UFF – Universidade Federal Fluminense

O&M
Organizações e Métodos I
UNIDADE I – INTERODUÇÃO À O&M Fabio Siqueira

O&M
1. 2. 3. 4. 5.

Apresentação do professor Teste de sondagem (reconhecimento da turma) Apresentação dos métodos de trabalho Composição das notas O cuidado com as faltas

O&M
VAMOS PENSAR JUNTOS
 Eu sou uma pessoa organizada,

sistemática e metódica?
 Se não somos, como administradores

há algo errado conosco. Obs.: não tomemos e nem utilizemos estas palavras de maneira pejorativa.

O&M
ORIGEM DE O&M
 Tem sua origem na Escola Clássica (tendo Taylor como

precursor e maior contribuinte).
 Administração científica.  Estudo dos Tempos e Movimentos.  Desenvolvimento de procedimentos.  Mecanização e controle exagerado...

visando à eficiência e à eficácia de tais estruturas.  Efetuar cálculos de lotação de pessoal. . tempos.  Fazer estudos de arranjo físico. métodos e movimentos e de distribuição de trabalho.  Racionalizar e simplificar os métodos de trabalho.  Elaborar documentos referentes a normas e estruturas.O&M AS PRINCIPAIS ATIVIDADES DO ANALISTA DE O&M  Montar e reformular estruturas organizacionais.

. guias de instrução e gráficos organizacionais fluxogramas e demais diagramas). produtividade. (organogramas.O&M CONTINUAÇÃO  Elaborar e manter atualizado os manuais de serviços.  Implantar e controlar métodos voltados para a elevação da  Definir atribuições e áreas de competência de órgãos e pessoas.

 realizar os trabalhos dos mesmos (analistas).  estudar os ciclos organizacionais. desde que devidamente preparado para tal.O&M CONTINUAÇÃO  Introduzir processos automatizados onde haja necessidade e vontade de viabilizá-los.  realizar a análise organizacional.  estudar os sistemas da organização e os métodos de trabalho. .  atuar em conjunto com os outros analistas e.

Identificar o problema Analisar e ordenar as idéias Estabelecer plano Vender a idéia Motivar Implantar e acompanhar Avaliar e corrigir Obter e sintetizar as informações . 6.O&M AÇÕES CONTUNDENTES DO ANALIS DE O&M 1. 5. 8. 4. 7. 2. 3.

devido ao uso da TI pelas empresas. Sistemas e Métodos (OSM). . o O&M foi mudando gradativamente para Organização.O&M DE O&M PARA OSM?  Com a necessidade de organização.

transforma ou monta um bem ou um serviço que a empresa vende. e repassa para o departamento para desenvolver. PRINCIPAIS METAS DO ANALISTA DE PROCESSOS  a melhoria do processo que vai suportar um negócio.  ele é o profissional que formaliza início.O&M O SURGIMENTO DE NOVOS ANALISTAS  Cuida de toda a cadeia do processo produtivo. meio e fim do conjunto de atividades que produz. do início ao fim.  levanta todos os fluxos. criando pontos entre os profissionais que atuam nessa cadeia. cria documentação. .

 ele tem poder de determinar a vida ou a morte de uma ou de todas as atividades que formam e até agregar valores diferentes. confecção. fazendeiro.  As atividades do analista de processo compreendem uma cadeia do fornecedor ao cliente. cliente. .O&M CONTINUAÇÃO  ele agrega valor ao bem ou ao serviço produzido pela a empresa. EXEMPLO DE PROCESSO PRODUTIVO  Produção de roupa de lã. loja. tendo a parte produtiva interna como a concentração de esforços na questão: custos e controle de qualidade do produto fornecido. partindo da ovelha. tosquiador. tecelagem.

o armazenamento e a recuperação de informações. instala e cria programas para facilitar a consulta. .  Administra banco de dados e redes de computadores. Controla o fluxo de informações numa empresa.O&M ANALISTA DE SISTEMAS  É voltado ao processamento de informação.  Ele planeja e orienta o processamento. e o acesso do usuário a elas.

criando e instalando aplicativos. .  SUPORTE TÉCNICO – proporciona manutenção a redes de computadores de uma organização.  MARKETING E VENDAS – gerencia a comercialização de equipamentos e softwares.O&M ATUAÇÃO DO ANALISTA DE SISTEMAS  EMPRESAS – agiliza o processo de comunicação.

na reserva necessária de informações à tomada de decisões.O&M  Resumindo – o ANALISTA DE SISTEMAS tem papel importante na ordenação e encaminhamento de informações. .

é óbvio.  A função de OSM é obter eficiência e eficácia da estrutura administrativa e sistemas por meio de técnicas científicas de redução de tempo. esforços e custos. . quando não existe o acréscimo de práticas e atitudes já instaladas pela rotina.O&M A FUNÇÃO DE O&M  OSM é usada no âmbito geral como uma função que diagnostica males administrativos e depois os cura.  A unidade de OSM também pode ser chamada a estabelecer uma função inteiramente nova e o trabalho será. consideravelmente mais fácil.

UNIDADE II UNIDADE II – INTERODUÇÃO À O&M “A Estrutura Organizacional e a Racionalização do Trabalho” .

1992) .  Sobre a organização O&M estuda a estrutura organizacional e os processos organizacionais.  Organização é uma combinação de esforços individuais que tem por finalidade realizar propósitos coletivos (MAXIMINIANO. o que nos dá um sentido de colocar cada coisa no seu lugar.O&M ORGANIZAÇÃO  Organizar pode significar ordenar. mas também pode significar “dispor convenientemente as partes de um organismo”.

os processos e métodos de trabalho de forma a ajudá-la a atingir seus objetivos.O&M A FUNÇÃO DA ÁREA O&M NA EMPRESA  Definir a infra-estrutura. definindo sua infra-estrutura de funcionamento. • renovação organizacional em sintonia com as demandas dos ambientes externo e interno. AS RESPONSABILIDADES DA ÁREA DE O&M NA EMPRESA • modelagem da empresa. • definição ou redefinição dos processos de trabalho. .

DIAGNÓSTICO INTERVENSÃO DIAGNÓSTICO – busca entender a situação atual da organização e seus problemas. . através de técnicas de levantamento de dados.  Nessa fase o analista irá identificar o clima organizacional. a estrutura. os métodos de trabalho e os processos.O&M O TRABALHO DO ANALISTA DE O&M  O analista de O&M deve ser um agente que promova a mudança organizacional (consultor interno ou externo).

A constante renovação corresponde a sobrevivência da organização. para controle dos resultados alcançados. e – Implantação e acompanhamento direto e intensivo do analista. . – Análise crítica.O&M A INTERVENSÃO • Trata da mudança organizacional planejada onde é feito: – Planejamento.

de agrupar as atividades. espaços. os recursos. divisões. equipamentos. competência) e os processos decisórios visando alcançar os objetivos organizacionais.) ou à organização do trabalho e das operações produtivas.)  São as partes físicas (edifícios. etc.O&M ESTRUTURA ORGANIZACIONAL  A estrutura organizacional representa a disposição das unidades componentes (departamentos. seções. etc.  A estrutura organizacional é uma forma de ordenar. os níveis de alçada (âmbito. influência. .

O&M VISÃO DE DRUCKER (1964) – acredita que para definir uma estrutura é necessário proceder às seguintes análises:  Análise das atividades: os trabalhos que serão feitos. seus agrupamentos por tipos e a importância de cada um. e  Análise das relações: qual a contribuição do trabalho de cada departamento para os níveis superiores.  Análise das decisões: como ocorre a distribuição de níveis de autoridade e responsabilidade. . inferiores e laterais.

medidas de desempenho compatíveis com os objetivos e motivação para o trabalho.O&M VISÃO DE ACKOF (1974:60) – orienta sobre o planejamento de uma estrutura. e atribuir sua  Proporcionar a todos os níveis: informações e recursos para desempenhar as tarefas. que deveria observar o seguinte:  Identificar as tarefas desempenhadas. . físicas e mentais a serem  Agrupar essas tarefas em funções responsabilidade a pessoas ou grupos.

 Por produtos.  Informal.  Linha-staff ou mista  Funcional.  Por clientes.O&M OS TIPOS DE ESTRUTURA ORGANIZACIONAIS  Linear ou militar. .  Por projetos.  Territorial.  Matricial e.

O&M Qualquer empresa possui dois tipos de estrutura: a formal e a informal  A estrutura formal é aquela planejada e formalmente representada pelo organograma.  A estrutura informal é a rede de relacionamentos não documentados e não reconhecidos oficialmente entre os membros de uma organização. . Surgem em decorrência das necessidades pessoais e grupais de relacionamento entre os empregados. Deve ser montada ou reestruturada considerando as necessidades da empresa e as características do ambiente onde atua.

 É baseada na organização dos antigos exércitos.as comunicações entre as pessoas ou unidades são feitas unicamente por meio das linhas existentes no organograma › Aspecto piramidal .2 B .3 C .Estrutura Linear ou Militar  É a estrutura organizacional mais simples e antiga.3 .acontece em decorrência da centralização da autoridade no topo da organização A Comandante Tropa I B C Tropa II B .2 C .1 B .cada superior tem autoridade única e absoluta sobre seus subordinados › Linhas formais de comunicação .  Tem como características: › Unidade de comando .1 C .

 Não favorece o espírito de cooperação.Estrutura Linear ou Militar Vantagens:  Simples e de fácil Desvantagens:  Exige chefes excepcionais.  Clara delimitação de responsabilidade.  Pouca facilidade para atuar em ambientes instáveis.  Favorece o aumento da burocracia.  Sobrecarrega a Direção. . compreensão.  Facilidade de funcionamento e de comando.

destinguindo-se pela existência de órgãos de staff com função de prestar serviços especializados e consultoria técnica.3 .1 B .1 B .2 C .2 B .3 C .Estrutura Linha-Staff ou Mista  Segue as características básicas da Estrutura Linear. A S taff B C S taff C .

especializada mantendo a unidade de comando. .Estrutura Linha-Staff ou Mista Vantagens:  Assegura assessoria Desvantagens:  Possibilidades de conflito entre o staff e chefes de linha.  Tira sobrecarga dos chefes de linha.  Requer hábil coordenação das orientações ou sugestões emanadas do staff. especialistas em qualquer ponto da linha hierárquica.  Permite participação de  Os técnicos procuram agradar aos executivos. podendo estes se empenhar em atividades básicas e fundamentais como produzir e vender.  Reduz o espírito de iniciativa dos chefes.

as comunicações entre os órgãos Engenharia Marketing Produção O&M Compras .são delegadas aos órgãos ou cargos especializados que possuam o conhecimento necessário para melhor implementá-las ou cargos existentes são efetuadas diretamente DIREÇÃO › Linhas diretas de comunicação . quando se defrontou com o excessivo e variado volume de atribuições concentradas nos mestres de produção de uma siderúrgica americana que adotava tal estrutura  Apresenta as seguintes características: › Ênfase na especialização .Estrutura Funcional  Resultou de um trabalho crítico feito por Taylor à Estrutura Linear.cada órgão ou cargo contribui com sua especialidade para a organização › Descentralização das decisões .

H u m a n o s M A R K E T I N G F i n a n ç a s Líder de Equipe do Projeto Líder de Equipe do Projeto 1 Líder de Equipe do Projeto 2 Líder de Equipe do Projeto 3 Líder de Equipe do Projeto 4 .Estrutura Matricial Adm Geral R .

 Os gerentes funcionais tendem a encarar seus funcionários como se fossem de sua propriedade.  Podem ocorrer excesso de reuniões para resolução de assuntos sem importância .Estrutura Matricial Vantagens:  Melhora a comunicação na empresa. Desvantagens:  Disputa de poder entre gerentes de projetos e funcionais.  Promove um maior relacionamento interpessoal.  Permite que um maior número de empregados tenham a visão global da empresa.

Humanos Finanças .Estrutura Funcional Adm Geral Marketing Rec.

Estrutura Funcional Vantagens:  Promove o aperfeiçoamento Desvantagens:  Dificuldade para apurar responsabilidades.  Custo inicial mais elevado (formação das áreas). e a especialização.  Não necessita de elemento humano excepcional.  Tendência á concorrência entre especialistas podendo gerar conflitos e resistências.  Proporciona melhor supervisão técnica. .  Desenvolve comunicações diretas.  Apresenta tendências para diminuir a rapidez da ação.  Diminui a projeção individual.

 Cada empregado é subordinado ao mesmo tempo a um gerente funcional ou de divisão e a um gerente de projeto ou de grupo.Estrutura Matricial  É oriunda de uma estrutura funcional  Características  Possibilidade de mais de uma atribuição funcional por empregado. .  Provoca um maior relacionamento e troca de informações entre os departamentos.

Estrutura Informal Estrutura Formal Personalidade Individual Formação do Grupo Surgimento da Organização Informal .

Estrutura Informal Características da Estrutura Informal  Enquanto a organização formal está confinada ao horário de trabalho. a organização informal pode ocorrer em um local qualquer.  A organização formal está circunscrita a um local físico determinado. .  A organização formal limita-se aos assuntos exclusivos da empresa enquanto a informal amplia-se a todos os interesses comuns das pessoas envolvidas. a organização informal pode prolongar-se para o período de lazer ou tempo livre das pessoas.

Estrutura Informal Características da Estrutura Informal  Podem ser mais influentes do que os relacionamentos formais que aparecem no organograma. .  Mas também podem opor-se aos objetivos da organização (como conseguir alta produtividade).  Estes grupos podem apoiar os interesses da organização pelo fortalecimento dos vínculos de seus membros com ela. quando coisas desse tipo são consideradas como “perigosas” aos interesses do grupo.

impõem e perpetuam as normas e valores sociais e culturais essenciais aos membros do grupo.  e proporcionam aos membros a satisfação e status social que a organização formal pode não dar. .Estrutura Informal  As organizações informais executam três funções importantes:  estabelecem.  estimulam a comunicação efetiva e dinâmica.

especialmente no que tange às metas da organização. .Estrutura Informal  Problemas: podem criar conflito. encorajar a resistência à mudança e conduzir à conformidade os membros. inclusive restringindo o desempenho. gerar e espalhar rumores.

 as atividades operantes exigidas para realizar esses objetivos. ORGANIZACIONAL  A natureza dos objetivos estabelecidos para a empresa e seus membros.  a seqüência de passos necessária para proporcionar os bens ou serviços que os membros e clientes desejam ou necessitam.O&M FATORES INTERNOS QUE INFLUENCIAM A EST. .

O&M  as funções administrativas a desempenhar.  as necessidades sociais dos membros da empresa.  as limitações da habilidade de cada pessoa na empresa e limitações tecnológicas.  tamanho da empresa. .

O&M CONDICIONANTES DA ESTRUTURA ORGANIZACIONAL  Fator Humano . administrativa. de .  Fator Ambiente Externo .Considera as seguintes capacidades: técnica. de cooperação e de integração. de comando.Análise do processo relacionamento entre a empresa e seu ambiente.

O&M  Fator Sistema de Objetivos e Estratégias . .Objetivo é o alvo ou situação que se pretende atingir.Considera o fator tecnológico como o conjunto de conhecimentos que são utilizados para operacionalizar as atividades na empresa para que seus objetivos possam ser alcançados.  Fator Sistema de Objetivos e Estratégias .

O&M NÍVEIS DE INFLUÊNCIAS DA EST.  NÍVEL OPERACIONAL – pode ser considerado como a formalização. .  NÍVEL TÁTICO – tem por finalidade otimizar determinada área de resultado e não a empresa como um todo. das metodologias de desenvolvimento e implementação estabelecidas. principalmente através de documentos escritos. ORGANIZACIONAL  NÍVEL ESTRATÉGICO – o nível estratégico de influência considera a estrutura organizacional de toda a empresa e a melhor interação desta com o ambiente.

ORGAIZACIONAL Aspectos a serem considerados:  análise e aprovação pela diretoria da empresa (aspectos conceituais)  análise e aprovação pelos responsáveis das várias unidades organizacionais (aspectos conceituais e principalmente descritivos)  implantação efetiva  acompanhamento e avaliação do processo .O&M PROCESSO DE IMPLANTAÇÃO DA EST.

Para tanto deve-se fazer:  levantamento da estrutura atual (REAL)  delineamento da estrutura ideal (IDEAL) .O&M PROVAVEIS RESISTÊNCIAS Avaliação da Estrutura Organizacional  É um procedimento através do qual se verifica o que a estrutura organizacional tem de bom e de ruim.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful