Você está na página 1de 64

Citogenética

Citogenética

Vladimir da Mota Silveira Filho


vladimir.filho@upe.br
Citogenética
Guerra
Snustad

Livros

Griffiths

Pierce
Citogenética

Cronograma
12/03 - Ciclo mitótico e estrutura do cromossomo metafásico
19/03 - Montagem de cromossomos
26/03 - Organização do cariograma
02/04 - Estrutura e organização da cromatina
09/04 - Ciclo meiótico e recombinação gênica
16/04 - Mapeamento gênico
23/04 - Cromossomos sexuais
30/04 - 1a Avaliação
07/05 - Coloração e bandeamento cromossômico
14/05 - Visualização de cromossomos (Turma A)
21/05 - Visualização de cromossomos (Turma B)
28/05 - Alteração cromossômica 1
04/06 - Alteração cromossômica 2 / Citogenética Molecular
11/06 - Atividade on-line (Análise de Cariograma)
18/06 - Correção de Exercício
25/06 - Citogenética de Microrganismos
02/07 - 2a Avaliação
09/07 - Final
Citogenética

Ciclo mitótico e estrutura


dos cromossomos
metafásicos

Vladimir da Mota Silveira Filho


vladimir.filho@upe.br
Citogenética

Cromossomos

- Antes dos trabalho de Mendel (<1865)


a Citologia já era desenvolvida
 núcleo
 divisão
 novos núcleos

- Corpos corados (cromossomos)

- Haeckel (1866)
 núcleo como agente de herança
Citogenética

Cromossomos

- Flemming (1880)
 cromossomos se dividiam durante o ciclo
celular

- Roux (1883)
cromossomos meióticos apresentavam
padrão semelhante ao cálculos de
Mendel

- Sutton e Boveri (1900)


teoria da herança cromossômica
nascimento da CITOGENÉTICA
Citogenética

Ciclo Mitótico

Intérfase ( I )

S
G1

G2

Fase Mitótica (M)


Citogenética

Ciclo Mitótico

Interfase ( I )

S
G1

Prófase cromossomos em
G2
Metáfase grau máximo de
Anáfase condensação
Telófase

Fase Mitótica (M)


Citogenética

Ciclo Mitótico Fase M

Metáfase
Prometáfase Anáfase
Prófase Telófase

Interfase
Mitose
Fase M
Citocinese
Citogenética

Ciclo
Mitótico
Citogenética

Ciclo
Mitótico
Citogenética

Ciclo
Mitótico
Citogenética

Ciclo
Mitótico
Citogenética

Ciclo
Mitótico
Citogenética

Ciclo
Mitótico
Citogenética

Ciclo
Mitótico
Citogenética

Ciclo
Mitótico
Citogenética

Ciclo
Mitótico
Citogenética

Ciclo Mitótico

prófase▲ e intérfase▼ (jasmim)


intérfase (jenipapo)
intérfase (cebola)
intérfase (maracujá)
Citogenética

Ciclo Mitótico
Citogenética

Ciclo Mitótico
Citogenética

Ciclo Mitótico
Citogenética

Ciclo Mitótico
Citogenética

Ciclo Mitótico
Citogenética

Ciclo Mitótico
Citogenética

Ciclo Mitótico
Citogenética

Ciclo Mitótico
Citogenética

Ciclo Mitótico
Citogenética

Ciclo Mitótico
Citogenética

Estrutura do cromossomo metafásico

UM CROMOSSOMO

Cromátides
irmãs

Centrômero
Citogenética

Estrutura do cromossomo metafásico

UM CROMOSSOMO

Cromátides
irmãs

Centrômero

Telômeros
(repetições em tandem TTAGGG)
Citogenética

Estrutura do cromossomo metafásico

1 6 4
2
5

2 1
3 Z 5
Citogenética

Estrutura do cromossomo metafásico

UM CROMOSSOMO

Cromátides
irmãs

Centrômero
Braço curto Braço longo
(p) (q)
Citogenética

Estrutura do cromossomo metafásico

UM CROMOSSOMO

Cromátides
irmãs

Centrômero

Anéis de
coesina
Citogenética

Estrutura do cromossomo metafásico

Coesina

Início da DNA sendo


fase S duplicado
formação
da coesão

Cromátides irmãs
Citogenética

Estrutura do cromossomo metafásico

anáfase

metáfase

prófase
Citogenética

Estrutura do cromossomo metafásico


CROMOSSOMOS HOMÓLOGOS

Cromátides
irmãs

Cromátides
irmãs
Centrômero

Centrômero
Citogenética

Centrômero
Citogenética

Centrômero

cromátide

centrômero

cinetócoro
microtúbulos
do cinetocoro
Citogenética

Centrômero

Microtúbulos
polares
Centríolos
Metáfase

Microtúbulos do
cinetócoro

Fuso
Placa
metafásica Cromátides irmãs
Citogenética

Amanda, uma estudante do 5° período de Biologia, começou a estagiar no Laboratório


de Entomologia da UPE. Seu projeto era voltado à caracterização biológica do inseto
transmissor da doença de Chagas e outras espécies do mesmo gênero.
Citogenética

Em uma das reuniões semanais com seu orientador, ele questiona:


Amanda, você já concluiu o registro
morfológico dessas espécies, não foi?
Gostaria que você checasse agora a
genética desses insetos.

Como assim, professor? Quer que eu


sequencie o DNA deles?

Não! Eu quero que você descubra a


constituição cromossômica. Veja a estrutura
e número dos cromossomos deles e como se
comportam durante a mitose.

Eu vou pedir ajuda a Felipe, pois ele tem


experiência com cromossomos de
camundongo.
Citogenética

Após três semanas, sem resultado satisfatório, Amanda volta ao seu orientador...
Citogenética

Professor, tentamos várias vezes e várias


técnicas diferentes. Mas tem algo muito
estranho na anáfase desses insetos.

Como
assim?

Felipe, falou que os cromossomos de camundongo migram em


forma de “V” para os pólos da célula. Mas nos triatomíneos eles
migram paralelamente. Será que estou fazendo algo errado?
Citogenética
Borboleta Triatomíneo Junco Paramécio

Centrômero
Anáfase

Monocêntricos Holocêntricos Holocêntricos


(um cinetócoro) (vários cinetócoros) (placa cinetocórica)
Citogenética

Centrômero

Cromossomos policêntricos
apenas um é funcionalmente ativo (?)

Cromossomos anacêntricos
anomalia cromossômica
se perdem na primeira divisão celular

Leucócitos de camundongo
Citogenética

GENOTOXICIDADE
Citogenética

Região Organizadora de nucléolo (RON)


• Constrição secundária
• Região rica em rDNA
• 80% no braço p

Clyomys laticeps
Citogenética
46, XY
RON
CENTRÔMERO
Região
Organizadora
de nucléolo
(RON)
Citogenética

Região Organizadora de nucléolo (RON)


Citogenética

Citocinese
em célula
animal
Citogenética

Citocinese
em célula
vegetal

Núcleo
Parede celular
Vesículas contendo componentes
de membrana se fusionam para
formar a placa celular
Citogenética

Citocinese
Citogenética

Revisando

CENTEIO

a) prófase
b) metáfase
c) metáfase rompida
d) anáfase inicial
e) anáfase tardia
f) telófase
g) citocinese vegetal
Citogenética

Submetacêntrico

Subtelocêntrico
Metacêntrico

Acrocêntrico

Acrocêntrico
Telocêntrico
Classificação do
cromossomos

p
r = q
p

M (1.0 a 1.7)
SM (1.7 a 3.0)
q ST (3.0 a 7.0)
A (> 7.0)

1.0 1.7 3.0 7.0


Citogenética

Cariótipo Cariograma Ideograma

Metacêntrico

Submetacêntrico

Subtelocêntrico

Acrocêntrico
Citogenética

Cariótipo Cariograma Ideograma

44 autossômicos + 2 sexuais = 46
46,XX ou 46,XY
Citogenética

Organização do Cariograma

1° TAMANHO GERAL:
Maior > Menor
Separados em grupos

2° CLASSIFICAÇÃO:
Metacêntrico > Submetacêntrico > Subtelocêntrico > Acrocêntrico
M SM ST A

3° VALOR DE r :
do menor para o maior

4° QUANTIDADE DE DNA:
Maior > Menor
Citogenética

Cariótipo

simétrico assimétrico

morcego iridácea
Citogenética

Cariótipo

simétrico assimétrico
Citogenética

Número de Cromossomos

Geralmente constante dentro da mesma espécie


Citogenética

Número de Cromossomos

Espécie N° de Cromossomos (2n)


Parascaris equorum 2
Chalcolepidius zonatus 4
Ophioglossum sp. 1260
Citogenética

Número de
Cromossomos
Citogenética

Tamanhos dos
Cromossomos
1 µm

0.5 µm
fungos

5 a 6 µm
maioria das espécies
(em média)

36 µm
Trillium
(monocotiledônea)