Você está na página 1de 34

Central Analógica Endereçável GST200 - Manual do utilizador -

Central Analógica Endereçável GST200 - Manual do utilizador - MANUAL DO UTILIZADOR 1

MANUAL DO UTILIZADOR

1

Central Analógica Endereçável GST200 - Manual do utilizador -

Índice

Índice

2

1. GST200 – Estrutura e configuração do painel de controlo 1.1.Descrição da estrutura interna e configuração típica

3

3

1.2.

Estrutura do painel frontal da GST200

6

1.2.1. Descrição do display de controlo de zonas

 

6

1.2.2. Painel de intervenção e indicação de zonas

8

1.3

Estrutura interna e ligação

 

8

1.3.1

Descrição da estrutura interna

8

1.4.

Explicação dos terminais de saída na placa de ligações

 

10

1.4.1

Ligação dos circuitos de sirenes às sirenes

10

1.4.2.

Ligação da saída de alarme de incêndio aos dispositivos externos

11

1.4.3.

Ligação do Loop aos dispositivos

12

1.4.4.

Opções de sirenes e saídas de alarme de incêndio livres de tensão

12

1.5

Ligação interna do painel de controlo (ver apêndice 1)

 

13

2. Instalação

14

2.1.

Inspecção geral

 

14

2.1.2

Verificar configuração e ligações

14

2.2

Condições de instalação do painel de controlo

 

14

2.3.

Teste de arranque

15

2.4.

Inspeção do equipamento

16

2.4.1.

Inspecção das ligações do Loop

16

2.4.2

Inspecção dos equipamentos no Loop

16

2.5 Ligação

16

2.6 Instalação

16

3. Manual de funcionamento

17

3.1.

Arranque, desligar o sistema e auto-teste

 

17

3.2

Descrição do teclado

18

3.2.1 Funções do teclado

 

18

3.2.2 Método geral de introdução de dados

18

3.3

Teclas de bloqueio e desbloqueio

 

19

3.3.1 Desbloquear teclado

 

19

3.3.2 Tecla de bloqueio (Lock)

19

3.4.

Descrição do menu de funcionamento

 

20

3.4.1

Modo de impressão

20

3.4.2.

Extinção - MODO 1

20

3.4.3.

Arranque - MODO 2

20

3.4.3.1 Modo Manual

 

20

3.4.3.2 Modo Automático

20

3.4.4

Modo do sistema

20

3.4.4.2 Código acesso

 

20

3.4.4.3 Config. Comunicação

21

 

3.4.4.3.3 Modo controlo de rede

21

3.4.4.3.4 Número de telefone

21

3.4.5

Configuração écrân

21

2

Central Analógica Endereçável GST200 - Manual do utilizador -

 

3.4.5.1 Contraste LCD

21

3.4.5.2 Modo Zona/Loop

21

3.4.5.3 Modo Fórmula C&E

21

 

3.5

Descrição da fórmula C&E

21

3.5.1 Símbolos utilizados

 

21

3.5.2 Termos da condição

22

3.5.3 Termos relativos aos equipamentos de saída

22

3.6

Função do painel de intervenção e de indicação de zonas

22

3.6.1 Indicação e funcionamento das zonas

 

22

3.6.2 Funcionamento manual (Manual permit)

23

3.6.3 Função geral de silêncio (MUTE)

23

3.7

Descrição da pesquisa de informação

23

 

3.7.1

Pesquisa de informação

23

3.7.2

Procedimento

23

3.7.3

Histórico

23

3.7.4.

Ver Dispositivos (Browse)

24

3.7.4.1

Ver dispositivos por zona

25

3.7.4.2. Ver dispositivos por loop

26

 

3.8.

Descrição do funcionamento por tecla

27

4.

Guia de funcionamento do sistema

27

4.1. Ajuste data/hora

 

27

4.2. Código de acesso

28

 

4.2.1

Niveis dos códigos de acesso

28

4.2.2.

Modificar código de acesso

28

 

4.3.

Contraste

29

5. Resolução de problemas e manutenção periódica

30

6. Cálculo da capacidade da bateria e da fonte de alimentação interna

32

7. Informação técnica

33

ANEXO 1

 

34

1. GST200 – Estrutura e configuração do painel de controlo

1.1.Descrição da estrutura interna e configuração típica

A central de incêndio analógica endereçável GST 200 apresenta um único loop capaz de

suportar até 235 dispositivos proporcionando segurança integrada e propriedades de

extinção de gás.

O painel frontal e a estrutura interna do painel de controlo da GST200 são descritos nas fig.

1-1 e 1-2.

3

Central Analógica Endereçável GST200 - Manual do utilizador -

Analógica Endereçável GST200 - Manual do utilizador - Fig. 1-1 Painel frontal da GST200 Descrição: 1

Fig. 1-1 Painel frontal da GST200

Descrição:

1 Display relógio

2 Display LCD

3 Painel impressora

4 Unidades Opcionais (painel de controlo dos bombeiros)

5 Indicadores de estado

6 Teclado

7 Painel de intervenção manual e indicação de zonas.

4

Central Analógica Endereçável GST200 - Manual do utilizador -

Analógica Endereçável GST200 - Manual do utilizador - 1 Display de controlo Fig. 1-2 Estrutura interna

1 Display de controlo

Fig. 1-2 Estrutura interna

2 Impressora

3 Indicação de zona e painel de intervenção

4 Altifalante

5 Fonte de alimentação

6 Placa de interface

7 Placa EMI

8 Transformador

5

Central Analógica Endereçável GST200 - Manual do utilizador - 1.2. Estrutura do painel frontal da GST200

1.2.1. Descrição do display de controlo de zonas

O display de controlo de zonas consiste no display de relógio, display LCD, luzes de indicação e teclado. Ver figura 1-3.

LCD, luzes de indicação e teclado. Ver figura 1-3. Fig. 1-3 Display controlo de zonas Descrição

Fig. 1-3 Display controlo de zonas

Descrição dos indicadores:

Indicador FOGO (vermelho) - Este indicador está iluminado quando os detectores entram na condição de alarme. Após o incêndio ser extinto, pressionar a tecla RESET para terminar o alarme.

Indicador FALHA GERAL (amarelo) - Este indicador está iluminado quando os dispositivos (detectores, módulos ou painéis repetidores) entram na condição de avaria, ou se o próprio painel de controlo se encontra nessa condição. Após a avaria ser rectificada, pressionar a tecla ESC para o indicador se apagar.

Indicador OPER (verde) – Activação de dispositivos. Este indicador está iluminado quando os dispositivos externos ao painel de controlo se encontram na condição activa. Após todos os dispositivos regressarem ao seu estado normal, o indicador irá se apagar.

Indicador ISOLAR (amarelo) - Este indicador está iluminado quando um ou mais dispositivos são isolados.

Indicador SILÊNCIO (verde) - Quando o painel de controlo envia um alarme sonoro, pressionando a tecla MUTE, o indicador irá “piscar” e o altifalante do painel irá parar o

6

Central Analógica Endereçável GST200 - Manual do utilizador -

alarme sonoro. Se voltar a pressionar a tecla MUTE ou ocorrer um novo alarme de incêndio, o indicador irá se apagar e soará de novo o alarme sonoro.

Indicador START (verde) – Este indicador está iluminado quando o painel de controlo envia um comando para iniciar dispositivos externos.

Indicador FALHA AC (amarelo) – O indicador está iluminado quando a alimentação AC 220V do painel falha. Quando a alimentação é reposta, o indicador irá se apagar.

Indicador Auto Permit (verde) – Este indicador “pisca” quando o painel de controlo está na condição automática parcial e encontra-se permanentemente iluminado quando o painel de controlo está na condição automática total.

Indicador Manual Permit (verde) – Este indicador está iluminado quando o painel de controlo inicia e termina os dispositivos através do teclado principal ou do painel de intervenção e indicação de zonas. Caso contrário, em funcionamento normal, não será possível.

Indicador MODO SEGURANÇA (verde) – Este indicador está iluminado quando o detector de segurança está na condição desbloqueado.

Indicador ALIM AC (verde) – Este indicador está iluminado permanentemente quando o painel de controlo é alimentado pela rede AC 220V e “pisca” quando alimentado apenas pela bateria.

Indicador FALHA BAT (amarelo) - Este indicador está iluminado quando falha a bateria. Após reposta a falha, o indicador irá se apagar.

Indicador EXTINÇÃO ACTIVO (verde) – Este indicador está iluminado após activação do dispositivo de extinção de gás.

Indicador EXTINÇÃO PEDIDO (verde) – Quando este indicador está iluminado há possibilidade de iniciar o dispositivo de extinção de gás.

Indicador EXTINÇÃO PERMIT (verde) – Este indicador está iluminado quando o painel de controlo se encontra na condição de permissão de extinção.

7

Central Analógica Endereçável GST200 - Manual do utilizador -

1.2.2. Painel de intervenção e indicação de zonas

- 1.2.2. Painel de interven ção e indicação de zonas Fig. 1-4 Painel de intervenção e

Fig. 1-4 Painel de intervenção e indicação de zonas

Nesta zona de controlo, cada unidade consiste numa tecla , dois indicadores e uma etiqueta. A tecla tem a função de controlo (start/stop). Podem ser colocadas, para além das teclas, etiquetas onde o utilizador poderá escrever os nomes correspondentes aos dispositivos existentes.

1.3 Estrutura interna e ligação

1.3.1 Descrição da estrutura interna

Esta parte consiste num módulo integrado constituido por uma placa principal, uma placa display e um écrân LCD. Este tipo de estrutura reduz as ligações e o espaço ocupado. A figura 1-5 mostra a posição e estrutura de cada parte.

8

Central Analógica Endereçável GST200 - Manual do utilizador -

Analógica Endereçável GST200 - Manual do utilizador - Descrição: 1. Placa display 2. Placa principal 3.

Descrição:

1. Placa display

2. Placa principal

3. LCD

Fig. 1-5 Posição da cada parte

A ligação de cada parte pode ser visualizada na figura 1-6.

ligação de cada parte pode ser visualizada na figura 1-6. Descrição: Fig. 1-6 Ligação de cada

Descrição:

Fig. 1-6 Ligação de cada parte.

1. Ligação do fio entre a placa display e a placa principal: cabo de sinal 26 pinos.

2. LCD - luz de fundo: 2 fios para alimentação da luz de fundo do LCD.

3. LCD - dados: 20 fios (sinal)

4. Impressora - dados: 20 fios (sinal)

5. Ligação do cabo entre a placa principal e o altifalante: fio duplo.

9

Central Analógica Endereçável GST200 - Manual do utilizador -

1.4. Explicação dos terminais de saída na placa de ligações

Os terminais de saída na placa de ligações são descritos na figura 1-7:

saída na placa de ligações são descritos na figura 1-7: Fig. 1-7 Terminais de saída Descrição

Fig. 1-7 Terminais de saída

Descrição dos terminais:

CLASS CHANGE - deve ser ligado a um contacto livre de tensão.

FAULT OUTPUT - é uma saída passiva a relé que proporciona um contacto NC (norm. fechado) COM (comum) e NO (norm. aberto)

SOUNDER CIRCUIT - corresponde ao circuito das sirenes. A placa permite 2 circuitos de sirenes descritos no ponto 1.4.1.

FIRE ALARM OUTPUT – Saída de alarme de incêndio.

LOOP BUS (IN e OUT) – Circuito de loop para ligação dos dispositivos externos endereçáveis (detectores, botoneiras, sirenes, etc). Ver ponto 1.4.2.

RS-485 REPEATER - deve ser ligada a um painel repetidor.

RS-485 NETWORK - deve ser ligada a um interface de rede.

1.4.1 Ligação dos circuitos de sirenes às sirenes

ser ligada a um interface de rede. 1.4.1 Ligação dos circuito s de sirenes às sirenes

Fig. 1-8 Circuito das sirenes

10

Central Analógica Endereçável GST200 - Manual do utilizador -

Procedimento:

Retire as resistências de 10Kohm dos terminais (+ 1 -; + 2 -) do circuito das sirenes (SOUNDER CIRCUIT) e guarde-as. Ligue o cabo externo, respeitando a polaridade (do circuito e das sirenes) e introduza a resistência em paralelo com o circuito das sirenes no último dispositivo.

NOTA: As sirenes devem ser polarizadas. O número máximo de sirenes por circuito depende da corrente requerida pelo própria sirene. NÃO EXCEDER A CORRENTE TOTAL DE ALARME (500mA).

1.4.2.

externos

Ligação

da

saída

de

alarme

de

incêndio

aos

dispositivos

Ligação da saíd a de alarme de incêndio aos dispositivos Fig. 1-9 Circuito de alarme de

Fig. 1-9 Circuito de alarme de incêndio

Procedimento:

Retire as resistências de 10Kohm dos terminais (+;-) do circuito de saída de alarme de incêndio (FIRE ALARM OUTPUT) e guarde-as. Ligue o cabo externo, respeitando a polaridade (do circuito e dos equipamentos) e introduza a resistência em paralelo com o circuito no último dispositivo.

NOTA: NÃO EXCEDER A CORRENTE TOTAL DE ALARME (500mA).

11

Central Analógica Endereçável GST200 - Manual do utilizador -

1.4.3. Ligação do Loop aos dispositivos

O circuito de Loop é descrito na figura 1-10.

dispositivos O circuito de Loop é descrito na figura 1-10. Fig. 1-10 Circuito do Loop 1.4.4.

Fig. 1-10 Circuito do Loop

1.4.4. Opções de sirenes e saídas de alarme de incêndio livres de tensão

As saídas para as sirenes e de alarme de incêndio podem ser configuradas de modo a serem um contacto normalmente aberto, normalmente fechado ou livre de tensão.

Retire os fusíveis para as saídas seleccionadas e introduza os jumpers (ver figura 1-11) como mostra na tabela seguinte:

 

Remover

 

Para Norm.

Para Norm.

Saída

Fusível

Jumpers

Fechado

Aberto

Circuito Sirenes 2

F3

S3/5&6

S3/3&4

S3/2&3

Circuito Sirenes 1

F2

S2/5&6

S2/3&4

S2/2&3

Saída Alarme

       

Incêndio

F1

S1/5&6

S1/3&4

S1/2&3

12

Central Analógica Endereçável GST200 - Manual do utilizador -

Analógica Endereçável GST200 - Manual do utilizador - Fig. 1-11 Fusíveis e jumpers na placa de

Fig. 1-11 Fusíveis e jumpers na placa de ligações

Fusiveis:

F3: Sirene 2 - 500mA F2: Sirene 1 - 500mA F1: Saída alarme de incêndio - 500mA

1.5 Ligação interna do painel de controlo (ver apêndice 1)

13

Central Analógica Endereçável GST200 - Manual do utilizador -

2. Instalação

2.1. Inspecção geral

O painel de controlo deve ser verificado visualmente antes da instalação.

2.1.1 Verificar a configuração de fábrica.

Os items principais incluem o manual de instalação e de utilizador, as teclas do controlador, etc.

2.1.2 Verificar configuração e ligações internas.

Verifique o painel de indicação de zonas e de intervenção, a fonte de alimentação, etc. Verifique a ligação da placa principal à fonte de alimentação, placa display e placa de ligações, etc.

2.2 Condições de instalação do painel de controlo

Dimensões físicas em milimetros: 400×178×560 Temperatura ambiente: 0°C+40°C Humidade relativa: (95%) não-condensada

A figura 2-1 apresenta as medidas de instalação do painel de controlo.

14

Central Analógica Endereçável GST200 - Manual do utilizador -

Analógica Endereçável GST200 - Manual do utilizador - Fig. 2-1 - Medidas de instalação 2.3. Teste

Fig. 2-1 - Medidas de instalação

2.3. Teste de arranque

O teste de arranque deve ser efectuado depois da instalação da central. Inclui:

Verificar a sequência automática de arranque.

Observe as luzes de indicação, os leds no painel de controlo e no painel de indicação de zonas e de intervenção, que devem estar no estado normal. Verifique o altifalante. Deve soar como um alarme, embora diferente do alarme de incêndio.

15

Central Analógica Endereçável GST200 - Manual do utilizador - 2.4. Inspeção do equipamento

2.4.1. Inspecção das ligações do Loop

Antes de ligar os cabos, confirme que a resistência entre cada loop e a linha de terra é superior a 20M ohm e que a resistência em cada loop é superior a 1K ohm.

2.4.2 Inspecção dos equipamentos no Loop

Para garantir que o sistema está em ordem, verificar o estado de todos os dispositivos ligados ao loop (quantidade, endereço e estado de funcionamento).

2.5 Ligação

Ligue os equipamentos externos ao painel de controlo de acordo com o ponto 1.4 do capítulo.

2.6 Instalação

O processo principal de instalação deve ser iniciado após correcta ligação do equipamento externo.

Entre no modo de instalação como descrito no capítulo 4. Defina os paineis dispaly de incêndio e os dispositivos por Loop. Coloque etiquetas no painel de intervenção e indicação de zonas nos locais respectivos. Teste todos os detectores para o seu correcto funcionamento e compare com o texto que aparece no painel. Saia do modo de instalação e regresse ao estado de monitorização. Uma vez tendo a certeza que o sistema funciona correctamente, é possível ligar equipamento auxiliar, tal como extinção de gás e verificar o seu estado de funcionamento.

16

Central Analógica Endereçável GST200 - Manual do utilizador -

3. Manual de funcionamento

3.1. Arranque, desligar o sistema e auto-teste

Procedimento para o utilizador:

• Ligar os interruptores AC e de bateria do display de incêndio e do painel repetidor.

• Ligar os interruptores AC e de bateria do painel de controlo.

• Ligar o interruptor de funcionamento do painel de controlo.

Após o procedimento anterior terminar, o sistema entrará no modo de auto-teste:

• Painel LCD está OK. Ver Fig. 3-1.

• Informação da impressora. Ver Fig. 3-2.

• Verificar o teclado, indicadores, LEDs, écrân LCD e sirene.

o teclado, indicador es, LEDs, écrân LCD e sirene. Fig. 3-1 Verifica painel LCD Fig. 3-2

Fig. 3-1 Verifica painel LCD

es, LEDs, écrân LCD e sirene. Fig. 3-1 Verifica painel LCD Fig. 3-2 Verifica impressora Agora

Fig. 3-2 Verifica impressora

Agora que todo o procedimento de arranque foi terminado, o sistema entra no seu modo normal de funcionamento. Ver Fig. 3-3. Pressionando a tecla TEST, o sistema volta a repetir o procedimento de arranque.

17

Central Analógica Endereçável GST200 - Manual do utilizador -

Analógica Endereçável GST200 - Manual do utilizador - Fig. 3-3 Sistema em funcionamento O processo de

Fig. 3-3 Sistema em funcionamento

O processo de desligar o sistema requer que os interruptores sejam desligados por ordem

inversa.

Atenção: Quando o sistema está desligado, todos os interruptores da alimentação secundária devem estar desligados para evitar que as baterias sejam descarregadas.

3.2 Descrição do teclado

3.2.1 Funções do teclado

A maior parte das teclas têm dupla função. As marcas inferiores são funções de comando

enquanto que as marcas superiores correspondem a funções de caracteres. As funções de comando só ficam activas no estado de monitorização e a maior parte das teclas estão limitadas pela função de bloqueio (Lock). As funções de caracteres só podem ser utilizadas

para introduzir dados após o LCD ter sido activado no menu.

3.2.2 Método geral de introdução de dados

Quando começa a introduzir caracteres, existe uma área iluminada a indicar a posição actual para introdução dos dados. Pressionando a tecla ENTER ou TAB o sistema irá indicar os dados por defeito. Pressionando a tecla coreespondente ao caractere, desaparecem os caracteres primários e irão aparecer os novos caracteres introduzidos. Entretanto, o cursor irá aparecer na próxima posição de introdução de caracteres no écrân. Pressionando as teclas Cima ou Baixo, o cursor irá se mover para a posição desejada, podendo, de seguida, proceder-se à alteração do caractere. Após a edição de texto da zona, pressionando na tecla TAB, passará para a próxima zona. Quando estamos na edição da última zona, pressionando a tecla TAB, passará para a primeira zona. Em qualquer altura, para gravar as alterações, pressionar ENTER. Durante a introdução dos dados, se interrompermos a introdução, o sistema sai automaticamente deste modo após 1 minuto sem efectuar qualquer modificação.

18

Central Analógica Endereçável GST200 - Manual do utilizador -

3.3 Teclas de bloqueio e desbloqueio

3.3.1 Desbloquear teclado

O estado do sistema por defeito é de bloqueio das teclas no arranque, sendo necessária a

introdução de um código de acesso passe se pretendermos aceder ao teclado. (ver Fig. 3-4). Digite o código de acesso e pressione ENTER para desbloquear o teclado.

de acesso e pressione ENTER para desbloquear o teclado. Fig. 3-4 Desbloqueio do teclado 3.3.2 Tecla

Fig. 3-4 Desbloqueio do teclado

3.3.2 Tecla de bloqueio (Lock)

A tecla de bloqueio deve ser utilizada quando o funcionamento termina ou quando a pessoa

responsável sai de serviço. Pressionando a tecla LOCK , aparece a informação “Press ENTER confirm”. (Ver Fig. 3-5)

Pressionando a tecla ENTER, o teclado ficará bloqueado. Todas as teclas de funções (excepto, SHIFT, MUTE e CIMA e BAIXO) precisarão de um código para serem desbloqueadas.

SHIFT, MUTE e CIMA e BAIXO) precisarão de um código para serem desbloqueadas. Fig. 3-5 Bloqueio

Fig. 3-5 Bloqueio do teclado

19

Central Analógica Endereçável GST200 - Manual do utilizador -

3.4. Descrição do menu de funcionamento

3.4.1 Modo de impressão

Inactivo Fogo – Imprime apenas informação de alarme de fogo automaticamente. Histórico – Imprime os eventos de memória. (Últimos 700 eventos).

3.4.2. Extinção - MODO 1

Inactivo – Isola o sistema de extinção. Activo – Coloca o sistema de extinção em modo de funcionamento stand by.

3.4.3. Arranque - MODO 2

3.4.3.1 Modo Manual

Inactivo.

Activo

3.4.3.2 Modo Automático

Inactivo Sirenes – Apenas as sirenes podem ser iniciadas automaticamente. Todo Equip – Todo o equipamento irá ser iniciado automaticamente.

3.4.4 Modo do sistema

3.4.4.1 Data/Hora – Pode alterar data e hora visualizadas no écrân.

3.4.4.2 Código acesso

3.4.4.2.1 Nivel 1 - Pode

operar todo o funcionamento excepto os parâmetros do sistema

de extinção, controlo de arranque, parâmetros de sistema e controlo de segurança.

3.4.4.2.2 Nivel 2 - Pode operar todo o funcionamento excepto os parâmetros do sistema.

3.4.4.2.3 Nivel 3 - O gestor do sistema opera todo o funcionamento.

20

Central Analógica Endereçável GST200 - Manual do utilizador -

3.4.4.3 Config. Comunicação

3.4.4.3.1 Endereço local – O endereço lógico da central está entre 01 e 32.

3.4.4.3.2 Endereço remoto – O número de transmissão do painel de controlo está entre

0000 e 9999.

3.4.4.3.3 Modo controlo de rede

Inactivo - Não mostra informação acerca da rede mas envia informação. Activo - Mostra e envia informação.

3.4.4.3.4 Número de telefone

Pode introduzir o número de telefone 1~3 de acordo com o índice visualizado. Limite de 24 caracteres. Pressione a tecla TAB para opções On/Off. ‘0’ significa não habilitado e ‘1’significa habilitado. Pressione a tecla ENTER para gravar.

3.4.5 Configuração écrân

3.4.5.1 Contraste LCD

3.4.5.2 Modo Zona/Loop

3.4.5.2.1 Modo Zona – Mostra a informação por zona.

3.4.5.2.2 Modo Loop - Mostra a informação por Loop.

3.4.5.3 Modo Fórmula C&E

Seleccione o número da formula e pressione ENTER para visualizar. Quando o écrân não é suficiente para visualizar fórmula, pressionar a tecla ‘+’.

3.5 Descrição da fórmula C&E

3.5.1 Símbolos utilizados

A fórmula consiste em duas partes separadas por ‘=’. A primeira parte corresponde aos termos da condição enquanto que a segunda parte representa os termos relativos ao equipamento de saída. Por isso, trata-se de fórmulas causa-efeito (C&E) . Os símbolos utilizados incluem ‘+’, ‘*‘ e ‘=’. ‘+’ significa ‘ou’, e ‘*’ significa ‘e’.

21

Central Analógica Endereçável GST200 - Manual do utilizador -

3.5.2 Termos da condição

Os termos da condição são compostos por:

da condição Os termos da condição são compostos por: 3.5.3 Termos relativos ao s equipamentos de

3.5.3 Termos relativos aos equipamentos de saída

Os termos relativos aos equipamentos de saída são compostos por:

relativos aos equipamentos de saída são compostos por: 3.6 Função do painel de intervenção e de

3.6 Função do painel de intervenção e de indicação de zonas

3.6.1 Indicação e funcionamento das zonas

Se no painel for definida a indicação de alguma zona, o indicador vermelho será iluminado quando houver um alarme de incêndio nessa zona e a sirene tocará automaticamente. O indicador verde irá ser iluminado após a sirene iniciar. No modo manual, a sirene poderá ser iniciada/parada manualmente pressionando a tecla desta zona.

22

Central Analógica Endereçável GST200 - Manual do utilizador -

3.6.2 Funcionamento manual (Manual permit)

Nesta condição, as teclas, mediante programação, permitem o controlo (arranque/paragem) manual dos dispositivos associados directamente à zona. A luz vermelha será iluminada após o comando de arranque. A luz verde será iluminada após os equipamentos terem respondido.

3.6.3 Função geral de silêncio (MUTE)

Pressionando a tecla MUTE, as sirenes em funcionamento de todas as zonas podem ser silenciadas. A luz vermelha irá aparecer quando as sirenes estiverem em silêncio. Pressionando de novo a tecla MUTE, as sirenes voltarão a tocar e a luz vermelha irá apagar. Quando há um incêndio na zona, todas as sirenes serão iniciadas de novo.

3.7 Descrição da pesquisa de informação

3.7.1 Pesquisa de informação

A informação de todo o sistema pode ser pesquisada incluindo, memória de eventos, formulas C&E, dispositivos por loop, etc

3.7.2 Procedimento

Pressionando as teclas cima e baixo e a tecla SHIFT. A tecla ENTER proporciona mais informação detalhada e a tecla ESC permite saír um nível. Pressionando a tecla PRINT, será impresso o evento corrente, desde que esteja no modo de impressão.

3.7.3 Histórico

Pressionando a tecla LOG, visualiza-se a memória de eventos.Ver Fig. 3-6.

23

Central Analógica Endereçável GST200 - Manual do utilizador -

Analógica Endereçável GST200 - Manual do utilizador - Fig. 3-6. Histórico 3.7.4. Ver Dispositivos (Browse)

Fig. 3-6. Histórico

3.7.4. Ver Dispositivos (Browse)

Pressionando a tecla Browse temos acesso aos seguintes conteúdos:

1. EQUIP Activo – Equipamento ligado ao loop.

2. EQUIP COM – Equipamento de comunicação activo incluindo painéis repetidores e

painéis de controlo.

Repetidor - 00 AAAAAAAA – Código inicial do repetidor

Unidade de rede - 00 AAAAAAAA - Código inicial do painel de controlo de rede.

3. Acesso – Painel de intervenção e indicação de zonas

ZONA 00 - 00 é o número da zona. Modo de indicação de zona.

000 AAAAAAAA - 000 é o código inicial. As letras são a descrição do tipo.

Silêncio – Modo geral silencioso.

24

Central Analógica Endereçável GST200 - Manual do utilizador - 3.7.4.1 Ver dispositivos por zona

Este modo de pesquisa pode ser realizado pressionando aa teclas ENTER, cima e baixo como mostra a fig. 3-7.

realizado pressionando aa teclas ENTER, cima e baixo como mostra a fig. 3-7. Fig. 3-7 –

Fig. 3-7 – Ver dispositivos por zona

25

Central Analógica Endereçável GST200 - Manual do utilizador - 3.7.4.2. Ver dispositivos por loop

Este modo de pesquisa pode ser realizado pressionando aa teclas ENTER, cima e baixo como mostra a fig. 3-8.

realizado pressionando aa teclas ENTER, cima e baixo como mostra a fig. 3-8. Fig. 3-8 –

Fig. 3-8 – Ver dispositivos por loop

26

Central Analógica Endereçável GST200 - Manual do utilizador -

3.8. Descrição do funcionamento por tecla

Tipo de tecla: ISO - Isolar, DE-ISO – Restauro, START – Iniciar equipamento, STOP – Parar equipamento.

Quando o painel de controlo se encontra no modo “ver dispositivos por zona”, ao introduzir o número da zona, pode-se configurar todo o equipamento dessa zona. Quando o painel de controlo está no modo de loop, introduzindo o código inicial pode-se configurar este circuito.

4. Guia de funcionamento do sistema

4.1. Ajuste data/hora

O tempo é apresentado em horas e minutos. Pressionando a tecla ENTER, o mês e o dia são visualizados. Pressionando a tecla ENTER de novo, voltamos a visualizar as horas e os minutos, ou então, após um minuto o relógio retornará automaticamente ao modo de visualização do tempo.

No estado de monitorização, pressionando a tecla SISTEMA, o écrân será como na figura 4-1 (se o teclado está bloqueado, introduza o código de acesso). Pressionando a tecla 1, o sistema entra no modo de ajuste de data/hora (ver fig. 4-2.). Introduza o valor da data/hora, pressionando TAB para mover o cursor para a posição seguinte e a tecla ENTER para finalizar.

para a posição seguinte e a tecla ENTER para finalizar. Fig. 4-1 – Modo Sistema Fig.

Fig. 4-1 – Modo Sistema

para a posição seguinte e a tecla ENTER para finalizar. Fig. 4-1 – Modo Sistema Fig.

Fig. 4-2 – Ajuste Data/Hora

27

Central Analógica Endereçável GST200 - Manual do utilizador - 4.2. Código de acesso

4.2.1 Niveis dos códigos de acesso

Há dois niveis de códigos de acesso (1 e 2), cada uma com diferentes permissões:

Após entrar no modo de sistema (ver fig. 4-1), pressionar ‘2’, para entrar no modo de selecção de código de acesso.Ver fig. 4-3.

no modo de selecção de código de acesso.Ver fig. 4-3. Fig. 4-3 – Niveis de código

Fig. 4-3 – Niveis de código de acesso

4.2.2. Modificar código de acesso

Se pretender criar ou modificar o código de acesso, escolha ‘1’ ou ‘2’ pressionando a tecla respectiva. O sistema entrará no modo “modificar código de acesso” como descrito na

fig.4-4.

“modifi car código de acesso” como descrito na fig.4-4. Fig. 4-4 – Modificar código de acesso

Fig. 4-4 – Modificar código de acesso

Após escrever o novo código de acesso (8 caracteres de 0 a 9), o sistema irá pedir para escrever de novo o código de acesso, como se vê na fig. 4-5.

pedir para escrever de novo o código de acesso, como se vê na fig. 4-5. Fig.

Fig. 4-5 – Confirmar código de acesso

28

Central Analógica Endereçável GST200 - Manual do utilizador -

Se a confirmação do código de acesso estiver correcta, o écrân irá mostrar a informação de que ocódigo de acesso foi alterado com sucesso (ver fig. 4-6).

ocódigo de acesso foi altera do com sucesso (ver fig. 4-6). Fig. 4-6 – código de

Fig. 4-6 – código de acesso alterado com sucesso

4.3. Contraste

Pressione a tecla SCREEN para entrar no ‘modo display’ (ver fig. 4-7). Pressionando ‘1’, o sistema entrará no modo de configuração do contraste (ver fig. 4-8). As teclas cima e baixo permitem modificar o contraste e a tecla ENTER valida as alterações.

modificar o contraste e a tecla ENTER valida as alterações. Fig. 4-7 – Modo display Fig.

Fig. 4-7 – Modo display

modificar o contraste e a tecla ENTER valida as alterações. Fig. 4-7 – Modo display Fig.

Fig. 4-8 – Contraste do LCD

29

Central Analógica Endereçável GST200 - Manual do utilizador -

5. Resolução de problemas e manutenção periódica

Nº.

Indicação de falha

Causa possível

 

Acção

 

Nenhuma indicação no painel ou indicação fora

a.

Fusível AC

a.Trocar fusível AC 1A b Verificar o interruptor relativo à

danificado

1

do comum

b.

Problema na

alimentação

Alimentação

c. Verificar a ligação da placa

c.

Placa display

desligada

   

a.

Não há

 

‘Falha AC’ após

alimentação AC

a. Verificar e ligar cabo AC

2

arranque

b.

Fusível AC

b. Trocar fusível AC 1A

estoirou

   

a.

Bateria

a. Abra a tampa da caixa de

‘Falha bat’ após

desligada

alimentação e verifique as ligações.

3

arranque

b.

Bateria

b.

Se após o sistema ter estado a

descarregada ou

trabalhar mais de 8 horas com alimentação AC e a falha ainda existir, trocar as baterias.

danificada

 

Incapaz de registar

Loop desligado

Verifique o loop

4

equipamentos no loop.

 

Incapaz de registar

Cabos de

Verifique a alimentação dos repetidores e os cabos de

5

painel repetidor de incêndio.

comunicação

desligados.

comunicação.

30

Central Analógica Endereçável GST200 - Manual do utilizador -

     

a.

Activar modo de

6

a.

Modo de impressão não activo

impressão.

Não imprime

b.

Cabo da impressora desligado

b.

Verificar e ligar

c.

Impressora danificada

correctamente a

 

impressora.

c.

Substitua a

impressora.

   

a.

cabo do painel de intervenção

Verifique as ligações e registe de novo

a.

e

indicação de zonas desligado.

b.

Substitua o circuito da

Não obtém reposta

b.

placa do painel de intervenção

placa.

7

pressionando as teclas.

e

indicação de zonas danificado.

   

a.

Equipamento desligado

a. Verifique ligações

8

Falha EQUIP

b.

Equipamento danificado

b. Substitua

 

equipamento

9

Falha LOOP

loop está em curto-circuito ou em circuito aberto.

a.

Verifique o loop e

repare-o.

 

Falha de memória,

a. Interferência do ambiente.

Verifique se a linha de terra está bem ligada.

10

relógio, etc.

b. Partes respectivas estão

danificadas pelo uso.

 

31

Central Analógica Endereçável GST200 - Manual do utilizador -

6.

alimentação interna

Cálculo

da

capacidade

da

bateria

e

da

fonte

de

Bateria

Dados gerais

Consumo

Nº máximo

Consumo

Tipo de bateria

fonte de

de circuitos

máximo

alimentação

de sirenes

externo

interna

de alarme

2.0A

2

1.5A

12Ah

Consumo em stand by (em ampére)

 

Consumo em stand by (em ampére)

Nº.

Corrente

Total

Controlador com todos os detectores colocados

1

0.32

0.32

Equipamento auxiliar

     

Corrente total em stand by (L1)

 

Consumo total em alarme (ampére)

 
 

Consumo em stand by (em ampére)

Nº.

Corrente

Total

 
 

16 detectores em alarme

1

0.40

0.40

 

Saída de alarme de incêndio

1

 

Saídas de sirene

 

Equipamento auxiliar

Corrente total em alarme (L2)

(Máxima corrente permitida - 2.0A)

Cálculo

CMIN = 1.25 x (L1×T1)+(L2xT2)

= 1.25 ×…………………………A

= …………………………Ah

Valor da bateria mais próxima ………………Ah

T1 = Tempo do sistema em stand by (horas), ex. 12, 24, etc. T2 = Tempo do sistema em alarme total ex. 0.5 = meia hora

32

Central Analógica Endereçável GST200 - Manual do utilizador -

7. Informação técnica

Tensão de alimentação……230 ± 15% VAC 50/60 Hz Corrente de entrada…………0.75A

Sistema

Tensão de funcionamento…………

Recomendado

24

Baterias……………7.2 Ah 12 horas 12.0Ah 24 horas-máximo

VDC Nominais17-29 VDC)

Circuitos sirenes (2)……Tensão de saída 17 a 29 VDC Corrente de saída: 1.0A Consumo máximo total: 1.5A Resistência de fim-de-linha: 10K resistor

Fusiveis……………………

Sirenes(2): 1A (20mm) Saída alarme incêndio: 0.5A (20mm) Battery: 2A (20mm A/S HRC ceramic)

Alimentação

Saídas Comuns

AC 1A (20mm/cerâmico)

(Alarme incêndio) Relé de saída ………0.5A a 24VDC (Falha geral) relé de saída……Livre de corrente 1.0A at 24 VDC

Saída a fusível a 24 VDC………

Limita de carregamento da bateria…600mA

Máximo

consumo de 500mA a 17-28VDC

33

Central Analógica Endereçável GST200 - Manual do utilizador -

ANEXO 1

Central Analógica Endereçável GST200 - Manual do utilizador - ANEXO 1 34