Você está na página 1de 23

BUSCANDO A SOLUÇÃO

O FATOR TEMPO NOS


PROBLEMAS:

MUDANÇA TRATAMENTO TRATAMENTO CIRURGIA CIRURGIA SEM


DE HÁBITOS SIMPLES COMPLEXO SIMPLES COMPLEXA SOLUÇÃO

SURGIMENTO DO PROBLEMA

PRÁTICAS INCUBAÇÃO SINTOMAS E SINAIS


Método de Solução de
Problemas
REMOVER
FORMA O EFEITO
TRADICIONAL

PROBLEMA CAUSAS SOLUÇÃO

EVITAR A
ENFOQUE DA GESTÃO REINCIDÊNCIA
GLOBAL (TQC)
Porque Melhorar o Processo?
Heróis apagando
incêndio DEIXAR O CIRCULO
VICIOSO......
Pouco Pouco tempo
progresso livre

Muitos
problemas Planos são
cumpridos

Melhorias Poucos
contínuas problemas
ENTRAR NO CIRCULO
VIRTUOSO...... Tempo para
pensar
RELAÇÕES DE CAUSA –EFEITO

• PROBLEMAS CAUSAM OUTROS


PROBLEMAS….

INSEGURANÇA URBANA

EVASÃO ESCOLAR

BAIXO RENDIMENTO ESCOLAR

NUTRIÇÃO INSUFICIENTE
Passos para montar o Ishikawa
1. Coloque o problema ( efeito) ou a
característica da qualidade na “cabeça do
peixe.
2. Identifique as principais categorias em que os
fatores ( possíveis causas) podem se
enquadrar.
3. Use a busca sistemática de fatos e discussão
em grupos para gerar as possíveis causas sob
essas categorias
4. Registre todas as causas potencias no
diagrama sob cada categorias. Discuta cada
item para combinar e esclarecer as causas.
A
• Por que - Por que
• Também conhecida como técnica dos 5 por
quês ou “why-why”;
• Teve origem na Toyota, e é até hoje usada
como forma de aprovação de investimentos;
• Busca identificar a “causa-raiz” de um
problema;
• É mais profunda que o Ishikawa;
• Pode ser usada individualmente ou em
pequenos grupos.
Método dos Cinco
Por quês ?
É UMA PRÁTICA UTILIZADA NA SOLUÇÃO DE
ANOMALIAS COM A FINALIDADE DE
DESCOBRIRMOS A SUA PRINCIPAL CAUSA.
PERGUNTAMOS O PORQUÊ DA ANOMALIA E
AO CHEGARMOS AO QUINTO “POR QUE”
PROVAVELMENTE TEREMOS A CAUSA MAIS
IMPORTANTE.
• REGRA DOS 5 PORQUÊS :
• PORQUÊ ?
• PORQUE ?
• PORQUE ?
• PORQUE ?
• PORQUE ?
• CAUSA RAIZ
• REINCIDÊNCIA DE PROBLEMAS
• SOLUÇÕES COSMÉTICAS
EXEMPLO 5 PORQUES

PROBLEMA: A
MÁQUINA PAROU
Pergunta 1 :
Por que a máquina parou ?

Porque o fusível queimou


devido a uma sobrecarga.
Pergunta 2 :
Por que houve uma sobrecarga ?

Porque a lubrificação do
rolamento foi
inadequada.
Pergunta 3 :
• Por que a lubrificação foi inadequada ?

• Porque a bomba de
lubrificação não estava
funcionando direito.
Pergunta 4 :
• Por que a bomba de lubrificação
não estava funcionando direito ?

• Porque o eixo da bomba


estava gasto.
Pergunta 5:
• Por que ele estava gasto ?

• Porque entrou sujeira.


• Ao repetir “Por quê”
cinco vezes foi
possível identificar a
verdadeira causa
ELIMINAÇÃO DA CAUSA

•Colocar um
filtro na
bomba de
lubrificação.
Se não tivessem feito
essa série de perguntas,
poderiam ter optado por
uma contramedida
intermediária:
A troca de fusível.
5W &2H
• WHAT - O QUÊ ?: definem-se as tarefas que serão realizadas
seguindo o plano de execução. “O quê será feito ?”.
• WHEN – QUANDO ?: estabelece-se um cronograma
detalhado dos prazos para o cumprimento das tarefas.
“Quando será feito ?”.
• WHO – QUEM ?: determinam-se quais serão as pessoas
responsáveis pelas tarefas.“Quem fará ?”.
• WHERE – ONDE ?: define-se em que local as tarefas serão
realizadas. “Onde será feito?”.
• WHY – POR QUÊ ?: significa a razão pela qual as tarefas
devem ser executadas. “Porquê será feito ?”.
• HOW – COMO ?: traçam-se as maneiras mais racionais e
econômicas de executar astarefas. “Como será feito ?”.
• (HOW MUCH ?: – QUANTO CUSTA ?: determinam-se quais
serão os custos para a realização das tarefas. “Quanto custa o
que será feito ?”.

Interesses relacionados