P. 1
Emoções

Emoções

|Views: 642|Likes:
Publicado poranitasearch

More info:

Categories:Types, School Work
Published by: anitasearch on Dec 15, 2010
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PPTX, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

02/20/2013

pdf

text

original

Emoções

PERSPECTIVA EVOLUTIVA

Desde sempre houve interesse em perceber a génese das emoções e deste modo responder as questões como:

emoções que se manifestam em todos os seres humanos?

p Há

p As emoções dependem mais da componente biológica ou cultural?

p Qual o papel das emoções no processo de adaptação dos seres humanos? p São não? controláveis ou

p São positivas, negativas?

ou

Perspectiva evolutiva

y Charles

Darwin(1809-1882) desenvolveu um conjunto de investigações sobre as emoções uma vez que considerava que estas tinham uma relação muito estreita com a evolução das espécies.

Fig.1 Charles Darwin

Fig.2"A expressão das emoções no homem e nos animais´ de Charles Darwin

Charles Darwin
y

Charles Robert Darwin nasceu numa família próspera e culta. O seu pai, Robert, era um médico respeitado e o seu avô paterno, Erasmus, poeta, médico e filósofo; Em 1825, foi para Edimburgo estudar Medicina, mas acabou por abandonar a carreira tradicional da sua família. Mudou-se para Cambridge, disposto a se tornar um sacerdote anglicano, mas ficou amigo do botânico John Stevens Henslow, com quem aprofundou os seus conhecimentos em História Natural, matéria em que o seu talento se manifestava desde a infância; Henslow conseguiu incluir Darwin como naturalista numa expedição ao redor do globo no navio Beagle, que deixou Davenport a 27 de Dezembro de 1831 rumo à América do Sul. Foram quatro anos e nove meses de pesquisas em que juntou fósseis, amostras geológicas, observou milhares de espécies vegetais e animais, erupções vulcânicas e terramotos;

y

y

Na viagem do Beagle, Darwin notou que um mesmo animal tinha características próprias de uma região para outra. O mesmo acontecia em espécies separadas pelo tempo, como demonstravam os fósseis. Embora bem definidas na mente de Darwin, as ideias evolucionistas eram apenas assunto para um círculo íntimo de amigos, pois chocavam-se com a versão bíblica da criação e com a noção filosófica grega de formas ideais; Em 1839, após se casar com Emma Wedgwood, foi viver para o campo, na terra natal. Sofreu de uma doença não diagnosticada na época. Suspeita-se que tenha sido o mal das Chagas; Publicou em 1859 o seu livro conhecido hoje como "A Origem das Espécies". O nome completo era: "Sobre a Origem das Espécies por Meio da Selecção Natural ou a Conservação das Raças Favorecidas na Luta pela Vida´, e em 1872 "A expressão das emoções no homem e nos animais´; Extremamente apegado à família, o carácter modesto e cuidadoso de Darwin atraía a simpatia até dos adversários. Fulminado com um ataque cardíaco, foi enterrado na abadia de Westminster, por solicitação expressa do Parlamento inglês.
y

y

y

y y

Perspectiva evolutiva
y Darwin partindo de várias fontes e diferentes recursos

metodológicos:

y Procurou traços comuns na expressão das emoções entre os diferentes

povos primitivos;

y Recolheu dados junto de psiquiatras sobre as manifestações das emoções

em doentes mentais;

y Registou a reacção dos seus filhos face a situações que lhes provocavam

alegria, frustração, agressividade, etc.

y Analisou fotografias de pessoas em estados emocionais; y Tentou comparar a expressão das emoções humanas com a dos animais,

sobretudo com a dos macacos.

Perspectiva evolutiva
y

Através do estudo de todos estes dados Darwin distinguiu seis emoções primárias ou universais:

‡ ‡ ‡ ‡ ‡ ‡

Alegria; Tristeza; Surpresa; Cólera; Desgosto; Medo.
Para cada uma destas emoções Charles Darwin descreveu as respectivas manifestações fisiológicas: a postura corporal, as expressões faciais, os movimentos, etc.

Imagens das respectivas emoções

Perspectiva evolutiva Fotografias de expressões emocionais de indivíduos de diferentes povos

Perspectiva evolutiva Semelhança entre as expressões emocionais dos seres humanos e dos macacos

Perspectiva evolutiva
y Darwin considerou que as emoções desempenharam um papel

adaptativo fundamental na história da espécie humana, sendo determinantes na nossa capacidade de sobrevivência.
y Um exemplo são os bebés que nos primeiros meses de vida comunicam

com a mãe, ou outro cuidador, através das emoções com o fim de satisfazerem as suas necessidades. Se os bebés não tivessem esta capacidade seria muito difícil assegurar a sua sobrevivência.

y Imagem de várias emoções do bebés

Perspectiva evolutiva
y Nos finais da década de 60, o antropólogo Paul

Ekman desenvolveu, na Universidade da Califórnia, uma investigação na qual procurou testar a seguinte hipótese:
y Será que indivíduos de culturas distintas sentem

emoções diferentes?

Paul Ekman
y

Paul Ekman, filho de um pediatra, nasceu em 1934 em Washington, DC, e cresceu em Newark, New Jersey, Washington, Oregon e Sul da Califórnia; Recebeu o Prémio Pesquisador do National Institute of Mental Health (NIMH) em 1971, que foi renovado em 1976, 1981, 1987, 1991 e 1997. Por mais de quarenta anos o NIMH apoiou as suas pesquisas através de bolsas, subsídios e prémios; Em 2001, Ekman colaborou com John Cleese para a série de documentário da BBC A Face Humana; De 1960 a 2004 trabalhou no Instituto Psiquiátrico Langley Porter; Aposentou-se em 2004 como professor de psicologia do Departamento de Psiquiatria na Universidade da Califórnia, São Francisco (UCSF); Foi nomeado uma das 100 pessoas mais influentes na edição de 11 de Maio de 2009 da revista Time.
Fig.3 Paul Ekman

y

y

y

y

y

Perspectiva evolutiva Será que indivíduos de culturas distintas sentem emoções diferentes?

y Na nova Guiné junto de uma tribo Foré, um grupo isolado que

nunca contactara com o ocidente, Ekman desenvolveu a seguinte experiência:
y y

Contou a alguns elementos da tribo uma história; De seguida apresentou um conjunto de fotografias de norteamericanos com diferentes expressões emocionais, e perguntou-lhes qual das fotografias estaria mais de acordo com o sentido da história contada. Em seguida fotografou as expressões faciais de outros indivíduos a quem pediu que manifestassem o que sentiam quando ouviam frases como: ³ Estás triste porque o teu filho está muito doente´ ³Estás alegre porque o teu amigo regressou´, etc.

y

Fig.?Tribo Foré

Perspectiva evolutiva Será que indivíduos de culturas distintas sentem emoções diferentes?

y Quando chegou aos EUA, fez a mesma experiência com os norte-

americanos recorrendo às fotografias que tirou na Nova Guiné.
y Deste

modo testou as expressões faciais das seis emoções básicas/primárias: a cólera, a alegria, o medo, a surpresa, a tristeza e o desgosto.

Perspectiva evolutiva Será que indivíduos de culturas distintas sentem emoções diferentes?
y No fim da experiência pode concluir que:

y

Existiam emoções que estavam presentes e se manifestam de forma semelhante nos dois povos que apresentavam culturas tão diferentes;

y O povo Foré tinha mais dificuldade em reconhecer o medo e a surpresa.

Perspectiva evolutiva
y

Posteriores investigações levadas a cabo por Ekman e pela sua equipa, tal como por outros antropólogos em mais de vinte culturas espalhadas por todo o Mundo, confirmaram o que ele tinha constatado na sua primeira pesquisa: há emoções que são universais, independentemente dos processos de aprendizagem e da cultura onde se observam. Confirmou-se assim a tese de Darwin.

y De notar que Ekman não exclui a influência da cultura na expressão

das emoções.

Perspectiva evolutiva
y

Apesar de alguns aspectos das concepções apresentadas anteriormente terem sido criticados por outros antropólogos, existe um conjunto de emoções partilhadas pela humanidade que não são aprendidas.

y O caso de crianças com cegueira congénita apresentarem as mesmas

emoções que crianças que vêem, e de os bebés apresentarem desde muito cedo expressões muito semelhantes às dos adultos, confirmam a existência de um património comum ao nível das emoções e da sua expressão facial.

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->