Você está na página 1de 1

Macarons - A Pastelaria que Seduz !

De novo na ribalta, graças à criatividade dos grandes chefes parisienses, o macaron adquiriu sabores
infinitos numa explosão de cores. Considerada uma das jóias da pastelaria francesa, o pequeno bolo
redondo exibe agora cores gananciosas além fronteiras.

Rosa, verde, amarelo, azul, castanho ... Nas prateleiras das pastelarias francesas, o macaron chama a
atenção dos passantes e aguça o apetite. Reinventado pela imaginação do pasteleiro Pierre Hermé, e
transportado nesta moda pública sem falhas, o pequeno bolo redondo, derivado do merengue, está agora
disponível numa gama infinita de cores e sabores.

.Em Paris, a casa Ladurée fundada em 1862 (grande nome e representante do macaron), atrai gourmets
de todo o mundo para provar as suas criações originais. Na gama tradicional encontram-se os macarons
perfumados com framboesa, chocolate ou limão, aos quais regularmente se associam coleções especiais,
propostas em edição limitada em função das temporadas e eventos. Outro nome parisiense a destacar , é
a casa Dalloyau, fundada em 1802, cujos ancestrais já orquestraram receções pródigas em Versalhes de
Luís XIV!

Um macaron viajante

Se é possível atribuir a autoria do macaron à pastelaria francesa tal como a conhecemos hoje, com os
seus dois cascos unidos com um recheio cremosa, na verdade a origem do tradicional macaron estará
provavelmente no bolo italiano ou árabe. O pequeno bolo redondo, tão simples e incolor, chegou à
França na bagagem de Catarina de Médici, no século XVI. Daí em diante, desenvolveu formas diferentes
de região em região, sempre mantendo os três ingredientes que compõem sua receita base: clara de ovo,
açúcar e amêndoas.

Hoje, o macaron é o emblema das grandes casas parisienses e um dos orgulhos da pastelaria francesa.
Pasteleiros conhecidos ou desconhecidos, competem para desenvolver novos macarons: sabor duo de
limão-framboesa, exótico de manga e foie gras, mesmo salgados ou com trufas. No exterior, a pequena
padaria francesa um enorme sucesso. (...)

Macaron: um nome, várias receitas

Embora o pequeno macaron de casco duplo seja mais conhecido na França e em todo o mundo, várias
cidades francesas perpetuam a tradição do macaron autêntico, sem cor ou artifício. É o caso de Saint-
Jean-de-Luze, Saint-Emilion, Lusignan, Cormery, Boulay, Nancy ou Montmorillon. Estes macarons
dificilmente se assemelham à pequena pastelaria das grandes casas parisienses, embora todos partilhem
de uma receita à base de ovo, açúcar e amêndoas. Quanto ao processo de fabrico, esse está
zelosamente guardado.

Interesses relacionados