto:
Nascido na cidade de Mileto, região da Jônia, Tales de Mileto (624 a.C. - 548 a.C.) acreditava que a
água era o principal elemento, ou seja, era a essência de todas as coisas.
Anaximandro de Mileto:
Discípulo de Tales nascido em Mileto, para Anaximandro (610 a.C. - 547 a.C.), o princípio de tudo
estava no elemento denominado “ápeiron”, uma espécie de matéria infinita.
Anaxímenes de Mileto:
Discípulo de Anaximandro nascido em Mileto, para Anaxímenes (588 a.C. - 524 a.C.), o princípio de
todas as coisas estava no elemento ar.
Heráclito de Éfeso:
Considerado o “Pai da Dialética”, Heráclito (540 a.C. - 476 a.C.) nasceu em Éfeso e explorou a ideia
do devir (fluidez das coisas). Para ele, o princípio de todas as coisas estava contido no elemento fogo.
1) Quais foram os filósofos pré-socráticos? E comentem um pouco sobre eles.
_____________________________________________________________________________________
_____________________________________________________________________________________
_____________________________________________________________________________________
_____________________________________________________________________________________
_____________________________________________________________________________________

Leia o texto a seguir:


Sócrates (470 - 399 a.C.)
Sócrates não fundou uma escola como diversos outros filósofos. Era um pregador que ensinava em
locais públicos e não escreveu nada de seus pensamentos. Suas ideias chegaram até nós através dos
escritos dos seus discípulos, principalmente Platão que faz de Sócrates porta voz de muitas de suas ideias,
sendo difícil separar o pensamento dos dois. O mesmo ocorre com os outros autores que escreveram sobre
Sócrates.
O Conhecimento do Homem
Ele acreditava na imortalidade da alma e que ele próprio recebeu em sua vida uma missão do deus
Apolo para que ele defendesse o Conhece-te a Ti Mesmo. Dessa forma a filosofia torna-se um incessante
exame de si e dos outros colocando o homem e os seus problemas como centro dos interesses da filosofia.
A sabedoria passa a ter como objeto de pesquisa o homem. A Sabedoria Humana é o quanto o homem
pode saber sobre o próprio homem. Sócrates busca responder a questão de qual é o ser, a natureza última,
a essência do homem. A essa pergunta Sócrates responde que o homem é a sua alma, e a alma do homem
é a sua razão. A alma do homem é a sua consciência. A alma é o que dá ao homem a sua personalidade
intelectual e moral. Cuidar de si mesmo é cuidar da própria alma mais do que do corpo. O educador tem
assim por tarefa ensinar os homens a cuidar da própria alma. Sócrates considerava-se um educador e como
tal tinha por tarefa ensinar as pessoas a cuidar da alma mais do que do corpo e das riquezas. Ele buscava
a virtude e a virtude não nasce da riqueza nem do culto ao corpo, tão próprio dos atenienses da época. O
corpo tem que ser um instrumento da alma, da sabedoria. Conhecer a si mesmo é conhecer a própria alma.
A missão de Sócrates é conhecer a realidade humana, investigar o homem e a sua alma. A filosofia
deve levar o homem a conhecer a si mesmo, conhecer os seus limites, as suas possibilidades. Busca a
justiça e a solidariedade. A relação do homem com ele e com os outros e a relação dos outros com ele. Para
ele o limite de sua sabedoria era a sua própria ignorância – Só sei que nada sei. Os erros que cometemos
em nossa vida são culpa da nossa ignorância. Não se proclamava sábio e tentava fazer com que as pessoas
se sentissem ignorantes e que admitissem a sua ignorância e fazia isso através do perguntar e do questionar,
Sócrates tanto fez isso que conquistou diversas inimizades.

2) Comente sobre o filosofo Sócrates:


_____________________________________________________________________________________
_____________________________________________________________________________________
_____________________________________________________________________________________
_____________________________________________________________________________________
_____________________________________________________________________________________
_____________________________________________________________________________________
_____________________________________________________________________________________
_____________________________________________________________________________________

Leia a seguir:
Platonismo, a Filosofia de Platão
O Platonismo designa uma corrente filosófica baseada nas ideias do filósofo e matemático grego
Platão (428 a.C.-347 a.C.), discípulo de Sócrates (470 a.C-399 a.C).
A “Academia de Platão” foi fundada em Atenas pelo filósofo por volta de 385 a.C., primeiramente
designada para cultuar as Musas Gregas e o Deus Apolo.
Embora ele tenha fundado com características de culto aos deuses, o local foi considerado a primeira
universidade da história do ocidente.
De tal modo, na Academia Platônica, os filósofos se reuniam para discutir o desenvolvimento da
filosofia e do pensamento de Platão, um dos pilares mais importantes da filosofia ocidental.
Ocorriam, assim, debates sobre os mais diversos temas da filosofia. A Academia de Platão durou
cerca de 9 séculos e foi encerrado em 529 d.C., pelo imperador bizantino Justiniano I.
Períodos do Platonismo:
O Platonismo reúne as diversas abordagens da teoria de Platão: metafísica, retórica, ética, estética,
lógica, política, dialética e da dualidade (corpo e alma), sendo classifica em três períodos, a saber:
Platonismo Antigo (século IV a.C. até a primeira metade do século I a.C.)
Médio Platonismo (séculos I e II d.C.)
Neoplatonismo (séculos III d.C. e VI d.c)

3) Qual o significado da palavra Platonismo? ___________________________________________


_____________________________________________________________________________________
_____________________________________________________________________________________
_____________________________________________________________________________________

4) O foi fundada a “Academia de Platão”? ______________________________________________


_____________________________________________________________________________________
_____________________________________________________________________________________
_____________________________________________________________________________________
_____________________________________________________________________________________

Leia o texto a seguir:


Aristóteles
Discípulo de Platão e preceptor de Alexandre Magno, Aristóteles foi um filósofo grego do século V
a.C. cujo trabalho se estende por todas as áreas da filosofia e ciência conhecidas no mundo grego, sendo
ainda o autor do primeiro sistema abrangente de filosofia ocidental.
Sua obra filosófica, organizada no Corpus Aristotelicum, chegou até nossos dias graças ao trabalho
dos compiladores e estudiosos da era escolástica. Seguindo a ordem destas compilações, o primeiro passo
no estudo da obra de Aristóteles são os trabalhos compilados sob o título Física, um compêndio de trabalhos
nos quais Aristóteles estabeleceu uma interpretação sistemática da natureza e dos fenômenos físicos que
permaneceu até o Iluminismo e a formulação da Mecânica Clássica.
Um dos aspectos mais marcantes da Física é a introdução de um quinto elemento, o éter (aithēr),
que seria uma substância de origem divina, compondo a abóbada celeste visível, planetas e estrelas. Esta
hipótese influenciou diversos pensadores, mantendo-se viva até o final do século XIX. Aristóteles também
explora o movimento, os fenômenos ópticos, mudança e espontaneidade e a causalidade, sugerindo que a
razão de todas as coisas pode ser atribuída a quatro tipos de causas:
Causa material
Causa formal
Causa eficiente
Causa final
Os estudos formais em lógica, que fazem parte da Física, foram introduzidos na estrutura da lógica
formal moderna no final do século XIX.

5) Aristóteles foi discípulo de qual filosofo conhecido?


_____________________________________________________________________________________
_____________________________________________________________________________________
_____________________________________________________________________________________

6) Aristóteles foi preceptor (mentor) de qual líderes políticos da antiguidade?


_____________________________________________________________________________________
_____________________________________________________________________________________