Você está na página 1de 6

lOMoARcPSD|4889367

Prova 13 Julho 2015, questões e respostas

Psicologia do Desenvolvimento (Universidade de Caxias do Sul)

A StuDocu não é patrocinada ou endossada por nenhuma faculdade ou universidade


Baixado por bruno rezende (brhelio86@hotmail.com)
lOMoARcPSD|4889367

ROTEIRO DE ESTUDOS PARA PROVA II – ADULTEZ EMERGENTE & IDADE ADULTA JOVEM

Adultez Emergente 18-25 anos

1) As mudanças sociais colocam novos desafios ao modo como os jovens vivem a transição
para a idade adulta, fazendo surgir uma nova figura de adulto “em transição”, o chamado
adulto emergente.
a) Que mudanças seriam essas?
Entrada na faculdade, saída da casa dos pais - mas ainda dependem deles - e da cidade
de origem, por exemplo. Grande exploração da identidade afetiva e profissional.
b) Como essas mudanças afetam o adolescente em transição à idade adulta?
Esse período é essencialmente marcado pela experimentação de diferentes papéis,
diversas escolhas profissionais, instabilidade, sensação de “estar entre”, e por outro lado,
otimismo. “Os adultos emergentes apresentam pouco compromisso com os outros”.

2) Baseado no desenvolvimento físico e psicológico, o que diferencia um “adulto


emergente” de um adolescente?
Quanto ao desenvolvimento cognitivo, o adulto emergente já não apresenta tanta
impulsividade, quanto o adolescente. Na adultez emergente, considera-se muito velho para
ser adolescente, ou seja, diversas características como a irresponsabilidade adolescente, o
isolamento e a impulsividade normalmente são superados nesse período. Além disso, o
convívio familiar torna-se mais agradável, pois a difícil sociabilidade do adolescente é
superada, e o adulto emergente percebe a família como suporte.

3) As representações da vida adulta continuam associadas a um emprego estável e a um


aumento crescente do nível de vida. Na atualidade, este critério não é considerado
determinante para se “ser adulto” (Arnett, 1998). Então, o que envolve ser adulto?
Depende. Ser adulto pode ser relacionado tanto à liberdade associada a esse período, como
aos aspectos negativos, como a monotonia, trabalhos maçantes, etc. Em geral, ser adulto
significa ser capaz de tomar decisões e sustentar-se sozinho. A parentalidade pode também
ser associada.

4) Quais são as características de um adulto emergente?


Este período desenvolvimental, que decorre entre os 18 e os 25 anos de idade, corresponde
a um período distinto dos períodos desenvolvimentais da adolescência e da adultez, e é
marcado predominantemente pela exploração da identidade, pela instabilidade, pelo
autofocus, pela vivência do sentimento “in-between” (de “estar entre”) e pela percepção de
inúmeras possibilidades.

Idade Adulta Jovem

Baixado por bruno rezende (brhelio86@hotmail.com)


lOMoARcPSD|4889367

5) Em relação ao funcionamento físico, liste as habilidades/capacidades de adultos jovens


saudáveis.
Nesse período, as capacidades físicas e sensoriais do adulto estão no auge, podem se exercitar
bastante, mas nem sempre o fazem.

6) Cite as principais causas de morte e problemas de saúde física e mental da idade adulta
jovem.
Os acidentes são a principal causa de morte. Os problemas de saúde física mais comuns são
obesidade, tabagismo e excesso de álcool. Quanto aos problemas de saúde mental, surgem a
depressão, os transtornos alimentares e o estresse.

7) Na vida adulta jovem são estabelecidos os alicerces do funcionamento físico para a vida
inteira. Cite e comente os fatores genéticos, comportamentais e sociais que influenciam a
saúde e o bem-estar presente e futuro.
Os fatores genéticos podem influenciar no desenvolvimento de doenças como problemas
cardíacos, osteoporose, obesidade, câncer e até problemas de saúde mental, como alcoolismo
e depressão. Fatores comportamentais também podem influenciar, tendo em vista que
atitudes não-saudáveis tendem a influenciar a saúde de o bem estar dos indivíduos. Da mesma
forma, os fatores sociais podem influenciar, tendo em vista a influência dos outros.

8) Quais são algumas das questões sexuais e reprodutivas nesta etapa da vida?
Nesse período, surgem questões referentes a infecções sexualmente transmissíveis,
infertilidade, transtornos menstruais.

9) Quais são as principais características do pensamento pós-formal?


Pensamento pós-formal: → integrador: intuição+emoção+lógica+conhecimentos. Útil pra
lidar com a ambiguidade, incerteza, inconsistência, contradição, imperfeição e conciliação.
Pensamento flexível, aberto, adaptativo e individualista.
Critérios do pensamento pós formal:
Câmbio de marchas: capacidade de transitar entre raciocínio abstrato e as considerações
práticas e concretas.
Múltipla causalidade, múltiplas soluções: consciência de que a maioria dos problemas possui
mais do que uma causa e mais do que uma solução e de que algumas soluções têm mais
chances de funcionar do que outras.
Pragmatismo: capacidade de selecionar a melhor dentre diversas soluções possíveis e de
reconhecer critérios para escolher.
Consciência do paradoxo: o reconhecimento de que um problema ou uma solução envolve
conflito intrínseco

10) Quais são as atitudes e recursos inatos necessários para o desenvolvimento do pensar
reflexivo? De que forma contribuem para o desenvolvimento deste pensamento?

Baixado por bruno rezende (brhelio86@hotmail.com)


lOMoARcPSD|4889367

→ necessita de um questionamento constante dos fatos e estabelecimento de inferências e


conexões

Recursos:
Curiosidade: tendência explorativa → fator básico da ampliação da experiência

Sugestão: ideias → espontaneamente originadas das novas experiências passadas

Ordem: consecutividade, continuidade ou ordem das sugestões

Atitudes:
Abertura: disponibilidade para considerar o novo, abrir espaço para a circulação de novas
perspectivas;

Envolvimento: envolve a relação emocional e afetiva diante de uma causa, disponibilidade de


envolver-se com entusiasmo diante das situações da vida;

Responsabilidade: exame das consequências, das decisões tomadas e dos passos projetos.

11) Destaque as contribuições de Sternberg e de Schaie sobre o desenvolvimento da


cognição adulta.

12) Quais são os elementos da inteligência triárquica de Sternberg? Quais suas


características?
Elemento componencial/componente analítico: com que eficiência os indivíduos processam
as informações, resolvem problemas, monitoram soluções e avaliam resultados;

Elemento experiencial/empírico: componente perpectivo, introspectivo ou criativo;


Determina como os indivíduos lidam com tarefas novas ou familiares → insight criativo
comparando infs novas+velhas

Elemento contextual: componente prático


Como as pessoas lidam com o ambiente (inteligência prática) → capacidade de avaliar uma
situação e tomar decisões; “saber se virar”, manejo de si e do resto. Não é ensinado
formalmente.
13) Em relação a proposta de Cattel sobre inteligência, defina a inteligência cristalizada e
fluida, dando exemplos. Delimite as diferenças existentes entre estas duas formas de
inteligência.

14) Defina inteligência emocional, citando as habilidades/fatores que a compõem.


Elemento intrapessoal: identificar e expressar o que sente, auto-regulação, automotivação;

Baixado por bruno rezende (brhelio86@hotmail.com)


lOMoARcPSD|4889367

Interpessoal: empatia, habilidades sociais.

15) Quais são as tarefas evolutivas do adulto jovem?


→ Separação psicológica dos pais - terceira individuação-separação.
→ Fenômeno de independência emocional (às vezes $) dos pais
→ Postura de maior auto-suficiência no mundo adulto
→Estabelecimento e manuteção de amizades adultas
→ Desenvolvimento da capacidade de viver intimamente com alguém
→ Formação de uma família própria
--> Parentalidade
--> Inserção no mundo do trabalho
--> Formação de uma identidade profissional adulta
--> Transcendência da moralidade convencional do contrato social (pensamento relativista)
--> Tomada de consciência da limitação do tempo e da morte pessoal

16) Discorra sobre a tarefa de ser mãe/pai, considerando os aspectos psicológicos e sociais
estudados.
Dá-se vida a um novo ser totalmente dependente, mas com o desenvolvimento da criança,
os pais também se desenvolvem. Ao mesmo tempo que os pais têm a empolgação de ter
filhos, também têm a ansiedade em relação a responsabilidade de cuidar de um filho. A
satisfação conjugal tende a diminuir durante o período de criação dos filhos. É importante
para a família se reestruturar/reorganizar. Mas mesmo sendo desejada é uma crise porque
muda completamente a rotina e o relacionamento dos pais.

17) Explique por que razões a gravidez é considerada uma crise vital da família.

18) Mencione as características psicossociais dos três trimestres gestacionais.


1º trimestre: adaptação
→ novidade, descoberta, adaptação à notícia; enjoo, sono

2º trimestre
→ personificação do bebê, bebê imaginário, movimentos fetais

3º trimestre
→ ansiedade, medos, encontro, parto

19) Descreva o processo de terceira individuação de Calvin Colarusso.


→ estabelecer uma relação horizontal com os pais, separar-se definitivamente do papel de
"filho" e passar a papel de cuidador, cuidando dos pais idosos e dos bebês que geralmente
vêm nessa fase da vida.

Baixado por bruno rezende (brhelio86@hotmail.com)


lOMoARcPSD|4889367

20) Descreva a crise de intimidade x isolamento proposta por Erikson para esse estágio da
vida.
Nesse momento o interesse, além de profissional, gravita em torno da construção de relações
profundas e duradouras, podendo vivenciar momentos de grande intimidade e entrega
afetiva. Caso ocorra uma decepção a tendência será o isolamento temporário ou duradouro.

Baixado por bruno rezende (brhelio86@hotmail.com)