Você está na página 1de 15

Valor

modal
Valor modal
Categoria gramatical que exprime a atitude do locutor relativamente
àquilo que diz e a quem diz.

Através da modalidade expressam-se:


• Opiniões – modalidade apreciativa
• Factos ou situações prováveis – modalidade epistémica
• Situações permitidas ou obrigatórias – modalidade deôntica
Modalidade apreciativa
O locutor faz apreciações, ou seja, exprime juízos de valor sobre uma
situação, utilizando construções exclamativas e verbos como

lamentar, gostar, apreciar, admirar…

Exs.:
• É lamentável que não gostes de ler.
• Odeio confusão!
Modalidade epistémica
(valor de certeza)
O locutor assume uma posição de certeza
relativamente à verdade ou à falsidade do enunciado.

Exs.:
• Não há dúvida de que a Terra gira em torno do Sol.
• O António chegou atrasado à aula.
Modalidade epistémica
(valor de probabilidade)
O locutor não assume a verdade ou a falsidade do enunciado,
baseando-se, por isso, em hipóteses ou em inferências.

Exs.:
• É provável que amanhã chova.
• Talvez fosse bom descansares um pouco.
Modalidade deôntica
(valor de permissão)
O locutor coloca a possibilidade de escolha, sem quaisquer restrições.

Exs.:
• Fomos autorizados a entregar o trabalho depois do prazo.
• Podes vir comigo à festa de aniversário da Luísa.
Modalidade deôntica
(valor de obrigação)
O locutor procura impor ou proibir a realização daquilo que o enunciado
expressa.

Exs.:
• Devem acabar de ler o livro até amanhã.
• Têm de estar mais atentos na aula.
Valor modal
Observações
• A modalidade é frequentemente expressa
• pelo modo verbal
– o condicional traduz probabilidade, por exemplo
• por verbos modais
– auxiliares: dever, poder
– principais com valor modal: crer, pensar, obrigar…

• O verbo auxiliar modal poder transmite


• valor de probabilidade
(ex.: Pode ser que chegue atrasada.)
• valor de certeza, quando significa capacidade
(ex.: Este trabalhador pode acumular funções.)
Valor modal
Observações

• O verbo auxiliar modal dever pode transmitir


• valor de probabilidade
(ex.: Devem ter percebido o que quis dizer.)
• valor de obrigação
(ex.: Devem estudar antes do teste.)

• A modalidade pode ainda expressar-se


• através de expressões modais (acredito que, na minha opinião…)
• de advérbios ou locuções adverbiais (provavelmente, talvez, com toda a certeza…)
• de adjetivos com sentido modal (capaz, provável…)
Exercícios
1. Identifique a modalidade presente em cada uma das frases que se seguem.
a) Os cientistas usam recorrentemente os ratos como cobaias.
b) Provavelmente, vou chegar atrasado à consulta de nutrição.
c) Podes sentar-te aqui, se quiseres.
d) Gosto muito de filmes baseados em factos verídicos.
e) Era bom que começasses a estudar mais.
f) Afinal, posso estar enganada.
Exercícios
g) Deves preocupar-te em ter uma alimentação equilibrada.
h) O meu carro deve estar avariado.
i) Agrada-me que tenhas reconhecido o teu erro.
j) Vai-te deitar!
k) Não vi o teu email.
l) Em princípio, devo ter uma infeção pulmonar.
m) Podes escolher o presente que quiseres.
n) Mantenha a porta fechada!
Exercícios
o) Não aprecio répteis.
p) Podes usar o meu computador.
q) Limpa o quarto!
r) Adorei o concerto de música clássica que fui ver.
s) Já reservei os bilhetes para a peça de teatro.
t) Hoje é permitido usar o telemóvel na sala de aula.
u) Este casaco é novo.
v) Sou capaz de ter o livro que procuras.
Exercícios – correção
a) Os cientistas usam recorrentemente os ratos como cobaias. – Modalidade epistémica
(valor de certeza)
b) Provavelmente, vou chegar atrasado à consulta de nutrição. – Modalidade epistémica
(valor de probabilidade)
c) Podes sentar-te aqui, se quiseres. – Modalidade deôntica (valor de permissão)
d) Gosto muito de filmes baseados em factos verídicos. – Modalidade apreciativa
e) Era bom que começasses a estudar mais. – Modalidade apreciativa
f) Afinal, posso estar enganada. – Modalidade epistémica (valor de probabilidade)
Exercícios – correção
g) Deves preocupar-te em ter uma alimentação equilibrada. – Modalidade deôntica (valor de
obrigação)
h) O meu carro deve estar avariado. – Modalidade epistémica (valor de probabilidade)
i) Agrada-me que tenhas reconhecido o teu erro. – Modalidade apreciativa
j) Vai-te deitar! – Modalidade deôntica (valor de obrigação)
k) Não vi o teu email. – Modalidade epistémica (valor de certeza)
l) Em princípio, devo ter uma infeção pulmonar. – Modalidade epistémica (valor de
probabilidade)
m) Podes escolher o presente que quiseres. – Modalidade deôntica (valor de permissão)
n) Mantenha a porta fechada! – Modalidade deôntica (valor de obrigação)
Exercícios – correção
o) Não aprecio répteis. – Modalidade apreciativa
p) Podes usar o meu computador. – Modalidade deôntica (valor de permissão)
q) Limpa o quarto! – Modalidade deôntica (valor de obrigação)
r) Adorei o concerto de música clássica que fui ver. – Modalidade apreciativa
s) Já reservei os bilhetes para a peça de teatro. – Modalidade epistémica (valor de certeza)
t) Hoje é permitido usar o telemóvel na sala de aula. – Modalidade deôntica (valor de
permissão)
u) Este casaco é novo. – Modalidade epistémica (valor de certeza)
v) Sou capaz de ter o livro que procuras. – Modalidade epistémica (valor de probabilidade)

Interesses relacionados