Você está na página 1de 17

Economia Circular:

cenário e transformações
necessárias
Câmara Setorial de Desenvolvimento
Sustentável da ALERJ | abril de 2019
Carolina Zoccoli
Gerência de Sustentabilidade e
Infraestrutura
Oportunidades
circulares
retorno de
subprodutos

logística
resíduo como fabricação
recurso
venda
remanufatura

compartilhamento
aquisição
design do revenda
produto
reparo uso
escolha dos
suprimentos reciclagem

disposição
final
logística
suprimentos circulares reversa
compartilhamento resíduo
extensão vida útil
recuperação de recursos
produto como serviço Adaptado de Accenture
O morro da construção e destruição de valor

Uso
Adição de valor Perda de valor

Varejo / Marca

Montagem

Manufatura

Extração

Pré-uso Uso Pós-uso

Adaptado de CIRCO Circular Design Business Track


O morro da construção e retenção de valor
Adição de valor Retenção de valor
Uso
Reparo / Manutenção

Reúso / Redistribuição
Varejo / Marca
Reforma

Montagem
Remanufatura

Manufatura
Reciclagem
Extração

Pré-uso Uso Pós-uso

Adaptado de CIRCO Circular Design Business Track


Alto engajamento do consumidor
Valor percebido

R$ 80.000
Retenção de valor
Uso
Reparo / Manutenção (R$ 5.000)
R$ 70.000

Reúso / Redistribuição R$ 55.000


Varejo / Marca
(R$ 5.000)
Reforma
R$ 90.000 R$ 45.000

Remanufatura Partes originais

Reciclagem Sucata

Uso Pós-uso
Baixo engajamento do consumidor
Necessidade de incentivos

R$ 2
Retenção de valor
Uso
Reparo / Manutenção

(R$ ?)
Reúso / Redistribuição R$ 0,30
Varejo / Marca
Reforma
R$ 2

Remanufatura

Reciclagem
R$ 0,06

Uso Pós-uso
Compartilhamento

Simbiose Industrial

• Troca física de recursos, materiais,


serviços, conhecimento, energia e/ou
subprodutos;

• Materiais não utilizados por uma


empresa podem se tornar de valor para
outras – redução de custo e ganhos
ambientais;

• Facilita a colaboração na utilização de


ativos, logística reversa e troca de
capacidade técnica entre as empresas.
Design

• Modularização

• Não-toxicidade

• Escolhas que levem a uma manutenção


menos custosa
Produto como serviço

• Performance based contracts (Contratos


por desempenho) – 80’s
• Produtores mantêm a propriedade
• Usuário paga uma taxa pelo desempenho
de um produto
• Fornecedor tem mais possibilidade de
deter controle sobre seus recursos
• Serviço: parte invisível da performance
do produto
Recuperação de recursos

A tradicional reciclagem

• Lembrando que esta não deve ser a


primeira escolha, pois exige novos inputs
de energia, trabalho e material
Transformações
necessárias
Transformações necessárias
Pilares
• Não descartar conhecimento e ações
prévios porque hoje temos a economia
circular
• Economia circular como visão
estratégica via educação
Transformações necessárias
Engajamento
• Não desconsiderar a decisão dos
consumidores (manuseio e descarte de
seus produtos, p. ex.)
• Fugir da armadilha de focar na
reciclagem a qualquer custo
• Economia circular baseia-se na
confiança e colaboração: incentivar
mais do que punir
• Incentivo total à P&D
Transformações necessárias
Ambiente regulatório
• Eliminar a cumulatividade no sistema
tributário para estímulo à reintrodução
de material reciclado
• Regular novos modelos de mercado,
como o compartilhamento e a oferta de
produto como serviço
• Mudar a visão de compras e
contratações (públicas) sustentáveis
para foco na função e não no produto
Obrigada!

Carolina Zoccoli
Especialista em Meio Ambiente
Gerência de Sustentabilidade e Infraestrutura
czcarneiro@firjan.com.br