Você está na página 1de 31

Linguagens e Códigos

A pontuação na construção do texto


Língua Portuguesa -1ª Série
A pontuação na construção do texto
Língua Portuguesa - 1ª Série
A pontuação na construção do texto

Há certos recursos da linguagem - pausa, melodia,


entonação e até mesmo, silêncio - que só estão
presentes na oralidade. Na linguagem escrita, para
substituir tais recursos, usamos os sinais de pontuação.
Esses são também usados para destacar palavras,
expressões ou orações e esclarecer o sentido de
frases, a fim de dissipar qualquer tipo de ambiguidade
(1).
Língua Portuguesa - 1ª Série
A pontuação na construção do texto

Os sinais de pontuação são recursos próprios da


língua escrita: representam as pausas e entoações
da linguagem oral. Com acentuada característica
subjetiva, a pontuação não possui critérios rígidos a
serem seguidos, mas requer atenção, porque
qualquer deslize pode prejudicar a clareza do texto
(2).
Língua Portuguesa -1ª Série
A pontuação na construção do texto
Língua Portuguesa -1ª Série
A pontuação na construção do texto

SE O HOMEM SOUBESSE O VALOR QUE TEM A


MULHER ANDARIA DE QUATRO À SUA PROCURA.

SE O HOMEM SOUBESSE O VALOR QUE TEM A


MULHER, ANDARIA DE QUATRO À SUA PROCURA.

SE O HOMEM SOUBESSE O VALOR QUE TEM, A


MULHER ANDARIA DE QUATRO À SUA PROCURA.
Língua Portuguesa -1ª Série
A pontuação na construção do texto

MARIA TOMA BANHO QUENTE E SUA MÃE DIZ


ELA JOGUE ÁGUA FRIA

MARIA TOMA BANHO QUENTE E SUA.


– MÃE, DIZ ELA, JOGUE ÁGUA FRIA!
Língua Portuguesa - 1ª Série
A pontuação na construção do texto

ESSE, JUIZ, É CORRUPTO.


Alguém fazendo uma declaração
ao juiz sobre outra pessoa

ESSE, JUIZ, É CORRUPTO.


Alguém afirmando que o juiz é
corrupto
Língua Portuguesa - 1ª Série
A pontuação na construção do texto

– Onde você vai passar a Semana


Santa?
– Na cidade maravilhosa!
A pessoa vai a uma cidade muito boa.
– Onde você vai passar a semana,
santa?
– Na cidade, maravilhosa!

A pessoa vai passar a semana na cidade


e faz um elogio a quem lhe fez a
pergunta.
Língua Portuguesa - 1ª Série
A pontuação na construção do texto
Língua Portuguesa - 1ª Série
A pontuação na construção do texto

Um dos mecanismos responsáveis pela


interdependência entre as partes de um texto, isto é,
por sua unidade de sentido é a coesão: a ligação que
se estabelece entre suas partes. Contribuem para
estabelecer essas relações e ligações alguns
elementos, como os pronomes, conjunções,
preposições, categorias verbais, inclusive os SINAIS
DE PONTUAÇÃO (3).
Língua Portuguesa -1ª Série
A pontuação na construção do texto
Língua Portuguesa -1ª Série
A pontuação na construção do texto

São muito comuns reclamações como não sei pontuar,


não sei usar vírgulas... Essas dificuldades decorrem,
quase sempre, da ideia de que as regras são rígidas e
funcionam em quaisquer situações de produção. Muito
mais produtivo do que insistir em aprender regras é
compreender a pontuação como marca de coerência e
coesão para o estabelecimento do sentido do texto em
determinadas situações comunicativas. Assim como
podemos usar conectores e outros elementos de
coesão para articular vocábulos ou orações e indicar
as relações existentes entre eles, os sinais de
pontuação também contribuem para a "costura" do
texto, orientando o leitor para a construção do sentido
(4).
Língua Portuguesa -1ª Série
A pontuação na construção do texto
Língua Portuguesa -1ª Série
A pontuação na construção do texto

O ponto (.)
Emprega-se, basicamente, para indicar o término de
uma frase declarativa, de um período simples ou
composto.
Hoje haverá aula de português.
Faça o favor de me passar o caderno.

O ponto é também usado em quase todas as


abreviaturas, por exemplo:
fev. = fevereiro; hab. = habitante; rod. = rodovia.

O ponto que é empregado para encerrar um texto


escrito recebe o nome de ponto final (5).
Língua Portuguesa -1ª Série
A pontuação na construção do texto

O Ponto-e-vírgula (;)
É utilizado para assinalar uma pausa maior do que a da vírgula,
praticamente uma pausa intermediária entre o ponto e a vírgula.
Geralmente, emprega-se o ponto-e-vírgula para:

a) separar orações coordenadas que tenham um certo sentido ou


aquelas que já apresentam separação por vírgula:
Criança, foi uma garota sapeca; moça, era inteligente e alegre;
agora, mulher madura, tornou-se uma doidivanas.

b) separar vários itens de uma enumeração:


Art. 206. O ensino será ministrado com base nos seguintes princípios:
I - igualdade de condições para o acesso e permanência na escola;
II - liberdade de aprender, ensinar, pesquisar e divulgar o pensamento, a
arte e o saber;
III - pluralismo de ideias e de concepções, e coexistência de instituições
públicas e privadas de ensino.
(Constituição da República Federativa do Brasil) (6)
Língua Portuguesa -1ª Série
A pontuação na construção do texto

Dois Pontos (:)


São empregados para:
•anunciar uma citação:
Lembrando um verso de Manuel Bandeira: “A vida
inteira que podia ter sido e que não foi.”
•um esclarecimento:
Joana conseguira enfim realizar seu desejo maior: seduzir
Pedro. Não porque o amasse, mas para magoar Lucila.
•Para anunciar a fala do personagem.
E o pai perguntou:
– Aonde vai, garoto?

Observe que os dois-pontos são também usados na introdução de


exemplos, notas ou observações.
Língua Portuguesa - 1ª Série
A pontuação na construção do texto

Ponto de interrogação (?)


É empregado para indicar uma pergunta direta, ainda
que esta não exija resposta:

Onde estarão as causas dos problemas sociais


brasileiros?

NOTA: Em perguntas indiretas, não é usado o ponto de


interrogação. As frases interrogativas indiretas supõem
a indagação, mas não começam com palavra
interrogativa, por isso, terminam com ponto final.

Quero saber o motivo da sua falta.


Língua Portuguesa - 1ª Série
A pontuação na construção do texto

O Ponto de exclamação (!)


É empregado para marcar o fim de qualquer
enunciado com entonação exclamativa, que
normalmente exprime admiração, surpresa, assombro,
indignação etc (7).
Vamos à luta!
Entrem na sala!

NOTA: O ponto de exclamação é também usado com


interjeições:
Oh!
Ah!
Língua Portuguesa - 1ª Série
A pontuação na construção do texto

Reticências (...)
Marcando uma suspensão da frase, devido, muitas
vezes, a elementos de natureza emocional, são
empregadas:
•para indicar continuação de uma ação ou fato.
O balão foi subindo...
•para indicar suspensão ou interrupção do pensamento.
E eu que trabalhei tanto pensando que...

•para representar, na escrita, hesitações comuns da


língua falada.
Não quero sair porque... porque... eu não estou
com vontade.
Língua Portuguesa -1ª Série
A pontuação na construção do texto

A vírgula (,)
Marca uma pequena pausa. É geralmente empregada
nos seguintes casos:

•nas datas, para separar nome de localidade;


Cabrobó, 28 de novembro de 2011.
•para indicar omissão de um termo (geralmente um
verbo)
Todos chegaram alegres e eu, muito triste.
(cheguei)
•para separar termos de mesma função sintática;
Havia portugueses, brasileiros, espanhóis e
italianos naquela festa.
Língua Portuguesa - 1ª Série
A pontuação na construção do texto

•para separar o vocativo:


Alunos, prestem atenção!
Estude muito, colega, para obter sucesso.

•para separar o aposto:


Cabrobó, a terra da cebola, é uma cidade
hospitaleira.

•para isolar palavras e expressões explicativas ou


retificativas (a saber, por exemplo, isto é, ou melhor,
aliás, além disso, etc.):
Eles viajaram para a América do Norte, aliás,
para o Canadá.
Língua Portuguesa - 1ª Série
A pontuação na construção do texto
Língua Portuguesa - 1ª Série
A pontuação na construção do texto

O sentido e as intenções pretendidos para o texto,


por vezes, são construídos e indicados pelo uso dos
diversos sinais de pontuação, que, desta forma,
funcionam como importantes pistas para o
entendimento do texto.
Os sinais de pontuação na construção do texto
também são responsáveis pelos efeitos de sentido -
ironia, humor, diversão, etc.
Língua Portuguesa - 1ª Série
A pontuação na construção do texto

No quadrinho lido no link abaixo, o sinal de


exclamação sugere uma leitura expressiva para
provocar diversão no leitor.

http://www.google.com.br/imgres?q=ta+bem+aqui+estão+5+centavos&hl=pt-
BR&safe=off&sa=X&biw=1366&bih=667&tbm=isch&prmd=imvns&tbnid=u_e
Xl22U1CeU0M:&imgrefurl=http://educarparasensibilizar.blogspot.com/&doc
Língua Portuguesa -1ª Série
A pontuação na construção do texto
Língua Portuguesa - 1ª Série
A pontuação na construção do texto

(Correios 2011) Assinale a opção em que o texto de placa que alerta para a presença de
cão raivoso está corretamente pontuado.

A. Cão raivoso?
Cuidado!
B. Cuidado?
Cão raivoso!
C. Cuidado:
cão raivoso?
D. Cão raivoso?
Cuidado?
E. Cuidado:
cão raivoso!
Língua Portuguesa - 1ª Série
A pontuação na construção do texto

(Banco do Brasil 2010) - Considere as afirmativas a respeito dos sinais de


pontuação empregados no texto.

I. Os dois-pontos, no 1º parágrafo, introduzem enumeração de fatos que


exemplificam desastres naturais.
II. Os travessões isolam, no 3º parágrafo, um comentário explicativo da
expressão imediatamente anterior a esse segmento.
III. O travessão único, no final do 4º parágrafo, pode ser corretamente
substituído por uma vírgula, sem alteração do sentido original.
IV. As aspas colocadas na frase do final do texto "poupar a galinha dos ovos de
ouro" têm por objetivo assinalar a ideia principal do texto.

Está correto o que consta APENAS em:

(A) II, III e IV. (B) II e IV.


(C) I e II. (D) I, II e III.
(E) I, III e IV.
Língua Portuguesa - 1ª Série
A pontuação na construção do texto

Marque a opção cuja frase apresenta erro de pontuação.

A. Assim o herói chegava da sua longa aventura: sem cavalo, sem


escudo e sem esperança.
B. Ele disse tudo, ou melhor, tudo o que sabia.
C. Preciso saber onde estão as causas dos problemas brasileiros?
D. Oremos, Maria, agradecendo a Deus sua proteção sobre esta
casa.
E. O Brasil, um dos maiores países do mundo, tem grande parte
de sua população vivendo na miséria.
Língua Portuguesa - 1ª Série
A pontuação na construção do texto

Jogo: O que mudou?

Entregue uma folha de papel com dois textos iguais, só que apenas o segundo deverá ser pontuado.
Peça para lerem silenciosamente e marcarem as diferenças encontradas.

Exemplo:

A coruja e a águia

Coruja e águia, depois de muita briga, resolveram fazer as pazes.


- Basta de guerra - disse a coruja. O mundo é tão grande, e tolice maior que o mundo é andarmos a
comer os filhotes uma da outra.
- Perfeitamente - respondeu a águia.
- Também eu não quero outra coisa.
- Nesse caso combinemos isso: de ora em diante não comerás nunca os meus filhotes.
- Muito bem. Mas como vou distinguir os teus filhotes?
- Coisa fácil. Sempre que encontrares uns borrachos lindos, bem feitinhos de corpo, alegres, cheio de
uma graça especial que não existe em filhote de nenhuma outra ave, já sabes, são os meus.
- Está feito! - concluiu a águia.
Dias depois, andando à caça, a águia encontrou um ninho com três monstrengos dentro, que piavam de
bico muito aberto.
- Horríveis bichos! - disse ela. Vê-se logo que não são os filhos da coruja.
E comeu-os.
Mas eram os filhos da coruja. Ao regressar à toca a triste mãe chorou amargamente o desastre e foi justar
contas com a rainha das aves.
- Quê? - disse esta, admirada. Eram teus filhos aqueles monstreguinhos? Pois, olha, não se pareciam
nada com o retrato que deles me fizeste...
MORAL: Quem o feio ama, bonito lhe parece.
Fábula de Esopo
Língua Portuguesa - 1ª Série
A pontuação na construção do texto

Outras sugestões de atividades:

•Levar os alunos ao laboratório de informática; orientá-


los a escrever um bilhete e enviar por e-mail para um
colega. O destinatário deverá observar a pontuação,
fazer as devidas correções e reenviar ao remetente.
•Entregar aos alunos histórias em quadrinhos ou
tirinhas (só imagens) para a produção das falas
atentando para a utilização da pontuação expressiva.

Links – Sugestão para leitura de tiras:


http://tirasdemafalda.tumblr.com/
http://subindonotelhado.com.br/toda-mafalda-da-
primeira-a-ultima-tira.html