Você está na página 1de 7

01/10/2013

FNP
Histórico
Dr. Herman Kabat

Facilitação Neuromuscular
Proprioceptiva - FNP

- Médico Neurofisiologista
- Diretor do Instituto de
Reabilitação Neuromuscular
Kabat – Kaiser – 1945/1946

Método Kabat
Em 1949 fundou o instituto de reabilitação na California

FNP
Histórico

FNP
Histórico
Margaret
knot

Dr. Herman Kabat
Década de 50 – Princípios:
- Resistência Máxima
- Irradiação
- Espiral e Diagonal
- Inibição e Inervação Recíproca

Iniciou o trabalho com Herman
Kabat em 1940

1952 - Dorothy Voss

FNP
Definições

Histórico
• Dorothy Voss em 1953 se uniu a eles expandindo o método
desenvolvendo procedimentos e técnicas de tratamento
• Knot e Voss escreveram o primeiro livro PNF publicado em
1956
• Margaret Knot morre em 1978
• Atualidade

FNP

O método é aplicado em todo o mundo

• Facilitação – Promover ou acelerar todo o processo
Tornar Fácil

natural

• Neuromuscular – envolve nervos e músculos
• Proprioceptiva – relaciona-se a qualquer receptor sensorial que envia
informações relacionadas ao movimento e ao posicionamento corporal

FNP

Conjunto de técnicas que promovem ou aceleram
as respostas do mecanismo neuromuscular
através da estimulação dos proprioceptores

1

reforçando e utilizando o que o paciente pode fazer. relaxamento e alongamento FNP Objetivos FNP Divisão do método • Restaurar a força. • Facilitar o paciente a alcançar seu mais alto nível funcional. depois os problemas funcionais • Cooperação de partes fortes para um objetivo funcional • Terapia que melhora a força. endurance. o tônus e o trofismo dos músculos • Relaxar e alongar os músculos • Diminuir a dor • Aumentar a resistência muscular • Promover coordenação • Aumentar a amplitude ativa e passiva • Restaurar a estabilidade e o equilíbrio • Melhorar a propriocepção • Induzir o impulso nervoso para partes atingidas • Promover a reeducação funcional • Princípios Básicos . coordenação.Não depende do paciente • Técnicas Específicas .01/10/2013 FNP Filosofia FNP Filosofia • Potencial ainda não explorado • Repetição para o aprendizado • Leva em consideração o intelecto. em nível físico e psicológico.Desenvolvida com um objetivo específico . físico e o emocional • Trabalhar o paciente inicialmente pelo centro • Enfoque positivo – paciente pode fazer • Observação na avaliação das áreas de maior potencial. equilíbrio. • É uma abordagem global: cada tratamento é direcionado para o ser humano como um todo e não para um problema específico ou um segmento corporal FNP Procedimentos Básicos • • • • • • Estímulo Visual Estímulo Verbal Padrões de Facilitação Contatos Manuais Estímulo de Estiramento Tração e Aproximação • • • • • Reflexo de Estiramento Resistência (apropriada) Irradiação e Reforço Sincronização de Movimentos Posição Corporal e biomecânica 2 .Depende do esforço voluntário do paciente FNP Princípios Básicos • O enfoque terapêutico é sempre positivo.

padrão extensor 3 .Diagonal Funcional – padrão flexor .De acordo com o alinhamento topográfico dos músculos .01/10/2013 FNP Procedimentos Básicos Procedimentos Básicos FNP Estímulo Visual • Aumentar a habilidade do paciente em mover-se e permanecer estável • Guiar o movimento com a utilização de contatos manuais adequados e de resistência apropriada • Ajudar o paciente a obter coordenação motora e sincronismo • Aumentar a histamina do paciente e evitar a fadiga • Relação do movimento ocular.Sagital (flexão e extensão) .padrão extensor • MMSS – Diagonal Primitiva .Transversal (rotação interna e externa) • Cada diagonal possuem dois padrões antagonistas entre si.padrão flexor . • É o tipo de movimento utilizado em massa. da cabeça e ajustes posturais • Reconhece a direção do movimento • Coordena movimento da cabeça.Frontal (abdução e adução) . Padrões de Facilitação • Há dois pares de padrões diagonais para MMSS e MMII • MMII – Diagonal Primitiva . e estas a musculatura do quadrante superior do tronco • Localização do segmento no espaço – controlar e corrigir • Feedback do sistema sensorial da visão promove contração mais forte FNP FNP Procedimentos Básicos Procedimentos Básicos Estímulo Verbal • • • • • Comandos simples e precisos Feedback verbal deve ser positivo – segurança Entonação – esforço desejado Sincronismo do comando verbal com o reflexo de estiramento Explicativo: instruções com o movimento passivo – prepara para ação • Executivo: Comandos Breves. precisos e simples • Corretivo: Corrigir durante execução Padrões de Facilitação • São padrões de movimento em massa que é uma característica das atividades normais– assemelham-se aos padrões funcionais. com a finalidade de solicitar respostas harmônicas e sinérgicas.Diagonal Funcional – padrão flexor .Componentes espiral e diagonal .padrão flexor . • Há dois pares de diagonais para os membros superiores e inferiores.padrão extensor . do tronco e extremidades • Recruta musculatura da cabeça e pescoço. • São de acordo com: .Múltiplos grupos musculares contraem-se simultaneamente FNP FNP Procedimentos Básicos Procedimentos Básicos Padrões de Facilitação • São movimentos multiplanares : .padrão extensor .

01/10/2013 FNP FNP Procedimentos Básicos Procedimentos Básicos Padrões de Facilitação • Classificação das Diagonais . Pura RESUMO Flexor Flexão Extensão Cada Diagonal Pura Extensor Flexão Extensão Padrões de Facilitação .centrais ou axiais – cabeça.Resumo Diagonal Diagonal MMII MMSS Diagonal Primitiva Diagonal funcional Extensão Flexão Pura Flexão de Joelho Extensão de Joelho Flexão Pura Pura Flexão de Joelho Flexão de Joelho Extensão de joelho Extensão de Joelho Diagonal Primitiva Extensão Pura Flexão de Joelho Extensão de Joelho Diagonal funcional Extensão Flexão Pura Flexão de Cotovelo Extensão de Cotovelo Flexão Pura Pura Flexão de Cotovelo Flexão de Cotovelo Extensão de Cotovelo Extensão de Cotovelo Extensão Pura Flexão de Cotovelo Extensão de Cotovelo 4 . • Final do padrão – contração total dos músculos primários.Ou manter a posição • Cada Diagonal possuem 2 padrões antagonistas e podem variar quanto ao movimento da articulação intermediária Padrões de Facilitação • Os padrões são identificados pelos movimentos que ocorrem nas articulações centrais proximais (ombro ou quadril).Resumo Padrões de Facilitação • Trajeto ótimo do padrão (Sulco)– lugar no espaço onde alongam-se ao máximo todos os músculos e através dele todos se contraem. • Componentes musculares – os músculos primários são responsáveis pelos movimentos do padrão. respiração .apendiculares ou dos membros – MMSS e MMII • A articulação intermediária é livre para – Fletir . • Início do padrão – Máximo alongamento dos músculos. tronco.Estender . • O corpo do terapeuta deve estar alinhado ao sulco. • Componentes de cada padrão trabalham no : Eixo proximal Eixo intermediário Eixo distal FNP FNP Procedimentos Básicos Padrões de Facilitação . face. pescoço.Resumo Padrões de Facilitação .

Estímulo de Estiramento • Indicações – Melhorar tônus . .Fuso . Contra-indicações – Pós-cirúrgico . • Deve ser sutil – rápido – leve.aumentar força • Aumenta o grau de excitabilidade muscular.sem causar dor • Estimula exteroceptores da pele e receptores de pressão . • Contato distal – facilitação precisa • Contato proximal – controle dos movimentos mais amplos FNP FNP Procedimentos Básicos Procedimentos Básicos Estímulo de Estiramento • Máximo de alongamento dos músculos primários do padrão – posição de partida.permitir total amplitude do movimento .Fase aguda de qualquer patologia .Dor FNP FNP Procedimentos Básicos Procedimentos Básicos Reflexo de Estiramento Reflexo de Estiramento • Objetivos .resistir o movimento (quando necessário) .Instabilidade articular 5 .Fraturas recentes .01/10/2013 FNP Procedimentos Básicos FNP Contatos Manuais ou Estímulo Tátil • Aplicação das mãos do terapeuta para: Procedimentos Básicos Contatos Manuais ou Estímulo Tátil • Posição das mãos do terapeuta: . • As faces laterais dos membros – superfícies neutras – devem ser sustentadas.dirigir / guiar /controlar .OTG • Funcionalmente: favorece boa contração muscular.aproveitar o potencial • Contra-indicações – Dor . .iniciar a movimentação voluntária • Desencadeamento manual do reflexo – através da estimulação do fuso.Espasticidade .Espasticidade .Melhorar as informações sensitivas centrais – estimulação proprioceptiva • Respeitar os componentes rotatórios.contato na área onde os músculos irão trabalhar. • Sincronismo: Reflexo – Comando Verbal – Esforço do Paciente .favorece respostas rápidas • Provocado no músculo sob tensão. • Fisiologicamente estimulamos .Fraturas não consolidadas .

mantêm a facilitação dos fusos – aumenta a resposta motora .Fraturas .Concêntrica – encurtamento do agonista para produção do movimento .01/10/2013 FNP FNP Procedimentos Básicos Procedimentos Básicos Tração e Aproximação • Tração – afastamento das superfícies articulares Tração e Aproximação • Aproximação – é uma compressão manual das superfícies articulares .Excêntrica – controla-se o movimento pelo alongamento do agonista .Dor .Fraturas .Cirurgias Recentes .estimula receptores capsulares .facilita especialmente os movimentos a favor da gravidade Indicação – Melhorar tônus extensor .Quantidade de resistência que ainda assim permita um movimento suave e coordenado • Contra-indicações – processo agudo articular • Contra-indicações – processo agudo articular .Facilita especialmente os movimento antigravitacionais Indicações – informação cinestésica .Redução da dor Contra-indicações – processo agudo articular Dá - FNP FNP Procedimentos Básicos Procedimentos Básicos Tração e Aproximação Aproximação Resistência (apropriada) • Indicação – Melhorar tônus extensor Definição .Dor .problemas articulares traumato-reumatológicos .Estimula receptores ligamentares .Cirurgias Recentes FNP FNP Procedimentos Básicos Procedimentos Básicos Resistência • Facilitar a habilidade do músculo em se contrair • Aumentar o controle motor • Ajudar o paciente a adquirir consciência dos movimentos • Aumentar a força muscular • Melhorar a coordenação • Aumentar a resistência Resistência • Depende do tipo de contração • Isotônica – Significa movimento ou intenção . mas este é impedido por uma força externa 6 .promove estabilização .Isotônica mantida – o paciente tem a intenção de produzir o movimento.Osteoporose .Osteoporose .

inibição (relaxamento) • SHERRINGTON – resposta aumenta a medida que o estímulo aumenta em intensidade e duração • KABAT – A resistência ao movimento produz irradiação • Indicações – utilizar o que o paciente tem de forte para enviar energia nervosa a áreas corporais mais fracas • Contra-indicações – quando o paciente responde com padrões sinérgicos anormais .01/10/2013 FNP FNP Procedimentos Básicos Procedimentos Básicos Posição corporal e Biomecânica Sincronização de Movimentos • Definição.quando o paciente não tem áreas suficientemente fortes para irradiar ft. • Corpo do terapeuta deve estar alinhado com o movimento • Ocorre de distal para proximal • A resistência é dada pelo peso corporal • A parte distal move-se inicialmente através da amplitude total e mantém sua posição • Os outros componentes completam sua amplitude quase simultaneamente • A rotação é parte integrante do movimento FNP FNP Procedimentos Básicos Procedimentos Básicos Irradiação e Reforço Irradiação: é a disseminação da resposta motora ao estímulo Irradiação e Reforço Reforço – Pela quantidade de resistência aplicada nos músculos fortes.aumento da facilitação (contração) . resultando em um movimento coordenado. o terapeuta direciona força para os músculos fracos • A resposta dos músculos sinérgicos podem ser: .com 7 .Sequência de contrações musculares.rafaelvictor@hotmail.