Você está na página 1de 3

Renascimento Artístico

A Adoração dos Reis Magos (1475) de Sandro Botticelli

O Renascimento Artístico representou uma das vertentes do período renascentista com a


profusão de diversas obras.
Lembre-se que o Renascimento foi um movimento artístico, intelectual e cultural que teve início
no século XV na Itália.

Foi com o declínio do sistema feudal e de diversas caraterísticas associadas ao período medieval,
que surgiu a Renascença, um período de efervescência cultural, artística e científica que se
espalhou pela Europa.

Características do Renascimento nas Artes


Diferentemente da arte medieval, o renascimento artístico esteve inspirado na antiguidade
clássica, ou seja, nas artes greco-romana, que haviam sido esquecidas durante séculos.

Para os artistas do renascimento, o contexto associado ao período medieval impossibilitou a


evolução da arte em diversos aspectos.

Isso porque, o medievo esteve intimamente relacionado a uma cultura religiosa, donde
o teocentrismo (Deus no centro do Universo) regia a vida das pessoas.

Foi a partir do avanço científico, social e cultural que surge o movimento do renascimento, o qual
foi marcado sobretudo pelo caráter humanista.

Assim, o teocentrismo medieval dá lugar ao antropocentrismo renascentista, com a chegada da


Idade Moderna.
A grande contribuição da arte renascentista foi a descoberta da perspectiva e da profundidade.
Assim, do plano reto e bidimensional da arte medieval, a arte da renascença promoveu um outro
olhar.

Outros aspectos, não menos importantes, explorados pelos artistas do renascimento, foram o
equilíbrio das formas e a busca da harmonia, fundamentadas na arte clássica.

Vale lembrar que o renascimento artístico incluiu a evolução da pintura, escultura, arquitetura e
literatura, valorizando aspectos humanos e da natureza.

Ainda que muitos temas explorados pelos artistas do renascimento estejam associados ao plano
religioso e espiritual, a mudança de mentalidade da época proporcionou incluir uma variedade de
temáticas. Os assuntos abordados variavam desde os costumes, a mitologia, as paisagens,
dentre outros.

Principais Artistas e Obras


Toda arte renascentista esteve centrada na figura do homem (antropocentrismo). Foram diversos
os campos de atuação dos artistas, os quais deram destaque às mais variadas categorias das
artes: pintura, escultura, arquitetura, literatura, dentre outras. Segue abaixo alguns dos principais
artistas e suas obras:

Leonardo da Vinci (1452-1519)


Considerado um dos maiores gênios da história da
humanidade, Leonardo da Vinci foi pintor, escultor,
engenheiro, cientista, escritor e inventor italiano.

Nascido no vilarejo italiano de Anchiano, Leonardo foi uma


das figuras mais importantes do Renascimento, de forma
que contribuiu para a produção intelectual e artística da
época. De suas obras destacam-se: “A Última Ceia”
(Santa Ceia) e “A Gioconda” (ou Mona Lisa).

Michelangelo Buonarroti (1475-1564)


Pintor, escultor e arquiteto italiano, Michelangelo nasceu
na cidade de Caprese, região da Toscana.

Foi um dos maiores representantes da arte renascentista


e, sem dúvida, sua maior obra foi a pintura da abóboda da
"Capela Sistina", na Catedral de São Pedro, em Roma,
com destaque para "A criação de Adão".

O artista passou quatro anos (1508-1512) pintando o local,


que agrupa cerca de 300 figuras, das quais se destaca: “O
Juízo Final”. Na escultura, suas obras mais
representativas foram: “Pietà” e a “Escultura de Davi”.

Rafael Sanzio (1483-1520)


Ao lado de Leonardo da Vinci e Michelangelo, Rafael formou a
tríade mais importante dos grandes mestres da arte italiana da
Renascença.

Pintor italiano nascido na cidade de Urbino, inovou as técnicas de


pintura, ao utilizar contrastes de luzes e sombras.

Ficou conhecido por suas diversas “Madonas” (mãe de Jesus), das


quais se destaca: “Madona e o Menino Entronados com Santos” (1505).
Donatello (1368-1466)
Além da tríade dos principais
representantes da
Renascença, Donatello foi um importante
escultor italiano do período, nascido em
Florença. Introduziu novas técnicas
artística ao utilizar diferentes materiais
para compor suas esculturas, tal qual,
mármore, bronze e madeira.

Seus trabalhos mais representativos são:


a escultura de “São Marcos”, em
Florença, e “Gattamelata”, na cidade de
Pádua.

Sandro Boticcelli (1445-1510)


Pintor e desenhista nascido em
Florença, Alessandro di
Mariano di Vanni Filipepi, mais
conhecido por seu nome
artístico, Sandro Boticcelli, foi
um dos pintores mais
proeminentes da Itália
renascentista.

Em suas obras, abordou temas


religiosos e mitológicos, donde
se destacam: “A Primavera” e
“O Nascimento de Vênus”.

Laura Aidar - Arte-educadora, pesquisadora e fotógrafa. Licenciada em Educação Artística pela Universidade Estadual Paulista
(Unesp) em 2007 e formada em Fotografia pela Escola Panamericana de Arte e Design, localizada em São Paulo, em 2010.
Daniela Diana - Licenciada em Letras pela Universidade Estadual Paulista (Unesp) em 2008 e Bacharelada em Produção Cultural
pela Universidade Federal Fluminense (UFF) em 2014. Amante das letras, artes e culturas, desde 2012 trabalha com produção e
gestão de conteúdos on-line.
FONTE: https://www.todamateria.com.br/renascimento-artistico/