P. 1
RETENÇÃO NA FONTE-SILVIA

RETENÇÃO NA FONTE-SILVIA

|Views: 7.794|Likes:
Publicado pormarcioamparo

More info:

Published by: marcioamparo on May 08, 2011
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOC, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

03/14/2013

pdf

text

original

PROCEDIMENTOS PARA RETENÇÃO E PAGAMENTOS DE IMPOSTOS INCIDENTES SOBRE NOTAS FISCAIS DE PRESTADORES DE SERVIÇOS – PESSOAS JURÍDICAS

1 - Ao se pagar, ou creditar (o que ocorrer primeiro), a remuneração pelos serviços prestados, o TOMADOR dos Serviços será responsável pela retenção e pelo recolhimento do IRRF - Imposto de Renda Fonte, PIS, COFINS, CSLL, INSS e do ISS, analisando se estes são devidos, caso a caso, com observação na Legislação pertinente a cada um desses impostos.

No caso das CSRF ( PIS, COFINS E CSLL) o fato gerador é apenas o pagamento. Cabe ressaltar que a responsabilidade de RETER e RECOLHER os impostos cabe exclusivamente ao TOMADOR dos serviços, ainda que o PRESTADOR DOS SERVIÇOS, não tenha destacado o valor correspondente dos impostos, na nota fiscal. 2- Surgem dúvidas quanto ao preenchimento da nota fiscal de serviços no que se refere ao destaque dos impostos. Estas notas fiscais ao serem preenchidas pelos prestadores de serviços deverão ser abatidos ou não do valor dos serviços? Podemos responder que a Legislação não obriga o prestador de serviços a deduzir o valor dos impostos, apurando o líquido da fatura. Porém, é obrigatório deixar discriminado no corpo da nota fiscal os valores dos impostos. Alguns prestadores de serviços têm o hábito de deduzir os impostos e apurar o valor liquido, procedimento esse que não tem amparo legal. 3- Com relação aos impostos (IRRF e demais impostos), temos que considerar que cada um deles, tem sua legislação própria, e devem ser estudados separadamente, aplicados caso a caso, individualmente para cada operação. Ou seja, poderá haver incidência de um tipo de tributo para uma determinada prestação de serviços, e já em outros casos, poderá não haver essa incidência. Para tanto, será necessário o domínio e o conhecimento dos procedimentos que deverão ser seguidos pelos colaboradores envolvidos no processo de análise de documentos, com a ajuda

.Ao se analisar uma nota fiscal de serviços. . bem como de esclarecimento de dúvidas por nossa parte. 1. de forma didática.As alíquotas de incidência são: 1% (um) por cento. está dispensado de retenção. obrigatoriamente estará sujeito a retenção do IRRF. 4..deste material. voltada tão somente para o campo operacional quanto à aplicabilidade desses tributos. Se estiver relacionado. Deverá ser aplicada retenção de 1% nos casos de Serviços prestados por Pessoas Jurídicas: a) Prestação de serviços de limpeza e conservação de bens imóveis. estamos propondo o estudo desta matéria. 5 . sempre questionando: a) Esse tipo de prestação de serviços tem retenção de IRRF? Sim ou não – por quê? b) Esse tipo de prestação de serviços tem retenção de INSS? Sim ou não – por quê? c) Esse tipo de prestação de serviços tem retenção de PIS/COFINS/CSLL? Sim ou não – por quê? d) Esse tipo de prestação de serviços tem retenção de ISS? Sim ou não – por quê? • RETENÇÃO DE IRRF (Imposto de Renda Fonte) a) Como saber se um determinado tipo de serviços tem retenção de IRRF? Sim ou não – por quê? Resposta: Para respondermos a essas perguntas deveremos comparar se aquele determinado serviço prestado por PJ está relacionado na lista. Artigo 647 do regulamento do Imposto de Renda – Decreto 3000/99 b) Qual a alíquota a ser aplicada? Resposta: . exceto reformas e obras assemelhadas. quanto à natureza e legalidade desses impostos.Assim sendo. quanto à retenção de impostos deveremos seguir alguns passos. Não estando relacionado. Este trabalho não tem o intuito de discutir questões filosóficas ou tributárias..5% (um e meio por cento) e 5 % (cinco por cento).

radiologia e radioterapia. nutricionismo e dietética. 26. Assessoria e consultoria técnica (exceto o serviço de assistência prestada a terceiros e concernente a ramo de indústria ou comércio explorado pelo prestador de serviço). odontologia. Arquitetura. Economia. Administração de bens e negócios em geral (Exceto consórcios ou fundos mútuos para aquisição de bens). IR IR IR IR IR IR IR IR IR IR IR IR IR IR 22. MAGALHÃES 3. prótese. programação. CLIDEY.b) Prestação de serviços de segurança e Vigilância c) Locação de mão-de-obra Deverá ser aplicada retenção de 1. Advocacia. 9. 13. Auditoria. Desenho Técnico. 19. fonoaudiologia. 5. Biologia e Biomedicina. planejamento. 28. serviço de despachante. 14. fisioterapia. IFORT. organização de feiras de amostras. psicologia e psicanálise. prédios e obras assemelhadas). casa de recuperação ou repouso sob orientação médica. 31. química. casa de saúde. Cálculo em Geral. consulta médica??? 25. SANTA CASA 4. Análises Técnicas. Análise Clínica laboratorial. 36. simpósios e congêneres. seminários. Estatística. 21. Consultoria. 15. medicina (exceto a prestada por ambulatório. 10. Elaboração de Projetos. Ensino e Treinamento. Engenharia (exceto construção de estradas. 33. banco de sangue. 23. 6. 17. 30. Assistência Social. 12. 2. relações públicas.5% nos casos de serviços prestados por Pessoas Jurídicas: 1. 32. . 34. congressos. 18. 20. 11. 16. leilão. 37. Avaliação e perícia. hospital e pronto-socorro). 7. geologia. Contabilidade. 24. pesquisa em geral. 27. terapêutica ocupacional. 35. 29. IR IR IR IR 8. pontes.

00.00 estão dispensados. • Lembramos que as Empresas que comprovarem estar enquadradas no SIMPLES (Sistema Simplificado de Tributação).38. devendo nesses casos estas serem explanadas pelos mesmos. deveremos verificar ainda se existe alguma exceção para não efetuar a retenção do IRRF. mercadológica. Outras exceções poderão ser argüidas pelos prestadores de serviços. . estão dispensadas de retenção de IRRF. 40. Deverá ser aplicada retenção de 5% nos casos de: Juros ou indenizações por lucros cessantes. gestão de crédito.833 a partir de fevereiro de 2004 estão sujeitos a retenção de PIS/COFINS/CSLL na fonte os pagamentos de serviços efetuados por pessoas jurídicas de direito privado a outras pessoas jurídicas de direito privado referentes a: 1) Prestação de serviços profissionais (descritos no art. (não objeto de estudo neste trabalho) c) Encontrei o serviço prestado pela Pessoa Jurídica. tradução ou interpretação comercial. na lista de Incidência do IRRF.. 647 do RIR) 2) Serviços de limpeza 3) Conservação 4) Manutenção 5) Segurança 6) Vigilância 7) Transporte de valores 8) Locação de mão de obra 9) Serviços de assessoria creditícia. ou outras com amparo em legislações complementares. urbanismo. devo fazer essa retenção? • Resposta: Não. veterinária.. 39. Os valores inferiores a R$10. COFINS E CSLL a) Como saber se um determinado tipo de serviços tem retenção de PIS/ COFINS/CSLL? Sim ou não – por quê? Resposta: Nos termos da lei 10. e analisadas por esta Coordenação.. • RETENÇÃO DE PIS.. seleção e risco 10) Administração de contas a pagar e a receber. • d) O Valor do IRRF é inferior a R$10. às vezes por ações com amparo judicial. aplico a alíquota incidente ou analiso se resta alguma exceção sobre a aplicabilidade ou não da retenção? Resposta: Encontrado o tipo de serviço na lista.

dependências. ou de qualquer bem quando destinadas a mantê-los em condições eficientes de operação. embarcações. enceramento. higienização. o tomador deverá fazer a retenção do ISS. como um mero conserto de um bem defeituoso. conservação ou zeladoria os serviços de varrição. os quais deverão ser analisados pontualmente. asseio ou a conservação das praias. elevadores.000. Regulamento do Imposto de Renda (RIR/99). desinfecção. motores. Para efeito de retenção na fonte a legislação entende como serviços: • “ de limpeza. • profissionais aqueles relacionados no parágrafo 1º do art. • de manutenção. monumentos.00 (cinco mil reais). • de segurança e/ou vigilância. 647 do Decreto 3000/99. aparelhos. todo e qualquer serviço de manutenção ou conservação de edificações. instalações. aeronaves. inclusive escolta de transporte de pessoas ou cargas. vias públicas.b) Encontrado o serviços na lista deverá haver a retenção? Resposta: Não. No município de Maracanaú (CE) a maioria dos serviços tem a alíquota é 2% e em Valença (BA) é 3%. desentupimento. equipamentos. dedetização. rodovias. desratização ou outros serviços destinados a manter a higiene. veículos automotores. o ISS é devido no domicílio tributário do prestador. Somente haverá retenção se o prestador do serviço não estiver enquadrado no SIMPLES e se o valor pago a ele no mês for superior a R$ 5. jardins. os serviços que tenham por finalidade a garantia da integridade física das pessoas ou a preservação de valores e de bens patrimoniais.” • ISS – IMPOSTO SOBRE SERVIÇOS Primeiramente devemos observar o serviço contratado sob dois aspectos: domicílio tributário do prestador de serviços e o tipo de serviço. máquinas. Via de regra. logradouros. lavagem. como na construção civil. edificações. . instalações. nos casos em que o tomador e o prestador pertencerem ao mesmo município. exceto se a manutenção foi feita de caráter isolado. pátios ou de áreas de uso comum. Cada município tem uma legislação própria. Desta forma. imunização. Haverá casos com alíquotas diferenciadas.

8. obstetras.Administração de bens ou negócios. com ou sem estabelecimento fixo. 13. 7. 10. CLIDEI IFORT 4.Peritos e avaliadores. psicólogos.Enfermeiros. banco de sangue. ISS ISS ISS MAGALHÃES . protéticos (próteses dentarias).Organização. ortopiticos.Datilografia. casa de recuperação ou repouso sob orientação médica. os de: 1. consultoria técnica. O imposto sobre Serviços de qualquer natureza tem como fato gerador a prestação de serviços. 3. 9.Despachantes.Advogados ou provisionados.Economistas 12.Agentes da propriedades industrial. ambulatórios. estenografia. guarda-livros e técnicos em contabilidade.Conforme Lei n° 909/71 – Município de Valença Art. consideram –se como serviços. explorados pelo prestador de serviço). assessoria. 11.Contadores auditores. 15. sanatórios. processamento de dados . Art. fonoaudiólogos. por empresa ou profissional autônomo.Agentes da propriedade artística ou literária. 6. dentistas e veterinários. 170 – Para os efeitos deste capítulo. programação. inclusive consórcio ou fundos mútuos para aquisição de bens (não abrangidos os serviços executados por instituições financeiras).Tradutores e Interpretes.Hospitais. 5. planejamento.médicos. casas de saúde.Laboratório de analises clínicas e eletricidade médica. prontos-socorros. 169. secretaria e expediente. ISS IFORT CLIDEY 2. 14. financeira ou administrativa ( exceto os serviços de assistência técnica prestados a terceiros e concernentes a ramo de industria ou comercio.

festivais.Recrutamento.Demolição: conservação e reparação de edifícios (inclusive elevadores neles instalados).Execução por administração.Transportes e comunicações. arquitetos. inclusive serviços auxiliares ou complementares (exceto o fornecimento de mercadoria produzidas pelo prestados dos serviços. 23. d)bailes. cinemas. 22. duchas. colocação ou fornecimento de mão-de-obra. estadas. inclusive por empregados do prestador de serviços ou por trabalhadores avulsos por ele contratados. inclusive as realizadas em auditório da estação de radio ou de televisão. de obras hidráulicas e outras obras semelhantes. 18. . recitais e congêneres. tratamento de pele e outros serviços de salões de beleza.Banhos. circos. 20.Barbeiro. parques de diversão “táxidancings” e congêneres. pontes e congêneres (exceto o fornecimento de mercadorias produzidas pelo prestador dos serviços fora do local da prestação dos serviços. urbanistas. c)Bilhares. ‘shows” . 17. 27. manicures.Projetistas.Limpeza de imóveis.Engenheiros . com ou sem participação do espectador. calculistas. pedicures. boliches e outros jogos permitidos.Desinfecção e higienização. cabeleireiros. empreitada ou sub empreitada de construção civil.Diversões públicas. ISS 19. massagem.16. e)competições esportivas ou de destreza física ou intelectual. 24. fora do local da prestação dos serviços. de natureza estritamente municipal. ginástica e congêneres. auditórios. 21. a)Teatros. 28. desenhistas técnicos. 26.Lustração de bens moveis ( quando o serviço for prestado a usuário final do objeto lustrado). que ficam sujeitos ao ICM). que ficam sujeitas ao ICM). 25. fora do local da prestação dos serviços.Raspagem e lustração de assoalhos. b)Exposição com cobrança de ingresso.

por qualquer processo. textos e demais materiais publicitários. 39. cujo valor ficou sujeito ao imposto de circulação de mercadorias). aplica-se o disposto no item 41). individualmente ou por conjuntos. 35. quando incluído no preço da diária ou mensalidade. g) execução de musica. que ficam sujeitos ao ICM). arrumação e guarda de bens. Agenciamento e representações de qualquer natureza. 32. Propaganda e publicidade. h)fornecimento de musica mediante transmissão . Hospedagem em hotéis. Deposito de qualquer natureza (exceto depósitos feitos em bancos ou outras instituições financeiras). RCV MOTORES 42 – Recondicionamento de motores ( o valor das peças) fornecidas pelo prestador do serviço fica sujeito ao imposto de circulação de . não incluídos no item anterior e nos itens 59 e 59. 29. 41 – Conserto e restauração de quaisquer objetos (exclusivo. limpeza e revisão de maquina. 37. 30. elaboração de desenhos.f) execução de musica mediante transmissão .Lubrificação . . fica sujeito ao imposto sobre serviços). guias de turismo. Guarda e estacionamento de Veículos. Intermediação. Organização de feiras de amostras. “buffet” ( exceto o forneciment0 de alimentos e bebidas. armazéns frigoríficos e silos carga. descarga. inclusive corretagem de bens moveis e imóveis. 31. Armazéns gerais. 38. COMPASSO 36 . passeios e excurssões. por qualquer processo. 33. Análise técnica. aparelhos e equipamentos ( quando a revisão implica em conserto ou substituição de peças. divulgação de textos. pensões e congêneres ( o valor da ISS alimentação . 34. por qualquer meio. inclusive planejamento de campanhas ou sistema de publicidade. congressos e congêneres. em qualquer caso. Organização de festas. exceto os serviços mencionados nos itens 58 e 59. 40. desenhos e outros materiais de publicidade. inclusive guarda-moeis e serviços correlatos. Agencias de Turismo. o fornecimento de peças e partes de maquinas e aparelhos.

a autarquia. 45 – Alfaiates. inclusive dublagem e ‘mixagem’ sonora. 56 – Paisagismo e decoração (exceto o material fornecido para execução . clicheria. tingimento. a empresa concessionárias da produção de energia elétrica. 51 – cópia de documentos e outros papeis. sociedades . litografia e fotolitografia. secagem . galvanoplastia. exclusivamente com material por ele fornecido ( excetua-se a prestação do serviço ao poder público. inclusive revelação . ISS 52 – Locação de bens moveis. 46 – Tinturaria e lavanderia. tratamento e amostramento de animais. 55 – Florestamento e Reflorestamento. 48 – Instalação e montagem de aparelhos. máquinas e equipamentos prestados ao usuário final do serviço. 58 – agenciamento. seja fornecidos pelo usuário. cópia e reprodução . acondicionamento e operações similares de objetos não destinados a comercialização ou industrialização. corretagem ou intermediação de títulos quaisquer (exceto os serviços executados por instituições financeiras. zincografia. 50 – Estúdios fotográficos e cinematográfico. costureiros prestados ao usuário final. quando o material . lavagem. salvo o de aviamento. 43 – Pintura (exceto os serviços relacionados com imóveis) de objetos não destinados a comercialização ou industrialização. 57 – Recauchutagem ou regeneração de pneumáticos. 59 – Agenciamento. modistas. HR LOCAÇÃO PÁ CARREGAD 53 – Composição gráfica.mercadorias). estúdios de gravação de ‘video-tapes’ para televisão) estúdios fonográficos e de gravação de sons ou ruídos. plantas e desenhos. por qualquer processo não incluído no item anterior. 44 – Ensino de qualquer grau ou natureza. 47 – Beneficiamento. corretagem ou intermediação de cambio e de seguros. 49 – Colocação de tapetes e cortinas com material fornecido pelo usuário final do serviço. 54 – Guarda. ampliação . que fica sujeito ao ICM).

inclusive por meio de trabalho temporário”. ou nas de terceiros. 40. de trabalhadores que realizem serviços contínuos. regularmente autorizadas a funcionar). 65 – Taxi. a) Como saber se determinarmos serviço prestado por Pessoa Jurídica terá a retenção de INSS 11%%? Resposta:. devemos saber o conceito de Cessão de Mão de Obra: “Cessão de mão de Obra é a colocação à disposição da empresa contratante. 60 – Encadernação de livros e revistas. 61 – Aerofotogrametria. 63 – Distribuição de filmes cinematográfico e de vedeo.distribuidoras de títulos e valores e sociedades de corretores. Tabela Prática Tipo de serviço Execução de obras hidráulicas ou Const. em suas dependências. 41. . conforme o conceito acima.Primeiramente deverá ser verificado se aquele prestador de serviço está fornecendo mão de obra. inclusive de direitos autorais. relacionados ou não com sua atividade fim. Civil 29. quaisquer que sejam a natureza e a forma de contratação. 64 – distribuição e venda de bilhetes de loteria. deveremos entender que esse imposto aplica-se tão somente a prestadores de serviços que fornecerem mão de obra (CESSÃO DE MÃO DE OBRA). 62 – Cobranças. Para melhor análise. 42 e 56 Demais Alíquota 2% 5% 3% • RETENÇÃO DO INSS – 11% -SERVIÇOS PRESTADOS PESSOA JURÍDICA Para sabermos se um determinado serviço prestado por Pessoa Jurídica está ou não sujeito a retenção do INSS 11%. 66 – Empresas funerárias.

Ligação e Leitura de medidores 15. inclusive telemarketing 26. As exceções que dispensam de retenção do INSS 11%. conservação e zeladoria 2.833. triagem e movimentação de materiais 22. Distribuição 12.08) • 3)) A contratada não possuir empregados registrados Nota: valores sujeitos a alteração • Exceção 2 CLYDEI E IFORT (DR. embalagem e acondicionamento de produtos 7. Digitação e preparação de dados para procedimento 6. equipamentos e veículos VERIFICAR 18. Telefonia. Acabamento. Copa e Hotelaria 10. Corte e ligação de serviços públicos 11. Construção Civil INSS 4. Operação de pedágio e de terminais de Transporte 19. Serviços Rurais MACEDO 5.416. recepção e ascensorista 21. Todos os serviços contratados com empresa de trabalho temporário b) aplico a alíquota incidente ou analiso se resta alguma exceção? Resposta: Encontrado o tipo de serviço na lista. Portaria. então teremos de verificar se aquele tipo de cessão de mão de obra está na relação abaixo: 1. Secretaria e expediente 24. instalações. desde que prestados . GILBERTO E CRISTINA) Não se aplicam as retenções de INSS quando relativos ao exercício de profissão regulamentada por legislação federal. Saúde VERIFICAR 25. Cobrança 8. de e máquinas equipamentos 16. Vigilância e Segurança 3. Operação de transporte de cargas e passageiros 20.833. para não efetuar a retenção do INSS.Se a resposta for afirmativa. são as seguintes: Exceção 1 • Quando o valor do serviço no documento Fiscal for inferior a duas vezes o limite máximo do salário contribuição (3. Treinamento e ensino SENAI 13. cumulativamente: • Os serviços tiverem sidos prestados pelo titular ou sócio • (2) O faturamento da contratada no mês imediatamente inferior for igual ou inferior a duas vezes o limite máximo do salário de contribuição (R$ 6. Recepção. Montagem 17. Entrega de contas e documentos 14. Operação de máquinas. Promoção de vendas e eventos 23.54 x 2 = R$ 6. Coleta e reciclagem de lixo e resíduos 9. Manutenção.08) e. deveremos verificar se existe ainda alguma exceção. Limpeza.

. nos termos do art. arquitetos etc. fatura ou documento apartado. engenheiros. advogados. médicos. contadores. INSS Recolhimentos previdenciários pelo contribuinte individual (autônomo). e analisadas por esta Coordenação. ou outras com amparo em legislações complementares. Através da IN 87/2003. o estudante. 148 da IN 971/2009. sindico de condomínio. entre outros.CEI ou PIS). INSS INSS INSS As Empresas enquadradas no SIMPLES (Sistema Simplificado de Tributação). e esta contribuição será de 11% descontado do valor do serviço. podendo livremente adotar diversos procedimentos disponíveis na execução de seu trabalho. Outras exceções poderão ser argüidas pelos prestadores de serviços. (exemplo: Professores. o autônomo é “contribuinte individual”.00 (vinte nove reais) valor mínimo para emissão de GPS.pessoalmente pelos sócios de sociedade civil. sem que haja uma subordinação típica de outrem. PROCEDIMENTOS PARA RETENÇÃO E PAGAMENTOS DE IMPOSTOS INCIDENTES SOBRE PRESTADORES DE SERVIÇOS CONTRIBUINTES INDIVIDUAIS (AUTONOMOS). perante o INSS o trabalhador autônomo passou a ser denominado “ Contribuinte Individual”. bem como aquele que deixou de ser segurado obrigatório da Previdência Social. devendo nesses casos estas serem explanadas pelos mesmos. Ocorre que pela atual legislação o recolhimento é feito pela empresa tomadora do serviço. Pela Legislação anterior o autônomo recolhia através de um carnê. sem concurso de empregados ou auxiliares. e portanto sujeito à inscrição junto á Previdência social obtendo seu n º de inscrição (NIT.) Exceção 3 As demais exceções não merecem neste momento maior estudo. NÃO ESTÃO dispensadas de retenção de INSS 11%. as vezes por ações com amparo judicial.  NOTA IMPORTANTE  Se o valor referente aos 11% for inferior a R$ 29. devendo este fato constar na nota fiscal. e denominado contribuintes facultativos: a dona de casa. não deverá haver retenção. DOCUMENTAÇÃO DO CONTRIBUINTE INDIVIDUAL (Autônomo): Perante Legislação Previdenciária. CONCEITO DE AUTÔNOMO: É o trabalhador que desempenha seu ofício com autonomia.

Recibo de Pagamento de autônomo).CVI/TU Fone: 85 4006. não as isentam da obrigatoriedade de recolher a parte patronal incidente sobre a quantia paga ao prestador. sobre o total da remuneração. deverá ser retido o ISS.As Empresas estão obrigadas a fazer a retenção de 11% sobre a remuneração paga.0559 Cel: 85 96459606 28/04/2010 . (Cada município tem sua tabela dos serviços e respectivas alíquotas). Tal encargo. através de guia DAM. observado o teto de contribuição previdenciária (e fazer o recolhimento desses valores ao INSS. no entanto. tomando-se como base a tabela progressiva de assalariados (Vide tabela de IR assalariados). além dos demais impostos. e recolhido posteriormente aos cofres Municipais. estes devem apresentar documentação hábil (recibo RPA . que é de 20%. Antes de se efetuar pagamentos à prestadores de serviço Autônomos. IRRF – Imposto de Renda Retido Fonte (autônomos) Ao se pagar Recibos de Autônomos deve-se efetuar a retenção do IRRF. ISS – Retenção de ISS (??%) Caso o contribuinte individual (autônomo) não comprovar sua inscrição junto a Prefeitura Municipal. sem limite. devendo comprovar a inscrição no INSS inscrição de matrícula ou inscrição no PIS. Silvia Helena Cordeiro Lobo Coordenação Contábil Fiscal .

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->