P. 1
Desenvolvimento de Produtos e serviços

Desenvolvimento de Produtos e serviços

|Views: 12.901|Likes:
Publicado porFrancis Martins
Apostila da Disciplina de Desenvolvimento de produtos e Serviços
Apostila da Disciplina de Desenvolvimento de produtos e Serviços

More info:

Published by: Francis Martins on May 04, 2011
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

01/09/2014

pdf

text

original

A ficha técnica de produto é simplesmente uma lista com todos os
tipos de materiais, componentes e insumos que compõe a estrutura
física de um produto. Os materiais, componentes e insumos são
quantificados por quantidades de acordo com suas diferentes medidas
físicas.

Nesta lista cada um dos itens recebe denominação de acordo com a
sua utilização na configuração do produto.
Os valores do material mais os valores dos componentes e insumos
somados aos valores de mão de obra e encargos sociais resultam no
custo final de produção do produto.
Como exemplo observaremos a ficha técnica fictícia do móvel
funcional da Figura 10 a seguir.

Figura 31 - Móvel Multifuncional – Fonte: Autor

Na ficha técnica desse produto os materiais se apresentam na
forma do tubo de aço e chapas de aço usadas na estrutura do móvel, os

69

insumos estão apresentados em forma de materiais usados no processo
como a tinta, os produtos químicos a solda etc.
Já os componentes são tidos como tudo aquilo que a empresa não
produz que entram na configuração do produto apenas nos setores de
montagem ou embalagem.
Foi necessário estimar a quantidade de produtos que poderiam
ser fabricados diariamente e mensalmente, isso foi realizado através de
comparações com produtos similares já fabricados. Dessa forma
chegou-se a um número de 300 unidades/dia, onde multiplicados por
22 dias trabalhados resultará em 6600 unidades/mês. A partir desses
dados foi possível estimar o custo de mão de obra, que foi calculado de
acordo com a produção mensal.
O Cálculo de mão de obra (tabela 01) foi realizado da seguinte
forma; através do número de processos foi calculado o número de
funcionários necessários para confecção do produto que foi de 14
pessoas, depois se achou a média dos salários entre todos que
participavam diretamente do processo. Multiplicou-se o número de
pessoas pelo salário médio onde o resultado foi o subtotal 01 (tabela
01). Depois desse resultado somaram-se os encargos sociais e dessa
forma foi encontrado o valor final que dividido pela produção mensal
resulta no valor de mão de obra que será utilizada para cada unidade
de produtos produzidos (tabela 01).

70

FICHA TÉCNICA

Produto

Móvel Multifuncional

MATERIAIS

FUNÇÃO

PESO (g)

PEÇAS Valor (R$) Total (g)

Total(R$)

TUBOS

Tubo 7/8" x 1,06 x 4080 Quadro Superior

2260,0

1

R$ 2,70

2,26

R$ 6,10

Tubo 7/8" x 1,06 x 2970 Quadro Intermediário

1645,0

1

R$ 2,70

1,65

R$ 4,44

Tubo 2" x 0,90 x 690

Haste de sustentação

765,00

1

R$ 2,70

0,77

R$ 2,07

CHAPAS

1,9 x 100 x 100

Fixação

155,00

1

R$ 2,70

0,16

R$ 0,42

Total (kg)

4,825

R$ 13,03

INSUMOS

Tintas/Pintura

0,150

R$ 12,79

kg

R$ 1,919

Arame Mig 0,9

0,120

R$ 6,96

kg

R$ 0,835

Argônio

0,009

R$ 11,00

m3

R$ 0,099

Gás Carbônico

0,006

R$ 3,00

kg

R$ 0,018

Gases - GLP

0,064

R$ 2,02

kg

R$ 0,129

Desengraxante

0,005

R$ 2,30

kg

R$ 0,012

Refinador

0,001

R$ 1,80

kg

R$ 0,002

Fosfato

0,024

R$ 4,00

kg

R$ 0,096

Aditivo

0,0004

R$ 23,53

kg

R$ 0,009

COMPONENTES

Batoque 2" Externo

1

R$ 0,53

R$ 0,53

Conjunto de luvas giratórias

2

R$ 0,90

R$ 1,80

Rodízios plásticos com trava

4

R$ 1,50

R$ 6,00

Parafuso fixer 4,8x30

8

R$ 0,025

R$ 0,20

Parafuso fixer 4,8x13

28

R$ 0,0235

R$ 0,71

Tampo de MDF 845mmx580mm

1

R$ 15,00

R$ 15,00

Tampo de MDF 720mmx460mm

1

R$ 10,15

R$ 10,15

Tampo de MDF 650mmx460mm

1

R$ 9,15

R$ 9,15

Plástico termo encolhivel

0,720

R$ 3,35

kg

R$ 2,412

Manual/Instrução e Uso

1

R$ 0,10

R$ 0,10

Valor total da Matéria Prima

R$ 62,20

Mão de Obra

Produção
Estimada

dia

mês

300

6600 media 22 dias

Mão
de Obra

pessoas

R$

Encargos

Sub1

Total

14

R$
615,00

R$ 348,95

R$
963,95

R$
13.495,31

Total MOD

R$ 2,04

Preço total de Produção

R$ 64,24

Tabela 01 – Ficha Técnica – Fonte: Autor

71

Salienta-se que essa forma de ficha técnica é uma dentre muitas
variações possíveis que dependem tanto do produto como da matéria-
prima empregada ou tipo seguimento da empresa.
Veremos a seguir mais alguns parâmetros que poder ser
verificados na formação de preço de um produto.

11.1 Preço do novo produto

Segundo Baxter, uma maneira de realizar o planejamento
financeiro é pelo método de ―subtração do preço-teto‖. Esse é um
método subtrativo e começa com a definição do preço-teto a ser
cobrado do consumidor final. A partir do preço-teto são subtraídos os
diversos custos, sucessivamente. Assim se subtraem as margens do
lojista, a margem de distribuição, margens de lucro do fabricante, o
custo do desenvolvimento de produtos, e se chega à meta de custo de
fabricação.

Um método inverso é o da ―adição de custos‖, que começa com os
custos dos componentes e se adicionam o custo da mão-de-obra,
custos indiretos, e se chega ao custo de fabricação. A este se adicionam
o custo de desenvolvimento, a margem de lucro do fabricante, a
margem do distribuidor, impostos e outros, para se chegar ao preço a
ser pago pelo consumidor. Esse método é mais antigo e tem a
desvantagem de incorporar todas as ineficiências do processo
produtivo, que leva ao aumento do preço. Nesse caso, o custo dessa
ineficiência é repassada ao consumidor final. Isso não ocorre no método
da ―subtração do preço-teto‖, pois ele parte do preço final e obriga a
corrigir essas imperfeições para que o preço-teto seja mantido. No
método da ―subtração do preço-teto‖, o fabricante pode determinar com
antecedência os preços máximos que poderá pagar para cada
fornecedor de componentes e serviços terceirizados, ele deve negociar
com os mesmos para que essas metas sejam mantidas.

72

O preço-teto é aquele que o mercado estaria disposto a pagar pelo
seu produto. Ele é fixado mediante a uma analise da concorrência do
novo produto e verificação do mercado no quais se encontram.
A figura 32 demonstra como o método de ―Subtração do preço-

teto‖ funciona.

Figura 32 – Método ―Subtração de preço-teto‖ fonte – Baxter 1998:148

BIBLIOGRAFIA:

73

LOBACH, B. Design Industrial: Bases p/ a configuração dos
produtos Industriais
. São Paulo: Edgard Blücher, 2001

BAXTER, M. Projeto de Produto: Guia prático para o design de
novos produtos
. São Paulo: Edgard Blücher, 1998

BONFIM, G.A. Metodologia para desenvolvimento de Projetos.
João Pessoa: Editora Universitária UFPB, 1995.

IRIGARAY, H.A., VIANNA A., NASSER, J.E., LIMA, L.P.M. Gestão de
desenvolvimento de produtos e marcas
. Rio de Janeiro: Editora
FGV, 2006.

LEDUC, R. Marketing: Como lançar um novo produto. Rio de
Janeiro, Expressão e Cultura, 1973

NETO, V.A. Oliveira, F.C.M. Procedimento para Prototipação Virtual
de um Torno CNC
. Instituto de Ciências Matemáticas e da Computação
ICMC, Universidade de São Paulo, USP, São Carlos – SP, p. 01, Jan.
2000.

PINHO, S.M. Tópicos Especiais em Computação Gráfica, Faculdade
de Informática – PUCRS – Rio Grande do Sul – Dez. 2002.

LESKO, J. Design Industrial – Materiais e Processos de
Fabricação
– Edgard Blücher – São Paulo - 2004

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->