Você está na página 1de 14

Como funciona:

 É responsável por manter o carro a uma temperatura ideal de funcionamento


sempre na faixa dos 90º Celsius. Por meio de mangueiras, o fluido é
impulsionado após acionamento da bomba d’água e percorre o caminho por
dentro do motor até o radiador. Nesse caminho a temperatura do líquido
aumenta, assim quando chega no radiador, acontece a troca de calor com o ar
de fora resfriando o líquido.
Bomba d’água
 Um dos itens mais importantes, faz a água circular no sistema e fica
geralmente no bloco do motor acionada por uma correia ligada a uma polia do
motor.
Bomba d’água
Sinais de que está com problema.
 Barulho diferente no motor,
 bomba enferrujada,
 correia pode estar solta,
 luz do líquido de arrefecimento ou luz do termóstato.
Radiador
 Faz o ar resfriar o líquido do arrefecimento quando passa impulsionado pelo
próprio movimento do veículo ou por hélices.

Sinais de que está com problema


 Radiador entupido causa o superaquecimento do motor, a bomba de água não
consegue circular corretamente refrigerante através do bloco do motor e volta para
o radiador devido a tubos bloqueados no radiador.
Ventoinha
É responsável por ventilar o radiador. Refrigera a água que circula dentro
do radiador, mantendo uma temperatura ideal de trabalho

Sinais que está com problema


 A parte elétrica da ventoinha danificada, a ventoinha travada sem funcionar,
os fios da ventoinha, o estado do fusível, o sensor de temperatura.
Ventoinha
Sistema
Válvula termostática
 Responsável por manter o motor em temperatura ideal de funcionamento,
quando a temperatura está fria a válvula fecha a circulação do líquido pelo
sistema aumentando a temperatura até atingir a faixa de trabalho
rapidamente, quando a temperatura ultrapassa esta faixa a válvula libera a
circulação do líquido resfriando novamente o sistema.
Sensor de temperatura
 Tem por função medir o calor tanto do motor quanto do líquido em
circulação. As informações são enviadas ao módulo da injeção eletrônica, que
utiliza esses dados para otimizar as estratégias de alimentação e
funcionamento do motor. É o componente que leva a informação da
temperatura para o painel de controle.

 Quando o sensor apresenta algum tipo de problema, o monitoramento da


temperatura do motor fica seriamente comprometido. O aumento
descontrolado do calor no sistema pode levar ao superaquecimento e, em
casos extremos, o motor pode até mesmo fundir.
 Com o sistema de arrefecimento prejudicado, aumenta o atrito e o desgaste
das peças internas do motor, o que reduz de maneira drástica a sua vida útil.
Mangueira

 Responsável pela condução do líquido de


arrefecimento entre o motor e o radiador.
Vaso de expansão
 Além de reservar a água também dispõe de um espaço interno para a
expansão do ar sob alta pressão do sistema em temperatura alta.

 Quando sujo o reservatório retém o calor e pode contribuir para o


aquecimento do motor. O reservatório do sistema de arrefecimento pode
trincar e deixar vazar todo o água sem poder suprir a necessidade em uma
eventual falta de água.
.
Tampa do radiador ou vaso de expansão
 São válvulas, funcionam que nem a panela de pressão, caso a pressão aumente
fora do normal ela abre para diminuir a pressão do sistema.
 A tampa do reservatório também tem um papel importantíssimo no funcionamento
do sistema. Quando a temperatura do motor estiver muito alta a pressão interna
do sistema de arrefecimento aumenta e a tampa contém uma válvula de alívio
para manter a pressão calibrada no sistema

Sinais de que está com problema


 A tampa do radiador desgastada ou os selos danificados
 A mola do radiador presa ou esmagada
 A ferrugem e a corrosão apresentados pelo radiador
Tampa do radiador ou vaso de expansão
Aditivos e suas funções
 O aditivo é usado para que o líquido de arrefecimento não ferva ou congele.
Isso é essencial para o perfeito funcionamento do carro. O aditivo ajuda para
que o motor permaneça funcionando em uma faixa de temperatura que o
motor trabalhe em plenas condições. Mas, além dessa propriedade, o aditivo
para o radiador também tem componentes que impedem que a água
enferruje uma série de componentes do motor.
Superaquecimento
 Vazamentos no sistema – mangueiras furadas, radiador, ou no vaso de expansão.
 Correia da transmissão da bomba d´água gasta ou frouxa.
 Bomba d´água defeituosa.
 Tampa de pressão do vaso de expansão ou do radiador com vazamento de ar ou
líquido.
 Falta de óleo lubrificante no motor.
 Junta de cabeçote gasta.
 Falha na unidade de controle no do tempo da abertura da válvula termostática
eletrônica.
 Radiador entupido.
 Mangueiras do radiador ressecadas.