Você está na página 1de 23

TCC

Terapia Cognitiva Comportamental


Integrantes
• Ana Paula • Nicheli Rocha
• Emely Cordeiro
• Priscila Tamires
• Joyce
• Rosângela Bonfim
• Letícia Santos
• Lucas Matheus • Sidney Samuel

• Ludiana Oliveira • Thayanne Alves


O que é Terapia Cognitivo
Comportamental?
• Terapia cognitivo • Também conhecida como
comportamental é uma TCC, ela explica que o que
abordagem que é mais nos afetam não são os
específica, breve e focada acontecimentos e sim a
no problema atual do forma que interpretamos.
paciente.
Pensamentos Automáticos

• Existem pensamentos na qual não analisamos, são os chamados


“pensamentos automáticos”, que podem ser positivos ou negativos. Na
Terapia cognitiva comportamental o psicólogo vai ajudar o paciente a
distinguir e intervir nesses pensamentos, afim de “muda-los”. Através de testes
comportamentais os pacientes da terapia cognitivo comportamental – TCC
primeiro treinam, identificam, escrevem e aprendem a diferença entre
pensamentos e sentimentos.

• Ao analisarem suas próprias experiências os pacientes chegam à conclusão


de como surgem esses pensamentos, o que ele estava fazendo quando teve
o pensamento automático, ou como se sentiu ao ter esses pensamentos.
Exemplos:
• Numa situação onde o indivíduo é corrigido por um erro,
automaticamente sem estar consciente do pensamento
surge a ideia de “Eu nunca serei promovido. Não faço nada
direito. Nunca conseguirei alcançar meus objetivos”.

• “Sou socialmente inapto e indesejável em situações sociais ou


de trabalho”, “as outras pessoas são potencialmente críticas,
indiferentes, humilhantes ou rejeitadoras”
Quando surgiu a terapia
cognitivo comportamental?

• Surgiu no início dos anos 60, através do psiquiatra Arron T. Beck,


por meio de pesquisas com pacientes deprimidos. Ele
percebeu que pacientes depressivos tinham visão distorcida
de si mesmo, do mundo ao seu redor e de seu futuro, a
chamada tríade negativa, que tem formação na infância.
Conclui-se então que, o pensamento negativo distorcido
altera nosso humor e consequentemente nosso
comportamento.
Quando que a terapia cognitiva
comportamental é indicada?
• É indicada quando seus pensamentos automáticos são
sempre negativos, desencadeando uma série de fatores
como:
 TOC (Transtorno Obsessivo Compulsivo)
 Ansiedade Generalizada
 Transtorno de Pânico
 Ansiedade Social
 Transtornos Alimentares
 Transtornos de Personalidade
 Transtorno Bipolar
5 PONTOS DETERMINANTES NA
PSICOTERAPIA:
Ambiente/Situação onde ocorre o problema
• No trabalho
• Morte do Pai
• Promoção

Pensamento/Sentimento
• Não sirvo para nada
• Sou um fracasso

Estado de Humor/Emoção
• Tristeza
• Irritabilidade
• Culpa
• Pânico

Reação Física
• Suor
• Fadiga
• Insônia
• Corção Dispara

Comportamento
• Evita os amigos
SENTIMENTOS PODEM SER
CONSEQUÊNCIA DE PENSAMENTOS?
• Ao experimentar um estado de humor existiu um
pensamento relacionado à ele que ajuda a definir este
humor. É importante identificar o que está pensando,
porque isso nos leva às crenças. Diferentes crenças levam à
estados de humor diferentes.

Ex. Perder um emprego, para uns pode ser significado de


fracasso e para outros, oportunidade de arrumar um emprego
melhor.
PENSAMENTO POSITIVO É A
SOLUÇÃO?
• Não. Se tentarmos ter apenas pensamentos positivos podemos não
perceber sinais importantes. A terapia cognitiva comportamental
propõe olhar a situação problema de muitos pontos de vista
diferentes, positivos, negativos e neutros para levar a pessoa a novas
conclusões e soluções .

• A solução é elaborar pensamentos alternativos, ou seja flexibilizar o


pensamento. Um pensamento alternativo surge de uma visão
aumentada de si mesmo ou da situação na qual você se encontra. Ele
é frequentemente mais positivo que o pensamento automático, mas
não é a mera substituição por um pensamento positivo, pois o mesmo
pensamento positivo tende a ignorar as informações negativas. Com
informações adicionais ou um ponto de vista ampliado a sua
percepção mudará e em consequência você terá novos sentimentos
e comportamentos.
ALGUMAS OPÇÕES NO ATENDIMENTO
PELA TERAPIA COGNITIVA:
 Biblioterapia.  A bordar gradualmente o estimulo
 Registro de pensamentos temido.
disfuncionais e reestruturação  Experimentos
cognitiva.  Revisão dos pensamentos
 Construção de hierarquias negativos através das informações
 Dessensibilização sistemática . de vida.
 Exposição aos estímulos externos.
 Exposição assistida.
 Exposição ao vivo.
 Métodos para reduzir a ansiedade.
 Reestruturação cognitiva.
 Superação da evitação.
Terapia Cognitiva Comportamental
para:
 Tratamento da Baixa Auto  Baseada em Evidências
Estima
• Uma das características da terapia
• Profissionais com especialização cognitiva é a busca de evidências
nesta abordagem. para os pensamentos disfuncionais.

• Este tratamento pode ser realizado • O método socrático é uma das


de forma mais objetiva e focada possibilidades de uso neste
no sentida da superação a baixa tratamento, onde o psicólogo
autoestima. Tanto o psicólogo ajudará a busca de crenças
pode identificar a necessidade internas que possam estar
deste trabalho mais específico influenciando seus
como pode ouvi-lo quanto a sua comportamentos e sentimentos
necessidade.
Terapia Cognitiva Comportamental
para:
 Adolescência  Queixa Apresentada
• Esta fase pode ser difícil tanto para • Trabalhar em foco ou metas
alguns pais como para os próprios específicas, protocolos específicos
adolescentes. para certas questões, etc. Mas
devemos ter me mente que
• Momento caracterizado por podemos confiar na escolha do
mudanças e escolhas podem profissional pela técnica
trazer desconforto. terapêutica, pois é possível que
tenhamos visto amigos indicando
algo que tenha sido muito bom
para ele mas a avaliação de seu
caso e necessidade pode ser
outra.
Terapia Cognitiva Comportamental
para:
 Fibromialgia  Habilidades Sociais
• Condição que pode não ser muito • Treino em habilidades sociais para
pessoas que desejam superar
bem compreendida pelas pessoas dificuldades de relacionamentos
que não passam pela mesma interpessoais.
condição, pode ser importante o
acolhimento e entendimento do • Muitas vezes não existem questões
emocionais que estejam impedindo
que se trata a fibromialgia. o comportamento desejado mas
ainda assim o desempenho deixa a
• Nesta abordagem o psicólogo desejar.
poderá aplicar técnicas de • Nos casos onde houver indicação o
controle da dor como também psicólogo poderá propor o treino de
trabalhar os aspectos emocionais e habilidades sociais, onde poderá
práticos que envolvem o dia a dia haver um trabalho mais pratico para
a obtenção dos objetivos
deste paciente. comportamentais.
Terapia cognitiva comportamental
Funciona? Resolve?
• Muitas vezes a ansiedade em obter resultados, ou a falta de tempo ou verba
para tentar tratamentos sem a certeza de resultados pode levar a pesquisas na
internet que questiona tanto a aplicabilidade como a possibilidade de
resultados de uma abordagem ou outra.

• Talvez haja subjetividade quanto a resultados, ou seja é possível que uma


terapia com meta em fobia, por exemplo, tenha sido eficiente no sentido desta
pessoa não mais apresentar a fobia mas esta pessoa ainda não se sente
satisfeita com sua vida de uma forma mais ampla, e neste caso dirá que a
terapia não funcionou.

• De toda forma cada pessoa terá seu nível de resposta, algumas percebem
que assim que aprendem a identificar pensamentos disfuncionais já
conseguem aplicar o método socrático na substituição de cognições de outras
questões que talvez nem tenham sido colocadas em terapia.
Técnicas da TCC
 Cognitivas  Comportamentais
• São técnicas destinadas a descobrir • Técnicas que envolvem a ativação
e modificar os pensamentos, do comportamento, ação
esquemas, crenças, ideias
automáticas irracionais. estimulando um movimento positivo
e de esperança.
• Identificar erros e distorção de
pensamentos, avaliação de rótulos • Como por exemplo, as técnicas de
negativos, procura de variações de
pensamentos automáticos, relaxamento e de exposição de
clarificação de valores pessoais, sintomas e situações temidas,
identificar e mudar previsões provocação de sintomas de
negativas, identificar evidências a ansiedade temidos, modelagem e
favor e contra o pensamento
automático, desenvolver um ensaios de novos comportamentos,
pensamento amigável em vez de agir de acordo com um horário de
autocrítico, despolarização das atividades de prazer, exercícios role-
comparações. play, exercícios de imagens mentais.
Técnicas da TCC
 Emocionais  Interpessoais
• Envolvem a compreensão, • Visam um boa comunicação e
identificação e gestão das relação social.
emoções.
• Como saber ouvir e comunicar,
• Midifulness(aceitação-plena), compreender a linguagem
desenvolver inteligência corporal, gerir o não-verbal, auto-
emocional, automotivação, expressaõ e assertividade.
reconhecer as emoções do outros,
gerir relacionamentos,
autocompaixão, exposição as
emoções temidas, experenciar
prazer e emoções positivas
O que se aprende com TCC
• Distinguir pensamentos, sentimentos e a própria realidade.
• Tornar-se consciente das maneiras que seu pensamento
influencia os seus sentimentos.
• Avaliar criticamente a veracidade dos pensamentos
automáticos e suposições.
• Desenvolver as habilidades para perceber, interromper e
intervir no nível dos pensamentos automáticos e como
eles acontecem.
Qual o papel do Psicólogo na TCC?
• O terapeuta tem um papel ativo, colaborativo e educativo. Ele prepara o cliente
para mudar pensamentos e crenças. Isto possibilitará mais conhecimento sobre o
funcionamento emocional e comportamental da pessoa em terapia. Há uma
troca na terapia em que o terapeuta ensina e o cliente pratica e aprende a
utilizar esse conhecimento a seu favor.
• Haverá também tarefas que poderão ser feitas fora da terapia, em ambientes
diversos, para sedimentar o aprendizado de novas situações que estimularão
autonomia e auto eficácia. Através do processo terapêutico, cliente e terapeuta
vão construindo uma convivência através do cuidado, da ética, e do tom
amigável do profissional para deixar o cliente à vontade para expor suas crenças,
identificar seus pensamentos e examinar suas ações.Esse processo se chama
aliança terapêutica. Este é um elo construído pela empatia, ética, acolhimento,
reconhecimento e validação da experiência emocional, cognitiva e
comportamental da pessoa em terapia.
• Através deste processo o cliente aprenderá novas possibilidades de lidar com
suas questões, fortalecerá suas habilidades, aprenderá novas habilidades e
resiliência.
• A psicoterapia é um caminho para a pessoa encontrar-se, para o
autoconhecimento e novas aprendizagens e escolhas, entre várias possibilidades.
Tipos de Terapia Cognitiva
Comportamental
• De acordo com a Associação Britânica de Psicoterapia
Comportamental e Cognitiva, “psicoterapias cognitivas e
comportamentais são uma variedade de terapias baseadas
em conceitos e princípios derivados de modelos psicológicos
de emoção e comportamento humano.”

• Há um número de diferentes abordagens para terapia


comportamental cognitiva que são regularmente utilizados por
psicólogos. Estes tipos incluem:

 Terapia comportamental racional emotiva


 Terapia cognitiva
 Terapia multimodal
Terapia Cognitiva Racional Emotiva
Terapia Cognitiva
Terapia Multimodal