Você está na página 1de 3

Alimentação e Digestão

Compartilhar
A alimentação funciona para o corpo humano do
mesmo modo que o combustível funciona para o
automóvel.
As proteínas, os carboidratos (açúcares), as gorduras,
as vitaminas e os sais minerais que estão contidos nos
alimentos que consumimos diariamente são os
nutrientes para o nosso corpo. O leite e seus derivados,
a carne e os ovos são as principais fontes de proteínas.
Já frutas, legumes e verduras são ricos em vitaminas e
sais minerais.

Na nossa alimentação também não pode faltar a água.


Ela é fundamental para o equilíbrio do corpo, pois é
indispensável para promover o metabolismo.

As principais metas da pirâmide alimentar a seguir são:


orientar o consumo variado de alimentos, a ingestão
menor de gorduras saturadas (que aumentam o
colesterol e os triglicérides – que podem causar
doenças coronarianas e infartos), maior consumo de
frutas, verduras, legumes e grãos (que melhoram o
funcionamento do intestino e fornecem vitaminas A, C,
E, entre outras), a ingestão moderada de açúcar, sal e
bebidas alcoólicas.
A prática de exercícios físicos é fundamental como
complementação a uma alimentação saudável, visando
à perda de peso ou à manutenção do peso adequado,
além da prevenção de doenças e da obesidade, uma
das causas de hipertensão arterial, os acidentes
vasculares cerebrais (derrames), entre outros males.
Faça, no mínimo, 30 minutos diários de atividade física,
contribuindo para uma melhor qualidade de vida,
associada com a alimentação saudável.
Veja alguns alimentos importantes para a boa saúde e
sua contribuição para o organismo:
- Vitamina C: limão, caju, laranja, etc.

- Sais minerais: tomate, maçã, legumes, etc.

- Potássio: banana, maçã, leite, etc.

- Cálcio: leite e seus derivados, etc.

- Vitamina A: cenoura, agrião, abóbora, etc.

- Fibras: hortaliças, legumes, frutas, cereais, etc.

- Ferro: espinafre, couve, brócolis, etc.

A falta desses alimentos pode causar problemas para a


saúde como: fraqueza, resfriados, anemia, ossos e
dentes fracos, indisposição, entre outros.

Uma alimentação saudável deve ser rica em fibras


(frutas, verduras e legumes). Massas devem ser
consumidas moderadamente. As carnes são fontes de
proteínas e devem ser consumidas (sem gorduras).

Durante as refeições deve-se evitar ingestão de


líquidos.

Deve-se dar preferência ao consumo de água e sucos


naturais em vez de refrigerantes e outras bebidas.

Dez Dicas para uma Boa Digestão:


1. Nunca tome medicamentos sem orientação médica.
Podem esconder algumas doenças e até mesmo
prejudicar a digestão.

2. Escolha bem os alimentos. Evite aqueles que não lhe


“caem” bem.

3. Faça suas refeições nos horários corretos, sempre


mastigando bem os alimentos.

4. Não fique muito tempo em jejum. Isso prejudica o


organismo. Coma uma fruta nesses casos.

5. Comer frutas, legumes e verduras sempre faz bem


ao organismo.

6. Leite alivia a queimação, mas aumenta a secreção


ácida do estômago. É recomendado apenas um copo,
de uma a duas vezes por dia. Evite o leite antes de
dormir.

7. Cigarro é o grande inimigo. É uma das causas de


gastrites, úlceras e provoca azia.

8. Bebidas alcoólicas provocam lesões no estômago,


gastrites e azia. Deve-se evitá-las.

9. Dormir depois do almoço não é aconselhável. Relaxa,


mas prejudica a digestão.

10. O cafezinho depois do almoço está liberado. Porém,


não se deve tomar o dia todo.