Você está na página 1de 4

DATA

1.º TESTE DE VERIFICAÇÃO DA LEITURA


PROFESSORA:
Memorial do Convento

Nome __________________________________________ 12.º Ano - Turma ____ N.º_____

Teste A

Este teste tem o objetivo de verificar a leitura das primeiras cinco sequências de Memorial do
Convento.

 Resolve as questões que te são colocadas sobre o texto, de acordo com as orientações abaixo
indicadas.

A. Tendo em conta a sequência 1, responde fazendo um círculo à volta da alínea que corresponde
à resposta correcta.
1. Logo no início da obra menciona-se o rei…
a) D. João IV.
b) D. João V.
c) D. João VI.
2. O cumprimento da promessa por parte do rei depende…
a) da vitória numa batalha.
b) do nascimento de filhos.
c) da cura de uma doença grave
3. A relação do rei e da rainha baseia-se…
a) no amor existente entre ambos.
b) num contrato oficial.
c) num encanto mágico inexplicável.
4. A propósito da descrição da cama da rainha ironiza-se com a referência a…
a) percevejos.
b) pulgas.
c) mosquitos.
5. Após o acto reprodutor de S. Majestades, os reis…
a) adormecem ternamente agarrados.
b) têm sonhos relacionados com o referido acto.
c) dão ordens aos camaristas para lhes servirem uma ceia.

B. Considerando a sequência 2, classifique a veracidade das perguntas escrevendo V , se for


verdadeira ou F, se for falsa.
1. Nesta parte da obra relatam-se diversos milagres dos franciscanos:
1.1. Frei Miguel da Anunciação morreu de febre (talvez tifóide), mas, contrariando os
médicos, os seus membros vieram a flexibilizar-se como se estivesse vivo.
1.2. Numa determinada igreja aconteciam milagres quando estava presente um filósofo
muito bondoso com mãos miraculosas.
1.3. Entrando por uma janela para roubar a igreja de S. Francisco em Guimarães, Santo
António pregou um susto a um certo ladrão, fazendo-o cair e imobilizando-o até que
os moradores o levaram sem esforço físico, ao contrário do que sucedera com os

1
outros ladrões que tentaram retirar o corpo do colega na véspera sem qualquer
sucesso.
1.4. As três lâmpadas roubadas do altar-mor da capela contígua à de Santo António no
Convento de Xabregas (Lisboa) foram recuperadas graças a um investigador
especialista em assuntos religiosos.
2. A finalidade do autor, ao narrar os milagres, era verosimilhar o poder milagroso dos
franciscanos relativamente à gravidez desejada da rainha.

C. Recordando a sequência 3, complete os espaços a partir das sugestões constantes do quadro


abaixo
indicado de modo a resultar verdadeira:

Natal miséria felicidade outonal penitência tristeza


quaresmal
auto-comiseração auto-flagelação vergastadas emotividade
Entrudo Carnaval os suplícios incenso estridentes

1. Esta sequência narrativa relaciona-se com uma época do ano bem característica, o
________________________.
2. _____________________ e riqueza contrastam pelos excessos a diversos níveis.
3. A introdução da época ________________ leva o narrador a referir que “o sol, quando
nasce, é para todos”.
4. A procissão da __________________ ocorre após uma época de excessos, o
________________________.
5. Na narração da procissão realçam-se aspectos variados tais como: __________________
físicos (jejum, açoites, ____________________), odores (a podridão, a
____________________ ), cores, sons _____________________ .
6. O papel dos homens na procissão é, em geral, de ________________________,
5
enquanto que o das mulheres é sobretudo de observação e de grande
__________________________ . 5

D. De acordo com a sequência 4, seleccione a resposta adequada circundando a alínea adequada.5


1. A figura masculina do povo que é apresentada nesta parte da obra é…
a) Bernardo.
b) Belchior. 10
c) Baltasar.
2. Sete-Sóis até chegar a Lisboa teve de… 20
a) saquear, pedir esmola, poupar para as próteses e para o caminho.
b) roubar, trabalhar, poupar para a prótese e para a viagem, matar um ladrão
que o assaltou. 10
c) assaltar, pedir esmola e trabalhar.
3. Na viagem do barco até Lisboa, Sete-Sóis…
a) contou uma história sobre uma frota inglesa e umas mulheres de má vida.
b) foi tratado com rancor por uma mulher que levava um farnel.
c) encantou-se com a paisagem: o sol, as toninhas, as muralhas da capital e o
castelo.

2
E. Relembrando a sequência 5, assinale com V, se a frase for verdadeira, ou F, se for falsa.
1. A rainha está grávida de cinco meses.
2. D. Maria Ana irá ao auto-de-fé.
3. Um auto-de-fé é um evento onde açoitavam as pessoas condenadas pela inquisição e
queimavam os hereges.
4. O povo via o auto-de-fé como uma festa.
5. Vende-se água, limonada, tremoços, melancia, pinhões, queijadas e tâmaras.
6. O rei jantará no seu palácio aliviado do incómodo após a cerimónia.
7. O auto-de-fé não foi precedido de uma procissão.
8. O povo reage aos gritos e aos insultos quando passam os condenados.
9. Sebastiana Maria de Jesus é acusada de heresia e de blasfémia .
10. Sebastiana é irmã de Blimunda.
11. Na procissão, o comportamento do povo revela intolerância e comprazimento com a dor
alheia.
12. Blimunda chora em casa sabendo que Sebastiana irá degredada para a Guiné.
13. Baltasar seguira Blimunda até casa porque esta lhe tinha perguntado o seu nome.
14. Apesar de Baltasar querer seguir para Mafra, sentiu-se enfeitiçado e ficou com Blimunda.
15. Na manhã seguinte, Blimunda comeu, deitada, pão, de olhos abertos.

Bom trabalho!

A Professora,

_______________________________________________________________________

3
CORRECÇÃO DO 1.º TESTE DE VERIFICAÇÃO DE LEITURA DO MEMORIAL DO CONVENTO

Sequências 1 a 5

Teste A

A. B. C.

1. b) 1.1. V 1. Entrudo

2. b) 1.2. F 2. Miséria
3. b) 1.3. V 3. quaresmal
4. a)
1.4. F 4. penitência; Carnaval
5. b)
2. V 5. suplícios; vergastadas;
incenso; estridentes

6. auto-flagelação;
emotividade

D.

1. c)

2. a)

3. c)

E.

1. V 6. F 11. V

2. F 7. F 12.F

3. V 8. V 13. V

4. V 9. V 14. V

5. V 10. F 15. F