Você está na página 1de 3

Metalinguagem

A Metalinguagem é a linguagem que descreve sobre ela mesma. Ou seja, ela


utiliza o próprio código para explicá-lo. Quando perguntamos o significado de
determinada palavra estamos usando a função metalinguística. Além disso, ela é
usada no cinema, nas artes visuais, na literatura, na publicidade, etc. A
metalinguagem pode se referir a qualquer terminologia ou linguagem usada para
descrever uma linguagem em si mesma.
Podemos observar um exemplo da metalinguagem na “quebra da quarta parede”,
tendo origem na teoria do teatro épico de Bertolt Brecht, que refere-se a um
personagem que dirige sua atenção para a plateia, ou possuindo conhecimento de
que os acontecimentos e personagens da história não são reais. O efeito que se
causa naquele que está recebendo aquela informação através da metalinguagem é
o de se lembrar de que se está assistindo uma obra de ficção. Muitos artistas
usaram esse efeito para incitar a plateia a ver ficção sob outro ângulo e assisti-la de
forma menos passiva.
Nós conhecemos muitos materiais onde pode se encontrar a metalinguagem, na
arte moderna, por exemplo, possuímos filmes como O Show de Truman, onde o
personagem percebe que sua vida é um reality show filmado em um gigantesco
estúdio e ao final, se despede de quem está assistindo, ou o livro de Jostein
Gaarder, O Mundo de Sofia, onde os personagens percebem que sáo fictícios e
tentam descobrir como conseguir sua liberdade, uma clara alusão a teoria do mundo
das ideias.
Alguns personagens da cultura pop são notórios por utilizar a metalinguagem, como
Deadpool, da Marvel Comics, ou como Goku ao final de cada episódio de Dragon
Ball Z, se comunicando diretamente com o público.

Tipos de metalinguagem

Incorporada: É uma linguagem integrada a uma linguagem objeto e ocorre formal


ou naturalmente.
Ordenada: Análoga a uma lógica não comutativa. Uma metalinguagem criada para
falar sobre um objeto, seguida pela criação de outra metalinguagem para descrever
a primeira e assim por diante, por exemplo.
Aninhada ou Hierárquica: Similar a uma metalinguagem ordenada, em que cada
nível apresenta maior grau de abstração. Difere no fato de que cada nível inclui
outro nível abaixo.
Exercícios Metalinguagem.
1.

Pode-se definir “metalinguagem” como a linguagem que comenta a própria


linguagem, fenômeno presente na literatura e nas artes em geral. O quadro “Van
Gogh pintando girassóis”, de Paul Gauguin, é um exemplo de metalinguagem
porque:

a) destaca a qualidade do traço artístico


b) mostra o pintor no momento da criação.
c) implica a valorização da arte tradicional.
2. Nos trechos abaixo, de Dom Casmurro, de Machado de Assis, o narrador
deixa de praticar a metalinguagem em:
a) Agora que expliquei o título, passo a escrever o livro. Antes disso, porém,
digamos os motivos que me põem a pena na mão.
b) Tio Cosme vivia com minha mãe, desde que ela enviuvou. Já então era viúvo,
como prima Justina; era a casa dos três viúvos.
c) Releva-me estas metáforas; cheiram ao mar e à maré que deram morte ao meu
amigo e comborço Escobar.
1) Alternativa “b”. A metalinguagem do quadro mostra a reflexão do artista sobre sua
obra. O quadro de Paul Gauguin explicita bem a função metalinguística da linguagem,
pois apresenta uma pintura na qual o pintor retrata a criação da própria obra.
2) Alternativa “b”. Essa é a única que não apresenta metalinguagem, pois não está
fazendo referência à própria escrita do livro.