Você está na página 1de 41

NR4

1 - De acordo com a Norma Regulamentadora 4, aprovada pela Portaria nº 3.214/78, compete aos profissionais integrantes dos Serviços Especializados
em Engenharia de Segurança e Medicina do Trabalho (SESMT):

a) coordenar as reuniões da Comissão Interna de Prevenção de Acidentes, elaborando as respectivas atas.


b) manter permanente relacionamento com a Comissão Interna de Prevenção de Acidentes, valendo-se ao máximo de suas observações, além de apoiá-
la, treiná-la e atendê-la, conforme dispõe a NR 5.
c) realizar análise de riscos laborais como atividade exclusiva, no caso do técnico de segurança do trabalho.
d) adquirir os equipamentos de proteção individual indicados pela Comissão Interna de Prevenção de Acidentes.
e) fornecer equipamentos de proteção individual a todos os empregados da empresa, como ação preventiva global.

2 - Em relação à Norma Regulamentadora 4 – SESMT (Serviço Especializado em Engenharia de Segurança e em Medicina do Trabalho), aprovada
pela Portaria nº 3.214/78, analise as afirmativas abaixo e assinale a alternativa correta.
I. O técnico em segurança do trabalho deverá dedicar oito horas por dia às atividades do SESMT.
II. É permitido aos profissionais do SESMT exercerem outras atividades na empresa desde que 50% da jornada de trabalho sejam destinados à área de
saúde e segurança do trabalho.
III. O SESMT é formado por trabalhadores da empresa eleitos por escrutínio direto.
IV. Empresas com menos de 500 trabalhadores não precisam constituir SESMT.
V. O SESMT completo de uma empresa é formado pelos seguintes profissionais: médico do trabalho; técnico em segurança do trabalho; enfermeiro do
trabalho; auxiliar ou técnico em enfermagem do trabalho; e engenheiro de segurança do trabalho.

 A - Somente as afirmativas III e V estão corretas.


 B - Somente as afirmativas II, III e IV estão corretas.
 C - Somente as afirmativas I e V estão corretas.
 D - Somente as afirmativas I e II estão corretas.
 E - Somente as afirmativas II e V estão corretas.
3 - Com relação à atribuição da Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (CIPA) e a competência dos profissionais integrantes dos Serviços
Especializados em Engenharia de Segurança e em Medicina do Trabalho (SESMT), analise as afirmações a seguir:

I. A CIPA deve responsabilizar-se tecnicamente pela orientação quanto ao cumprimento do disposto nas NR's aplicáveis às atividades executadas pela
empresa e/ou seus estabelecimentos.
II. O SESMT deve colaborar, quando solicitado, nos projetos e na implantação de novas instalações físicas e tecnológicas da empresa.
III. Considera-se uma atribuição da CIPA a colaboração no desenvolvimento e implementação do PCMSO e PPRA e de outros programas relacionados
à segurança e saúde no trabalho.
IV. Esclarecer e conscientizar os empregadores sobre acidentes do trabalho e doenças ocupacionais, estimulando-os em favor da prevenção é uma
atribuição do SESMT.

São corretas as afirmações:

 A - II, Ill e IV apenas


 B - III e IV apenas.
 C - I, II e III apenas.
 D - I e II apenas.
 E - I, II, Ill e IV.

4 - Conforme a NR 4 – Serviços Especializados em Engenharia de Segurança e em Medicina do Trabalho (SEESMT), é CORRETO afirmar que:

 A - a jornada integral de um técnico de segurança integrante do SEESMT é de seis horas.


 B - os técnicos de segurança do trabalho integrantes do SEESMT poderão trabalhar em jornada parcial de seis horas a fim de atender a outros
interesses da empresa.
 C - o SEESMT será subordinado à CIPA quando da realização da Semana Interna de Prevenção de Acidentes do Trabalho (SIPAT).
 D - as empresas e órgãos públicos que se enquadrem na tabela de dimensionamento do SEESMT estão obrigados a constituí-lo
independentemente de possuírem ou não empregados regidos pela CLT.
 E - a jornada integral de um engenheiro de segurança do trabalho integrante do SEESMT é de seis horas.

5 - Analise as afirmativas a seguir com relação aos graus de riscos de diferentes organizações.
I. As igrejas são organizações enquadradas como de risco 2.
II. Hospitais e empresas de atendimento de saúde têm suas atividades enquadradas como de risco 4.
III. Metalúrgicas e indústrias extrativistas podem ser enquadradas como de risco 4.
IV. Empresas enquadradas no grau de risco 1 são aquelas que apresentam menor risco de acidentes ao seus funcionários.
Assinale a alternativa CORRETA.

 A - Apenas as afirmativas I e II estão corretas.


 B - Apenas as afirmativas II, III e IV estão corretas.
 C - Todas as afirmativas estão corretas.
 D - Apenas a afirmativa IV está correta.
 E - Apenas as afirmativas III e IV estão corretas.

6 - Assinale a alternativa CORRETA.

 A - O mapa de risco é atribuição do SEESMT e deve ser aprovado pela CIPA.


 B - O grupo de risco II, de cor marrom, é atribuído aos riscos químicos.
 C - Segundo o mapa de risco de uma empresa qualquer, a eletricidade faz parte do grupo de risco V (relacionado a acidentes) e sua cor de
identificação é o vermelho.
 D - O mapa de risco deve ser elaborado pela CIPA.
 E - Para a elaboração do mapa de riscos são avaliados quatro riscos: físicos, químicos, biológicos e de acidentes.
7 - Levando-se em consideração uma empresa do ramo de fabricação de bebidas não alcoólicas com 1000 funcionários classificada com grau de risco
3. Para a empresa em questão, observando o regime de constituição do SESMT (Serviços Especializados em Engenharia de Segurança e em Medicina
do Trabalho) é possível afirmar que:

 A - A empresa não é obrigada a constituir SESMT.


 B - A empresa é obrigada a constituir SESMT. Composta de: três Técnicos de Segurança em tempo integral, um Engenheiro de Segurança do
Trabalho em tempo parcial, um Médico do Trabalho em tempo parcial e um Auxiliar de Enfermagem em tempo parcial.
 C - A empresa é obrigada a constituir SESMT. Composta de: três Técnicos de Segurança em tempo integral, um Engenheiro de Segurança do
Trabalho em tempo parcial, um Médico do Trabalho em tempo parcial.
 D - A empresa é obrigada a constituir SESMT. Composta de: dois Técnicos de Segurança em tempo integral e um Engenheiro de Segurança do
Trabalho em tempo parcial.

8 - Empresas privadas e públicas que possuam empregados regidos pela CLT são obrigadas a manter Serviços Especializados em Engenharia de
Segurança e em Medicina do Trabalho (SESMT). Nesse contexto, a Norma Regulamentadora nº 4 (NR-4) – Serviços Especializados em Engenharia de
Segurança e em Medicina do Trabalho determina que o engenheiro de segurança do trabalho deverá dedicar-se às atividades dos SESMT durante um
mínimo diário de

 A - seis horas, em tempo integral.


 B - quatro horas, em tempo parcial.
 C - quatro horas, em tempo integral.
 D - duas horas, em tempo parcial.
 E - oito horas, em tempo integral.

9 - Considerando a NR 4 - Serviços Especializados em Engenharia de Segurança e em Medicina do Trabalho, NÃO é correto afirmar:

 A - A empresa poderá constituir Serviço Especializado em Engenharia de Segurança e em Medicina do Trabalho centralizado para atender a um
conjunto de estabelecimentos pertencentes a ela, desde que a distância a ser percorrida entre aquele em que se situa o serviço e cada um dos
demais não ultrapasse a 5.000 (cinco mil metros), dimensionando-o em função do total de empregados e do risco.
 B - As empresas que possuam mais de 50% (cinquenta por cento) de seus empregados em estabelecimentos ou setor com atividade cuja
gradação de risco seja de grau superior ao da atividade principal deverão dimensionar os Serviços Especializados em Engenharia de Segurança
e em Medicina do Trabalho, em função do maior grau de risco.
 C - O dimensionamento dos Serviços Especializados em Engenharia de Segurança e em Medicina do Trabalho vincula-se à gradação do risco
da atividade principal e ao número total de empregados do estabelecimento.
 D - Para fins de dimensionamento, os canteiros de obras e as frentes de trabalho com menos de 1 (um) mil empregados e situados no mesmo
estado, território ou Distrito Federal, não serão considerados como estabelecimentos, mas como integrantes da empresa de engenharia principal
responsável, a quem caberá organizar os Serviços Especializados em Engenharia de Segurança e em Medicina do Trabalho e, nesse caso, os
engenheiros de segurança do trabalho, os médicos do trabalho, os enfermeiros do trabalho, os técnicos de segurança do trabalho e os auxiliares
de enfermagem do trabalho poderão ficar centralizados.

10 - Assinale a alternativa correta, quanto ao SESMT:

 A - São obrigadas a manter SESMT apenas empresas públicas e privadas, que possuam empregados regidos pela CLT.
 B - São obrigadas a manter SESMT empresas públicas e privadas, órgãos públicos da administração direta e dos poderes Legislativo e
Judiciário, que possuam empregados regidos pela CLT.
 C - São obrigadas a manter SESMT empresas públicas e privadas, órgãos públicos da administração indireta e dos poderes Legislativo e
Judiciário, que possuam empregados regidos pela CLT.
 D - São obrigadas a manter SESMT todas as empresas públicas e privadas, órgãos públicos da administração direta e indireta e dos poderes
Legislativo e Judiciário.
 E - São obrigadas a manter SESMT empresas públicas e privadas,órgãos públicos da administração direta e indireta e dos poderes Legislativo e
Judiciário, que possuam empregados regidos pela CLT.

11 - As empresas que optarem pelo serviço único de engenharia e medicina ficam obrigadas a elaborar e submeter à aprovação da Secretaria
de Segurança e Medicina do Trabalho:

 A - Um programa anual de segurança e medicina do trabalho a ser desenvolvido.


 B - Um programa mensal de segurança e medicina do trabalho a ser desenvolvido.
 C - Um programa semestral de segurança e medicina do trabalho a ser desenvolvido.
 D - Um programa bienal de segurança e medicina do trabalho a ser desenvolvido.
 E - Um programa bimestral de segurança e medicina do trabalho a ser desenvolvido.

Texto associado

12 - Uma empresa produtora de alumínio pertence à atividade principal no CNAE 2441, tem grau de risco 4 e possui 105 empregados. A respeito do
dimensionamento do Serviço Especializado de Segurança e Medicina do Trabalho (SESMT) para essa empresa, julgue o item que se segue,
considerando as informações do quadro precedente.
Na hipótese de a empresa dispensar um engenheiro de segurança do trabalho, um médico do trabalho, um técnico em segurança do trabalho e mais
outros três empregados da empresa, ela poderá manter o SESMT com apenas um técnico em segurança do trabalho.

 Certo
 Errado
Texto associado
13 - Uma empresa produtora de alumínio pertence à atividade principal no CNAE 2441, tem grau de risco 4 e possui 105 empregados. A respeito do
dimensionamento do Serviço Especializado de Segurança e Medicina do Trabalho (SESMT) para essa empresa, julgue o item que se segue,
considerando as informações do quadro precedente.
No quadro de dimensionamento dos SESMT, o asterisco (*) sugere que a empresa contrate, complementarmente àqueles profissionais indicados,
fisioterapeutas ou terapeutas ocupacionais, caso haja fator de risco ergonômico.

 Certo
 Errado

Texto associado
14 - Uma empresa produtora de alumínio pertence à atividade principal no CNAE 2441, tem grau de risco 4 e possui 105 empregados. A respeito do
dimensionamento do Serviço Especializado de Segurança e Medicina do Trabalho (SESMT) para essa empresa, julgue o item que se segue,
considerando as informações do quadro precedente.

Caso novos empregados sejam contratados para atividades diferentes da principal, de modo que mais de 50% dos empregados da empresa laborem em
atividade cuja gradação de risco seja de grau 3, portanto inferior ao da atividade principal, a empresa poderá dimensionar o seu SESMT em função
desse menor grau de risco.
 Certo
 Errado
Texto associado

15 - Uma empresa produtora de alumínio pertence à atividade principal no CNAE 2441, tem grau de risco 4 e possui 105 empregados. A respeito do
dimensionamento do Serviço Especializado de Segurança e Medicina do Trabalho (SESMT) para essa empresa, julgue o item que se segue,
considerando as informações do quadro precedente.
O SESMT dessa empresa estará corretamente dimensionado se ela possuir três técnicos em segurança do trabalho, um engenheiro de segurança do
trabalho e um médico do trabalho.

 Certo
 Errado

A respeito do SESMT para fundações públicas, julgue o item a seguir.


16 - Uma fundação pública com dez empregados regidos pela Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) deve, obrigatoriamente, constituir seu SESMT
com a finalidade de promover a saúde e proteger a integridade do trabalhador no local de trabalho.

 Certo
 Errado

17 - Considerando as competências dos profissionais integrantes dos Serviços Especializados em Engenharia de Segurança e em Medicina do Trabalho,
analise os seguintes itens:
I. aplicar os conhecimentos de engenharia de segurança e de medicina do trabalho ao ambiente de trabalho e a todos os seus componentes, inclusive
máquinas e equipamentos, de modo a reduzir até eliminar os riscos ali existentes à saúde do trabalhador;
II. determinar, quando esgotados todos os meios conhecidos para a eliminação do risco e este persistir, mesmo reduzido, a utilização, pelo trabalhador,
de Equipamentos de Proteção Individual – EPI –, de acordo com o que determina a NR 6, desde que a concentração, a intensidade ou característica do
agente assim o exija;
III. manter permanente qualquer tipo de relacionamento com a CIPA, sem necessidade de valer-se de quaisquer observações, nem de apoiá-la, treiná-la
e atendê-la, conforme dispõe a NR 5;
IV. analisar e registrar em documento(s) específico(s) todos os acidentes ocorridos na empresa ou estabelecimento, com ou sem vítima, e todos os casos
de doença ocupacional, descrevendo a história e as características do acidente e/ou da doença ocupacional, os fatores ambientais, as características do
agente e as condições do(s) indivíduo(s) portador(es) de doença ocupacional ou acidentado(s).
Compete ao profissional integrante dos Serviços Especializados em Engenharia de Segurança e em Medicina do Trabalho o que consta em
 A - I e III apenas.
 B - II, III e IV apenas.
 C - I, II e IV apenas.
 D - I, II, III e IV.

18 - Segundo a norma regulamentadora NR 4 (Serviços Especializados em Engenharia de Segurança e em Medicina do Trabalho):


As empresas privadas e públicas, os órgãos públicos da administração direta e indireta e dos poderes Legislativo e Judiciário, que possuam
empregados regidos pela Consolidação das Leis do Trabalho − CLT, manterão, obrigatoriamente, Serviços Especializados em Engenharia de
Segurança e em Medicina do Trabalho, com a finalidade de promover a saúde e proteger a integridade do trabalhador no local de trabalho.
Compete aos profissionais integrantes dos Serviços Especializados em Engenharia de Segurança e em Medicina do Trabalho:

 A - Aplicar os conhecimentos de engenharia de segurança e de medicina do trabalho somente ao ambiente de trabalho, de modo a reduzir, até
eliminar os riscos ali existentes à saúde do trabalhador sendo facultados os seus componentes, máquinas e equipamentos.
 B - Determinar, quando esgotados todos os meios conhecidos para a eliminação do risco e este persistir, mesmo reduzido, a utilização, pelo
trabalhador, de Equipamentos de Proteção Individual − EPI, de acordo com o que determina a NR 6, desde que a concentração, a intensidade ou
característica do agente assim o exija.
 C - Responsabilizar-se tecnicamente pela saúde dos trabalhadores no ambiente de trabalho sem necessidade da orientação quanto ao
cumprimento do disposto nas NR aplicáveis às atividades executadas pela empresa e seus estabelecimentos.
 D - Comandar os assuntos discutidos na Comissão Interna de Prevenção de Acidentes − CIPA, valendo-se ao máximo de suas observações,
além de gerenciá-la e programá-la, conforme dispõe a NR 6 − EPI.
 E - Analisar e registrar em documento(s) específico(s) somente os acidentes ocorridos na empresa ou estabelecimento com vítima fatal e os
casos de doença ocupacional mais graves.

19 - De acordo com a Norma Regulamentadora n. 04 - NR 04, da Portaria nº 3.214/1978, Serviços Especializados em Engenharia de Segurança e
Medicina do Trabalho (SESMT),

 A - a empresa que contratar outras para prestar serviços em seu estabelecimento pode constituir o SESMT comum para assistência aos
empregados das contratadas, sob gestão própria, desde que previsto em Convenção ou Acordo Coletivo de Trabalho.
 B - os SESMT das empresas que operem em regime sazonal deverão ser dimensionados, considerando o maior número de trabalhadores do ano
anterior.
 C - o médico do trabalho poderá dedicar, por dia, duas horas de trabalho.
 D - o técnico de segurança do trabalho e o auxiliar de enfermagem do trabalho poderão dedicar, por dia, quatro horas (meia jornada) de
trabalho.

20 - A responsabilidade de indicar ao empregador o EPI adequado ao risco existente em determinada atividade é do(a)

 A - CIPA.
 B - SESMT.
 C - PCMSO.
 D - CIPAMIN.
 E - CEPAD.

21 - A respeito dos Serviços Especializados em Engenharia de Segurança e em Medicina do trabalho (SESMT), assinale (V) para a afirmativa
verdadeira e (F) para a falsa.
( ) O dimensionamento dos Serviços Especializados em Engenharia de Segurança e em Medicina do Trabalho considera a gradação do risco da
atividade principal e o número total de empregados do estabelecimento.
( ) Os profissionais integrantes da SESMT devem ser empregados da empresa.
( ) As empresas de mesma atividade econômica localizadas em municípios limítrofes, podem constituir SESMT comum.
As afirmativas são, respectivamente,

 A - V – F – F.
 B - F – F – V.
 C - V – F – V.
 D - F – V – V.
 E - V – V – V.
22 - A respeito do que prescreve a Norma Regulamentadora 4 sobre a constituição dos Serviços Especializados em Engenharia de Segurança e em
Medicina do Trabalho – SESMT, analise as afirmativas a seguir.
I. Empresas privadas e públicas, órgãos públicos da administração direta e indireta e dos poderes Legislativo e Judiciário, que possuam empregados
regidos pela Consolidação das Leis do Trabalho - CLT, manterão, obrigatoriamente o SESMT.
II. Empresas com a mesma atividade econômica constituam SESMT comum, desde que, sejam localizadas, obrigatoriamente, no mesmo município.
III. Empresas que desenvolvem suas atividades em um mesmo polo industrial ou comercial podem constituir SESMT comum.
Está correto o que se afirma em

 A - I, apenas.
 B - II, apenas.
 C - III, apenas.
 D - I e II, apenas.
 E - I e III, apenas.

Texto associado
Uma empresa com 125 empregados foi contratada para realizar uma obra de restauração de um prédio histórico e o serviço foi classificado com grau
de risco 3, conforme o quadro II da NR 4 apresentado a seguir.

Dimensionamento de Serviço Especializado em Engenharia de Segurança e em Medicina do Trabalho (SESMT)


* tempo parcial (mínimo de 3 horas)
** o dimensionamento total deverá ser feito levando-se em consideração o dimensionamento da faixa de 3.501 a 5.000 mais o dimensionamento do(s)
grupo(s) de 4.000 ou fração de 2.000

Quadro II da NR 4 do Ministério do Trabalho e Emprego (com adaptações)


A partir dessas informações, julgue o item seguinte, a respeito do SESMT.
23 - O grau de risco está associado ao risco à saúde e à integridade física, definido a partir da atividade principal do estabelecimento.
 Certo
 Errado

Texto associado
Uma empresa com 125 empregados foi contratada para realizar uma obra de restauração de um prédio histórico e o serviço foi classificado com grau
de risco 3, conforme o quadro II da NR 4 apresentado a seguir.

Dimensionamento de Serviço Especializado em Engenharia de Segurança e em Medicina do Trabalho (SESMT)


* tempo parcial (mínimo de 3 horas)
** o dimensionamento total deverá ser feito levando-se em consideração o dimensionamento da faixa de 3.501 a 5.000 mais o dimensionamento do(s)
grupo(s) de 4.000 ou fração de 2.000

Quadro II da NR 4 do Ministério do Trabalho e Emprego (com adaptações)


A partir dessas informações, julgue o item seguinte, a respeito do SESMT.
24 - A empresa contratante poderá estender a assistência do SESMT aos empregados da empresa contratada, já que esta não está obrigada a prestar
assistência própria, dado o número de funcionários.

 Certo
 Errado

Texto associado
Uma empresa com 125 empregados foi contratada para realizar uma obra de restauração de um prédio histórico e o serviço foi classificado com grau
de risco 3, conforme o quadro II da NR 4 apresentado a seguir.

Dimensionamento de Serviço Especializado em Engenharia de Segurança e em Medicina do Trabalho (SESMT)


* tempo parcial (mínimo de 3 horas)
** o dimensionamento total deverá ser feito levando-se em consideração o dimensionamento da faixa de 3.501 a 5.000 mais o dimensionamento do(s)
grupo(s) de 4.000 ou fração de 2.000

Quadro II da NR 4 do Ministério do Trabalho e Emprego (com adaptações)


A partir dessas informações, julgue o item seguinte, a respeito do SESMT.
25 - A construtora será obrigada a contratar profissional especializado em ergonomia, por quatro horas diárias, para orientar e fazer análises
ergonômicas, já que os restauradores estão sujeitos a posições incômodas quando da realização de seus trabalhos.

 Certo
 Errado

Uma empresa com 125 empregados foi contratada para realizar uma obra de restauração de um prédio histórico e o serviço foi classificado com grau de
risco 3, conforme o quadro II da NR 4 apresentado a seguir.

Dimensionamento de Serviço Especializado em Engenharia de Segurança e em Medicina do Trabalho (SESMT)


* tempo parcial (mínimo de 3 horas)
** o dimensionamento total deverá ser feito levando-se em consideração o dimensionamento da faixa de 3.501 a 5.000 mais o dimensionamento do(s)
grupo(s) de 4.000 ou fração de 2.000

Quadro II da NR 4 do Ministério do Trabalho e Emprego (com adaptações)


A partir dessas informações, julgue o item seguinte, a respeito do SESMT.
26 - De acordo com o quadro, é necessário apenas um técnico de segurança do trabalho para formar o SESMT da referida empresa.

 Certo
 Errado

Texto associado
Uma empresa com 125 empregados foi contratada para realizar uma obra de restauração de um prédio histórico e o serviço foi classificado com grau
de risco 3, conforme o quadro II da NR 4 apresentado a seguir.

Dimensionamento de Serviço Especializado em Engenharia de Segurança e em Medicina do Trabalho (SESMT)


* tempo parcial (mínimo de 3 horas)
** o dimensionamento total deverá ser feito levando-se em consideração o dimensionamento da faixa de 3.501 a 5.000 mais o dimensionamento do(s)
grupo(s) de 4.000 ou fração de 2.000

Quadro II da NR 4 do Ministério do Trabalho e Emprego (com adaptações)


A partir dessas informações, julgue o item seguinte, a respeito do SESMT.
27 - Para fins de dimensionamento do SESMT, a frente de trabalho, se situada no mesmo estado da Federação da empresa, não será considerada
estabelecimento, cabendo à própria empresa organizar o SESMT.

 Certo
 Errado

Texto associado
Uma empresa com 125 empregados foi contratada para realizar uma obra de restauração de um prédio histórico e o serviço foi classificado com grau
de risco 3, conforme o quadro II da NR 4 apresentado a seguir.

Dimensionamento de Serviço Especializado em Engenharia de Segurança e em Medicina do Trabalho (SESMT)


* tempo parcial (mínimo de 3 horas)
** o dimensionamento total deverá ser feito levando-se em consideração o dimensionamento da faixa de 3.501 a 5.000 mais o dimensionamento do(s)
grupo(s) de 4.000 ou fração de 2.000

Quadro II da NR 4 do Ministério do Trabalho e Emprego (com adaptações)


A partir dessas informações, julgue o item seguinte, a respeito do SESMT.
28 - A identificação da atividade econômica principal da empresa é o último aspecto a ser considerado no dimensionamento do SESMT.

 Certo
 Errado

29 - Em uma indústria de alimentos com a média anual de 200 funcionários e a jornada diária de 7h20min para os operários, ocorreram os seguintes
acidentes com 4 empregados no ano de 2010:
1. Ferimento leve que impede de trabalhar, por 4 horas, parte do dia do acidente;
2. Afastamentos por 10 dias;
3. Afastamento por 14 dias;
4. Ausência por 60 dias.
Dados: 305 dias úteis em 2010.
Observação: Os dados numéricos, da taxa de frequência e gravidade, devem ser arredondados para o número com 2 casas decimais. De acordo com a
Resolução 886/66 IBGE e com a Norma ABNT:NBR 5891 Regras de arredondamento na numeração decimal.
De acordo com Quadro III da NR 4 − SESMT, Acidentes com vítima através do demonstrativo de Cálculo, a Taxa de Frequência (TF) e o Índice de
Avaliação da Gravidade (IG), respectivamente, naquele ano foram:

 A - TF = 6,70 e IG = 28,00.
 B - TF = 8,93 e IG = 21,00.
 C - TF = 6,70 e IG = 28,18.
 D - TF = 8,93 e IG = 21,14.
 E - TF = 4,47 e IG = 12,00.

30 - O SESMT de um estabelecimento de uma empresa é composto por 6 técnicos de segurança do trabalho, 2 engenheiros de segurança do trabalho,
sendo que um deles atua em tempo integral e outro em tempo parcial (mínimo de 3 horas), 2 auxiliares de enfermagem do trabalho, 1 enfermeiro do
trabalho e 2 médicos do trabalho, seguindo rigorosamente o dimensionamento constante no respectivo quadro da NR 4. Esta empresa tem
estabelecimento único, onde emprega 7230 funcionários em regime CLT.

O grau de risco correspondente à Classe Nacional de Atividade Econômica − CNAE desta empresa é

 A - 3.
 B - 2.
 C - 5.
 D - 4.
 E-1

31 - Assinale a alternativa cujo profissional NÃO faz parte da composição do SESMT na NR 4.

 A - Médico do Trabalho
 B - Enfermeiro do Trabalho
 C - Engenheiro de Segurança do Trabalho
 D - Tecnólogo e Segurança do Trabalho
 E - Auxiliar ou Técnico em Enfermagem do Trabalho

32 - Sobre uma empresa, com grau de risco 4 e composta de 70 empregados, é CORRETO afirmar que o dimensionamento mínimo do
SESMT, em número de técnicos em segurança do trabalho, é

 A - 1.
 B - 2.
 C - 3.
 D - 4.
 E - 5.

33 - Uma empresa contratou outras empresas para prestar serviços em seu estabelecimento. Ela decidiu constituir SESMT comum para
assistência aos empregados das contratadas, sob gestão própria. Essa decisão está conforme o previsto em acordo coletivo de trabalho.
Considerando a situação apresentada e o disposto na Norma Regulamentadora 4 – Serviços Especializados em Engenharia de Segurança e em
Medicina do Trabalho –, qual é a periodicidade de avaliação do funcionamento do SESMT?

 A - O SESMT deve ter seu funcionamento avaliado mensalmente, ou na periodicidade prevista na Convenção ou Acordo Coletivo de Trabalho.
 B - O SESMT deve ter seu funcionamento avaliado semestralmente, ou na periodicidade prevista na Convenção ou Acordo Coletivo de
Trabalho.
 C - O SESMT deve ter seu funcionamento avaliado trimestralmente, ou na periodicidade prevista na Convenção ou Acordo Coletivo de
Trabalho.
 D - O SESMT deve ter seu funcionamento avaliado anualmente, ou na periodicidade prevista na Convenção ou Acordo Coletivo de Trabalho.
 E - O SESMT deve ter seu funcionamento avaliado a cada dois anos, ou na periodicidade prevista na Convenção ou Acordo Coletivo de
Trabalho.

34 - O fiscal da Delegacia Regional do Trabalho realizou uma visita técnica em uma fábrica de móveis. Durante essa visita, ele identificou que
todos os colaboradores estavam regidos pela CLT, mas a empresa não tinha um SESMT. Diante dessa fiscalização, o empregador foi cobrado
para organizar com urgência um SESMT. Assinale a alternativa que apresenta as informação necessárias que o empregador deve saber para
dimensionar o SESMT e com base em qual Norma Regulamentadora, respectivamente?

 A - Apenas grau de risco da atividade principal; NR-4.


 B - Apenas número total de empregados do estabelecimento; NR-4.
 C - Grau do risco da atividade principal e número total de empregados do estabelecimento; NR-8.
 D - Grau do risco da atividade principal e número total de empregados do estabelecimento; NR-7.
 E - Grau do risco da atividade principal e número total de empregados do estabelecimento; NR-4.

35 - Segundo a NR-4, compete aos profissionais integrantes dos Serviços Especializados em Engenharia de Segurança e em Medicina do
Trabalho:
I – Colaborar quando solicitado, nos projetos e na implantação de novas instalações físicas e tecnológicas da empresa.
II – Aplicar os conhecimentos de Engenharia de Segurança e de Medicina do Trabalho ao ambiente de trabalho e a todos os seus componentes,
inclusive máquinas e equipamentos, de modo a reduzir até eliminar os riscos existentes à saúde do trabalhador.
III – Registrar anualmente os dados atualizados de acidentes do trabalho, doenças ocupacionais e agentes de insalubridade.
IV – Elaboração de planos de controle de efeitos de catástrofes, de disponibilidade de meios que visem o combate a incêndios e ao salvamento e
de imediata atenção à vítima deste ou de qualquer outro tipo de acidente.
São corretas APENAS as competências
 A - I e II.
 B - e IV.
 C - II, III e IV.
 D - I, II e III.
 E - I, II e IV.

36 - Os canteiros de obras e as frentes de trabalho com menos de mil empregados e situados no mesmo estado, território ou Distrito Federal
não serão considerados como estabelecimentos, mas como integrantes da empresa de engenharia principal responsável, a quem caberá
organizar os Serviços Especializados em Engenharia de Segurança e Medicina do Trabalho. Nesse caso, para fins de dimensionamento do
SESMT:

 A - os enfermeiros do trabalho poderão ficar centralizados.


 B - os técnicos de segurança do trabalho poderão ficar centralizados.
 C - os auxiliares de enfermagem do trabalho poderão ficar centralizados.
 D - os engenheiros de segurança do trabalho serão dimensionados por canteiro de obra ou frente de trabalho.
 E - os médicos do trabalho serão dimensionados por canteiro de obra ou frente de trabalho.

37 - Está CORRETO o que se afirma em:

 A - As empresas com mais de 25 até 50 empregados, enquadradas nos graus de risco 1 e 2, poderão estar desobrigadas de indicar médico
coordenador em decorrência de negociação coletiva.
 B - O exame médico admissional deverá ser realizado assim que o trabalhador assumir suas atividades.
 C - O médico coordenador sempre deve ser empregado da empresa.
 D - Toda empresa deve elaborar o relatório anual do PCMSO.

38 - O funcionamento do SESMT deverá ser avaliado por comissão composta de representante das empresas, do sindicato dos trabalhadores e da
Delegacia Regional do Trabalho. O prazo para avaliação será

 A - anual.
 B - semestral ou na forma e periodicidade de Convenção ou Acordo Coletivo de Trabalho.
 C - anual ou na forma e periodicidade de vigência do PPRA.
 D - anual ou na forma e periodicidade de Convenção ou Acordo Coletivo de Trabalho

39 - O dimensionamento do SESMT é estabelecido, considerando-se

 A - o número total de empregados no estabelecimento e a gradação do risco da atividade.


 B - o grau de risco por categoria de atividade.
 C - a categoria de atividades e o número de profissionais de engenharia.
 D - o porte do empreendimento e o número de empregados.

40 - Diante do seu crescimento nos últimos 6 meses, uma empresa contratou mais empregados no último mês. Um engenheiro de segurança do trabalho
foi incumbido de redimensionar seu SESMT. A empresa ficou, então, com 7225 empregados, com grau de risco 3. Anteriormente, a empresa tinha, no
mesmo estabelecimento, 4245 empregados. Nesse caso, o engenheiro deverá

 A - manter o SESMT atual pelo período de um ano, pois a NR-4 prevê a necessidade de revisão do dimensionamento do SESMT em função da
ampliação do quadro funcional da empresa somente após esse período, após a ampliação da quantidade de empregados.
 B - dimensionar o novo SESMT da empresa considerando a quantidade e especificidade de componentes da faixa de 5001 a 8 000 empregados,
conforme quadro II da NR-4.
 C - adicionar à quantidade de componente do SESMT quando a empresa tinha 4245 empregados, a quantidade de componentes indicada no
quadro II da NR-4 correspondente à faixa de 2001 a 3000 empregados, pois 4245 + 3000 = 7245 empregados, que é menor que a quantidade
total atual de empregados da empresa.
 D - dimensionar o novo SESMT da empresa considerando a quantidade e especificidade de componentes da faixa de 6001 a 8000 empregados,
conforme quadro II da NR-4.
 E - adicionar, à quantidade de componentes do SESMT quando a empresa tinha 4245 empregados, a quantidade de componentes indicada no
quadro II da NR-4 correspondente à fração acima de 2000 empregados, além da faixa de 3501 a 5000 empregados indicada no mesmo quadro.
41 - O engenheiro de segurança do trabalho de uma empresa com 23 empregados, cuja atividade principal é de grau de risco 3 (conforme NR-4),
instruiu o empregador que, de acordo com as disposições da NR-7, a empresa está desobrigada a indicar médico coordenador do Programa de Controle
Médico de Saúde Ocupacional (PCMSO). Não há qualquer negociação coletiva assistida por profissional do órgão regional competente em segurança e
saúde no trabalho envolvendo essa empresa. O engenheiro de segurança do trabalho está

 A - errado, porque as disposições sobre indicação de médico coordenador do PCMSO não são tratadas na NR-7, mas na NR-4, que versa sobre
o dimensionamento e atribuições do SESMT.
 B - correto, porque empresas de grau de risco 3 com até 25 empregados, independentemente da existência ou não de acordo coletivo, estão
desobrigadas de indicar médico coordenador do PCMSO.
 C - errado, porque empresas de grau de risco 3 com mais de 20 empregados são obrigadas a indicar médico coordenador do PCMSO em
qualquer circunstância.
 D - correto, porque empresas de grau de risco 3 são obrigadas, em qualquer situação, independentemente da quantidade de empregados, a
indicar médico coordenador do PCMSO em função do elevado risco das atividades principais desenvolvidas.
 E - correto, porque todas as empresas de grau de risco 3 que tenham de 10 a 20 empregados estão desobrigadas de indicar médico coordenador
do PCMSO em qualquer circunstância.

42 - Considere uma empresa com 110 funcionários no total com a Classificação Nacional de Atividade Econômica CNAE: 33.11-2 − Manutenção e
reparação de tanques, reservatórios metálicos e caldeiras, exceto para veículos, cujo grau de risco é 3, de acordo com a NR-04. A quantidade de
integrantes do SESMT deve ser de

 A - 3 integrantes do SESMT, sendo 1 técnico de segurança do trabalho, 1 engenheiro de segurança do trabalho e 1 médico do trabalho.
 B - 2 integrantes do SESMT, sendo os 2 técnicos de segurança do trabalho.
 C - 1 integrante do SESMT, sendo o técnico de segurança do trabalho.
 D - 2 integrantes do SESMT, sendo 1 técnico de segurança do trabalho e 1 auxiliar de enfermagem do trabalho.
 E - 1 integrante do SESMT, sendo um engenheiro de segurança do trabalho.

43 - Analise as seguintes afirmativas:


I. Nas atividades rotineiras para trabalho em altura, é obrigatória análise de risco, não podendo estar contemplada no procedimento operacional. II. Os
registros das manutenções devem ficar disponíveis aos trabalhadores envolvidos na operação, na manutenção e nos reparos, bem como à CIPA e ao
SESMT. III. O sistema de gestão de SSO&BE da Cemig está estruturado em elementos, seguindo um ciclo PDCA. IV. O Sistema de Gestão de Saúde,
Segurança e Bem-estar da CEMIG deve estar integralmente alinhado com as diretrizes do Planejamento Estratégico da empresa.
.
Estão CORRETAS apenas as afirmativas:

 A - I, III e IV.
 B - II e IV.
 C - II, III e IV.
 D - III e IV.

Texto associado
Abreviaturas/Siglas utilizadas:
APR – Análise Preliminar de Risco
ASO – Atestado de Saúde Ocupacional
CIPA – Comissão Interna de Prevenção de Acidentes
EST – Engenheiro de Segurança do Trabalho
ENST – Enfermeiro de Segurança do Trabalho
FAP – Fator Acidentário de Prevenção
INSS – Instituto Nacional de Seguro Social
LT – Limite de tolerância
MT – Médico do Trabalho
MS – Ministério da Saúde
NR – Norma Regulamentadora do Ministério do Trabalho
OIT – Organização Internacional do Trabalho
PCMSO – Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional
PPRA – Programa de Prevenção de Riscos Ambientais
SEESMT – Serviços Especializados em Engenharia de Segurança e em Medicina do Trabalho
SUS – Sistema Único de Saúde
TA – Trabalho em Altura
TET – Técnico de Enfermagem do Trabalho
TST – Técnico de Segurança do Trabalho
PPP – Perfil Profissiográfico Previdenciário
SIPAT – Semana Interna de Prevenção de Acidentes do Trabalho
EPI – Equipamento de Proteção Individual
Há pouco mais de uma semana para a inauguração de uma agência bancária, o Gerente Geral solicitou ao EST uma reunião com o SESMT e procurou
informar-se a respeito das medidas tomadas na área de segurança do trabalho.
44 - São elementos capazes de assegurar ao Gerente Geral que o seu estabelecimento bancário inicie as atividades livre de riscos de acidentes e/ou
doenças do trabalho:

 A - declaração de instalações pelo SESMT e mapeamento de riscos;


 B - declaração de instalações e Programa de Prevenção de Riscos Ambientais (PPRA);
 C - inspeção prévia e Programa de Prevenção de Riscos Ambientais (PPRA);
 D - inspeção prévia e declaração de instalações;
 E - mapeamento de riscos e Programa de Prevenção de Riscos Ambientais (PPRA).

Texto associado
Abreviaturas/Siglas utilizadas:
APR – Análise Preliminar de Risco
ASO – Atestado de Saúde Ocupacional
CIPA – Comissão Interna de Prevenção de Acidentes
EST – Engenheiro de Segurança do Trabalho
ENST – Enfermeiro de Segurança do Trabalho
FAP – Fator Acidentário de Prevenção
INSS – Instituto Nacional de Seguro Social
LT – Limite de tolerância
MT – Médico do Trabalho
MS – Ministério da Saúde
NR – Norma Regulamentadora do Ministério do Trabalho
OIT – Organização Internacional do Trabalho
PCMSO – Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional
PPRA – Programa de Prevenção de Riscos Ambientais
SEESMT – Serviços Especializados em Engenharia de Segurança e em Medicina do Trabalho
SUS – Sistema Único de Saúde
TA – Trabalho em Altura
TET – Técnico de Enfermagem do Trabalho
TST – Técnico de Segurança do Trabalho
PPP – Perfil Profissiográfico Previdenciário
SIPAT – Semana Interna de Prevenção de Acidentes do Trabalho
EPI – Equipamento de Proteção Individual
Uma empresa prestadora de serviços na área de vigilância e segurança privada bancária conta com efetivo de 300 seguranças de agências bancárias e
de transporte de valores.
45 - De acordo com os dispositivos da NR-4, quadro II, quanto ao dimensionamento do SESMT, essa empresa apresenta:

 A - grau de risco 3, e estaria desobrigada de indicar MT para o SESMT;


 B - grau de risco 1, e deveria contar com 1 TST;
 C - grau de risco 2, e deveria contar com 2 TST
 D - grau de risco 3, e deveria contar com 2 TST e 1 MT em tempo parcial;
 E - grau de risco 4, e deveria contar com 2 TST, 1 EST e 1 MT em tempo parcial.

Atenção: Considere os dados a seguir para responder a questão abaixo.


Três empresas denominadas ALFA, BETA e GAMA estão instaladas em um centro comercial, denominado GREGO, que ocupa uma pequena área
situada em uma cidade no interior do Estado de Minas Gerais. Este local está a uma distância de 600 km de outro centro comercial denominado
ROMANO, localizado na capital do Estado de São Paulo, onde estas mesmas três empresas também têm instalado um estabelecimento cada. Seguem
as características de cada uma das empresas:
Quadro I da NR-5:
46 - Considerando as disposições da NR-4, o SESMT da empresa

 A - GAMA, para ambos os estabelecimentos, deverá ser constituído considerando o grau de risco 3, pois alguns empregados atuam em
atividades diferentes da principal da empresa, cujo grau de risco é superior.
 B - GAMA, para o estabelecimento situado no centro comercial ROMANO, deverá ser constituído, considerando 60% de sua composição
correspondente ao grau de risco 2 e 40% correspondente ao grau de risco 3.
 C - ALFA poderá ser constituído de forma centralizada, de forma a atender ambos os estabelecimentos.
 D - BETA poderá ser constituído de forma centralizada, de forma a atender ambos os estabelecimentos e desde que considere na alocação dos
funcionários para sua composição: 40% referente ao grau de risco 2 e 60% referente ao grau de risco 3.
 E - BETA, para o estabelecimento situado no centro comercial GREGO, deverá ser constituído considerando o grau de risco 3, pois mais de
50% dos seus empregados atuam na atividade correspondente ao grau de risco superior àquele da atividade principal.
47 - Uma empresa cuja atividade econômica principal corresponde ao Grau de Risco 3, com 4.321 funcionários contratados em regime celetista
mensal, dimensionou seu SESMT − Serviço Especializado em Engenharia de Segurança e Medicina do Trabalho em conformidade com a Norma
Regulamentadora específica vigente, obtendo a seguinte composição: 8 técnicos de segurança do trabalho, 2 engenheiros de segurança do trabalho, 1
auxiliar de enfermagem do trabalho, 1 enfermeiro do trabalho e 2 médicos do trabalho. Outra empresa, cuja atividade econômica principal corresponde
ao Grau de Risco 3, com 7.676 funcionários contratados em regime mensal CLT, dimensionou seu SESMT em conformidade com a Norma
Regulamentadora específica vigente, obtendo a seguinte composição: 11 técnicos de segurança do trabalho, 3 engenheiros de segurança do trabalho, 2
auxiliares de enfermagem do trabalho, 1 enfermeiro do trabalho e 3 médicos do trabalho. O dimensionamento do SESMT para uma terceira empresa,
cuja atividade econômica principal corresponde ao Grau de Risco 3, com 6.248 funcionários contratados em regime mensal CLT, de acordo com as
disposições da NR-4 será:

 A - 10 técnicos de segurança do trabalho, 3 engenheiros de segurança do trabalho, 1 auxiliar de enfermagem do trabalho, 1 enfermeiro do
trabalho e 2 médicos do trabalho.
 B - 11 técnicos de segurança do trabalho, 3 engenheiros de segurança do trabalho, 2 auxiliares de enfermagem do trabalho, 1 enfermeiro do
trabalho e 3 médicos do trabalho.
 C - 9 técnicos de segurança do trabalho, 3 engenheiros de segurança do trabalho, 2 auxiliares de enfermagem do trabalho, 1 enfermeiro do
trabalho e 2 médicos do trabalho.
 D - 8 técnicos de segurança do trabalho, 2 engenheiros de segurança do trabalho, 1 auxiliar de enfermagem do trabalho, 1 enfermeiro do
trabalho e 2 médicos do trabalho.
 E - 11 técnicos de segurança do trabalho, 2 engenheiros de segurança do trabalho, 2 auxiliares de enfermagem do trabalho, 1 enfermeiro do
trabalho e 3 médicos do trabalho.

Texto associado
Considere o texto a seguir, contendo uma situação hipotética, para responder A questão abaixo.

Em um dia do mês de dezembro de 2010, em uma obra de construção de grande porte, onde trabalham 2.000 funcionários em regime celetista,
ocorreram duas mortes de operários. Estas ocorrências são indicadoras de que as condições de segurança e de trabalho nos serviços de
infraestrutura estão comprometidas, dado que o cronograma das obras estava muito apertado.
A primeira vítima, Márcio, 22 anos, trabalhava em plena madrugada e morreu ao cair de uma altura de 35 metros quando realizava a instalação de
refletores. O Ministério Público do Trabalho pediu a interdição imediata da obra ao tomar ciência do ocorrido. A empresa responsável pelas obras
lamentou o ocorrido e afirmou estar prestando assistência aos familiares da vítima, além de ter aberto uma sindicância para apurar as causas do
acidente.
Na manhã do mesmo dia, João, 49 anos, morreu ao sofrer um infarto. Ele passou mal ao subir na carroceria de um caminhão que levava entulhos
da obra. O Serviço de Atendimento Móvel de Emergência foi chamado, mas quando chegou ao local nada pode fazer.
Um terceiro operário, Renato, 38 anos, já havia morrido no início do mesmo mês quando se desequilibrou e caiu de uma altura de 5 metros.
O problema com acidentes na construção civil é recorrente. A aceleração do ritmo das obras para o atendimento às demandas dos clientes amplia
os riscos de acidentes. Por isso, o Ministério Público do Trabalho tem se preocupado com as irregularidades, como a falta de sinalização do canteiro
de obras e iluminação noturna inadequada, chegando a embargar obras.
Um mês antes do embargo do Ministério Público, nessa mesma obra, ocorreu um ataque de abelhas que fez com que seis operários fossem
encaminhados ao hospital, contudo tal episódio inesperado foi sem gravidade.

48 - De acordo com o texto, no período, ocorreram três mortes na obra, sendo duas por queda em altura e uma por infarto, além de seis funcionários
terem sido atacados por abelhas. Considerando que a construtora responsável possui 2.000 funcionários envolvidos nessa obra, e de acordo com a NR-
4, a empresa deve encaminhar ao Ministério do Trabalho e Emprego − MTE os mapas contendo a avaliação anual, conforme os quadros III, IV, V e VI,
através da Superintendência Regional do Trabalho e Emprego − SRTE, até o dia 31 de janeiro de cada ano, conforme determina o subitem 4.12 alínea
"i". O cálculo toma como base 300 dias úteis de trabalho anual, para uma jornada de trabalho de 44 horas semanais. No demonstrativo dos cálculos e
do preenchimento do quadro III, da NR-4 − Acidentes com Vítima −, o número absoluto e o índice relativo/total de empregados devem considerar

 A - os ataques das abelhas nos seis funcionários, excluindo-se os três acidentes fatais ocorridos na obra e o funcionário que teve o infarto
(deverão ser tratados a parte), sendo o índice relativo igual a 0,30%.
 B - os dois acidentes fatais ocorridos na obra pela queda, excluindo-se os ataques das abelhas aos seis funcionários e o funcionário que teve o
infarto, sendo o índice relativo igual a 0,10%.
 C - os três acidentes fatais, sendo os dois relacionados à queda e ao funcionário que teve o infarto, excluindo-se os ataques das abelhas nos seis
funcionários, sendo o índice relativo igual a 0,15%.
 D - todos os acidentes ocorridos na obra, os dois acidentes fatais pela queda, os ataques das abelhas nos seis funcionários e o funcionário que
teve o infarto, sendo o índice relativo igual a 0,45%.
 E - os dois acidentes fatais ocorridos na obra pela queda e os ataques das abelhas nos seis funcionários, excluindo-se o funcionário que teve o
infarto, sendo o índice relativo igual a 0,40%.
49 - No dia a dia das atividades de segurança do trabalho, sejam elas desenvolvidas por integrantes do SESMT ou por outros trabalhadores ligados a
outras áreas da empresa, qual é o objetivo maior de se realizarem as inpeções planejadas de segurança?

 A - Identificar os responsáveis pelo não cumprimento de determinados procedimentos, de forma que possam ser punidos e encaminhados para
programas de reciclagem.
 B - Buscar informações no campo para definição de novas necessidades de investimentos pela gestão de segurança do trabalho da empresa.
 C - Orientar os usuários a respeito do uso dos diversos dispositivos de segurança do trabalho existentes nas suas respectivas áreas.
 D - Cumprir o programa de gestão, demonstrando o efetivo comprometimento de todos com a segurança do trabalho.
 E - Identificar, avaliar e atuar em situações potencialmente geradoras de risco, antes que proporcionem acidentes de trabalho.

50 - Compete aos profissionais integrantes dos Serviços Especializados em Engenharia de Segurança e em Medicina do Trabalho (SESMT) determinar,
quando esgotados todos os meios conhecidos para a eliminação do risco e este persistir, mesmo reduzido,

 A - a utilização, pelo trabalhador, de Equipamentos de Proteção Individual (EPI), de acordo com o que determina a NR 6, desde que a
concentração, a intensidade ou característica do agente assim o exijam.
 B - a indicação de um responsável pela condução de programa de saúde na empresa, não havendo necessidade de esse responsável ser um
médico.
 C - a adoção prioritária de uma redução preventiva na jornada de trabalho, evitando, assim, a ultrapassagem dos limites de tolerância ao risco.
 D - a promoção de rodízio dos trabalhadores na atividade de risco, sendo imprescindível a utilização de Equipamentos de Proteção Individual
(EPI) que reduza ou neutralize o risco nos casos em que a jornada de trabalho for inferior a 48 horas semanais.
 E - a suspensão de toda e qualquer atividade de trabalho na empresa até que o risco seja totalmente eliminado.