Você está na página 1de 6

Em jejum 2 colheres de azeite extra virgem!!!!!!!!!

(06h)

Café da manha (09h)


LANCHE (15h)
Opção 1 (segunda)
1 xíc. (chá) de café com leite desnatado e adoçante
1 pão francês sem miolo com
2 col. (chá) de requeijão light
4 biscoito água e sal

Opção 2 (terça)
1 maçã batida com
1 copo (300 ml) de água
2 col. (sopa) de proteína em pó (tipo Whey Protein)
6 amêndoas

Opção 3 (quarta)
1 copo de laranjada (1 laranja com água)
omelete com 2 ovos temperados com orégano
2 col. (chá) de azeite

Opção 4 (quinta)
1/4 de papaia batido com 1 copo de água
1 col. (sopa) cheia de proteína em pó (tipo Whey Protein)
3 amêndoas

Opção 5 (sexta)
1 iogurte desnatado ou light
3 amêndoas

Opção 6 (sábado)
1 barra de proteína pequena
ou 1/2 barra grande (tipo proteinbar)

Opção 7 (domingo)
1 xíc. (chá) de café com leite desnatado e adoçante
1 torrada grande com 2 col. (chá) de requeijão light
2 fatias de presunto magro

Trocar um dos lanches por: 1 barra de cereais ou 1 fatia de pão integral com
requeijão light, incluir 2 colheres (sopa) de arroz integral e 6 de feijão ou 1 xícara de
macarrão ao sugo no almoço. Dê preferência a carboidratos complexos, como
macarrão, arroz integral, cereais, grãos, pães integrais e frutas.
ALMOÇO (12h)

Opção 1 (segunda)
3 col. (sopa) de arroz integral
1 concha pequena de feijão
1 filé médio (90 g) de alcatra grelhado
1 prato (sobremesa) de alface e agrião com 3 col. (chá) de azeite, vinagre e
sal.

Opção 2 (terça)
1 filé grande (150 g) de salmão grelhado
1 batata média assada
1 prato (sobremesa) de rúcula
1/2 tomate com 3 col. (chá) de azeite extra virgem
1 gelatina diet

Opção 3 (quarta)
1 xíc. (chá) rasa de espaguete com 1 pires de brócolis no vapor
3 col. (chá) de azeite extra virgem e alho a gosto
1 peito de frango (90 g) grelhado

Opção 4 (quinta)
3 col. (sopa) de arroz integral
1 omelete com 2 ovos inteiros
1 fatia grossa de queijo branco e sal
1 prato (sobremesa) de alface
1/2 tomate com 3 col. (chá) de azeite

Opção 5 (sexta)
3 col. (sopa) de arroz integral
1 porção (90 g) de carne assada
1 pires de legumes (cenoura, ervilha, beterraba) no vapor com 3 col. (chá) de
azeite
1 fatia média de abacaxi

Opção 6 (sábado)
1 filé grande (150 g) de salmão grelhado
1 batata média assada
1 prato (sobremesa) de rúcula
1/2 tomate com 3 col. (chá) de azeite extra virgem
1 gelatina diet

Opção 7 (domingo)
1 xíc. (chá) rasa de espaguete com 1 pires de brócolis no vapor
3 col. (chá) de azeite extra virgem e alho a gosto
1 peito de frango (90 g) grelhado

JANTAR (18h)
Opção 1 (segunda)
1 prato (fundo) de sopa feita com 2 mandioquinhas, cebola, sal e
60 g de carne magra em cubos. Acrescente 2 col. (chá) de azeite
no final do preparo

Delícias que secam a gordura

HORTALIÇAS
Abobrinha
Acelga
Aipo
Alface
Alho
Aspargo
Berinjela
Beterraba
Brócolis
Cebola
Cenoura
Chicória
Chuchu
Couve
Couve-flor
Espinafre
Nabo
Pepino
Pimenta-vermelha
Repolho
Salsão
FRUTAS
Abacaxi
Ameixa
Amora
Goiaba
Laranja
Limão
Maçã
Mamão papaia
Melancia
Melão
Mexerica
Morango
Pêssego

OUTROS
Barrinha de cereais light
Chá de ervas puro ou com adoçante
Gelatina diet
. Faça algumas trocas que emagrecem: açúcar refinado por adoçante, arroz branco por
integral, manteiga por margarina light, queijos amarelos por brancos, gelatina normal por
diet e carnes gordurosas por carnes magras.

. Dê um sabor à salada: tempere com azeite, limão, vinagre e ervas. Diminua o sal: ele retém
líquido e pode deixá-la inchada.

. Evite frituras. Prefira alimentos assados, cozidos ou grelhados.

. Não deixe de comer o que gosta. O segredo é ter bom senso e não exagerar na quantidade.
Deu vontade de chocolate? Coma um pedacinho. E só!

. Beba, no mínimo, dois litros de água por dia.

. Não exagere na bebida alcoólica.

. Pratique alguma atividade física pelo menos três vezes por semana.

DIETA DA CALORIA NEGATIVA


Conheça 38 alimentos que detonam a gordura do corpo. Com eles no cardápio, você seca até 2 kg
por semana e ainda garante um abdome de fazer inveja!

Imagine deliciar-se com gostosuras que, como num passe de mágica, tirassem calorias do seu corpo. Pois,
acredite, elas existem e são baratinhas! São os chamados alimentos com calorias negativas. Ricos em fibras,
exigem do corpo um esforço muito grande para digeri-los. "Nesse trabalho, o organismo queima mais calorias
do que as fornecidas por essas comidas", explica Simone Odassi, nutricionista de Bauru (SP). E tem mais: esses
aliados da dieta ainda prolongam a sensação de saciedade, queimam as gordurinhas indesejáveis e contribuem
para manter o corpo saudável.

Para usufruir de seus benefícios, basta incluir pelo menos um desses ingredientes em cada refeição. Para
ajudá-la, Viva! preparou um cardápio para eliminar até 2 kg por semana.
Inclua os alimentos em todas as refeições e seque. Se extrapolar numa festa, volte a seguir o cardápio no dia
seguinte
Credito: Dreamstime
idéia de Atkins foi baixar a produção de insulina, hormônio produzido pelo pâncreas, que tem poder
anabolizante, isto é, entre outras coisas, dá fome. Como baixar a insulina? Cortando carboidratos (pão,
massas, batata, frutas, vegetais) da dieta, pois é esse nutriente que estimula a produção do hormônio. O
médico montou então um cardápio em que mais da metade das calorias (57%) vem da gordura de carnes, ovos,
óleos, laticínios, margarina e maionese. Menos carboidrato, menos insulina, menos fome, mais fácil
emagrecer. E tem mais: esse corte radical leva à queima mais intensa de gorduras, já que uma das tarefas da
insulina no corpo é economizar gordura para manter em alta as reservas de energia. Surpreendido pela falta
de massas, pães, doces — alimentos de onde tira seu combustível básico, a glicose —, o metabolismo tem de
buscar outra fonte de energia. Adivinha qual? A gordura! Parte dela é absorvida, parte é queimada e um
montão simplesmente eliminado. Resultado: emagrecimento recorde.

Ficou tentada? Pudera, parece ótimo mesmo. Mas muitos médicos questionam esse jeito de emagrecer.
O que dizem os estudos
Que fique bem claro
Tirar todos os carboidratos, não pode, mas desprezar alguns, como doces, arroz branco e farinhas refinadas,
faz bem. “Esse tipo de carboidrato cria um ciclo vicioso. Como se transformam instantaneamente em açúcar
circuDecepção a longo prazo
Quem não aposta no método de Atkins argumenta que ele só dá resultados porque há uma redução de calorias
— cerca de 1 200 por dia. Privado da glicose (açúcar) dos carboidratos, o organismo vai buscar em outros
nutrientes a energia de que precisa e ataca músculos e gordura para sobreviver. O principal prejuízo desse
mecanismo é que se perde massa muscular — isso causa flacidez e torna a manutenção do peso muito mais
difícil, pois a musculatura estimula a queima de calorias.

Os opositores alegam ainda que muito do que se perde com esse cardápio hiperprotéico é água, e água a gente
recupera fácil. Entenda: cortar os carboidratos ajuda a desinchar, ainda por conta de insulina (olha ela de
novo!), responsável pela retenção de sódio e líquido, ou seja, pelo inchaço. Além disso, por ingerir muita
proteína, junto com a água lá se vão na urina sais minerais, co- mo cálcio e potássio. Daí vem o risco de
cãibras, pela carência desses minerais, e enfraquecimento dos ossos, por carência de cálcio.

O cardápio de Atkins é pobre em vitaminas, minerais e fibras porque faltam frutas e verduras. A médio e longo
prazo, o organismo pode ficar desnutrido e mais vulnerável a doenças. O perigo para as artérias persiste, já
que mais da metade das calorias de uma refeição típica da dieta é gordura saturada (de origem animal), que
se transforma em colesterol e entope as artérias. E mais: comer proteínas demais pode sobrecarregar os rins.
O caminho seguro
“É muito mais saudável comer de tudo um pouco, controlando a dose de gordura, sem eliminar grupos inteiros
de alimentos”, diz Valéria Guimarães. Por isso, montamos uma versão saudável desse método, em que
privilegiamos as proteínas do bem, desprezamos medidas radicais, aproveitando o que o doutor descobriu de
bom. “De fato, aumentar a quantidade de proteínas dá mais saciedade e ajuda a perder peso desde que se
limite a quantidade de gordura”, diz Fernanda D’Elia.
zona de perigo
• Pode provocar mau hálito, dor de cabeça, falta de disposição e náuseas porque a falta de carboidratos
desidrata o organismo e aciona um mecanismo para economizar energia como se estivesse num jejum
prolongado.
• Junto com a gordura, perde-se massa magra (musculatura e osso), o que não ocorre numa dieta balanceada.
• Quem se exercita pode sentir fadiga muscular.
• A dieta é difícil de ser seguida a médio e longo prazo pela restrição de carboidratos. isso é bom
• A ingestão de mais proteínas e gorduras reduz o apetite e garante rápida perda de peso, por um período
curto. Pode funcionar como um impulso inicial.
• Alimentos que costumam ser proibidos em outras dietas ficam liberados, o que anima quem precisa começar
a emagrecer.
• Atkins recomenda que se faça muito exercício.
• Quando o excesso de peso afeta a saúde (obesos, diabéticos, cardíacos), uma dieta radical pode valer a pena
por um período curto.
A nossa versão (saudável) da dieta das proteínas

Esta você pode fazer. A metabologista Fernanda D’Elia e a nutricionista Denise Shirch, de São Paulo, montaram
um cardápio, com 1 200 calorias, à base de proteínas magras, pouca gordura e carboidratos complexos, os que
não aumentam rápido a insulina. Não troque as refeições de um dia para o outro. Beba pelo menos 2 litros
(dez copos) de água por dia. O emagrecimento depende daquilo tudo que você já sabe: idade, altura, quantos
quilos quer perder, atividade física etc. Em média, queimam-se 4 quilos em três semanas. A grande vantagem:
você pode e consegue manter a dieta por mais tempo, até atingir sua meta. Na manutenção, valem
adaptações: trocar um dos lanches por 1 barra de cereais ou 1 fatia de pão integral com requeijão light,
incluir 2 colheres (sopa) de arroz integral e 6 de feijão ou 1 xícara de macarrão ao sugo no almoço. Dê
preferência a carboidratos complexos, como macarrão, arroz integral, cereais, grãos, pães integrais e frutas.

Pode apostar no salmão. Pura proteína do bem, sua gordura faz bem para a saúde

Produção: Foodlook Culinária. Frigideira com Teflon, Macau, e Frigideira de aço inox, Suxxar.
• Envie para uma amiga• Adicionar à sua lista de favoritos!
lante, fazem subir a taxa de insulina rapidamente, acionando o gatilho da fome”, justifica Fernanda.