Você está na página 1de 3

ESCOLA SECUNDÁRIA DE PINHEIRO E ROSA

1ºTESTE DE AVALIAÇÃO FILOSOFIA – 11ºANO


Duração: 90 minutos Ano lectivo: 2010/2011

Versão A

GRUPO I
1. Seleccione a alternativa correcta.

1.1. A frase que expressa uma proposição é:


A. Os fantasmas existem?
B. Os fantasmas existem.
C. Não tenhas medo, os fantasmas não existem!
D. Prometo que vou estudar para o teste de Filosofia.
E. Nenhuma das alternativas anteriores é correcta.

1.2. A frase que não expressa uma proposição é:


A. Deus existe.
B. Deus não existe.
C. O conhecimento obtido através dos sentidos é enganador.
D. O conhecimento obtido através dos sentidos é enganador?
E. Nenhuma das alternativas anteriores é correcta.

1.3. Para formalizar a frase: “Deus existe ou não existe” utiliza-se:


A. Uma variável proposicional.
B. Um operador verofuncional.
C. Um operador não verofuncional.
D. Um operador proposicional.
E. Nenhuma das alternativas anteriores é correcta.

1.4. A disjunção expressa na frase: “És a favor da pena de morte ou és contra a pena de morte” é:
A. Verdadeira.
B. Falsa.
C. Inclusiva.
D. Exclusiva.
E. Nenhuma das alternativas anteriores é correcta.

1.5. Na frase: “Tanto a filosofia como a ciência fornecem explicações racionais” encontram-se:
A. Duas conjuntas.
B. Uma conjunta.
C. Duas disjuntas.
D. Uma disjunta.
E. Nenhuma das alternativas anteriores é correcta.

1.6. Qual dos seguintes argumentos é um entimema?


A. O Funchal fica na ilha da Madeira, porque fica na ilha da Madeira.
B. Lamego e Ovar são cidades portuguesas. Portanto, Lamego é uma cidade portuguesa.
C. As cidades europeias são frias. Logo, a cidade da Guarda é fria.
D. As cidades portuguesas são bonitas, pelo que Beja, que é uma cidade portuguesa, é bonita.
E. Nenhuma das alternativas anteriores é correcta.
2
GRUPO II
1. Considere as seguintes frases:

A. Caso Deus não exista, a vida não faz sentido.

B. Ter três lados é condição suficiente e necessária para uma figura geométrica ser triângulo.

C. Deus não existe mas a vida faz sentido.

D. O homem é livre de escolher, embora esteja condicionado por factores exteriores à sua vontade.

E. É impossível o mal existir e Deus ser sumamente bom.

F. Se um animal voa, então é ave.

1.1. Reescreva cada uma das frases na sua expressão canónica.

1.2. Formalize as proposições expressas em cada uma das alíneas.

1.3. Compare a formalização efectuada nas alíneas A e C. Qual é a conclusão que pode retirar? Justifique,
apresentando as respectivas tabelas de verdade.

1.4. Explique, a partir da análise do exemplo da alínea F, porque motivo a antecedente é uma condição
suficiente e a consequente uma condição necessária.

GRUPO III
1. Considere a proposição expressa nas seguinte frases: “A eutanásia é moralmente permissível, embora
esteja legalizada só nalguns países”.
Admitindo que a eutanásia é moralmente permissível e o valor de verdade da outra proposição simples
é indeterminado, podemos saber o valor de verdade da proposição composta?
Justifique.

2. Indique se as frases seguintes são verdadeiras (V) ou falsas (F). Escreva apenas a letra da alínea e V ou F.

A. Não há qualquer relação entre as noções de verdade e validade.

B. A lógica estuda a validade dos argumentos dedutivos.

C. A negação é uma variável proposicional.

D. A definição: “O homem é um animal racional” pode ser formulada como uma bicondicional.

E. Um exemplo de uma forma proposicional simples é ¬ R.

F. As formas proposicionais P → Q e Q → P são logicamente equivalentes.

G. As formas proposicionais P ∨ Q e Q ∨ P são logicamente equivalentes.


3
GRUPO IV
1. Construa uma tabela de verdade para cada uma das seguintes formas proposicionais:

A. (P ↔ Q) → (P ∨ ¬ Q)

B. P ∨ ( (P ∧ ¬ Q) ∨ (P → ¬ Q))

2. Considere as seguintes frases:

A. Um bebé tem direitos se e só se é senciente e tem deveres.

B. Se é difícil justificar a crença num Deus omnipotente e bom, então o problema da existência de Deus
não está resolvido e não faz sentido matar em nome de Deus.

C. Neste país existe um estado forte ou cai-se no caos e na degradação moral.

D. Se a pena de morte consiste em punir um crime com outro crime e pode ser aplicada por engano, então
é imoral.

2.1. Formalize as formas proposicionais expressas nas frases anteriores, apresentando a interpretação
correspondente às variáveis proposicionais utilizadas.

2.2. Identifique qual é o operador principal em cada uma das alíneas, indicando o símbolo correspondente.

3. A proposição expressa na frase: “Eu acredito que não existem fantasmas” pode ser estudada no âmbito
da lógica proposicional? Justifique.

Cotações:

Grupo I: 1. 18 Pontos

Grupo II: 1. 1.1. 18 Pontos; 1.2. 18 Pontos; 1.3. 20 Pontos; 1.4. 15Pontos

Grupo III: 1. 10 Pontos; 2. 14 Pontos

Grupo IV: 1. 22 Pontos;2. 2.1 40 Pontos; 2.2. 08 Pontos; 3. 17 Pontos

Total: 200 Pontos (= 20 valores)

Bom Trabalho!

A professora: Sara Raposo.