Você está na página 1de 11

SISTEMA DE ENSINO PRESENCIAL CONECTADO

CIÊNCIAS CONTABEIS

GESTÃO EMPRESARIAL

2015
GESTÃO EMPRESARIAL

Trabalho de portfolio apresentado à Universidade Norte


do Paraná - UNOPAR, como requisito parcial para a
obtenção de conceito em Ciências Contábeis.

Tutor eletrônico: Daiane Lucia Lussi Oliveira


Tutor de sala: Edilane Sousa Castro Rodrigues

2015
SUMÁRIO

1 INTRODUÇÃO...........................................................................................................3

2 DESENVOLVIMENTO..............................................................................................4
2.1 MERCADO DE UM ATUARIO...............................................................................4
2.2 ATUARIA NA GESTÃO EMPRESARIAL..............................................................5
2.3 O ATUARIO NO FUTURO.....................................................................................6
2.4 MERCADO DE RISCO E OPERAÇÕES ..............................................................7

3 CONCLUSÃO...........................................................................................................9

REFERENCIAS.........................................................................................................10
3

1 INTRODUÇÃO

O tema proposto neste trabalho tem uma grande importância para a


nossa formação, pois nos faz ter uma noção maior sobre as atuações de um
empresário na empresa, de um atuário e as principais formas de gestão financeira e
orçamento empresarial.
Cada matéria tem uma grande importância para a formação de cada
aluno. Elas têm suas principais características, suas funções que unidas formam um
grande profissional contábil. Todas mas matérias que estudamos nesses oito
semestres nos formam para ser um profissional contábil.
A gestão financeira tem a sua importância pois com ela a empresa
ira melhorar os resultados obtidos assim como aumentar o seu patrimônio. A noção
de atuarias tem como objetivo calcular os riscos apresentados pela empresa, além
de aprofundar um pouco mais sobre o INSS e suas ares de atuação.
4

2 DESENVOLVIMENTO

Nos dias de hoje, com a grande recessão na economia, na alta do


dólar e as elevações nas taxas de desemprego, um profissional vem se destacando
no mercado de trabalho, o Atuário.
O Atuário é o profissional preparado para mensurar e administrar
riscos, sendo capaz de analisar concomitantemente as mudanças financeiras e
sociais no mundo. Esse profissional possui vários campos de atuação, tais como
Fundo de pensões; Órgãos de Fiscalização; Previdência Social e etc.
Por ser um profissional que administra riscos, tem um ganho mensal
muito bom, estando em 1º lugar da lista de melhores profissões segundo o G1.
Cecil Bykerk da Academia Americana de Atuários diz: “Quem tem a
habilidade em matemática ou estatística pode encontrar oportunidades gratificantes
como atuário. A carreira é um desafio, e está em constante evolução. É um processo
da aprendizagem ao longo da vida”.

2.1 MERCADO DE UM ATUÁRIO

Atuaria pode ser entendida como sendo a ciência da avaliação de


riscos e do calculo dos prêmios e reservas relativas as operações de seguros.
Normalmente, divide-se em ramo vida e ramo não-vida. O ramo vida trata das
consequências das principais contingencias da vida (nascimento, morte, doença,
invalidez, desemprego, aposentadoria) e o ramo não-vida são todos os demais
(veículos, fogo, transportes, responsabilidade civil, habitacional, garantia de
obrigações contratuais).
O objetivo fundamental do profissional de atuaria e
desenvolver ações estratégicas para o diagnostico de problemas e a construção de
modelos matemáticos para a avaliação e mensuração desses riscos. O atuário e
também um profissional capacitado para trabalhar gerencialmente no âmbito das
diferentes atividades das instituições de previdência e de seguros, bem como em
outros ambientes empresariais do mercado financeiro e de capitais.
No Brasil, o interesse pelo assunto se iniciou com os atuários sociais
ligados as Caixas de Previdência existentes e aos Institutos que se constituíam
(IAPM, IAPI, IAPB) e os atuários das Seguradoras.
5

Principais áreas de atividade do Atuário são:


•Empresas Seguradoras: nas atividades de calculo de prêmios,
acompanhamento de contratos de apólices, planejamento de produtos, avaliação
atuarial dos planos, assessoria técnica;
•Entidades Fechadas de Previdência Privada ou Fundos de Pensão:
nas atividades de avaliação e acompanhamento atuarial, estudos de novos planos
de benefícios, avaliação de desempenho de carteira de aplicações;
•Entidades Abertas da Previdência Privada e Bancos: nas atividades
de avaliação e acompanhamento atuarial, desenvolvimento de produtos (planos de
benefícios), avaliação de desempenho de carteira de aplicações;
•Órgãos Governamentais do ramo de seguro (tais como IRB -
Instituto de Resseguros do Brasil, SUSEP - Superintendência de Seguros Privados e
Secretaria de Previdência Complementar): que aprovam planos previdenciários e de
seguros em geral e acompanham e normatizam essas áreas;
•Empresas de Capitalização: desenvolvendo produtos e elaborando
notas técnicas;
•Mercado Financeiro: na avaliação dos riscos financeiros, "rating" de
empresas financeiras, estratégia de investimentos.

2.2 ATUARIA NA GESTÃO EMPRESARIAL

Segundo o Instituto Brasileiro de Atuária (2010), o Atuário é o


profissional que deve estar apto para mensurar e administrar riscos. A base de
conhecimento necessária para atuação profissional compreende conhecimentos em
teorias e aplicações matemáticas, estatística, economia, probabilidades e finanças.
O atuário seria um verdadeiro arquiteto financeiro e matemático social capaz de
analisar concomitantemente as mudanças financeiras e sociais no mundo.
Pode-se perceber até aqui que a atuaria, assim como outras
ciências como a administração, a economia e a contabilidade; ampliou seu campo
de estudo de tal forma e adequar-se aos avanços tecnológicos (enquanto
ferramentais) e à nova estrutura econômica mundial na qual a abertura e a
internacionalização de capital das empresas são recorrentes.
Ao se falar do profissional atuário contemporâneo, então, já não é
suficientemente completa a consideração de que este está voltado exclusivamente
6

ao estudo e aplicações de técnicas de avaliações de riscos para empresas de


seguros ou de previdência. Também há uma face desses profissionais voltada ao
estudo de aspectos sociais econômicos e financeiros, fornecendo subsídios para os
processos decisórios de investimentos.
Para Mendonça “[...] qualquer atividade financeira que envolve riscos
deveria ter um atuário” (apud SILVA, 2008, p,1). As diferenciações de preço dos
prêmios de seguros são importantes ao garantirem a saúde financeira das
entidades.
Uma empresa requer um detalhamento do seu patrimônio, para que
se faça uma reserva em que, em situações de pouca produtividade ou de gastos
imprevistos, ela esteja preparada para a ocasião. Esse é uma das funções do
atuário, não só nas empresas privadas, mais como também em órgão públicos que
requer uma atenção maior, pois lida com altos e baixos todos os dias das bolsas de
valores.
Uma gestão empresarial de boa qualidade traz com sigo um atuário
que mostra, através de seus conhecimentos, lugares de bons investimentos e
situações de risco para a empresa.

2.3 O ATUARIO NO FUTURO

Assim como na maioria das profissões, algumas características são


essenciais ao profissional que deseja exercer a atividade atuária. O conhecimento e
domínio das metodologias e técnicas matemáticas e estatísticas são apenas o
principio, capacidades de percepção ambiental, agilidade, comunicabilidade entre
outros são adjetivos mais do que esperados nesse tipo de profissional.
Prova de que se trata de uma área em expansão, no Brasil existem
pelo menos dezessete cursos que formam profissionais atuários. Ainda há muito
campo de para o crescimento da oferta, uma vez que, se comparando com outros
cursos mais conhecidos; o de Ciência Atuarial não atingiu um numero
representativo.
Fica evidente que a amplitude de atuação do profissional atuário
vem aumentando à medida que novas operações que envolvam riscos são
implementadas no mercado.
Podemos esperar que o mercado de atuação do atuário cresça
7

bastante em função de alguns fatores que envolvem a situação que o pais vem
enfrentando recentemente
 Ampliação da classe consumidora e ascensão da classe C,
que tem como uma das consequências o aumento
patrimonial, mas também sua iniciação no mercado de
investimentos.
 As noticias relativas às oportunidades oferecidas pelo país
estão ganhando o mundo e, consequentemente, muitos
recursos financeiros estão adentrando nosso mercado na
forma de investimentos de riscos nos mercados voláteis de
comercialização de ações.
 Aumento de investimentos em grandes projetos de
infraestrutura que de mandam seguros de grande montante
de cobertura que acionam o que se denomina de resseguro,
fomentando este mercado, bem como o do cosseguro.
 Abertura regulamentar do país em termos contábeis,
adequando nossas normas e regulamentos de evidenciação
patrimonial às normas internacionais. Dentre essas normas
estão àquelas relacionadas à correta mensuração dos ativos
das entidades, o que tem demandado muito trabalho de
avaliação de riscos e capacidade de geração de renda, entre
outros.
A SUSEP – Superintendência de Seguros Privados (órgão vinculado
ao Ministério da Fazenda que regulamenta os seguros privados no Brasil –
estabelece que os objetivos do trabalho do atuário passem pela exposição de
suas análises “[...] a respeito da adequação de cada provisão técnica, e de outros
parâmetros de solvência, fazendo as devidas considerações a respeito das
particularidades dos produtos da seguradora.” (SUPERINTEDÊNCIA DE SEGUROS
PRIVADOS, 2010).

2.4 MERCADO E RISCO DE OPERAÇÃO

Sabemos que predominantemente o cargo de atuação da Ciência


8

Atuarial é o de seguros e previdência por envolverem riscos significantes tanto para


quem adere a esses sistemas como para quem os opera.
O mercado de Seguros, conforme destacamos, representa um
importante elemento integrante da economia de qualquer nação, merecendo muita
atenção por parte dos órgãos reguladores.
Como estamos nos referindo a atividades de riscos e de relevância
para o mercado, não poderíamos deixar de mencionar a atividade mobiliária gerida
pela Comissão de Valores Mobiliário – CVM -, e que oferece muitas oportunidades
de investimentos, porém com relativos riscos aos investidores.
A avaliação atuarial executada sobre as atividades organizacionais é
geralmente feita pelas próprias empresas a fim de atender à legislação, bem como
garantir sua própria sustentabilidade econômica e financeira.
Trata-se de um mecanismo importante de gestão e por isso a
atividade atuarial pode ser considerada algo que supera a exigência legal, servindo
como uma espécie de monitoramento da capacidade de adimplemento que a
organização gestora dos fundos e seguros possui em cada momento.
O risco é a mais fiel expressão do ato de investir, investir significa
assumir riscos, independentemente da sua intensidade.
Diante da condição natural de incerteza vivenciada em um mercado
financeiro, todo investidor ou seu administrador financeiro procura avaliar onde,
quando e como investir seus recursos, sempre com vista à obtenção de resultados.
O fator determinante dessa decisão é o grau de aversão que o
mesmo possui em relação ao risco e o nível de retorno esperado, justificando a
razão de assumir certa parcela desse risco.
Os estudos relacionados ao assunto em questão partem do presente
processo de que todos os investidores possuem aversão ao risco; assim, sua
preferencia é sempre de maximizar o retorno e minimizar o risco.
O trabalho do atuário em relação às operações financeiras está
relacionado a identificação e à mensuração dos riscos inerentes a cada operação ou
ao conjunto de operações desenvolvido pelas entidades.
O maior interessado no trabalho de identificação e mensuração
desse risco, sem duvida, é o próprio investidor, que passa a contar com o apoio de
cálculos e pareceres que lhe orientam sobre quais são as operações mais seguras
para oferecerem os retornos desejados a parti de seus investidores.
9

3 CONCLUSÃO

O principal objetivo, ao compreender uma área de atuação


profissional, consiste em apreender os conhecimentos teóricos sobre ela até aplica-
la no contexto diário da atuação profissional.
A formação conceitual e as bases metodológicas adquiridas por
profissionais de áreas como a contabilidade, atuária, economia e administração de
empresas têm visado justamente garantir recursos para que se evitem decisões
equivocadas e que possam comprometer a organização diante dos desafios de um
mercado cada dia mais competitivo.
Neste trabalho proposto, vimos uma profissão que está crescendo a
cada ano, as suas áreas de atuação no mercado, além de perceber como ele auxilia
na gestão empresarial.
10

REFERÊNCIAS

http://www.sebraemais.com.br/noticias-midia/administracao-financeira-facilita-a-
tomada-de-decisoes

http://www.gestaoempresarial-br.com.br/livre/fluxo_caixa.php

http://www.portal-gestao.com/item/2148-risco-e-retorno.html

http://www.ecrconsultoria.com.br/biblioteca/artigos/controladoria-estrategica/o-
orcamento-empresarial-como-ferramenta-de-gestao

Fonte: CATHO EDUCAÇÃO EXECUTIVA - Cursos Online, Cursos executivos,


Cursos de formação, MBA, MBA Online, Artigos

Livro: Regis Garcia. Noções de Atuaria/Editora e Distribuidora Educacional S.A 2014