Você está na página 1de 3

Farmácia do Procedimento Operacional Padrão Página: 1 de 3

Trabalhador da - POP Com base na RDC 44/2009


Cidade ART. 86

Título: Implantação de Assunto:-Manutenção das Data de Emissão:


Procedimento condições higiênicas e sanitárias Agosto / 2021
adequadas a cada ambiente da
Operacional Padrão. farmácia ; higiênização para
enfrentamento do Covid 19.

1. OBJETIVO:

O presente procedimento tem por objetivo instituir na empresa a padronização


dos procedimentos utilizados. Para a verificação da temperatura ambiente.

2. DEFINIÇÃO:

A farmácia deve seguir as boas práticas desde da aquisição até á dispensação


final dos produtos. E possuir padrões atualizados que definam regras para todo
processo, privilegiando a segurança nos mesmo.

Manutenção das condições higiênicas e sanitárias adequadas a cada ambiente


da farmácia , incluindo higiênização para enfrentamento do Covid 19.

3. MATERIAL NECESSÁRIO:

Paletes, para aparar as caixas, durante o recebimentos;

Prateleiras, destinação dos produtos, por organização alfabética;

Gondolas;

Balcões com gavetas.

Caixas organizadoras com tapas.

4. APLICAÇÃO/ PROCEDIMENTO:

Esse procedimento padrão, é aplicado a todos os funcionários e setores da


empresa. Tem como estabelecer os requisitos gerais de boas práticas a serem
observadas na assistência farmacêutica para proporcionar atendimento e
produtos de qualidade á população.
Farmácia do Procedimento Operacional Padrão Página: 2 de 3
Trabalhador da – POP. Com base na RDC
Cidade 44/2009.
Título: Implantação de Assunto: Aquisição/ Recebimento/ Data de Emissão:
Procedimento Armazenamento/Organização/ Janeiro / 2021
Operacional Padrão. Dispensação de medicamentos.

5. DIVULGAÇÃO/DISTRIBUIÇÃO DE COPIAS:

Esse Procedimento Operacional Padrão será divulgado por o responsável


técnico do estabelecimento.

O presente POP terá cópias disponibilizadas na empresa.

6. PROCEDIMENTOS :

Para aquisição é assegurado que os fornecedores garantam as nota fiscais


dos produtos e condição de entrega que mantenha a qualidade dos produtos
adquiridos.

Para o armazenamento dos medicamento e insumos são desenvolvido um


conjunto de processos técnicos e administrativos que incluem diversas
atividades descritas abaixo:

Observar se os medicamentos exigem cuidados especiais de armazenamento:


Psicotrópicos em armários fechados com chave;
Todos os medicamentos e insumos devem ser estocados em local que não
receba a luz direta do sol;
Não colocar diretamente no chão;
Os medicamentos devem ser estocados nas prateleiras em ordem alfabética
por nome genérico em suas embalagens original. As caixas abertas devem ser
destacadas e identificadas com o nome Aberto;
Evitar armazenar medicamentos parecidos ou com lotes diferentes juntos, no
mesmo estrado ou prateleira, para impedir possíveis trocas da hora da
expedição;
No sistema são lançados todos os medicamentos e produtos com suas datas
de validade, devem seguir o procedimento primeiro que vence, primeiro que
sai;
Realizar o controle diário de temperatura e humidade através da verificação do
termo higrômetro,
Considerar temperatura em torno de 15-30°C , umidade máximo 70%.
Não armazenar os medicamentos diretamente sobre o piso ou encostados na
parede. Armazene-os com uma distância mínima de 50cm de parede e 1m do
telhado;
Observe o empilhamento máximo de acordo com a recomendações do
fabricante;
Inspecione o estoque rotineiramente e rigorosamente para identificar possíveis
alterações nos produtos e garantir que o espaço destinado ao armazenamento
de medicamento esteja limpo e organizado;
O descarte, ao serviço terceirizado de coleta de resíduos; a empresa
contratada para a coleta e destinação final dos resíduos ( BIOACESS), BIO
RESIDUOS TRANSPORTES LTDA- 08.680.158/0001-61.

Emitido por: Maria Carolina De Lima Santos/ Revisado por: Lorena Reis Alexandrino/
Aprovado por: Maria Carolina De Lima Santos/ Data de Elaboração: 25 de Jan de 2021/ Data
da última modificação: 10 de agosto de 2021

Salvador, 10 de agosto de 2021.

_______________________________________________
Emitido por : MARIA CAROLINA DE LIMA SANTOS
Responsável Técnico(a) CRF-BA: 014245