Você está na página 1de 23

Eletiva – A volta ao mundo através

dos jogos
E.E. Princesa Isabel
Sala 14 / 2ª. Sessão

Professor(es) Apresentador(es):
Cristina Viecelli Costa do Nascimento
Jairo Augusto Fernandes

Realização:
Foco
Por meio da experimentação de jogos e esportes
tradicionais no mundo, busca-se possibilitar o
conhecimento da realidade dos espaços de ação,
sistematizações e estudos da cultura que hoje permitem
vivenciar e preservar os jogos tradicionais como
manifestações culturais.
Através das pesquisas sobre cada país, busca-se a
compreensão e discussão sobre a diferenças entre os
países (unidades de medida e análise sociocultural e
econômica).
Contexto de Aplicação
A escola foi criada em 1932 e, apesar de estar em uma área de grande
concentração comercial e residencial, a maioria dos alunos não moram
nas redondezas, geralmente estudam próximo do trabalho dos pais ou
em áreas invadidas, mudam com frequência e na maioria das vezes não
são acompanhados pelos pais na sua evolução escolar.
Em 2014 tornou-se uma escola de ensino integral, 85% dos professores
foram substituídos, a equipe gestora passou por formação sobre os
valores e premissas do programa, organizarmos e realizamos as
atividades de nivelamento nos 212 alunos e nessa etapa identificamos
uma grande defasagem em língua portuguesa e em matemática.
Na avaliação do SARESP de 2014, em língua portuguesa, 30% dos alunos
foram classificados abaixo do básico, 62% estão no básico e 8% no
adequado. Em matemática os resultados foram ainda piores, 50% dos
alunos estão abaixo do básico, 42% no básico e 8% no adequado.
Contexto de Aplicação
Em 2015 permanecemos com o mesmo número de turmas e 240 alunos
e, após a avaliação diagnóstica, constatamos que os alunos
permanecem com uma grande defasagem tanto em língua portuguesa
quanto em matemática.
Desde setembro de 2014 estabelecemos parceria, com o apoio da
Parceiros da Educação, com a ONG Brasil 2050, e, além das
ações promovidas pela escola, podemos contar com o Clube de
Matemática, oferecido pelo instituto TCP, para os alunos do 9º
ano, formação oferecida pela Argento para todos os professores em
Gestão de Sala de Aula
Justificativa
A eletiva foi elaborada a partir da dificuldade apresentada pelos
alunos na Avaliação em Matemática, principalmente na resolução de
problemas envolvendo unidades de medida. Analisou-se o varal dos sonhos
dos alunos e verificou-se grande interesse em viajar e conhecer outros
países. Os alunos demonstram, também, grande interesse na prática
esportiva. Decidiu-se unir estas informações e organizar a eletiva.
O tema da eletiva tem como objetivo auxiliar no desenvolvimento
de alunos autônomos, solidários e competentes, tendo em vista que a
pedagogia do esporte proporciona obstáculos, exigências, desafios,
observando regras e se relacionando com o próximo. Ao se ensinar esportes
e jogos, foca-se na aquisição de habilidades e competências motoras e
mentais, compreensão do jogo como fator cultural, estimulando a
solidariedade, cooperação, autonomia e criatividade. Além de que, através
do ensino de valores éticos, sociais e morais, permite ao educando refletir
sobre suas ações, possibilitando que se torne um agente transformador.
Justificativa
Através dos jogos realizados, oportuniza-se a aquisição de
novas experiências motoras, contribuindo para o armazenamento e
enriquecimento de um acervo de possibilidade motoras, assim
como situações diversas e não comuns, exigindo a saída da zona de
conforto para encontrar soluções para os problemas e desafios a
serem resolvidos.
Objetivo
GERAL
Conhecer culturas de outros países, assim como suas características
climáticas, sociais, históricas, econômicas e jogos tradicionais.

ESPECÍFICOS
Pesquisar sobre países diversos;
Pesquisar sobre jogos diversos;
Desenvolver a capacidade de associação entre a história, política,
cultura, economia, sociedade e os jogos;
Desenvolver o raciocínio lógico e capacidade de resolução de
problemas;
Desenvolver a apreciação de modalidade esportivas não habituais.
Objetivo
HABILIDADES E COMPETÊNCIAS ENVOLVIDAS
Identificar diferentes tipos de jogos e reconhecer seus significados
socioculturais;
Valorizar jogos tradicionais de outros países;
Identificar alguns princípios comuns do esporte coletivo;
Compreender as principais regras e o processo histórico das
modalidades vivenciadas;
Identificar a dinâmica básica das modalidades como esportes coletivos;
Identificar e aplicar em situações – problemas os princípios técnicos –
táticos das modalidades;
Valorizar o conhecimento dos sistemas de jogo e de táticas como fator
importante para a prática da modalidade;
Noções de geometria no desenvolvimento do raciocínio lógico de cada
modalidade envolvida no esporte;
Noções de medidas envolvendo distâncias, latitudes e longitudes dos
países em estudo.
Desenvolvimento/ Metodologia
A cada país visitado era realizada uma pesquisa sobre área, população,
densidade demográfica, bandeira, hino, moeda, política, principal jogo
realizado.
ETAPAS
- Alunos opinam os países que possuem interesse em visitar;
- Realiza-se o sorteio do país a ser visitado;
- Os alunos realizam a pesquisa sobre o país;
- Um desafio é proposto para ser realizado no “dia da viagem”;
- Realiza-se a discussão sobre o país visitado e a comparação com o país
anterior;
- O jogo típico de país é realizado.
Recursos Utilizados
• Materiais de papelaria: papel panamá; papel
contact; folha de sulfite; papel cartão.

• Materiais esportivos: Depende do país a ser


visitado (bolas; raquete; materiais adaptados).

• Vídeos sobre os países.


Registros
Registros
Registros
Registros
Registros
Registros
Registros
Registros
Registros
Registros
Resultados
Os alunos compreenderam e conseguiram realizar, com maior
facilidade, operações matemáticas com unidades de medidas;
Grande envolvimento dos alunos com a eletiva, estimulando a
realização das pesquisas e desafios;
Maior compreensão e interesse sobre cada país visitado.
Conclusões
A volta ao mundo através dos jogos permitiu aos alunos a
experiência de “viajar” por diversos países, conhecendo suas
características geográficas e experimentando seus jogos
típicos. Uma viagem que se inicia com a solicitação simbólica
de um passaporte (confeccionado com materiais disponíveis
na escola) e, a cada país sorteado, uma experiência, um
conhecimento, uma pesquisa, um jogo e um desafio a ser
cumprido.