Você está na página 1de 2

Movimento num plano inclinado: variação da energia

A L 1.1
cinética e distância percorrida

Teste Sumativo Individual

Nome_______________________________________________ N.°_____Ano ____ Turma____

Avaliação___________________________________________Professor(a)_______________

1. Tendo como objetivo estudar a forma como a energia cinética de um carrinho varia com
a distância percorrida ao longo de um plano inclinado, um grupo de alunos selecionou o seguinte
material: calha de atrito reduzido com régua graduada; digitímetro de sensibilidade 0,0001 s;
photogate; carrinho de massa 845,5 g; pino retangular de comprimento 0,25 cm ajustável ao
carrinho.
Ajustaram o plano inclinado para que a sua inclinação fosse de 8°.
Colocaram a photogate a 20,00 cm, a 40,00 cm, a 60,00 cm, a 80,00 cm e a 100,00 cm do cimo
do plano inclinado e, daí, largaram o carrinho, tendo o cuidado de fazê-lo sempre a partir do
repouso.
Registaram o tempo que o pino do carrinho demorava a interromper o feixe de infravermelhos
da photogate, ao passar por ela.
Os valores obtidos estão registados na tabela seguinte.

Distância da
Photogate a Photogate a Photogate a Photogate a Photogate a
photogate ao
20,00 cm 40,00 cm 60,00 cm 80,00 cm 100,00 cm
ponto de partida
0,0333 0,0236 0,0192 0,0166 0,015
∆𝒕/𝒔 0,0342 0,0239 0,0189 0,0166 0,0153
0,0337 0,0229 0,019 0,0169 0,0150

1.1. Há dois valores que os alunos registaram incorretamente. Quais? Apresente a razão da
sua escolha. [12 pontos]

1.2. Relativamente à balança utilizada pelos alunos para medirem a massa, pode dizer-se
que (assinale a opção correta): [8 pontos]
(A) É uma balança digital de sensibilidade 0,5 g.
(B) É uma balança digital cuja incerteza de leitura é 0,1 g.
(C) É uma balança digital de sensibilidade 1,0 g.
(D) É uma balança digital cuja incerteza de leitura é 1,0 g.

1.3. Calcule o valor mais provável do conjunto de valores de tempo medidos pelos alunos,
para cada distância. Apresente corretamente o resultado da medição direta do tempo de
passagem do pino pela photogate, em cada uma das situações. [12 pontos]
1.4. Calcule o valor da velocidade do carrinho no instante em que passou pela photogate,
para cada uma das distâncias a que esta está colocada. Tenha em atenção as regras que
aprendeu para a apresentação de resultados das medições indiretas. [12 pontos]

1.5. Com auxílio da calculadora gráfica, construa e analise o gráfico dos valores da energia
cinética do carrinho em função da distância percorrida até à posição da photogate. Faça um
esboço desse gráfico e apresente a equação da reta de ajuste. [16 pontos]

1.6. Calcule o valor da velocidade que deverá ter este carrinho ao passar numa posição que
diste 150,00 cm do cimo do plano. [12 pontos]

1.7. No final da aula, o grupo de alunos (grupo A) comparou o gráfico obtido com os que
outros grupos de trabalho (B, C e D) obtiveram. Sabe-se que:
– o grupo B realizou a experiência com um carrinho igual, mas com um plano com
inclinação de 10°;
– o grupo C realizou a experiência com um carrinho igual, mas com um plano com
inclinação 5°;
– o grupo D realizou a experiência com um carrinho de maior massa, com um plano
com inclinação de 10°;

Qual dos seguintes esquemas, I, II, III, ou IV, pode corresponder ao conjunto de retas
obtidas pelos 4 grupos? [8 pontos]