Você está na página 1de 20

Anglo Vestibulares

UFRGS 2005
1º DIA
História

GABARITO

Comentada pelos professores Alexandre Schiavoni, Fernando Altenhofen e


Regina Curtis

Questão 31

Na Antigüidade clássica, a Grécia não existia enquanto entidade política. Antes,


configurava uma comunidade lingüística (onde se falava o grego, com
variantes e dialetos) que compartilhava santuários e crenças, costumes e
hábitos, formando uma civilização. Em termos geográficos, porém, era dividida
em um grande número de cidades, de tamanho e importância variados,
independentes umas das outras e freqüentemente rivais. A propósito das
características dessas cidades, considere as seguintes afirmações.
I - Cada cidade, por constituir um verdadeiro pequeno Estado, possuía um
regime político que lhe era próprio e instituições que variavam
consideravelmente de uma localidade para outra.
II - Atenas foi, sobretudo na época clássica, a mais destacada das cidades.
Seu modelo democrático baseava-se no princípio de isonomia, isto é, de
igualdade de direitos extensiva ao conjunto de seus cidadãos,
III- Em nome da excelência militar e da ação bélica contínua, o regime
monárquico espartano concedia a todos os seus habitantes o estatuto de
cidadão, pelo qual os grupos sociais exerciam em igualdade de condições os
direitos e deveres nos assuntos da cidade.
Quais estão corretas?
(A) Apenas I. (D) Apenas I e II.
(B) Apenas II. (E) I, II e III.
(C) Apenas III.

RESOLUÇÃO & COMENTÁRIO

LETRA D

A questão sobre Grécia Antiga cobra na primeira afirmativa alguns


conhecimentos gerais sobre aquela civilização. As afirmativas II e III destacam
as diferenças entre Atenas e Esparta. Em Atenas a igualdade política foi
estendida a todos cidadãos, porém, nem todos habitantes eram considerados
cidadãos atenienses. Já em Esparta, ao contrário do que é afirmado, o regime
político caracterizava-se pelo monopólio das decisões por parte de uma
oligarquia guerreira que explorava a maior parte da população constituídas
pelos hilotas.

ÍNDICE

Questão 32

Maomé, nascido em Meca, na Arábia, insatisfeito com o paganismo geralmente praticado na


região, declarou ter visto o anjo Gabriel que lhe apresentara um texto com a ordem de recitá-lo.
Considerando-se então o último e maior de todos os profetas, Maomé promoveu a conversão das
tribos da Arábia. A era muçulmana caracterizou-se pela
(A) divisão das esferas de poder político e de poder religioso, constituindo um Estado laico, onde
porém a Igreja assumia um lugar privilegiado.
(B) expansão territorial do Islã, que se fez inclusive às custas do Império Persa e do Império
Bizantino, enfraquecidos por graves crises internas.
(C) conversão forçada dos povos conquistados à nova religião do Islã, com a proibição dos cultos
judeus e cristãos e o confisco de terras.
(D) rejeição total à assimilação da cultura dos povos conquistados e das culturas antigas, em nome
da verdadeira compreensão da palavra de Deus.
(E) proibição das concentrações urbanas, do comércio e do desenvolvimento de novas técnicas de
trabalho, considerados contrários aos preceitos do Corão.

RESOLUÇÃO & COMENTÁRIO

LETRA B

A denominada “Era muçulmana”, que tem início após a morte de Maomé –


fundador do Islamismo – corresponde ao período em que teve início a primeira
Jihad Islâmica, isto é, o primeiro momento de expansão desta religião. Esta
“Era” representou, sobretudo, a unidade do mundo árabe e teve como uma de
suas principais características o respeito à religião e a cultura dos povos que a
partir do século VIII foram sendo conquistados. Ressalte-se, ainda, que para
esta civilização, ao contrário do Ocidente, não existe uma separação entre o
poder temporal (político) e o poder espiritual (religioso).

Questão 33

Em relação ao sistema feudal que se estabeleceu na Europa ocidental a partir do século XI,
considere as seguintes afirmações.
I - A Igreja, enquanto proprietária de imensos domínios fundiários, teve parte ativa no processo de
feudalização. No entanto, ela tentou amenizar a brutalidade da sociedade feudal através de
princípios como a Paz de Deus.
II - A repartição do poder na Baixa Idade Média era instituída por meio de um sistema de
vassalagem em que senhores de pequenos territórios tinham direitos e deveres para com senhores
cujos. territórios eram maiores. Sendo assim, o Rei, senhor de todos os senhores, sempre detinha
a maior parcela de terra.
III- Na Idade Média, não existia uma nítida separação entre o público e o privado, o que se refletia
nas diferentes instituições da época. Assim, a moralidade católica estava presente tanto na família
quanto na forma de se aplicar a justiça.
Quais estão corretas?
(A) ApenasI. (D) Apenas II e III.
(B) Apenas III. (E) I, II e III.
(C) Apenas I e III.

RESOLUÇÃO & COMENTÁRIO

LETRA C

Os primeiros séculos da Baixa Idade Média caracterizaram-se, entre outros


aspectos, pelo início do apogeu do mundo feudal. Neste, a Igreja Católica,
proprietária de vastos territórios na Europa Ocidental e em contradição com
seu discurso cristão, funcionava na mesma lógica de exploração dos
camponeses que os senhores feudais. Estes relacionavam-se entre si, através
do sistema de suserania e vassalagem, cuja principal característica era a
relação de fidelidade estabelecida entre estes homens, que por pertencerem à
mesma classe – a nobreza – não se distinguiam em função das dimensões
territoriais que possuíam.

ÍNDICE

Questão 34

Entre 1511 e 1516, foram escritas na Europa três das mais fundamentais obras
da Renascença, ElogíÓ da Loucura, de Erasmo de Roterdã, 0 Príncípe, de
Nicolau Machiavel, e Utopía, de Thomas Morus. Diferentes pelo tom e pelas
respostas que trazem, essas obras têm em comum uma constatação bastante
sombria da sociedade da época e a ambição de edificar um mundo mais
harmonioso. Em relação aos ideais intelectuais humanistas e à conjuntura
histórica da época, considere as seguintes afirmações.
I - O pensamento humanista elaborou uma forte crítica à escolástica, embora
não tenha rompido com a idéia criacionista, colocando suas esperanças em
uma nova forma de educação.
II - O mundo dos humanistas foi um mundo animado por transformações: a
difusão da impressão mecânica, os progressos da navegação e a descoberta
de novas terras, a intensificação das trocas comerciais, a queda de
Constantinopla e o exílio de letrados gregos na Europa, todos fatores que
provocaram uma reflexão a propósito da condição humana.
III- O humanismo fundamentou-se, em primeiro lugar, na restauração da cultura
antiga, através de manuscritos que se haviam perdido desde a Antigüidade, os
quais são considerados como tesouros de uma cultura viva.
Quais estão corretas?
(A) Apenas I. (D) Apenas II e III.
(B) Apenas III. (E) I, II e III.
(C) Apenas I e II.

RESOLUÇÃO & COMENTÁRIO


LETRA E

A filosofia humanista buscou inspiração direta no passado greco-romano


fundamentalmente através da releitura de obras daquele período. Esta
característica, aliada à crítica ao pensamento medieval e à escolástica são
marcas fundamentais do Renascimento. Contudo, apesar destes traços e das
transformações políticas, sociais e econômicas ocorridas no período, os
humanistas ainda não questionavam a teoria criacionaista e, tampouco
formularam teorias capazes de substituí-las.

ÍNDICE

Questão 35

Em 1517, a revolta de um monge agostiniano, Martinho Lutero, marcou o


começo de uma transformação fundamental na história do cristianismo: a
Reforma protestante. Vários fatores encorajaram ao longo do tempo o
surgimento e a posterior receptividade desse movimento religioso.
Assinale a alternativa que apresenta um desses fatores.
(A) A oposição da Igreja Católica ao culto de relíquias, à hierarquia eclesiástica
e às doações materiais como meios de auxílio à salvação da alma e à
obtenção da justiça divina ocasionou a revolta dos defensores dessas práticas.
(B) Apesar de suas críticas à instituição católica, Lutero manteve a defesa da
especialização sacerdotal, da infalibilidade do Papa e da Igreja visível e
organizada representando o reino de Deus na Terra.
(C) Ao longo dos séculos XIV e XV, as guerras, as conseqüências da Grande
Peste e o Grande Cisma do Ocidente propiciaram o ambiente para os
questionamentos religiosos.
(D) A nítida separação entre o Estado e a Igreja, entre o sacro e o profano,
entre o religioso e o civil, que caracterizou o período medieval, foi decisiva para
o sucesso da mensagem de Lutero.
(E) O movimento humanista, a exemplo de um de seus expoentes, Erasmo de
Roterdã, ao tomar francamente o partido de Lutero e conceber uma natureza
pessimista e perversa do homem, contribuiu para a expansão das idéias do
monge agostiniano.

RESOLUÇÃO & COMENTÁRIO

LETRA C

O movimento reformista foi precedido por uma série de contestações ao


tradicionalismo religioso católico. A interpretação dos graves problemas da
crise do séc. XIV como “castigo divino” fez surgir movimentos que pregavam a
necessidade de uma prática religiosa mais próxima do fiel e afastada do luxo e
da corrupção. Além destes questionamentos ocorre o Cisma do Ocidente,
período no qual coexistiram dois papas, um em Roma e outro em Avignon.
Todo este quadro de crise institucional da Igreja Católica e de busca de uma
nova religiosidade por parte da população contribuiu para a posterior
receptividade aos movimentos reformistas.
Questão 36

Considere as seguintes afirmações, referentes à atuação do Tribunal do Santo


Ofício no Brasil colonial.
I - O principal tribunal inquisitorial atuante no Brasil estava sediado no Rio de
Janeiro, por ser essa cidade a capital do vice-reino.
II - Entre os principais delitos punidos pelo Tribunal, estavam as práticas
judaizantes, além da feitiçaria, da heresia e da bigamia.
III- A Inquisição portuguesa agia através das denominadas “visitações”, que
atingiram diversas regiões brasileiras, como a Bahia, Pernambuco e Grão-
Pará.
Quais estão corretas?
(A) Apenas II. (D) Apenas I1 e III.
(B) Apenas I e II. (E) I, II e III.
(C) Apenas I e III.

RESOLUÇÃO & COMENTÁRIO

Letra D

A Inquisição no Brasil colonial, iniciada em 1591, ocorria através das chamadas


‘visitações’. Foram poucas as visitações realizadas e geralmente visavam os
locais mais populosos da colônia (Bahia, Pernambuco, Grão-Pará). Nestas
visitas o Santo Ofício buscava combater os ‘males’ tidos como mais freqüentes
nos trópicos: a feitiçaria (sincretismo religioso de índios e negros e a
religiosidade popular), a bigamia, as práticas judaizantes (os cristãos-novos) e
a heresia. Em suas visitas, a Inquisição chegou a enviar a Lisboa cerca de 500
pessoas para serem julgadas A capital da colônia era Salvador – o Rio de
Janeiro somente em 1763 passa a ser capital da colônia.

ÍNDICE

Questão 37

Leia abaixo um trecho do relatório elaborado pelo embaixador veneziano


Giustiniani no período em que serviu na França.
“Seu objetivo era tornar o país inteiro superior a qualquer outro em opulência,
abundante em mercadorias, rico em manufaturas e fecundo em bens de todo
tipo, não tendo necessidade de nada e dispensando todas as coisas dos outros
Estados. Em conseqüência, ele nada negligencia a fim de aclimatar na França
as melhores indústrias de cada país e impede por diversas medidas os outros
Estados de introduzir seus produtos no reino
Quanto mais ele se encanta em ver entrar o ouro dos outros no reino, tanto
mais é zeloso e cuidadoso em impedir a sua saída, e, para isso, as ordens
mais severas são dadas por todos os lugares
Citado em BERSTEIN, Serge. Histoire. Paris: Hatier, 1990. p. 29.
Considerando os dados emanados do relatório e a época histórica, a política
econômica a que o texto se refere é
(A) o Feudalismo. (D) a Fisiocracia.
(B) o Liberalismo. (E) o Mercantilismo.
(C) o Capitalismo.

RESOLUÇÃO & COMENTÁRIO

LETRA E

O trecho do relatório exposto traz inúmeros indícios que permitem ao


vestibulando concluir estar referindo-se a política-econômica denominada
Mercantilismo. Por exemplo, o embaixador veneziano, ao referir-se aos
objetivos dos franceses em serem auto-suficientes em termos de mercadorias
e manufaturas, faz uma clara alusão às práticas industrialistas desta nação e,
por conseguinte, a seu objetivo de obter uma balança comercial favorável.
Outra prática mercantilista perceptível no trecho é a referência indireta feita ao
metalismo, isto é, à idéia de que uma nação para se fortalecer
economicamente deve acumular a maior quantidade possível de metais e,
portanto, evitar ao máximo a sua saída do respectivo reino.

ÍNDICE

Questão 38

No século XVIII, a filosofia das Luzes - o Iluminismo - constituiu um momento


decisivo na história das idéias. Assinale com V (verdadeiro) ou F (falso) as
afirmações abaixo, referentes nsse tema.
( ) O movimento das Luzes teve seu maior esplendor na França, que constituía
a maior potência da Europa ocidental, seja pelo número de habitantes, seja
pelos recursos econômicos.
( ) A despeito da concepção positiva da natureza humana e, portanto, da
crença da perfectibilidade do homem, os pensadores iluministas recusaram
qualquer engajamento na vida pública, negando a validade das reflexões
políticas.
( ) As Luzes encontraram suas raízes no progresso realizado no campo
científico, ao longo do século XVII, através das contribuições de Galileu e
Pascal, entre outros.
( ) Como príncípio-chave, a filosofia iluminista almejava fazer progredir o
espírito crítico através de uma reflexão livre: a razão tornou-se o imperativo
supremo.
( ) O século das Luzes pôde atingir tamanho desenvolvimento na medida em
que contou com a mais ampla liberdade de expressão e de imprensa, à qual o
Estado não impunha censuras.
A seqüência correta de preenchimento dos parênteses, de cima para baixo, é
(A) F - F - V - V - V. D) V - F - V - V - F.
(B) V - V - F - F - F. (E) F - V - F - F - V.
(C) F - V - F - V - V.

RESOLUÇÃO & COMENTÁRIO

LETRA D
De todas as afirmações apresentadas, apenas a primeira poderia ter
despertado dúvidas no vestibulando, uma vez que apresenta a França como a
maior potência da Europa Ocidental no século XVIII. A afirmação é, inclusive,
questionável já que a França deste século, além de ter sido derrotada na
Guerra dos Sete Anos, encontrava-se com o Tesouro Real falido, realidade
esta que acabará culminando no processo revolucionário de 1789. Em
oposição a este quadro de debilidade econômica e instabilidade política, a
Inglaterra encontrava-se com sua Monarquia Parlamentar já consolidada e
numa situação econômica vantajosa frente aos demais países da Europa.
Portanto, fica a dúvida: podemos considerar a primeira afirmativa verdadeira?

ÍNDICE

Questão 39

Leia abaixo parte da Declaração de Independência americana.


”Nós defendemos estas verdades [ ... ]: que todos os homens nascem iguais;
que o Criador os dotou de certos direitos inalienáveis, entre os quais a vida, a
liberdade e a busca da felicidade; que, para garantir esses direitos, os homens
instituem em seu meio governos cujo justo poder emana do consentimento dos
governados; que, se um governo, não importa a sua forma, venha a
desconhecer esses fins, o povo tem o direito de modificá-lo ou de aboli-lo e de
instituir um novo governo, que será fundado sobre tais princípios [ ... ].”
Citado em BERSTEIN, Serge. Histoire Paris: Hatier, 1990. p. 46.
Avaliando os princípios da Declaração, que se pretendem de valor universal,
pode-se concluir que, no plano das idéias, ela foi especialmente influenciada
pela
(A) definição de pacto ou contrato social proposta por Locke e Rousseau, em
nome da qual os fundadores dos Estados Unidos insistiram no direito à
revolução política contra governos despóticos.
(B) doutrina político-religiosa da escolástica, elaborada, em especial, por São
Tomás de Aquino.
(C) defesa da “monarquia esclarecida”, desde que essa garanitisse a liberdade
política e econômica dos indivíduos.
(D) concepção da não-separação dos três poderes desenvolvida por
Montesquieu, com o apoio popular, e aplicada ao conjunto da Federação.
(E) perspectiva da extensão dos direitos de igualdade a todos os homens,
independentemente de cor, religião, renda econômica ou posição política.

RESOLUÇÃO & COMENTÁRIO

LETRA A

O trecho da declaração de Independência dos EUA deixa claro o direito a


rebelião contra governos tiranos defendido pelo documento. Estas idéias são
originadas da interpretação de Locke e Rousseau sobre a teoria do contrato
social. Contudo, a convergência entre os pensadores para por aí. O modelo
político adotado pela constituição dos EUA acabou se aproximando muito mais
do liberalismo elitista de Locke do que das propostas democráticas de
Rousseau já que, vale lembrar, a escravidão naquele país só será abolida no
século XIX.
ÍNDICE

Questão 40

Levando-se em consideração a origem social dos seus protagonistas, pode-se


afirmar que a chamada Inconfidência Mineira foi
(A) um movimento de contestação ao sistema colonial que teve como seus
principais agentes idealizadores os grandes fazendeiros e mineradores, além
de burocratas e militares.
(B) um movimento encabeçado pelos grandes proprietários de escravos,
insatisfeitos com a cobrança da taxa de capitação sobre a mão-de-obra cativa.
(C) uma revolta dos mineradores, liderados por Felipe dos Santos, que
protestaram contra a instalação das Casas de Fundição.
(D) uma sedição que teve a decisiva participação das massas populares
(especialmente artesãos e camponeses), lideradas pelo soldado José Joaquim
da Silva Xavier, conhecido como o “Tiradentes”.
(E) uma conjuração liderada pelos intelectuais residentes nas vilas mineiras,
que se reuniam para conspirar contra o governo metropolitano nos encontros
da Sociedade Literária.

RESOLUÇÃO & COMENTÁRIO

Letra A

A Inconfidência Mineira, em que pese abrir o ciclo de revoltas


emancipacionistas, não contou com decisiva participação das massas
populares. Foi antes um movimento da elite mineira (intelectuais, militares,
burocratas, fazendeiros) que se opunha ao excessivo rigor da exploração
metropolitana.

ÍNDICE

Questão 41

Observe o mapa abaixo, que apresenta as principais povoações portuguesas


situadas no sul da América em meados do século XVIII.
Considerando a numeração, em ordem crescente, dos núcleos populacionais
indicados nesse mapa, a alternativa que apresenta a seqüência correta é
(A) Colônia do Sacramento - Pelotas - Porto Alegre - Santo Antônio - Laguna.
(B) Montevidéu - Rio Grande - Porto Alegre - Rio Pardo - Laguna.
(C) Maldonado - Pelotas - Viamão - Triunfo - Desterro.
(D) Montevidéu - Pelotas - Víamão - Triunfo - Desterro.
(E) Colônia do Sacramento - Rio Grande - Viamão - Rio Pardo - Laguna.

RESOLUÇÃO & COMENTÁRIO

Letra E
O vestibulando que associasse o nº 1 à Colônia do Sacramento já estaria
encaminhando a resposta. É quase obrigatório saber que a Colônia do
Sacramento foi construída (em 1680) pelos portugueses bem em frente a
Buenos Aires, com o objetivo explícito de participar do rico comércio ali
realizado. A seguir, o importante era definir 4 como Rio Pardo e não como
Santo Antônio da Patrulha e a resposta estaria pronta.

ÍNDICE

Questão 42

No Congresso de Viena, concluído em 1815, pouco antes da derrota de


Napoleão em Waterloo, os soberanos europeus vitoriosos fixaram os destinos
da Europa. Nessa reconstrução geopolitíca,
(A) a Inglaterra, lesada em posições estratégicas, perdeu definitivamente o
domínio dos mares para potências emergentes, como Espanha e Itália.
(B) a nova carta político-territorial da Europa assegurou o equilíbrio entre as
grandes potências ao reconhecer as aspirações nacionais.
(C) a França, apesar da derrota, foi poupada, não perdendo seus territórios
nem sendo obrigada a pagar indenizações de guerra, em nome do equilíbrio
europeu.
(D) a Rússia abdicou de qualquer pretensão de tornar-se a potência dominante
da Europa oriental, enquanto a Áustria, que conquistou a Bélgica, perdeu seus
domínios na Itália.
(E) o Brasil foi elevado à categoria de Reino Unido de Portugal e Algarves, o
que permitiu a permanência da família real no continente americano, sem
perda do trono.

RESOLUÇÃO & COMENTÁRIO

LETRA E

A reconstrução geopolítica estabelecida no Congresso de Viena teve como um


de seus mais importantes princípios a idéia do “Equilíbrio europeu”. Este
caracterizou-se, sobretudo, pela tomada das seguintes medidas: a manutenção
da hegemonia britânica nos mares e o domínio ou a liderança de nações como
a França e a Áustria sobre determinados territórios da Europa Ocidental, como
o sul da Itália, no caso francês, e dos estados formadores da Confederação
Germânica, cuja liderança ficou entregue à Áustria. Cabe ainda lembrar que
outras nações vitoriosas sobre Napoleão, como a Rússia não abriram mão de
suas pretensões expansionistas. Resta, portanto, a assertiva E, e vale lembrar
que a elevação à categoria de Reino Unido de Portugal e Algarve foi a
condição imposta ao Brasil para que este participasse do Congresso de Viena.

ÍNDICE

Questão 43

Assinale a alternativa que preenche corretamente as lacunas do texto abaixo,


na ordem em que aparecem.
Com a transferência da Corte portuguesa para o Brasil, uma das primeiras
medidas tomadas por Dom João foi a ........ . Como resultado dessa medida, o
pacto colonial foi na prática eliminado. No campo da política externa, as
atenções do novo Império luso-brasileiro miraram os dois extremos da fronteira
da América portuguesa, ou seja, a ....... e a ........ onde aconteceram
intervenções militares. Durante o período joanino, houve ainda a abertura do
Brasil ao olhar estrangeiro, que teve como decorrência a vinda de expedições
científicas e artísticas ao país, dentre as quais se destacou a ..........
(A) assinatura do Tratado de 1810 com a Inglaterra - Guiana Inglesa -
Cisplatina - Missão Francesa
(B) abertura dos portos às nações amigas - Guiana Inglesa - Cisplatina -
Missão Holandesa
(C) assinatura do Tratado de 1810 com a Inglaterra - Guiana Francesa -
Argentina - Missão Inglesa
(D) abertura dos portos às nações amigas - Guiana Francesa - Cisplatina -
Missão Francesa
(E) assinatura do Tratado de 1810 com a Inglaterra - Guiana Holandesa -
Argentina - Missão Inglesa

RESOLUÇÃO & COMENTÁRIO

Letra D

A chegada da Corte Portuguesa em 1808 e a conseqüente Abertura dos


Portos, coloca fim ao Pacto Colonial (uma colônia somente comercializa com
sua metrópole). Como represália a Napoleão, que havia invadido a Península
Ibérica, no mesmo ano da sua chegada, D. João invade a Guiana Francesa
(devolvida após C. Viena) e a Banda Oriental (Uruguai), anexado como
província Cisplatina em 1821. Em 1816 chega ao Brasil a Missão Artística
Francesa com o objetivo de criar a Academia Real de Belas Artes, introduzindo
do Brasil o Neoclassicismo.

ÍNDICE

Questão 44

Observe a ilustração reproduzida abaixo, que satiriza a atuação dos


denominados “corcundas”, os membros do Partido Restaurador em
Pernambuco.
A respeito da referida agremiação política, existente nos primeiros anos do
período regencial, é correto afirmar que, em nível nacional, seus membros
eram também conhecidos como
(A) “jurujubas”” e defendiam a autonomia provincial, além da descentralização
do poder imperial.
(B) “chimangos” e defendiam a manutenção da ordem existente, em particular
a monarquia e a escravidão.
(C) “caramurus” e defendiam a volta de D. Pedro I ao Brasil, além da
manutenção do absolutismo monárquico.
(D) “maragatos” e defendiam a implantação do regime republicano e a abolição
imediata da escravidão.
(E) “farroupilhas” e defendiam o sistema federativo, além da liberdade de
imprensa e de associação.
RESOLUÇÃO & COMENTÁRIO

Letra C

O vestibulando deveria estar atento a dois dados fornecidos: Regência e


Partido Restaurador. Dentre os 3 partidos existentes nas Regências
(Moderados, Exaltados, Restauradores), estes últimos eram os únicos que
defendiam o retorno de D. Pedro e a manutenção do absolutismo monárquico.

ÍNDICE

Questão 45

Observe a gravura abaixo.


A charge acima faz referência à chamada “Questão Religiosa”, ocorrida
durante o Segundo Reinado. Essa disputa entre o Estado Imperial e a Igreja
Católica aconteceu devido à
(A) rejeição, pelo governo, dos dispositivos da bula Syllabus, baixada pelo
papa Pio IX, que proibia a permanência de membros da maçonaria dentro dos
quadros da Igreja.
(B) adesão do governo de Dom Pedro I aos tratados de livre comércio de
escravos, o que era condenado pela Santa Sé, com base em argumentos de
cunho moral.
(C) rejeição da encíclica Rerum Novarurn, baixada pelo papa Leão XIII, que
defendia a coexistência harmoniosa do capital e do trabalho, no sentido de
evitar a luta de classes.
(D) adesão do governo imperial aos ditames do Tratado de Latrão, que limitava
os poderes da Igreja expressos na instituição do Padroado
(E) recusa do governo de Dom Pedro II em aceitar as manobras parlamentares
dos deputados católicos, visando à extinção do direito do Padroado.

RESOLUÇÃO & COMENTÁRIO

Letra A

A Questão Religiosa que ocorre durante a fase de decadência do II Reinado é


um conflito da Igreja com o Estado está relacionada com o Padroado e o
Beneplácito.

ÍNDICE

Questão 46

Na coluna da esquerda, abaixo, são citados cinco fluxos migratórios ocorridos


no Rio Grande do Sul; e, na coluna da direita, os estabelecimentos de quatro
daquelas correntes de povoamento.
Associe adequadamente as duas colunas.
1 - Imigração alemã
2 - Imigração italiana
3 - Imigração judaica
4 - Imigração polonesa
5 - Imigração francesa
( )Colônias Philiphson e Quatro Irmãos
( )Colônias Conde d’ Eu e Dona Isabel
( )Colônias Dom Feliciano e Guarani das Missões
( )Colônias de São Leopoido e São Lourenço do Sul
A seqüência correta de preenchimento dos parênteses, de cima para baixo, é
(A) 3 - 5 - 2 - 1. (D) 3 - 2 - 4 - 1.
(B) 1 - 2 - 3 - 5. (E) 1 - 4 - 3 - 2.
(C) 5 - 3 - 2 - 4.

RESOLUÇÃO & COMENTÁRIO

LETRA D

Para solucionar esta questão aparentemente complexa bastava que o


vestibulando conhecesse as colônias fundada pelos dois grupos majoritários de
imigrantes: alemães e italianos. Os alemães, cuja chegada completou 180
anos em 2004, fundaram São Leopoldo e, posteriormente, São Lourenço do
Sul. Os italianos, aportados no final do Império, fundaram as colônias de
Conde d’Eu e Dona Isabel, nomes imperiais, posteriormente trocados para
nomes republicanos: Garibaldi e Bento Gonçalves.

ÍNDICE

Questão 47

Observe o cartum abaixo, que faz referência à proclamação da República no


Brasil.

Considere as seguintes afirmações, referentes a elementos do cartum.


I - A figura feminina empunhando a bandeira representa a nova república
brasileira, instaurada através do golpe militar de 15 de novembro.
II - A bandeira representada na imagem constituiria a versão preliminar da
atual, que seria acrescida da divisa positivista.
III- Em segundo plano, montado a cavalo, aparece a figura do suposto
“proclamador,” da República, o marechal Floriano Peixoto.
Quais estão corretas?
(A) Apenas II. (D) Apenas II e III.
(B) Apenas I e II. (E) I, II e III.
(C) Apenas I e III.

RESOLUÇÃO & COMENTÁRIO

LETRA B

A ilustração destaca o momento da Proclamação da República, evento


consumado através de um golpe liderado pelo marechal Deodoro da Fonseca.
O positivismo foi a marca ideológica deste movimento no início do período
republicano, justificando a adoção do lema “Ordem e Progresso”. Vale destacar
ainda, que Floriano Peixoto, referido na questão foi o segundo presidente
americano.

ÍNDICE

Questão 48

Assinale com V (verdadeiro) ou F (falso) as afirmações abaixo, relativas ao


conjunto de tensões e crises que estavam no bojo da eclosão da Primeira
Guerra Mundial.
( )Vivas rivalidades opunham, a partir do começo do século XX, as potências
européias. Desde o fim do século XIX, a economia mundial entrara em uma
fase de expansão que acelerou a corrida a zonas de influência e aumentou as
tensões internacionais.
( )Alguns espaços geopolíticos não constituíam alvos de interesse e, portanto,
não sofreram, os efeitos da acirrada competição que se instalara, a exemplo
dos Bálcás, que, com o enfraquecimento do Império Otomano, reconstruíram
sua liberdade à margem das disputas européias.
( )O imperador alemão Guilherme II lançara seu país em uma política
mundialista (Weltpolitik) visando assegurar à Alemanha posições estratégicas,
matérias-primas, mercados de consumo e áreas de investimento para seus
capitais.
( )O crescimento da frota de guerra e o acelerado de-senvolvimento econômíco
da Alemanha inquietavam os britânicos, que sofriam a concorrência, nos
mercados internacionais, dos modernos produtos alemães.
( )A França, ao contrário da Inglaterra, ao não se sentir ameaçada pelo avanço
da Alemanha, apoiou desde o início o país germânico, constituindo o eixo
franco-alemão e dividindo mercados na Ásia e na Africa.
A seqüência correta de preenchimento dos parênteses, de cima para baixo, é
(A) F - F - V - V - V. (D) V - F - V - V - F.
(B) V - V - F - F - F. (E) F - V - V - F - V.
(C) F - V - F - V - V.

RESOLUÇÃO & COMENTÁRIO

Letra C

Questão simples. Sabendo-se que a assertiva II está errada, a resposta está


dada. A República Velha se caracteriza exatamente pelo favorecimento e
revezamento de São Paulo e Minas Gerais no poder federal (Política Café-
com-leite).

ÍNDICE

Questão 49

A respeito dos antecedentes da denominada Revolução de 1930, é correto


afirmar que
I - o governador Getúlio Vargas, no Rio Grande do Sul, manteve o apoio ao
governo federal, embora estivesse envolvido nas articulações políticas que
levaram à criação da Aliança Liberal.
II - existia na política nacional uma tradição de rotatividade na ocupação dos
cargos do Executivo federal, o que permitia a representação de todas as
regiões do país, sem favorecimento dos Estados mais fortes, como São Paulo
ou Minas Gerais.
III- o assassinato do político paraibano João Pessoa foi o fato catalisador que
precipitou as articulações dos golpistas, visando à deposição do presidente
Washington Luís.
Quais estão corretas?
(A) Apenas II. (D) Apenas II e III.
(B) Apenas I e II. (E) I, II e III.
(C) Apenas I e III.

RESOLUÇÃO & COMENTÁRIO

Letra C

Questão simples. Sabendo-se que a assertiva II está errada, a resposta está


dada. A República Velha se caracteriza exatamente pelo favorecimento e
revezamento de São Paulo e Minas Gerais no poder federal (Política Café-
com-leite).

ÍNDICE

Questão 50

Observe a charge abaixo, do cartunista brasileiro Belmonte.


Esta charge faz alusão
(A) ao Pacto Germano-Soviético (Pacto Molotov-Ribbentrop).
(B) à divisão do território polonês entre nazistas e soviéticos.
(C) ao apoio de Stalin à ascensão de Hitler ao poder na Alemanha.
(D) à ofensiva soviética depois da Batalha de Stalingrado.
(E) ao apoio da URSS à guerra-relâmpago nazista contra os países da Europa
ocidental.

RESOLUÇÃO & COMENTÁRIO

LETRA D

Os detalhes da imagem oferecida na questão podem levar, tranqüilamente, o


vestibulando a identificar na mesma o resultado principal da Batalha de
Stalingrado, que foi o início da contra-ofensiva soviética sobre os nazistas nos
territórios da URSS. Entre os principais indícios temos, por exemplo, a figura
de Stálin, dirigente máximo daquela federação, que se sobressai do restante
da imagem por sua dimensão e, ainda, a nítida referência aos soldados da
Alemanha nazista ao expor a suástica seja em suas bandeiras, seja em seus
próprios fardamentos.

ÍNDICE
Questão 51

Observe o mapa abaixo, que corresponde à Europa do período da Guerra Fria.

Associe os fatos indicados abaixo aos países em que eles ocorreram,


utilizando os números que lhes são atribuídos no mapa.
( ) Primavera de Praga
( ) Revolução dos Cravos
( ) Ação das Brigadas Vermelhas
( )Fim do Franquismo
( )Movimento estudantil de maior impacto internacional
A seqüência correta de preenchimento dos parênteses, de cima para baixo, é
(A) 15 - 10 - 13 - 5 - 11. (D) 15 - 6 - 2 - 13 - 8.
(B) 14 - 6 - 1 - 10 - 11. (E) 12 - 9 - 2 - 10 - 8.
(C) 12 - 9 - 13 - 2 - 6.

RESOLUÇÃO & COMENTÁRIO

LETRA E

Esta questão exigia do vestibulando conhecimentos não apenas históricos,


mas também geográficos uma vez que perguntava, sem oferecer os dados
necessários, em que nação os fatos citados ocorreram. Entretanto, para se
obter a resposta correta bastava lembrar que a Primavera dos Povos e a
Revolução dos Cravos ocorreram, respectivamente, na Tchecoslováquia e em
Portugal.

ÍNDICE

Questão 52

Assinale com V (verdadeiro) ou F (falso) as seguintes afirmações, relativas ao


governo Kubitschek.
( )0 golpe preventivo do general Lott garantiu a sua posse ao abafar o
descontentamento de setores militares e políticos contrariados com os
resultados finais da eleição de 1955.
( )Sua administração foi marcada pelo lema “Cinqüenta anos de progresso em
cinco de governo” e pela interiorização do governo central com a construção de
Brasília.
( )Sua política econômica foi delineada no Plano de Metas, ambicioso
programa que apontava para o desenvolvimento das indústrias de base e dos
setores energético, de transporte, alimentar e educacional.
( )Ele promoveu ampla atividade do Estado no setor de infra-estrutura e no
incentivo à industrialização, mas também desenvolveu ações para atrair
capitais estrangeiros.
( )Ele criou o Grupo Executivo da Indústria Automobilística (GEIA), com o
intuito estratégico de alavancar a produção de automóveis e caminhões com
capitais privados.
A seqüência correta de preenchimento dos parênteses, de cima para baixo, é
(A) V - F - V - F - F. (D) F - V - V - F - V.
(B) F - V - F - V - F. (E) V - V - V - V - V.
(C) V - F - F - V - V.
RESOLUÇÃO & COMENTÁRIO

Letra E

Após a eleição de 1955 foram eleitos JK e Jango para o período 56-61. O


resultado foi contestado pelos oposição conservadora (UDN e militares da
ESG) que tentou dar um golpe, frustrado pela ação do Mal. Lott. Garantida a
posse, JK teve seu governo marcado pela aplicação do Programa de Metas
que buscava realizar o slogan da campanha ‘50 anos em 5’. As metas
apontadas pelo Plano (energia, transporte, industria de base, alimentação e
educação ) configuraram o chamado desenvolvimentismo (ou ‘crescimento
acelerado’ da economia), e pressupunham o ingresso de capital estrangeiro
para promoção do desenvolvimento. Para dar agilidade ao Plano, JK criou o
GEIA que tinha como função acelerar o processo de instalação da indústria
automobilística no país.

ÍNDICE

Questão 53

Considere as seguintes afirmações, em relação às causas do processo de


descolonização europeu pósSegunda Guerra Mundial.
1 - A reestruturação do capitalismo mundial patrocinada pelos EUA implicou
que os monopólios coloniais existentes deviam abrir seus mercados cativos.
2 - A tomada de consciência e a mobilização dos povos oprimidos contra o
colonialismo se aceleraram com a sua participação no esforço de guerra das
suas metrópoles contra o Eixo.
3 - A Crise do Petróleo e a pressão política da OPEP sobre os países
industrializados da Europa ocidental inviabilizaram a manutenção dos impérios
coloniais.
4 - A URSS apoiou os movimentos de libertação nacional com vistas a ampliar
sua área de influência internacional.
5 - A Segunda Guerra Mundial produziu o esgotamento econômico, político e
militar das metrópoles européias.
Dessas cinco afirmações, apenas uma é incorreta. As afirmações corretas são
(A) 1 - 2 - 3 - 4. (D) 1 - 3 - 4 - 5.
(B) 1 - 2 - 3 - 5. (E) 2 - 3 - 4 - 5.
(C) 1 - 2 - 4 - 5.

RESOLUÇÃO & COMENTÁRIO

Letra C

O governo de Leonel Brizola no RS (1959-63) foi extremamente polêmico, quer


pelas suas relações com os movimentos populares (realizando reforma agrária
nas terras do “Banhado do Colégio), quer pela atenção à educação
(construindo as ‘brizoletas’), quer pela estatização da empresa estrangeira de
telefonia que dará origem à CRT (hoje privatizada). Afora isto, comanda em
1961 a resistência à tentativa de golpe sobre Jango, na Campanha da
Legalidade.
ÍNDICE

Questão 54

Considere as seguintes afirmações, referentes ao período de governo de


Leonel Brizola no Rio Grande do Sul (1959-1963).
I - Durante a crise de 1961, deflagrada com a renúncia de Iânío Quadros, o
governador Brizola liderou o chamado “’Movimento da Legalidade”, que acabou
assegurando a posse de João Goulart na presidência da República.
II - Brizola promoveu um cicio de privatizações na economia gaúcha, vendendo
empresas estatais ineficientes, em especial nos setores de energia elétrica e
telefonia.
III- Brizola realizou a primeira iniciativa de reforma agrária no Estado, quando’
assentou camponeses ligados ao MASTER (Movimento dos Agricultores Sem
Terra), nas terras do Banhado do Colégio, em Camaquã.
Quais estão corretas?
(A) Apenas I. (D) Apenas II e III.
(B) Apenas I e II. (E) I, II e III.
(C) Apenas I e III.

RESOLUÇÃO & COMENTÁRIO

Letra C

O governo de Leonel Brizola no RS (1959-63) foi extremamente polêmico, quer


pelas suas relações com os movimentos populares (realizando reforma agrária
nas terras do “Banhado do Colégio), quer pela atenção à educação
(construindo as ‘brizoletas’), quer pela estatização da empresa estrangeira de
telefonia que dará origem à CRT (hoje privatizada). Afora isto, comanda em
1961 a resistência à tentativa de golpe sobre Jango, na Campanha da
Legalidade.

ÍNDICE

Questão 55

Assinale com V (verdadeiro) ou F (falso) as afirmações abaixo, referentes ao


período do Regime Militar brasileiro.
( )Diferentemente de outras ditaduras de Segurança Nacional do Cone Sul, no
Brasil não ocorreram casos de desaparecimento de pessoas.
( ) Após vinte anos de regime militar, constatouse a existência de maior
concentração de renda, maior desigualdade social e considerável crescimento
do endividamento externo.
( )A tortura foi um instrumento da política repressiva, estando presente nos
“porões”” da ditadura.
( )O favorecimento às empresas multinacionais inviabilizou o desenvolvimento
de setores estatais considerados estratégicos, como a indústria armamentista e
o setor petrolífero.
( )“Brasil grande potência”, “Ninguém segura este país””, Virá frente Brasil” e
“Brasil, ame-o ou deixeo” foram exemplos de manifestações ufanistas da
propaganda oficial do regime.
A seqüência correta de preenchimento dos parênteses, de cima para baixo, é
(A) F - V - V - F - V. (D) V - F - V - F - V.
(B) V - V - F - V - V. (E) F - F - F - V - F.
(C) F - V - V - V - F.

RESOLUÇÃO & COMENTÁRIO

LETRA A

Durante a Ditadura Militar iniciada em 1964, o Brasil experimentou práticas


políticas tão autoritárias quanto àquelas aplicadas nos demais países do Cone
Sul. Assim, enquanto a oposição era calada via prisão, tortura ou
desaparecimento, crescia o lucro das empresas multinacionais e da elite
nacional, bem como nosso endividamento externo. Como ainda não vivíamos
sob o neoliberalismo esta abertura ao capital internacional não impediu a
existência e o desenvolvimento de setores estatais estratégicos, como os
citados na questão.

ÍNDICE

Questão 56

RESOLUÇÃO & COMENTÁRIO

ÍNDICE

Questão 57

Considere as seguintes afirmações sobre o Rio Grande do Sul no período do


Regime Militar.
I - 0 Estado foi monitorado pelo serviço de inteligência por ser rota estratégica
de fuga de perseguidos políticos e pela presença significativa de exilados
brasileiros nos países platinos
II - Dezenas de professores e de alunos da UFRGS foram perseguidos e
expurgados por supostas posições críticas em relação ao Regime Militar.
III- Em 1982, a oposição venceu as eleições para governador do Rio Grande
do Sul, na primeira eleição desde o golpe de Estado de 1964.
Quais estão corretas?
(A) Apenas I. (D) Apenas II e III.
(B) Apenas I e II. (E) I, II, III.
(C) Apenas I e III.

RESOLUÇÃO & COMENTÁRIO


Letra B

Questão paradoxal: excessivamente genérica nas assertivas I e II e


demasiadamente pontual na III. Em 1982, quem venceu a eleição para
governador do Estado foi Jair Soares do PDS, numa polêmica disputa com
Pedro Simon do PMDB.

ÍNDICE

Questão 58

Em relação à Revolução Sandinista, vitoriosa, em 1979, na Nicarágua, é


correto afirmar que ela
(A) resultou da derrota eleitoral do até então presidente Anastasio Somoza, que
tentava garantir sua reeleição naquele ano.
(B) contou com linhas de financiamento do governo Reagan para estabilizar o
país e fortalecer a democracia.
(C) sofreu a ação de desgaste promovida pelos Contras, guerrilha contra-revol
ucioná ria apoiada pela política externa dos EUA.
(D) acabou com uma tradição política democrática que durava há décadas no
país.
(E) impactou a América Central, garantindo a vitória do Movimento de
Libertação Nacional Farabundo Martí em El Salvador.

RESOLUÇÃO & COMENTÁRIO

LETRA C

A Revolução Sandinista de 1979 marcou a chegada daquele grupo esquerdista


ao poder num contexto de amenização da Guerra Fria. Com a eleição de
Ronald Reagan à presidência dos EUA ocorre o fim desta “Détente” e a
retomada de uma política agressiva de combate ao comunismo. Esta irá
materializar-se na tentativa de desestabilizar os regimes de esquerda pelo
mundo. Na Nicarágua, os EUA apoiaram os Contra, expressão criada para
designar os ex-soldados somozistas opositores do regime sandinista liderado
por Daniel Ortega.

ÍNDICE

Questão 59

Leia as afirmações abaixo, referentes ao México do século XX.


I - 0 governo Cárdenas foi sensível às demandas populares, enfrentou o
grande latifúndio, expropriou as grandes companhias petrolíferas estrangeiras,
investiu na indústria pesada e prestou solidariedade à República espanhola
agredida pela rebelião franquista.
II - 0 Exército Zapatista de Libertação Nacional, surgido como um movimento
que exigia a inclusão social da população indígena, defendeu a adesão do país
ao NAFFA e a adoção das orientações do Consenso de Washington.
III- A Copa do Mundo realizada no México, em que o Brasil se sagrou
tricampeão mundial de futebol, foi manipulada politicamente, para encobrir as
mazelas produzidas sobre a sociedade mexicana pela ditadura militar, então
vigente.
IV- 0 governo mexicano, pressionado pela grande mobilízação camponesa em
que se destacaram as lideranças de Zapata e Vília, aprovou uma constituição
que reconhecia algumas conquistas fundamentais das classes populares e
previa a eliminação do latifúndio e a divisão da terra em pequenas
propriedades.
Quais estão corretas?
(A) Apenas I e II. (D) Apenas I, III e IV.
(B) Apenas I e IV. (E) Apenas II, III e IV.
(C) Apenas II e III.

RESOLUÇÃO & COMENTÁRIO

LETRA B

As assertivas I e IV referem-se à Revolução Mexicana e, os dados oferecidos


de fato correspondem às medidas adotadas durante este processo histórico.
Resta, portanto, ao vestibulando identificar os equívocos presentes nas demais
assertivas. A II, referente ao surgimento do movimento zapatista, encontra-se
parcialmente correta uma vez que este movimento surgiu com o objetivo de
incluir na sociedade mexicana os camponeses, entretanto, ao contrário do que
é afirmado, os zapatistas posicionaram-se radicalmente contra a adesão de
seu país ao NAFTA. Quanto à alternativa III, a Copa do Mundo referida
contribuiu na verdade para encobrir as mazelas resultantes da ditadura militar
no Brasil e não no México como é afirmado.

ÍNDICE

Questão 60

RESOLUÇÃO & COMENTÁRIO

LETRA B

Esta questão exigia uma série de habilidades do candidato. Primeiro,


reconhecer as imagens e excluir a de número 3 por não se tratar de um evento
com intervenção norte-americana. Em seguida, o vestibulando deveria ordenar
cronologicamente as ilustrações e, por fim estar atento ao noticiário para
reconhecer a imagem número 1 que denuncia os maus tratos impostos por
soldados norte-americanos aos iraquianos detidos na prisão de Abu Ghraib. A
imagem 5 mostra Theodore Roosevelt (não confundir em F. D. Roosevelt) o
qual foi presidente dos EUA na época da construção do Canal do Panamá em
1903.