Você está na página 1de 3

Atividade Prática Supervisionada (APS)

ATIVIDADE 1:
Alberto, 19 anos, está encerrado no quarto, há mais de mês, não quer ver ninguém. A mãe está muito
doente com câncer e uma tia está na casa cuidando dela. A. já apresentou outros episódios de isolamento
e anda cada vez mais estranho. Agressivo com a tia, agora não quer sair de seu quarto. A comida é
deixada na porta. Saí para ir ao banheiro e não toma banho há dias. Parece indiferente ao que está
havendo com sua mãe, não pergunta nada e mal se aproxima. O relacionamento com o pai é difícil, troca
com ele poucas palavras. Piorou depois que desistiu da escola na 6ª serie e passou a ir à uma igreja,
mudou o jeito de vestir, e recriminava o pai por que este bebia. Depois se afastou também da igreja, e fica
cada vez mais em casa. A mãe refere que ele fala coisas estranhas, sobre fatos que não aconteceram e que
ele inventa e interpreta as coisas de um jeito próprio. Na escola, após a adolescência passou a afastar-se
dos colegas, na igreja tinha um amigo, que o decepcionou, segundo comentou com sua mãe. Sempre
foi considerado esquisito na escola e na família. Gostava de desenhar, mas é por uns tempos, que inventa
alguma atividade, logo perde o interesse e se recolhe para o quarto e para um quase mutismo, fala cada
vez menos e às vezes é bem agressivo com as palavras. A tia diz que ele parece frio e distante, que não
expressa emoção. A família está muito preocupada e associa este comportamento à doença da mãe.
Nunca teve namorada e afastou-se dos poucos amigos.

a. Considerando a caso acima, faça o levantamento dos problemas de enfermagem.  

 Adolescente com suspeita de depressão


 Não tem higiene
 Em isolamento
 Agressivo
 Conflito familiar
 Família desestruturada ( pai alcoolatra, mãe com câncer).
 Fora da escoa
 Delirando, pensamento incoerente, fuga de ideias.
 Sem interação social


b. Elabore 5 diagnósticos de enfermagem - NANDA com título, fatores relacionados e
características definidoras.  

Diagnóstico Fatores Caracteristicas


relacionados definidoras
Comunicação verbal Dificuldade de usar a Alteração da autoestima;
prejudicada expressão facial, condições emocionais;
Dificuldade em manter a Transtorno emocional
comunicação Vulnerabilidade

Interação social processos de Comportamento de


prejudicada pensamento interação social mal
perturbados, ausência sucedido, desconforto
de pessoas em situações sociais e
significativas. relato familiar de
mudança na interação
Déficit no autocuidado Motivação diminuída Capacidade prejudicada
para banho e higiene. de acessar o banheiro

Paternidade ou Coesão familiar Comportamento de


maternidade prejudicada insuficiente, Exemplo vínculo insuficiente.
paterno/materno Função social
insuficiente prejudicada Transtorno
de comportamento

Enfrentamento familiar Estilos de enfrentamento Rejeição, Intolerância,


incapacitado dissonantes entre as Comportamentos
pessoas de apoio familiares prejudiciais ao
bem-estar


c. A partir dos diagnósticos de enfermagem NANDA, prescreva cuidados específicos a
esses diagnósticos, tendo como referência a literatura NIC. 

 Auxiliar o paciente a substituir interpretações errôneas por


interpretações de situações, eventos e interações estressantes
baseadas na realidade.
 Ajudar as partes a identificar possíveis soluções às questões. Facilitar a
busca de resultados aceitáveis para ambas as partes.
 Educar a família e as pessoas importantes sobre formas de lidar com um
paciente com ideias delirantes.
 Auxiliar no autocuidado
 Promoção da Paternidade/Maternidade
 Assistência no Autocuidado: atividades essenciais da vida diária
 Melhora da Autoestima
 Melhora do Enfrentamento
 Modificação do Comportamento: habilidades social.