Você está na página 1de 2

10/02/2014

Gestão das disponibilidades Gestão das disponibilidades


Objetivos:

Ementa: 1. Discutir o processo de planejamento financeiro


operacional (curto prazo).
Principais aspectos da administração de caixa de 2. Discutir o processo de planejamento de caixa e a
uma empresa. A procura dos financiamentos e as avaliação de a utilização do orçamento de caixa.
metas de investimentos. Motivos que levam as 3. Montar a melhor política de recebimentos,
empresas a manter níveis de caixa. Elaboração de pagamentos.
orçamentos de caixa.
4. Avaliar com antecedência alternativas de solução
para insuficiências de caixa.

Gestão das disponibilidades Gestão das disponibilidades


REFERÊNCIAS
Demonstração do Fluxo de Caixa
ASSAF NETO, Alexandre. Finanças corporativas e valor. 2a ed.
São Paulo : Atlas, 2005. (Capítulos 22 e 23).

AZZOLIN, José Laudelino. Análise das demonstrações Enfoque gerencial (financeiro)


contábeis. Curitiba: IESDE Brasil S.A., 2011. (Capítulo 6).
Prospectivo
LEMES JUNIOR. Antonio Barbosa. CHEROBIM, Ana Paula.
RIGO, Cláudio Miessa. Administração financeira: princípios,
fundamentos e práticas brasileiras. Rio de Janeiro : Elsevier
Editora Ltda, 2002. (Capítulo 11).

Gestão das disponibilidades Gestão das disponibilidades


Enfoque gerencial (financeiro): Prospectivo Gestão do caixa.
Projeção do Fluxo de Caixa (PFC)
Para BILL McGUINESS, o caixa, e somente ele, é o
A PFC é um instrumento de análise e de avaliação da
combustível que pode manter as empresas rodando.
empresa e proporciona a seus usuários uma visão
futura dos recursos financeiros que entrarão e sairão
Não importa o tamanho, o volume de seus lucros, o
do caixa da empresa possibilitando a tomada de
montante de suas vendas, se não houver caixa, a
decisões relativas a compras e vendas, aos
empresa estará fora do negócio.
investimentos em capital de giro e em ativos fixos aos
financiamentos ou próprios ou de terceiros. A PFC deve
A gestão de caixa é uma das áreas-chave da gestão
indicar não somente o valor dos investimentos e
de uma empresa.
financiamentos, como também em que oportunidade
eles devem ser gerados e aplicados. MARINS FILHO, LUIZ ALMEIDA, disponível na Interne: http://www.anthropos.com.br/

1
10/02/2014

Gestão das disponibilidades Gestão das disponibilidades

Para o prof. Oriovisto: As empresas que pensam no cash flow chegam a


um estágio evoluído da vida empresarial, pois
Todos os empresários têm um patrão: O FLUXO DE sabem que o que uma empresa realmente precisa
CAIXA. ter é caixa.

O empreendedor cria uma empresa e, a partir desse O lucro, na maioria das vezes, é uma ficção contábil,
momento, passa a ser subordinado de sua criatura. uma ilusão, pois ele pode estar parado nos elevados
estoques, nos sistemas obsoletos e vagarosos de
cobrança, na lentidão de contas a receber.

Caixa é caixa

Projeção do Fluxo de Caixa (PFC)


Gestão das disponibilidades

Os seguintes pagamentos e recebimentos foram realizados


pela Cia Alfa:

Integralização do capital social 2.500


Pagamento de despesas 1,200
administrativas 440
Pagamento de juros 4.200
Recebimento de vendas 2.100
Pagamento a fornecedores 300
Pagamento pela compra de móveis 200
Saldo inicial de caixa 600
Despesas com vendas 250
Recebimento de juros

Gestão das disponibilidades


Gestão das disponibilidades
(Enade de 1997 do curso de Administração): A empresa YYY (Enade de 1997 do curso de Administração): Nas
está preparando uma projeção trimestral (jan., fev. e mar./1997) demonstrações de resultado das empresas que são
relativa às vendas a serem realizadas no referido período. Tal regidas pelo regime de competência, existem itens que
empresa sempre realizou e vai continuar realizando suas vendas são deduzidos para fins de cálculo do imposto de renda,
da seguinte maneira: 40% à vista, 40% em 30 dias e 20 % em 60 mas que não exigem desembolso. Assinale a opção que
dias. As vendas projetadas pela empresa para o referido
trimestre deverão ser as seguintes: R$ 40.000,00 em jan./97, R$
indica as despesas mais comuns que não representam
60.000,00 em fev./97 e R$ 80.000,00 em mar./97. Se o saldo da o referido desembolso:
conta, contas a receber, no balanço realizado no final de A. Indenizações e encargos trabalhistas
dez./19x6 foi de R$ 20.000,00, qual deverá ser o saldo final da B. Amortizações e depreciação
citada conta, em reais, no balanço projetado para o final de C. Salários e benefícios
mar./19x7?
D. Imposto de renda e tributos
E. Juros e dividendos