História da

educação
brasileira
Manifesto dos Pioneiros
da Educação Nova
a) Desde os anos iniciais da República
(1889), assiste-se uma expansão e
acirramento nos debates sobre a questão
educacional no Brasil, que se refletem com
o surgimento de movimentos que pautavam
questões relacionadas com a escola:
- entusiasmo pela educação;
- otimismo pedagógico;
- ciclo de reformas dos anos 1920;
- criação da Associação Brasileira de
Educação;
- conferências nacionais de educação;
- escolanovismo;
- discussões entre católicos e liberais.
b) o movimento da Escola Nova
começa fracionado em alguns Estados
e adquire feição estruturada em torno
da Associação Brasileira de Educação -
ABE. As idéias da Escola Nova
“abalaram os alicerces do marasmo
educacional em que se encontrava o
país”;
e) a Escola Nova é o movimento que
reuniu intelectuais de diversas
tendências que entendiam que a
educação brasileira, tradicionalmente,
estava direcionada para determinados
segmentos da sociedade ou visava
exclusivamente à formação profissional;
f) em 1930 aconteceu a Revolução de
1930, por meio da qual as elites
oligárquicas paulistas e mineiras são
afastadas do centro decisório político do
país e que serviu para acelerar algumas
mudanças propostas para a
escolarização;
g) para os escolanovistas, havia
necessidade de se rever os preceitos
escolares para acompanhar o mundo
em mudança. Neste sentido, os
princípios gerais que deveriam
estruturar o sistema escolares deviam
ser:
- respeito à personalidade do estudante;
- compreensão funcional do processo
educativo;
- compreensão da aprendizagem em
situação de vida social;
- compreensão de que as características
de cada indivíduo são variáveis;
- preparação para o trabalho;
- entendimento de que o homem é um ser
social;
h) em resumo, a Escola Nova significa
uma escola diferente da que existia ou,
ainda, “não se refere a um só tipo de
escola ou sistema didático determinado,
mas a todo um conjunto de princípios
tendentes a rever as formas tradicionais
do ensino”;
i) essas propostas e discussões
levaram ao Manifesto dos Pioneiros da
Educação Nova. Esse manifesto
pressupõe que, dentre os problemas
nacionais, o da educação era o
principal.
Conclui que o sistema escolar no Brasil
era incipiente, desorganizado;
O manifesto contempla aspectos políticos,
ideológicos, pedagógicos e destaca:

- a função escolar devia ser o problema de
maior relevância para o Brasil;

- as reformas feitas até então eram
fragmentárias;
- a causa principal da desorganização era
a “não determinação dos fins da educação
e a não aplicação de métodos científicos
aos problemas da educação”;

- faltava um sentido filosófico e científico
na resolução dos problemas eacolares;
- a formação escolar era excessiva-
mente literária;

- a solução dos problemas dependia
de opções políticas e não somente
de decisões administrativas;

j) em vista disso, propunha-se:

- escola laica: leiga, sem confissão
religiosa;
- obrigatória: dos 7 aos 14 anos;
- gratuita;
- coeducação: classes mistas;
- pública: educação como função pública;
- única: igual para todos;
- autonomia da função educacional, sem
interferências externas;
- adaptação das escolas às necessidades
regionais;
- integração da escola com a comunidade;
- rompimento com a formação exces-
sivamente literária;
- expansão das oportunidades educacionais;
- descentralização;
- liberdade de ensino;
k) a Escola Nova parte do princípio
segundo o qual todos devem ter
igualdade de oportunidades e que ao
estudante devem ser oferecidas
condições de desenvolvimento de suas
potencialidades;
l) esse movimento assinala a
perspectiva de uma nova era na
educação brasileira. São os
renovadores o primeiro grupo dos
“profissionais da educação”.
Em síntese, como era e como
devia ser a escola
Como era Como deveria ser
Escola afastada da
realidade
Escolas adaptadas às
necessidades regionais
Sistema fracionado Integração da escola com a
comunidade
Empirismo Rompimento com a formação
literária
Escola não ativa Novos métodos de ensino
(métodos ativos, preparação
para o trabalho)
m) o Manifesto dos Pioneiros da
Educação Nova reflete o esforço de um
grupo de educadores preocupados com
a situação educacional vigente no
Brasil.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful