Você está na página 1de 191

Brazil Digital Report

1ª edição

Abril de 2019

McKinsey & Company 1


Sobre este relatório

Objetivo
Este relatório apresenta uma visão geral da economia do Brasil, incluindo o atual cenário digital, empresarial e de inovação. Os fatos mostram
que o Brasil oferece muitas oportunidades significativas e também muitos desafios – oportunidades de inovação – para impulsionar a
produtividade, o crescimento e os avanços sociais.

Público-alvo
Este relatório destina-se a todos aqueles que podem desempenhar um papel na agenda de inovação do país – empreendedores, investidores,
instituições públicas e privadas, líderes empresariais de todo o mundo, e brasileiros intelectualmente curiosos e interessados por tecnologias
digitais.

Metodologia
Esta é uma compilação curada de informações públicas e dados exclusivos selecionados da McKinsey. O Relatório deverá ser revisado
anualmente e esperamos que suas edições narrem a história contínua da inovação e evolução digital no Brasil.

Agradecimentos
A McKinsey agradece o apoio que recebeu da Brazil at Silicon Valley, um movimento organizado por estudantes brasileiros da Universidade de
Stanford, cuja missão é melhorar a competitividade e a relevância global do Brasil por meio da tecnologia e da inovação. Mais informações em
www.brazilatsiliconvalley.com.

McKinsey & Company 2


Disclaimer

O Brazil Digital Report (“Relatório”) é baseado em informações que não foram geradas pela McKinsey & Company, Inc./Brasil Consultoria
Ltda. (“McKinsey”) e não foi submetido a verificação independente da McKinsey. A McKinsey não atesta que as informações contidas
neste Relatório são precisas ou completas em todos os aspectos.

As análises e conclusões contidas neste Relatório não pretendem conter ou incorporar todas as informações que possam ser necessárias
para a tomada de decisões bem informadas. O leitor deverá realizar investigação e análise mais detalhadas antes de tomar qualquer
decisão ou participar de qualquer transação. A McKinsey não apresenta declarações ou garantias referentes à exatidão ou completude
das informações contidas neste Relatório e se isenta expressamente de toda e qualquer responsabilidade baseada em tais informações.

Este Relatório não deve ser considerado e/ou interpretado como aconselhamento estratégico, financeiro, jurídico, fiscal ou contábil, e não
constitui aconselhamento profissional legal, contábil, fiscal ou similar, normalmente fornecido por profissionais licenciados ou certificados.

As análises e conclusões contidas neste Relatório baseiam-se em várias premissas que podem ou não estar corretas, pois foram
baseadas em fatores e eventos sujeitos a incertezas. Valores ou resultados futuros poderão ser substancialmente diferentes de qualquer
previsão ou estimativa contida nas análises.

A McKinsey não será obrigada a manter, atualizar ou corrigir o Relatório, nem será responsável, qualquer que seja o caso, por qualquer
dano ou perda causado pelo uso do Relatório, incluindo, sem limitação, lucros cessantes ou danos indiretos.

McKinsey & Company 3


Participantes

Autores

Nicola Yran Jordan Marina Marcio Alexandre Julia Gabriela


Calicchio Dias Lombardi Mansur Fleury Carneiro Berbel Barbosa

André Carlos Christopher Conrado Felipe Filipe Julia Julio


Coutinho Dare Craddock Sertorio Boaretto Carvalho Broide Galache

Com apoio de

Amadeus Djalma Julio Hugo Rodrigo Solange Victoria


Orleans Rezende Vasconcellos Barra Barbosa e Lima Bertasoli
Silva

McKinsey & Company 4


Perspectiva
Macroeconomia Digital
Capítulos

Ecossistema Análise
Empreendedor Setoriais

McKinsey & Company 5


Perspectiva
Macroeconomia Digital
Capítulos

Ecossistema Análises
Empreendedor Setoriais

McKinsey & Company 6


Macroeconomia Mas, para expandir o crescimento e realizar
outros avanços, o país precisará eliminar lacunas
importantes com economias desenvolvidas e
emergentes:
 A produtividade cresceu muito pouco ao
longo da última década
 Com o fim do boom demográfico e da
expansão da força de trabalho, ganhos de
produtividade serão necessários para
impulsionar o crescimento
 Carecemos de inovação, patentes e uma
A economia brasileira está chegando a um
força de trabalho qualificada…
potencial um ponto de inflexão
 … e não vimos nenhum sinal de players
 O PIB voltou a crescer
relevantes nacionais em tecnologia ou
 A confiança do consumidor e da indústria está inovação entre as maiores empresas do
elevada país
 As taxas de inflação e de juros são as mais
baixas dos últimos anos
 O grau de risco está diminuindo
 Os mercados de capitais estão mais ativos do
que nunca…
 … e o Ibovespa atingiu seu pico histórico

McKinsey & Company 7


A economia brasileira parece ter chegado a um ponto de inflexão; após recente
desaceleração econômica, o PIB voltou a crescer

Crescimento real do PIB


% diferença em relação ao ano anterior Tendência Previsão

8 7,5
7
6,1
5,8
6
5,1
5 4,4
4,0 4,0
4 3,2
3,1 3,0
3 2.5
1,9
2 1,4 1,2 1.2
1,1 1,1
1 0,5
-0,1
0
2000

2001

2002

2003

2004

2005

2006

2007

2008

2009

2010

2011

2012

2013

2014

2015

2016

2017

2018

2019

2020
-1
-2
-3 -3,6 -3,3

-4
Fonte: EIU, BCB McKinsey & Company 8
PIB
% de crescimento por componente
Principal fator de crescimento

2014 2015 2016 2017 2018


O consumo
privado é o Crescimento do PIB 0,5 -3,6 -3,3 1,1 1,2
principal
Consumo privado 1,5 -2,2 -2,6 1,0 1,4
impulsionador
desse crescimento Consumo do governo 0,1 -0,3 0 -0,2 0

Investimento fixo bruto -1,0 -3,0 -2,3 -0,4 0,8

Saldo das contas externas 0,2 3,0 1,5 0,1 -1,0

Variação de estoques -0,3 -1,0 0,1 0,7 0

Fonte: IBGE McKinsey & Company 9


Agricultura e serviços são responsáveis por grande parte do crescimento
econômico

Distribuição do PIB por setor Variação CAGR


R$ trilhões, % 2010-2018 (p.p.) 2010-2018
1,7 2,1
Agricultura 4,9% 6,6% 1,7 6,4%
Indústria 27,4% 20,6% -6,8 -1,2%

Serviços 67,8% 72,8% 5,0 3,3%

2010 2018
Total 2,4%
Fonte: FGV-Ibre, EIU McKinsey & Company 10
A indústria pode utilizar sua capacidade para
impulsionar a produção no curto prazo

% de utilização da capacidade instalada


84

83

82

81

80

79

78

77

76

0
10 13 14 15 16 17 18

Fonte: CNI McKinsey & Company 11


A confiança do consumidor e da indústria atingiu
seu ponto mais alto desde 2014

Índice de confiança da indústria e do consumidor


Índice, jan.2010 = 100

110

100
93
Índice de
90 confiança
da indústria

80 Índice de
80
confiança
do
consumidor
70

60

50
2010 2011 2012 2013 2014 2015 2016 2017 2018 Dez.18

Fonte: FGV, IBRE McKinsey & Company 12


Em 2018, a Bovespa atingiu o maior valor de
mercado de todos os tempos: R$ 3,8 trilhões…

Valor de mercado da Bovespa


R$ bilhões
13,8% a.a.
13,4% 41,4% -3,1% 23%
4.000 3.855

3.500

3.000

2.500

2.000

1.500

1.000

500
160
0
1994 1996 1998 2000 2002 2004 2006 2008 2010 2012 2014 2016 2018 Fev.19

Fonte: B3 McKinsey & Company 13


… e a sua maior pontuação

Índice Bovespa
(pontos) 18/03/2019
100.037
100.000
90.000
80.000
70.000
60.000
50.000
40.000
30.000
20.000
10.000 4.354
0
1990 95 2000 05 10 15 19
Fonte: B3 McKinsey & Company 14
Os mercados de capitais do Brasil estão
desenvolvendo e diversificando o financiamento
para empresas

Mercados de capitais1 – emissão doméstica CAGR


R$ bilhões 2012-2017

177
+5% a.a.
12% 37%
Ações (IPO) 140 144
137 11% 14%
Ações 3% 10%
7% 13% 112 11% 12%
(emissões subsequentes) 113
8% 5% 13% 1%
Certificados de recebíveis 1%
13% 16% 9%

13% 27%

Títulos corporativos 67% 1%


82% 77%
70%
71% 63%

2012 2013 2014 2015 2016 2017


1 Excluindo FIDCs e fundos imobiliários
Fonte: BCB; ANBIMA; notícias na imprensa; análise da McKinsey McKinsey & Company 15
O número de IPOs tem aumentado

IPOs
Número de IPOs 2
2
Bolsas de valores dos EUA
Bolsa de valores do Brasil 2
1
2

12
2
6
2 10 3
1 1 1 3
1
2014 15 16 17 2018
1 A Azul realizou uma IPO na B3 (Brasil) e na NYSE (EUA). 2 Empresas que realizaram IPO em bolsas de valores dos EUA
Fonte: B3 McKinsey & Company 16
O risco atribuído ao Brasil caiu significativamente
desde 2016

EMBI (índice de títulos de mercados emergentes)


Pontos base
2.400

1.600

1.400

1.200
Brasil perde a
1.000
classificação de grau
Brasil conquista a de investimento
800 classificação de grau
de investimento
600

400
241
200
228
0
00 01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17

Fonte: IPEA McKinsey & Company 17


As taxas de inflação e de juros estão simultânea-
mente baixas pela primeira vez na última década

Selic e IPCA IPCA IPCA (previsão)

% Selic Selic (previsão)

15
14
13
12
11
10
9
8,0
8
7
6
5
4,0
4
3
2
2010 2011 2012 2013 2014 2015 2016 2017 2018 2019 2020

Fonte: BCB McKinsey & Company 18


A taxa de câmbio continua volátil no curto prazo…

Taxa de câmbio Taxa prevista % de flutuação nos últimos 12 meses

Evolução da taxa de câmbio


R$/US$, final do período

4,5
4,0 3,75
3,5
3,0
2,5
2
1,5
1,0
% de variação nos últimos 12 meses
30%
20%
10%
0%
2000 01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 2020

Fonte: EIU, BCB McKinsey & Company 19


… mas, no longo prazo, considerando a inflação, o
Real tem depreciado relativamente pouco

Evolução da taxa de câmbio


R$/US$, final do período
Taxa de
4,0 3,87 câmbio

3,5
Taxa de
3,0 2,90 câmbio
ajustada
para a
2,5 inflação

1,5

1,0

0,5
95 96 97 98 99 00 01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18

Fonte: BCB McKinsey & Company 20


O Brasil precisa enfrentar grandes desafios de produtividade e inovação; a
produtividade aumentou pouco nos últimos anos

Evolução da produtividade da mão de obra CAGR


US$ por hora trabalhada (PPP 2017) 1990-2018
75
Estados Unidos 1,9%
70
65
França 1,2%
60
55
50
45
40
35
30 Rússia 1,5%
25 Chile 3,0%
20 Brasil 1,3%
15 China 8,8%
10
Índia
5 5,0%
0
1990 91 92 93 94 95 96 97 98 99 00 01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 2018

Fonte: Conference Board Total Economy Database (2018) McKinsey & Company 21
O país não poderá mais depender do crescimento
populacional para expandir sua economia

Crescimento anual
%

2,7

-45%
Crescimento da
força de trabalho 2,1 1,5

0,8

Aumento da
produtividade 0,6 0,6

Últimos 15 anos Próximos 15 anos


(considerando
crescimento histórico da
produtividade estável)

Fonte: análise da McKinsey McKinsey & Company 22


Mais anos de escolaridade não melhoraram a
produtividade média do brasileiro

Brasil
Produtividade média da mão de obra – PIB por trabalhador Malásia
US$ mil China

50 2010 Chile
45 Coreia
40
35 2010
30
1980
25
20 1980
15 1980 2010
2010 1980
10
5 1980
0
2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12

Escolaridade média da população adulta


(anos de estudo concluídos)

Fonte: Banco Mundial e Barro-Lee McKinsey & Company 23


As principais empresas do Brasil são mantiveram similares; nenhuma se destaca
em tecnologia, como ocorre nos EUA e na China

Empresas de
Maiores empresas por capitalização de mercado tecnologia.
US$ bilhões
67% do valor 38% do valor
Brasil EUA total das 10 China total das 10
maiores maiores
2010 2018 2010 2018 2010 2018
190 93 309 927 334 499
145 87 255 778 242 491
93 77 205 766 184 311
55 61 191 751 147 261
43 28 190 542 130 220
29 27 184 492 119 184
29 14 175 388 85 181
25 13 170 344 57 159
16 13 169 341 53 142
14 11 168 314 46 139

Fonte: Forbes 2000; Capital IQ McKinsey & Company 24


O Brasil participa de poucos acordos comerciais
globais

Acesso a consumidores ao redor do mundo1


%

100% 95%

5%

Total global Chile Brasil

Número de
acordos
400 27 9
comerciais
1 O acesso a consumidores é definido como a população de países que participam de acordos comerciais

Fonte: “Brasil 2030” da McKinsey (2017) McKinsey & Company 25


Investimentos em TI continuam a crescer, ainda que em ritmo lento

Exemplos de empresas de tecnologia


Investimento em TI no Brasil, por tipo CAGR estabelecidas
R$ bilhões 2016-2018
Brasileiras
+3% a.a.
Total 150
143 7 1%
Serviços de data center 7 12
12
-1%
Aparelhos
21 6%
Software 18

Serviços internos 23 25 4%
Internacionais
Serviços de telecom 35 34 -1%

Serviços de TI 48 52 4%

2016 2018
Fonte: Gráficos/diagramas criados pela McKinsey & Company com base em pesquisa da Gartner: Gartner, Previsão: Gastos corporativos em TI,
por mercado vertical do setor, ao redor do mundo, 2016-2022, atualizado em 4ºT2018. Taxas de câmbio R$/US$: 2016 · R$ 3,49 • 2017 · McKinsey & Company 26
R$ 3,19 • 2018 · R$ 3,64
Perspectiva
Macroeconomia Digital
Capítulos

Ecossistema Análises
Empreendedor Setoriais

McKinsey & Company 27


Perspectiva digital

O consumidor brasileiro está pronto para a Mas a inclusão digital apenas começou:
disrupção digital Em vários aspectos, ela já
começou:  Acesso e proficiência digital variam
enormemente conforme a região, classe
 Dois em cada três brasileiros têm acesso a social e faixa etária
smartphones e à internet
 A velocidade da internet é menor do que em
 Os brasileiros passam mais de nove horas por muitas economias desenvolvidas e
dia conectados (uma das maiores taxas do emergentes
mundo)
 A penetração do e-commerce ainda é baixa
 Estão em 2º ou 3º lugar entre os que mais usam – categorias inteiras ainda são incipientes
as principais plataformas de mídia social,
incluindo Facebook, Instagram, YouTube, Netflix,  Embora os brasileiros sejam consumidores
WhatsApp e Pinterest. ávidos de mídias digitais, ainda não estão
realizando muitas transações nem gastando
 A publicidade digital continua crescendo a taxas muito dinheiro online
de dois dígitos…
 … e o mesmo acontece com o e-commerce, a
economia compartilhada e os serviços de
entrega domiciliar

McKinsey & Company 28


Dois em cada três brasileiros têm acesso à internet, mais do que a média
mundial…

Usuários de internet Penetração da internet por país


% da população total % da população entre 16 e 64 anos (2017)

70 67 Reino Unido 95
61 Japão 93
60 58 Coreia do Sul 93
55
51 Estados Unidos 88
49 Malásia 79
50 46
41 Argentina 78
39 Rússia 76
40
34 Itália 73
30 Turquia 67
Brasil 67
20 México 65
China 53
10 Média mundial 53
Indonésia 50
0 Índia 34
2008 09 10 11 12 13 14 15 16 2017

Fonte: We Are Social (2018); CETIC.br (2017); análise da McKinsey. McKinsey & Company 29
A penetração de smartphones já é elevada e está
alinhada com a média mundial e das economias
desenvolvidas

Penetração de smartphones Sistema operacional


% da população que utiliza smartphones1 %

China 83
1 15
EUA 78

Turquia 77

Reino Unido 77
84
Chile 76

Colômbia 75
Modo como smartphones se
Argentina 73 conectam à internet no Brasil
% dos usuários de smartphones
México 72

Média mundial 71 Acesso a 3G/4G 71


Brasil 71
Somente Wi-Fi 25
África do Sul 60 Nenhum tipo
4
40 de conexão
Índia
1 Para o Brasil, foi utilizado o valor da CETIC.br (o valor mais atualizado)

Fonte: Pesquisa “O Consumidor Conectado” do Google; CETIC; Statcounter; análise da McKinsey (2017) McKinsey & Company 30
O típico usuário da internet no Brasil mora na
cidade, tem menos de 45 anos, pertence à classe A a
C e acessa a internet por dispositivo móvel

Rural 5% +60 5%
15% D-E 22% Universidade 22%
45 a 60
34 a 44 16% Feminino 53%

C 50% Ensino médio 49%


Urbana 95% 25 a 34 28%
Ensino
fundamental
16 a 24 25% 47%
Masculino Analfabeto/
A-B 31% 29%
10 a 15 10% Pré-escola
1%
Geografia Idade Gênero Class
Grau de
e
instrução
social
90%

38% 37%
17% 12% 7%

Telefone celular Laptop Desktop Tablet TV Videogame

Modo de acesso

Fonte: CETIC.br (2017) McKinsey & Company 31


Os brasileiros gastam mais tempo na internet do
que os americanos

Tempo gasto em mídias digitais e de transmissão1


Horas por dia

9,1 Brasil
-31% EUA
6,3

4,0 +17%
3,4 -41% 3,4
2,0 -5%
1,2 1,1

Internet (via Mídias sociais (via TV (aberta/por Tempo médio por


qualquer aparelho) qualquer aparelho) assinatura, streaming dia ouvindo músicas
ou por demanda) por streaming

1 Dados referem-se a entrevistados adultos e são baseados em questionário. Os números representam atividades relatadas pelos próprios
usuários.

Fonte: CETIC.br; Consumer Barometer do Google (2018). McKinsey & Company 32


Brasileiros estão entre os usuários mais ávidos da internet

Tempo gasto na internet


Horas1

5,4
5,0
4,5
4,8 4,6
4,3
PC ou tablet

4,2
4,0
Celular

9
3,6
3,9 3,7 3,6 3,4 3,3
horas por
3,1
dia
2,0 2,0 1,8

44%
Filipinas Brasil Argentina México Índia EUA China Rússia Reino
Unido Celular
1 Dados referem-se a entrevistados adultos e são baseados em questionário. Os números representam atividades relatadas pelos próprios usuários.

McKinsey & Company 33


Fonte: We are Social (2017); GlobalWebIndex; análise da McKinsey
O uso da internet pelos brasileiros está altamente
concentrado em aplicativos e sites sociais ou de
conteúdo

Posição1 Site Categoria


1 google.com Ferramenta de busca
2 youtube.com TV e vídeo
3 facebook.com Rede social
4 globo.com Notícias e mídia
5 uol.com.br Notícias e mídia
6 mercadolivre.com.br Mercadorias em geral
7 instagram.com Rede social
8 live.com E-mail
9 twitter.com Rede social
10 WhatsApp.com2 Rede social
1 Por número mensal de visitantes (não inclui sites adultos)
2 Considerando apenas acesso por computador

Fonte: SimilarWeb (2019) McKinsey & Company 34


A utilização de aplicativos é elevada em múltiplas categorias
(detalhado a seguir)

Atividades diárias realizadas em computadores ou smartphones


% de entrevistados1
Atividades sociais
83

56 54 54
44
41
32
26 26
21 20
13
6 4

Bate-papo Redes Notícias Ferramentas Música E-mails Vídeos Software Chamada Jogos Assistentes GPS/ e-Learning Compras
online Sociais de busca online de de virtuais Mapas online
escritório voz/vídeo

1 Baseado em pesquisa de novembro de 2018 com uma amostra estratificada de 2.477 brasileiros de áreas urbanas, entre 15 e 60 anos, das classes A a D
Fonte: Consumer Barometer do Google (2017); análise da McKinsey McKinsey & Company 35
Mais de 7,5 milhões de usuários – mais usuários que
a NET (operadora de TV por assinatura)
País mais ativo dentre os que não falam inglês
Receitas superiores às do SBT (canal de TV)
Streaming de
vídeos Mais de 69 milhões de espectadores por mês (nº 2
no mundo)
Vários canais brasileiros são líderes globais em número
de assinantes:
• nº 4: Kondzilla – 46 milhões
• nº 14: Whinderson Nunes – 34 milhões
• nº 24: Felipe Neto – 30 milhões

Fonte: artigos da imprensa, dados de 2017/2018 McKinsey & Company 36


Mais de 20 milhões de usuários
• >500.000 motoristas
• >100 cidades no Brasil
• >1 bilhão de viagens
Mobilidade
Mais de 18 milhões de usuários
• >600.000 motoristas de táxi
• >1.000 cidades no Brasil

Mais de 3,8 milhões de usuários em São Paulo (líder


global)
1 Primeira cidade a participar do programa
Connected Citizens, plataforma de intercâmbio de
informações para ajudar as cidades a resolverem
Rio de Janeiro é a primeira cidade-parceira1 do mundo
problemas de mobilidade

Fonte: artigos da imprensa, dados de 2017/2018 McKinsey & Company 37


Mais de 130 milhões de usuários
Terceira maior base de usuários do mundo
O Brasil é um país piloto para novos produtos (p.ex.,
stories para eventos, conteúdo de jogos, etc.)
Redes sociais
(aplicativos do
Facebook) Mais de 50 milhões de usuários
Segunda maior base de usuários do mundo

Mais de 120 milhões de usuários


Aplicativo de comunicação mais utilizado no Brasil
Penetração de 91% entre usuários da Internet

Fonte: artigos da imprensa, dados de 2017/2018 McKinsey & Company 38


Mais de 30 milhões de usuários
Sexta maior base de usuários do mundo

Redes sociais
(outros
Mais de 29 milhões de usuários
aplicativos
selecionados) Terceira maior base de usuários do mundo

Mais de 19 milhões de usuários


Segunda maior base de usuários do mundo
País com o maior crescimento

Fonte: artigos da imprensa, dados de 2017/2018 McKinsey & Company 39


>390.000 entregas por dia
>50.000 restaurantes
>120.000 entregadores
>480 cidades no Brasil
Crescimento de 109% no número de entregas em 2018
Investimento em 2018: US$ 500 milhões
Entrega de
>800.000 usuários
comida >15 cidades
Investimento em 2018: US$ 220 milhões

>1.700 restaurantes
>30 cidades
Crescimento anual >200% desde o lançamento em 2017
Parcerias estratégicas: McDonald’s, Subway, Ipiranga etc.
Investimento em 2018: US$480 milhões (global)

Fonte: artigos da imprensa, dados de 2017/2018 McKinsey & Company 40


Mais de 13 milhões de assinantes
“Emissora de rádio” com a 5ª maior audiência em
São Paulo
Maior serviço de streaming de áudio no Brasil
Streaming de
áudio Mais de 3 milhões de assinantes
Parceria com a TIM, criando a plataforma conjunta
(“TimMusic”)

Fonte: artigos da imprensa, dados de 2017/2018 McKinsey & Company 41


Mais de 1 bilhão de downloads
19ª colocada na App Store (produtora de jogos)

Jogos Mercado brasileiro de jogos:


Mais de 60 milhões de gamers (nº 3 no mundo)
375 estúdios de jogos
>1.700 jogos produzidos em 2018
>US$ 1,3 bilhão de faturamento anual do mercado

Fonte: artigos da imprensa, dados de 2017/2018 McKinsey & Company 42


1.196 espaços de coworking
169 cidades
R$ 127 milhões em receitas
>214.000 usuários
>88.000 estações de trabalho
Coworking
>7.000 empregados diretos

Exemplos:

Fonte: Censo Coworking Brasil (2018) McKinsey & Company 43


Share de 97% do mercado de ferramentas de
busca

Site mais visitado


Ambiente
Google
Nº 5 em número de visitantes online globais

Único país, além dos EUA, com infraestrutura


completa do ecossistema Google

Fonte: artigos da imprensa, dados de 2017/2018 McKinsey & Company 44


Mais de 6 bilhões de downloads de
aplicativos por ano

Criação/ Nº 4 no mundo em downloads de aplicativos


utilização de
apps Média de 83 aplicativos instalados e 12
aplicativos utilizados por dia

Quarto maior produtor de aplicativos do


mundo

Fonte: artigos da imprensa McKinsey & Company 45


Exemplos dos principais aplicativos brasileiros

Mais de 180 países 10 milhões de downloads


5 milhões de assinantes Jogo de tiro mais baixado
3 premiações da Apple Store em 2016


(vs 2017)
internacionais

20 milhões de downloads Vencedores do Duke’s


15.300 visitas por dia ao Choice Award para
site América Latina em 2016
de aumento no
Traduzido para 4 línguas Vencedor da 25ª
número de startups de Premiação Atualidade
desenvolvimento de Cosmética, categoria
aplicativos com receita Ponto de Venda Digital do
superior a R$ 1 milhão 90 milhões de usuários Ano
Em 2015, o Colorfy foi o
segundo aplicativo
gratuito mais baixado da
App Store

Fonte: artigos da imprensa McKinsey & Company 46


Smartphones estão entre os aparelhos com maior
penetração no Brasil…

Penetração de aparelhos no Brasil


Porcentagem da população1 que utiliza cada tipo de aparelho

95
89

71

38

15
7
2 2
Televisor Celular Smartphone Laptop ou Tablet Aparelho de Leitor Aparelho de
(qualquer (qualquer desktop transmissão de livros vestuário
tipo) tipo) da internet digitais
para
televisor

1 Baseado em questionários; dados referem-se apenas a entrevistados adultos

Fonte: CETIC.br; Consumer Barometer do Google (2018). McKinsey & Company 47


… mas ainda há potencial para aumentar a
penetração de vários aparelhos

Penetração de aparelhos no Brasil e EUA


Porcentagem da população1 que utiliza cada tipo de aparelho

+1% -6% Brasil


95
89 90 89
+10% +103% EUA
78 77
71

+207%
46
38 +300%
28
+400% -86%
15 14
7 10
2 2

Celular Smartphone Laptop ou Tablet Televisor Aparelho de Leitor Aparelho de


(qualquer desktop (qualquer transmissão de livros vestuário
tipo) tipo) da internet digitais
para
televisor
1 Baseado em questionários; dados referem-se apenas a entrevistados adultos

Fonte: CETIC.br; Consumer Barometer do Google (2018). McKinsey & Company 48


Os brasileiros estão gastando muito mais tempo na
internet

Tempo gasto em cada mídia CAGR


Horas por dia 2014-2016
14
13

34%
Internet 30% 12,2%

18% 18% 4,4%


Mídia impressa

TV 28% 26% -0,1%

Rádio 25% 22% -2,0%

2014 2016

Fonte: pesquisa sobre mídias no Brasil McKinsey & Company 49


TV por assinatura e canais digitais são as mídias
com maior crescimento de investimentos

Investimento em mídias e publicidade CAGR


US$ bilhões; % por tipo de canal 2013-2018

16
+7% a.a. 4% -16%
6%
3%
10%
25%
11
Mídia impressa
14%
Outras 7% 35% 24%
TV por assinatura 4%
16%
Mídias digitais

TV 59% 45% 1%

2013 2018

Fonte: Magna Global; US$ 1 = R$ 3,192 McKinsey & Company 50


No marketing digital, os segmentos de vídeos e
mídias sociais apresentam os maiores níveis de
crescimento

Investimento em mídias e publicidade CAGR


US$ bilhões; % por tipo de canal 2013-2018

5,55 3%
4% 2%
9%
22% 39%

29% 35%
Outras
Vídeos 1,87 4%
Mídias sociais 13% 8%
Display 19% 43% 18%
Buscas 56%

2013 2018
Share das
mídias móveis 9 57
%
Fonte: Magna Global; US$ 1 = R$ 3,192 McKinsey & Company 51
Mas ainda há potencial de crescimento e penetração para a publicidade digital

Investimento em mídias e publicidade


US$ bilhões; % por tipo de canal
16 208 69 8 11
Outras 5% 10% 9% 12% 9%
4% 2%
Mídia impressa 7% 3%

Mídias digitais 36% 31%

58% 46%
52%
TV por assinatura 10% 21%
1%
9%
TV aberta 45% 16% 38%
38%
22%
15%
2%
Brasil EUA China Rússia Índia

Fonte: Magna Global (2018); US$ 1 = R$ 3,192 = 6,759 iuanes = 58,32 rublos = 65,12 rupias McKinsey & Company 52
O Brasil está alguns anos atrás dos EUA em termos de investimentos em mídias
digitais…

Investimento em mídias e publicidade


% por canal
Nos EUA, investimentos em
70 70 mídias digitais superam
investimentos em TV desde 2015
60 60
TV
50 50 Mídias digitais

40 40
Mídias digitais
30 30 TV

20 20

10 Outras 10 Outras
Mídia impressa Mídia impressa
0 0
2013 14 15 16 17 2018 2013 14 15 16 17 2018
Brasil EUA
Fonte: Magna Global McKinsey & Company 53
… não apenas no valor total dos investimentos, mas
também no valor por usuário/hora

Investimento em mídias e publicidade digitais


US$ centavos por hora de usuário
59,9

4,9

26,4

5,3
Mídias digitais 1,6 28,6
Mídia impressa 0,4
TV 3,3

Brasil EUA

Fonte: análise da McKinsey (2018) McKinsey & Company 54


A inclusão digital apenas começou: o acesso digital
varia conforme a geografia e os fatores
demográficos
Acesso à internet, por segmento
% de entrevistados que acessaram a internet nos últimos 3 meses
Urbana 71
Geografia
Rural 44
Sudeste 74
Nordeste 58
Região Sul 69
Norte 58

Grau de
instrução
Centro-Oeste
Analfabeto/Pré-escola
Ensino fundamental
Ensino médio
9
45
76

85
67%
Universidade 94
dos entrevistados acessaram
Até 1 51 a internet nos últimos 3
Renda1
1a2 64 meses
2a3 73
3a5 84
5 a 10 88
>10 94
10 a 15 84
16 a 24 88
Idade 25 a 34 85
(anos) 35 a 44 76
45 a 59 54
>60 25
1 Quantidade de salário mínimo mensal
Fonte: CETIC.br (2017) McKinsey & Company 55
Os domicílios com renda mais alta tem quase 4 vezes mais penetração de internet
do que os domicílios de renda mais baixa

Acesso à internet no Brasil, por nível de renda Salários mínimos1


% de domicílios com acesso à internet, por nível de renda
Até 1
19
30 1a2
58 2a3
72 21 3a5
88 38
>5
N 56
NE 75
87
25
40
54 C-O 29
65 SE 43
88 68
76
21 92
32
55 S
74
83
1 Salário mínimo mensal
Fonte: Pesquisa ICT sobre domicílio (2017) McKinsey & Company 56
A velocidade da internet ainda é menor do que em
muitas economias desenvolvidas

Velocidade da internet banda larga fixa Velocidade média da internet móvel


Mbps, 2017 Mbps, 2018
11,29 22,72

Ásia-Pacífico 46

EUA 46

América do Norte 43

Mundo 39

Europa Ocidental 38

Europa Oriental e Central 33

Brasil 13

América Latina 12

Oriente Médio e África 8

31
Média mundial

Fonte: VNI da Cisco (2017); teste de velocidade OOKLA (2018) McKinsey & Company 57
O e-commerce cresceu rapidamente nos últimos 5
anos…

Mercado de e-commerce
R$ bilhões
Destaques

Ticket médio
28,8 +13% a.a. 47,7
2013 2017
R$ 429
3,7% 5,1% nº de pedidos

Penetração
111,2
milhões
Black Friday (2018)
31,3 55,1
Compradores milhões milhões R$ 2,6
bilhões
(+23% vs 2017)
Fonte: Webshoppers e-Bit; Euromonitor; artigos da imprensa; E-bit/Nielsen (2017/2018) McKinsey & Company 58
… mas a penetração do e-commerce no Brasil ainda é menor do que na China e em
países desenvolvidos…

Penetração do e-commerce
%1
20
19
16

12 12
9 9
8 8 8
6
5 5

China Coreia Reino EUA Holanda Alemanha Austrália Japão França Canadá Brasil Índia Rússia
do Sul Unido

1 % de vendas de e-commerce sobre as vendas totais do varejo


Fonte: Euromonitor (2017) McKinsey & Company 59
… com considerável variação de penetração entre
as categorias de produtos

Categoria
Penetração Penetração do líder,
%1 %1
Jogos e brinquedos 29 72

Eletrônicos 20 44

Eletrodomésticos 10 37

Vestuário 4 29
Beleza e cuidados
3 23
pessoais
Casa e jardim 1 17

Bebidas alcoólicas <1 8

Alimentos embalados <1 10

Produtos para o lar <1 13

1 % de vendas de e-commerce sobre as vendas totais do varejo


Fonte: Euromonitor (2017) McKinsey & Company 60
As compras online variam conforme o setor, mas telefones e eletrodomésticos
representam a maior parte dos gastos

Volume de gastos Transações Valor médio da compra


Categoria %1 %1 R$

Telefones/celulares 21,2 9,2 988

Eletrodomésticos 19,3 10,8 767

Eletrônicos 10 3,6 1.192

Hardware/software 8,9 4,5 848

Casa e decoração 8,4 10,5 343

Vestuário e acessórios 6,1 14,2 184

Beleza e cuidados pessoais 4,8 12,0 172

Artigos esportivos 4 6,4 268

Alimentos e bebidas 2,2 4,0 236


1 Share da categoria do total de e-commerce
Fonte: Webshoppers e-Bit (2017); análise de McKinsey McKinsey & Company 61
Hoje, 32% das compras de e-commerce são feitas
por celular

“Os consumidores brasileiros


Compras de e-commerce
adotam rapidamente novas
Share de compras online feitas por celular, %
tecnologias. Como resultado,
0,3 as empresas, e
particularmente os varejistas,
2011
têm utilizado os aplicativos
como extensões de suas
operações digitais. Quando
observamos os vários
71% dos brasileiros utilizam o celular segmentos do mercado, o
32 para acessar a internet
varejo é o que tem a maior
20181 Grandes varejistas relatam que penetração de aplicativos.”
aparelhos móveis representam 60%
a 75% do tráfego e 35% a 45% do Felipe Almeida – gerente de
total de vendas de e-commerce produtos de publicidade para
aplicativos do Google
1 Estimativa para o primeiro semestre de 2018
Fonte: eBit Webshoppers, IBGE, Novarejo, artigos da imprensa (2018) McKinsey & Company 62
Empresas brasileiras de e-commerce têm períodos de estoque e prazos de entrega
mais longos do que as dos EUA e China

Nº médio de dias para venda do


estoque Prazo médio de entrega
(dias) (dias)

87 2-71

44 1-5

37 22

1 São Paulo e Rio de Janeiro têm sistemas especiais de transporte para entregar produtos “em 2 horas”, “no mesmo dia” ou “no dia seguinte”.
2 90% das entregas têm prazo de 2 dias
Fonte: Relatórios anuais das empresas (2017); site das empresas McKinsey & Company 63
Perspectiva
Macroeconomia Digital
Capítulos

Ecossistema Análises
Empreendedor Setoriais

McKinsey & Company 64


Ecossistema Empreendedor

Os brasileiros tendem a ser empreendedores: Mais de 39% da população economicamente ativa trabalham em iniciativas
empreendedoras. Entretanto, apenas uma pequena parcela desse esforço é canalizada para a inovação

Dito isso, cada vez mais startups estão se dedicando ao digital e à inovação:
 Há diversos ecossistemas empreendedores vibrantes e dinâmicos por todo o país
 Investimentos de investidores-anjo e Venture Capital continuam a crescer a taxas de dois
dígitos ao ano, tendo superado a marca de US$ 1 bilhão em 2018
 Nos últimos dois anos, o Brasil teve seus oito primeiros unicórnios...
 ... e há mais unicórnios no horizonte

Todavia, ainda existem barreiras ao crescimento:


 Como porcentagem do PIB, os investimentos de venture capital continuam muito aquém
dos de outras economias
 O Brasil ainda é um dos lugares mais difíceis do mundo para abrir, operar e
(especialmente) fechar um negócio, o que aumenta o custo de falha por exemplo
 Apesar do número crescente de pessoas que se formam em engenharia, ciência,
tecnologia e matemática, recrutar e desenvolver talentos digitais continua sendo um
grande desafio

McKinsey & Company 65


Na sentido mais amplo da palavra, o Brasil é um país de
empreendedores

Empreendedor % da força de trabalho entre 18 e 64 anos que são Atividades mais comuns
empreendedores
14% Restaurantes
2015 39% 2 Trabalho familiar 9% Vestuário
5 Empregador
Serviços de
Um empreendedor é alguém que,
em vez de trabalhar como Trabalho
7% refeições
7 doméstico
funcionário, abre e opera seu
próprio negócio, assumindo todos 7% Oficina
mecânica
os riscos e recompensas.
2010 32% 5% Salão de
beleza
26 Autônomo
5% Lanches

2005 21%
3% Cosméticos

Fonte: GEM (2016) McKinsey & Company 66


O empreendedor típico é uma mulher de até 34
anos, da classe média baixa, e com educação até
ensino médio completo

Idade Renda
Gênero Anos Salários mínimos
10 3%
55 ou > %
>4
17 25% 4
45-54 %

23
51% 49% 35-44 % 29% 3

30
25-34 % 29% 2

20
18-24 % 14% Até 1
Grau de
instrução
Superior/mestrado/
Nenhuma educação Ensino fundamental Ensino médio doutorado
formal
27% 20% 46% 7%

Fonte: GEM (2016) McKinsey & Company 67


A taxa de mortalidade de empresas é alta; dois
terços fecham as portas em até cinco anos

Principais motivos de fecharem

16% 16% 16%

2/3
12% das empresas fecham em
até cinco anos
10% 10%

6%

4% 4%
3%
2%
1%

Falta Falta de Falta de Mão de Impostos Inadim- Concorrência Burocracia Comercia- Crise Crédito Outros
de capital conhe- obra plência lização
clientes cimento

Fonte: GEM; Sebrae (2016) McKinsey & Company 68


O mercado brasileiro é menos favorável a novos
negócios quando comparado a outros países

Índice da facilidade para fazer negócios


Variáveis
País Posição
Abrir um negócio
2010 2018
Obter alvarás de construção
Estados Unidos 04 08
Efetuar ligação de luz
Rússia 120 31
Registrar propriedades
França 31 32
Acessar crédito
China 86 46
Proteger investidores
Chile 40 56
Pagar impostos
Índia 132 77
Comerciar com outros países
Brasil 127 109
Fiscalizar contratos

Resolver insolvência

Fonte: “Ease of Doing Business Index” do Banco Mundial (2018) McKinsey & Company 69
O custo do fracasso é elevado e fechar uma empresa
no Brasil é dispendioso e burocrático
Principais desafios
Etapas para fechar uma empresa no Brasil
Os donos de um negócio
têm de apresentar
Cancelamento da documentação dos últimos
identificação de cinco anos de atividade da
Federal
contribuinte federal empresa.
(CNPJ) Outras etapas variam de
Registro do Cancelamento da acordo com o tipo de
cancelamento do identificação de empresa. É obrigatório
Estadual contrato social da apresentar certificados em
contribuinte
empresa estadual todas as áreas solicitadas
para a atividade comercial
Cancelamento da da empresa.
identificação de
Municipal Os documentos fornecidos
contribuinte
muitas vezes expiram antes do
municipal
final do processo de
O custo de fechar fechamento e precisam ser
uma empresa atualizados.

pode ser 44% mais alto do que o


de abri-la
Fonte: Sebrae (2016); Endeavor, “Bureaucracy in the lifecycle of companies" (2017) McKinsey & Company 70
Apesar do empreendedorismo brasileiro, o país é um dos últimos colocados do
índice de inovação quando comparado com economias desenvolvidas e com as
demais economias do BRIC
Índice global de inovação
Posição

Índice global Capital Frutos do


de inovação humano e Sofisticação do Sofisticação do conhecimento Resultados
Instituições pesquisa Infraestrutura mercado negócio e da tecnologia criativos

Estados Unidos 6 13 21 24 1 8 6 14
França 16 21 11 10 11 19 19 12

China 17 70 23 29 25 9 5 21
Rússia 46 74 22 63 56 33 47 72
Chile 47 37 61 53 54 48 48 58
Índia 57 80 56 77 36 64 43 75
Brasil 64 82 52 64 82 38 64 78
Facilidade para abrir uma empresa Taxas efetivas de crédito e de tarifas
e do ambiente de negócios puxam esta variável para baixo

Fonte: Índice global de inovação (2017) McKinsey & Company 71


O governo brasileiro e as empresas privadas gastam
1,3% do PIB em pesquisa e desenvolvimento…

P&D
% do PIB
3,0
2,7
EUA
2,5
2,2
França
2,0 China
2,1

1,5 1,3
1,1 Brasil
1,0 0,8 Rússia

Índia
0,5 0,4
Chile

0
2000 2008 2016

Fonte: Banco Mundial McKinsey & Company 72


72
… mas o Brazil ainda está muito aquém de sua capacidade em termos do número
de patentes

Patentes por país


Pedidos de patente por milhão de habitantes
220
217,6
207,2
200

180 173,1
160

140

120 117,2

100 93,2 89,3


80 76,4

60

40

20 15,2
9,0 7,9 7,1 3,4 2,0 1,7 1,5 1,2 0,5
0
Alemanha Holanda EUA França Reino Canadá Austrália China Turquia Federação Chile Brasil México Colômbia Índia Argentina Peru
Unido Russa

Fonte: Fórum Econômico Mundial, “Network Readiness Index” (2016) McKinsey & Company 73
A eficiência do Brasil no registro de patentes deixa
muito a desejar, especialmente em comparação
com países como o Japão

Processo de solicitação Patentes registradas


Anos Milhares por ano

14 456

+65×

1
7
Brasil Japão Brasil Japão

Fonte: WIPO (2016) McKinsey & Company 74


Embora haja um número crescente de pessoas formadas em Engenharia e Ciências
da Computação…

Pessoas formadas em Engenharia e Ciências da Computação


Milhares
CAGR
2012-2017

153
138
+13% a.a.
44 36%
118 35

99 25 12%
91 19
Engenharia civil 17
84 18 17%
Engenharia de produção 14 15 13
10 11 8%
Engenharia mecânica 12 12 9 12
11 13 11%
Ciências da computação 7 8 12
6 10 11
Engenharia elétrica 9 10 10 8 3 6%
7 2 2
Engenharia de computação 6 7 2 49 52
2 2 42 47 6%
Outras especialidades de engenharia 40 40
2012 2013 2014 2015 2016 2017

Fonte: INEP, “Censo de Educação Superior” McKinsey & Company 75


… em números absolutos, o Brasil continua defasado no número de formados em
STEM1...

Formados em STEM¹ Número absoluto de formados


% da população total Milhões

América do Norte 4,8% 15,7

Espanha 4,2% 2,0

Reino Unido 3,4% 2,2

França 2,0% 1,4


Índia 1,7% 22,7
China 1,1% 15,0
Brasil 1,0% 2,0

¹ Ciências, Tecnologia, Engenharia, Matemática


Fonte: base de dados da OCDE (2018); sites de estatísticas nacionais da China e Índia (2017) McKinsey & Company 76
… e a distribuição de matrículas atual sugere que isso não mudará no curto prazo

Distribuição de alunos do ensino superior por áreas de estudo


% América do
Brasil Norte França Reino Unido
7
17 19 18 19 22
27
40

56 74 38
63

Espanha Índia China


11 1
21
28
35 STEM1
40
Humanidades, Ciências Sociais,
59 Educação, Administração, Direito
54 Outras
51

¹ Ciências, Tecnologia, Engenharia, Matemática


Fonte: base de dados da OCDE (2018); sites de estatísticas nacionais da China e Índia (2017) McKinsey & Company 77
Apenas uma pequena parte dos alunos cursa ensino
superior fora do país

Alunos estudando no exterior


% do total de matrículas no ensino superior

10,0 9,9%
França
5,0 5,0%
Estados Unidos

4,5
4,0%
Rússia
4,0

3,5

0,3% 0,4% Chile


0,3% 0,3% China
0,2%
0,1% Brasil
0
2014 2015 2016 Índia

Fonte: OCDE McKinsey & Company 78


O cenário das startups no Brasil

Startup
start·up·
substantivo

Um novo empreendimento que visa


desenvolver um modelo de negócios, >10.000 >30.000 >US$ 1 bilhão
geralmente baseado em tecnologia startups empregos criados de investimentos em 2018
inovadora. Os fundadores desenham a
startup de modo a desenvolver e
validar um modelo de negócios
escalável que atenda a uma
necessidade do mercado latente

3 8
IPOs Unicórnios

Fonte: Startup Base; ABStartup; LAVCA (2018) McKinsey & Company 79


A maioria das startups tem menos de dois anos de idade, menos de seis
funcionários e nenhuma receita

Anos desde a criação Tamanho da equipe (incluindo diretores) Receita anual desde 2016
% % R$ mil

Menos de 1 ano 9 1-5 membros 63 Nenhuma receita 39

Menos de 50 30
1 a 2 anos 37 6-15 membros 27
50 a 250 15
2 a 3 anos 24 16-24 membros 4
250 a 500 5
3 a 4 anos 13 25-49 membros 2
500 a 1.000 6
4 a 6 anos 9 Mais de 50 membros 1
1.000 a 2.500 2

Mais de 6 anos 8 Só trabalhadores informais 2 Mais de 2.500 3

Idade 46% têm menos Tamanho 63% têm menos Receitas 69% têm receita anual
de 2 anos de 6 membros inferior a R$ 50.000
da equipe

Fonte: ABStartups, “Radiografia Startups Brasileiras” (2017) McKinsey & Company 80


A maioria das startups atua em serviços profissionais, tecnologia, mídia,
telecomunicações e tecnologia financeira

Setor de atuação
%
16,2

11,0

9,3
8,8
8,2
7,5
7,1
5,7
4,4
3,9 3,7 3,4
2,8 2,6
2,0 1,7 1,6

Serviços Telco FinTech Saúde Varejo EdTech Mobilidade Mídia Agrotecnologia Imóveis Consumo Meio Turismo Biotecnologia RH Tech LawTech Outras
profissionais ambiente

Fonte: ABStartups, “Radiografia Startups Brasileiras” (2017) McKinsey & Company 81


A maioria das startups cria modelos de negócio ou se diferencia utilizando
advanced analytics e big data

Tecnologias mais utilizadas por startups


%

Analytics/ Nuvem Inteligência artificial Internet Transforma- Realida- Blockchain Biotecno- Outras
Big Data das coisas ção digital de virtual logia

37% 23% 14% 8% 4% 2% 2% 2% 8%

Fonte: ABStartups, “Radiografia Startups Brasileiras” (2017) McKinsey & Company 82


A maioria dos fundadores de startups são homens
com formação técnica

Gênero Formação
% %
Mulheres
12
Negócios
35 42

58
Técnica
Homens

88 Idade

65
33 anos de idade
em média

Fundadores Equipes

Fonte: Startse (2017), Formação técnica = com diploma de STEM McKinsey & Company 83
Os fundadores afirmam que os principais obstáculos ao crescimento nos primeiros três
anos são: engajamento dos consumidores, custo de aquisição, faturamento e
financiamento

Principais obstáculos
%

Engajamento dos consumidores 23%


Marketing e aquisição de consumidores 13%
Precificação e faturamento 11%
Financiamento 9% Detalhado a
seguir
Tecnologia 9%
Operações 9%
Retenção de clientes 8%
Experiência do cliente 7%
Expansão internacional 6%
Outros 5%
Fonte: ABStartups, “Radiografia Startups Brasileiras” (2017) McKinsey & Company 84
A maioria das startups ainda está em estágios
inicial e depende de financiamento de familiares,
amigos e investidores-anjos

Principais fontes de financiamento


% de startups

Outros 5%
Financiamento bancário 1%
Capital de risco 1%
Recursos públicos 4%

Aceleradoras 4%

Investidores-anjo 9%

Família e amigos 76%

Fonte: ABStartups, “Radiografia Startups Brasileiras” (2017) McKinsey & Company 85


O “Investimento de Anjos” está crescendo rapidamente no Brasil

Evolução do investimento-anjo
R$ milhões
984

851
+14% a.a. 784
688
619

495
450

2010/2011 2011/2012 2012/2013 2013/2014 2014/2015 2016 2017

Fonte: Anjos do Brasil McKinsey & Company 86


O Brasil é responsável por 70% das atividades de
investimento privado na América Latina, totalizando
US$ 546 milhões em Venture Capital no primeiro
Brasil
semestre de 2018
Investimento em VC na América Latina Investimento em VC no Brasil
US$ milhões, número de transações US$ milhões, número de transações
1ºS do ano

Ano inteiro

1.200 1.141 +123% a.a.


US$ milhões
497 546
1.000 +64% a.a. 362
+41% a.a. 169 66 88
800 780 110 47
30 34
594 1ºS2016 2ºS2016 1ºS2017 2ºS2017 1ºS2018
600 526 249
500 476
425
400 371 145
186 182
197
200 143 111 119 92
70% da atividade de
69
0 capital de risco na
2011 12 13 14 15 16 2017 1ºS17 1ºS18 América Latina

Fonte: LAVCA McKinsey & Company 87


Exemplos de firmas brasileiras de Venture Capital

Kaszek Monashees Valor Inseed Redpoint

QED Investors Endeavor Catalyst Redpoint eVentures


Canary Ribbit

Fonte: artigos da imprensa (2019) McKinsey & Company 88


Em termos de Venture Capital como porcentagem do PIB, o Brasil fica atrás de
nações mais desenvolvidas

Atividade total de VC Total de investimento em VC


Investimento em VC/PIB, % US$ bilhões

84,2
EUA 0,43%

Canadá 0,16% 2,7

Alemanha 0,11% 3,9

Brasil 0,04% 0,9

Fonte: Banco Mundial; artigos da imprensa; LAVCA (2017) McKinsey & Company 89
Muitas transações interessantes foram realizadas
em 2017…

Empresa Setor Valor investido


US$ milhões
Tecnologia de transporte 200

Marketplace 135

FinTech 61

Saúde/ciências da vida 50

Big Data 45

Entrega de comida 500

FinTech 39

Marketplace (Confidencial)

Marketplace (Confidencial)

Fonte: LAVCA; Crunchbase McKinsey & Company 90


E o Brasil teve seus primeiros unicórnios em 2018,
seguidos de IPOs e de exits

Empresa Setor Valor investido


US$ milhões
1
FinTech 2.300

TI (data center) 1.800

FinTech 1.100

Tecnologia de transporte 1.000


2
Marketplace 500

Entrega de comida 500

FinTech 330

Educação 194

Marketplace 124

Tecnologia de transporte 100

Tecnologia de transporte 75

Tecnologia de transporte 60

Educação 17

FinTech (Confidencial)
1 Considera investimentos privados divulgados superiores a US$ 1 bilhão, IPOs recentes de empresas com capitalização de mercado
superior a US$ 1 bilhão e investimentos não divulgados com perspectiva de mercado superior a US$ 1 bilhão 2 Transação realizada em 2019
Fonte: Crunchbase; Startupi McKinsey & Company 91
Com seus primeiros unicórnios, o Brasil juntou-se Unicórnios ao redor do
aos ranks de países líderes em termos de startups mundo3
Capitalização mais

Startup1
recente2
US$ bilhões 156
8,8 unicórnios
8,4

4,0
92
8 1,8

16
unicórnios

Unicórnios 1,3
unicórnios
1,1
13
(Confidencial) unicórnios

(Confidencial)
10
unicórnios
1 Considera investimentos privados divulgados superiores a US$ 1 bilhão, IPOs recentes de empresas com capitalização de mercado
superior a US$ 1 bilhão e investimentos não divulgados com perspectiva de mercado superior a US$ 1 bilhão 2 Para empresas de capital
aberto, o valor de referência é o de 8 de março de 2014 3 Critérios da CB Insights
4 unicórnios
Fonte: CBinsights Unicorn Ranking; Crunchbase; LAVCA (2018) McKinsey & Company 92
O Brasil possui
muitos polos de
inovação, sendo
que a maioria
das startups
está
concentrada em
oito estados e
no Distrito
Federal

Detalhado a seguir

Fonte: ABStartup; artigos da imprensa (2019) McKinsey & Company 93


Não exaustivo

Ecossistema de startups de São Paulo


Destaques

Incubadoras/ Instituições de
Aceleradoras Instituições de ensino investimento
>3.300 >25
startups incubadoras

>15 >600
aceleradoras instituições de
Startups ensino superior
1 São Paulo 2 Campinas 3 Ribeirão Preto 4 São José
dos Campos

3 Ribeirão Preto

Campinas

5 Piracicaba 6 Sorocaba 5 2
4
Piracicaba 1 São José
6
dos Campos
São Paulo
Sorocaba

Fonte: Crunchbase; ABStartup; Anprotec; sites da Valleys; Anpei; INEP (2017); SPConecta; artigos da imprensa McKinsey & Company 94
Não exaustivo

Ecossistema de startups de Santa Catarina


Destaques

Incubadoras/ Instituições de
Aceleradoras Instituições de ensino investimento
>550 >20
startups incubadoras

>5 >90
aceleradoras instituições de
Startups ensino superior
Joinville
1 Florianópolis (Startups SC) 2 Joinville 3 Balneário Camboriú 4 Blumenau
Balneário Camboriú
Chapecó

Stup UX 2
4
5 3

Blumenau 1

5 Chapecó

Florianópolis

Fonte: Crunchbase; ABStartup; Anprotec; sites da Valleys; Anpei; INEP (2017); Mapa Startups.SC; artigos da imprensa McKinsey & Company 95
Não exaustivo

Ecossistema de startups de Minas Gerais


Destaques

Incubadoras/ Instituições de
Aceleradoras Instituições de ensino investimento
>890 >15
startups incumbadoras

>10 >290
aceleradoras instituições de
ensino superior

Startups
Belo Horizonte Uberlândia Uberaba Juiz de Fora
1 (São Pedro Valley) 2 (Colmeia/UberHub) 3 (Zebu Valley) 4 (Zero40)
Uberaba
Belo
Horizonte
3 (São Pedro
Valley)
2 1

Juiz de Fora
4
Uberlândia

Fonte: Crunchbase; ABStartup; Anprotec; sites da Valleys; Anpei; INEP (2017); Censo mineiro de startups; artigos da imprensa McKinsey & Company 96
Não exaustivo

Ecossistema de startups do Rio de Janeiro


Destaques

Incubadoras/ Instituições de
Aceleradoras ensino Instituições de investimento
>750 >25
startups incubadoras

>10 >130
aceleradoras instituições de
ensino superior

Startups
1 Rio de Janeiro 2 Sul Fluminense
Sul Fluminense

2
1 Rio de Janeiro

Fonte: Crunchbase; ABStartup; Anprotec; sites da Valleys; Anpei; INEP (2017); artigos da imprensa McKinsey & Company 97
Não exaustivo

Ecossistema de startups do Paraná


Destaques

Incubadoras/ Instituições de Instituições de


Aceleradoras ensino investimento
>580 >7
startups incubadoras

>9 >180
aceleradoras instituições de
ensino superior
Startups
1 Curitiba 2 Ponta Grossa 3 Londrina 4 Maringá Maringá

Londrina

4 3
Curitiba

2
1

Ponta Grossa

Fonte: Crunchbase; ABStartup; Anprotec; sites da Valleys; Anpei; INEP (2017); Relatório de mineração da ParanáTech; Distrito; artigos da imprensa McKinsey & Company 98
Não exaustivo

Ecossistema de startups do Rio Grande do Sul


Destaques

Incubadoras/ Instituições de Instituições de


Aceleradoras ensino investimento
>915 >8
startups incubadoras

>5 >120
aceleradoras instituições de
ensino superior
Startups
1 Porto Alegre 2 Santa Maria 3 Caxias do Sul 4 Canoas
Caxias do Sul
Santa Maria
3
Canoas
2 4
1
Porto Alegre

Fonte: Crunchbase; ABStartup; Anprotec; INEP (2017); artigos da imprensa; Relatório: Mapeamento de comunidades de startup – Porto Alegre McKinsey & Company 99
Não exaustivo

Ecossistema de startups de Pernambuco


Destaques

Incubadoras/ Instituições de Instituições de


Aceleradoras ensino investimento
>185 >3
startups incubadoras

>4 >105
aceleradoras instituições de
ensino superior
Startups
1 Recife
Recife

Fonte: Crunchbase; ABStartup; Anprotec; INEP (2017); artigos da imprensa; Relatório: Mapeamento de comunidades de startup – Recife McKinsey & Company 100
Não exaustivo

Ecossistema de startups da Bahia


Destaques

Incubadoras/ Instituições de Instituições de


Aceleradoras ensino investimento
>240 >4
startups incubadoras

>4 >105
aceleradoras instituições de
ensino superior
Startups
1 Salvador 2 Feira de Santana Feira de Santana

Salvador

2
1

Fonte: Crunchbase; ABStartup; Anprotec; INEP (2017); artigos da imprensa; Relatório: Mapeamento de comunidades de startups – Salvador McKinsey & Company 101
Não exaustivo

Ecossistema de startups do Distrito Federal


Destaques

Incubadoras/ Instituições de Instituições de


Aceleradoras ensino investimento
>180 >5
startups incubadoras

>6 >60
aceleradoras instituições de
ensino superior
Startups
1 Brasília
Brasília

Fonte: Crunchbase; ABStartup; Anprotec; INEP (2017); artigos da imprensa; Relatório: Mapeamento de comunidades de startup – Brasília McKinsey & Company 102
Perspectiva
Macroeconomia Digital
Capítulos

Ecossistema Análises
Empreendedor Setoriais

McKinsey & Company 103


Análises
Capítulo Setoriais

A B C D

Mercado Saúde Educação Governo


Financeiro

McKinsey & Company 104


Finanças

Situação do setor  O setor de serviços financeiros continua sendo atraente no Brasil, com ativos crescendo mais
que o PIB, a inadimplência sob controle, redução da relação custo/receita, crescimento estável dos
lucros e retorno do capital próprio (RoE) de 14%
 Todavia, o setor é altamente concentrado, com espaço de sobra para expansão da inclusão
financeira. Comparada com a de países desenvolvidos, a penetração de quase todos os produtos
financeiros é baixa no Brasil – incluindo contas correntes, crédito (particularmente crédito de longo
prazo), investimentos e seguros
Tendências  No Brasil, os clientes de bancos já se tornaram digitais – mais da metade são usuários online
digitais ativos ou de usuários de mobile banking, e mais da metade das transações bancárias são eletrônicas

Ambiente para  Cerca de 400 FinTechs atuam no Brasil, inovando e disputando participação em
startups segmentos e produtos, particularmente na área de pagamentos, onde já surgiram de
dois a quatro unicórnios (dependendo da definição): Stone, Nubank, PagSeguro e XP
 A disrupção é contínua nesse mercado volátil. Serviços de carteiras digitais foram
lançados, algumas FinTechs voltadas para o crédito já realizaram várias rodadas de
financiamento e os bancos digitais estão conquistando novos clientes aos milhões
 Parte dessa disrupção é provocada por instituições bem estabelecidas no mercado,
como Bradesco/Next, Banco Original, Caixa/Youse, SafraPay, BB/Ciclic,
Santander/Openbank

McKinsey & Company 105


O total de ativos dos bancos no Brasil continua a
crescer, embora em ritmo mais lento

Situação do setor

Total de ativos dos bancos


R$ trilhões

+3% a.a.
+11% a.a. 7,8
7,2 7,2 7,3
6,7
5,9

2013 14 15 16 17 2018

Fonte: BCB McKinsey & Company 106


106
O setor de seguros está crescendo rapidamente em
todos seus produtos

Situação do setor
Evolução dos prêmios
R$ bilhões

Crescimento
-3% a.a.
do PIB

+9% a.a.
252
39
Vida

154 981
VGBL
22
Saúde
60 42
Outros P&C 21 33
19
Auto 32 41
2012 20181
1 3ºT2018 anualizado
Fonte: SUSEP; McKinsey Global Insurance Pools; artigos da imprensa; análise da McKinsey McKinsey & Company 107
107
As receitas têm sido pressionadas pela redução do
spread

Situação do setor

Spread médio de novas transações de crédito


%, final do período
22,7

18,5 18.8
17,4 16,9
14,8
14,1
13,4

2011 12 13 14 15 16 17 2018

Fonte: BCB McKinsey & Company 108


108
Desde seus picos em 2016 e 2017, as taxas de
inadimplência diminuíram
Situação do setor

Taxa de inadimplência
%, mais de 90 dias

4,5 4,2
4,0 3,9 3,9
4,0 3,5 3,5
3,5 3,2 Pessoas físicas
3,0 2,7
2,3 Pessoas jurídicas
2,5 2,0
2,0
1,5
1,0
0,5
0
2014 15 16 17 2018

Fonte: BCB McKinsey & Company 109


109
O setor tem focado em sua eficiência, melhorando
significativamente a relação custo/receita

Situação do setor

Relação custo/receita do sistema bancário brasileiro


%
56,3 56,3

54,5
54,0 54,0 54,1

51,0 51,1
50,2

2010 11 12 13 14 15 16 17 2018

Fonte: BCB; análise da McKinsey McKinsey & Company 110


110
Essas tendências ajudaram o setor financeiro a se
tornar altamente lucrativo, com retorno do capital
próprio (RoE) de 11% a 17%
Situação do setor

RoE do sistema bancário brasileiro


%

16,7
16,1
15,4
13,9 13,9
13,1 13,1 13,1
11,3

2010 11 12 13 14 15 16 17 2018

Fonte: BCB McKinsey & Company 111


111
Isso afeta em especial os maiores bancos do Brasil,
que viram seus lucros aumentarem
significativamente ao longo da última década
Situação do setor
Lucro anual dos bancos brasileiros
R$ bilhões
CAGR
2010-2018
+8% a.a. 96,1

85,7 83,8
25,0 8%
23,4 24,0
66,4 65,7
61,4 8%
58,1 19,1
53,2 53,2 20,2 21,6
15,7 17,2 14,7
13,3
14,6
13,6
1%
12,9
11,0 12,0 15,1 14,4 11,0
10,0 15,1 13%
11,4 10,4
12,1 15,8 7,2 12,5
11,7 11,2 8,0
12,2 12,2
3,8 5,2 7,1
7,0 4,1 8,0 15%
3,9 3,6 5,6 6,7 5,5
2,1 2,2
2,7 16,6 13,6 16,7
Outros 10,5 11,6 7,7 9,1 10,6 11,3 6%
2010 11 12 13 14 15 16 17 2018

Fonte: BCB McKinsey & Company 112


112
A concentração no setor bancário é elevada e vem
aumentando
Situação do setor

Concentração do setor bancário


Share do total de ativos, R$ trilhões

100% = 5,9 6,7 7,2 7,2 7,3 7,8

5 maiores 78%
80% 80% 83% 82% 82%
bancos

Outros 20% 20% 22% 17% 18% 18%

2013 14 15 16 17 2018

Fonte: BCB McKinsey & Company 113


113
O mercado de seguros também mostra alto grau de
concentração
Situação do setor
Concentração do setor de seguros por prêmios1
%

100% 100% 100% 100% 100% 100% 100% 100% 100%

Outras 39% 40% 37% 38% 36% 36% 35% 37% 40%

5 maiores
61% 60% 63% 62% 64% 64% 65% 63% 60%
seguradoras

2010 11 12 13 14 15 16 17 2018
1 Prêmios Brutos Emitidos

Fonte: SUSEP; análise da McKinsey McKinsey & Company 114


114
O setor de pagamentos está se tornando bem menos
concentrado, com novos entrantes e FinTechs como
Stone e PagSeguro
Situação do setor
Market share do volume de transações

100 100 100 100 100 100 100 100 100


1% 3% 5% 6% 8% 11% 15%
23% 28%
41% 41% 40% 39% 37% 37% 34%
30%
30%

58% 56% 55% 54% 54% 52% 51% 48% 42%

2010 2011 2012 2013 2014 2015 2016 2017 2018

1 Adquirentes
Fonte: ABECS; BCB; relatórios de empresas; análise da McKinsey McKinsey & Company 115
115
A inclusão financeira continua sendo uma ótima
oportunidade: 25% da população economicamente
ativa não tem conta bancária
Situação do setor
Correntistas1
%
94

75
71 72
67 69

2014 15 16 17 2018

1 Número de pessoas com relacionamento ativo cadastrado em uma instituição financeira em relação ao total da população.

Fonte: BCB; IBGE; FDIC McKinsey & Company 116


116
A penetração do crédito, por exemplo, é menos da
metade da penetração em países desenvolvidos

Situação do setor
Penetração do crédito ao consumidor
% do PIB

201,4 195,3

168,7
157,3 151,0
138,5
112,5

68,1 61,8 55,8


42,8
18,1

França China Reino Japão EUA Chile Itália Brasil Colômbia Índia México Argentina
Unido

Fonte: BIS (3ºT18) McKinsey & Company 117


117
Além disso, proporcionalmente, os brasileiros
contraem mais dívidas de curto prazo do que a
população de nações desenvolvidas
Situação do setor
Prazo médio de vencimento do portfólio de crédito – pessoas físicas
Meses, final do período

100

65 66 66
63
58
52
47
42

2011 12 13 14 15 16 17 2018 América


do Norte

Fonte: BCB McKinsey & Company 118


118
A penetração dos produtos de investimento está
aumentando rapidamente, mas ainda é muito
menor do que nos EUA
Situação do setor
Ativos sob gestão
% do PIB
154

67
63
56
50
47 46 47
44

2011 2012 2013 2014 2015 2016 2017 2018 América do


Norte

Fonte: ANBIMA; McKinsey “North American Asset Management in 2018: The New Great Game” (2018) McKinsey & Company 119
119
A penetração de seguros também é baixa, com
significativo potencial de crescimento mediante
educação dos clientes e inovação dos produtos
Situação do setor
Penetração de seguros de automóveis
% da frota total

93
87

36
27
23

Espanha América Chile Peru Brasil


do Norte

Fonte: análise da McKinsey; SUSEP; relatórios das empresas; arquivos da imprensa (2017) McKinsey & Company 120
120
O número de usuários de internet banking
aumentou drasticamente, impulsionado pelo
mobile banking
Tendências digitais
Número de usuários de internet banking e mobile banking
Milhões

118

+32% a.a.
86 59
75

56 46
42
39
31
59
Internet banking 27
33 40
25
Mobile banking 12
2013 14 15 16 2017
Fonte: FEBRABAN McKinsey & Company 121
121
Como resultado, o número de agências vem
diminuindo, e tal tendência vem se acentuando

Tendências digitais
Número de agências bancárias
Milhares

-1% a.a.
-4% a.a.
23,0 23,1 22,6
21,5 20,9

2014 2015 2016 2017 2018

Fonte: BCB McKinsey & Company 122


122
Mobile banking e internet banking já representam
mais da metade de todas as transações bancárias no
Brasil
Tendências digitais
Transações por canal
Bilhões de transações, % do total de transações

100% = 40,3 48,8 55,7 65,4 71,8


Mobile banking 4%
10%
20%
28%
36%
Internet banking 41%
37%
32%
24%
22%
Caixa eletrônico 23% 21%
18% 16%
14%
Ponto de venda
16% 15% 14% 15%
Agências 13%
Correspondentes 9% 10% 8% 9% 8%
Call center 3% 5% 6% 7% 6%
4% 3% 3% 2% 2%
2013 2014 2015 2016 2017

Fonte: FEBRABAN McKinsey & Company 123


123
A maioria dos pagamentos ainda é feita em dinheiro,
mas o número de transações com cartão de crédito e
débito é cada vez maior
Tendências digitais
Detalhamento das transações de pagamento
% do volume transacionado

25% 22%
31% 28%
Cheque 38% 36% 34%

11% 12%
10%
8% 9%
Cartão de débito 7% 8%
17% 17% 18%
15% 15% 16%
Cartão de crédito 14%

42% 43% 45% 46% 47%


Dinheiro 41% 41%

2011 2012 2013 2014 2015 2016 2017

Fonte: BCB; análise da McKinsey; Euromonitor McKinsey & Company 124


124
O número de FinTechs está aumentando

FinTechs

FinTechs
Número de FinTechs

404

332
+96% a.a.
244

130

54

Ago.2015 Abr.2016 Fev.2017 Nov.2017 Ago.2018

Fonte: Radar FinTech McKinsey & Company 125


125
Atualmente, as FinTechs focadas em pagamentos representam a maior parte do
crescimento, embora empréstimos e financiamento também sejam significativas
Estimativas

FinTechs
Share do segmento
FinTechs na América Latina 20% -2% bancário no faturamento
Share de FinTechs1 total dos bancos
10% -5%
11% -1% <5% 7,5%-10%
15% +3% 5%-7,5% >10%
Segmentos 9% +5%
4% -6%
de clientes
8% Share de FinTechs
…%
Varejo +1% identificadas em cada
5% 0% categoria1
5% +2% 4%
-2% Diferença em % vs.
Comercial2 …%
restante do mundo
2%
0%

Corporativo 1% -1%
de grande
porte3

Produtos

1 153 FinTechs da América Latina. Inclui dupla contagem, pois FinTechs que atuam em mais de um segmento ou produto são contadas duas vezes
2 Inclui pequenas e médias empresas
3 Inclui bancos de investimento, vendas e trading, serviços de valores mobiliários, investimento em varejo, depósitos (exceto em contas correntes) e agência de gestão de ativos
4 Share da receita inclui receitas de depósitos em contas correntes

Fonte: Banco de dados de FinTechs do McKinsey Panorama McKinsey & Company 126
Além disso, nos últimos anos, assistimos ao
nascimento e ascensão de vários bancos digitais
FinTechs
Número de contas digitais
Milhares 2017 2018

2.500
1.600
1.500
1.452

620²
542
500
435¹
379 400

86
38

1 Considerando valores do 3ºT2018 para 2018


2 Considerando valores do 1ºS2018 para 2018

Fonte: Relatórios das empresas; artigos da imprensa (2018) McKinsey & Company 127
127
Mapa do ecossistema brasileiro de FinTechs

FinTechs

Fonte: FinTech Lab (2018) McKinsey & Company 128


128
Os três maiores unicórnios e casos de sucesso mais
recentes são FinTechs

FinTechs
Valor de
mercado Financiamento IPO
Fundado em US$ bilhões US$ bilhões Data

2013 4,0 0,7 n.d.

2006 8,8 2,3 Jan 18

2013 8,4 1,1 Out 18

Fonte: Crunchbase McKinsey & Company 129


129
Análises
Capítulo Setoriais

A B C D

Mercado Saúde Educação Governo


Financeiro

McKinsey & Company 130


Saúde

Situação do setor O Brasil, criador do SUS, um dos sistemas de saúde pública mais inclusivos do mundo, passou por grandes
mudanças no setor de saúde na última década:
 Melhorias significativas em indicadores fundamentais, como taxas de mortalidade materna e infantil
 Crescimento de dois dígitos nos gastos per capita, impulsionado pelo setor privado
 Crescimento, consolidação e rentabilidade dos principais provedores de seguros

Entretanto, a saúde do Brasil ainda não atende aos padrões da OMS e a qualidade está longe de ser universal:
 Em termos de mortalidade infantil, número de médicos e leitos hospitalares per capita e outras métricas
importantes, o Brasil ainda fica aquém de diversos países e dos padrões mínimos da OMS
 Os padrões variam enormemente entre regiões, estados e cidades
 Os custos com a saúde aumentaram muito mais que a inflação, o que é particularmente
preocupante em uma população que envelhece rapidamente

Tendências digitais O setor de saúde do Brasil está bastante atrasado na adoção de


tecnologias digitais, como prontuários eletrônicos de pacientes, registros
eletrônicos de atendimento médico e consultas online
Ambiente para
startups Mais de 200 startups surgiram para enfrentar esse desafio, levando
adiante a agenda da inovação digital com novos modelos de negócios
baseados em big data, dispositivos médicos baseados em IoT,
marketplace de serviços de saúde, educação em saúde, por exemplo

McKinsey & Company 131


A taxa de mortalidade infantil caiu

Situação do setor

Mortalidade infantil no Brasil


A cada mil nascidos vivos

24,5
-5% a.a.
19,8

15,1

2006 2010 2016

Fonte: OMS; Banco Mundial McKinsey & Company 132


132
A mortalidade materna também diminui
significativamente
Situação do setor
Mortalidade materna
A cada 100.000 nascidos vivos

60
-10% a.a.

48 46 44

2012 2013 2014 2015

Fonte: OMS; Banco Mundial McKinsey & Company 133


133
O Sistema Único de Saúde (SUS) é um dos modelos de
saúde mais inclusivos do mundo
Situação do setor
Extensão da cobertura do sistema público vs. PIB per capita

Extensão da
cobertura do
sistema
público

PIB per capita


10 20 30 40 50 60

Fonte: análise da McKinsey; Instituto Coalizão Saúde citando o Banco Mundial; London School of Economics study and Commonwealth McKinsey & Company 134
134
Fund (2017)
O investimento em saúde é similar aos dos países
da OCDE, mas os gastos per capita ainda são
menores do que em países desenvolvidos
Situação do setor

Total de gastos com saúde Gastos per capita


% do PIB US$
Privados
Públicos

3,1 14,0 17,1 9.536

1,9 9,5 11,4 4.026

5,1 3,9 9,0 780

3,2 4,9 8,1 1.102

1,9 3,1 5,0 426

2,9 1,0 3,9 63

Média da OCDE

Fonte: OCDE (2017) McKinsey & Company 135


135
O setor privado cresceu e se consolidou: o market share das três maiores
empresas de planos de saúde e seguro-saúde aumentou para 34%
Situação do setor
Receitas, 2011 Receitas, 2017 Market share Variação
R$ bilhões R$ bilhões % p.p.

7,5 9% 20,4 12 3
34% de
6,8 7% 18,6 12 4 market
3% share
5,8 13,6 10 3
2,5 3% 4,9 4 1
2,3 2% 4,7 4 1
2,0 4,3 4 2
2%
1,7 4,1 4 2
2%
1,7 3,9 4 2
1,6 2% 3,6 4 2
1,4 2% 3,3 3 1
Outras 51,0 60% 97,8 Outras 40 -20

Fonte: ANS McKinsey & Company 136


Existe espaço considerável para melhorias: a
mortalidade infantil ainda é elevada para a América
Latina, por exemplo
Situação do setor
Mortalidade infantil
A cada 1.000 nascidos vivos, menos de 1 ano

13,5 13,1
12,6

9,9

8,0
7,0

Brasil Colômbia México Argentina Uruguai Chile

Fonte: OMS; Banco Mundial (2017) McKinsey & Company 137


137
A mortalidade infantil varia enormemente entre
regiões e estados: crianças morrem duas vezes mais
em Roraima do que em Santa Catarina
Situação do setor
Taxa de mortalidade infantil por estado
%

RR 18

AP 18

PI 16

BA 16

AM 16

SP 11

PR 11

DF 10

RS 10 Mortalidade infantil (menos de 1


ano) a cada 1.000 nascidos vivos
SC 9 2× >15 12 14,9 < 11,9

Fonte: Datasus (2017) McKinsey & Company 138


138
A taxa de mortalidade materna também é mais
elevada que em outros países da região
Situação do setor
Mortalidade materna
A cada 100.000 nascidos vivos

64
52
441
39 38

22
15

Colômbia Argentina Brasil Cuba México Chile Uruguai

Fonte: OMS; Banco Mundial (2017) McKinsey & Company 139


139
E a taxa de mortalidade materna varia
enormemente de estado para estado
Situação do setor

Taxa de mortalidade Mortalidade materna


materna por estado A cada 100.000 nascidos vivos
A cada 100.000 nascidos vivos

AP 110
MA 98
PB 87
TO 84
PI 81
SE 47
PR 44
ES 37
RS 36
SC 30 ~3,5× >70 50,1-70 <50

Fonte: Datasus (2017) McKinsey & Company 140


140
O Brasil tem menos médicos per capita
que a maioria dos países desenvolvidos
Situação do setor
Médicos Médicos
Por mil habitantes Por mil habitantes

1,8
Chile 1,6
Turquia 1,7
1,4
Brasil 1,8
México 2,2
Canadá 2,4
EUA 2,5
Reino Unido 2,8
Austrália 3,5
Espanha 3,8
Itália 3,9
Alemanha 4,1

1,0
Mínimo recomendado pela
2000 2017 OMS

Fonte: OCDE (2017) McKinsey & Company 141


O Brasil também tem menos leitos
hospitalares per capita
Situação do setor

Número de leitos hospitalares Leitos hospitalares


Milhares, % Por mil habitantes

436 415
México 1,7
Brasil 2,0
Chile 2,1
Turquia 2,5
Privados 68,0 64,0 Canadá 2,7
Reino Unido 2,8
Espanha 3,0
EUA 3,1
Itália 3,3
Austrália 3,7
36,0 Alemanha 8,2
Públicos 32,0
Japão 13,2

4,7
2009 2016 OCDE
Média
Fonte: OCDE; SUS (2016) McKinsey & Company 142
O acesso a planos de saúde e leitos particulares
varia enormemente de estado para estado
Situação do setor

Beneficiários de planos particulares Beneficiários de leitos particulares


A cada 100.000 habitantes A cada 100.000 habitantes
SP 38,0 RS 1,7
RJ 31,7 GO 1,6
DF 30,2 PR 1,5
ES 27,4 DF 1,4
PR 25,0 RJ 1,4
MG 24,3 RO 1,4
RS 23,4 SC 1,3
SC 21,4 MT 1,3
MS 17,2 PE 1,3
MT 16,5 SP 1,3
GO 15,7 PB 1,3
RN 15,0 MS 1,2
SE 14,5 MG 1,2
CE 14,1 BA 1,2
PE 14,0 MA 1,2
AM 12,8 CE 1,1
AL 11,4 PI 1,1
PB 10,7 ES 1,1
BA 10,5 AL 1,1
PA 9,5 RN 1,1
PI 8,7 PA 1,1
RR 8,2 TO 1,0
RO 8,1 RR 0,9
MA 6,7 AC 0,9
TO 6,1 AM 0,8
AP 5,7 SE 0,8
AC 5,4 AP 0,6
-86% -62%

Fonte: FBH e CNSaúde, “Hospital Overview in Brazil" (2018) McKinsey & Company 143
143
A inflação médica excede em muito a inflação
média do país
Situação do setor

Diferença entre inflação médica e geral


p.p.
9,7 9,4
9,0
8,6

6,6

4,7
4,0
3,0 2,9 2,6

EUA Reino Canadá Brasil China México França Chile Rússia Índia
Unido

Fonte: McKinsey; IESS; Viewswire (2012-2017) McKinsey & Company 144


144
Pressões demográficas aumentarão a demanda por
serviços de saúde: pessoas com mais de 60 anos
constituirão 20% da população em 2030
Situação do setor

População por idade Custo médio de tratamento


Milhões, % em hospital público
R$
195 212 223
>60 10% 14% 1.786
19%

40-59 22%
25% 1.522
28%

15-39 42%
40% 840
36%

5-14 17% 824


14% 12%
0-4 8% 7% 6% 1.677
2010 2020e 2030e

Fonte: análise da McKinsey; Instituto Coalizão Saúde citando IBGE; Datasus; artigos da imprensa (2017) McKinsey & Company 145
145
O setor privado conseguirá se reinventar a tempo?
Em 2030, apenas cerca de 10% dos idosos terão
condições de pagar planos particulares de saúde
Situação do setor

Salários Parcela da renda domiciliar % de idosos


mínimos desembolsada para pagar o em 2030²
plano de saúde de um idoso¹
Até 1 % 174 27
1a2 116 29
2a3 69 14
3a5 43 10
Capazes de 5 a 10 23 6
serem cobertos
por planos 10 a 20 11 2
privados
(<40%) >20 9 1

Nenhum salário 0 11

1 Detalhamento: apenas 1 idoso na família; ponto médio da faixa de renda; mesma proporção de domicílios em cada faixa de renda e
mesmo preço real médio dos planos de saúde em 2030; R$ 1.233 como valor médio mensal dos planos de saúde para pessoas com
mais de 60 anos; 40% da renda familiar para pagamento de planos de saúde 2 Considera a mesma distribuição de idosos em todas as
faixas de renda. Em 2014, cerca de 11% da população brasileira tinha mais de 60 anos.
Fonte: IBGE (2018) McKinsey & Company 146
146
O Brasil tem um longo caminho a percorrer em
inovação na saúde e em seu futuro digital

Tendências digitais
FHI – Future Health Index1
Pontos

EAU 65,3 24%


Holanda 58,9 das unidades de saúde
utilizam prontuário
China 58,1 eletrônico

EUA 57,4
Reino Unido 56,4
França 54,6 85%
das cidades não
Alemanha 54,5
possuem equipamento
Brasil 50,6 necessário para
implementar prontuários
Japão 49,0 médicos eletrônicos

1 O Future Health Index (FHI) mede até que ponto 13 países-chave acreditam estarem prontos para concretizar os benefícios do
atendimento médico conectado e integrado
Fonte: Future Health Index Philips (2016) McKinsey & Company 147
147
Tendências digitais

Tipo de prontuário médico utilizado¹


% de estabelecimentos de saúde
Por exemplo, apenas 45
23% dos
estabelecimentos de
saúde têm prontuários
médicos totalmente 23
eletrônicos – 45% 17
ainda utilizam 12
prontuários de papel
3

Todos os prontuários Todos os prontuários A maioria dos Não sabe/não


são de papel são eletrônicos A maioria dos prontuários respondeu
prontuários é de são eletrônicos
papel, mas alguns
são eletrônicos
¹ Tipo de prontuário utilizado segundo respostas fornecidas pelo estabelecimento de saúde visitado
Fonte: TIC Health Survey; Regional Center for Studies to Develop Information Society (2017) McKinsey & Company 148
O Brasil possui mais de 200 startups da HealthTech
em vários polos de tecnologia médica
2017
HealthTechs

São Paulo

>263 39%
Startups Belo Horizonte

9%
17% 15% 7%
Recife

Sistemas de gestão Soluções tecnológicas


baseada em pesquisas
... são as cidades com o maior
são os setores com o maior número de startups número de HealthTechs
Fonte: Liga Insights Health Tech (2017) McKinsey & Company 149
Mapa do ecossistema brasileiro de HealthTechs

HealthTechs

Fonte: Distrito (2018) McKinsey & Company 150


150
Análises
Capítulo Setoriais

A B C D

Mercado Saúde Educação Governo


Financeiro

McKinsey & Company 151


Educação

Situação do setor A história recente da educação no Brasil diz respeito mais à quantidade do que à qualidade
 Apesar do número recorde de alunos nos ensinos médio e superior, menos de 40% da
população completou o ensino médio e mais de 10% são analfabetos
 Além disso, um aumento significativo no número de anos de estudo teve pouco efeito sobre o
ganho médio por hora do trabalhador
 Embora investimentos públicos e privados em educação tenham aumentado
significativamente – tanto em termos absolutos como em porcentagem do PIB –
as pontuações do Brasil e sua posição no ranking da educação internacional têm
piorado

Tendências digitais A tecnologia digital pode ajudar a gerar escala dentro e fora da sala de aula
 A educação à distância saiu à frente, com forte crescimento. Até 25% dos
inscritos em instituições de ensino superior são do ensino à distância

Ambiente para Mais de 350 startups estão impulsionando a inovação no setor


startups  Elas atuam principalmente em gestão de conteúdos, sistemas de
gerenciamento educacional, jogos educacionais e plataformas adaptativas
de aprendizado
McKinsey & Company 152
A educação está evoluindo rapidamente, mas a
maioria das pessoas não chega a concluir o ensino
médio
Situação do setor

Nível de escolaridade Variação


Porcentagem da população total p.p.

8,9%
Ensino superior completo
Ensino superior incompleto 3,5%
12,1% 3,2
4,6%
Ensino médio completo 20,8% 1,1
23,8%
Ensino médio incompleto 6,2% 3,0
Ensino fundamental completo 9,5% 6,9%
7,9%
59,4% % da população que não
concluiu o ensino médio
Ensino fundamental incompleto 37,7%
33,9%

Analfabetos 13,4% 10,7%

2012 2018

Fonte: The Economist Intelligence Unit McKinsey & Company 153


153
Mais de 40% dos universitários se formam em
Ciências Sociais, Administração e Direito
Situação do setor
Curso superior escolhido
% do
Milhares
total
Ciências Sociais,
Administração e Direito
333 386 41%
Educação 82 150 16%
Saúde e serviços sociais 115 144
15%
Engenharia e
89 123
construção 13%
Matemática e
36 57
Ciências da computação 6%
Humanidades e artes 22 30
3%
Serviços 11 25
3%
Agricultura e
veterinária
20 25
3%
Total 939

Ensino particular Ensino público

Fonte: Falke Information, “Evolution of the Brazilian education sector”, com insumos da EMIS (www.emis.com) (2018) McKinsey & Company 154
154
Funcionários com ensino superior ganham o dobro
da média nacional

Situação do setor

Salário médio mensal por nível de escolaridade Empregados com


R$/mês, inclui apenas empregados com carteira carteira assinada
assinada %

Doutorado 11,0 0,3


Mestrado 7,2 0,7
Superior completo 5,6 21,2
Média 2,8
100%
Superior incompleto 2,7 3,8
Ensino médio completo 2,0 48,4
Ensino médio incompleto 1,6 6,4
Ensino fundamental completo 1,8 9,2
Ensino fundamental incompleto 1,7 9,7
Analfabetos 1,3 0,3
Fonte: MTE-RAIS (2018) McKinsey & Company 155
155
A penetração do ensino superior é muito maior nos
países desenvolvidos
Situação do setor

Porcentagem da população total


%
27
25

11
6 6 5
3

Rússia Estados França Chile Brasil Índia China


Unidos

População com diploma superior


Milhões
35 83 7 1 11 60 36

Fonte: OCDE; Our World in Data (2017) McKinsey & Company 156
156
A educação no Brasil é distribuída de modo desigual

Situação do setor
Diferença entre níveis de
Nível de escolaridade por região escolaridade no SE e no
Porcentagem da população em cada nível NE
p.p.
Superior completo 15% 14% 13%
8%
4%
8%
4%
8,2
Superior incompleto 5% 5% 5%
21%
22% 22%
22%
5,3
Ensino médio completo 27%
8% 7%
6% 7%
Ensino médio incompleto 7%
7%
8% 10%
7%
-13,4
Ensino fundamental 8%
completo
37%
38%
Ensino fundamental 33% 35%
31%
incompleto

13% 16%
Analfabetos 8% 10% 8%

SE C-O S N NE
Fonte: The Economist Intelligence Unit (2017) McKinsey & Company 157
157
Os gastos com educação são baixos em comparação
com os das economias desenvolvidas e mesmo da
América Latina
Situação do setor

Gastos com educação


% do PIB
6,65
6,26 6,23
5,76 5,62 5,48 5,36 5,28
4,92
4,45
3,78
3,31

Reino Coreia EUA Bélgica Argentina Chile México França Brasil Japão Hungria Rússia
Unido do Sul

Fonte: Banco Mundial (2017) McKinsey & Company 158


158
Apesar de melhorias, a qualidade da educação ainda é uma das piores do mundo,
ocupando a 63ª posição entre 70 países

Situação do setor

PISA – desempenho estudantil


Pontuação média em matemática, leitura e ciências
Posição¹, Posição²,
Pontuação, 2009 2009 Pontuação, 2015 2015 Delta

China 546 533


2 2 0
França 497 496
25 26 -1
EUA 496 488
26 31 -5
Rússia 468 492
40 28 12
Chile 439 443
45 44 1
Brasil 401 395
54 63 -9
Média OCDE 497 Média OCDE 492
¹ Participação de 65 países em 2009. ² Participação de 70 países em 2015.

Fonte: PISA (2015); IBGE; OCDE McKinsey & Company 159


Os resultados do Brasil no PISA estão abaixo da
média, mesmo quando comparados com os de
países com o mesmo PIB per capita
Situação do setor

PISA Ciências
Pontuação média Países da América Latina
600 Outros países
580
560
540
520
500
480
460
440
420
400 Brasil
380
360
340

0
0 20.000 40.000 60.000 80.000 100.000 120.000 140.000

PIB per capita


US$ PPP
Fonte: PISA (2015) McKinsey & Company 160
160
Em todo o mundo, as instituições educacionais
estão utilizando uma variedade de formatos de
ensino para aumentar a flexibilidade
Tendências digitais

Formato Descrição
Aprendizado à distância

Cursos oferecidos online


Grade horária decidida pelo universidade
Baseado em
Geralmente inclui elementos interativos
tecnologia

Cursos oferecidos em qualquer formato (p.ex., em diferentes


campi ou sem frequência compulsória)
Alunos podem completar módulos em seu próprio ritmo
Não baseado Sem requisitos de admissão
em tecnologia

Cursos em tempo parcial (p.ex., curso de 1 ano concluído


em 2 anos)
Cursos comprimidos (p.ex., curso de 3 anos concluído em
2 anos)
Horário
Modularização. Quando se utiliza o sistema de créditos, o
flexível
aluno escolhe quantos cursos frequentar em cada período e
precisa completar certo número de créditos para se formar
Fonte: Entrevistas com especialistas McKinsey & Company 161
A penetração dos cursos de ensino à distância está
aumentando, chegando a 25% do total das
inscrições de ensino superior em 2017
Tendências digitais

Inscritos para cursos de ensino Instituições que oferecem cursos


superior de ensino superior à distância
% do total de candidatos Milhares

7,1

5,9 20%

Ensino 25%
Públicas
presencial 75%
90%

80%
75%

Ensino à 25% Particulares


distância 10%
2004 2016 2009 2016

Fonte: INEP (2017) McKinsey & Company 162


162
O setor privado é o principal responsável pela
evolução do ensino à distância no Brasil
Tendências digitais

Evolução do ensino à distância no Brasil CAGR


Milhares de matrículas 2003-2017

1.466
124 8%

931
182
1.342
49%
Públicas
749

50
Particulares 45
5
2003 2010 2017

Fonte: Falke Information, “Evolution of the Brazilian education sector”, com insumos da EMIS (www.emis.com) (2018) McKinsey & Company 163
163
As muitas EdTechs do Brasil abordam uma ampla gama de tópicos, especialmente
em gestão de conteúdos (1/2)
EdTechs

Número de estados brasileiros Atuam com soluções


com pelo menos 3 EdTechs 73% 49% para sistemas de
gestão de conteúdos

Número de EdTechs Atuam com soluções


sediadas no estado 43% 365 19%
para sistemas de
gestão educacional
de São Paulo

Foco no segmento de EdTechs Utilizam SAAS [software


Educação Básica 47% 70% como serviço] para gerar
receitas

Os produtos mais Geração de Coletas de dados


oferecidos pelas conteúdo 61% e processos 19%
EdTechs são:

Fonte: ABStartups e CIEB (2017) McKinsey & Company 164


As muitas EdTechs do Brasil abordam uma ampla gama de tópicos, especialmente
em gestão de conteúdos (2/2)
EdTechs
Educação Ensino Outros
Mais de um
básica superior Corporativo Idiomas cursos

Soluções (nº de empresas) 171 24 30 15 75 50

Sistema de gestão de conteúdo 35 42 57 87 77 44

Sistema de gestão educacional 28 25 5 24

Jogos educativos 16 4 24 3 10

Sistema de gestão do aprendizado 16 13 17 13 9 18

Plataforma adaptativa 3 17 3 4 4

Sistema de informações sobre 2 1


alunos

Fonte: ABStartups e CIEB (2017) McKinsey & Company 165


Mapa do ecossistema brasileiro atual de EdTechs

EdTechs

Fonte: ABStartups e CIEB (2018) McKinsey & Company 166


166
Análises
Capítulo Setoriais

A B C D

Mercado Saúde Educação Governo


Financeiro

McKinsey & Company 167


Inovações transformaram os serviços públicos nas duas últimas décadas

1996 1997 2009

Votação eletrônica Lei da


Imposto de renda Transparência
O resultado das eleições Declarações digitais de
fica disponível apenas A lei obriga o governo
imposto de renda e o federal, estados e
algumas horas após o envio eletrônico de
encerramento da votação municípios a
declarações estão disponibilizarem todos
disponíveis desde 1997. os seus gastos na
Em 2011, todas as internet
declarações já eram
digitais

Fonte: artigos da imprensa McKinsey & Company 168


O setor público está impulsionando a inovação e criando aplicativos para os
cidadãos

Iniciativas governamentais para Aplicativos do governo


promover inovação

A iniciativa Colab-i faz parte do Centro de Com o aplicativo e-Proinfo, os alunos podem visualizar seus
Pesquisa e Inovação do Tribunal de Contas da cursos e informações detalhadas sobre instituições, disciplinas
União, que fomenta projetos inovadoras através e aulas, e também participar de fóruns de discussão
de cooperação e capacitação
O aplicativo Bolsa Família da CAIXA mostra as datas de
pagamento do benefício e permite que os cidadãos vejam quais
pagamentos foram efetuados
O iGovLab busca soluções para aumentar a
eficiência e o escopo das políticas de gestão do Com o aplicativo Educação Conectada, os usuários podem
governo estadual. Está administrativamente visualizar qual é a etapa de adoção de tecnologia de uma
vinculado ao governo do Estado de São Paulo escola: emergente, básica, intermediária ou avançada
O aplicativo da Receita Federal ajuda as pessoas a fazerem
O Inovagov busca fomentar soluções criativas, suas declarações de imposto de renda. A plataforma gratuita
promover um foco mais humano na experiência armazena os dados do usuário e permite que os formulários
do usuário e integrar os esforços de diferentes sejam preenchidos por etapas
setores, resultando em processos e serviços
melhores na cultura de inovação do setor Outros
público

Fonte: arquivos da imprensa; sites institucionais McKinsey & Company 169


O Brasil está atrás dos líderes globais em governo
digital

Índice de desenvolvimento de e-Gov


Índice composto (×100)

Reino Unido 90

França 88

EUA 88

Rússia 80

Chile 74

Brasil 73

China 68

Índia 57

Fonte: ONU (2017) McKinsey & Company 170


170
O Brasil também fica atrás no índice Governo
Aberto, que inclui a participação da sociedade civil
e o direito a informações governamentais

Índice Governo Aberto


Índice composto (×100)

EUA 73

França 69

Chile 68

Índia 57

Brasil 57

Rússia 49

China 43

FONTE: Projeto Justiça Mundial (2015) McKinsey & Company 171


171
O Brasil tem muitas oportunidades de ampliação
dos serviços digitais para os cidadãos

Transações digitais para cidadãos


Número de países que oferecem o serviço em plataforma digital
Disponível
2014 2018 no Brasil?

Pagar contas 41 140

Declarar imposto de renda 73 139

Cadastrar uma empresa 60 126

Pagar multas 42 111

Solicitar certidão de nascimento 44 86

Solicitar certidão de casamento 39 82

Registrar um veículo 33 76

Solicitar carteira de motorista 29 62

Solicitar carteira de identidade 27 59

Fonte: artigos da imprensa McKinsey & Company 172


172
Como o Brasil pode melhorar seus serviços
públicos?

Dias para… Referência

abrir uma empresa


79 0,5
obter um alvará de
construção 425 93
efetuar a ligação de
luz 64 18
cumprir as obrigações
tributárias de uma
empresa comum
85 3
Fonte: Banco Mundial, “Ease of Doing Business” (2017) McKinsey & Company 173
173
Muitos países investem na inovação digital para aumentar a satisfação dos cidadãos
(1/2)

Exemplos

Interação digital com cidadãos e empresas

Conveniência e customização Único ponto de contato


Cidadãos e empresas utilizam o mesmo login do Único ponto de contato para cidadãos ou
banco para as plataformas do governo empresas para mais de 800 transações –
incluindo carteira de motorista, certidão de
nascimento etc.
Jornadas digitais de ponta a ponta

Modelo de serviços compartilhados Automação de processos de back-end


O modelo de Serviços Compartilhados do Todos os cidadãos e empresas utilizam utilizam
Estado hoje oferece serviços de contabilidade uma conta bancária designada para
financeira, RH e folha de pagamentos em nível pagamentos ao governo
nacional para a maioria dos órgãos
governamentais
Fonte: análise McKinsey; artigos da imprensa McKinsey & Company 174
Muitos países investem na inovação digital para aumentar a satisfação dos cidadãos
(2/2)

Exemplos

Decisões baseadas em dados

Recursos para análise de dados Recursos para análise de dados


A Arábia Saudita monitorou em tempo real a crise A plataforma de agência de emprego utiliza
da Síndrome Respiratória do Oriente Médio (MERS) análise de dados para segmentar candidatos e
consolidando dados de todos os pontos de fazer recomendações personalizadas para
contato relevantes para dar suporte a decisões cargos

Compartilhamento e publicação de dados

Aplicação de políticas Acessibilidade e interatividade de


dados
A plataforma remove as barreiras tecnológicas Um projeto do MIT Media Lab almeja oferecer a
que impedem o compartilhamento de dados sem visualização mais completa e abrangente dos
erros entre órgãos do governo dados do governo dos EUA, “transformando
dados em histórias”
Fonte: análise McKinsey; artigos da imprensa McKinsey & Company 175
As GovTechs estão surgindo em todas as áreas e
para todos os tipos de problemas

Transparência Comunicação

Estatística e análise de Transporte


dados

Eficiência / operações

Fonte: GovTech Brasil; Brasillab (2019) McKinsey & Company 176


176
Perspectiva social e
Apêndice outras métricas
selecionadas

McKinsey & Company 177


Embora seja uma das maiores nações e economias do mundo, o Brasil ainda tem
dificuldade para converter seu potencial em riqueza e bem-estar para todos

Atributo Posição Atributo Posição

Área 5 IDH 79

População 8 PIB per capita 76

PIB 8 IHDI (índice da 96


desigualdade)

Exportador agrícola 3 63
Educação (PISA)

Produtor de soja 2 64
Inovação

Usuários de redes 3 106


sociais Índice de paz mundial

Fonte: arquivos da imprensa; ONU; OCDE; Banco Mundial; FAO (2017-2018) McKinsey & Company 178
O Brasil tem crescido menos que a maioria das economias desenvolvidas e dos
BRICs

Evolução real do PIB


Índice, 2010 = 100
180
China
170 Índia

160

150

140

130 Chile

120 EUA
Rússia
110 França
Brasil
100
2010 2011 2012 2013 2014 2015 2016 2017 2018

Fonte: EIU McKinsey & Company 179


A população cresce de forma constante, mas o
número de nascimentos diminui quase três vezes
nos últimos 40 anos

População total
Milhões de habitantes

250
2,9% 1,7% 1,2%
200 209

150

100

50

0
1950 1960 1970 1980 1990 2000 2010 2020

Número de filhos por família

1950 6,2 1980 4,4 2000 2,4 2018 1,6


Fonte: IBGE McKinsey & Company 180
180
A inflação varia conforme o tipo de produto e serviço; os custos da habitação,
saúde e educação estão aumentando mais rapidamente que a média

Habitação
Taxa de inflação por segmento Educação
% Saúde

20 Alimentos e bebidas

18 Transporte

16 Comunicação
14
12
10
8
6
4
2
0
-2
-4
2013 2014 2015 2016 2017 2018 2019

Fonte: BCB McKinsey & Company 181


A população do Brasil está envelhecendo; a
proporção entre trabalhadores e aposentados deve
cair para 60% em 2040

Perfil demográfico previsto para 2040 CAGR Variação


% da população por faixa etária 2015-2040 p.p.
2015 2040

>65 4 5 7 10 2,6% 8

40-64 13 14 17 17 1,0% 7

15-39 21 21 16 16 -1,2% -10

0-15 11 11 9 8 -1,0% -5

Pessoas
economicamente
ativas por 8,2 3,7
aposentado
Fonte: IBGE (2018) McKinsey & Company 182
A maioria dos brasileiros pertence a classes de
baixa renda – um percentual que aumentou nos
últimos anos

Distribuição de classes de renda no Brasil CAGR


Porcentagem de domicílios por classe de renda

2008 2014 2017

A 5% 5% 2% -10%

B1 9% 12% 5% -6%

B2 19% 24% 18% -1%

C1 23% 26% 23% 0%

C2 23% 21% 25% 1%

D/E 21% 13% 27% 3%

¹ Nota: os domicílios foram classificados segundo o Critério de Classificação Econômica Brasil, definido pela ABEP. De acordo com a
ABEP, a renda bruta domiciliar mensal média por classe social é: Classe A: RS$ 20.272,56. Classe B1: R$ 8.695,88. Classe B2: RS$
4.427,36. Classe C1: RS$ 2.409,01. Classe C2: RS$ 1.446,24. Classes D/E: RS$ 639,78.
Fonte: IBGE McKinsey & Company 183
A desigualdade de renda diminuiu, mas o país
ainda está entre os mais desiguais do mundo

Desigualdade da distribuição de renda - Índice Gini Variância


Índice, 0-100 2013-2018, p.p.
2013 2018

França 31 33 2

Índia 35 35 n.d.¹

Rússia 40 38 -2

EUA 41 42 1

China 43 42 -1

Chile 52 48 -4

Brasil 58 51 -7

¹ Não é possível calcular, pois há somente um ponto de dados nesse intervalo.


Fonte: Banco Mundial; análise da McKinsey McKinsey & Company 184
O Brasil continua defasado no Índice de
Desenvolvimento Humano

IDH (Índice de Desenvolvimento Humano)


Valor do índice

0,95
EUA
0,90 França
0,85 Chile
0,80 Rússia
Brasil
0,75
China
0,70

0,65
Índia
0,60

0,55

0,50

0,45
2000 2002 2004 2006 2008 2010 2012 2014 2016

Fonte: Banco Mundial; ONU McKinsey & Company 185


Habitação e alimentação representam a maior parcela dos gastos da maioria dos
domicílios

Perfil de consumo por classe de renda


% da renda mensal, renda total (R$ mil), gasto mensal médio por categoria
30,3 2,0
1,5 1,6 2,7
3,7 3,1
R$ 446 0,9 R$ 55
Beleza e cuidados pessoais 3,9 5,3
Eletrodomésticos e eletrônicos 4,6 R$ 485 2,1 R$ 64
5,9 5,7
Educação R$ 1130 6,4 R$ 18
6,5
Vestuário R$ 1189 R$ 109
11,2 R$ 1785 R$ 44
Lazer
26,5
Saúde R$ 1396 R$ 118
Transporte R$ 1959 R$ 130
23,2
Alimentos e bebidas R$ 3387 R$ 543
Custos domésticos e de habitação R$ 7036 R$ 715

34,9

Outros 38,0 R$ 11521

R$ 252
12,3

A D/E

Fonte: IPC-MAP (2018) McKinsey & Company 186


O PIB per capita do Brasil cresceu mais lentamente
que os dos demais BRICS e foi ultrapassado
recentemente pelo da China

PIB per capita


US$ PPP / habitante
65 62,1
EUA
60
55
50 46,9
França
45
40
35
30 25,7 Rússia
25 26,7 Chile
20
18,1 China
15 Brasil
15,9
10
7,6 Índia
5
0
2000 2002 2004 2006 2008 2010 2012 2014 2016 2018

Fonte: Economist Intelligence Unit McKinsey & Company 187


O PIB per capita varia enormemente
entre as maiores cidades do Brasil

PIB per capita por região


R$ mil/habitante PIB per capita (2016) PIB per capita das 20 maiores cidades População
xx R$ mil por ano
CAGR (milhões)
Brasília 79 3
19 16 São Paulo 57 12
4,9%
Rio de Janeiro 51 6
7,7%
Campinas 50 1
Porto Alegre 50 1
Duque de Caxias 45 1
Curitiba 44 2
Guarulhos 40 1
Belo Horizonte 35 3
40 Manaus 34 2
7,5% Goiânia 32 1
Média do Recife 30 2
Brasil 39 Campo Grande 29 1

30
São Luís 26 1
4,9%
Natal 25 1
Fortaleza 23 3
Maceió 21 1
36 Salvador 21 3
6,0% 7,5% Belém 20 1
São Gonçalo 16 1
-72%

Fonte: IBGE McKinsey & Company 188


McKinsey & Company 188
O desemprego varia enormemente de região para
região

Taxa de desemprego
% da população economicamente ativa
Região Taxa de
16 desemprego
15 Reforma Nordeste 14,4
14 trabalhista
13 Norte 11,5
12 11,9
Sudeste 12,5
11
10 Sul 7,9
9
8 Centro- 8,9
7 Oeste
6
5
4
3
3ºT 3ºT 3ºT 3ºT 3ºT 3ºT 3ºT
2013 2014 2015 2016 2016 2017 2018
Fonte: IBGE McKinsey & Company 189
A informalidade é elevada em vários setores da
economia

Setor Informalidade
% de pessoas ocupadas
Construção 64,2
Agricultura 60,5
Outros serviços 47,4
Hotéis e restaurantes 41,9
Transporte 33,6
Varejo 33,4 Informalidade total
Produção 27,3 Porcentagem da
força de trabalho
Imóveis 21,6
Administração pública e serviços sociais
Indústrias de extração
Finanças 9,0
21,2
16,0 39%
Serviços de utilidade pública 7,5

Fonte: PNAD (2015) McKinsey & Company 190


Perfil do trabalhador brasileiro

Posição (2015) Setor Porte da empresa

Trabalho familiar 2 Transporte 5


5
Empregador
7
Construção 7 1a9 18
Trabalho doméstico Serviços profissionais
10
Setor privado 12
(sem registro) Agricultura e pesca 9
10 a 19 10
Setor público 12 20 a 50 12
Outros 16
50 a 100 8
Autônomo 26 Serviços públicos 16 100 a 500 18

Varejo e automóveis 17 500 a 999 8


Setor privado
(com registro) 36
Setor 22
1000 ou mais 26

Fonte: IBGE (2015); PNAD; análise da McKinsey McKinsey & Company 191
McKinsey & Company 191