Você está na página 1de 1

O USO DAS RELAÇÕES PARALELÍSTICAS EM 1ª PEDRO 3.

1-6 COMO SUBSÍDIO PARA


INTERPRETAÇÃO DO TERMO SUBMISSÃO
Ao longo dos anos tem-se definido o conceito de “submissão” na relação marido/esposa de
várias formas, o que tem causado muita tensão. Excluindo-se a discussão extra bíblica, o sentido
atribuído à palavra abrange desde “tratar com respeito, apreço”, “valorizar” até “obediência
irrestrita” e “subserviência”. No entanto, uma observação mais detalhada do texto e seu contexto,
conduzirá o estudante das Escrituras ao entendimento preciso de submissão.
O texto inicia com a palavra “semelhantemente - homoiôs”, o que remete o estudante ao
contexto (2.18-24) e estabelece um paralelismo entre ambos os parágrafos. Em 2.18, os escravos
recebem a ordem de serem submissos aos seus proprietários, e em 3.1 as mulheres recebem a
mesma ordem em relação aos seus maridos. Em 2.18-24 os escravos deveriam ser submissos quer
seus proprietários fossem bondosos e cordatos, ou perversos. Em 3.1-6 as esposas deveriam ser
submissas aos esposos quer eles fossem obedientes à Palavra ou não. A palavra “temor” ocorre
em ambos os parágrafos (cf. 2.18 e 3.2) e o paralelismo sugere que devem ser entendidas como
temor a Deus. Em 2.20 é abordado o procedimento correto dos escravos, e em 3.1-2, 6 o das
esposas. 2.19-20 e 3.4 indica o valor de tal procedimento diante de Deus.
Em 2.18 o significado de submissão é obediência, pois trata-se do relacionamento entre
escravos e proprietários. Assim, a relação paralela com 3.1 sugere fortemente que o significado de
submissão também é obediência. Somando-se a isso, o paralelismo interno em 3.1-6 fortalece
essa interpretação, pois, o parágrafo inicia com a ordem para as mulheres serem submissas (3.1),
em seguida indica que mulheres do passado também foram submissas (3.5), e então, destaca Sara,
afirmando que ela era como tais mulheres. A diferença, no entanto, foi a mudança de palavra
usada por Pedro, obediência no lugar de submissão. Tendo em vista o paralelismo da passagem
(veja tabela abaixo), o significado de “submissão” em 3.1 e 3.5 é “obediência”.
Texto Grego
… αἱ γυναῖκες, ὑποτασσόμεναι τοῖς ἰδίοις ἀνδράσιν
… αἱ ἅγιαι γυναῖκες ... ὑποτασσόμεναι τοῖς ἰδίοις ἀνδράσιν
ὡς Σάρρα ὑπήκουσεν τῷ Ἀβραὰμ
Tradução
...mulheres, sede submissas aos próprios maridos (3.1)
... as santas mulheres eram submissas aos próprios maridos (3.5)
Como Sara obedeceu a Abraão (3.6)

Conclui-se, porém, que, embora o significado de submissão seja obediência, cada tipo de
relacionamento tem seu próprio escopo para a obediência. Sendo assim, o relacionamento de
Deus com o ser humano é o único que requer obediência irrestrita.